GP da Inglaterra de 2000 – 500cc do Mundial de Motovelocidade

Grid de Largada:

1 Alex Barros Honda 1’32.316
2 Kenny Roberts Jr. Suzuki 1’32.477
3 Garry McCoy Yamaha 1’32.803
4 Valentino Rossi Honda 1’32.805
5 Max Biaggi Yamaha 1’32.821
6 Carlos Checa Yamaha 1’32.951
7 Norick Abe Yamaha 1’33.001
8 Alex Criville Honda 1’33.038
9 Tadayuki Okada Honda 1’33.170
10 Regis Laconi Yamaha 1’33.223
11 Nobuatsu Aoki Suzuki 1’33.227
12 Loris Capirossi Honda 1’33.390
13 Tetsuya Harada Aprilia 1’33.515
14 Sete Gibernau Honda 1’33.694
15 Jeremy McWilliams Aprilia 1’34.035
16 Jürgen van den Goorbergh TSR/Honda 1’34.233
17 José Luis Cardoso Honda 1’34.990
18 John McGuinness Honda 1’35.191
19 Phil Giles Honda 1’36.773
20 Anthony Gobert Modenas/Proton 1’36.996
21 Sebastien Le Grelle Honda 1’37.084

Não Classificado para a corrida:

– Yoshiteru Konishi TSR/Honda Sem Tempo

Fonte: http://gievalentinik.files.wordpress.com/

Rossi na chuva de Donington vence sua primeira corrida nas 500cc

Num dia chuvosos da Inglaterra o que não é nenhuma novidade era realizada a 9ªetapa do mundial de motovelocidade, Um Campeonato que era dominado pelo piloto da Suzuki Kenny Roberts Jr.

Seriam 30 voltas de emoção numa pista molhada e imprevisivel de 4.023 metros que 7 anos antes consagrava Ayrton Senna com a volta mágica em 1993. Alexandre Barros que vinha de vitória na Holanda estava largando na pole position com Kenny Roberts em segundo com a Suzuki, McCoy com a Yamaha em 3º e Valentino Rossi que vinha das primeiras corridas sendo irregular com a Honda fechava a 1ªFila. Com Biaggi, Checa, Abe e Criville na segunda Fila e Okada, Laconi, N.Aoki e Capirossi na 3ªFila com 21 pilotos no grid em Donington Park sendo que os 11 primeiros colocados estavam separados por menos de 1 segundo.
Após a volta de apresentação os pilotos foram para a largada: Quem se deu melhor nessa largada foi muito boa para Regis Laconi que saiu do 10ºlugar para a primeira posição com Barros em segundo, Kenny Roberts se deu mal caindo para 5º e Rossi caiu para o 13ºlugar.
Barros tentava o ataque para cima de Laconi no final da primeira volta, Outro que começava a se destacar era o piloto Jeremy McWilliams que largou em 15ºlugar para assumir o 5ºlugar com a Aprilla. Barros se mantia perto de Laconi enquanto Gibernau já estava na frente de Abe, No final da 2ªVolta Barros assumia a primeira posição perdida na largada. Classificação após 2 Voltas de prova: Barros, Laconi, Gibernau, Abe, McWilliams, Roberts jr., Aoki eram os 7 primeiros colocados. Phil Giles abandonou a corrida após a primeira volta de corrida.
Abe tinha feito a melhor volta da corrida com 1:47.077 na segunda volta de corrida e pressionava a Gibernau pelo 3ºlugar na corrida. Rossi no final da 3ªVolta já assumia a 7ªposição na corrida e fazia 1:46.497 a melhor volta da corrida e se aproximava de Kenny Roberts jr. na luta pelo 6ºlugar.

Barros continuava em sua tocada na frente, Mas Laconi, Gibernau e Abe estavam bem mais perto do Brasileiro da equipe de Sito Pons que era uma das melhores equipes do mundial de motovelocidade daquela época. Classificação após 5 voltas completadas: 1. Barros, 2. Laconi, 3. Gibernau, 4. Abe, 5. Roberts, 6. McWilliams, 7. Rossi, 8. Aoki, 9. Criville, 10. Harada, 11. Okada, 12. Capirossi, 13. Vd Goorbergh, 14. Checa, 15. Biaggi, 16. Cardoso, 17. McCoy, 18. Gobert, 19. McGuinness. 20. Le Grelle. Roberts fez 1:45.271 e conseguiu tomar fácil a melhor volta da corrida, a pista começava a secar naquele momento, e Roberts tinha ganho posição de McWilliams e assumiu o 5ºlugar da corrida, Gibernau na sexta volta ultrapassou a Regis Laconi e assumiu o segundo lugar, A Batalha seria agora entre a Honda Satelite de Barros contra a Honda oficial da HRC de Gibernau. Só que na curva seguinte Laconi tentou recuperar o segundo lugar e mais por dentro o Abe se aproveitou e abocanhou as posições de Laconi e de Gibernau e assumiu o segundo lugar, Kenny Roberts também se aproveitou disso e pulou do 5º para o terceirou lugar. No começo da 7ªVolta Rossi, Gibernau e McWilliams ficaram fazendo fila de três e o piloto da Aprilla se deu melhor e ganhou o 5ºlugar, Gibernau que a meia volta atrás estava em segundo agora estava no 7ºlugar apenas.
Toda essa confusão por posições aconteceu naquela curva em que o Senna passou Prost para assumir o primeiro lugar no final da primeira volta daquela corrida mágica de 1993.

Rossi passou Laconi, Mas perdeu a trajetória certa da curva e voltou a ficar atrás de Laconi, No final da Grande Reta Abe abria fogo para cima de Alex Barros. Classificação da prova estava assim: Barros, Abe, Roberts jr., McWilliams, Laconi, Rossi, Aoki e Gibernau, O melhor espanhol nessa corrida era Gibernau que estava em 8º naquele momento da corrida, diferente dos tempos de hoje na Moto GP. Barros, Abe, Roberts jr. e McWilliams estavam juntos em uma fila compacta lutando pela primeira posição da corrida.

Continuava a briga pelas primeira posição entre os 4 primeiros colocados, Abe tenta ataque para cima de Barros, Só que é supriendendo por ROberts jr. que passou o japonês da Antena 3 e assumiu o 2ºlugar na corrida e logo no começo da 10ªvolta Roberts jr. sem perder tempo com sua Suzuki ultrapassou a Barros e assumiu a liderança da corrida, poucos segundos depois o Piloto da Aprilla Jeremy McWilliams não fez cerimonias não e ultrapassou a Norick Abe assumindo uma 3ªposição com sua Aprilla.
E o piloto da Aprilla vinha com ação para cima de Barros que já estava longe de Kenny Roberts, tipo mais de meio segundo, Enquanto isso Rossi já vinha atacando a Norick Abe para lutar pelo 4ºlugar. Classificação após 10 voltas: 1. Roberts, 2. Barros a 1.068, 3. McWilliams a 1.398, 4. Abe a 1.831, 5. Rossi a 2.021, 6. Aoki a 2.363, 7. Gibernau a 2.907, 8. Laconi a 3.771, 9 . Criville a 5.527, 10. Vd Goorbergh a 6.538, 11. Capirossi a 7.600, 12. Okada a 9.954, 13. Harada a 12.013, 14. Checa a 13.035, 15. Biaggi a 13.811, 16. McCoy a 26.654.
McWilliams conseguiu a ultrapassagem sobre Barros e assumiu a segunda posição na prova com Barros em terceiro e Nobuatsu Aoki aparecendo para lutar pelo 4ºlugar com Norick Abe e conseguindo a ultrapassagem assumindo o 4ºlugar na ótima fase da Suzuki, Enquanto Loris Capirossi em uma distante 11ªposição fazia a melhor volta da prova com 1:44.537 isso ainda na 10 volta, e já estávamos na 12ªvolta da corrida. Aoki tomava a terceira posição de Barros que estava sendo ultrapassado pelos pilotos de ponta, sua moto tinha perdido rendimento, A Suzuki tinha suas 2 motos nas três primeiras posições com uma Aprilla em 2º, muito diferente de 2014 com Honda e Yamaha dando as cartas no Grid da Moto GP. Com 18 Voltas para o final da corrida Rossi já ocupava a 4ªposição atrás de Aoki, McWilliams e de Roberts jr. que tinha uma vantagem razoável para o piloto da Aprilla. Abe continuava ainda em 5ºlugar, Mas barros continuava caindo, já estava na 7ªposição e sofrendo pressão enorme sobre Laconi que ganharia essa posição no final da 13ªVolta, Enquanto Rossi atacava a Aoki para lutar pelo 3ºlugar.

A Corrida chegava em sua metade e a pista já começava a ficar sem o spray de água quando as motos passavam, se formando um trilho a pista melhorava e ficava mais rápida, Rossi faz a melhor volta com 1:44.308 e ataca Aoki isso na 14ªVolta da prova, Rossi fez a manobra e usou a potência da sua Honda para Passar Aoki e assumir o 3ºlugar e na volta seguinte Rossi passava McWilliams assumindo o segundo lugar, na metade da corrida Rossi só tinha na sua frente o Piloto da Suzuki Kenny Roberts jr., enquanto isso Aoki caia com a sua Suzuki na entrada da reta dos boxes, O Japonês voltou a corrida. Naquela Altura da corrida os pilotos José Luis Cardoso na volta 11 e Tetsuda Harada na volta 13 já tinham abandonado a prova.
Rossi já iria a caça de Roberts na luta pela vitória em Donington Park. Classificação após 16 voltas completadas: 1. Kenny Roberts jr., 2. Valentino Rossi a 1.338, 3. Jeremy McWilliams a 2.181, 4. Norick Abe a 6.270, 5. Regis laconi a 6.797, 6. Loris Capirossi a 9.400, 7. Sete Gibernau a 10.554, 8. Jurgen vd Goodbergh a 11.896.

Rossi tentava chegar em Roberts pela liderança a diferença já estava em 0.5 segundos, Mas a supresa era Jeremy McWilliams que estava acompanhando a Rossi e a Roberts jr. algo que no seco, a Aprilla do piloto Irlandês não conseguiria devido a limitação da moto italiana, Na 19ªVolta a coisa apertou, Rossi se aproximava de Roberts, Mas McWilliams foi para cima de Rossi e de fato naquele momento a Aprilla poderia vencer pela primeira vez na história dela no mundial de motovelocidade das 500cc e o piloto Irlandês foi com tudo e ultrapassou a Rossi e retornou o segundo lugar e foi para cima de Roberts para lutar pela ponta na corrida, Oficialmente a luta pela vitória estava entre os três, Os outros pilotos estavam muito longe deles.

Restavam 11 voltas para o final da prova e Roberto mantia a ponta da corrida, Só que McWilliams foi para cima e passou ao piloto da Suzuki e assumiu a liderança da corrida, Uma moto da Aprilla liderando um GP da Inglaterra, Rossi também foi para o ataque para cima de Roberts jr. e conseguiu a ultrapassagem assumindo a segunda posição da prova. Depois dos três Norick Abe tinha a 4ªposição. Classificação da corrida após 19 Voltas: 1. McWilliams, 2. Rossi a 0.487, 3. Roberts jr. a 0.833, 4. Abe a 8.701, 5. Capirossi a 9.282, 6. Vd Goorbergh a 14.041, 7. Gibernau a 14.745, 8. Criville a 16.720, 9. Biaggi a 16.967, 10. Okada a 20.101, 11. Barros a 22.682, 12. Checa a 22.785, 13. Laconi a 29.223, 14. Aoki a 32.981.

McWilliams estava fazendo uma exibição fantástica, mas Rossi queria a primeira vitória na sua carreira nas 500cc, A pista já estava seca e Roberts jr. ainda estava por perto e tentava a ultrapassagem sobre o The Doctor, enquanto McWilliams vinha na frente com 1 segundo na frente de Rossi. A Cada volta a Aprilla ficava cada vez mais empolgada, apreensiva e nervosa com o desempenho de McWilliams e com a possibilidade da vitória, Um pouco mais atrás Loris Capirossi superava Norick Abe e assumia a 4ªposição, Mas Capirossi acaba errando e Abe se aproveita disso e tem de volta o 4ºlugar, Quem via atrás dos dois era o Rápido piloto da Rizia TSR-Honda Jurgen vd Goorbergh em 6ºlugar fazendo uma grande corrida com sua moto que era uma moto que tinha limitações de desempenho apesar de ser uma Honda.
A 7 Voltas do final Rossi e Roberts jr. chegaram em McWilliams para o final da corrida. Enquanto que Garry Mccoy que largou na primeira fila praticamente sumiu na corrida estava nos boxes tentando ver se dava para melhorar o desempenho da sua moto. Roberts com 1:43.410 tinha naquele momento após a 23ªVolta a volta mais rápida da prova.

Jeremy McWilliams – Aprilla

Classificação após 24 voltas: 1. McWilliams, 2. Rossi a 0.518, 3. Roberts jr. a 0.786, 4. Abe a 17.326, 5. Capirossi a 17.742, 6. Vd Goorbergh a 18.121, 7. Max Biaggi a 20.703, 8. Gibernau a 22.271, 9. Criville a 22.352, 10. Okada a 26.610, 11. Checa a 28.300, 12. Laconi a 37.968. Biaggi e Checa estavam reagindo no final da corrida já que no começo da prova eles estavam muito longe da briga, lutando pelas últimas posições na corrida.

McWilliams continuava seguro na Frente, Rossi vinha sendo mais atacado pelo Roberts do que atacando McWilliams, mas qualquer erro do piloto da Aprilla poderia representar a perda da vitória, Garry Mccoy fazia 1:41.124, a melhor volta da corrida, Mas ele estava na última posição, sem nada pra fazer na corrida. Rossi abria fogo para cima de McWilliams, Era a Poderosa Honda lutando para vencer uma modesta Aprilla que fazia bonito nessa corrida. Mas Rossi com decisão no final da 27ªVolta ultrapassou a McWilliams e assumiu a liderança da prova pela primeira vez, Agora era Roberts jr. que tentava escalar McWilliams para tentar o segundo lugar. Classificação com 3 voltas para o Termino da Corrida: 1. Rossi, 2. McWilliams a 0.333, 3. Roberts jr. a 0.575, 4. Capirossi a 18.293, 5. Abe a 21.370, 6. Vd Goorbergh a 21.502, 7. Max Biaggi a 22.791, 8. Criville a 25.737.

McWilliams tentava voltar a ponta, Mas tinha que se cuidar com o Roberts jr. que estava longo atrás dele, Rossi tinha mais moto, Mas precisava cuidar de sua posição, McWilliams estava rápido, Mas Roberts foi para cima, chegando a ultrapassar O piloto da Aprilla, mas perdeu a trajetória correta e McWilliams voltou a 2ªposição. A duas voltas do final McWilliams continuava a partir para o ataque em cima de Rossi e Kenny Roberts jr. para cima de McWilliams. A uma volta e meia do final tudo era imprevisível qualquer um dos três poderia ganhar. Na Volta final Rossi tinha uma pequena vantagem sobre McWilliams que sofria ataque de Roberts jr.

Rossi ainda tinha pressão sobre McWilliams que saia de frente, Mas ainda vinha para cima, Só que a curvas do final da corrida Kenny Roberts jr. ultrapassa McWilliams e consegue o segundo lugar e Rossi com 395 milésimos conquistava sua primeira vitória na categoria principal do mundial de motovelocidade. Depois da vitória Rossi queimou pneus e fez sua festa para a torcida, Era a primeira de 80 Vitórias na categoria Rainha do mundial de motovelocidade, Kenny Roberts jr. foi o segundo e Jeremy McWilliams levou a Aprilla a uma 3ªposição superando adversários duros e as condições adversas. Alguns pilotos foram derrubados com a queda de ritmo de corrida que acabou muito devido aos pneus, Alex Barros que largou na pole position acabou a corrida em 14ºlugar. Naquela Altura do campeonato a classificação do campeonato era : Roberts jr. com 145 pontos, Checa 116 pontos, Capirossi 102, Abe 101, Rossi 92, Criville 88, Barros 79, Aoki 75, McCoy 62, Vd Goorbergh 56, Laconi 55, Okada e McWilliams 54 e Biaggi em 14º com 51 pontos.

Resultado final do GP da Inglaterra do mundial de motovelocidade – 500cc

1 Valentino Rossi (Honda) 52:37.246 em 30 Voltas
2 Kenny Roberts Jr. (Suzuki) a 0.395
3 Jeremy McWilliams (Aprilia) a 0.944
4 Loris Capirossi (Honda) a 23.037
5 Jürgen van den Goorbergh (TSR/Honda) a 25.574
6 Norick Abe (Yamaha) a 27.052
7 Alex Criville (Honda) a 29.617
8 Sete Gibernau (Honda) a 30.166
9 Max Biaggi (Yamaha) a 30.873
10 Tadayuki Okada (Honda) a 31.584
11 Carlos Checa (Yamaha) a 38.869
12 Regis Laconi (Yamaha) a 44.057
13 John McGuinness (Honda) a 1:03.534
14 Alex Barros (Honda) a 1:13.535
15 Anthony Gobert (Modenas/Proton) a 1:15.652
16 Nobuatsu Aoki (Suzuki) a 1:31.057
17 Garry McCoy (Yamaha) a 1 Volta
18 Sebastien Le Grelle (Honda) a 1 Volta

Não Terminaram a corrida:

Tetsuya Harada (Aprilia) 12 Voltas
José Luis Cardoso (Honda) 10 Voltas
Phil Giles (Honda) 1 Volta

Melhor Volta de cada piloto na corrida:

1 24 Garry McCoy (Red Bull Yamaha WCM YAMAHA) 1’39.895 27ªVolta
2 2 Kenny Roberts jr. (Telefonica Movistar Suzuki SUZUKI) 1’42.601 30ªVolta
3 46 Valentino Rossi (Nastro Azzurro Honda HONDA) 1’42.961 29ªVolta
4 26 John McGuinness (Demon Vimto Honda HONDA) 1’43.152 25ªVolta
5 99 Jeremy McWilliams (Blu Aprilia Team APRILIA) 1’43.162 29ªVolta
6 1 Alex Criville (Repsol YPF Honda Team HONDA) 1’43.810 30ªVolta
7 5 Sete Gibernau (Repsol YPF Honda Team HONDA) 1’43.849 30ªVolta
8 55 Regis Laconi (Red Bull Yamaha WCM YAMAHA) 1’43.893 28ªVolta
9 65 Loris Capirossi (Emerson Honda Pons HONDA) 1’43.915 27ªVolta
10 8 Tadayuki Okada (Repsol YPF Honda Team HONDA) 1’44.119 29ªVolta
11 17 Jurgen vd Goorbergh (Rizla Honda TSR-HONDA) 1’44.128 23ªVolta
12 4 Max Biaggi (Marlboro Yamaha Team YAMAHA) 1’44.135 25ªVolta
13 6 Norick Abe (Antena 3 Yamaha-d’Antin YAMAHA) 1’44.441 29ªVolta
14 7 Carlos Checa (Marlboro Yamaha Team YAMAHA) 1’44.617 22ªVolta
15 9 Nobuatsu Aoki (Telefonica Movistar Suzuki SUZUKI) 1’45.196 14ªVolta
16 30 Anthony Gobert (Proton TEAM KR MODENAS KR3) 1’45.225 27ªVolta
17 31 Tetsuya Harada (Blu Aprilia Team APRILIA) 1’46.046 11ªVolta
18 10 Alex Barros (Emerson Honda Pons HONDA) 1’46.161 9ªVolta
19 18 Sebastien Legrelle (Tecmas Honda Elf HONDA) 1’47.411 22ªvolta
20 25 Jose Luis Cardoso (Maxon Dee Cee Jeans HONDA) 1’48.269 5ªvolta
21 20 Phil Giles (Sabre Sport HONDA) 2’27.570 1ªVolta

Velocidade Máxima dos pilotos:

24 Garry McCoy (Red Bull Yamaha WCM YAMAHA) 252.2 Km/h
46 Valentino Rossi (Nastro Azzurro Honda HONDA) 246.7 Km/h
6 Norick Abe (Antena 3 Yamaha-d’Antin YAMAHA) 246.2 Km/h
1 Alex Criville (Repsol YPF Honda Team HONDA) 245.7 Km/h
8 Tadayuki Okada (Repsol YPF Honda Team HONDA) 245.1 Km/h
4 Max Biaggi (Marlboro Yamaha Team YAMAHA) 245.0 Km/h
10 Alex Barros (Emerson Honda Pons HONDA) 244.6 Km/h
7 Carlos Checa (Marlboro Yamaha Team YAMAHA) 243.4 Km/h
5 Sete Gibernau (Repsol YPF Honda Team HONDA) 243.3 Km/h
65 Loris Capirossi (Emerson Honda Pons HONDA) 243.1 Km/h
2 Kenny Roberts (Telefonica Movistar Suzuki SUZUKI) 241.8 Km/h
55 Regis Laconi (Red Bull Yamaha WCM YAMAHA) 241.8 Km/h
9 Nobuatsu Aoki (Telefonica Movistar Suzuki SUZUKI) 240.6 Km/h
99 Jeremy McWilliams (Blu Aprilia Team APRILIA) 237.7 Km/h
31 Tetsuya Harada (Blu Aprilia Team APRILIA) 237.4 Km/h
17 Jurgen vd Goorbergh (Rizla Honda TSR-HONDA) 235.2 Km/h
25 Jose Luis Cardoso (Maxon Dee Cee Jeans HONDA) 233.5 Km/h
30 Anthony Gobert (Proton TEAM KR MODENAS KR3) 233.1 Km/h
26 John McGuinness (Demon Vimto Honda HONDA) 229.3 Km/h
18 Sebastien Legrelle (Tecmas Honda Elf HONDA) 226.1 Km/h
20 Phil Giles (Sabre Sport HONDA) 168.6 Km/h

Vídeo da corrida:

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Vídeo: MotoGP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *