F1 Formula 1 Formula 1 - 1986 Fotos História

GP de Portugal de 1986

Grid de largada:

1 Ayrton Senna Lotus/Renault 1’16.673
2 Nigel Mansell Williams/Honda 1’17.489
3 Alain Prost McLaren/TAG 1’17.710
4 Gerhard Berger Benetton/BMW 1’17.742
5 Teo Fabi Benetton/BMW 1’18.071
6 Nelson Piquet Williams/Honda 1’18.180
7 Keke Rosberg McLaren/TAG 1’18.360
8 Stefan Johansson Ferrari 1’19.332
9 Riccardo Patrese Brabham/BMW 1’19.637
10 René Arnoux Ligier/Renault 1’19.657
11 Philippe Alliot Ligier/Renault 1’19.769
12 Derek Warwick Brabham/BMW 1’19.882
13 Michele Alboreto Ferrari 1’20.019
14 Patrick Tambay Lola/Ford 1’20.761
15 Johnny Dumfries Lotus/Renault 1’21.594
16 Andrea de Cesaris Minardi/Motori Moderni 1’21.611
17 Alan Jones Lola/Ford 1’21.646
18 Alessandro Nannini Minardi/Motori Moderni 1’21.702
19 Martin Brundle Tyrrell/Renault 1’21.835
20 Jonathan Palmer Zakspeed 1’21.929
21 Thierry Boutsen Arrows/BMW 1’22.068
22 Christian Danner Arrows/BMW 1’22.274
23 Philippe Streiff Tyrrell/Renault 1’22.388
24 Piercarlo Ghinzani Osella/Alfa Romeo 1’23.566
25 Ivan Capelli AGS/Motori Moderni 1’23.987
26 Huub Rothengatter Zakspeed 1’24.105
27 Allen Berg Osella/Alfa Romeo 1’26.861

Mansell vence em terras portuguesas e Fica muito perto do Título

Pela 5ªvez no ano Mansell conseguiu vencer no ano de 1986, após uma corrida em que ele dominou de ponta a ponta a corrida. Na largada com o tempo nublado, Mas sem pinta de que iria chover Senna largava na pole position jogando suas últimas fichas na luta pelo título com Mansell em 2º, Prost em 3º, Depois vinham às duas Benetton com os motores BMW que continuavam muito fortes mesmo contra a Força dos motores Honda, Renault e Porsche. Nelson Piquet largava em 6º com Rosberg em 7º, numa pista de Alta velocidade em que no final da reta dos boxes chegavam a 320 km/h.

Na largada Mansell tem uma melhor largada que Senna e assumi a ponta da corrida, Berger e Piquet pularam bem na largada e estavam em 3º e 4º, Prost é que não largou muito bem e fica em 5º, Senna mesmo perdendo o primeiro lugar na largada Atacou Mansell. Na primeira volta completada a classificação era: Mansell, Senna, Berger, Piquet, Prost, Rosberg.

Mansell depois da primeira volta respirou um pouco de Senna, Mas Senna não deixava de estar perto, enquanto Berger em 3º estava se afastando de Piquet em 4º e depois o restante do bloco. Isso durou por algumas voltas até que a Benetton de Berger começou a perder rendimento, Na 4ªvolta Piquet começava a atacar Berger para brigar pelo 3ºlugar, Mas seria um pouco mais difícil de acontecer a ultrapassagem por causa dos motores BMW do Benetton de Berger, enquanto isso Allen Berg teve de ir para os boxes, sem dúvida a Osella tinha problemas, Na 7ªvolta o carro de Ivan Capelli com a AGS fazendo sua segunda corrida na História dela na Formula 1 deixava a corrida com problemas de transmissão.

Enquanto isso continuava a briga entre Berger, Piquet e Prost até que Piquet acabou tomando uma Decisão, passou Berger e assumiu a 3ªposição na reta do meio da pista na oitava volta de corrida. Enquanto isso Mansell fazia a melhor volta da corrida com 1:23.047 – Média de 188.598 Km/h – 117.171 Mph. Mansell que já abria boa vantagem para Senna que era o segundo e não tinha incomodo até aquele momento do Piquet que estava em terceiro lugar.

Prost passou também a Berger que já não tinha o mesmo desempenho das primeiras voltas e 2 voltas depois passou também Rosberg colocando Berger na 6ºposição apenas. Piercarlo Ghinzani na Volta 9 com problemas de motor abandonava a corrida, uma volta depois foi a vez da transmissão de Huub Rothengatter quebrar, o Holandês da Zakspeed deixou a corrida.

Mansell já encontrava os primeiros retardatários na pista a começa sempre pela Patética Osella com os potentes Alfa Romeo e conduzindo de forma brilhante estava o canadense Allen Berg (Ironic Mode on). Classificação após 10 voltas: Mansell 14:01.447 – Senna a 4.092 – Piquet a 12.467 – Prost a 16.812 – Rosberg a 17.839 – Berger a 19.952.
Piquet tentava se aproximar de Senna que tinha cômoda vantagem em cima do Piloto da Williams, Mansell tinha cômoda vantagem para Senna, agora quem não tinha vida fácil era Prost que via de perto seu companheiro de equipe Keke Rosberg por perto, Alan Jones com sua Lola-Ford acabou rodando e deixando a corrida na 11ªpassagem. Enquanto isso Fabi se segurava em 7ºlugar e em cima dele tinha a dupla da Ferrari com Johansson em 8º e Alboreto em 9º.

Após 12 voltas aa classificação era a seguinte: Mansell, Senna, Piquet, Prost, Rosberg, Berger, Fabi, Johansson, Alboreto e Arnoux são os 10 primeiros, A Corrida continuava monótona, Com Mansell na Frente com Senna em segundo, Piquet em 3º tentando se aproximar de Senna e Prost em 4ºlugar, Rosberg ficou mais para trás, isso após 16 voltas. A Volta mais rápida da corrida era de Nigel Mansell com 1:22.645 – Média de 189.485 Km/h – 117.741 Mph que passou a se tornar a volta mais rápida da pista que antes era do Piloto Niki Lauda.

Quem começava a se aproximar de Piquet era Prost que estava diminuindo a diferença entre ele e o Brasileiro que estava em menos de 3 segundos. Mansell continuava na frente pegando os retardatários mais lentos como Zakspeed, Arrows, Minardi e Tyrrell. Martin Brundle com problemas de motor deixava a corrida, seu motor quebrou isso com 18 voltas completadas.

Senna apesar do Domínio de Mansell tentava se aproximar do Inglês se aproveitando dos retardatários, A Classificação após 20 voltas era essa: Mansell 27:58.373 – Senna a 4.203 – Piquet a 11.163 – Prost a 12.577 – Rosberg a 18.135 – Johansson a 33.027
Piquet começava a ter a pressão do Francês Alain Prost que começava a querer a 3ªposição de Piquet quando começava a fazer sol na pista do Estoril em Portugal. Em uma das ultrapassagens em Retardatários acabou Piquet perdendo tempo em Jonathan Palmer, isso permitiu a Prost encostar de uma vez por todas em Piquet. Classificação após 22 Voltas: Mansell – Senna – Piquet – Prost – Rosberg – Johansson – Fabi – Alboreto – Berger.

Estavamos chegando ao segundo terço da corrida e até na volta 24 tirando as primeiras voltas as brigas estavam restringidas as brigas de posições intermediárias. Senna e Piquet procuravam andar forte para buscar a Mansell e conseguiram voltas melhores que Mansell, Já começavam a indicar que Mansell poderia estar a trocar os seus pneus, a Sorte do Inglês é que ele tinha ainda 5 segundos e 8 décimos de vantagem para Senna. No mapa da corrida após 27 Voltas enquanto Mansell completava a volta o 6ºcolocado que era Stefan Johansson com a Ferrari estava ainda na metade do circuito com ainda a tendência de termos uma briga de Piquet e Prost pelo terceiro lugar. Mansell na volta 27 tinha voltado a andar mais rápido e voltava a andar mais que Senna e a diferença aumentava para 6 segundos.

Mas Piquet começou a mostrar suas Garras de Fora fazendo 1:22.211 – Média de 190.485 Km/h – 118.362 Mph e tentava fugir de Prost e se aproximar de Senna já que o 3ºlugar para ele com Mansell ganhando naquele momento era incomodo demais para o Campeonato de Piquet, Enquanto isso Phillipe Streiff com os mesmos problemas de motor de Brundle abandonava a corrida, um final de semana para esquecer para Tyrrell que tinha largado atrás das Minardi –Motori Moderni. Isso com um Tyrrell-Renault. Derek Warwick foi para os boxes para troca de pneus e a equipe Brabham se não tinha um bom carro na temporada de 86 pelo menos a Brabham trabalhava bem com 8.36 segundos. Alboreto na volta seguinte parou também e a Ferrari fez a parada em 7.96 segundos, começava as paradas nos boxes.
Senna na volta 31 parou nos boxes, uma parada um pouco lenta feita em 10 segundos, Piquet já tinha feito a sua parada, isso após 32 voltas, Prost precisava para nos boxes, coisa que ele fazia na entrada da 33ªvolta e feita em 8 segundos. Prost voltava em 2ºlugar, Mas na volta seguinte Senna passou a Prost, na Mesma volta que Mansell foi para os boxes para a sua parada, uma parada rápida, 8.41 segundos. Mansell voltou na ponta com Grande vantagem em cima de Senna, Prost e Piquet que formavam um bloco brigando pelo 2ºlugar. Piquet também passava a Prost e assumia o 3ºlugar.

Após 34 voltas Senna, Piquet e Prost brigariam pelo Segundo lugar, Talvez a grande briga da corrida com ela chegando na sua metade. Classificação após 34 voltas: Mansell 47:52.851 – Senna a 11.569 – Piquet a 12.034 – Prost a 12.849 – Rosberg a 26.145 – Fabi a 28.736, Desses 6 primeiros só Fabi não parou nos boxes.

Patrese fazendo sua troca com a Brabham-BMW e a equipe Brabham fez a melhor troca até aquele momento da corrida com 7.90 segundos. Piquet partiu para o Ataque em cima de Senna, só que Senna conseguiu colocar Patrese na frente de Piquet, isso ajudou mas não melhorou a situação de Senna, Piquet parecia ter mais carro nesse momento da corrida enquanto Prost estava um pouco mais atrás para ver o que sobrava para ele. Teo Fabi na volta 37 parava para a sua parada nos boxes, ele estava em 6ºlugar e seguia Piquet colocando pressão em Senna. Enquanto isso Mansell voava na pista fazendo a melhor volta da corrida com 1:21.852 – Média 191.321 Km/h – 118.881 Mph.

Phillipe Alliot com a Ligier também quebra o motor e abandona a corrida na volta 40, E continuava a briga Senna e Piquet pelo 2ºlugar, Piquet vinha com tudo para cima de Senna, Mas Senna continuava com muita valentia na 2ªposição, mesmo com um carro inferior Senna acabava por conseguir se manter na frente de Piquet. Com isso Senna tinha agora uma desvantagem de mais de 14 segundos para Mansell. Classificação após 40 voltas completadas: Mansell 56:09.601 – Senna a 12.640 – Piquet a 12.870 – Prost a 14.882 – Rosberg a 30.422 – Berger a 42.348.

Keke Rosberg acaba com problemas elétricos abandonando a corrida na volta 42. Na Mesma volta e com o mesmo problema elétrico abandonou a corrida o Inglês Derek Warwick com a Brabham. E continuava a briga entre Senna e Piquet pelo segundo lugar e Prost por perto para ver o que sobra de bom na corrida, Senna continuava se mantendo em 2º mesmo com os ataques de Piquet. Após 43 Voltas a Classificação era a Seguinte: Mansell – Senna – Piquet – Prost – Berger – Johansson – Alboreto – Arnoux e Fabi.
Gerhard Berger e Stefan Johansson se enroscaram na briga pelo 5ºlugar, pior para Berger que abandonou a corrida, Johansson continuou na corrida, Mas perdeu posição para Alboreto, Volta anterior a essa Andrea de Cesaris rodava sozinho com sua Minardi e deixava a corrida. Ainda tínhamos 16 pilotos na corrida, até um bom número após 2/3 de corrida realizada.

Piquet continuava no ataque para cima de Senna que estava tendo um trabalho enorme de manter na frente de Piquet e de Prost enquanto isso Mansell continuava seu passeio em Estoril, Na Volta 49 Piquet tenta uma ultrapassagem na reta, pegou o Vácuo de Senna, parecia que iria passar só que Senna não deixou de forma nenhuma Piquet passar.
Classificação após 49 voltas: Mansell – Senna – Piquet – Prost – Alboreto – Johansson – Fabi – Arnoux – Dumfries – Patrese.

Restando menos de 20 voltas do Final o que não faltou foi ultrapassagens, Mas só dos líderes em cima dos Retardatários, Mansell na volta 51 faz a volta mais Rápida da Corrida com 1:21.327 – Média: 192.556 Km/h – 119.649 Mph e na volta seguinte deu volta em Stefan Johansson que esta em 6ºlugar, Classificação após 52 voltas: Mansell 1:12:40.033 – Senna a 16.204 – Piquet a 16.724 – Prost a 18.379 – Alboreto a 59.694 – Johansson a 1 volta.

E Mansell na volta 53 melhora a sua melhor volta para 1:20.943 – Média: 193.469 Km/h – 120.216 mph e sua vantagem para Senna passou para 18 segundos e com tendência a aumentar ainda mais, enquanto a Briga entre Senna e Piquet continuasse, enquanto isso Prost ficou longe dessa Briga. Classificação após 56 voltas: Mansell 1:18.05.179 – Senna a 18.045 – Piquet a 18.553 – Prost a 22.554 – Alboreto a 1:13.816 – Johansson a 1 volta. Riccardo Patrese deixou a corrida com problemas de motor na volta 63.

As posições pareciam imexíveis até que a 7 voltas do final da corrida Piquet acaba rodando e perdendo o 3ºlugar para Alain Prost, Depois disso Piquet ficou muito lento, sem chances de recuperar o terceiro lugar da corrida. Mansell partiu para a sua Quinta vitória na Temporada e com isso Mansell estava próximo de ser Campeão do mundo, Senna que tinha um 2ºlugar garantido ficou praticamente sem combustível e perdeu as posições para Prost e para Piquet e acabou ficando em 4ºlugar, Senna com esses resultados deixava a Briga pelo título já que Mansell tinha 70 e Senna apenas 51 restando só 18 pontos para serem disputada, Sorte para Prost em 2º e Piquet em 3º. Completaram a zona de pontuação Alboreto em 5º e Johansson em 6º, Teo Fabi que tinha o 7ºlugar também teve pane Seca e não cruzou a linha de chegada e deixou o 7ºlugar para Arnoux, Completaram os 10 primeiros Johnny Dumfries em 9º e Thierry Boutsen em 10º. Danner, Palmer e Berg completaram a lista de Classificados, Tambay e Nannini cruzaram a linha de chegada, Mas não tinha 90% da corrida terminada, portanto não tem Classificação para eles nessa corrida que posso considerar a corrida mais Chata da temporada de 1986.

Resultado Final do GP de Portugal de 1986

Fotos:

 

View post on imgur.com

Fontes das fotos : Formel1mic, Bestlap

Texto: Deivison da Conceição da Silva

Patrocínio:
planatina_projeto_gif

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.