Depois de 113 corridas, Raikkonen conquista vitória e Vettel consegue adiar a decisão

Um longo jejum de mais de 5 anos entre o GP da Austrália de 2013 até o dia de hoje. Foi o que durou o jejum de vitórias de Kimi Raikkonen na Formula 1. Em uma atuação brilhante, O finlandês venceu pela 21ªvez, Se tornando o piloto do seu país com o maior número de vitórias. Os resultados de Lewis Hamilton que ficou em 3ºlugar e Sebastian Vettel em 4ºlugar fazem a definição do campeonato fossem adiado para o GP do México, No próximo domingo.

Para o Homem de Gelo, O Domingo começou a dar tudo certo na Largada aonde ele tracionou melhor que Hamilton e assumiu a liderança no final da reta. Bottas, Ricciardo e Vettel manteram suas posições, Com Hulkenberg e Sainz jr. levando a Renault ao 6º e 7ºlugares. Nas primeiras curvas, Lance Stroll se chocou com Fernando Alonso. Isso fez com que o Canadense ir aos boxes para reparar seu carro e o piloto Espanhol abandona a corrida.

Ainda na primeira volta, Vettel foi para cima de Ricciardo e acabou passando no meio da reta, O Australiano não desistiu da posição, Chegou a voltar ao 4ºlugar e dai, em uma das curvas da parte mais lenta do circuito o Alemão se precipita, toca no piloto da Red Bull e roda, Caindo para o 15ºlugar. Parecia que o campeonato tinha ido para o brejo de forma definitiva. Grosjean também foi para os boxes, Após fazer Charles Leclerc rodar no final da reta oposta.

Impressionante era as primeiras 2 voltas do Verstappen. Que largou do 18ºlugar para o 9ºlugar. 3 Voltas depois,O piloto Holandês passou os dois pilotos da Force India, Subindo para o 7ºlugar. Vettel estava mais atrás, recuperando posições lá atrás.

Na 7ªvolta, Verstappen passou os pilotos da Renault (Hulkenberg e Sainz jr.) e assumiu a 5ªposição e Vettel passou Ocon ganhando o 8ºlugar, Uma recuperação rápida do piloto da Ferrari.

Lá na frente, Raikkonen abre 2 segundos de frente para Hamilton, que estava acompanhando o finlandês. Na 9ªvolta, Daniel Ricciardo abandona a prova , Isso provocou o acionamento do Safety Car virtual a partir da 11ªvolta. Isso fez com que Sirotkin, Vandoorne e Gasly ir para os boxes. Lewis Hamilton aproveitou para ir aos boxes na entrada da 12ªVolta,Tática que Raikkonen não fez e nenhum dos pilotos que estava na frente. Logo depois da Parada de Hamilton, O Safety Car saiu da pista. A corrida recomeça e Vettel na reta oposta passou fácil a Nico Hulkenberg, Passando para o 5ºlugar.

Hamilton voltou a pista e estava bem rápido na pista, Na volta 14 Bottas não deu a menor resistência para o seu companheiro de equipe partir para cima de Raikkonen. Em poucas voltas a vantagem de  6.7 segundos virou pó, Hamilton encostou em Raikkonen na volta 18, A Partir dai o piloto Finlandês começou a segurar o líder do campeonato de maneira heroica durante 3 voltas até que a Ferrari chamou o homem de gelo para a sua parada nos boxes. Hamilton voltava a liderança.

A partir dai começaram os líderes a pararem, Verstappen parou na volta 23 e Bottas na volta 24. O piloto da Red Bull que restou na prova acabou ganhando a posição do piloto da Mercedes nessas paradas. Hamilton era o líder e Vettel era o segundo, O resultado daria uma sobrevida a Vettel no campeonato por 1 ponto no GP do México.

Vettel estava com os pneus desgastados e ficando cada vez mais para trás enquanto que na Volta 25, Raikkonen marcou a melhor volta da prova e passou seu companheiro de equipe. Logo depois o Alemão começou a ficar para Vettel, Com 27 voltas de desgaste dos pneus só restou o piloto da Ferrari ir para a sua parada, Caindo para o 5ºlugar. Todos os outros pilotos fizeram paradas por volta 25 até a 28. Os últimos a fazerem parada nos boxes foram Marcus Ericsson e Kevin Magnussen na volta 31.

Hamilton continuava líder com grande vantagem, para Raikkonen que estava em 2º, Mas a Mercedes vinha consumindo mais pneus que o carro da Ferrari, A cada volta Hamilton perdia de 1 a 1 segundo e meio do Finlandês. Dava para ver que o Hamilton era muito evidente e uma nova parada nos boxes era inevitável. Na volta 38, O piloto inglês foi para os boxes pela segunda vez.

Seriam 18 voltas para Hamilton voar para cima de todo mundo, Para ser campeão. Automaticamente Bottas cedeu o 3ºlugar para seu companheiro de equipe. Nas voltas 39, 40 e 41, Hamilton voou baixo com as melhores voltas da prova e estava se aproximando do Verstappen. Porém Verstappen também se aproximava do Raikkonen e o que estava por vir é um grande final de corrida. Mais atrás, Bottas que sofria com o desgaste dos pneus, começava a sentir a pressão de Sebastian Vettel em disputa a 4ªposição.

A 10 voltas do final, A diferença entre Raikkonen, Verstappen e Hamilton era de apenas 3.7 segundos. O piloto Finlandês tentava escapar do piloto Holandês enquanto que Hamilton tentava se aproximar do piloto da Red Bull, Porém Verstappen estava no ataque também e a turbulência provocada pelo carro do Holandês impedia um avanço do piloto da flecha prateada.

Verstappen e Hamilton tentavam abrir a asa móvel. Por uma volta o Holandês conseguiu abrir a asa móvel. Porém foi Hamilton nas voltas finais é que abriu a asa móvel para chegar em Verstappen.

Na antipenúltima volta, Hamilton foi para cima de Verstappen que acabou dando uma bobeada, Os dois ficaram praticamente lado a lado. Hamilton chegou a passar Verstappen, mas acabou saindo da pista e Verstappen acabou se dando bem e manteve a segunda posição. Com isso, Raikkonen abriu a vantagem suficiente para administrar a liderança até o final da prova.

Após 113 corridas sem vitória, Raikkonen leva a sua vitória de número 21 da carreira. A primeira vitória desde da sua volta a equipe italiana, Que ajudou a Adiar a decisão do título para o GP do México no circuito de Hermanos Rodriguez. Max Verstappen fez uma brilhante prova de recuperação e acabou em 2ºlugar a apenas 1.281 segundos atrás do Homem de Gelo.

Lewis Hamilton acabou não saindo do Texas do título, Mas o 3ºlugar deixa o piloto da Mercedes a apenas um 7ºlugar em qualquer uma das três corridas finais para ser o campeão do Mundo. Sebastian Vettel que viu as suas chances de título acabadas na maior parte da prova acabou ultrapassando no final a Valtteri Bottas ficando com o 4ºlugar. Só que agora não resta outro resultado a Vettel se não vencer as 3 provas finais e que Hamilton não faça mais do que 4 pontos nas três provas finais. Se Vettel deixar de ganhar uma das provas, O título será de Lewis Hamilton. Valteri Bottas acabou em 5º, Com os pneus bem desgastados.

Nico Hulkenberg e Carlos Sainz jr. (Mesmo com uma punição de 5 segundos) fizeram uma grande corrida e com o 6º e 7ºlugares praticamente garantiam o 4ºlugar dos construtores. Já o 8ºlugar tinha ficado com Esteban Ocon, Mas acabou sendo desclassificado após quebra do limite de fluxo de combustível de 100 kg / h durante a 1ªvolta da prova.

Kevin Magnussen que ficou em 9ºlugar também foi desclassificado, Por usar uma quantidade maior do que os 105 kg de combustível permitidos desde do momento da largada até o final da prova. Nisso tudo o 8ºlugar ficou com o Mexicano Sergio Perez com a Force India que sobreviveu da desclassificação.

Brendon Hartley que fez uma belíssima corrida com o carro da Toro Rosso. Com as desclassificações de Ocon e Magnussen o Neozelandês foi do 11º para o 9ºlugar, Seu melhor resultado na Formula 1. E a zona de pontuação é completada pelo Sueco Marcus Ericsson.

Stoffel Vandoorne da Mclaren acabou batendo na trave, Completando em 11ºlugar. Completando os pilotos que terminaram a prova ficaram Pierre Gasly da Toro Rosso, E Sergey Sirotkin e Lance Stroll da Williams.

Semana que vem teremos o GP do México de Formula 1, A prova que provavelmente vai definir o campeonato a favor de Lewis Hamilton, Que só precisa de um 7ºlugar para conquistar o pentacampeonato. Vettel precisa de um milagre para levar a decisão para o Brasil e mais ainda para Abu Dhabi e praticamente um milagre para levar o título em Abu Dhabi. Domingo que vem teremos a segunda tentativa de um Match Point de Lewis Hamilton.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Resultado Final – GP dos Estados Unidos
18ªEtapa – Mundial de Formula 1 – 2018

pos Piloto Equipe Chassis Motor Voltas Tempo Grid
1 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 56 1:34:18.643 2
2 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 56 a 1.281s 18
3 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 56 a 2.342s 1
4 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 56 a 18.222s 5
5 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 56 a 24.744s 3
6 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 56 a 1:27.210 7
7 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 56 a 1:34.994 11
DES 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 56 a 1:39.288 6
DES 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 56 a 1:40.657 12
8 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 56 a 1:41.080 10
9 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 55 a 1 volta 20
10 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 55 a 1 volta 16
11 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 55 a 1 volta 17
12 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 55 a 1 volta 19
13 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 55 a 1 volta 14
14 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 54 a 2 voltas 15
16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 31 Abandono 9
3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 8 Elétrico 4
8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 2 Acidente 8
14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1 Acidente 13

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Renault/Toro Rosso/Force India/Haas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *