Automobilismo Internacional Automobilismo Norte-americano Formula indy Fotos Indy 500 Indycar 2015

15 anos depois Montoya volta a vencer 500 milhas

Em um dia em que felizmente nada aconteceu de ruim com nenhum piloto fisicamente o Colombiano Juan Palbo Montoya conquistou a vitória depois de 15 anos da sua primeira vitória em 2000 quando ainda a corrida era realizada pela Indy Racing League.

Largando do 15ºlugar Montoya acabou enfrentando problemas durante a primeira bandeira amarela provocada por causa de uma batida no começo da corrida entre Sage Karam que ficou no muro, Takuma Sato que voltou a corrida para reparar o seu carro perdendo 2 voltas e Ryan Briscoe (Substituto de Hinchcliffe) que rodou, Montoya acabou atingido pela Suíça Simona de Silverstro, Ambos tiveram que ir aos boxes para repararem seus carros.

Os Danos do carro de Montoya no começo da corrida

Os Danos do carro de Montoya no começo da corrida

Na relargada finalmente começando pra valer as 500 milhas a liderança se alternou entre Simon Pagenaud, O pole position Scott Dixon que liderou as primeiras 19 voltas e o Brasileiro Tony Kanaan com vantagem para os pilotos da Ganassi com Power e Castroneves um pouco mais atrás, Já Montoya começava a recuperar posições e dando o seu show no pelotão de trás.

A Corrida transcorreu novamente até a volta 64 quando o piloto Bryan Clauson bateu no muro e o Safety Car ficou durante 6 voltas até a relargada, Tony Kannan acabou liderando seguidamente por 21 Voltas da 76 até a 97 sendo esse seu melhor momento da corrida, Kannan, Dixon e Pagenaud continuavam na disputa pela primeira posição.

Simon Pagenaud assumiu a liderança na volta 102 até a 123 nesse meio tempo tivemos a 3ªbandeira amarela tendo na volta 112 quando Ed Carpenter e Oriol Servia bateram e outra sobre o atropelamento de mecânicos da Dale Coyne pelo piloto da própria equipe James Davison o que fez com que o piloto Tristan Vautier também deixar a corrida ambos com problemas mecânicos devido ao superaquecimento do carro por ficar parado por muito tempo, Teve um trabalho de secagem do local do acidente e o atendimento do Mecânico que acabou preocupando esse acidente.

Kannan e Dixon disputaram a liderança da corrida por grande parte da prova.

Kannan e Dixon disputaram a liderança da corrida por grande parte da prova.

Novamente foi dada a bandeira verde na volta e Power começou a aparecer na corrida e se juntou ao Trio Dixon/Pagenaud/Kannan que brigavam pela vitória, Dixon voltou a se estabilizar na liderança por 19 voltas (Entre 129 a 148) Na volta 153 Tony Kannan ao tentar andar rápido com o pneus frios paga um preço caro acaba batendo no muro e deixando a corrida e a Ganassi com menos um carro contra os 4 Pilotos da Penske porque Montoya voltou para a parte da frente e disposto a vencer, Mas a Ganassi teve um reforço vindo do bloco do 8º ao 15ºlugar que é o Norte-Americano Charlie Kimball que começava a entrar nessa disputa.

Charlie Kimball aparece na parte final da corrida como candidato a vitória.

Charlie Kimball aparece na parte final da corrida como candidato a vitória.

Na Volta 159 foi dada novamente a bandeira verde com o Kimball liderando a corrida até a volta 163 quando Dixon assumiu a liderança e depois Montoya assumiu na liderança, Na Volta 168 foi dada uma nova bandeira amarela devido a detritos na pista, Os pilotos foram para a última parada nos boxes exceto Carlos Muñoz e Justin Wilson que tentaram ficar na pista para uma tática diferente.

Na Relargada Muñoz e Wilson foram engolidos por Power, Montoya, Dixon e entre outros até uma nova bandeira amarela aparecer no acidente que foi o mais grave da corrida envolvendo Sebastian Saavedra, Jack Hawksworth e Stefano Coletti, Apesar disso não tivemos nenhum carro decolando o que se temia que isso acontecesse. Foram 8 Voltas de Bandeira amarela até limparem a pista e a partir da volta 185 tendo Power como o líder da corrida, Mas logo Dixon assumiu a liderança.

Will Power ficou perto da vitória

Will Power ficou perto da vitória

Aos Poucos Dixon começava a ficar e deixar Power como o líder, Só que na volta 192 Montoya assumiu a liderança após largar em 30ºlugar, Power conseguiu voltar a liderança por 4 voltas, Mas o golpe final foi na volta 197 quando Montoya tomou de vez a liderança de Will Power e dai o aguerrido piloto colombiano segurou até a volta 200 a vitória numa das atuações mais brilhantes da sua carreira.

A Vitória dá a Montoya mais de 2 milhões de Dólares e pela segunda vez conquistar uma das corridas mais tradicionais do Automobilismo Mundial além de consolidar a liderança do campeonato, Para Will Power essa conquista fica para o ano que vem por 1 décimo, O segundo lugar e os 1 milhão de Dólares ficam de consolo para o Australiano que continua como o vice-líder do campeonato.

Charlie Kimball teve um dos melhores dias na Formula Indy conquistando o 3ºlugar e liderando por algumas voltas além de ser o melhor piloto da Ganassi e na frente do Pole Position e que liderou 84 voltas, Mas acabou faltando força para acabar a prova além do 4ºlugar. Graham Rahal largando do 17ºlugar acabou crescendo na prova até o final chegando numa honrosa 5ªposição com a Rahal Letterman e sendo o melhor motor Honda da corrida, O Segundo Motor Honda ficou em 6ºlugar com o Norte-americano Marco Andretti com o melhor carro da Andretti.

Takuma Sato se recuperou e chegou uma boa posição.

Takuma Sato se recuperou e chegou uma boa posição.

Hélio Castroneves não teve forças para brigar pela vitória, Mas pelo menos conseguiu um 7ºlugar, Simon Pagenaud no final da corrida ficou para trás e mesmo com toda a recuperação ficou em 10ºlugar após ficar 35 Voltas na Liderança da prova atrás de J.R.Hildebrand e Josef Newgarden que terminaram a corrida em 8º e 9ºcolocados representando bem a CFH Racing.

A Se destacara a recuperação de Takuma Sato que chegou a esta a 2 voltas atrás e chegou na mesma volta em 13ºlugar, Já Ryan Hunter-Reay teve um desempenho decepcionante ficando em apagadíssimo 15ºlugar.

Montoya sai de Indianápolis como líder do campeonato e com a Glória de vencer pela segunda vez as 500 milhas de Indianápolis igualando a Al Unser jr. e Emerson Fittipaldi entre outros ao vencer 2 corridas nesse templo sagrado do automobilismo mundial.

Montoya comemorando a vitória e mais de 2 milhões de Dólares.

Montoya comemorando a vitória e mais de 2 milhões de Dólares.

Resultado final da 6ªEtapa da Formula Indy 2015 – 99ª 500 milhas de Indianapolis

1    Juan Pablo Montoya    (Team Penske            Dallara/Chevrolet)    200 Voltas em 3h05m56.5286s
2    Will Power        (Team Penske            Dallara/Chevrolet)        a 0.1046s
3    Charlie Kimball        (Chip Ganassi Racing        Dallara/Chevrolet)        a 0.7950s
4    Scott Dixon        (Chip Ganassi Racing        Dallara/Chevrolet)        a 1.0292s
5    Graham Rahal        (Rahal Letterman Lanigan        Dallara/Honda)        a 2.3122s
6    Marco Andretti        (Andretti Autosport        Dallara/Honda)        a 2.5388s
7    Helio Castroneves        (Team Penske            Dallara/Chevrolet)        a 2.7821s
8    J.R. Hildebrand        (CFH Racing            Dallara/Chevrolet)        a 3.5631s
9    Josef Newgarden        (CFH Racing            Dallara/Chevrolet)        a 4.0281s
10    Simon Pagenaud        (Team Penske            Dallara/Chevrolet)        a 4.2148s
11    Sebastien Bourdais        (KVSH Racing            Dallara/Chevrolet)        a 5.3067s
12    Ryan Briscoe        (Schmidt Peterson Motorsports    Dallara/Honda)        a 5.6687s
13    Takuma Sato        (AJ Foyt Enterprises        Dallara/Honda)        a 6.1678s
14    Townsend Bell        (Dreyer and Reinbold        Dallara/Chevrolet)        a 8.5005s
15    Ryan Hunter-Reay        (Andretti Autosport        Dallara/Honda)        a 9.6481s
16    Gabby Chaves        (Bryan Herta Autosport        Dallara/Honda)        a 10.1016s
17    Alex Tagliani        (AJ Foyt Enterprises        Dallara/Honda)        a 11.2151s
18    James Jakes        (Schmidt Peterson Motorsports    Dallara/Honda)        a 12.0431s
19    Simona de Silvestro    (Andretti Autosport        Dallara/Honda)        a 12.7328s
20    Carlos Munoz        (Andretti Autosport        Dallara/Honda)        a 39.8346s
21    Justin Wilson        (Andretti Autosport        Dallara/Honda)        a 1 Volta
22    Pippa Mann        (Dale Coyne Racing        Dallara/Honda)        a 3 Voltas
23    Sebastian Saavedra    (Chip Ganassi Racing        Dallara/Chevrolet)        a 25 Voltas – Acidente
24    Jack Hawksworth        (AJ Foyt Enterprises        Dallara/Honda)        a 25 Voltas – Acidente
25    Stefano Coletti        (KV Racing Technology        Dallara/Chevrolet)        a 25 Voltas – Acidente
26    Tony Kanaan        (Chip Ganassi Racing        Dallara/Chevrolet)        a 49 Voltas – Acidente
27    James Davison        (Dale Coyne Racing        Dallara/Honda)        a 84 Voltas – Mecânicos
28    Tristan Vautier        (Dale Coyne Racing        Dallara/Honda)        a 84 Voltas – Mecânicos
29    Oriol Servia        (Rahal Letterman Lanigan        Dallara/Honda)        a 88 Voltas – Acidente
30    Ed Carpenter        (CFH Racing            Dallara/Chevrolet)        a 88 Voltas – Acidente
31    Bryan Clauson        (KVSH Racing            Dallara/Chevrolet)        a 139 Voltas – Acidente
32    Sage Karam        (Chip Ganassi             Dallara/Chevrolet)        a 200 Voltas – Acidente
33    Conor Daly        (Schmidt Peterson Motorsports    Dallara/Honda)        Não Largou – Motor

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Motorsport

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.