Rosberg com facilidade conquista a vitória em Suzuka e Mercedes fatura tricampeonato dos construtores

Rosberg que dominou todo o final de semana em Suzuka confirmou seu domínio agora a pouco em Suzuka, Mas não imaginaria que seria ridiculamente fácil a conquista de sua nona vitória em 17 etapas na temporada de 2016.

Porque ridiculamente fácil em muito se deveu a largada patética de Lewis Hamilton que caiu do 2º para o 8ºlugar perdendo posições para Verstappen, Perez, Ricciardo, Vettel, Hulkenberg e Raikkonen tornando a missão do Inglês praticamente impossível. Quem começou bem foi Vettel que em um espaço de 2 voltas conseguiu ultrapassar a Ricciardo no final da primeira volta e Sergio Perez no começo da terceira subindo do 5º para o 3ºlugar em um começo de prova sensacional para o piloto Alemão.

suzuka_domingo_japan2016-2

Hulkenberg conseguiu segurar Raikkonen até a 6ªVolta quando tomou ultrapassagem e caiu para o 7ºlugar no final da reta dos boxes, Na volta seguinte Hamilton avançou para o 7ºlugar ultrapassando o piloto da Force India. Perez estava firme e forte se segurando na frente de Ricciardo em 4ºlugar com Raikkonen quase perdendo o carro na tentativa de aproximação pra cima do piloto da Red Bull em 6º e Hamilton em 7º iriam naturalmente se aproximar deles. Alonso que tinha o motor novo da Honda não conseguiu passar Felipe Massa que estava em estratégia diferente com seu Williams na disputa pelo 14ºlugar.

Verstappen foi o primeiro dos líderes a pararem nos boxes na volta 11, A Red Bull fez Ricciardo na mesma volta realizar a primeira parada, Já Hulkenberg e Gutierrez pararam na volta 12.

Rosberg o líder da corrida foi para os boxes na 13ªVolta e acabaram indo com ele na mesma volta seguindo o líder Sebastian Vettel, Sergio Perez e Kimi Raikkonen. Mas quem levou a melhor nessas paradas foi Lewis Hamilton que acabou sendo o último a fazer a parada na 14ªVolta e ganhou as posições de Raikkonen e de Perez. Com as paradas Rosberg, Verstappen e Vettel continuavam nas 3 primeiras posições com Bottas e Massa em 4º e 5ºlugares isso devido aos pilotos da Williams terem adotado a tática de uma parada apenas e de estarem com os pneus duros, Evidentemente estavam em outro ritmo de corrida.

Hamilton acendeu o turbo e em 1 volta apenas conseguiu ultrapassagem sobre Ricciardo, Massa e Bottas chegando ao 4ºlugar.

A prova deu uma acalmada tendo Rosberg tranquilo na liderança. Felipe Massa parou na volta 25 fazendo sua única troca de pneus igualmente os dois pilotos da Renault na volta 26 e Bottas seguindo a tática da equipe de Sir. Frank Williams parou na 28ªvolta. Entre essas paradas Kimi Raikkonen foi o primeiro a realizar a segunda parada entre os líderes na 27ªVolta, E o mesmo fez Verstappen e Hulkenberg na volta 29 e o líder Rosberg e Perez na volta 30.

suzuka_domingo_japan2016-1

Hamilton, Vettel e Ricciardo postergaram suas paradas nos boxes enquanto isso Sainz jogava duro defendendo o seu 10ºlugar dos ataques de Felipe Massa, Esse jogo duro deu certo por uma volta, Mas na volta seguinte por fora o piloto Brasileiro que esta a poucas corridas do final da sua carreira na Formula 1 fez uma bela ultrapassagem sobre o jovem piloto da Toro Rosso tomando o 10ºlugar que se tornaria 9ºlugar após a parada desastrosa de Romain Grosjean na 31ªVolta.

Daniel Ricciardo parou na volta 33 e não foi uma boa parada (5.1 segundos para trocar os pneus) o que complicou a sua já apagada corrida, N Volta 34 foi a vez de Hamilton e na 35ªVolta Vettel fez sua 2ªparada e apostou alto colocando os pneus macios para a parte final de corrida tudo para tomar o 3ºlugar de Hamilton que tomou essa posição do piloto da Ferrari após as paradas.

E lá veio o piloto da Ferrari com força para tomar o terceiro lugar de Hamilton. O inglês não só resistiu aos ataques do piloto Alemão como esses ataques fizeram ele começar a tirar de maneira bem rápida a distância que ele tinha para Max Verstappen enquanto Vettel ira ficando com o decorrer do desgaste dos seus pneus o que significava carta fora do baralho nessa disputa. Na parte final de corrida o jovem de 18 anos tinha a missão de segurar Hamilton que não queria perder a chance de marcar mais 3 pontos no campeonato e diminuir ao máximo os prejuízos da desastrosa largada. A disputa durou até o final da penúltima volta e Hamilton após tentar várias vezes com asa móvel e tendo o melhor motor contra o melhor carro acabou não conseguindo se quer ter uma real chance de ultrapassagem tendo na tentativa final da famosa chicane o piloto da Mercedes tendo passado reto e perdendo a chance de garantir a dobradinha da equipe alemã.

Melhor para Rosberg que não teve a menor dificuldade para conquistar a vitória em Suzuka no Japão e essa vitória juntando com o 3ºlugar de Lewis Hamilton acabou dando o tricampeonato para a Mercedes no mundial de construtores com seus 593 pontos contra os 385 da Red bull e os 335 da Ferrari que vão disputar o vice-campeonato dos construtores. No meio de Rosberg e Hamilton acabou Max Verstappen segurando com brilhantismo o segundo lugar em cima de um Lewis Hamilton que agora tem de tirar 33 pontos em 4 corridas, com o agravante de não ter mais de depender somente de seus resultados pois caso ele vença as 4 últimas etapas o Rosberg bastaria chegar em 3 delas no segundo lugar e em uma delas em 3ºlugar para conquistar o título.

A Tática de Sebastian Vettel de usar os pneus macios na parte final da prova não funcionou deixando o piloto apenas em 4ºlugar sendo ultrapassado pelo Verstappen na classificação do Mundial de Pilotos e ainda esta atrás de Raikkonen que completou a etapa do Japão em 5ºlugar numa corrida correta do homem de gelo. Já Daniel Ricciardo foi muito apagado ficando somente em 6ºlugar.

A Force India consolida mais e mais o 4ºlugar no mundial de construtores com seus dois pilotos chegando bem nos pontos sendo Perez em 7ºlugar confirmado na equipe em 2017 e Hulkenberg que pode esta a caminho da Renault liderar o time Francês em 2017 em 8ºlugar. Completando a zona de pontuação Felipe Massa que fez uma boa corrida terminando em 9ºlugar (Até acho que foi um dos melhores pilotos da prova) e Valtteri Bottas que segurou a Romain Grosjean ficando em 10ºlugar. Já o francês jogou fora a chance de pontuar mais uma vez para a Haas que mostra um desempenho surpreendente nesse final de temporada, Mas que não pode jogar pontos pela janela como fez hoje em Suzuka. Seu outro piloto o Mexicano Esteban Gutierrez acabou rodando e ficando apenas em 20ºlugar. (Já faz hora extra acumulada na categoria)

suzuka_domingo_japan2016

Jolyon Palmer e Daniil Kvyat fizeram boas corridas dentro das condições dos equipamentos que tiveram em suas mãos ficando em 12º e 13ºlugar com os carros da Renault e Toro Rosso respectivamente seguido de Magnussen com a outra Renault que deve desempregar ambos os pilotos ao final dessa temporada, De Marcus Ericsson que mais uma vez fica na frente de Felipe Nasr que fica cada vez mais fragilizado na Sauber com o melhor desempenho do piloto Sueco.

Mas a vergonha do dia foi a Mclaren que se mostrou medíocre em sua casa tendo Alonso chegando em 16ºlugar em uma corrida apegadíssima (Isso com o moto novo da Honda) e Button sem o novo motor ficando em 18ºlugar. No meio deles ficou Carlos Sainz jr. que merecia uma posição um pouco melhor do que a obteve e depois de Nasr e Gutierrez vem os dois carros da Manor e pela primeira vez Ocon terminou na frente de Wehrlein em uma corrida. Méritos para o Francês nesse final de semana.

Daqui a duas semanas teremos o GP dos Estados Unidos e Rosberg agora tem uma das mãos na Taça e Hamilton precisa a qualquer custo tentar tirar o piloto alemão das mãos desse campeonato, Com 100 pontos em Jogo somente os dois podem disputar o título já que Daniel Ricciardo com 101 pontos atrás esta fora da disputa pelo campeonato o que garante o título de pilotos também para a Mercedes.

Parabéns a Mercedes pelo Tricampeonato Mundial de Formula 1 após 3 temporadas de fortissimo domínio como foram 2014, 2015 e 2016.

Resultado Final da 17ªEtapa do Mundial de Formula 1
GP do Japão

Posição Piloto Equipe Chassis Motor Voltas Tempo Grid
1 Nico Rosberg 6 Mercedes W07 Mercedes PC106C Hybrid 53 1:26:43.333 1
2 Max Verstappen 33 Red Bull RB12 TAG Heuer 53 a 4.978 3
3 Lewis Hamilton 44 Mercedes W07 Mercedes PC106C Hybrid 53 a 5.776 2
4 Sebastian Vettel 5 Ferrari SF16-H Ferrari 061 53 a 20.269 6
5 Kimi Raikkonen 7 Ferrari Sf16-H Ferrari 061 53 a 28.370 8
6 Daniel Ricciardo 3 Red Bull RB12 TAG Heuer 53 a 33.941 4
7 Sergio Perez 11 Force India VJM09 Mercedes PC106C Hybrid 53 a 57.495 5
8 Nico Hulkenberg 27 Force India VJM09 Mercedes PC106C Hybrid 53 a 59.177 9
9 Felipe Massa 19 Williams FW38 Mercedes PC106C Hybrid 53 a 1:37.763 12
10 Valtteri Bottas 77 Williams FW38 Mercedes PC106C Hybrid 53 a 1:38.323 11
11 Romain Grosjean 8 Haas VF-16 Ferrari 061 53 a 1:39.254 7
12 Jolyon Palmer 30 Renault RS16 Renault RE16 52 a 1 Volta 16
13 Daniil Kvyat 26 Toro Rosso STR11 Ferrari 060 52 a 1 Volta 13
14 Kevin Magnussen 20 Renault RS16 Renault RE16 52 a 1 Volta 17
15 Marcus Ericsson 9 Sauber C35 Ferrari 061 52 a 1 Volta 18
16 Fernando Alonso 14 Mclaren MP4-31 Honda RA616H 52 a 1 Volta 15
17 Carlos Sainz jr. 55 Toro Rosso STR11 Ferrari 060 52 a 1 Volta 14
18 Jenson Button 22 Mclaren MP4-31 Honda RA616H 52 a 1 Volta 22
19 Felipe Nasr 12 Sauber C35 Ferrari 061 52 a 1 Volta 19
20 Esteban Gutierrez 21 Haas VF-16 Ferrari 061 52 a 1 Volta 10
21 Esteban Ocon 31 Manor MRT05 Mercedes PC106C Hybrid 52 a 1 Volta 20
22 Pascal Wehrlein 94 Manor MRT05 Mercedes PC106C Hybrid 52 a 1 Volta 21

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Red Bull/Williams/Renault

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *