Corridas históricas: GP de San Marino de 2005

Grid de largada:

1    Kimi Räikkönen    (McLaren/Mercedes)    2’42.880
2    Fernando Alonso    (Renault)    2’43.441
3    Jenson Button    (BAR/Honda)    2’44.105
4    Mark Webber    (Williams/BMW)    2’44.511
5    Jarno Trulli    (Toyota)    2’44.518
6    Takuma Sato    (BAR/Honda)    2’44.658
7    Alexander Wurz    (McLaren/Mercedes)    2’44.689
8    Nick Heidfeld    (Williams/BMW)    2’45.196
9    Rubens Barrichello    (Ferrari)    2’45.243
10    Ralf Schumacher    (Toyota)    2’45.416
11    Jacques Villeneuve    (Sauber/Petronas)    2’46.259
12    Giancarlo Fisichella    (Renault)    2’46.710
13    Michael Schumacher    (Ferrari)    2’47.244
14    David Coulthard    (Red Bull/Cosworth)    2’48.070
15    Vitantonio Liuzzi    (Red Bull/Cosworth)    2’48.155
16    Narain Karthikeyan    (Jordan/Toyota)    2’52.099
17    Tiago Monteiro    (Jordan/Toyota)    2’54.252
18    Felipe Massa    (Sauber/Petronas)    2’44.930    *
19    Patrick Friesacher    (Minardi/Cosworth)    2’57.048
20    Christijan Albers    (Minardi/Cosworth)    Sem Tempo

* Punido com a perda de 10 posições pela troca do Motor antes das duas corridas que o motor precisava durar.

Alonso segura Schumacher e conquista vitória Mítica em San Marino

Após 3 etapas a Formula 1 confirmou que tinha começado do jeito que a Renault gostaria, Fisichella tinha ganho a primeira corrida enquanto Alonso levou as provas da Malásia e do Bahrein, Mas depois dessas 3 corridas a concorrência estava lutando para melhorar e ao se julgar os treinos que aconteceram a Mclaren conseguiu isso colocando Kimi Raikkonen na pole position com Alonso largando em 2ºlugar, Na segunda fila largam Jenson Button com a BAR que acabou tendo corridas absolutamente desastrosas e Mark Webber com a Williams sendo muito questionado pelas corridas que ele fez e na Terceira Fila Trulli que era o vice-líder do campeonato e Takuma Sato andando bem com a BAR renovada com a entrada de Gil de Ferran como diretor da equipe BAR por causa da Honda.

Os pilotos foram para a largada e Raikkonen acabou mantendo a liderança com Alonso em 2º, Button em 3º e Trulli que ganhou uma posição sobre Mark Webber que perdeu a posição para o Takuma Sato, Mas essa posição o Webber conseguiu recuperar e ficou em 5ºlugar. Felipe Massa acabou tendo problemas na largada e ficou em último lugar, Ele que já teve problemas com uma penalização por causa da Troca de Motor, Sem a penalização ele largaria em 8º.

Raikkonen impressionava com a Mclaren que começava a mostrar suas garras de fora e outro carro que começava a mostrar suas garras era a BAR que estava com um desempenho muito forte com o Jenson Button e com o Takuma Sato.

Raikkonen na 3ªVolta faz a melhor volta da corrida com 1:23.847 e abria quase 3 segundos para cima de Alonso que estava com boa vantagem para Button que começava a abrir do resto do Grupo, Não satisfeito ele melhora a melhor volta dele na corrida com 1:23.347. Classificação após 4 Voltas Completadas: 1. Raikkonen, 2. Alonso (a 3.162), 3. Button (8.622), 4. Trulli (11.236), 5. Webber (12.299), 6. Sato (12.804), 7. Wurz (a 14.434), 8. Villeneuve (a 15.469).

Na Sexta Volta Giancarlo Fisichella acabou batendo com problemas de suspensão. Se em 2013 todos os problemas da Red Bull aconteciam com o Webber apenas podemos dizer que na Renault todo o tipo de problema acontecia com o carro do Romano Giancarlo Fisichella que deixava a corrida.

No logo de Trás estavam em primeiro plano Trulli, Webber e Sato brigando pelo 4ºlugar e depois Wurz que substituía ao Montoya, Villeneuve e Barrichello que estava tentando passar o Campeão mundial de 1997. Enquanto isso Felipe Massa já tinha passado os Jordan e as Minardis e foi para cima de Coulthard que não estava muito bem em Imola, Ou melhor a Red Bull não estava muito bem nessa pista.

Raikkonen continuava voando baixo na frente e parecia ser o homem da Corrida, Mas na 9ªVolta o Câmbio da Mclaren acabou deixando o Homem de Gelo na mão e Alonso assumiu a liderança da corrida e Raikkonen foi para o Boxes para deixar a corrida. Outro que deixou a corrida foi Patrick Friesacher com a Minardi.

Agora Alonso tinha grande vantagem para Jenson Button que estava em segundo lugar e Trulli, Webber, Sato brigavam diretamente pelo 3ºlugar.

Classificação após 10 Voltas: 1. Alonso, 2. Button (8.418), 3. Trulli (a 16.904), 4. Webber (a 17.627), 5. Sato (18.504), 6. Wurz (a 19.753), 7. Villeneuve (a 20.695), 8. Barrichello (a 21.424), 9. Heidfeld (a 23.140), 10. R.Schumacher (a 24.601), 11. M.Schumacher (a 25.310), 12. Liuzzi (a 35.024), 13. Coulthard (a 36.360), 14. Massa (a 36.882), 15. Karthikeyan (a 38.570), 16. Monteiro (a 42.955), 17. Christijan Albers.

Continuava Trulli em 3ºlutando com Webber  para manter essa posição depois disso Sato, Wurz, Villeneuve e Barrichello vinham um trem e ninguém conseguia uma ultrapassagem até por que Imola não existia um lugar claro para se tentar uma ultrapassagem, Sim estávamos falando da época em que na Formula 1 as ultrapassagens só aconteciam por causa de erro ou pela estratégia dos boxes.

Prova disso foi que Felipe Massa tentou passar David Coulthard, Resultado disso foi que Massa teve seu bico danificado e a corrida dele que já estava comprometida acabou de ficar mais ainda com uma parada prematura na volta 16.

Sato vinha chegando em Webber que já estava em cima de Trulli que vinha segurando o mundo inteiro tentando segurar posição, Até por que a Toyota não tinha um bom carro para essa pista de Imola, O Primeiro a parar nos boxes foi Rubens Barrichello com a Ferrari que acabou não conseguindo executar com sucesso a sua tática de tentar passar todo mundo pois ele estava mais leve que todo mundo para conseguir isso e mesmo assim o Brasileiro não conseguiu, Mas para Barrichello não teria muito que fazer na corrida pois na volta seguinte ele voltou aos boxes para abandonar a corrida com problemas elétricos.

Classificação após 18 Voltas: 1. Alonso, 2. Button (a 8.734), 3. Trulli (a 26.204), 4. Webber (a 26.765), 5. Sato (a 27.528), 6. Wurz (a 28.281), 7. Villeneuve (a 30.164) e 8. Heidfeld (a 32.278).

A partir dai iriamos começar o período de trocas nos boxes. Sem o Barrichello Trulli era pressionado pelo Webber que tinha Sato e Wurz na cola dele e Villeneuve um pouco mais atrás sem o Barrichello atrás do piloto da Sauber. Button na volta 20 fez a melhor volta da corrida com 1:22.892.

Na Volta 21 Sato aprontou uma para cima de Mark Webber  e usando o vácuo do carro do Webber e assumiu a 4ªposição numa manobra arrojada como é sempre uma característica do piloto da terra do sol nascente. Webber acabou se desconcentrando e acabou o Villeneuve tentando passar o Wurz sem sucesso.

Enquanto isso Heidfeld e Villeneuve foram para os boxes para fazerem a troca Albers deixaria a corrida com problemas mecânicos em sua Minardi. Trulli e Webber nos boxes ao final da 22ªVolta e acabaram Trulli e Webber voltando nas mesmas condições enquanto Button fez de novo a melhor volta da corrida.

Alonso fez sua parada na volta 24 para 25, Sato também fez a parada e ganhou a posição do Trulli com a volta a mais na pista com o tanque vazio, Essa é uma tática de Guerra que o Schumacher costuma usar para ganhar corrida e que nesse caso também estava usando.

Button na 25ªVoltas foi para os boxes enquanto isso Schumacher começou a virar volta mais rápida, a primeira delas foi 1:22.287. Dos 8 primeiros só Schumacher, Wurz e Liuzzi não pararam. Wurz fez a primeira parada na volta de número na 26ªVolta, Enquanto que Schumacher continuava voando na pista até quando ele foi para a sua parada na Volta 27, Mas antes disso ele fez mais uma volta mais rápida da prova (1:22.070). Acabou a tática de Schumacher deu certo e depois das paradas ele voltou na terceira posição atrás somente de Alonso e de Button.

Classificação da corrida após 28 Voltas Completadas: 1. Alonso, 2. Button 9.768, 3. Schumacher 31.634, 4. Wurz 35.328, 5. Sato 37.876, 6. Trulli 47.689, 7. Webber 48.104, 8. Villeneuve 48.976.

A Partir da metade da corrida até o final começaria o Show do Schumacher em Imola, Ele começaria a tirar uma vantagem de 31 segundos para Alonso e de 21 segundos para Button. Enquanto isso Trulli continuava segurando a Turma que tinha Webber e Villeneuve na cola dele até o Webber ter escorregado na valiante Alta e perdeu posição para o Villeneuve perdendo o 7ºlugar isso na volta 30.

Schumacher continuava voando baixo e já estava 25 segundos de Alonso e a 15 de Button e virando de 1 a 1 segundo e meio por volta. Virando 1:22 contra 1:24 dos outros pilotos na frente do Alemão, Os pneus Bridgestone que foram problemáticos nas provas da Malásia e no Barhein voltaram a render bem em Imola.

Enquanto isso lá Atrás Felipe Massa Acabou passando David Coulthard meio que na Marra e gesticulando para o piloto escocês após ter ficado muito tempo atrás dele (Eu digo que circunstâncias fora do seu controle complicaram o final de semana do Brasileiro.

Classificação após 38 Voltas: 1. Alonso, 2. Button (9.399), 3. M.Schumacher (14.710), 4. Wurz (a 33.760), 5. Sato (38.821), 6. Trulli (58.802), 7. Villeneuve (59.699), 8. Webber (1:00.251).

Schumacher estava já chegando em Jenson Button para lutar pela segunda posição, já estava em 5 segundos a diferença entre Button e Schumacher, 3 Voltas depois Schumacher acabou colando no piloto da BAR e iria parar depois de Alonso e de Button o que daria a vantagem dele fazer voltas mais rápidas e dai começava um grande duelo pelo segundo lugar.

Schumacher com muito mais carro teria que encontrar uma forma de passar em Imola que sempre é difícil a ultrapassagem isso principalmente depois da modificação da curva tamburello, Monteiro foi o primeiro a fazer a segunda parada nos boxes, O Mesmo faria Alonso na volta 41 para a 42 para reabastecer para o final da corrida, Button passava a ser o líder e Schumacher colado em segundo querendo a ultrapassagem.

Button segurava a liderança e o Schumacher e agora ambos enfrentavam retardatários para ultrapassarem. Button se defendia bem do  piloto Alemão, Na Volta 45 Schumacher acabou dando uma errada e tirou o pé para não sair da pista e com isso Button acabou respirando um pouco, Mas na volta seguinte Schumacher na variante alta faz uma grande ultrapassagem sobre Jenson Button e conseguia a liderança da corrida se aproveitando de um retardatário que acabou segurando o piloto inglês, Mas ele teria que ir aos boxes e a partir dai Schumacher antes dessa parada ele virou volta mais rápida em cima de volta mais rápida sendo que ele fez a melhor volta da corrida com 1:21.858. Button na volta 48 fez a sua segunda parada.

Schumacher com a sua parada na volta 49 ele voltou atrás do Alonso, Só que o Schumacher estava voando na pista e com 5 segundos atrás de Alonso reservando nas últimas voltas dessa corrida uma briga fantástica pela vitória do GP de San Marino, Classificação após 49 Voltas: 1. Alonso, 2. M.Schumacher, 3. Button, 4. Wurz, 5. Sato, 6. Villeneuve, 7. Trulli, 8. R.Schumacher, 9. Heidfeld, 10. Webber, 11. Liuzzi, 12. Massa, 13. Coulthard, 14. Karthikeyan, 15. Monteiro.

A 11 Voltas do final Schumacher se aproximou de Alonso, E essa foi umas maiores brigas da Formula 1 nas últimas 4 temporadas pelo menos. Schumacher tentou de todo o jeito e de toda a Forma passar Alonso que poderia começar a pensar no campeonato, Só que Alonso não queria entregar a vitória de Maneira nenhuma e não deu nenhuma chance do piloto Alemão passar o Espanhol.

Na Volta final Schumacher jogou o tudo ou nada, Na Tosa ele foi com tudo e quase conseguiu desbancar Alonso, Mas o Príncipe das Astúrias acabou dando uma aula de como segurar uma vitória com um carro que rendia bem menos do que o Ferrari de Michael Schumacher que os pneus da Bridgestone acabaram rendendo bem mais do que os pneus da Renault que eram os Michelin. Um dos fatores para Schumacher não ter essa chance de passar é a pista que não permitia um ponto claro de ultrapassagem e o carro da Renault que de reta foi muito bem e Todos esses favores fizeram que o Espanhol Fernando Alonso tivesse uma das vitórias mais importantes da sua carreira.

Button acabou a corrida em 3º, Wurz em 4º e Sato em 5º, Só que se descobriu que a BAR estava violando o regulamento em termos de peso do carro por colocar um lastro contendo liquido que é proibido pelo Regulamento. Com isso Wurz passou a ser o 3º, Villeneuve por incrível que pareça fazendo uma grande corrida chegando em 4º após as primeiras corridas ruins na temporada de 2005, Trulli que salvou pontos com a Toyota em 5º, Ralf Schumacher, Heidfeld e Webber completariam na zona de pontuação. Só que Ralf foi punido com o acréscimo de 25 segundos no seu tempo final e acabou fora da zona de pontuação e promovendo Heidfeld, Webber e Liuzzi que acabou fazendo seu primeiro ponto na sua carreira na Formula 1.

A BAR com a violação no regulamento foi suspensa de disputar as etapas da Espanha e de Mônaco e esse foi o saldo do GP de San Marino de 2005.

Resultado final do GP de San Marino de 2005

Fotos:

Vídeo:

Treino de Classficação

Disputa entre Alonso e Schumacher:


F1 2005 San Marino M.Schumacher vs F… por marianna-foldesnevaradi

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: F1 Olivier

Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *