Marquez aproveita queda de Rossi para conquistar 9ªVitória do ano em Sepang

Marquez já campeão, Venceu o GP da Malásia no quentíssimo circuito de Sepang. Em uma disputa com Valentino Rossi que não aconteceu. O piloto Italiano a 4 voltas do final acabou caindo da sua moto na curva 1 e deixando a vitória para a Formiga Atômica. As provas foram antecipadas em 2 horas para que se evitasse a situação da classificação da categoria principal, Que acabou bem chuvosa.

Zarco que largou na pole não foi bem na largada, Rossi é que assumiu a liderança, Zarco ainda se colocou em segundo lugar e Miller passou para o 3ºlugar. Depois vieram Iannone, Dovizioso e Marquez subindo para o 6ºlugar. A partir dai, O campeão de 2018 começou sua recuperação, Passando ainda na primeira volta Dovizioso e Iannone. No última curva da 1ªVolta, Iannone cai e abandona a prova em sua penúltima corrida pela Suzuki.

O Malaio Hafizh Syarhin que largou em último lugar ganhou 12 posições e estava na segunda volta em excelente 11ªposição. Marquez passou Miller na segunda volta chegando ao 3ºlugar, Fazendo a melhor volta.

Lá atrás, Viñales em recuperação disputou posição  contra Bautista e acabou ganhando a parada com seu melhor equipamento, Ganhando o 9ºlugar.

Rossi vinha a 7 décimos a frente de Zarco. Marquez vinha se aproximando do piloto Francês da Tech 3. Dovizioso tentou aprontar para cima da Formiga Atômica, chegando a passar Marquez, Mas isso não durou muito e o piloto da Honda pode retornar a posição.

Viñales continuava a subir, Já vinha em 8ºlugar após ganhar a posição em cima de Petrucci.  No final da 5ªVolta, Marquez arriscou tudo para cima de Zarco e conseguiu a 2ªposição e agora era somente Rossi na frente dele. Miller que começou bem a corrida estava perdendo posições, Já vinha em 7ºlugar após ser ultrapassado pelo Daniel Pedrosa.

Pedrosa não iria parar por aqui, Ele superou a Rins e Dovizioso e assumiu o 4ºlugar. Enquanto Honda e Suzuki subiam na classificação, Quem não vinha muito bem era os pilotos da Ducati. Dovizioso segurava Rins e Miller mais atrás, Sua moto não estava rendendo bem. Ao final da volta, Rins passa Dovi e chega ao 5ºlugar. Michele Pirro acabou caindo e sua moto começou a pegar fogo na curva 15.

Marc Marquez estava a 7 décimos de Rossi, Tentando chegar no Doutor para brigar pela vitória. Enquanto isso, Viñales foi para cima de Miller e subiu para o 7ºlugar na 9ªVolta. Um pouco mais atrás, Bautista com a Ducati de 2017 e em grande fase supera Petrucci com a Ducati 2018 da Pramac e ganha o 9ºlugar, Shayhin vinha em 11ºlugar e se aproximando da disputa.

Rossi estava disposto a vencer, Na metade da prova o piloto da Yamaha estava 1.1 segundo a frente de Marquez. Nesse meio tempo, Viñales passou Dovizioso e assumiu o 6ºlugar. Ótima corrida de recuperação do vencedor do GP da Austrália na semana anterior.

Na 12ªVolta, Rins foi para cima de Pedrosa e acabou superando o piloto da Honda Repsol ganhando o 4ºlugar. Lá atrás, Os irmãos Espargaró disputavam o 12ºlugar. A 8 voltas do final, Sharyin superou Petrucci, Mas em pouco tempo o italiano acabou voltando ao 10ºlugar.

Marquez tentava a aproximação pra cima de Rossi, Chegou a ficar na cola do piloto da Yamaha. Porém não conseguia a hora certa para ganhar a ponta, Zarco em 3º, Já estava longe dos dois primeiros colocados. Enquanto que Viñales começava a partir para cima de Dani Pedrosa.

Rossi estava disposto a não perder a corrida e continuava resistindo a Marquez. Até que a 4 Voltas do final, Na curva 1 o veterano de 39 anos vai para o chão e deixava a liderança nas mãos da Formiga Atômica. 5 segundos depois vinha Zarco que parecia estar com o segundo lugar na suas mãos.

Porém, O Francês perdeu muito rendimento no final e foi pressionador pelo Alex Rins. Na última volta, O piloto da Suzuki supera Zarco e ganha o segundo lugar. Marquez conquista  a sua 9ªVitória na temporada e sua 70ªVitória no Mundial de Motovelocidade. A enorme capacidade de Marquez faz dele o grande dominador da categoria mesmo sem ter a melhor moto do Grid.

Alex Rins comemorou junto da sua equipe o excelente 2ºlugar, É seu segundo pódio seguido na MotoGP. O piloto da Suzuki vem em excelente fase. O pódio foi completado por Zarco, com sua velha Moto Yamaha de 2016. Evidente que a Moto do Francês esta com o Desenvolvimento encerrado, já não tem mais como melhorar ela. Final de semana incrível.

Marevick Viñales acabou em uma boa 4ªposição após largar em 12ºlugar. Dani Pedrosa fechou sua penúltima corrida da carreira. Andrea Dovizioso teve um dia complicado, Apesar disso com 6ºlugar, Com 25 pontos a frente de Rossi o piloto da Ducati pela segunda vez seguida conquista o vice-campeonato do Mundial.

Alvaro Bautista em uma bela exibição acabou em 7ºlugar na sua volta a equipe Angel Nieto, Superando ao Australiano Jack Miller que chegou a ficar em 3ºlugar no começo da corrida, Mas acabou caindo com o decorrer da prova devido as limitações da sua Moto. Danilo Petrucci a cada dia mais contestável a sua ida a equipe oficial da Ducati em 9ºlugar.

Hafizh Sharyin fez uma bela corrida de recuperação, O 10ºlugar compensou o esforço do piloto da casa para os mais de 100 mil pessoas que viram o bom desempenho do piloto Malaio.

Aleix Espargaró, Franco Morbidelli, Stefan Bradl (Substituindo a Cal Crutchlow), Takaaki Nakagami e Bradley Smith completaram a zona de pontuação. Daqui a duas semanas teremos a última etapa do campeonato. Com as três categorias definidas a prova será um amistoso, Mas será uma corrida de festa e com as 3 corridas animadas já que nenhum dos pilotos tem mais nada a perder.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Resultado final do GP da Malásia
Moto GP – Mundial de Motovelocidade

pos piloto Equipe Moto Tempo
1 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda 40’32.372
2 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki a 1.898
3 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha a 2.474
4 25 Maverick Vinales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha a 4.667
5 26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda a 6.190
6 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati a 11.248
7 19 Alvaro Bautista Angel Nieto Team Ducati a 15.611
8 43 Jack Miller Alma Pramac Racing Ducati a 19.009
9 9 Danilo Petrucci Alma Pramac Racing Ducati a 22.921
10 55 Hafizh Syahrin Monster Yamaha Tech 3 Yamaha a 26.919
11 41 Aleix Espargaro Aprilia Racing Team Gresini Aprilia a 29.503
12 21 Franco Morbidelli EG 0,0 Marc VDS Honda a 30.933
13 6 Stefan Bradl LCR Honda CASTROL Honda a 35.322
14 30 Takaaki Nakagami LCR Honda IDEMITSU Honda a 37.912
15 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM a 39.675
16 12 Thomas Luthi EG 0,0 Marc VDS Honda a 41.820
17 10 Xavier Simeon Reale Avintia Racing Ducati a 43.978
18 46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha a 58.288
19 45 Scott Redding Aprilia Racing Team Gresini Aprilia a 1’00.191
44 Pol Espargaro Red Bull KTM Factory Racing KTM a 4 Voltas
51 Michele Pirro Ducati Team Ducati a 15 Voltas
17 Karel Abraham Angel Nieto Team Ducati a 17 Voltas
29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Suzuki a 20 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *