Surpreendente Ricciardo vence de novo após briga dos pilotos da Mercedes na Bélgica

Ricciardo comemora sua terceira vitória na Formula 1

O que se imaginava a Red Bull salvando pontos para o mundial de construtores nessa corrida acabou virando em vitória de Daniel Ricciardo numa corrida correta do piloto australiano e que contou com um polêmico toque de Nico Rosberg em Lewis Hamilton.

Antes da volta de apresentação a Ferrari se atrapalhou toda e acabou não colocando o carro de Fernando Alonso no Chão e isso fez com que o piloto quase perdesse sua posição no grid de largada, Ele viria a ser punido logo depois. Na Largada Hamilton largou bem melhor que Rosberg que acabou caindo para o 3ºlugar, Na frente ficaram Hamilton e Vettel que tentou tomar a ponta de Lewis Hamilton, Mas como ele tinha bem menos asa acabou não conseguindo frear e passou reto após o inicio da 3ªcurva do circuito tendo que devolver a posição para Hamilton e acabou também por perder posição para Rosberg que começou dura perseguição ao Lewis Hamilton, Enquanto isso Maldonado e Lotterer abandonavam a corrida e Jules Bianchi e Romain Grosjean foram para os boxes para reparação dos seus carros, Pior para Bianchi que teve o pneu furado e perdeu mais de 40 segundos.

Na Segunda volta foi que aconteceu o lance que mudou a história da Corrida, Rosberg acabou numa tentativa de ultrapassagem não sucedida tocando no pneu traseiro de Lewis Hamilton que acabou tendo que se arrastar pela pista até os boxes para a troca de seus pneus, Já Rosberg acabou tendo seu bico danificado e com isso perdeu rendimento e com isso abriu-se uma chance de alguém vencer. Vettel, Ricciardo, Alonso, Bottas e Raikkonen formavam o primeiro bloco da corrida, Mais atrás Felipe Massa estava com um rendimento muito aquém do esperado e perdendo posições e Hamilton tentava se recuperar na corrida.

Vettel acabou errando algumas voltas depois e perdeu posição para o Australiano Daniel Ricciardo, Na 9ªVolta Nico Rosberg vai para os boxes para trocar o bico do carro e para a normal troca de pneus que acabou demorando 7 segundos a mais do que uma parada normal nos boxes, Resultado disso é que ele voltou atrás do Raikkonen que parou nessa mesma volta.

A punição do Alonso demorou para sair, Mas acabou saindo voltas e voltas depois, Uma punição de 5 segundos para serem pagos nos boxes pelo incidente na volta de apresentação.

Kvyat marcou mais dois pontos para a Toro Rosso

Daniel Ricciardo se aproveitou bem dessa situação e assumiu a ponta da corrida com a Red Bull que tirou a asa para ter velocidade de reta para compensar a falta de potência da Renault e essa tática deu muito certo, Tanto é que o piloto Australiano ficou na liderança até o final da corrida, Já Rosberg teve que recuperar as posições: Passou Vettel, Bottas e Raikkonendepois partiu para cima do Australiano Ricciardo que tinha se aproveitado dessas brigas para abrir vantagem. Rosberg decidiu arriscar e a 10 voltas do Final uma segunda parada para arriscar o tudo ou nada para cima de Ricciardo, Vettel foi para a mesma tática para ganhar posições.

Enquanto isso Hamilton não conseguia recuperar posições, Ele estava na 16ªposição e acabou na volta 39 deixando a corrida para poupar equipamento para a próxima corrida, O mesmo fez Jules Bianchi que estava muito atrás na corrida isso na volta 40.

Nico Rosberg foi para cima de Bottas e Raikkonen e conseguiu as ultrapassagens sem problemas, O grande problema era tirar a grande vantagem que Ricciardo tinha criado em cima do piloto Alemão. Essa diferença acabou não sendo tirada totalmente, acabou faltando pelo menos mais 2 voltas para isso acontecer. Daniel Ricciardo numa corrida sem erros conquistou a terceira vitória na temporada e passou a ter talvez hoje uma pequena possibilidade de ser o campeão dessa temporada apesar da superioridade da Mercedes em relação as outras equipes e pela fragilidade do Motor Renault da Red Bull, Mas tem horas em que um acerto de corrida mais um carro muito bem nascido fazem a diferença como foi o dia de hoje com o RB10 da Red Bull com pouca asa.

Rosberg ainda assim tem de comemorar o 2ºlugar, pois agora a sua vantagem para Hamilton passa para os mesmo 29 pontos que ele tinha depois do GP da Áustria. Valtteri Bottas largando de 6ºlugar acabou muito bem a corrida e conquistou com méritos o pódio após superar nas voltas finais o seu compatriota Kimi Raikkonen que acabou fazendo um grande final de semana chegando pela primeira vez na frente de Fernando Alonso nessa temporada.

Magnussen teve um duro duelo com Alonso

O pega pelo 5ºlugar no final da corrida pegou fogo entre Kevin Magnussen, Fernando Alonso, Jenson Button e Sebastian Vettel, Mas principalmente entre os dois primeiros que citei, pois fizeram da briga pelo 5ºlugar uma batalha épica, Magnussen se deu melhor nessa disputa em cima de Alonso, Mas o 5ºlugar acabou ficando com Sebastian Vettel que com os pneus mais novos acabou tendo mais ritmo que Alonso, Magnussen e Button e levou a posição para casa, Magnussen acabou em 6º, Button em 7 º e Alonso que ainda teve o seu bico do carro danificado na volta final e acabou a prova em 8ºlugar. Só que horas depois os comissários de corrida por causa de uma manobra considerada perigosa de Kevin Magnussen sobre Fernando Alonso o dinamarquês da Mclaren foi punido em 20 segundos no tempo final de corrida no que fez cair para o 12ºlugar.

Com isso Button, Alonso, Perez, Kvyat, Hulkenberg e Vergne foram beneficiados e ganharam uma posição e desse todos só ficou fora dos pontos o Francês Jean-Éric Vergne com a Toro Rosso sendo superado mais uma vez pelo Russo Danill Kvyat que vem mostrando um desempenho surpreendente para um piloto de 19 anos de idade já confirmado para 2015 na Toro Rosso enquanto seu companheiro de equipe já foi chutado em favor de um outro guri de 16 anos Chamado Max Verstappen (Filho de Jos Verstappen).

Felipe Massa não teve uma boa corrida devido a detritos do pneu furado de Lewis Hamilton no assoalho de seu carro, Esses detritos só foram identificados quando ele foi para a segunda parada, Com a Retirada desses destroços de pneu o ritmo do carro do piloto Brasileiro melhorou muito, Mas já não tinha mais tempo para recuperar posições e acabou numa modesta 13ªposição, Na frente de Adrian Sutil e Esteban Gutierrez com a Mediocre Sauber, de Max Chilton que venceu o duelo com Marcus Ericsson e dando mais uma vitória para o time Russo sobre o time Malaio (Caterham). As Lotus abandonaram a corrida e um final de semana para ser esquecido.

Próxima etapa será no dia 7 de Setembro em Monza na Itália e dai vamos ver quem vai gritar o grito de “Independência e Vitória!” na Formula 1.

Resultado Final do GP da Bélgica após 44 Voltas.

 

Posição Piloto Equipe Chassis Motor Tempo
1 3 Daniel Ricciardo Red Bull RB10 Renault Energy F1-2014 1:24:36.556
2 6 Nico Rosberg Mercedes F1 W05 Hybrid Mercedes PU106A Hybrid a 3.383
3 77 Valtteri Bottas Williams FW36 Mercedes PU106A Hybrid a 28.032
4 7 Kimi Raikkonen Ferrari F14T Ferrari 059/3 a 36.815
5 1 Sebastian Vettel Red Bull RB10 Renault Energy F1-2014 a 52.196
6 22 Jenson Button McLaren MP4-29 Mercedes PU106A Hybrid a 54.580
7 14 Fernando Alonso Ferrari F14T Ferrari 059/3 a 1:01.162
8 11 Sergio Perez Force India VJM07 Mercedes PU106A Hybrid a 1:04.293
9 26 Daniil Kvyat Toro Rosso STR9 Renault Energy F1-2014 a 1:05.347
10 27 Nico Hulkenberg Force India VJM07 Mercedes PU106A Hybrid a 1:05.697
11 25 Jean-Eric Vergne Toro Rosso STR9 Renault Energy F1-2014 a 1:11.920
12 20 Kevin Magnussen McLaren MP4-29 Mercedes PU106A Hybrid a 1:14.262
13 77 Felipe Massa Williams FW36 Mercedes PU106A Hybrid a 1:15.975
14 99 Adrian Sutil Sauber C33 Ferrari 059/3 a 1:22.447
15 21 Esteban Gutierrez Sauber C33 Ferrari 059/3 a 1:30.825
16 4 Max Chilton Marussia MR03 Ferrari 059/3 a 1 Volta
17 9 Marcus Ericsson Caterham CT05 Renault Energy F1-2014 a 1 Volta
18 17 Jules Bianchi Marussia MR03 Ferrari 059/3 a 5 Voltas
19 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W05 Hybrid Mercedes PU106A Hybrid a 6 Voltas
20 8 Romain Grosjean Lotus E22 Renault Energy F1-2014 a 11 Voltas
21 13 Pastor Maldonado Lotus E22 Renault Energy F1-2014 a 44 Voltas
22 45 Andre Lotterer Caterham CT05 Renault Energy F1-2014 a 44 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Red Bull, Toro Rosso, Mclaren

 

Um comentário em “Surpreendente Ricciardo vence de novo após briga dos pilotos da Mercedes na Bélgica

  1. Pingback: Mercedes a Franca favorita ao título da Formula 1 | Portal Sportszone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.