Rodada Dupla de Detroit tem grandes corridas e vitórias de Bourdais e de Power

Grid de largada – 1ªCorrida em Detroit

1 Simon Pagenaud (Team Penske Dallara/Chevrolet) 1m14.9166s
2 Helio Castroneves (Team Penske Dallara/Chevrolet) 1m14.9285s
3 Juan Pablo Montoya (Team Penske Dallara/Chevrolet) 1m15.5659s
4 James Hinchcliffe (Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda) 1m15.7708s
5 Carlos Munoz (Andretti Autosport Dallara/Honda) 1m16.3897s
6 Scott Dixon (Chip Ganassi Racing Dallara/Chevrolet) 1m16.4613s
7 Tony Kanaan (Chip Ganassi Racing Dallara/Chevrolet) 1m15.5508s
8 Charlie Kimball (Chip Ganassi Racing Dallara/Chevrolet) 1m15.6712s
9 Will Power (Team Penske Dallara/Chevrolet) 1m15.7142s
10 Graham Rahal (Rahal Letterman Lanigan Dallara/Honda) 1m15.7172s
11 Takuma Sato (AJ Foyt Enterprises Dallara/Honda) 1m16.0998s
12 Mikhail Aleshin (Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda) 1m16.2665s
13 Sebastien Bourdais (KVSH Racing Dallara/Chevrolet) 1m16.1087s
14 Josef Newgarden (Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet) 1m16.3154s
15 Ryan Hunter-Reay (Andretti Autosport Dallara/Honda) 1m16.2643s
16 Conor Daly (Dale Coyne Racing Dallara/Honda) 1m16.6370s
17 Alexander Rossi (Andretti Herta Dallara/Honda) 1m16.4512s
18 Max Chilton (Chip Ganassi Racing Dallara/Chevrolet) 1m16.7138s
19 Marco Andretti (Andretti Autosport Dallara/Honda) 1m16.4965s
20 Gabby Chaves (Dale Coyne Racing Dallara/Honda) 1m16.9140s
21 Spencer Pigot (Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet) 1m17.6894s
22 Jack Hawksworth (AJ Foyt Enterprises Dallara/Honda) 1m18.3918s


Pagenaud foi pole nas duas corridas
Pagenaud foi pole nas duas corridas

Chegamos a metade da Temporada com a rodada dupla do campeonato em Detroit com Simon Pagenaud sendo o pole position com Hélio Castroneves em 2º e Juan Palbo Montoya em 3º todos sendo da Penske, James Hinchcliffe foi o primeiro carro com motor Honda largando em 4ºlugar com o carro da Schmidt, Will Power largaria em 9ºlugar duas posições atrás de Tony Kannan.

Antes da Largada, O piloto Jack Hawksworth ficou parado nos boxes com problemas em seu carro o que significava que o piloto inglês poderia nem largar. Com um tempo fechado a corrida começou com Castroneves tentando passar Pagenaud, Uma manobra que quase deu certo para o Brasileiro, Porem o piloto Francês conseguiu manter a liderança da prova com Hélio, Montoya, Hinchcliffe e Kannan que largou muito bem ganhando 2 posições na largada. Na volta 3, Will Power foi para o ataque e passou Takuma Sato e ganhou a 9ªposição.

Nas primeiras voltas Marco Andretti, Gabby Chaves e Spencer Pigot (Que corre até o final do ano com o carro 20 nos circuitos mistos e autódromos na equipe de Ed Carpenter enquanto que o dono da equipe corre nos ovais) pararam na 3ªVolta, Na volta seguinte parou o brasileiro Tony Kannan, Kimball, Sato, Newgarden, Hunter-Reay e Bourdais. No final da 6ªVolta, só tínhamos os 9 primeiros colocados sem terem parado nos boxes. Conor Daly na volta 7 foi para os boxes. Enquanto isso James Hinchcliffe sofria a pressão de Carlos Muñoz buscando o 4ºlugar, Dixon fez a parada na 9ªVolta e a Chip Ganassi pisou na bola fazendo uma péssima parada de 22 segundos quando o normal e entre 7 a 9 segundos com 6 mecânicos que são permitidos nos trabalhos nos boxes, Montoya para na volta 10, Enquanto que Max Chilton que já tinha feito a parada acabou batendo no muro provocando a primeira bandeira amarela.

Montoya se deu bem e mesmo com a parada estava levando uma enorme vantagem sobre os demais que não pararam nos boxes, Já Pagenaud, Castroneves e Muñoz teriam que fazer a parada nos boxes. Na volta 15, tivemos a relargada com Pagenaud acabou não dando chances para Castroneves tomar a liderança, Power em uma manobra sensacional passou Montoya assumindo a terceira posição depois de passar o Colombiano Carlos Muñoz. Dixon disputava o 14ºlugar com o Marco Andretti conseguindo a ultrapassagem pouco tempo depois.

Após 20 voltas completadas: Will Power passa Hélio Castroneves assumindo a segunda posição a 3 segundos atrás de Pagenaud que estava sumindo na liderança, Kimball pressionava Kannan na disputa pelo 8ºlugar. Na volta 23 Pagenaud com 7 segundos de vantagem foi para os boxes para a sua primeira parada, Na volta 24 Power que assumiu a liderança foi para a primeira parada deixando Castroneves na ponta e Muñoz em segundo que acabaram sendo os últimos a pararem na volta 25.

Após essas paradas a classificação era: Power em 1º, Montoya em 2º, Hinchcliffe em 3º, Rahal em 4º e Kannan em 5º. Mas em poucas voltas os pilotos que foram parar nas primeiras voltas iriam fazer suas trocas, Power parou na volta 29, Hunter-Reay na volta anterior, Hinchcliffe na volta 31 e Montoya na volta 34. Após essas paradas o Australiano Will Power voltou na liderança da prova na frente de Simon Pagenaud, Mas dai Power foi para cima de Montoya e até conseguiu a ultrapassagem mas perdeu a curva junto do Montoya e com isso que aproveitou essa história foi Simon Pagenaud que recuperou a ponta da corrida, Já Castroneves passou Hinchcliffe assumindo o 4ºlugar, Na metade da corrida os 4 primeiros colocados eram os 4 pilotos da Penske, Um domínio Assombrador do time de Roger Penske.

A Corrida continuou assim até a volta 43, Quando em uma rodada James Hinchcliffe acabou batendo no muro provocando uma nova bandeira amarela o que obrigou aos pilotos que fizeram a tática de duas paradas e alguns outros pilotos a irem aos boxes. Um tanque de combustível para durar 26 Voltas nessa pista não seria fácil pois com muita dificuldade o tanque durava 23 a 24 voltas sem bandeira amarela, Se poupasse muito combustível poderia sonhar com 25 voltas.

De quem passou Power voltou na frente de Pagenaud o que não adiantou muito pois com problemas mecânicos acabaram por retirar o Australiano da prova, Parando o seu Penske em uma área de escape. A Relargada foi na volta 47, Com Montoya na frente seguido de Rahal e Dixon que abriam muito de Sebastian Bourdais e Conor Daly que precisavam fazer uma parada também, Já Gabby Chaves acabou indo muito devagar e lento acabou sendo alvo fácil para Castroneves passar o piloto da Dale Coyne que fazia a 3ªcorrida dele na temporada além de passar Spencer Pigot assumindo o 7ºlugar sendo o primeiro dos que pararam aos boxes para terminarem a corrida.

Bourdais levou a KV para a vitória através da Estratégia
Bourdais levou a KV para a vitória através da Estratégia

Montoya, Rahal e Dixon abriram 5 segundos sobre Bourdais que tinha 4 segundos na frente de Daly que tinha confortáveis 7 segundos sobre Castroneves, Graham Rahal foi para os boxes na volta 53 para a sua última parada nos boxes, Montoya parou na volta 54 e Dixon na Volta 55 (Só que teve problemas elétricos abandonando a corrida) deixando a liderança com Sebastian Bourdais que voou baixo para tentar colocar a vantagem necessária para voltar ainda em primeiro lugar com Conor Daly em 2º fazendo a mesma coisa, 20 segundos depois vinha Castroneves e Pagenaud tentando poupar combustível para terminarem a corrida e começaram a sofrer a pressão de Montoya e Rahal que não tiveram dificuldades de passar ambos o que mostrava que a tática de duas paradas acabou não sendo a vencedora e isso se confirmou com as paradas de Bourdais na volta 59 e de Daly na 60 que voltaram em 1º e 2ºlugares.

O piloto da KV Racing foi até o final com um ritmo de prova melhor do que Daly conquistando a 35ªVitória na Formula Indy e a primeira na temporada chegando a 2 segundos na frente de Conor Daly que conquistou o seu melhor resultado com o 2ºlugar sendo impressionante para um piloto da Dale Coyne e Juan Palbo Montoya fechando o pódio e Graham Rahal em 4ºlugar.

Hélio Castroneves em uma corrida heroica com um tanque que durou 26 voltas conquistou o 5ºlugar enquanto que Pagenaud acabou sucumbindo e acabou apenas em 13ºlugar. Tony Kannan fechou a prova em 9ºlugar.

Pódio da primeira corrida
Pódio da primeira corrida

Resultado final da 7ªEtapa da Formula Indy
1ªCorrida em Detroit

1 Sebastien Bourdais (KVSH Racing Dallara/Chevrolet) a 1h40m51.6838s – 70 Voltas
2 Conor Daly (Dale Coyne Racing Dallara/Honda) a 2.0401s
3 Juan Pablo Montoya (Team Penske Dallara/Chevrolet) a 5.7067s
4 Graham Rahal (Rahal Letterman Lanigan Dallara/Honda) a 7.4793s
5 Helio Castroneves (Team Penske Dallara/Chevrolet) a 40.0139s
6 Carlos Munoz (Andretti Autosport Dallara/Honda) a 40.7592s
7 Ryan Hunter-Reay (Andretti Autosport Dallara/Honda) a 42.2990s
8 Charlie Kimball (Chip Ganassi Racing Dallara/Chevrolet) a 44.4699s
9 Tony Kanaan (Chip Ganassi Racing Dallara/Chevrolet) a 45.5832s
10 Alexander Rossi (Andretti Herta Dallara/Honda) a 48.2961s
11 Takuma Sato (AJ Foyt Enterprises Dallara/Honda) a 51.1067s
12 Gabby Chaves (Dale Coyne Racing Dallara/Honda) a 51.3256s
13 Simon Pagenaud (Team Penske Dallara/Chevrolet) a 52.5313s
14 Josef Newgarden (Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet) a 1m06.2350s
15 Mikhail Aleshin (Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda) a 1m14.1421s
16 Marco Andretti (Andretti Autosport Dallara/Honda) a 1 Volta
17 Spencer Pigot (Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet) a 1 Volta
18 James Hinchcliffe (Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda) a 5 Voltas
19 Scott Dixon (Chip Ganassi Racing Dallara/Chevrolet) a 15 Voltas (Elétrico)
20 Will Power (Team Penske Dallara/Chevrolet) a 26 Voltas (Mecânico)
21 Max Chilton (Chip Ganassi Racing Dallara/Chevrolet) a 62 Voltas (Acidente)
22 Jack Hawksworth (AJ Foyt Enterprises Dallara/Honda) a 70 Voltas (Mecânico)

Vídeo da Primeira corrida:


Grid de largada – 2ªCorrida em Detroit

1 Simon Pagenaud (Team Penske Dallara/Chevrolet) 1m14.0379s
2 Ryan Hunter-Reay (Andretti Autosport Dallara/Honda) 1m14.5621s
3 Helio Castroneves (Team Penske Dallara/Chevrolet) 1m14.1904s
4 Scott Dixon (Chip Ganassi Racing Dallara/Chevrolet) 1m14.6867s
5 Mikhail Aleshin (Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda) 1m14.7256s
6 Tony Kanaan (Chip Ganassi Racing Dallara/Chevrolet) 1m14.8163s
7 Graham Rahal (Rahal Letterman Lanigan Dallara/Honda) 1m14.7786s
8 Will Power (Team Penske Dallara/Chevrolet) 1m14.8392s
9 Jack Hawksworth (AJ Foyt Enterprises Dallara/Honda) 1m14.9349s
10 Juan Pablo Montoya (Team Penske Dallara/Chevrolet) 1m14.8486s
11 Charlie Kimball (Chip Ganassi Racing Dallara/Chevrolet) 1m15.1345s
12 Sebastien Bourdais (KVSH Racing Dallara/Chevrolet) 1m15.1690s
13 Carlos Munoz (Andretti Autosport Dallara/Honda) 1m15.2094s
14 James Hinchcliffe (Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda) 1m15.5692s
15 Gabby Chaves (Dale Coyne Racing Dallara/Honda) 1m15.2840s
16 Takuma Sato (AJ Foyt Enterprises Dallara/Honda) 1m15.5987s
17 Josef Newgarden (Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet) 1m15.4653s
18 Alexander Rossi (Andretti Herta Dallara/Honda) 1m15.6904s
19 Max Chilton (Chip Ganassi Racing Dallara/Chevrolet) 1m15.4678s
20 Spencer Pigot (Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet) 1m16.1132s
21 Conor Daly (Dale Coyne Racing Dallara/Honda) 1m15.4766s
22 Marco Andretti (Andretti Autosport Dallara/Honda) 1m16.4531s


Em um dia com o tempo claro a pole position ficou de novo com Simon Pagenaud com Ryan Hunter-Reay em 2º e Hélio Castroneves em 3ºlugar. Na largada acabou tendo confusão! James Hinchcliffe devido a um toque com Carlos Muñoz que se assustou com a presença de Charlie Kimball do lado do piloto da Andretti acabou batendo e Max Chilton acabou indo reto batendo no carro do piloto da Schmidt, Resultado é que ambos deixaram a corrida, Takuma Sato também foi envolvido assim como Gabby Chaves e Graham Rahal que perderam muito tempo para consertar os seus carros, Isso provocou a primeira bandeira amarela na prova.

Na 5ªVolta é que a corrida começou de verdade com a relargada com Pagenaud na frente seguido de Hunter-Reay e Kannan que passou Castroneves assumindo o 3ºlugar, Jack Hawksworth muito lento segurando a turma a partir do 10ºlugar acabou indo para os boxes antecipando a parada nos boxes, Enquanto isso os 5 primeiros lugares (Pagenaud, Hunter-Reay, Kannan, Castroneves e Aleshin) não sofriam ameaça de ninguém e nem de ameaçarem o piloto da frente e estavam tranquilos em suas posições. Sato parou de novo buscando uma nova Tática nos boxes.

Kannan começou a sofrer pressão de Castroneves, Na volta 13 Bourdais e Rahal foram para os boxes para mudar a suas táticas na prova, Já Montoya foi para cima de Power e de forma arrojada passou Power assumindo o 7ºlugar e logo chegou em Dixon que estava na pressão em cima de Aleshin e após pouco tempo o piloto da Chip Ganassi deixou o piloto da Schmidt para trás para Montoya resolver passar o russo que não esmoreceu mas sem ritmo para aguentar a pressão de Montoya acabou indo para os boxes mudar a sua tática na corrida na volta 17, Kimball foi para cima de Power buscando o 7ºlugar, Tony Kannan foi para os boxes na volta 18 abandonando a tática de 2 paradas quando estava em 3ºlugar, Na mesma volta Bourdais e Muñoz fizeram suas paradas nos boxes.

Pagenaud com 4 segundos de diferença sobre Hunter-Reay seguia na liderança de uma forma absoluta, Montoya atrás de Dixon acabou tocando no piloto da Chip Ganassi perdendo uma parte de sua asa dianteira que ficou na pista, Apesar da parte da asa ter ficado em lugar que era perigoso não foi acionado a bandeira amarela e a corrida rolou solta, Com isso Montoya e Dixon tiveram que ir aos boxes e ambos perderam muito tempo nessa parada, Quem estava em tática normal já estava na hora de ir para a parada nos boxes. Na Volta 24 Pagenaud e Hunter-Reay foram para os boxes deixando Castroneves na liderança da corrida que fez a parada na volta 25, No meio do pelotão a disputa estava bem feroz.

Após as paradas a classificação após 25 voltas era Pagenaud em 1º com 5 segundos de diferença para Kannan que tinha 2 segundos para Sebastian Bourdais que acabou sendo o mais beneficiado depois das paradas subindo para o 3ºlugar na frente de Castroneves e de Hunter-Reay que caiu 3 posições, Muñoz, Power, Kimball, Aleshin, Hawksworth, Montoya e Rahal completavam as 12 primeiras posições.

Kannan volta a volta foi tirando a diferença para Pagenaud, Com 6 voltas a menos de combustível a tática do brasileiro da equipe Chip Ganassi era ficar andando com o tanque vazio enquanto outros ficavam andando com o tanque cheio e foi essa tática mais ou menos fez o Bourdais vencer a corrida 1 de Detroit e por falar no piloto da KV Racing estava logo atrás seguindo Tony buscando fazer pressão no Pagenaud. Na Volta 34 Bourdais e Muñoz foram para os boxes fazerem uma 2ªparada nos boxes. Enquanto Pagenaud estava na liderança fazendo um incrível trabalho com a Penske o Colombiano Juan Palbo Montoya em uma batida grotesca e parando em um lugar perigoso na pista provocando uma nova bandeira amarela em todo o circuito. Com essa bandeira Amarela os pilotos Tony Kannan, Marco Andretti e Alexander Rossi (que pouco se falou dele nas corridas pois fez corridas discretas até aquele momento da prova) foram para os boxes antecipar a parada nos boxes.

Montoya a besta de Domingo passado
Montoya a besta de Domingo passado em Detroit

Relargada na volta 40 e Castroneves foi para cima de Pagenaud, Na primeira tentativa não deu certo a manobra de ultrapassagem mas na volta seguinte o piloto Brasileiro fez a mesma manobra contornando a curva por fora e com mais aceleração acabou que Helinho passou Pagenaud assumindo a liderança da prova e pelo andar da carruagem e pela tática que os pilotos adotaram que todos teriam de fazer uma parada ainda a corrida estava nas mãos do piloto Brasileiro.

Na Volta 49 Pagenaud, Power, Hunter-Reay, Newgarden, Hawksworth foram para os boxes para a última parada nos boxes e foi exatamente o piloto da A.J.Foyt que acabou parando com problemas mecânicos provocando a bandeira amarela justamente na volta da parada de Hélio Castroneves o que destruiu a prova do piloto Brasileiro que teve de fazer a parada depois de todos os pilotos se juntaram e com isso Castroneves voltou nas últimas posições, Quem conseguiu aproveitar bem essa bandeira amarela foi Tony Kannan e alguns pilotos que conseguiram a tempo fazerem a parada e ganharam posições nessa história.

Relargada na volta 52 com Bourdais em 1º com Kimball em 2º, Rahal em 3º e Rossi em 4º, Já Power foi para cima de Pagenaud e ultrapassou passando a ser o primeiro piloto que iria terminar a corrida sem parar mais nos boxes e Power só teve o trabalho de esperar os 4 primeiros colocados pararem nos boxes (Bourdais e Kimball pararam na volta 59, Rahal na volta 60 e Rossi na volta 61) para assumir a liderança da corrida e de administrar a sua vantagem para Simon Pagenaud e conquistar a sua primeira vitória na temporada com Pagenaud completando a dobradinha da Penske e Ryan Hunter-Reay com o Carro da Andretti completou o pódio, Newgarden chegou em 4º com Scott Dixon, Conor Daly fazendo um grande final de semana com o carro da Dale Coyne na frente de Tony Kannan que terminou a prova  em 7ºlugar, Bourdais, Marco Andretti (Em seu melhor resultado na sua patética temporada até agora) e Takuma Sato conseguiu se recuperar completando os 10 primeiros colocados. Hélio Castroneves acabou a corrida  em 14ºlugar, Hoje a Noite teremos a 9ªEtapa da Formula Indy com o GP do Texas a partir das 21:30 minutos horário de Brasília.

Pódio da Segunda Corrida
Pódio da Segunda Corrida

Resultado final da 8ªEtapa da Formula Indy
2ªCorrida em Detroit

1 Will Power (Team Penske Dallara/Chevrolet) 1h42m22.2672s
2 Simon Pagenaud (Team Penske Dallara/Chevrolet) 0.9203s
3 Ryan Hunter-Reay (Andretti Autosport Dallara/Honda) 1.4711s
4 Josef Newgarden (Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet) 2.4602s
5 Scott Dixon (Chip Ganassi Racing Dallara/Chevrolet) 3.1575s
6 Conor Daly ((Dale Coyne Racing Dallara/Honda) 7.1263s
7 Tony Kanaan (Chip Ganassi Racing Dallara/Chevrolet) 11.3012s
8 Sebastien Bourdais (KVSH Racing Dallara/Chevrolet) 12.9361s
9 Marco Andretti (Andretti Autosport Dallara/Honda) 26.4201s
10 Takuma Sato (AJ Foyt Enterprises Dallara/Honda) 27.7105s
11 Graham Rahal (Rahal Letterman Lanigan Dallara/Honda) 28.0410s
12 Alexander Rossi (Andretti Herta Dallara/Honda) 28.5507s
13 Gabby Chaves (Dale Coyne Racing Dallara/Honda) 29.2530s
14 Helio Castroneves (Team Penske Dallara/Chevrolet) 29.6631s
15 Carlos Munoz (Andretti Autosport Dallara/Honda) 30.4879s
16 Charlie Kimball (Chip Ganassi Racing Dallara/Chevrolet) 30.6922s
17 Mikhail Aleshin (Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda) 1m10.5229s
18 Spencer Pigot (Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet) a 3 Voltas
19 Jack Hawksworth (AJ Foyt Enterprises Dallara/Honda) a 22 Voltas (Mecânico)
20 Juan Pablo Montoya (Team Penske Dallara/Chevrolet) a 37 Voltas (Acidente)
21 James Hinchcliffe (Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda) a 70 Voltas
22 Max Chilton (Chip Ganassi Racing Dallara/Chevrolet) a 70 Voltas

Vídeo da Segunda corrida:

Fotos do final de semana em Detroit:

 

View post on imgur.com

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos e Vídeo: IndyCar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.