Especial F1 Formula 1 Formula 1 - 1988 Fotos História Ligier

Especial Ligier : Temporada de 1988

Após a temporada de 1987 ser uma enorme ducha de Água fria para a Ligier o time francês esperava ter um ano melhor, Mas 1988 seria um ano pra lá de nefasto para Guy Ligier.

Primeiro lugar eles trocaram motores Turbo da Megatron/BMW pelos motores Judd que eram V8 e aspirados, Mal sabiam que esse motor seria um dos pesadelos deles. Segundo não tinham uma grande verba para fazer um carro revolucionário, Mas assim mesmo eles fizeram o JS31 que tinha dois tanques de combustível, Um deles colocado atrás do piloto e o outro entre o motor e a caixa de Câmbio. O Objetivo era achar um modo de baixar a gravidade do centro do carro. O Chassi foi projetado por Michel Tétu (Diretor Técnico), Claude Gallopin (Design) e Henri Durand (Aerodinâmica).

A Equipe trocou Piercarlo Ghinzani que foi para a Zakspeed e contratou o piloto Stefan Johansson que tinha passagens pela Shadow, Spirit, Tyrrell, Toleman e principalmente pela Ferrari durante 2 anos e pela Mclaren no ano anterior e poderia ser importante para a evolução do novo carro, Rene Arnoux continuou na equipe.

A Estreia não poderia ser tão fraca no Brasil, Os pilotos se classificaram para a corrida nas últimas posições no Grid: Arnoux largou em 18º e abandonou com problemas de Embreagem na 24ªVolta, O Sueco Johansson largou em 21ºlugar e levou o seu carro para a 9ªPosição no final da corrida só que a 3 Voltas do Vencedor da prova o que mostrava que o carro tinha serias deficiências em desempenho pois Johansson foi o último dos pilotos que completaram a corrida.

Johansson conseguiu os melhores resultados do time na temporada de 88

Em San Marino Ambos Fracassaram em colocar o carro no Grid o que foi um Tapa na cara da equipe que pela primeira vez na sua história desde de 1976 ficavam de fora de uma corrida por causa da Desclassificação. Com a Moral Baixa a Ligier vai para a Mônaco já sabedor de que o carro era um desastre e que seria difícil fazer alguma coisa melhor do que o resultado que tiveram no Brasil, Pelo menos conseguiram a classificação para o grid de largada com Arnoux em 20º e Johansson em 26º, Mas a prova da Ligier durou muito pouco Ambos com problemas de Eletricidade em seus carros a prova acabou nas primeiras voltas.

Em Hermanos Rodriguez não poderia se esperar muito de um carro com motor Aspirado, Arnoux classificou em 20ºlugar e abandonou a corrida por causa de um acidente na 14ªVolta. Johansson levou o carro até o final da prova em 10ºlugar a 3 Voltas de Alain Prost que venceu essa corrida, Mas o fato positivo é que Johansson chegou na frente da Minardi, AGS, Eurobrun, Zakspeed, Coloni e de March o que poderia fazer o time ter alguma esperança de que o carro poderia melhorar.

Em Montreal no Canadá Arnoux largando do 20ºlugar abandonou com problemas de Câmbio e Johansson com problemas de Motor após largar da 25ªPosição, Para completar a Fase na América do Norte em Detroit A Ligier poderia ter conseguido o primeiro ponto na temporada, Arnoux que largou em 20ºlugar vinha numa corrida problemática para muitos pilotos sobrevivendo na prova estando em 7ºlugar com possibilidades de pontuar no final da corrida até que na 46ªVolta o Francês teve seu motor quebrado deixando a prova, Já Johansson deixou a prova logo após a 2ªVolta dessa vez largando melhor do que Arnoux se colocando em 18ºlugar.

Voltando a Europa para a sequencia de corridas no Velho continente começando na casa deles na França para darem um vexame em pena casa, Nenhum dos dois pilotos classificou para a corrida pela segunda vez na temporada, A Sorte dos Franceses é que tinha o Alain Prost para compensar a tristeza dos torcedores da Ligier, Nessa corrida Prost venceu a prova, Completando a metade da temporada em Silverstone na Inglaterra não foi muito menos pífio do que a etapa da França, Johansson ficou de fora da prova e Arnoux pelo menos levou o carro ao Grid com o 25ºlugar e completou a prova a 3 Voltas do Vencedor em 18ºlugar.

Arnoux conseguiu o melhor grid da Ligier nessa Temporada – dois pífios 17ºlugares na Alemanha e na Bélgica

Em Hockenheim na Alemanha começando a segunda parte do campeonato Johansson repetiu a não classificação para a prova (Seria a 3ªSeguida) Mas Arnoux levou o carro até para uma razoável 17ªposição no Grid de largada e levou o carro ao final da prova, Mas na 17ªPosição a 3 voltas do Vencedor (Ayrton Senna) e Bem longe de do JS31 ser um carro competitivo, Ao contraio ele é um carro muito sem competitividade que parece ter dado errado o projeto desse carro Revolucionário com um motor Pífio como a Judd, Mas o Carro é que se devia os problemas até por que a March e Williams com os mesmos motores Judd estava já com 7 pontos no campeonato e tendo bons desempenhos e carros competitivos.

Na Hungria finalmente a Ligier colocava os dois pilotos entre os pilotos que largaram, Johansson (24º) e Arnoux (25º), Na corrida Johansson com problemas de Acelerador e Arnoux com quebra de Motor completou mais um fracasso da Ligier em 88, Na Bélgica Arnoux repetiu seu melhor grid do ano e da Ligier largando em 17ºlugar, Mas na terceira volta o Francês foi vitima do Andrea de Cesaris (De Crashaers), Johansson largando da 20ªposição ficou a poucas voltas de completar a prova, Mas teve problemas com o Rolamento da Roda de seu carro ficando classificado em 11ºlugar a 5 Voltas do vencedor.

Na Itália em Monza mais um fracasso de Johansson que não classificou para a corrida e Arnoux que largou lá atrás em 24ºlugar completando a prova na última posição dos que terminaram a corrida 13ºlugar a 2 voltas do vencedor da prova (Berger) no dia em que a Mclaren não venceu naquela temporada de 1988.

Em Estoril Arnoux e Johansson largariam na 12ªFila com o francês na frente do Sueco que quebrou o motor na 5ªVolta, Arnoux levou o carro até o 10ºlugar. Em Jerez de la Fronteira na Espanha Arnoux que largou na 19ªposição e Johansson em 21º não terminaram a corrida, Arnoux nem terminou a primeira volta com problemas no acelerador e Johansson perdeu uma das rodas a 10 voltas do final.

A Duas etapas do Final poderia acontecer uma corrida caótica no Japão ou na Austrália e era a única possibilidade do time tentar marcar algum ponto, Mas no Japão Johansson pela 6ªVez na temporada não conseguiu a classificação para a corrida e Arnoux largando do 23ºlugar completou a prova numa deprimente 17ªposição lutando pelos últimos lugares na prova que consagrou Senna que conquistava seu primeiro título mundial após magnifica corrida.

Arnoux como nunca cedia ultrapassagem nem para retardatário acabou provocando esse acidente com o Berger em Adelaide

Na Austrália última etapa do campeonato Arnoux largando em 23ºlugar acabou se chocando com o Austriaco Gerhard Berger e deixou a corrida, Para Johansson largaria em 22ºlugar naquela que seria a sua última corrida na Ligier conforme a corrida vinha se desenvolvendo e com abandonos e quebras ele vinha em 7ºlugar e esperando a possibilidade de marcar ponto e salvar a temporada da Ligier, Mas a possibilidade disso acontecer acabou Pela avaria de combustível que ele teve a 6 Voltas do final ficando classificado em 9ºlugar fazendo com que pela segunda vez na história que a Ligier saia Zerada de um campeonato de construtores tendo o 9ºlugar no Brasil e na Austrália como os melhores resultados do time naquela temporada. Após esse campeonato Johansson foi mandado embora e junto com ele foi se embora da construção do carro os projetistas Michel Tétu e Henri Durand. Com o final dos motores Turbo o time precisava recuperar suas forças para 1989.

Números da Ligier em 1988:

Gps: 32 (Largou em 24 Gps)
Vitórias: 0
Poles: 0
Pódios: 0
Pontos: 0
Motor: Judd CV 90º/V8
Potência: 600 Cavalos – 12000 RPM – 3500cc
Pilotos:
Stefan Johansson
Rene Arnoux

Chassi: Ligier JS31
Número de Voltas Completadas: 812
Peso: 525 kg
Transmissão: Ligier
Combustível: Valvoline
Freios: Brembo/SEP

Fotos:

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Bestlap/Formel1mic

Especial Ligier: 19761977197819791980198119821983 – 19841985 – 1986 – 1987

1 comment

  1. Pingback: Portalsportszone – Projeto 2016 – crowdfunding – Portal Sportszone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.