Alexander Rossi anula os favoritos com sua tática e conquista vitória na Centenária 500 Milhas

Fotos da Corrida:

Um dia histórico para Alexander Rossi que correu sua primeira 500 milhas de Indianápolis e acabou surpreendendo a todos os favoritos após largar em 11ºlugar, Na largada James Hinchcliffe, Josef Newgarden, Reyan Hunter-Reay dividiram e alternavam a liderança da prova, Tony Kannan que largou do 18ºlugar teve um grande começo de prova subindo rapidamente para os 10 primeiros colocados, Já Hélio Castroneves foi um pouco mais conservador ficando um pouco mais atrás.

No começo da corrida nenhum piloto quis disparar na liderança e preferiram fazer um jogo do vácuo para poupar combustível, Em 30 voltas os pilotos foram para os boxes para uma primeira parada nos boxes, Depois das paradas o Piloto Ryan Hunter-Reay assumiu a liderança depois de um belo trabalho da Andretti, Ao Contraio da Equipe Schmidt Peterson com James Hinchcliffe que acabou perdendo tempo caindo para o 6ºlugar. A primeira bandeira amarela aconteceu na volta 47 por sujeira na pista, Todos os pilotos foram para os boxes para uma nova parada de Reabastecimento e troca de pneus.

Hunter-Reay e Hinchcliffe estavam entre os protagonistas da prova.
Hunter-Reay e Hinchcliffe estavam entre os protagonistas da prova.

Depois de algumas acontece a Relargada e a disputa pela liderança continuava, O primeiro a sair da corrida foi Juan Palbo Montoya na volta 64, A Partir dai começaram os acidentes que não foram muitos na corrida e não foram acidentes graves, Na volta 94 o piloto Sage Karam ao tentar ultrapassagem em Townsend Bell por fora acabou indo para a parte suja da pista e foi para no muro provocando uma bandeira amarela Longa, A corrida chegava em sua metade e os dois pilotos Brasileiros estavam muito bem na disputa pela vitória junto de Hicnhcliffe, Newgarden, Hunter-Reay e um surpreendente Townsend Bell na Briga.

Na Volta 115 uma nova bandeira amarela devido ao acidente de Mikhall Aleshin e Conor Dalym Com isso todos foram para os boxes e um incidente praticamente eliminou dois candidatos a vitória Ryan Hunter-Reay e Townsend Bell que se tocaram e deram um toque em Hélio Castroneves que teve a sorte de continuar na corrida apenas com alguns danos em seu carro e que em nada inteferiu o desempenho do seu Penske-Chevrolet.

Na Relargada o Norte-Americano Alexander Rossi chegou a liderar a corrida devido a uma tática diferente que ele e o Canadense Alex Tagliani adotaram na prova e ambos poderiam entrar na disputa da corrida com 120 voltas completadas, Mas tinham pelo menos uns 8 a 10 pilotos na disputa pela vitória ainda como Tony e Hélio que estavam se mostrando com carros competitivos chegando em uma hora da corrida se aproveitando de retardatários que estavam rápidos na pista o Piloto da Penske e o piloto da Chip Ganassi abrissem quase 2 segundos para o resto do pelotão, Mas logo surgiria um perigo colombiano chamado Carlos Munõz que já vinha em 3º e tinha um carro muito bom nas mãos para lutar pela vitória. A Um pouco mais de 50 voltas para o final mais uma bandeira amarela, Dessa vez com o Veterano Buddy Lazier que já estava atrasado a mais de 40 voltas e acabou tendo um dos pneus se soltando, Nessa Tony, Hélio, Newgarden e alguns outros pilotos estavam nos boxes no momento do acidente e se deram muito bem nessa história pois todos os outros pilotos tiveram de ir para a parada isso quando os boxes foram reabertos.

indy500_edicao100 (10)

Depois disso a corrida recomeçou com o Tony Disputando a 1ªposição com Josef Newgarden e ambos revezaram-se na liderança, Já Hélio Castroneves ficou um pouco mais atrás e dai ele foi tocado por JR Hildebrand e teve danos em parte da parte traseira de seu carro o que complicou demais sua corrida, A sorte do piloto da Penske é que o piloto Takuma Sato acabou batendo de leve e que foi o bastante para provocar uma nova bandeira amarela (Foi a última da corrida) e com isso a Equipe Penske colocou uma nova asa, trocando os pneus e Reabastecimento o Brasileiro volta a corrida na mesma volta do líder mas nas últimas posições.

A Menos de 30 voltas para o final a disputa pela vitória ficou entre Kannan, Hinchcliffe e Newgarden pela vitória, Hildebrand que chegou a ser o líder da prova mas parou nos boxes sem qualquer chance de vitória (Até porque não merecia vencer) E a 15 voltas do final todas as equipes revelaram que não teriam combustível para terminar a corrida e com isso todos foram para o ataque no final da corrida, Na Volta 192 o Brasileiro Tony Kannan foi o primeiro a fazer um reabastecimento completo para tentar uma última cartada no final da prova e logo pilotos como Newgarden, Hinchcliffe, Newgarden, Muñoz e outros foram para os boxes, Hélio Tentou ir até o final mas teve de fazer a para na volta 197 e com isso apenas Alexander Rossi estava na liderança sem fazer uma parada nos boxes.

Indy 500May 29th, 2016©2016 Walt Kuhn

E a partir dai as 2 últimas voltas foram dramáticas para o piloto da Andretti-Herta que acabou tendo de fazer todo o possível para terminar a corrida com esse tanque e na Volta final foi a mais longa da sua vida e a mais longa da prova, 50 segundos que Rossi teve de fazer o máximo possível e acelerar o mínimo possível para vencer e ao final Rossi conseguiu levar o carro até o final e no limite do combustível para marcar seu nome na história como o vencedor da edição 100 das 500 milhas de Indianápolis com 4 segundos de Vantagem para Carlos Muñoz que após a corrida aonde ele ficou em brilhante segundo lugar aparecendo no final da prova ele chora por ter visto a chance de vencer escapar das suas mãos.

Moñoz se desespera com o fato de não ter conseguido a vitória nas 500 milhas e chora depois da corrida
Moñoz se desespera com o fato de não ter conseguido a vitória nas 500 milhas e chora depois da corrida

Josef Newgarden fechou a prova em belíssimo 3ºlugar disputando também a vitória e Tony Kannan que não tinha as melhores expectativas para o piloto da Chip Ganassi fez uma corrida magistral mesmo com um carro um pouco inferiorizado ele foi a luta e do 18ºlugar no Grid de largada acabou fechando a prova em 4ºlugar com o seu companheiro de equipe Charlie Kimball que não deu as caras nessa prova chegando em 5ºlugar.

Hélio Castroneves acabou em 11ºlugar, Mas acabou saindo com algum lucro para o campeonato já que o Líder do Campeonato Simon Pagenaud ficou apenas em 19ºlugar em uma corrida que ele foi se apagando atrás até mesmo da Pippa Mann que fez uma apresentação digna sendo a melhor piloto da Dale Coyne com o 18ºlugar.

indy500_edicao100 (5)

Parabéns a Alexander Rossi pela vitória na 100ªEdição das 500 Milhas de Indianápolis, O seu nome esta a história do automobilismo mundial.

Resultado Final da 100ªEdição das 500 milhas de Indianápolis
6ªEtapa da Formula Indy – Temporada 2016

1 Alexander Rossi (Andretti Herta Dallara/Honda) 3h00m02.0872s – 200 Voltas
2 Carlos Munoz (Andretti Autosport Dallara/Honda) 4.4975s
3 Josef Newgarden (Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet) 4.9304s
4 Tony Kanaan (Chip Ganassi Racing Dallara/Chevrolet) 10.4963s
5 Charlie Kimball (Chip Ganassi Racing Dallara/Chevrolet) 10.5218s
6 J.R. Hildebrand (Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet) 11.3459s
7 James Hinchcliffe (Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda) 12.7744s
8 Scott Dixon (Chip Ganassi Racing Dallara/Chevrolet) a 15.1607s
9 Sebastien Bourdais (KVSH Racing Dallara/Chevrolet) a 21.0613s
10 Will Power (Team Penske Dallara/Chevrolet) a 21.5171s
11 Helio Castroneves (Team Penske Dallara/Chevrolet) a 22.1015s
12 Oriol Servia (Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda) a 23.8140s
13 Marco Andretti (Andretti Autosport Dallara/Honda) a 24.9700s
14 Graham Rahal (Rahal Letterman Lanigan Dallara/Honda) a 28.2494s
15 Max Chilton (Chip Ganassi Racing Dallara/Chevrolet) a 28.7589s
16 Jack Hawksworth (AJ Foyt Enterprises Dallara/Honda) a 32.1748s
17 Alex Tagliani (AJ Foyt Enterprises Dallara/Honda) a 32.1993s
18 Pippa Mann (Dale Coyne Racing Dallara/Honda) a 1 Volta
19 Simon Pagenaud (Team Penske Dallara/Chevrolet) a 1 Volta
20 Gabby Chaves (Dale Coyne Racing Dallara/Honda) a 1 Volta
21 Townsend Bell (Andretti Autosport Dallara/Honda) a 1 Volta
22 Matthew Brabham (Team Murray Dallara/Chevrolet) a 1 Volta
23 Bryan Clauson (Jonathan Byrd’s Racing Dallara/Honda) a 2 Voltas
24 Ryan Hunter-Reay (Andretti Autosport Dallara/Honda) a 2 Voltas
25 Spencer Pigot (Rahal Letterman Lanigan Dallara/Honda) a 5 Voltas
26 Takuma Sato (AJ Foyt Enterprises Dallara/Honda) a 37 voltas – Acidente
27 Mikhail Aleshin (Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda) a 76 Voltas – Acidente
28 Stefan Wilson (KVSH Racing Dallara/Chevrolet) a 81 Voltas – Elétrico
29 Conor Daly (Dale Coyne Racing Dallara/Honda) a 85 Voltas – Acidente
30 Buddy Lazier (Lazier Burns Racing Dallara/Chevrolet) a 100 Voltas – Mecânico
31 Ed Carpenter (Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet) a 102 Voltas – Mecânico
32 Sage Karam (Dreyer & Reinbold Racing Dallara/Chevrolet) a 107 Voltas – Acidente
33 Juan Pablo Montoya (Team Penske Dallara/Chevrolet) a 137 Voltas – Acidente

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: IndyCar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *