Montoya larga com vitória na Abertura da temporada da Formula Indy em St.Petersburg

Juan Palbo Montoya em busca do título perdido de 2015 começou 2016 com o pé direito após uma bela corrida aonde um dos principais adversários não pode competir devido a uma convulsão, Mesmo com a pole position Will Power não pode correr e o carro Número 12 foi dirigido pelo piloto Oriol Servia que largou do 22ºlugar. Simon Pagenaud e Hélio Castroneves fizeram a primeira fila da prova de abertura da temporada.

Na largada Pagenaud assumiu a liderança com Hélio Castroneves em segundo e Montoya em 3ºlugar, Nas primeiras curvas Takuma Sato com o seu carro da A.J.Foyt e James Hinchcliffe que voltava a disputar uma corrida depois de ter sofrido o pavoroso acidente em Indianapolis no ano passado que quase lhe tirou a vida acabaram furando os pneus e ambos perderam muito tempo. Nas primeiras voltas deu para se ver que o Brasileiro Tony Kannan estava com problemas com o seu carro e acabou tendo que ser o primeiro piloto a ir aos boxes trocando seus pneus duros pelos pneus macios, Hélio Castroneves algumas voltas depois começou a perder rendimento de seu carros sendo ultrapassado por Montoya, Dixon, Rahal, Andretti e depois de algumas voltas de maneira até perigosa na 20ªvolta o Brasileiro foi para os boxes para fazer sua parada, Mesmo com os problemas Helinho já estava na faixa de voltas das primeiras paradas dos boxes. enquanto isso Simon Pagenaud era o líder da corrida com grande vantagem sobre Juan Palbo Montoya.

Servia substituiu Power sem nenhum destaque maior
Servia substituiu Power sem nenhum destaque maior

Após a primeira parada nos boxes Simon Pagenaud continuou líder com Montoya em 2ºlugar que aos poucos foi começando a tirar vantagem que Pagenaud tinha criado uma bela vantagem feita na primeira parte da prova. Scott Dixon em 3º estava longe dos dois primeiros e depois vinham Hélio Castroneves e Ryan Hunter-Reay completando os 5 primeiros colocados. A Se Destacar o trabalho do piloto Russo Mikhall Aleshin que estava discretamente ganhando posições já se posicionando entre os 10 primeiros colocados. Tony Kannan continuava sofrendo com problemas em seu freio que não estava funcionando bem infelizmente para o piloto Brasileiro da Chip Ganassi.

Na volta 47 veio a primeira bandeira amarela com a Rodada de Marco Andretti que vinha fazendo uma corrida bem interessante, Uma bandeira amarela que durou algumas voltas até a volta para a bandeira verde e logo na volta da bandeira verde o Carro de Marco Andretti acabou morrendo e provocando uma nova bandeira amarela e a peça do carro do Norte-americano Spencer Pigot que fez sua estreia na Formula Indy com o segundo carro da Rahal-Letterman e vai fazer ainda as duas corridas em Indianapolis tanto a de misto como a de Oval. Os pilotos aproveitaram para irem aos boxes para fazerem as paradas nos boxes. Pagenaud continuou na frente de Montoya, Dixon e Castroneves. Mas Conor Daly acabou fazendo a parada antes e se aproveitou da parada muito bem assumindo a liderança com Tony Kannan em segundo lugar que precisava fazer uma parada em poucas voltas, Mas assim mesmo fazendo uma jogada para tentar se colocar melhor na corrida já que o carro em desempenho não ajudava em nada.

Apesar dos problemas Tony Kannan ficou entre os 10 primeiros colocados.
Apesar dos problemas Tony Kannan ficou entre os 10 primeiros colocados.

Na relargada na volta 63 Tony Kannan com todos os problemas foi para cima de Conor Daly com a Dale Coyne que não cedeu de forma nenhuma ao campeão de 2004 a liderança da prova, Mas lá atrás acabou se formando a maior das presepadas da prova com o acidente provocado pelo Carlos Munõz tocando em Graham Rahal envolvendo praticamente todos os pilotos que estavam atrás deles provocando um enorme engarrafamento de carros numa curva apertada daquelas, Oriol Servia também teve danos nessa batida. A Bandeira amarela foi novamente acionada por muitas voltas, Nesse meio tempo o piloto Tony Kannan foi para os boxes para fazer a sua parada. Já Conor Daly continuava na liderança com Montoya em segundo lugar que acabou ultrapassando a Pagenaud já assumindo a segunda posição.

Na volta da Bandeira verde o Colombiano Juan Palbo Montoya ultrapassou a Conor Daly assumindo a liderança da corrida e a partir dai Montoya só abriu a diferença para Daly que largou do 20ºlugar e estava em 2ºlugar sustentando posição sobre Pagenaud, Dixon e Castroneves já mais atrás. Na Volta 71 Scott Dixon foi para os Boxes e acabou perdendo muito tempo pois a equipe do campeão de 2015 teve de limpar as tomadas de ar e dai Dixon perdeu muito tempo o que matou qualquer chance de vitória do Neozelandês. E o mesmo aconteceu pelo menos com os carros do Kannan e do Kimball, Mas deve ter acontecido na parada de Max Chilton que fazia a estreia na Formula Indy também. Conor Daly acabou indo para os boxes de novo para a troca de um bico de carro jogando fora a chance de ter um grande resultado. Com todos fazendo suas paradas não mudou nada em relação a Montoya, Dixon, Castroneves e Hunter-Reay nas 4 primeiras posições até o final da prova quando a menos de 3 voltas do final o piloto da Andretti Autosport ultrapassou ao Brasileiro Castroneves assumindo a 3ªposição.

Simon Pagenaud
Simon Pagenaud fez sua melhor corrida na Penske

Montoya conquistou a primeira vitória na temporada de 2016 mostrando um grande domínio da Penske que fez dobradinha com Simon Pagenaud que me atrevo a dizer que acabou por fazer a melhor corrida do Francês pelo time de Roger Penske até agora, Hunter-Reay acabou completando o pódio deixando o Brasileiro Hélio Castroneves em 4ºlugar. Mikhail Aleshin que não apareceu em nenhum momento da corrida largando do 17ºlugar completando a prova em 5ºlugar seria um destaque na corrida como também foi Takuma Sato que acabou tendo problemas na primeira volta e conseguiu uma bela recuperação chegando ao final da prova em 6ºlugar com o carro da A.J.Foyt. Scott Dixon foi o melhor carro da Ganassi que teve um desempenho medíocre em St.Petersburg ficando em 7ºlugar, Carlos Munõz que acabou provocando a confusão da prova ficou em 8ºlugar.

Tony Kannan teve um final de semana muito ruim, Mas salvou um 9ºlugar mesmo com todos os problemas de freio o final de semana inteiro e Charlie Kimball também da Chip Ganassi completou os 10 primeiros colocados. Dos estreantes mesmo com o problema no final da prova o Norte-Americano Alexander Rossi foi o melhor deles completando a prova em 12ºlugar na frente de Spencer Pigot que chegou em 14º e de Max Chilton em 17ºlugar.

Pódio em St.Petersburg
Pódio em St.Petersburg

A próxima corrida será em Phoenix no dia 3 de Abril

Resultado final do Firestone Grand Prix of St. Petersburg após 110 Voltas

1 Juan Pablo Montoya (Team Penske Dallara/Chevrolet) 2h13m28.4650s
2 Simon Pagenaud (Team Penske Dallara/Chevrolet) a 2.3306s
3 Ryan Hunter-Reay (Andretti Autosport Dallara/Honda) a 8.8764s
4 Helio Castroneves (Team Penske Dallara/Chevrolet) a 9.3237s
5 Mikhail Aleshin (Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda) a 9.7167s
6 Takuma Sato (AJ Foyt Enterprises Dallara/Honda) a 26.0373s
7 Scott Dixon (Chip Ganassi Racing Dallara/Chevrolet) a 40.7056s
8 Carlos Munoz (Andretti Autosport Dallara/Honda) a 55.9459s
9 Tony Kanaan (Chip Ganassi Racing Dallara/Chevrolet) a 59.1204s
10 Charlie Kimball (Chip Ganassi Racing Dallara/Chevrolet) a 1 Volta
11 Jack Hawksworth (AJ Foyt Enterprises Dallara/Honda) a 1 Volta
12 Alexander Rossi (Andretti Herta Dallara/Honda) a 1 Volta
13 Conor Daly (Dale Coyne Racing Dallara/Honda) a 1 Volta
14 Spencer Pigot (Rahal Letterman Lanigan Dallara/Honda) a 1 Volta
15 Marco Andretti (Andretti Autosport Dallara/Honda) a 1 Volta
16 Graham Rahal (Rahal Letterman Lanigan Dallara/Honda) a 1 Volta
17 Max Chilton (Chip Ganassi Racing Dallara/Chevrolet) a 1 Volta
18 Oriol Servia (Team Penske Dallara/Chevrolet) a 1 Volta
19 James Hinchcliffe (Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda) a 1 Volta
20 Luca Filippi (Dale Coyne Racing Dallara/Honda) a 2 Voltas
21 Sebastien Bourdais (KVSH Racing Dallara/Chevrolet) a 23 Voltas – Acidente
22 Josef Newgarden (Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet) a 63 Voltas – Problemas Elétricos
Will Power (Team Penske Dallara/Chevrolet) Não Correu

Vídeo da corrida:

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Indycar
Vídeo: Ruben Ospina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *