Nikolaev conquista segunda vitória no Dakar 2019

Nos Caminhões, O Russo Eduard Nikolaev venceu de novo no Estágio que foi de Pisco até San Juan de Marcona. Apesar da vitória, Foi uma disputa interessante com seu arquirrival Gerard de Rooy da Iveco.

No primeiro setor, A liderança começou com o Holandês Gerard de Rooy da Iveco, Colocando 33 segundos a frente do Russo Dmitry Sotnikov da Kamaz. 5 segundos depois estava o líder do Geral Eduard Nikolaev também da Kamaz. Em 4ºlugar vem o segundo holandês Maurik Van der Heuvel com o segundo caminhão da Iveco.

O Argentino Federico Villagra estava em 5º a 59 segundos da liderança. Estava bem a frente do Tcheco Martin Macik com o caminhão da LIAZ. Tom van Genugten com Iveco, Sergei Viazovich da MAS, Martin Soltys com o Caminhão da Tatra e Aliaksei Vishneuski completavam os 10 primeiros lugares.

No WP2 tivemos surpresa, Não pela Liderança passar as mãos do Russo Nikolaev com a Kamaz, Mas pelo segundo lugar do espanhol Rafael Tibau Maynou, Com seu caminhão da MAN e a 20 segundos de distância atrás do líder. 4 segundos depois vinha Dmirty Sotnikov com o Kamaz. A Iveco perdeu terreno, Mas tinha Gerard de Rooy (31 segundos atrás) e Federico Villagra em 4º e 5ºlugares.

Macik da Liaz continuava em 6ºlugar, Seguido de Maurik Van der Heuvel que caiu do 4º para o 7ºlugar, 3 minutos e 51 segundos atrás de Nikolaev. Ton Van Genungten, Sergei Viazovich e Martin Kolomy completavam os 10 primeiros, Que estavam separados por apenas 6 minutos e 13 segundos.

Eduard Nikolaev manteve a liderança no 3ºsetor de Cronometragem, A surpresa acabou não tendo seu tempo marcado. (Rafael Tibau Maynou) O segundo lugar vinha a 34 segundos atrás, Era o Arquirrival Gerard de Rooy com seu Iveco. Em 3º, Um outro Russo, Dmitry Sotnikov com o segundo carro da Kamaz e em 4º Federico Villagra com o segundo Caminhão da Iveco.

Martin Macik vinha subindo com seu modesto LIAZ, subindo para o 5ºlugar a 3 minutos e 44 segundos da liderança. Superando os Holandeses Van der Heuvel e Tom van Genugten, Ambos com a Iveco. Viazovich com MAZ, Karginov com Kamaz e Kolomy com o caminhão da Tatra.

No 4ºSetor, os 5 primeiros mantiveram suas posições: Nikolaev, De Rooy, Sotnikov, Villagra e Macik. Quem subiu e muito foi Andrey Karginov com seu Kamaz ganhando 3 posições indo para o 6ºlugar, Superando a Tom Van Genugten, Sergei Viazovich e Van den Heuvel. Airat Mardeev com o Kamaz fechava os 10 primeiros. Tirando Martin Kolomy por 11 segundos dos Top 10.

No 5ºSetor, Nikolaev com seu Kamaz abriam 59 segundos de frente para Gerard de Rooy da Iveco. Os dois já tinham uma boa vantagem para Dmitry Sotnikov da Kamaz, 3ºlugar a 2 minutos e 34 segundos atrás. Quem completava os 5 primeiros era Federico Villagra em uma constante 4ªposição e um Crescente Andrey Karginov com Kamaz na 5ªposição. Em 6º completando o Sexteto da Kamaz/Iveco. O Holandês Tom Van Genugten com 6 minutos e 19 segundos de desvantagem.

Macik com LIAZ e Viazovich com o caminhão da MAZ eram os melhores caminhões fora dos dois caminhões favoritos à vitória. Van den Heuvel com Iveco e Kolomy com Tarta completavam os 10 primeiros colocados. 28 caminhões marcaram seus tempos na metade da prova.

No 6ªControle de cronometragem, Nikolaev aumenta um pouco mais sua vantagem na liderança. Com 1 minuto e 12 segundos de frente para Gerard de Rooy. Sotnikov, Villagra e Karginov continuavam completando as 5 primeiras posições. Van Genugten e Macik vinham separados por apenas 1 segundo. Essa é a disputa pelo 6ºlugar entre o Caminhão da Iveco e da LIAZ. Sergei Viazovich manteve o 8ºlugar. Kolomy e Mardeev passaram por cima do Van den Heuvel e completavam os 10 primeiros colocados.

No 7ºSetor, a diferença entre Nikolaev e Gerard de Rooy caiu em 7 segundos, Mas ainda o russo do caminhão da Kamaz ainda tinha certa folga sobre o piloto Holandês da Iveco. Ainda estava indefinido a vitória do Estágio. Sotnikov, Villagra e Karginov firmes e fortes em 3º, 4º e 5ºlugares. Quem deu um pulo enorme foi o Bielorrusso Sergei Viazovich que acabou ganhando duas posições. 7 minutos e 14 segundos de Nikolaev, Ele vinha 2 segundos a frente de Tom Van Genugten e 13 segundos a frente de Martin Macik. Martin Kolomy e Maurik van den Heuvel completavam os 10 primeiros colocados.

Nikolaev abriu 1 minuto e 44 segundos a frente de Gerard de Rooy no penúltimo Setor da prova. O piloto da Kamaz tinha a vitória nas mãos. Dmitry Sotnikov estava em uma tranquila 3ªposição, com alguma chance ainda do segundo lugar. Já longe do Russo vinham brigando pelo 4ºlugar: Andrev Karginov que ganhou o 4ºlugar de Federico Villagra por 19 segundos.

Sergei Viazovich com o Caminhão da MAZ mantem o 6ºlugar, Com 3 segundos a frente de Tom van Genugten da Iveco. Os Tchecos Martin Macik da LIAZ e Martin Kolomy com a Tatra vinham em 8º e 9ºlugares. Maurik Van den Heuvel com Iveco fechava os 10 primeiros, 12 segundos a frente de Mardeev com Kamaz.

Nikolaev acabou ficando com a vitória, Desde da segunda cronometragem assumiu a liderança e se manteve com segurança a ponta até o final. O Segundo lugar ficou com o Holandês Gerard de Rooy com 2 minutos e 39 segundos atrás do vencedor. Dmitry Sotnikov levou a Kamaz ao terceiro lugar a mais de 5 minutos atrás do seu companheiro de equipe.

Federico Villagra recuperou o quarto lugar no último setor. O 5ºlugar ficou com o Russo Airat Mardeev, Que tava em 11ºlugar. Ele ganhou 6 posições em 1 setor apenas. Claro que os outros também marcaram bobeira. Enquanto que o Russo ficou 17 minutos e 23 segundos atrás do vencedor. Macik acabou subindo do 8º para o 6ºlugar, Enquanto que Karginov caiu foi do 4ºlugar para o 7ºlugar. Maurik van del Heuvel, Martin Kolomy e Tom Van Genugten completaram os 10 primeiros colocados. A turma que estava mais junta acabou que o 10ºlugar ficou a 30 minutos atrás dos vencedores. Sergei Viazovich acabou caindo demais, Do 6º para o 11ºlugar o Bielorrusso deu uma invertida de posição para trás. Ao contraio de Mardeev.

