F1 Formula 1 Formula 1 - 1982 Fotos História

GP de Las Vegas de 1982

LAsVegas_1982_373 (4)

Grid de largada:

1 Alain Prost Renault 1’16.356
2 René Arnoux Renault 1’16.786
3 Michele Alboreto Tyrrell/Ford 1’17.646
4 Eddie Cheever Ligier/Matra 1’17.683
5 Riccardo Patrese Brabham/BMW 1’17.772
6 Keke Rosberg Williams/Ford 1’17.886
7 Mario Andretti Ferrari 1’17.921
8 Patrick Tambay Ferrari 1’17.958
9 John Watson McLaren/Ford 1’17.986
10 Derek Warwick Toleman/Hart 1’18.012
11 Jacques Laffite Ligier/Matra 1’18.056
12 Nelson Piquet Brabham/BMW 1’18.275
13 Niki Lauda McLaren/Ford 1’18.333
14 Derek Daly Williams/Ford 1’18.418
15 Roberto Guerrero Ensign/Ford 1’18.496
16 Bruno Giacomelli Alfa Romeo 1’18.622
17 Marc Surer Arrows/Ford 1’18.734
18 Andrea de Cesaris Alfa Romeo 1’18.761
19 Brian Henton Tyrrell/Ford 1’18.765
20 Elio de Angelis Lotus/Ford 1’19.302
21 Nigel Mansell Lotus/Ford 1’19.439
22 Manfred Winkelhock ATS/Ford 1’19.767
23 Mauro Baldi Arrows/Ford 1’20.271
24 Raul Boesel March/Ford 1’20.766
25 Rupert Keegan March/Ford 1’21.180
26 Tommy Byrne Theodore/Ford 1’21.555

Não Classificaram para a corrida:

Teo Fabi (Toleman/Hart) 1’21.569
Eliseo Salazar (ATS/Ford) 1’21.583
Chico Serra (Fittipaldi/Ford) 1’22.387
Jean-Pierre Jarier (Osella/Ford) 1’19.222

Alboreto conquista vitória a Tyrrell depois de 4 anos e Rosberg leva o título em Las Vegas

Uma Frase resume Las Vegas: O que de faz em Las Vegas, Fica em Las Vegas. Mas no dia 25 de Setembro de 1982 no Caesars Palace essa frase se desfaz totalmente. Essa seria a corrida final do campeonato, Rosberg tinha 42 pontos contra 39 de Pironi e 33 de Watson, Mas Pironi pelo acidente Gravissimo na Alemanha ficou impossibilitado de lutar pelo título, Watson com 2 vitórias e 33 poderia ser o campeão, Mas teria de vencer a corrida e torcer para Rosberg não chegar entre os 6 primeiros colocados. Isso daria os mesmo 42 pontos de Rosberg e Daria o Título a Watson pelo número de vitórias maior do Inglês. Mas ainda tinha mais, Niki Lauda que entrou nessa corrida com 30 pontos, Mas a Mclaren recorreu de uma decisão que tirou um 4ºlugar de Lauda, Se Lauda vencesse em Caesars Palace e conseguisse esses pontos ele poderia ser o campeão do mundo, Para Rosberg, Bastava um 6ºlugar para não depender de mais nada.

Só que a Pole ficou com o piloto Alain Prost com o carro da Renault com Rene Arnoux em Segundo lugar, Um domínio da equipe Francesa enorme, Em terceiro lugar largaria Michele Alboreto com a Tyrrell que tomaria 1.3 Segundos, A Renault tinha o carro mais rápido do ano, Mas várias quebras fizeram a equipe chegar a última corrida com nenhum dos pilotos tendo chances de campeonato. Alboreto com a Tyrrell e Cheever da Ligier faziam a segunda fila e Ricardo Patrese e Keke Rosberg que largaria em 6ºlugar e Watson iria largar apenas em 9ºlugar. Uma missão quase impossível para Watson.

O show iria começar em Las Vegas no Caesars Palace, Na Largada Prost manteve a ponta com Arnoux em segundo, Alboreto em 3º, Patrese em 4º e Cheever em 5º, Seria uma briga daquelas entre Prost e Arnoux já que ambos se odiavam e se degradiavam pelo posto de primeiro piloto da Renault, Arnoux foi conhecido como o piloto que não se curvou para Alain Prost, uma Magoa que ele levou o resto da carreira na Formula 1.
Arnoux passou logo Prost e assumiu a ponta da corrida na segunda volta, Mas Michele Alboreto vinha tendo um ritmo de corrida também muito bom, Já Keke Rosberg fez uma largada cuidadosa e perdeu uma posição para Mario Andretti que faria a última corrida dele na Formula 1. Watson estava atrás de Rosberg que levaria o título até aquele momento da prova.

Mario Andretti estava lutando com o Norte-americano Eddie Cheever pelo 5ºlugar na corrida querendo fechar sua trajetória na Formula 1 com um grande desempenho, Mas Cheever também não só se defendia, ele iria atacando também a Riccardo Patrese com o carro da Brabham, Aliás Patrese formava um grupo onde ele era o primeiro com Cheever, Andretti, Rosberg e Piquet logo atrás do Italiano.

Partick Tambay e Roberto Guerreiro não conseguiram largar, O primeiro abandono de corrida acabou sendo de Jacques Laffite que estava de de mudança, Iria correr de Williams na temporada de 1983 no lugar de Derek Daly. Classificação após 5 voltas completadas: 1. Arnoux 6:55.457, 2. Prost a 0.860, 3. Alboreto a 5.712, 4. Patrese a 13.149, 5. Cheever a 13.704, 6. Andretti a 14.358.

Continuava a briga entre Patrese e Cheever pelo 4ºlugar na corrida enquanto as Renault fugiam de todos os outros. Prost partia para o ataque em cima de Rene Arnoux na luta pela liderança da corrida. Já Watson já começava a reagir, ele partiria para uma incrível recuperação para tentar o título, se iria dar certo isso veríamos no final da corrida. Rosberg também buscava passar Andretti para buscar o 6ºlugar, lugar que ele precisava para o Finlândes ser o campeão da temporada.

Já Para Mansell tentou voltar a corrida, Mas acabou embolado nas telas de proteção e acabou tendo de deixar a prova com a Lotus que não veio nada bem para essa corrida largando no final do Grid o que era lamentável para um time tão tradicional como a Lotus.

Cheever continuava colocando pressão em Patrese na luta pelo 4ºlugar. Classificação após 10 voltas completadas: 1. Rene Arnoux 13:48.684, 2. Alain Prost a 1.570, 3. Michele Alboreto a 3.961, 4. Riccardo Patrese a 17.649, 5. Eddie Cheever a 18.296, 6. Mario Andretti a 20.304 Dois Franceses em 1º e 2º, Dois italianos em 3º e 4º e dois Norte-americanos em 5º e 6ºlugar. A melhor volta da corrida ainda era de Rene Arnoux na 4ªVolta com 1:21.543, Média de 161.140 km/h – 100.128 Milhas.

Watson tinha já ultrapassado a Nelson Piquet e vinha já para cima de Keke Rosberg para tomar o 7ºlugar do Finlandês e continuar sua luta pelo título da Temporada, era o confronto direto entre os dois pilotos. Na 12ªVolta pelo desempenho de Watson ele tinha mais carro que a Williams do Finlandês. na Volta seguinte Watson passou Rosberg que não ficou preocupado em se defender de Watson.

LAsVegas_1982_373 (13)

Lá na frente era impressionante o desempenho de Michele Alboreto que acompanhava de perto aos dois Renault com motores Turbo sendo que o Italiano tinha o Ford Cosworth que não era motor Turbo. Mesmo com a potência desses motores Turbo o título estava sendo decidido entre pilotos com motores aspirados, Dois motores Ford Cosworth. Continuava também a luta pelo Quarto lugar entre Patrese, Cheever, Andretti e Watson que vinha com mais ação e com um carro com melhor desempenho que todos eles na frente dele. Prost passou a Rene Arnoux e voltava a liderança da corrida.
Classificação após 15 voltas de corrida: 1. Alain Prost 20:41.670, 2. Rene Arnoux a 1.752, 3. Michele Alboreto a 2.426, 4. Riccardo Patrese a 23.813, 5. Eddie Cheever a 24.083, 6. Mario Andretti a 24.499. Watson passava a Andretti e já estava em sexto lugar na volta 16 para a 17, enquanto Watson abria fogo para cima de Cheever o piloto Michele Alboreto abria fogo para cima de Rene Arnoux que perdia rendimento na pista.

Watson passou a Cheever e tinha para cima de Patrese, Mas Patrese deixou a corrida, com isso Watson estava em 4ºlugar e poderia ele estar com mais carro que os primeiros colocados. Mas teria que tirar 24 segundos sobre Prost, Não era fácil, Mas tinha muito tempo de corrida ainda. Ricciardo Patrese deixou a corrida com problemas de embreagem da sua Brabham.

Na volta 20 Alboreto finalmente ultrapassava a Rene Arnoux, O motor de Arnoux não funcionava mais e ele foi obrigado a deixar a corrida deixando Alboreto em 2º e Watson já na terceira posição, Cheever em 4º, Andretti em 5º e Rosberg em 6ºlugar, Naquele momento o maior problema de Watson era Keke Rosberg entre os 6 primeiros pois mesmo Watson Ganhando a corrida de nada iria adiantar para ele ser o campeão do campeonato de 1982.

Keke queria o 5ºlugar e estava perto de Mario Andretti que substituiu a Didier Pironi que ainda era o vice-líder do campeonato e seria o vice-campeão caso a corrida acabasse com Watson em 3ºlugar e com Rosberg em 6º. Classificação após 21 Voltas completadas: 1. Alain Prost 28:48.822, 2. Michele Alboreto a 8.661, 3. John Watson a 30.705, 4. Eddie Cheever a 32.885, 5. Mario Andretti a 37.678, 6. Keke Rosberg a 38.358.
Watson iria com tudo para passar a Prost e a Alboreto, já Rosberg teria que apenas administrar a corrida e ganhar as posições que ele pudesse ganhar e teria de manter essa poisções, pois acabando a prova naquele momento o título era dele com 43 pontos contra 37 de Watson que ficaria em 3ºlugar no campeonato já que Pironi mesmo se recuperando de um acidente ainda tinha 39 pontos ganhos. Enquanto isso Alain Prost faria a melhor volta da corrida com 1:20.845 – Média de 162.532 km/h – 100.993 Milhas.
Rosberg continuava com boiando a Andretti enquanto ultrapassavam a Tommy Byrne com a pequena Theodore que classificou para a corrida em 26ºlugar no grid de largada, ou seja última das vagas no grid da Formula 1.

A Corrida chegava em seu primeiro terço de prova com o panorama ainda muito favorável para Keke Rosberg que seria o campeão. Na volta 27 Mario Andretti acaba rodando e com isso perdendo o carro. O Piloto Norte-americano não conseguiu colocar seu carro de volta a corrida sem dúvida por causa de um problema de suspensão. Andretti deixava a corrida na última corrida da temporada, O mesmo acontecia com Piquet que teria um ano para ser esquecido, pois teve que desenvolver o Motor BMW que entrava nessa temporada após ter um ano de 1981 brilhante.

Rosberg com isso ficava com a situação mais favorável para ele que estava em 5ºlugar na corrida, Watson em 3º teria de correr muito para tentar buscar a vitória e secar demais a Rosberg para conseguir o título mundial. O Motor de Elio de Angelis na 29ªVolta deixava o italiano na mão com seu Lotus 91 da John Player Special, seria a última corrida de Colin Chapman no comando da Lotus, pois ele viria a falecer em dezembro de 1982.

De Cesaris e Lauda lutavam pelo 7ºlugar na corrida, uma belíssima Briga entre os dois, Lauda precisava da vitória e de uma vitória nos tribunais para ser o campeão, Mas perto do que Watson estava fazendo era muito pouco mesmo para o piloto da Mclaren do carro 8.

De Cesaris que depois de um ano desastroso na Mclaren tinha feito um ano bastante digno pela Alfa Romeo mesmo tendo um carro com motor deficiente. Lauda acabou assim mesmo com a Garra de De Cesaris ultrapassando o piloto italiano e assumindo o 7ºlugar na corrida. Prost colocava de novo a volta mais rápida da corrida com 1:20.340 – Média de 163.553 km/h – 101.628 mph Classificação após 34 voltas: 1. Prost, 2. Alboreto, 3. Watson, 4. Cheever, 5. Rosberg, 6. Daly, 7. Lauda, 8. De Cesaris.

Prost seguia na frente e parecia que a Renault iria passear na frente pelo fato de ter motores Turbo para a Tyrrell com os modestos motores Ford Cosworth, Derek Warwick que tinha classificado bem com a Toleman-Hart deixava a corrida com problemas de Ignição, Com isso 16 pilotos ainda estavam na corrida dos 26 que largaram para a Caesaes Palace Grand Prix em Las Vegas.

Com nenhuma briga rolando e apenas a tentativa de aproximação que ele tentava sobre Prost e de Alboreto, Niki Lauda conseguiu passar Derek Daly e assumiu o 6ºlugar na corrida que chegava em sua metade de prova, faltando ainda 36 voltas para o final, tudo poderia acontecer e pelo número de quebras que a prova já tinha era possível que poucos carros chegassem ao final da corrida e a esperança da Mclaren de Watson era que Rosberg não resistisse e deixasse a corrida e que também Prost e Alboreto tivesse problemas, Assim poderia chegar a vitória e ao título, Lauda e Daly lutavam pelo 6ºlugar na corrida.

Classificação após 40 voltas de corrida: 1. Alain Prost 54:30.237, 2. Michele Alboreto a 14.683, 3. John Watson a 27.558, 4. Eddie Cheever a 41.410, 5. Keke Rosberg a 55.026, 6. Niki Lauda a 1:15.297
Tommy Byrne na 40ªVolta deixou a corrida com a Theodore o que não fazia muita diferença para a corrida que estava rolando, Watson tinha diminuído a diferença para Alboreto, Mas para Prost era quase impossível tirar 28 segundos tendo o Francês em mãos de um melhor equipamento. Prost vinha ultrapassando os retardatários com facilidade e com tranquilidade que seria a característica dele na formula 1, sempre se resguardando para atacar na hora certa para vencer,nesse caso nem precisou disso, ele largou na frente, só esperou Arnoux começar a ter problemas para assumir a ponta.

Prost iria colocar volta no 7ºcolocado que era o companheiro de equipe de Keke Rosberg na Williams o Irlandês Derek Daly. Classificação após 45 voltas completadas: 1. Alain Prost 1:01.19.246, 2. Alboreto a 11.291, 3. Watson a 23.249, 4. Cheever a 37.459, 5. Rosberg a 52.039 e Lauda em 6º a 1:13.749.

Prost começava a ver sua diferença cair para Alboreto, por incrível que pareça e com Watson andando mais rápido que Alboreto poderia até ter uma surpreendente briga no final da corrida, não se sabia nesse momento se Prost estava administrando a corrida para acelerar no final ou se tinha problemas em seu carro. Só que Alboreto se aproximava rápido de mais de Prost o que indicaria um problema em seu carro. Para Watson era uma esperança, Mas com Rosberg em 5ºlugar todo o tipo de quebra ou de ajuda seria inútil, pois o título seria de Keke Rosberg.

Prost vinha com problemas e Alboreto vinha chegando no Francês de Forma muito rápida e uma possível e improvável vitória poderia esta acontecendo, para a Tyrrell seria uma vitória depois de 4 anos da última vitória na Formula 1. 3.459 segundos era a diferença de Prost para Alboreto.
Na Volta 52 Alboreto faz a ultrapassagem em cima de Prost e assumia a liderança da corrida para a Festa de Ken Tyrrell, Do jeito que Prost estava Watson iria chegar e poderia ultrapassar a Prost e dai Watson poderia partir para cima de Alboreto. A vitória poderia ser possível para Watson, se isso acontecesse Watson teria de torcer para Rosberg tivesse problemas e perdesse pelo menos 2 posições e ficasse fora da Zona de pontos para que Watson comemorasse o título para a Irlanda do Norte que era a sua nacionalidade. Classificação após 52 voltas: 1. Alboreto 1:10.57.150, 2. Prost a 1.971, 3. Watson a 10.957, 4. Cheever a 29.532, 5. Rosberg a 43.349, 6. Lauda a 1:12.316.
Alboreto agora tinha a corrida na mão, Mas tinha que deter a queda de diferença entre ele e Watson para garantir a vitória. Lauda quebrou o motor e deixava a corrida, tinha uma chance de título, Mas com a quebra suas chances se acabaram e mesmo se vencesse teria de esperar no tribunal a decisão de iria ser campeão, Mas essa possibilidade acabava na volta 54 para Lauda.

Restando 20 voltas para o final Watson iria para cima de Prost e sem nenhuma dúvida iria conseguir tomar o segundo lugar do Francês que a 10 voltas estava tranquilamente na liderança da corrida e sem qualquer tipo de problema em seu carro agora se arrastava na pista praticamente, Alboreto na volta 54 faria a melhor volta da prova com 1:20.315 – Média de 163.504 km/h – 101.659 mph.

Watson definitivamente foi para cima de Prost e logo conseguiu a ultrapassagem para assumir o segundo lugar e ele teria 20 voltas para tentar tirar a diferença sobre Alboreto e ultrapassar o jovem piloto italiano e com isso vencer e teria de torcer para Rosberg sair dos seis primeiros colocados, nesse ponto da corrida só um problema ou quebra para Rosberg perder a 5ªposição, Quem estava atrás de Rosberg era o 6ºlugar Derek Daly com a Williams que não iria atacar a Rosberg e Marc Surer em 7ºlugar que tinha um carro da Arrows que dificilmente faria frente a Rosberg e nem a Daly então só problema com Rosberg para que o título não fosse para a Finlândia em 1982.
Watson agora precisava andar como nunca para chegar em Alboreto que estava inteiro com a Tyrrell completando a volta 58 e tendo 13 segundos sobre Watson, Alboreto estava aumentando a vantagem para Watson, Ken Tyrrell poderia ver um piloto da sua equipe vencer a corrida depois de 4 anos na seca sem vitórias, inclusive sem patrocinador em algumas temporadas.

Prost continuava a perder terreno o que passava até a ser ruim para Watson, pois se perdesse mais tempo Prost poderia ser ultrapassado por Cheever e até por Rosberg o que para o Finlândes era tudo que ele queria, Mas o 5ºlugar já dava o título para Rosberg, seria o 2ºtítulo de pilotos para a Williams que em 1982 ao contraio de 1980 e 1981 não teve o melhor carro do ano, mas teve um carro confiável e era por isso que Rosberg estava sendo o campeão até aquele momento. Classificação após 60 voltas completadas: 1. Michele Alboreto 1:21.38.061, 2. John Watson a 18.389, 3. Alain Prost a 29.121, 4. Eddie Cheever a 35.773, 5. Keke Rosberg a 53.183 e em 6º Derek Daly a 1 Volta.

Prost começava a a ver em seu retrovisor o Norte-americano Eddie Cheever que fazia uma belíssima corrida naquele momento e via a chance de levar a Ligier ao pódio na sua última pela equipe francesa, pois ele correria pela Renault em 1983 no lugar de Arnoux que iria para a Ferrari formar dupla com o Partick Tambay.

Watson não conseguia se aproximar de Alboreto que já colocava 20 segundos de distância para o Norte Irlandes. Cheever chegava em Prost, Mesmo a Ligier não sendo tudo isso na temporada de 1982 o desempenho do carro azul era infinitamente melhor do que o carro da Renault. Prost tentava resistir ainda, Mas era praticamente impossível para segurar Cheever.

Na Volta 63 após muita luta de Prost o Norte-americano Cheever ultrapassava Prost e assumia o 3ºlugar, Agora Prost teria de ver se teria condições de chegar na Frente de Rosberg que estava com o carro mais rápido que Prost, Mas Rosberg já estava feliz em 5ºlugar que bastava para ser o campeão, aliás com os resultados naquele momento nem precisava marcar pontos para ganhar o campeonato, o 5ºlugar era uma bola de segurança para Rosberg naquele momento da prova. Classificação após 66 Voltas completadas: 1. Michele Alboreto 1:29:40.687, 2. John Watson a 24.151, 3. Eddie Cheever a 45.648, 4. Alain Prost a 46.822, 5. Keke Rosberg a 1:04.711, 6. Derek Daly a 1 Volta
Restavam poucas voltas para Alboreto vencer e para Rosberg ser o campeão da Formula 1 em 1982. Para Watson só tinha a esperança de Rosberg e Alboreto quebrarem e ele vencer para ser o campeão o que estava bem difícil de acontecer mesmo sendo uma formula 1 em que os carros tinham um índice de quebras bem maior do que antes.

Alboreto só teve o Trabalho de levar a Tyrrell até o final da volta 75 e conquistar sua primeira vitória na carreira e uma vitória que não vinha para a equipe de Ken Tyrrell desde do GP de Mônaco de 1978, John Watson fez corrida maravilhosa ficando em 2ºlugar e em Terceiro ficou o piloto da Casa Eddie Cheever, Mas para Watson não adiantou nada o que fez nessa corrida, Keke Rosberg com o quinto lugar se tornava o primeiro campeão do mundo escandinavo da Formula 1 e mostrava ao mundo um novo celeiro de pilotos campeões. A Finlândia que teria mais 3 títulos na categoria até o ano de 2014 e que mostrou grandes pilotos para a maior categoria do Automobilismo mundial.

Rosberg nem precisava dessa posição, seria campeão mesmo sem pontuar, Mas se precavendo de um azar e fez o suficiente para não ter zebra nenhuma. Prost chegava em 4º com a Renault mesmo com problemas e Derek Daly em sua última corrida na Formula 1 terminava em 6ºlugar. Didier Pironi foi o vice-campeão mesmo com acidente que o tirou da sua carreira de piloto de Formula 1, Sem o acidente Pironi seria provavelmente o campeão, John Watson terminava o campeonato em 3ºlugar. Um grande guerreiro, um grande piloto o Norte Irlandes da Mclaren. A Ferrari levou o mundial de construtores, Mas foi um construtores conquistado com Sangue, suor e Lágrimas literalmente tendo sua dupla de pilotos destruída por acidentes, Gilles Villeneuve perdendo a vida em Zolder e Pironi na Alemanha sofrendo um acidente Terrível. Tambay conseguiu segurar a Barra da Ferrari e desempenhou um bom papel e Andretti fez um bom trabalho fazendo 4 importantes pontos para a Ferrari isso no GP da Itália.

Em 1982 a Fittipaldi deixaria de existir como equipe devido a dívidas, eles nem conseguiram classificação para essa prova sendo então o GP da Itália a última prova deles na Formula 1, March que tinha Raul Boesel sairia da categoria devido ao sucesso maior que tinha na Formula Indy, O Efeito Solo seria banido da categoria para 1983 e provavelmente seria o último ano que os motores aspirados iriam fazer frente aos motores Turbo que já estava ganhando confiabilidade.

Resultado final do GP de Las Vegas de 1982

Fotos:

Patrocinadores da Globo naquela Época na Transmissão da Formula 1: Yamaha, Vilejaek, Bic, Marlboro
Texto : Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Bestlap, Formel1mic

1 comment

  1. Pingback: Especial Ligier : Temporada de 1982 | Portal Sportszone

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.