Carnaval Carnaval 2015

Carnaval de vitória – Grupo Especial B – Vitória incontestável da Pega no Samba

Começaremos a avaliar os desfiles do carnaval desse ano pelo carnaval de Vitória no Espirito Santo, primeiro falando do Grupo B que aconteçeu na Sexta-feira dia 6 de Fevereiro de 2015.

avaliação de Deivison Conceição

Imperatriz do Forte:

Perdeu muito em relação ao ano passado, O enredo falava sobre a música homenageando a FAMES que faz 60 anos esse ano com o desenvolvimento do Carnavalesco Sandro de Oliveira que já foi da Boa Vista e Andaraí e estreou na Imperatriz que acabou deixando muito a desejar mesmo, o Abre-Alas com as mãos do Pitágoras faltando no carro estragando o que poderia ser um bonito carro, O segundo carro foi o mais bonito do desfile, O último carro deixou a desejar pelo tamanho e simplicidade. As Fantasias estavam boas, Mas se comparar a 2014 ela perdia feio para o ótimo desfile. E para agravar a escola estourou o tempo, Com isso a Escola deixou muito a desejar e acabou se sentido falta do Carnavalesco Oswaldo Garcia Jr. que foi para a Jucutuquara.

São Torquato:

A Escola fez um desfile apenas correto e com uma plástica simplória, Mas sem correria e com um bom trabalho e enfrentou uma chuva fortíssima e também falta parcial da Luz do Sambão do povo com muita valentia, O Enredo: Liberdade!!! Um grito que ecoa de norte a sul deste país. África aqui se fez raiz a escola levou uma estética interessante e que não exigia muito dinheiro e que acabou bem desenvolvido com os poucos recursos que tinha, Guiado por um bonito samba e por uma harmonia e evolução competente fechando dentro do tempo exigido pelo regulamento.

Pega no Samba:

Após um desastroso carnaval de 2014 a Escola da Consolação decidiu mudar seus rumos ao trocar de presidente e trocar de carnavalesco, O Experiente e competente Paulo Balbino desenvolveu e muito bem o enredo “Adivinha?” e deu uma aula de como montar uma escola de samba bem organizada e bonita, Desde da sua comissão de frente até o último carro alegórico (Apesar de alguns defeitos de acabamento em esculturas do segundo carro e do excesso de alas coreografadas) E um samba muito bonito que até hoje não sai da cabeça o refrão da Cigana:

PODE LER A MINHA MÃO, CIGANA
DIGA O QUE SERÁ
TODO AMANHÃ UM XAMÃ PREVIU
A FELICIDADE VAI ME ACOMPANHAR

Pega no Samba saiu do Sambódromo sem problemas e com o Favoritismo sob suas mãos ao título do grupo Especial B.

Unidos de Barreiros:

A Escola Vermelha e branca fez uma homenagem a cidade de Cariacica, Mas foi uma passagem infeliz, Ela começou seu desfile aos 10 minutos, Mas esse não foi seu problema, Mas sim a falta de acabamento dos seus carros e Fantasias, Muito mais nos carros como o abre-alas aonde a caravela estava se desmanchando dando para ver a estrutura de Ferro exposta e o carro em Si também não era bem acabado. As fantasias eram um pouco melhores. O Enredo também não tinha leitura, em nenhuma delas tinha a explicação do que a ala representava, O melhor carro foi o segundo carro que foi o único carro que pode-se dizer que foi bem acabado, Já que no último carro da Barreiros ficou evidente também a Falta de acabamento. O Samba da Barreiros não empolgou e a paradinha que a bateria fez com os cantores parando para o povo cantar o samba não surtiu efeitos e não se ouvia ninguém cantando o samba nem nas arquibancadas e nem na Escola que teve problemas e chegou a cogitar a não participação dela no carnaval desse ano e isso pode se justificar um pouco o Fiasco que ela passou.

Tradição Serrana:

A Escola que era franca favorita a Rebaixamento pela falta de condições que ela sempre vive para fazer seu carnaval dessa vez conseguiu desfilar com dignidade e mostrar uma plástica razoavelmente bem feita dentro das suas condições falando sobre a história do Rádio no Espírito Santo e tendo em seu favor a leitura fácil do enredo e que teria a simpatia do público. O carnavalesco conseguiu colocar Alegorias com mais efeitos, Se não eram extremamente bem acabadas, pelo menos não deixaram falhas de acabamento como a Imperatriz e da Barreiros e passaram com soluções criativas. A Escola fechou o desfile com a sensação de que dessa vez daria para se manter no Grupo Especial B.

Na Apuração foi apenas a Confirmações do favoritismo da Pega no Samba que conseguiu o título com muita facilidade colocando quase 6 pontos na frente da São Torquato que ficou com o Vice-campeonato e surpreendentemente a Tradição Serrana ficou em 3ºlugar na frente da Imperatriz do Forte e a Barreiros com a última posição sendo rebaixada para o Grupo de Acesso.

Classificação final do Grupo Especial B:

1     Pega no Samba 395,50 Pontos
2     São Torquato 389,60 Pontos
3     Tradição Serrana 389,10 Pontos
4     Imperatriz do Forte 388,47 Pontos
5     Barreiros  386,60 Pontos

A Pega no Samba vai para o Grupo Especial A e tem um carnavalesco que tem qualidade para fazer uma escola Forte para 2016. E para terminar ouça o samba da Pega no Samba, Voltaremos com o Texto do Grupo Especial do Carnaval Capixaba!

 

1 comment

  1. Sandro de Oliviera

    Sandro de oliveira, carnavalesco TRI CAMPEÃO do carnaval capixaba 2010-campeão 2011 vice-campeão 2012 campeão 2015 vcs podem ate´não saber mais FUI CAMPEÃO TAMBÉM.
    fora 2016 campeão como ax- de carnavalesco.

    isso só com 6 anos assinando como carnavalesco.

    eu acho que meu currículo fala por si só.

    obrigado pela matéria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.