Viazovich e Vishneuski completaram o Trio da MAZ em 11º, 12º e 13ºlugares respectivamente. O Espanhol Rafael Tibau Maynou que chegou a ficar em 2ºlugar no WP2 ficou em 22ºlugar, Com 3 horas, 27 minutos e 2 segundos de atraso para Nikolaev.

Resultado final da 2ªEtapa do Dakar

pospilotoPaísEquipe/VeiculoTempo
1500Eduard NikolaevRússiaKAMAZ – Master03H 47′ 51”
1500Evgeni IakovlevRússiaKamaz 4326
1500Vladimir RybakovRússia
2503Gerard de RooyHolandaPetronas Team de Rooy Iveco+ 00H 02′ 39”
2503Moises TorrallarEspanhaIveco Powerstar
2503Darek RodewaldPolônia
3514Dmitry SotnikovRússiaKAMAZ-Master+ 00H 05′ 28”
3514Ilnur MustafinRússiaKamaz 43509
3514Dmitri NikitinRússia
4505Federico VillagraArgentinaInfinia Diesel Team de Rooy YPF+ 00H 06′ 30”
4505Adrian Arturo YacopiniArgentinaIveco Powerstar
4505Ricardo Adrian ToArgentina
5502Airat MardeevRússiaKAMAZ-Master+ 00H 17′ 23”
5502Akhmet GaliautdiRússiaKamaz 43509
5502Dmitriy SvistunovRússia
6504Martin MacikRepública TchecaBig Shock Racing+ 00H 19′ 19”
6504Frantisek TomasekRepública TchecaLIAZ 111.154
6504Lucas KalankaEslovência
7518Andrey KarginovRússiaKAMAZ-Master+ 00H 19′ 39”
7518Igor LeonovRússiaKamaz 43509
7518Andrey MokeevRússia
8513Maurik Van der HeuvelHolandaPetronas Team de Rooy Iveco+ 00H 20′ 07”
8513Martin Van RoojiHolandaIveco Powerstar
8513Peter KuijpersHolanda
9508Martin KolomyRepública TchecaTatra Buggyra Racing+ 00H 21′ 04”
9508Rostislav PlnyRepública TchecaTatra Phoenix
9508Jiri StrossRepública Tcheca
10509Ton Van GenugtenHolandaPetronas Team de Rooy Iveco+ 00H 30′ 17”
10509Peter WillemsenBélgicaIveco Powerstar
10509Bernard der KindeHolanda

Texto: Deivison da Conceição da Silva

Nicolas Cavigliasso sobrou no 2ºdia e conquista segunda vitória no Dakar

Os pilotos da categoria Quadriciclos saíram a partir das 9 e 36 da manhã com o vencedor da primeira etapa: Nicolas Cavigliasso, Os 26 pilotos estavam na disputa. A Vitória ficou com o próprio piloto Argentino, Sobrou na Turma abrindo cada vez mais e mais vantagem para os demais pilotos.

No primeiro estágio, O Argentino Manuel Andujar, Supreendeu e passou a liderança, Com uma boa vantagem inicial de 1 minuto e 54 segundos de frente para Nicolas Cavigliasso que estava em 2º. Em terceiro vinha o Chileno Italo Pedemonte da Yamaha. Os franceses Sebastian Souday e Alexandre Giroud completavam os Top 5. Gustavo Gallego vinha em 6ºlugar, A 5 minutos e 6 segundos dos líderes. Quem começou mal era Jeremias Feroli que perdeu 19 minutos e 16 com relação ao Líder e estava em 25º e penúltimo lugar.

No segundo estágio, Andujar continuava na frente com praticamente a mesma vantagem para Nicolas Cavigliasso (Tirou 6 segundos de Manuel Andujar, que vinha a 1 minuto e 48 segundos do líder) Italo Pedemonte continuava em 3ºlugar. Porém, estava pressionado pelo Francês Alexandre Giroud que vinha 18 segundos atrás do Chileno. Gustavo Gallego passou para o 5ºlugar, 5 segundos a frente de Sebastian Souday.

Tomas Kubiena da Ibos Hawk vinha em 7º, O Tcheco estava 8 minutos e 19 segundos atrás do líder. Axel Dutrie, Giorgio Enrico e Walter Nosiglia completavam os 10 primeiros colocados. Jeremias Gonzalez Ferioli vinha em 21ºlugar, A 21 minutos e 31 segundos.

Nicolas Cavigliasso acabou com a brincadeira, No 3ºSetor de Cronometragem O vice-campeão de 2018 assumiu a liderança. E não foi por pouco não, ele abriu 4 minutos e 37 segundos a frente do também Argentino Gustavo Gallego. Esse estava com 13 segundos de frente para Alexandre Giroud que vinha em terceiro e 19 segundos a frente de Sebastian Souday, O Quarto colocado da prova. Italo Pedemonte acabou caindo do 3º para o 5ºlugar, A 5 minutos e 15 segundos atrás da liderança.

Tomas Kubiena subiu do 7º para o 6ºlugar, 7 minutos e 5 segundos da liderança. Axel Dutrie vinha em 7º, Giorgio Enrico, Walter Nosiglia e Nelson Augusto Sanabria completava os 10 primeiros colocados. Jeremias Ferioli sobe e se recupera e vinha em 17ºlugar, 20 minutos e 32 segundos atrás de Cavigliasso.

No 4ªSetor, Cavigliasso aumenta ainda mais sua vantagem para 7 minutos e 2 segundos de frente para o Francês Sebastian Souday, Que disputava posição com o seu compatriota Alexandre Giroud, Que estava a 10 segundos atrás, Em 3ºlugar. Gustavo Gallego vinha em 4º e o Tcheco Tomas Kubiena da Ibos Hawk completava as 5 primeiras posições.

Italo Pedemonte continuava a perder posições, Com 9 minutos e 22 segundos ele estava em 6ºlugar, Bem a frente de Giorgio Enrico, (Com 14 minutos e 43 segundos atrás de Cavigliasso) 2 segundos atrás em 8ºlugar vinha o francês Axel Dutrie. Barahona e Ferioli (Em bonita recuperação) Completavam os 10 primeiros lugares.

Cavigiasso aumentou para 10 minutos a sua vantagem na liderança, O Seus mais próximos seguidores eram os Franceses Sebastian Souday em 2º, 35 segundos a frente de Alexandre Giroud que vinha em 3º. A briga pelo 2ºlugar também envolvia: Gustavo Gallego em 4ºlugar, Italo Pedemonte em 5º e Tomas Kubiena em 6ºlugar. Todos eles separados por apenas 2 minutos e 41 segundos.

Giorgio Enrico vinha mais longe, A 18 minutos e 19 segundos em 7º, Mais longe ainda vinha Jeremias Gonzalez Ferioli que vinha em 8ºlugar, Mas a 25 minutos e 37 segundos atrás do seu mais temível rival na disputa pelo campeonato. Barahona e Walter Nosiglia completavam os Top 10 do WP5.

No WP6, Cavigliasso aumenta ainda mais a sua liderança, O Argentino sobrava na turma. Enquanto isso: Alexandre Giroud (a 12 minutos e 3 segundos), Gustavo Gallego (a 12 minutos e 34) e Italo Pedemonte (a 12 minutos e 51 segundos) disputavam o 2ºlugar. Sebastian Souday acabou caindo 3 posições perdendo 4 minutos e ficando um pouco mais para o Tcheco Tomas Kubiena da Ibos Hawk, Numa possível disputa do 5ºlugar.

Giovanni Enrico vinha em 7ºlugar, Com longos 20 minutos e 27 segundos atrás do Líder. Fazendo uma boa prova. Gonzalez Ferioli, Barahona e Walter Nosiglia completava os 10 primeiros.

Cavigliasso a partir dos últimos setores começou a administrar a sua vitória, Mesmo assim acabou ganhando mais alguns segundos de vantagem para Giroud que vinha em 2º com uma pequena vantagem sobre o Argentino Gustavo Gallego. Sebastian Souday recuperou posição de Pedemonte por uma diferença de 21 segundos.

Tomas Kubiena manteve a 6ªposição, Com Enrico a quase 5 minutos atrás do Tcheco em 7ºlugar. O Argentino Jeremias Gonzalez Ferioli vinha a 26 minutos e 59 segundos atrás da liderança vinha em 8ºlugar. Luis Barahona e Walter Nosiglia continuavam completando os 10 primeiros colocados.

Nicolas Cavigliasso conquistou a vitória, depois de 4 horas de disputa dura para os outros, Mas muito fácil para o Argentino que ganhou com tranquilos 11 minutos e 18 segundos a frente do Argentino Gustavo Gallego que acabou superando em muito o Francês Alexandre Giroud que ficou 8 minutos atrás em 3ºlugar. 16 segundos depois acabou o Chileno Giovanni Enrico.

Depois da Quadra da Yamaha completou os Top 5 o Tcheco Tomas Kubiena com o Quadriciclos da Ibos Hawk, 22 minutos e 22 segundos. O sexto Lugar ficou com Jeremias Gonzalez Ferioli, 27 minutos e 41 segundos atrás. Isso não é muito bom para Ele, Visto que seu rival se distancia muito na disputa pelo título.

Manuel Andujar, Martin Sarquiz com o melhor CAN-AM do dia, Walter Nosiglia com a Honda e Nelson Sanabria completaram os 10 primeiros lugares. Axel Dutrie abandonou a disputa com problemas mecânicos.

Resultado final da 2ªEtapa

pospilotoPaísEquipeVeiculoTempo
1240Nicolas CavigliassoArgentinaDrag’on Rally TeamYamaha YFM700R04H 22′ 10”
2257Gustavo GallegoArgentinaGustavo Gallego CompeticionYamaha Raptor 700+ 00H 11′ 18”
3250Alexandre GiroudFrançaTeam GiroudYamaha YFZ 700+ 00H 19′ 21”
4270Giovanni EnricoChileEnrico Racing TeamYamaha Raptor+ 00H 19′ 37”
5253Tomas KubienaRepública TchecaMoto Racing Group (MRG)IBOS Hawk 690+ 00H 22′ 22”
6241Jeremias Gonzalez FerioliArgentinaFerioli Racing TeamYamaha Raptor 700+ 00H 27′ 41”
7273Manuel AndujarArgentina7240 TeamYamaha Raptor 700+ 00H 29′ 39”
8254Martin SarquizArgentinaDKR TeamCAN-AM 800 R+ 00H 44′ 40”
9258Walter NosigliaBolíviaNosiglia SportHonda TRX700XX+ 00H 46′ 16”
10245Nelson Augusto SanabriaParaguaiDrag’on Rally TeamYamaha YFM700R+ 00H 48′ 46”

Texto: Deivison da Conceição da Silva

Loeb conquista primeira vitória no Dakar 2019

Sebastien Loeb mostrou força com seu Pegueot privado e venceu a segunda prova do Dakar. Após bela disputa no começo. Acabou Loeb passando a liderança e segura no final a ponta do Espanhol Nani Roma, Que fez um grande final de prova.

Carros foram os primeiros a largarem para a segunda etapa do Dakar que foi de Pisco a San Juan de Marcona, Com o vencedor do primeiro estágio Nasser Al-Attiyah. Na primeira passagem de cronometragem, Carlos Sainz com o Mini, Giniel de Villiers com a Toyota e Sebastien Loeb com a Pegueot estavam separados por apenas 4 segundos de diferença nas 3 primeiras posições. O Multicampeão das Motos e dos Carros Stephan Peterhansel vinha em 4º e Bernhard Ten Brinke completando o 5 primeiros colocados.

A Surpresa russa Vladimir Vasilyev vinha em 6ºlugar, 4 segundos a frente de Cyril Despres. O Peruano Nicolas Fuchs aparecendo muitíssimo bem em 8º a 1 minuto do líder e Nani Roma em 9ºlugar logo a seguir. A diferença entre Despres para Fuchs e de Fuchs para Nani Roma foi de 1 segundo para cada um. O Saudita Yaseed Al Rajhi completava os Top 10.

No 2ºSetor a liderança passou para o Sul-Africano Giniel de Villiers da Toyota, Com 8 segundos de vantagem para Peterhansel (Mini) que liderava o trio francês em perseguição do líder. Loeb vinha em 3º com seu Pegueot privado e Despres em 4º com o Mini. Nani Roma em 5º e Ten Brinke em 6º vinham perto de Despres.

Fuchs vinha em 7ºlugar para alegria do torcedor peruano, Al Rajhi, Vasilyev e Harry Hunt completavam os Top 10 naquela altura, Martin Prokop com o Ford começava a aparecer no Dakar, Já vinha em 11º. Sainz vinha a 4 minutos e 19 dos líderes, Mas caiu para o 20ºlugar.

No 3ºEstágio, A perseguição de Peterhansel valeu e ele acabou assumindo a liderança ao ultrapassar De Villiers. O 13 vezes campeão vinha 22 segundos a frente de Loeb e a 37 do Sul-Africano. Cyril Despres em 4ºlugar disputando com Nani Roma que subiu do 9º para o 5ºlugar. Ten Brinke, Fuchs,  Al Rajhi e Vasilyev mantiveram suas posições. A se destacar que Fuchs continuava resistindo a frente de Al Rajhi. Harry Hunt completava os 10 primeiros colocados. Nasser Al Attiyah vinha em 11º a 3 minutos e 34 segundos do líder.

Loeb assumiu a liderança no WP4, Colocando 15 segundos em cima de Giniel de Villiers. Stephan Peterhansel teve problemas e perdeu 15 minutos, O que fez o francês da Mini cair para o 29ºlugar a 17 minutos e 5 segundos do ponteiros. Nani Roma passou ao terceiro lugar e Nicolas Fuchs subiu do 7º para o 4ºlugar, continuava a frente de Yaseed Al Rajhi. Otimo desempenho do piloto com seu carro da Proto.

T Brinke vinha em 6º. Harry Hunt com o Pegueot vinha em uma ótima 7ªposição. O Russo Vladimir Vasilyev subiu para o 8ºlugar, Carlos Sainz vinha na recuperação em 9ºlugar e Martin Prokop com a Ford aparece pela primeira vez no Top 10. Nasser Al-Attiyah e Cyril Despres vinham logo atrás nas posições 11 e 12.

Sebastien Loeb continua na liderança no WP5 com seu Pegueot, Aumentando a sua vantagem para 35 segundos sobre De Villiers da Toyota que agora tinha o incomodo do Saudita Yaseed Al Rajhi, que subiu do 5º para a terceira posição com seu Mini e estava a 5 segundos do Sul-Africano. Nani Roma de Mini e T Brinke de Toyota completavam os 5 primeiros colocados, Separados por 7 segundos.

Harry Hunt sobe para o 6ºlugar, Quem caiu foi o Peruano Nicolas Fuchs que recuou 3 posições, 2 minutos e 33 segundos atrás do Líder. Vasilyev, Sainz e Despres completavam os 10 primeiros. Prokop e Al Attiyah vinham em 11º e 12ºlugares. Um destaque para o Polonês Aron Donzala que vinha levando seu Toyota ao 13ºlugar, A frente do Lituano Vaidolas Zala. Peterhansel subiu 6 posições e tirou 1 minuto e meio da diferença para o líder, Estava em 23ºlugar.

No Wp6, Loeb aumenta a vantagem na liderança, O piloto com o Pegueot privado abria 1 minuto e 5 segundos a frente de Giniel de Villiers da Toyota, O Sul-Africano vinha com apertados 10 segundos de vantagem para o Holandês Bernhard T Brinke que estava em 3ºlugar. Yaseed Al Rajhi e Nani Roma vinham em 4º e 5º colocados, Muito perto de De Villiers e T Brinke.

Harry Hunt em 6º, Nicolas Fuchs em 7º e Vladimir Vasilyev em 8º continuavam surpreendendo. Enquanto que Cyril Despres e Carlos Sainz estavam separados por apenas 3 segundos, Disputando o 9ºlugar. 2 minutos e 12 segundos depois vinha o Tcheco Martin Prokop . Nasser Al-Attiyah vinha em 12ºlugar, a 6 minutos e 39 segundos de Loeb, Domzala, Vanagas e Van Loon completavam os 15 primeiros. Peterhansel vinha em 20º, 15 minutos e 22 segundos do líder, E vinha tirando essa diferença setor a setor.

Loeb (Pegueot), continua na liderança no 7ªsetor, Agora com uma vantagem de 1 minuto e 14 segundos para o Holandês Bernhard T Brinke da Toyota, superando em 20 segundos a Giniel de Villiers (Toyota)que caia para um 3ºlugar em situação precária. Já que ele vinha a 5 segundos a frente de Nani Roma. Yaseed Al Rajhi (Ambos de Mini) completavam os 5 primeiros a 1 minuto e 52 segundos atrás de Loeb. Harry Hunt era o segundo Pegueot na prova, estava em 6ºlugar.

Vladimir Vasilyev ultrapassou Nicolas Fuchs e assumiu o 7ºlugar, 3 segundos a frente do piloto Peruano que vinha fazendo uma prova belíssima. Carlos Sainz e Cyril Despres continuavam em disputa pelo 9ºlugar, Separados por apenas 1 segundo entre eles. Nasser Al-Attiyah vinha em 11º, A 2 minutos e 17 segundos de Despres. Jabub Przygonski era outro piloto que vinha apagado no Dakar até agora, Estava em 15ºlugar, 9 minutos e 45 segundos de Loeb. Stephane Peterhansel vinha na 20ªposição, A 15 minutos e 45 segundos da liderança.

No 8º e Penúltimo Setor, Sebastien Loeb ganhou mais 1 segundo na sua vantagem na liderança para T Brinke. O piloto da Pegueot vinha na liderança desde do 4ºSetor. Nani Roma levava a Mini ao terceiro lugar, O Espanhol tinha 1 minuto e 59 segundos da liderança e 12 segundos de vantagem para Giniel de Villiers que perdeu a posição para Roma. Al Rajhi continuava em 5ºlugar.

Harry Hunt com o Pegueot vinha em 6º, Com Despres e Sainz subindo de posição, Com os carros da Mini. Sendo que o Francês pulou do 10º para o 7ºlugar. Sainz subiu do 9º para o 8ºlugar. Nicolas Fuchs passou Vasilyev, Mas acabou recuando para o 9ºlugar, com 12 segundos a frente do Russo e 5 minutos e 1 segundo atrás do líder. Nasser Al-Attiyah parecia não sair mais do 11ºlugar, Estava a 7 minutos e 18 segundos da liderança e a 2 minutos e 5 segundos de Vasilyev. Prokop, Donzala, Przygonski e Vanagas completavam os 15 primeiros. Peterhansel continuava em 20º (15 minutos e 25 segundos atrás de Loeb)

Sebastian Loeb, Com seu Pegueot privado acabou vencendo a segunda etapa, Com uma pequena vantagem sobre o Espanhol Nani Roma, Que fez um grande final de prova. O piloto da Mini acabou 8 segundos atrás de Loeb. Em terceiro lugar ficou o Holandês Bernhard T Brinke com seu Toyota, A 1 minuto e meio do vencedor. Em 4º chegou o Sul-Africano Giniel de Villiers a 11 segundos de T Brinke. Os 5 primeiros foi completado pelo Saudita Yazeed Al Rajhi com o carro da Mini.

Cyril Despres, Também de Mini completou sua prova em 6ºlugar. O inglês Harry Hunt fez uma bela prova com seu Pegueot, O 7ºlugar do segundo carro da Marca Francesa (Mesmo que seja um carro privado a Pegueot continua forte no Dakar) Carlos Sainz acabou em uma corrida difícil em 8ºlugar. O Peruano Nicolas Fuchs acabou fazendo um belo Estágio, Se destacando durante todo, Ficando em 9ºlugar. O russo Vladimir Vasilyev completou os Top 10.

Nasser al-attiyah acabou fazendo uma prova decepcionante, Ficou em 11ºlugar. Seguido do Tcheco Martin Prokop, em uma atuação melhor com seu Ford ficou em 12ºlugar, a 9 minutos e 48 segundos atrás do vencedor.  Ficando a frente de Jakub Przygonski que fez uma prova tímida em 13ºlugar. Stephan Peterhansel acabou ficando em 17ºlugar, A 15 minutos e 9 segundos do vencedor. O Atraso comprometeu a chance de uma possível vitória no Estágio.

pospilotoPaísEquipe/VeiculoTempo
1306Sebastien LoebFrançaPH-Sport03H 26′ 53”
1306Daniel ElenaMônacoPeugeot 3008 DKR
2307Nani RomaEspanhaX-Raid Mini JCW Team+ 00H 00′ 08”
2307Alex Haro BravoEspanhaMini John Cooper Works Buggy
3309Bernhard Tem BrinkeHolandaToyota Gazoo Racing AS+ 00H 01′ 20”
3309Xavier PanseriFrançaToyota Hilux
4302Giniel de VilliersÁfrica do SulToyota Gazoo Racing AS+ 00H 01′ 31”
4302Dirk von ZitzewitzAlemanhaToyota Hilux
5314Yazeed Al RaihiArábia SauditaX-Raid Team+ 00H 02′ 33”
5314Timo GottschalkAlemanhaMini John Cooper Works Rally
6308Cyril DespresFrançaX-Raid Mini JCW Team+ 00H 03′ 14”
6308Jean Paul CottretFrançaMini John Cooper Works Buggy
7312Harry HuntInglaterraPH-Sport+ 00H 03′ 24”
7312Wouter RosegaarHolandaPeugeot 3008 DKR MAXI
8300Carlos SainzEspanhaX-Raid Mini JCW Team+ 00H 04′ 40”
8300Lucas CruzEspanhaMini John Cooper Works Buggy
9322Nicolas FuchsPeruNicolas Fuchs+ 00H 05′ 01”
9322Fernado AdrianArgentinaFord Ranger
10311Vladimir VasilyevRússiaG-Energy Team+ 00H 05′ 36”
10311Konstantin ZhiltsRússiaToyota Hilux
11301Nasser Al-AttiyahQatarToyota Gazoo Racing AS+ 00H 07′ 37”
11301Matthieu BaumelFrançaToyota Hilux
12305Martin ProkopRepública TchecaMP-Sports+ 00H 09′ 48”
12305Jan TomanekRepública TchecaFord Raptor RS Cross Country
13303Jakub PrzygonskiPolôniaOrlen X-Raid Team+ 00H 11′ 01”
13303Tom ColsoulBélgicaMini All4 Racing
14327Aron DomzalaPolôniaOverdrive Toyota+ 00H 11′ 11”
14327Maciej MartonPolôniaToyota Hilux
15317Erik van LoonHolandaOverdrive Toyota+ 00H 12′ 55”
15317Harmen ScholtalHolandaToyota Hilux
16330Benediktas VanagasLituâniaGeneral Financing Team Pitlane+ 00H 13′ 16”
16330Sebastian RozwadPolôniaToyota Hilux
17304Stephane PeterhanselFrançaX-Raid Mini JCW Team+ 00H 15′ 09”
17304David CasteraFrançaMini John Cooper Works Buggy
18321Boris GarafulicChileX-Raid Team+ 00H 16′ 24”
18321Filipe PalmeiroPortugalMini All4 Racing
19319Ronan ChabotFrançaOverdrive Toyota+ 00H 18′ 16”
19319Gilles PillotFrançaToyota Hilux Overdrive
20320Matthieu SerradoriFrançaSRT Racing+ 00H 26′ 34”
20320Fabian LurquinBélgicaBuggy LCR30
21374Denis KrotovRússiaMsk Rally Team+ 00H 27′ 09”
21374Dmytro TsyroUcrâniaMini John Copper Works Rally
22325Pierre LachaumeFrançaPH-Sport+ 00H 28′ 25”
22325Jean Michel PolatoFrançaPeugeot 2008 DKR
23337Vaidotas ZalaLituâniaAgrorodeo+ 00H 34′ 56”
23337Saulius JurgelenasLituâniaToyota Hilux
24324Isidre Esteve PujolEspanhaSodicars Racing+ 00H 41′ 40”
24324Txema VillalobosEspanhaBMW BV6-1
25316Robby GordonEstados UnidosTeam Speed+ 00H 42′ 37”
25316Kellon WalchEstados UnidosTextron Wildcat XX
26415Dani SolaEspanhaFN Speed Team+ 00H 43′ 07”
26415Pedro Lopez ChavesEspanhaCAN-AM Marevick X3
27326Philippe GacheFrançaGeely Auto Shell Lubricant Cooper Tire T+ 00H 46′ 20”
27326Stephane PrevotBélgicaBuggy SMG
28332 Tomas OurednicekRepública TchecaMP-Sports+ 00H 49′ 34”
28332 David KripalRepública TchecaFord Raptor RS Cross Country
29383Balazs SzalayHungaryOpel Dakar Team+ 00H 53′ 41”
29383Laszlo BunkocziHungaryOpel Grandland X
30353Stephane HenrardBélgicaHenrard Racing Team+ 00H 56′ 23”
30353Gatien du BoisBélgicaDunbee

Texto: Deivison da Conceição da Silva

Walkner supera Brabec no final e ganha segunda etapa do Dakar

Matthias Walkner conquistou uma bela vitória na segunda etapa do Dakar 2019, Após disputar setor a setor com o Norte-Americano Ricky Brabec. Um dos candidatos a vitória Michael Metge acabou com problemas e esta fora da disputa do campeonato, A mais de uma hora e meia dos lideres. Barreda Bort continua na liderança na Geral

A Largada foi dada as 8 e meia da Manhã, (11 e meia da Manhã no Horário de Brasília) Com Joan Barreda Boat e depois com Pablo Quintanilla, Ricky Brabec, Adrien Van Beveren e San Sunderland, Além dos mais de 130 pilotos que estavam na disputa. A Disputa era entre Pisco até San Juan de Marcona, Com

Ricky Brabec, 3ºlugar no primeiro estágio começou na liderança com sua moto da Honda, Com Matthias Walkner da KTM na segunda posição. 10 segundos a frente do norte-americano. Os dois primeiros abriram uma boa vantagem de 1 minuto e 3 segundos sobre Adrien Van Beveren da Yamaha em 3º, Pablo Quintanilla em 4º, Kevin Benavides em 5º. (Ambos com o mesmo tempo – 1 minuto e 5 segundos atrás do líder) o Francês Xavier de Soultrait com a Yamaha em 6ºlugar, 10 segundos a frente de Joan Barreda Boat da Honda.

Quem era a surpresa da primeira parte foi o Espanhol Lorenzo Santolino, Com sua TVS Sherco. O Norte-Americano Andrew Short vem cumprindo a promessa de brigar mais a frente no Dakar, Em 9ºlugar. San Sunderland vinha em 10ºlugar, 1 segundo a frente do Argentino Franco Caimi da Yamaha. Paulo Gonçalves, Stefan Svitko, E os irmãos Metge com a TVS Sherco (Acho que nunca a marca colocou 3 motos entre os 15 primeiros lugares) completavam os top 15. O piloto Ross Branch de Botsuana vinha em uma surpreendente 17ªposição com sua KTM.

Brabec segurou a liderança no 2ºSetor, Por apenas 3 segundos de frente para o Austríaco Matthias Walkner. O piloto da Honda e o Piloto da KTM colocaram vantagem para o Argentino Kevin Benavides, com sua Honda a 2 minutos e 6 segundos atrás do líder. O Inglês San Sunderland vinha com sua KTM em 4ºlugar, 7 segundos atrás do vice-campeão de 2018.

O Francês Adrien Van Beveren com sua Yamaha vinha em 5º, Com 2 minutos e 20 atrás do líder e 10 segundos a frente do Espanhol Barreda Boat em 6ºlugar. Lorenzo Santolino continuava muito bem, Levando a Sherco a uma importante 7ªposição. Short, de Soultrait e Caimi completava os 10 primeiros. Palbo Quintanilla não estava aparecendo na classificação.

Ricky Brabec e Matthias Walkner polarizam a liderança no WP3, Os dois eram separados por apenas 1 segundo a favor do piloto da Honda sobre o piloto da KTM. Kevin Benavides continuava em 3ºlugar, A 2 minutos e 58 segundos atrás de Brabec e 2 minutos e 57 segundos atrás de Walkner. O Argentino vinha 16 segundos a frente de Barreda Bort e 17 a frente de Toby Price, que pulou do 11º para o 5ºlugar. O Australiano estava 1 segundo atrás do Espanhol e empatado com o Britânico San Sunderland, Seu companheiro de equipe.

Os pilotos da Yamaha Adrien van Beveren e Xavier de Soultrait vinham em 7º e 8ºlugares. Andrew Short da Husqvarna e Lorenzo Santolino da Sherco completavam os 10 primeiros. O Chileno Jose Ignacio Cornejo Florimo com a Honda, Franco Caimi com Yamaha, Paulo Goncalves com Honda e Michael e Adrien Metge da Sherco completava os 15 primeiros. Laia Sanz vinha decepcionando em 36ºlugar, A 13 minutos e 59 segundos atrás do líder. Outra decepção era Joaquim Rodrigues da Hero, Com 21 minutos e 44 segundos atrás do Brabec.

No 4ªSetor, Ricky Brabec conseguiu abrir uma vantagem para Walkner na liderança, com 26 segundos de frente para o piloto da KTM Matthias Walkner. O Espanhol Juan Barreda Boat assumiu a terceira posição, Com 2 minutos e 48 segundos atrás do líder. Toby Price e San Sunderland da KTM completavam os 5 primeiros colocados. Kevin Benavides acabou perdendo 3 posições, do 3º para o 6ºlugar, 5 minutos e 30 segundos atrás do líder. Adrien van Beveren com a Yamaha vinha em 7ºlugar.

Andrew Short com a Husqvarna subiu para o 8ºlugar. Completava os top 10: Cornejo Florimo e Xavier de Soultrait. Lorenzo Santolino sai dos 10 primeiros colocados por 8 segundos. Ross Branch continuava a fazer um belo estágio, Em 22ºlugar. O Peruano Cesar Pardo com sua KTM vinha em uma boa 34ªposição.

No 5ºSetor, Ricky Brabec continua na ponta, Com Matthias Walkner tirando alguns segundos da diferença do piloto da Honda. A 18 segundos atrás vinha o piloto Austríaco da KTM. OS dois continuavam muito na frente de Joan Barreda Boat da Honda, O espanhol estava a 2 minutos e 43 segundos atrás da liderança, O Piloto da Honda abriu 43 segundos a frente de Toby Price que vinha em 4º e a 59 segundos atrás do Britânico San Sunderland que vinha em 5ºlugar.

Kevin Benavides, Adrien van Beveren, Andrew Short, José Ignacio Cornejo Florimo e Xavier de Soultrait completavam os 10 primeiros colocados, As posições do 4º para o 5ºsetor não se alteraram. Paulo Goncalves subiu para o 11º, Seguido de Michael Metge, Stevan Svitko, Franco Caimi e Adrien Metge completando os 15 primeiros colocados. Oriol Mena vinha em uma modesta, Mas digna 18ªposição, Com 15 minutos e 16 segundos atrás de Brabec.

No 6ªSetor, Brabec abre sua maior vantagem para Matthias Walkner, Com 48 segundos de vantagem a favor do norte-Americano sobre o Campeão de 2018. Barreda Boat vinha em 3º, A 2 minutos e 59 segundos atrás da liderança. Toby Price, San Sunderland mantiveram suas posições. A única modificação entre os 10 primeiros foi Paulo Goncalves que ganhou o 10ºlugar de Xavier de Soultrait. Michael Metge teve sérios problemas e acabou perdendo mais de uma hora, Caindo para o 71ºLugar.

No 7ºSetor, Brabec com a Honda, aumenta sua vantagem para 1 minuto e 3 segundos para Matthias Walkner com KTM. Parecia que o Norte-americano iria manter a liderança até o final… O Espanhol Joan Barreda Bort seguia constante em 3ºlugar, 3 minutos e 6 segundos atrás de Brabec. Toby Price e San Sunderland continuam em 4º e 5ºlugar completando o esquadrão da marca Austríaca.

Adrian Van Beveren ganhou a 6ªposição que estava nas mãos de Kevin Benavides, Mas bem pra trás em relação aos 5 primeiros lugares, Com mais de 3 minutos atrás de Sunderland. Andrew Short manteve o 8ºlugar, Com Paulo Goncalves e Xavier de Soultrait completando os 10 primeiros colocados. Stefan Svitko aparecia em uma razoável 11ªposição (14 minutos e 25 segundos atrás de Brabec), Seguido de Adrien Metge, Joan Pedrero Garcia, Franco Caimi e Oriol Mena. Pablo Quintanilla, Lorenzo Santolini e Diego Duplessis estavam sem seus tempos marcados, Mas continuavam na corrida.

No penúltimo estágio, Ricky Brabec ver sua vantagem na liderança diminuída para 3 segundos, Matthias Walkner com sua KTM e Joan Barreda Bort com Honda a 2 minutos da liderança reduziram essa diferença. Ainda havia briga e possibilidade de mudança no primeiro lugar. Toby Pryce, San Sunderland, Adrien Van Beveren, Kevin Benavides, Andrew Short continuavam nas suas posições de 4º ao 8ºlugar respectivamente.

Jose Ignacio Cornejo Florimo voltou a ter registado seu tempo, Vinha em 9ºlugar, 11 minutos e 59 segundos atrás de Ricky Brabec e a frente de Paulo Goncalves (Ano passado o chileno substituiu o piloto Português que estava contundido) Xavier de Soultrait com sua Yamaha saiu dos 10 primeiros colocados.

No último setor, Matthias Walkner acabou passado Brabec e conquistando a vitória na 2ªEtapa do Dakar. O Austríaco com a KTM ficou na frente por 22 segundos do Norte-Americano Ricky Brabec da equipe Honda. Joan Barreda Boat ficou em 3º, Com 1 minuto e 41 segundos atrás do Vencedor. O Espanhol lidera a classificação geral da competição.

Toby Price acabou em 4º a 3 minutos e 6 segundos atrás de Walkner. 18 segundos depois acabou chegando o Chileno Pablo Quintanilla que ficou por muitos setores sem ter seu tempo marcado. O piloto da Husqvarna ficou com o 5ºlugar. San Sunderland acabou na 6ªposição. Depois vieram Adrien Van Beveren com Yamaha, Kevin Benavides com a Honda, Andrew Short com Husqvarna e Jose Ignacio Cornejo Florimo com a Honda.

Paulo Goncalves acabou em 11ºlugar, 14 minutos e 12 segundos atrás do vencedor. Xavier de Soultrait com Yamaha, Stefan Svitko com KTM ficaram em 12º e 13º. Lorenzo Santolino (Punido em 5 minutos depois da prova) Ficou em 14ºlugar e Adrien Metge (Ambos com a Sherco) acabou completando os Top 15. Oriol Mena terá que se esforçar mais para levar a Hero a posições melhores do que o 16ºlugar, 22 minutos e 54 segundos atrás do vencedor.

Walter Nosiglia Jager em uma decente 17ªposição, A Frente de Franco Caimi, Juan Pedrero Garcia e Luciano Benavides. Destaque da prova é Ross Branch com o 22ºlugar, Representando a Botsuana (apesar de ter nascido na África do Sul) Diego Duplessis acabou a prova em 25ºlugar, 31 minutos e 23 segundos atrás da vitória. Laia Sanz decepcionando com o 27ºlugar.

Joaquim Rodrigues e Santosh Chunchunguppe muito atrás de Mena, Não ajudando muito a Hero. Ivan Jakes em lamentável 57ªposição, Emanuel Gyenes também muito abaixo do que ele pode fazer com o 64ºlugar. (1 hora, 23 minutos e 17 segundos atrás do Walkner) E lamentar os problemas de Michael Metge que ficou longe demais da disputa, Ficando em 69ºlugar.

Resultado da 2ªEtapa do Dakar 2019
Pisco até San Juan de Mardona

pospilotoPaísEquipeVeiculoTempo
11Matthias WalknerÁustriaRed Bull Ktm Factory TeamKTM03H 23′ 57”
215Ricky BrabecEstados UnidosMonster Energy Honda Team 2019Honda CRF 450 Rally+ 00H 00′ 22”
35Joan Barreda BoatEspanhaMonster Energy Honda Team 2019Honda CRF 450 Rally+ 00H 01′ 41”
43Toby PriceAustráliaRed Bull Ktm Factory TeamKTM+ 00H 03′ 06”
56Pablo QuintanillaChileRockstar Energy Husqvarna Factory RacingHusqvarna FR 450 Rally+ 00H 03′ 24”
614San SunderlandInglaterraRed Bull Ktm Factory TeamKTM+ 00H 06′ 03”
74Adrien Van BeverenFrançaYamalube Yamaha Official Rally TeamYamaha WR450F+ 00H 09′ 05”
847Kevin BenavidesArgentinaMonster Energy Honda Team 2019Honda CRF 450 Rally+ 00H 09′ 59”
929Andrew ShortEstados UnidosRockstar Energy Husqvarna Factory RacingHusqvarna FR 450 Rally+ 00H 12′ 25”
109Jose Ignacio CornejoChileMonster Energy Honda Team 2019Honda CRF 450 Rally+ 00H 13′ 43”
112Paulo GoncalvesPortugalMonster Energy Honda Team 2019Honda CRF 450 Rally+ 00H 14′ 12”
1218Xavier de SoultraitFrançaYamalube Yamaha Official Rally TeamYamaha WR450F+ 00H 16′ 11”
1311Stefan SvitkoEslováquiaSlovnaft TeamKTM 450 Rally Replica+ 00H 19′ 00”
1463Lorenzo SantoliniEspanhaSherco TVS Rally FactorySherco TVS 450+ 00H 19′ 37”
1524Adrien MetgeFrançaSherco TVS Rally FactorySherco TVS 450+ 00H 21′ 36”
167Oriol MenaEspanhaHero Motorsports Team RallyHero 450 Rally+ 00H 22′ 54”
178Franco CaimiArgentinaYamalube Yamaha Official Rally TeamYamaha WR450F+ 00H 23′ 43”
1812Juan Pedrero GarciaEspanhaMoto Racing Group (MRG)KTM 450 Rally Replica+ 00H 23′ 50”
1958Walter NosigliaBolíviaMEC HRCHonda CRF 450 Rally+ 00H 24′ 05”
2077Luciano BenavidesArgentinaRed Bull Ktm Factory TeamKTM 450+ 00H 24′ 50”
2128Daniel Nosiglia JagerBolíviaMEC HRCHonda CRF 450 Rally+ 00H 25′ 37”
22114Ross BranchBotsuanaBas Dakar TeamKTM 450 Rally Factory Replica+ 00H 28′ 58”
2334Mario PatraoPortugalKTM Factory Racing TeamKTM 450+ 00H 30′ 23”
2446Jan BrabecRepública TchecaBig Shock RacingHusqvarna WR 450 F+ 00H 31′ 07”
2522Diego Martin DuplessisArgentinaMEC HRCHonda CRF 450 Rally+ 00H 31′ 23”
2620Armand MonleónEspanhaKlicen KTM R2R Dakar Rally TeamKTM RR450+ 00H 31′ 32”
2717Laia SanzEspanhaKTM Factory Racing TeamKTM+ 00H 31′ 46”
2836Maciei GiemzaPolôniaOrlen TeamKTM 450 Rally Replica+ 00H 32′ 37”
2925Rodney FaggoterAustráliaYamalube Yamaha Official Rally TeamYamaha WR450F+ 00H 33′ 13”
3043Adam TomiczekPolôniaOrlen TeamKTM RR450+ 00H 33′ 33”
3130Marc Sola TerradellasEspanhaFN Speed TeamKTM 450 Rally Replica+ 00H 33′ 45”
3242Maurizio GeriniItáliaSolarys RacingHusqvarna FR 450 Rally+ 00H 36′ 30”
3333Jacopo CeruttiItáliaSolarys RacingHusqvarna FR 450 Rally+ 00H 39′ 00”
3427Joaquim RodriguesPortugalHero Motorsports Team RallyHero 450 Rally+ 00H 39′ 07”
3573Skyler HowesEstados UnidosKlymciw RacingHusqvarna FR 450 Rally+ 00H 39′ 55”
3675Antonio MaioPortugalDrag’on Rally TeamYamaha 450+ 00H 41′ 32”
3750Santosh Chunchunguppe ShivashankaríndiaHero Motorsports Team RallyHero 450 Rally+ 00H 42′ 23”
3839Beniamin MelotFrançaNomade RacingKTM 450 Rally Replica+ 00H 53′ 20”
3952David MegrePortugalKTM PortugalKTM 450 Rally+ 00H 53′ 26”
4038Milan EngelRepública TchecaMoto Racing Group (MRG)KTM 450 Rally Replica+ 00H 54′ 26”

Texto: Deivison da Conceição da Silva

Lopez Contado Vence 2ºdia do Dakar 2019 nos SxS

O Chileno Francisco Lopez Contado foi o vencedor da 2ªEtapa do Dakar, Que foi de Pisco a San Juan de Marcona. Uma briga bem equilibrada que acabou levando o piloto Chileno a vencer com 19 segundos de frente para o Brasileiro Reinaldo Varela.

A largada aconteceu por volta das 6 e 43 da manhã com o vencedor do primeiro estágio, Reinaldo Varela. Com Lopez Contado, Farres Guell e Casale logo a seguir. No 1ªPosto de Controle a liderança estava nas mãos do Chileno Michelangelo Bertolla com seu veiculo da Can-AM. Abriram 18 segundos de frente para o Brasileiro Cristian Baumgart também de Can-AM.

O Espanhol Gerard Farres Guell vinha em 3º, 3 segundos a frente de Francisco Lopez Contardo, e a 18 segundos sobre Ignacio Casale que vinha em 5ºlugar com seu SxS da Yamaha. Porem, Sergei Kariakin vinham a frente de Bruno Varela que estava em 8ºlugar, 1 minuto e 9 segundos atrás do Bertolla.

O Chileno Michelangelo Bertolla continuou na liderança no WP2, Agora com 1 minuto e 42 segundos de frente para o Português Ricardo Porem da CAN-AM, Mesmo equipamento do líder e da maioria dos pilotos da SxS. O Russo Sergei Kariakin vinha e 5 segundos do Português em 3ºlugar, Mesmo tempo em 4º vinha Francisco Lopez Contardo. 10 segundos depois em 5ºlugar estava o Espanhol Jose Antonio Hinojo Lopez da CAN-AM e Ignacio Casale vinha em 6ºlugar.

Bertolla manteve a liderança no 3ºPonto de Cronometragem, Mas quem vinha tirando diferença era o Russo Kariakin que Tomou o segundo lugar das mãos de Ricardo Porem. Com seu BRP enfrentando os pilotos com a CAN-AM. O Chileno Lopez Contardo e o Espanhol Hinojo Lopez continuavam em 4º e 5ºlugares. Currie passou Casale e assumiu o 6ºlugar. Chicharro, Moreno Piazzoli e Baumgart completavam os 10 primeiros colocados. Reinaldo Varela caiu para o 17ºlugar, 8 minutos e 30 do líder. Pior ainda para Farres Guell que caiu para o 20ºlugar, A 11 minutos e 7 do líder.

No WP4 tudo muda, E a liderança passa para as mãos de Ricardo Porem, Superando por 7 segundos a Michelangelo Bertolla do Chile. Bem perto dos dois vinha outro chileno, Francesco Lopez Contardo em 3ºlugar. Sergei Kariakin acabou recuando do 2º para o 4ºlugar, Sendo o primeiro piloto sem ter um CAN-AM e estava a 27 segundos de Porem. Hinojo Lopez ficou onde esta, Em 5ºlugar. Os Chilenos Rodrigo Javier Moreno Piazzoli e Ignacio Casale vinham em 6º e 7ºlugares. Casey Currie, Marcos Baumgart e Alvaro Chicharro completam os 10 primeiros. Todos além de Hernan Garces que vinha em 11 estavam a menos de 5 minutos do líder.

No WP5, Francisco Lopez Contardo assumiu a liderança. O Chileno passou Ricardo Porem e abriu 27 segundos de vantagem para o Português. 20 segundos depois, vinha em 3ºlugar Sergei Kariakin. O Chileno MichelAngelo Bertolla caiu para o 4ºlugar e Moreno Piazzoli a 2 minutos do líder completava os 5 primeiros colocados. 3 deles Chilenos.

Hinojo Lopez, Ignacio Casale, Casey Currie, Reinaldo Varela e Hernan Garces completavam os 10 primeiros colocados.

Lopez Contardo subiu essa vantagem para 1 minuto e 13 segundos sobre Sergei Kariakin no 6ºsetor. O piloto Russo da BRP acabou superando a Ricardo Porem e abriu 37 segundos sobre o Português que vinha agora em 3ºlugar. Rodrigo Javier Moreno Piazzoli passou para o 4ºlugar, Com problemas, Bertolla acabou caindo para o 14ºlugar. Completando os 5 primeiros colocados, O Espanhol Hinojo Lopez com 3 minutos e 11 segundos de Lopes Contardo. Ignacio Casale vinha em 6ºlugar e Reinaldo Varela vinha em 7º com seu Can-AM; Currie, Garces e M.Baumgart completavam os 10 primeiros colocados.

O Chileno Subiu sua vantagem no 7ºSetor, Ele passou do 1 minuto e 15 segundos para 1 minuto e 26 segundos de vantagem para Sergei Kariakin que se manteve em 2ºlugar.Porem perdia terreno. Mesmo assim, Sergei abre 32 segundos de frente para Ricardo Porem que vinha em 3º. Moreno Piazzoli e Hinojo Lopez completavam os 5 primeiros. Reinaldo Varela passou Ignacio Casale e vinha em 6ºlugar. A 4 minutos e 42 atrás do líder.

No penúltimo Setor, Francisco Lopez Contardo praticamente selou a vitória. Abriu 2 minutos e 55 segundos de vantagem para O Portugues Ricardo Porem. Quem reagiu fortemente foi Reinaldo Varela ganhou posição de 3 pilotos para entrar na última parte do Estágio em 3ºlugar. Sergei Kariakin vinha 10 segundos atrás do Campeão de 2018 em 4ºlugar, E o Chileno Rodrigo Javier Moreno Piazzoli completava os top 5, 8 segundos de frente para Hinojo Lopez da Espanha.

Casale, Currie, Garces e M.Baumgart mantiveram os 10 primeiros colocados. Gerard Farres Guell vinha 4 segundos atrás do Brasileiro, Disputando ainda um lugar entre os Top 10.

Reinaldo Varela teve um final impressionante, Chegando perto, Bem perto da Vitória. Porém, O Chileno Francisco Lopez Contardo venceu com 19 segundos a frente do Brasileiro, Que lidera o Dakar no Geral com os Resultados de hoje. Sergei Kariakin aparece bem com o terceiro lugar no dia de hoje. 1 minuto e 51 segundos atrás do Vencedor.

Completando os 5 primeiros, O Espanhol Gerard Farres Guell, Que saiu do 11º para o 4ºlugar em apenas 1 setor de prova e o Brasileiro Marcos Baumgart chegando a 6 minutos e 17 segundos em 5ºlugar.

Rodrigo Javier Moreno Piazzoli acabou de fora dos 5 primeiros por causa de 38 segundos, O Chileno ficou em 6º, Seguido por outro Chileno, O Bicampeão dos Quadriciclos Ignacio Casale terminou em 7º, Hernan Garces em 8º. Ricardo Porem perdeu mais de 15 minutos no último estágio, Chegando em 9ºlugar. E Miguel Jordao terminou em 10ºlugar, a 18 minutos e 42 segundos do vencedor. MiguelAngelo Bertolla que liderou os primeiros estágios não passou do 11ºlugar na classificação geral.

Resultado da 2ªEtapa do Dakar – De Pisco a San Juan de Marcona

posPilotoPaísEquipe/VeiculoTempo
1360Francisco Lopez ContardoChileSouth Racing CAN-AM04:09:47
1360Alvaro Juan LeonChileCAN-AM Maverick
2340Reinaldo VarelaBrasilMonster Energy CAN-AMa 0:19
2340Gustavo GugelminBrasilCAN-AM Maverick X3
3344Sergei KariakinRússiaSNAG Racing Teama 1:51
3344Anton VlasiukRússiaBRP Maverick X3
4358Gerard Farres GuellEspanhaMonster Energy CAN-AMa 4:22
4358Daniel Oliveras CarrerasEspanhaCAN-AM Maverick
5412Marcos BaumgartBrasilX Rally Teama 6:17
5412Kleber CinceaBrasilCAN-AM Maverick X3
6421Rodrigo Javier Moreno PiazzoliChileMamoro Rally Teama 8:55
6421Jorge Gabriel Araya DiazChileCAN-AM Marevick X3RS
7361Ignacio CasaleChileCasale Racinga 9:37
7361Americo AliagaChileYamaha YXZ 1000 Turbo RR
8366Hernan GarcesChileSouth Racing CAN-AMa 11:46
8366Juan Palbo LatrachChileCAN-AM Maverick
9378Ricardo PoremPortugalSouth Racing CAN-AMa 17:13
9378Jorge MonteiroPortugalCAN-AM Maverick
10372Miguel JordãoPortugalSouth Racing CAN-AMa 18:42
10372Lourival RoldanBrasilCAN-AM Maverick

Texto: Deivison da Conceição da Silva