Hamilton supera Rosberg e conquista a 5ªvitória seguida e ver Bicampeonato mais próximo

Hamilton cada vez mais próximo do Título da Formula 1 em 2014.

Num dia glorioso no Texas e mais um dia de domínio total da Mercedes que disputam o título dessa temporada pela 5ªvez seguida e pela 10ªvez nessa temporada o Inglês Lewis Hamilton superou ao seu companheiro de equipe e rival na luta pelo título Nico Rosberg e não foi uma ultrapassagem de imediato.

Na Largada Nico Rosberg largou muito bem manteve a liderança da corrida com Hamilton em segundo e Felipe Massa que largou melhor que o seu companheiro de Equipe Valtteri Bottas assumindo o 3ºlugar com Bottas e Alonso logo atrás, Mesmo com a pista larga tivemos um acidente na primeira volta, Sergio Perez acabou atropelando ao piloto alemão Adrian Sutil que tinha feito um trabalho Brilhante no final de semana com sua limitada Sauber, Ambos deixaram a corrida e o Safety Car foi para a pista, Além deles o Inglês Jenson Button e Esteban Gutierrez foram afetados pelos destroços do acidente da primeira volta e com isso foram para os boxes para uma primeira parada prematura, Já Vettel também fez a primeira parada aproveitando o safety car para mudar a estratégia.

Na Relargada Rosberg manteve a liderança com Hamilton logo atrás e depois vinham Massa, Bottas, Alonso… Ricciardo começava a se recuperar após uma largada ruim que ele tinha feito e logo ele estava lutando com o Espanhol Fernando Alonso pela 6ªposição e logo conseguiria a ultrapassagem e por sinal uma bonita ultrapassagem sobre o príncipe das Astúrias arriscando tudo e dando certo esse tipo de pilotagem, Não satisfeito com o 5ºlugar Ricciardo começou a ir para cima de Valtteri Bottas para lutar pela 4ºposição com Massa não muito na frente de Bottas na 3ªposição, Enquanto isso lá no pelotão do Tiroteio estava lá o Vettel sofrendo para ultrapassar os pilotos mais lentos, Tanto que ele demorou a se livrar do Fracote Esteban Gutierrez com a Fraquíssima Sauber.

As primeiras paradas nos boxes aconteceram na 15ªVolta com Massa e Ricciardo indo para os boxes, Bottas foi para os boxes na volta seguinte e acabou perdendo posição para Ricciardo que assumiu a 4ªposição. Hamilton e Rosberg foram para os boxes fazerem sua primeira parada e diferente dos pilotos da Williams que mantiveram os pneus macios eles já colocaram os pneus duros. Nesse meio tempo o Alemão Nico Hulkenberg abandonou com problemas na sua Force India.

A Partir dai Hamilton começou a sua busca pela vitória enquanto isso Vettel continuava seu calvário na corrida com seus pneus gastos ele perdia posição para o Lotus de Romain Grosjean e convenhamos perder posição para o carro ruim da Lotus é grave demais, Vettel foi para a segunda parada nos boxes, era muito ficar com pneus de mais de 20 voltas na pista (Principalmente com os pneus macios).

Alonso e Button numa bela Briga vencida pelo piloto Espanhol.

Hamilton definiu a corrida na volta 24 quando Hamilton em um momento de decisão usou da Asa Móvel foi para cima de Rosberg que não esperava o ataque do piloto Inglês. Resultado disso foi a ultrapassagem que levou Lewis a liderança da corrida, Com isso Hamilton começou a abrir de Nico Rosberg, Enquanto isso Alonso conseguiu superar a Jenson Button após bonito duelo pela 7ªcolocação, Depois disso Alonso com mais facilidade passou Magnussen e voltava ao 6ºlugar.

Na 31ªVolta Valtteri Bottas foi o primeiro a fazer a segunda parada, Na Volta seguinte Ricciardo foi para os boxes com o objetivo de ganhar o 3ºlugar do piloto Brasileiro que foi fazer sua parada na 33ªVolta e com uma parada não tão boa o Brasileiro perdeu o 3ºlugar para Ricciardo que se aproveitou da volta com o pneu novinho contra um piloto que não teve um pneu bom por uma volta a mais e que teve uma parada não muito rápida do piloto Brasileiro que sofreu pela tática errada da Williams.

A Partir dai Ricciardo tentou abrir boa vantagem para Felipe que procurava poupar mais os pneus para preparar o ataque nas voltas finais, Hamilton e Rosberg fizeram as paradas definitivas e a partir dai passaram a administrar a prova, Enquanto isso lá atrás Vettel continuava sofrendo, Foi uma batalha para o tetracampeão do mundo conseguir aa ultrapassagem sobre o Dinamarquês Kevin Magnussen na luta pelo 7ºlugar, Alonso acabou fazendo mais uma parada nos boxes e voltou atrás de Vettel, Mas logo Alonso recuperou a posição e Vettel a poucas voltas do final da corrida foi para uma terceira parada (4ª se contar a parada da primeira volta com o Safetycar) caindo para o 14ºlugar, A Disputa pelo bloco de trás era muito interessante no final da corrida: Button, Grosjean, Vergne, Maldonado e depois Kvyat e um Kimi Raikkonen com a Ferrari fazendo mais uma atuação vexatória na temporada de 2014.

Luta por posições no Bloco intermediário.

Grosjean vinha tentando passar Jenson Button e quando ele tentou a ultrapassagem no fim da reta dos boxes quando ele puxou para tomar posição de Button veio então o Vergne que de uma Forma abestalhada e até irresponsável foi para cima do Romain Grosjean acabou empurrando e até tocando no carro do piloto Francês que depois desse toque acabou com problemas de condução no final da corrida. Vergne conseguiu a ultrapassagem, só que eu acho que o Francês tinha que tomar uma punição sim pela conduta incorreta que ele teve. No final da corrida quem veio voando Baixo foi Sebastian Vettel que foi passando um a um seus adversários: Danill Kvyat, Kimi Raikkonen, Jenson Button, Romain Grosjean, Pastor Maldonado, Jean-Éric Vergne e Kevin Magnussen e por pouco não alcançou a Fernando Alonso, Quem caiu muito foi Jenson Button que com as táticas equivocadas acabou de fora dos pontos.
Enquanto isso na frente Massa tentou tirar no final da corrida a desvantagem para Ricciardo, Mas o piloto da Red Bull conseguiu reagir e tornou a missão do Brasileiro de levar o segundo pódio na temporada inviável.

Hamilton levou o carro da Mercedes com precisão para a 10ªVitória na temporada superando a Nigel Mansell em 1992 que tinha conseguido 9 vitórias sendo o maior vencedor Britanico de corridas em uma temporada, Nico Rosberg chegou a 4 segundos de Lewis Hamilton. Com isso a disputa pelo título tem Hamilton com 24 pontos na frente de Rosberg restando 2 corridas e só por que a corrida final vale o Dobro da pontuação das corridas normais desse campeonato incluindo a do Brasil na semana que vem é que o Inglês não vai poder fechar o título no Brasil pois mesmo com a vitória e com uma quebra de Rosberg a diferença só vai poder ir para 49 pontos tendo 50 em jogo nos Emirados Árabes Unidos.

O pódio foi fechado pelo piloto Australiano Daniel Ricciardo que teve uma bela corrida de recuperação, Mas com os resultados de hoje Ricciardo deixa de ter as pouquíssimas possibilidades de título, Mas que não tira o brilho da prova do piloto da Red Bull, Felipe Massa também fez um final de semana muito bom e sendo mais rápido que Bottas acabou terminando na frente do seu companheiro de equipe que fez corrida mais discreta do que as corridas em que ele brilhou como na Rússia.

Vettel suou para conseguir pontuar em Austin

Fernando Alonso tirou tudo que tinha o seu carro da Ferrari para ficar em 6ºlugar com Vettel em 7º após ter largado da última posição. Apesar de não ter feito uma corridaça deve se louvar o esforço para o Alemão que faz as últimas corridas pela Red Bull por buscar 6 pontos o que ajuda a consolidar o vice-campeonato da Red Bull nos construtores.

Kevin Magnussen foi responsável pelos últimos 4 pontos da Mclaren que deixou a desejar na corrida de hoje, Jean-Éric Vergne que deveria ter tomado uma punição pela manobra de cunho arriscado em Austin pra cima de Romain Grosjean ficou em 9ºlugar porque o Maldonado acabou tomando punição por ter passado a velocidade nos boxes e ele tinha levado o 9ºlugar levou 5 segundos acrescentados no tempo final de corrida. Mas assim mesmo o Venezuelano finalmente foi útil em alguma coisa na Lotus e encerrou o jejum de 11 corridas sem pontuar ficando em 10ºlugar. Romain Grosjean com o carro danificado ficou em 11ºlugar após muita luta por posições na corrida inteira e mostrou que a Lotus deu uma melhorada nessa corrida. Jenson Button se arrastou para terminar a prova em 12º, Kimi Raikkonen numa corrida deprimente ficando em 13º só na frente de Esteban Gutierrez com mais uma atuação horrível na Sauber ficando em 14º e Danill Kvyat que teve problemas seguramente no final da corrida ficando na última posição dos 15 pilotos que completaram a corrida.

Daqui a 1 semana teremos o GP do Brasil na penúltima etapa do campeonato de Formula 1 e esperando que pelo menos a Marussia esteja de volta no Grid, Pois um grid com 18 carros infelizmente é triste para a Formula 1 que mostra claros sinais de decadência desse sistema Feudal que Bernie Ecclestone criou e até mesmo ele admite isso em entrevista dada hoje em Austin.

Resultado final do GP dos Estados Unidos – 56 Voltas

1 44 Lewis Hamilton (Mercedes) 1:40:04.785
2 6 Nico Rosberg (Mercedes) a 4.314
3 3 Daniel Ricciardo (Red Bull Racing-Renault) a 25.560
4 19 Felipe Massa (Williams-Mercedes) a 26.924
5 77 Valtteri Bottas (Williams-Mercedes) a 30.992
6 14 Fernando Alonso (Ferrari) a 1:35.231
7 1 Sebastian Vettel (Red Bull Racing-Renault) a 1:35.734
8 20 Kevin Magnussen (McLaren-Mercedes) a 1:40.682
9 25 Jean-Eric Vergne (STR-Renault) a 1:43.863
10 13 Pastor Maldonado (Lotus-Renault) a 1:47.870
11 8 Romain Grosjean (Lotus-Renault) a 1 Volta
12 22 Jenson Button (McLaren-Mercedes) a 1 Volta
13 7 Kimi Räikkönen (Ferrari) a 1 Volta
14 21 Esteban Gutierrez (Sauber-Ferrari) a 1 Volta
15 26 Daniil Kvyat (STR-Renault) a 1 Volta

Não Terminaram a corrida:

27 Nico Hulkenberg (Force India-Mercedes) a 40 Voltas
11 Sergio Perez (Force India-Mercedes) a 56 Voltas
99 Adrian Sutil (Sauber-Ferrari) a 56 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Arquivo Pessoal/Mercedes/Lotus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *