F1 Formula 1 Formula 1 - 1993 Fotos História Ligier

Especial Ligier : Temporada de 1993

Após um promissor ano de 1992 aonde o time Francês voltou a pontuar  na Formula 1 desde de 1989 a equipe partia para 1993 partindo para tentar um desempenho melhor ainda mais com o Animo de que os motores Renault iriam ficar para 1993 e os mesmos patrocinadores ficariam para a temporada, Já os pilotos seriam dois pilotos Ingleses: Um Veterano Martin Brundle que passou uma temporada na Benetton e acabou fazendo um modesto trabalho e após 1992 Flávio Briatore mandou o piloto para a rua e dai veio para a Ligier, O outro francês era um piloto ainda pouco experiente Mark Blundell que foi piloto da Brabham em 1991 e já foi piloto de Testes da Williams em 1990 iriam substituir a Erik Comas (Que foi para a Larrousse) e Thierry Boutsen (Que foi viver seus últimos momentos na Formula 1 pela Jordan).

O JS39, Novo chassi da Ligier foi projetado pelos projetistas Gérard Ducarouge (Diretor Técnico), Paul Crooks (Design) e Loic Bigois (Aerodinâmica)

E Dai veio o começo de temporada de 1993 na África do Sul (último GP na África do Sul) um circuito de media em Kyalami a Ligier fez história. Nos Treinamentos Mark Blundell levou a ligier ao 8ºlugar no Grid de Largada e Martin Brundle em 12ºlugar. Na Corrida que foi disputada com o tempo nublado e se aproveitando das quebras, de erros e batidas de outros pilotos Blundell e Brundle subiam na classificação na Volta 47 Blundell estava em 3ºlugar e Brundle em 6ºlugar até a volta 58 quando Brundle acabou rodando e deixando a corrida deixando Blundell sozinho para levar o Ligier ao 3ºlugar e levar a Ligier ao pódio, Algo que não acontecia desde de 1986 quando Laffite chegou em 2ºlugar no GP dos Estados Unidos. O piloto Inglês levou o Ligier JS39-Renault até o final da corrida e conquistou o pódio quebrando um jejum de quase 7 anos sem pódio para o time de Guy Ligier com o 3ºlugar, Blundell comemorou seu primeiro pódio junto de Alain Prost e Ayrton Senna que chegaram em 1º e 2º.

Blundell comemora o primeiro pódio da Ligier desde do GP dos Estados Unidos de 1986

Blundell comemora o primeiro pódio da Ligier desde do GP dos Estados Unidos de 1986

No Brasil em Interlagos um treino abaixo das expectativas Blundell conseguiu um 10ºlugar no Grid e Brundle é que largou mais atrás em 16º, E na corrida foi comprovado que não foi o final de semana do veterano piloto Inglês que acabou abandonando na 1ªVolta, Já Brundle sobreviveu a confusão da chuva e subiu de posição durante toda a corrida, Na segunda parte de prova Blundell chegou a estar em 4ºlugar e só perdeu posição no final para Michael Schumacher, Mas ainda assim o Inglês chegou em 5ºlugar e marcou mais 2 pontos para ele e para a Ligier que ao final de 2 corridas Blundell era o terceiro colocado atrás de Senna e Prost e a Ligier estava em 3ºlugar no campeonato mundial de Construtores.

Na primeira corrida na Europa no Circuito de Domington Park foi uma corrida para esquecer, Blundell e Brundle nessa Ordem largaram da 11ªFila e diante da chuva na Inglaterra ambos abandonaram a corrida por causa de Rodada e estávamos em posições bem longe dos pontos, Para San Marino em Imola A equipe Francesa conseguiu seu segundo pódio no ano, Martin Brundle largou em 10ºlugar e levou a sua Ligier-Renault ao 3ºlugar após resistir as quebras e batidas nessa prova enquanto que Blundell que ficou em 7º no Grid acabou batendo na largada. Dessa vez Brundle foi para o pódio junto de Prost e de Schumacher.

Na Espanha Brundle teve um final de semana Terrível, Largou em 18ºlugar e deixou a corrida depois de mais uma rodada isso na 11ªVolta, Já Blundell largou melhor em 12ºlugar e foi fazendo uma boa corrida até que no final chegou a assumir a 6ªposição passando Zanardi, Mas na última volta perdeu essa colocação para Berger e ficou apenas em 7ºlugar numa corrida em que apenas as 4 Grandes (Williams,Mclaren, Benetton e Ferrari) Colocaram seus carros nos pontos. Nas ruas de Monte Carlo em Mônaco Blundell larga em 13º e Brundle em 21º, Numa pista de difícil ultrapassagem Blundell estava em situação muito melhor, Mas ele acabou deixando a corrida com problemas de suspensão na 4ªVolta, Brundle do 21ºlugar fez uma grande corrida tendo paciência e ganhando posições por erros e quebras e na parte final chegou em Christian Fittipaldi que também fez grande corrida e que resistiu ao piloto Inglês que levou um improvável ponto em Monte Claro.

539_can (31)

Dando uma parada na Europa e indo para a América do Norte para a etapa Canadense Martin Brundle tem mais um bom final de semana largando em 7ºlugar e na corrida ficando grande parte do tempo entre os 6 primeiros colocados e beneficiado com a quebra de Ayrton Senna ele terminou a corrida em 5ºlugar levando a Ligier a ter 13 pontos em 4ºlugar nos construtores na Frente da poderosa, Mas desajeitada Ferrari que estava vivendo o Auge das crises na Formula 1. Já Brundle largou em 10ºlugar mas ele se acidentou e deixou a prova na 14ªVolta.

540FRA (21)

Dai veio o GP em Casa na França em Magny Cours e para a alegria dos Franceses os 4 primeiros colocados no Grid de largada eram 4 motores Renault com Hill na pole, Prost em 2º, Brundle em 3º e Blundell em 4º, Um treino que lembrou os áureos tempos da Ligier que estava disputando por vitórias e títulos, A Missão de ambos era aproveitar o grande momento da equipe e dos motores Renault para conseguir um Grande resultado, Blundell não aproveitou e deixou a prova na 21ªVolta por causa de mais uma Rodada, Mas o Experiente piloto Martin Brundle correu muito bem e disputando praticamente de igual para igual o pódio com Senna e Schumacher, Mas acabou em 5ºlugar atrás dos dois, Mas foi um final de semana positivo aonde Brundle marcou mais 2 pontos que o colocava na 5ªposição dos construtores com 9 pontos, Já a Ligier se distanciou da Ferrari nos construtores marcando esses 2 pontos, Na metade do ano o time dos carros azuis tinha 15 pontos contra 9 da Ferrari.

Na Inglaterra começo da segunda parte de campeonato no Circuito de Silverstone mais uma boa chance para a Ligier que mostram potencial nos treinos com Martin Brundle largando em 6ºlugar e Mark Blundell em 9ºlugar, Na Corrida Martin Brundle fez uma grande corrida e levaria sem problemas o seu carro para o 4ºlugar quando que a 6 voltas do final o seu câmbio quebrou, Ainda assim classificou em 14ºlugar, Já Blundell não teve uma prova tão exuberante do que seu companheiro de equipe, Mas chegou ao final e ficou perto de pontuar ficando em 7ºlugar.

542_ale (28)

Na Alemanha aonde o motor conta muito a Ligier aproveitou muito bem desde do Grid de largada aonde Blundell em 5º e Brundle em 6º dividiram a 3ªFila do Grid de largada, Na corrida Ambos começaram bem, Mas enquanto Blundell continuava nas primeiras posições Martin Brundle tinha problemas e acabou indo para os boxes por duas vezes e ficando sem chances de pontuar terminando em 8ºlugar. Lá na Frente Blundell após 7 corridas sem pontuar e com muitos erros finalmente se recoloca na zona de pontuação com um pódio conquistado na terceira posição na frente de Ayrton Senna, Era o 3ºpódio da Ligier na Temporada e o segundo do jovem piloto Inglês.

Na Hungria uma pista em que a Potência do motor não era tão importante a Ligier teve uma classificação mediana no Grid de largada com 12º de Blundell e o 13º de Brundle, Na Corrida Brundle levou a Ligier a mais 2 pontos no campeonato com a 5ªPosição, Blundell teve uma largada bem ruim, mas aos poucos se recuperou na prova e bateu na trave para pontuar de novo chegando na 7ªposição.

Na Bélgica o que se esperava muito do carro azul, Mas a classificação não foi das melhores, Brundle fez uma corrida razoável para boa largando do 11ºlugar e completando a corrida em 7º enquanto que Blundell largando 4 posições Atrás acabou se acidentando com Gerhard Berger brigando por posição fora dos 10 primeiros colocados a 2 Voltas do Final da corrida e ficou classificado em 11ºlugar.

BEL543 (11)

Na Itália foi decepcionante a classificação com Brundle largando do 12ºlugar e Blundell em 14º, Na Corrida Brundle fez grande largada e chegou a ficar em 6ºlugar e poderia marcar pontos tranquilamente, Mas acabou sofrendo um acidente com o seu arquirrival da Formula 3 Ayrton Senna na 8ªVolta, Mark Blundell também começava a subir na corrida quando sofreu um acidente na 21ªVolta e deixou a corrida, O ruim dessa história é que Alesi tinha conseguido um segundo lugar que minava a diferença Ligier para a Ferrari de 7 para 1 ponto nessa luta pela 4ªposição no campeonato de construtores.

Em Portugal Mark Blundell largaria em 10ºlugar e Martin Brundle em 11º, Na corrida Blundell ocupava a 6ªposição quando mais uma vez ele sofreu um acidente (7ºAcidente na temporada) na 52ªVolta. Martin Brundle suou, Mas conseguiu marcar um ponto com o 6ºlugar, Mas com o 4ºlugar de Jean Alesi a Ligier perderia o 4ºlugar nos construtores por 1 ponto de diferença, Mas ainda teríamos as corridas no Japão e na Austrália para a equipe Francesa reagir.

No Japão a Ligier não teve em nenhum momento em condições de pontuar, Martin Brundle que tinha feito o 15ºtempo no Grid de largada no final da corrida na volta final se acidentado e classificou em 9ºlugar, Já Blundell também não teve chances de marcar pontos ficando em 7ºlugar, Uma chance desperdiçada de retornar ao 4ºlugar nos construtores já que nem Berger e Alesi pontuaram, A Decisão seria na Austrália, No circuito de Adelaide Brundle largou em 8ºlugar e fez uma corrida competitiva levando a Ligier ao 6ºlugar o que faria o time empatar em pontos com a Ferrari, Mas Alesi e Berger tinham chegado em 4º e 5ºlugar o que fez a Ferrari ficar na frente nos construtores por 5 pontos de diferença para a Ligier que terminava o campeonato num honroso 5ºlugar com 23 pontos, 3 pódios e com a sensação de que poderiam ter conseguido bater a Ferrari se seus pilotos não tivessem se envolvido em tantos acidentes mesmo eles tendo o desempenho que eles tiveram. Blundell largou em 14º e chegou em 9ºlugar no Circuito Australiano. Brundle terminou o campeonato em 7ºlugar com 13 pontos e Blundell em 10ºlugar com 10 pontos.

Para 1994 a expectativa seria de crescer ainda mais e voltar definitivamente a turma das equipes grandes, Vamos saber se conseguiram esse feito em 1994 no próximo episódio desse especial…

Números da Temporada de 1993 da Ligier

Gps: 32
Vitórias: 0
Poles: 0
Pódios: 3
Pontos: 23
Motor: Renault RS5 V10
3493 Cilindradas
13.800 RPM (Rotações por Minuto)
Potência: 780 Cavalos
Número de Voltas completadas: 1.456
Pilotos:
Mark Blundell
Martin Brundle

Chassis: Ligier JS39
Projetistas: Gérard Ducarouge (Diretor Técnico), Paul Crooks (Design) e Loic Bigois
(Aerodinâmica)
Chassis:  Monocoque de Carbono e Kelvar
Peso:  505 kg
Transmissão:  Williams T semiautomática 6 Marchas
Combustível/óleo:  Elf
Freios:  Freios de disco de Carbono
Distância entre eixos:  2,995 mm
Eixo frente: 1690 mm
Faixa traseira: 1.600 mm

Fotos:

 

View post on imgur.com

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Bestlap/Formel1mic

Especial Ligier: 19761977197819791980198119821983 –19841985 –1986 –1987 – 19881989 – 1990 – 1991 – 1992

1 comment

  1. Pingback: Portalsportszone – Projeto 2016 – crowdfunding – Portal Sportszone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.