O fim da linha para Romano Fenati

Dizer que ele não mereceu a sarjeta depois de tudo que ele fez não é justo.  Ele teve grandes chances de ter uma brilhante carreira no Mundial de Motovelocidade. Quando ele fez sua estreia em 2012, Com uma moto praticamente branca, Sem patrocinadores e marcando um 2ºlugar em Losail e vitória em Jerez.

Prometia muito, Nessa foto de cima. Temos o espanhol Marevick Viñales com a moto 25 e Romano Fenati com a moto 5 disputando a vitória no GP do Qatar em 2012. Hoje, um desses pilotos esta na MotoGP na equipe oficial da Yamaha, com 20 vitórias na carreira, Campeão da moto 3 em 2013. Já o outro piloto cometeu o pior o erro mais imperdoável da carreira, Ao colocar a mão no freio da Suter de Stefano Manzi. Além disso, ele que tinha a sua vida acertada para 2019 com a Forward (A equipe na qual sua vitima corre hoje) com o Chassi da MV Agusta anulado. E acabou demitido da equipe Marinelli.

O que a MotoGP, A equipe aonde Fenati corria até a prova de Misano e a equipe que iria ser a casa do piloto Italiano para 2019 acertaram na atitude de puni-lo. Eu acho que a Dorna deveria suspender Fenati pelo menos por 1 ano no mínimo, Para não falar em suspender ele de maneira definitiva. Agora a atitude da Forward e da Marinelli foi corretíssima. Não se pode passar a mão em uma atitude inaceitável. O que aconteceu no domingo tem que lembrado por todos os esportistas como um exemplo de como não se deve fazer no esporte.

Se eu fosse da Dorna e tivesse o poder de punir o piloto, Dificilmente ele não teria uma punição pesada. Pelo histórico dele, Eu poderia punir ele com o Banimento em definitivo do esporte até que ele mostre equilíbrio psicológico (Que ele não tem) para pilotar uma moto.

“Foi um ato irresponsável que pôs em perigo a vida de outro piloto. A partir deste momento, o piloto não participará em mais nenhuma corrida com a Marinelli Snipers Team. A equipa, Marinelli cucine, Rivacold e todos os outros patrocinadores e pessoas que sempre nos apoiam, pedimos desculpa”. – Informativo da equipe  para a Imprensa, Informando da rescisão de contrato com o ex-piloto italiano.

“Ele não representa os verdadeiros valores da nossa empresa”, Assim escreveu o italiano escreveu Giovanni Castiglioni, Proprietário da MV Agusta numa rede social. Fenati tinha acertado contrato com eles para 2019.

Essa cena deve ser mostrada para todos os futuros pilotos de motovelocidade, Para que nenhum garoto repita essa atitude. Em um mundo onde tanta coisa de errado acontece Aonde tanto a ética e a honestidade é desconsiderada, A Atitude do Mundo do Mundial de Motovelocidade merece meus parabéns.

Romano Fenati, Que tem 10 vitórias na sua carreira (Todas na Moto 3), um vice-campeonato em 2017 e chances na equipe de Valentino Rossi e da Marinelli de se tornar um grande piloto, Tem nesse momento sua carreira na MotoGP totalmente Ceifado ao 23 anos de idade. Já que a Federação Italiana suspendeu a horas atrás sua Licença de piloto. Fenati anunciou que não vai voltar ao esporte: “Peço desculpas, não vou mais correr de novo. Eu volto a trabalhar na loja de ferragens”

Vídeo do Incidente:

 

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *