Assim como 2018, Dovizioso novamente em cima de Marquez conquista vitória em Losail

Repetindo o ano de 2018 e o duelo das duas últimas temporadas o piloto da Ducati Andrea Dovizioso conquistou a vitória em Losail, Repetindo a vitória do ano passado e também repetindo praticamente a mesma vantagem em cima de Marc Marquez com a Honda. Uma atuação praticamente impecável do piloto Italiano, Que resistiu aos ataques não só do Marquez como de alguns ataques de Alex Rins com a Suzuki.

Viñales largou bem mal e Dovizioso passou para a ponta com Jack Miller subindo para o segundo e Marquez manteve o 3ºlugar. Viñales caiu para o 6ºlugar atrás de  Crutchlow e de Nakagami que subiu do 9º para o 5ºlugar.

Marquez foi para cima de Miller e ultrapassou o piloto Australiano que voltou no final da primeira curva da segunda volta. Viñales perdeu 2 outras posições para os pilotos da Suzuki (Mir e Rins) caindo para o 8ºlugar. Jorge Lorenzo estava no fundo do pelotão, Em 19ºlugar.

No final da segunda volta, Miller teve problemas com a peça do seu banco da sua moto e acabou despencando para o 12ºlugar. Marquez passou para o segundo lugar, Com Crutchlow, Mir e Rins nas 5 primeiras posições. As suas motos da Suzuki que não foram muito bem na classificação estavam muito bem no começo de corrida, Na 4ªVolta.

Lá atrás, Fábio Quartararo vinha fazendo volta mais rápida em cima de volta mais rápida. Estava em 23ºlugar devido ao problema que ele teve na volta de apresentação. Ao terminar a 5ªvolta Rins e Mir da Suzuki superaram o inglês Cal Crutchlow passando para o 3º e 4ºlugares. Na metade da 5ªVolta, Rins passou Marquez e assume o segundo lugar, Era impressionante o desempenho da Suzuki. No final da volta 5, Rins passou para a liderança, Bastou uma reta para Dovi voltar a liderança usando a potência da Ducati.

Dovizioso, Rins, Marquez, Mir, Crutchlow, Petrucci, Viñales, Rossi e Morbidelli estavam no primeiro pelotão da prova. Petrucci no final da 7ªvolta supera Crutchlow e assumiu o 5ºlugar. Rins superou Dovizioso e reassumiu a liderança. Na volta seguinte Dovizioso na curva 1 voltou a liderança superando Alex Rins. Nas curvas a Suzuki é uma moto melhor de ciclística, Nas Retas a Ducati se sobressai na potência em cima das outras. Marquez em 3º esta apenas superando o momento certo de atacar. Na 10ªVolta, Curva 6 Petrucci tomou o terceiro lugar das mãos de Marquez, Logo o Espanhol recuperou a posição.

Marquez na 11ªVolta passou Rins e deu um chega pra lá no piloto da Suzuki e assumiu o segundo lugar com Petrucci se aproveitando e ganhando posição do piloto Espanhol da Suzuki. Na metade da prova: Dovi, Marquez, Petrucci, Rins e Crutchlow estavam nas 5 primeiras posições. Mir vinha perto em 6º, Um pouco mais atrás vinham a trinca da Yamaha: Viñales, Rossi e Morbidelli.

Na marra e na raça, Na 12ªVolta Rins passou Petrucci voltando aos Top 3. Enquanto isso Quartararo lá atrás ultrapassou Lorenzo e assumiu o 16ºlugar. Uma tristeza a estreia do Gladiador do Asfalto na Honda. Com 14 Voltas completadas os dois pilotos da Pramac abandonaram com problemas na moto de ambos os pilotos (Bagnaia e Miller)

Marquez vinha pressionando Dovizioso, Rins em 3º muito perto do dois e Crutchlow tentando ganhar o 4ºlugar do Danilo Petrucci. A 7 Voltas do final, Rins conseguiu a ultrapassagem sobre Marquez ganhando o 2ºlugar. Enquanto que Valentino Rossi largando em 14ºlugar passou o pole position Marevick Viñales ganhando o 7ºlugar.

Rins passou Marquez e vinha resistindo a pressão de Marquez, não só isso. Na parte das curvas ele se aproximava de Dovizioso. Marquez em 3º tinha a incomoda companhia de Cal Crutchlow que vinha em 4ºlugar a frente de Petrucci e de Rossi que já estava em 6º a menos de 5 voltas do final. Na entrada da 19ªVolta Marquez supera Rins e assume de novo o 2ºlugar.

A três voltas do final Rins erra na curva 1 e Crutchlow passou para o 3ºlugar, Rossi passou Petrucci e assumiu o 5ºlugar aos 40 anos de idade completados no dia 16 de Fevereiro. A 2 voltas do final parecia que o confronto era mesmo entre os rivais das 2 voltas temporadas. Se aproveitando do erro de Dovi, Marquez assumiu a liderança. Além deles Crutchlow e Rins vinham perto ainda acreditando na vitória.

Na começo da Volta final Dovizioso toma a ponta de novo, Marquez precisava pressionar o piloto da Ducati para ter alguma chance de vitória, Um pouco mais atrás Crutchlow, Rins e Rossi disputavam o pódio. Na curva 8, 9 e 10 Marquez e Dovizioso ficaram lado a lado com vantagem para o piloto da Ducati. Dovi parecia estar com a vitória encaminhada mais para ele, Na curva final Marquez foi com tudo para cima do piloto Italiano e chegou a passar Dovizioso. Porém o piloto da Ducati recuperou a ponta e dai não perdeu mais a vitória ganhando pela 12ªVez na Carreira e a segunda vez em Losail. Uma grande vitória do piloto da Ducati que começa o ano na frente. Marc Marquez ainda não esta 100% fisicamente chegou em 2ºlugar, Colado em Dovizioso.

Completando o pódio o piloto da LCR Honda Cal Crutchlow que andou muito bem e mostra que pode ser um bom aliado da Honda enquanto que Jorge Lorenzo da vexame com a moto da Honda em sua estreia. O Inglês superou o Espanhol Alex Rins no final da prova. Apesar do 4ºlugar o piloto da Suzuki fez uma grande corrida, Chegou a lutar pela vitória até o finalzinho quando acabou sendo superado pelo piloto da equipe satélite da Honda.

Corridão de Valentino Rossi que saiu do 14ºlugar para levar sua Yamaha para o 5ºlugar. Superando vários pilotos com melhores motos. Danilo Petrucci fez uma corrida apenas regular, Chegou a ficar em 3ºlugar, Mas usando pneus mais macios acabou por sofrer pelo desgaste no final da prova e chegou em 6ºlugar. Quem não foi nada bem foi o Maverick Viñales que largou na pole e fez uma péssima largada e não conseguiu mais se recuperar ficando em 7ºlugar.

Joan Mir estreou bem na MotoGP, Não foi tão bem como Rins, Mas o 8ºlugar não ficou nada mal. Completando os 10 primeiros colocados o japonês Takaagi Nakagami em grande desempenho no final de semana e de Aleix Espargaró tirando tudo e mais um pouco para levar a Aprilla ao 10ºlugar. Franco Morbidelli estreia na nova equipe da Yamaha em 11ºlugar após andar a primeira parte da prova no primeiro pelotão. Pol Espargaró levou o 12ºlugar com o melhor resultado da KTM.

Jorge Lorenzo em uma péssima corrida acabou em 13ºlugar, Muito pouco para a Honda. Andrea Iannone com a Aprilla e Johann Zarco com a KTM completaram os 15 primeiros colocados. Fabio Quartararo acabou não conseguindo entrar na zona de pontuação. Daqui a 3 semanas teremos a segunda etapa do Mundial de motovelocidade na Argentina, em Termas de Rio Hondo.

Fotos:

Resultado final do GP do Qatar
Mundial de Motovelocidade – Temporada 2019

posPilotoEquipeMotorTempo
14Andrea DoviziosoMission Winnow DucatiDucati42’36.902
293Marc MarquezRepsol Honda TeamHondaa 0.023
335Cal CrutchlowLCR Honda CASTROLHondaa 0.320
442Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 0.457
546Valentino RossiMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 0.600
69Danilo PetrucciMission Winnow DucatiDucatia 2.320
712Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 2.481
836Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 5.088
930Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHondaa 7.406
1041Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniApriliaa 9.636
1121Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamahaa 9.647
1244Pol EspargaróRed Bull KTM Factory RacingKTMa 12.774
1399Jorge LorenzoRepsol Honda TeamHondaa 14.307
1429Andrea IannoneAprilia Racing Team GresiniApriliaa 14.349
155Johann ZarcoRed Bull KTM Factory RacingKTMa 15.093
1620Fabio QuartararoPetronas Yamaha SRTYamahaa 15.905
1788Miguel OiveiraRed Bull KTM Tech 3KTMa 16.377
1817Karel AbrahamReale Avintia RacingDucatia 22.972
1953Tito RabatReale Avintia RacingDucatia 23.039
2055Hafizh SyarhinRed Bull KTM Tech 3KTMa 43.242
OUT38Bradley SmithAprilia Factory RacingApriliaa 2 Voltas
OUT43Jack MillerAlma Pramac RacingDucatia 10 Voltas
OUT63Francesco BagnaiaAlma Pramac RacingDucatia 13 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *