Sebastian Vettel conquista 51ªVitória na Carreira após sensacional prova em Silverstone

Num tudo, A prova de hoje pode ter sido a melhor corrida da temporada. Uma prova que teve batidas, briga entre as melhores equipes da Formula 1 hoje e reviravoltas.  E teve o Alemão Sebastian Vettel vencendo com a Ferrari na casa de Lewis Hamilton.

A Emoção começa na largada. Hamilton não largou bem. Em compensação, Vettel largou muito bem e assumiu a liderança. Enquanto que Hamilton perderia posição para Valtteri Bottas. Na 3ªCurva, Lewis é atingido pelo Finlandês Kimi Raikkonen e cai para o último lugar.

Sem bandeira amarela acionada, Hamilton precisou começar uma prova de recuperação. Ainda na primeira volta, Sergio Perez roda e por muito pouco não bate em um dos pilotos da Williams que largaram dos boxes. Raikkonen que caiu para o 5ºlugar foi para cima do Ricciardo de forma sensacional, Passando ao 4ºlugar.

De Inicio duas coisas chamaram a atenção. Primeiro era Vettel abrindo uma grande vantagem para Valtteri Bottas. E segundo, A recuperação de Lewis Hamilton, que apesar de ter problemas na sua traseira vinha passando os pilotos da parte de trás de forma muito rápida.

Na 7ªVolta, Kimi Raikkonen foi punido com 10 segundos quando ele fosse fazer a parada nos boxes. Tudo por conta do toque que ele deu no piloto da casa. A corrida ficava complicada para o Homem de Gelo. Enquanto que a corrida de Hamilton lá atrás estava fenomenal. Em 11 voltas Lewis já estava na 6ªposição, Passando como queria os adversários na Reta. (O que demonstra o total desequilíbrio entre as 3 maiores equipes das outras 7 equipes Médias e pequenas) Porém agora, Era tirar 13 segundos sobre Daniel Ricciardo que fatalmente ganharia a posição de Raikkonen após a parada dos boxes.

Vettel vinha 6 segundos a frente de Bottas e 11 segundos a frente do Verstappen. A vida do piloto Alemão vinha tranquila demais.

Raikkonen foi para a sua primeira parada, Pagou os 10 segundos de punição e voltou a pista em 11ºlugar. A partir dai o Homem de Gelo começou a engolir seus adversários que via pela frente: Magnussen, Sainz jr., Ocon, Leclerc e Hulkenberg. Era como se um esportivo passasse um carro de passeio.

Verstappen parou na 18ªVolta e Daniel Ricciardo parou na 19ªVolta. Eles iriam para apenas 1 parada nos boxes. Os dois voltaram à frente do Raikkonen, que vinha fazendo volta mais rápida. Na mesma volta Leclerc fez sua parada, A Sauber fez um belo trabalho. Mas trabalhou rápido demais. Uma das rodas não foi presa de maneira correta. Resultado disso foi o abandono da prova.

Raikkonen foi para cima do Ricciardo, Na luta pela 5ªPosição. Na volta 21, Vettel foi para a parada nos boxes. Bottas assumiu a liderança, Vettel voltou a frente de Hamilton em segunda posição.

Na Volta seguinte, Bottas parou nos boxes, Vettel voltava a ser o líder. Hamilton em 2º e Bottas estava perto do inglês. Uma Volta depois, Hamilton permitiu a ultrapassagem com facilidade. Era Bottas que estava lutando pela vitória. Hamilton foi para a sua parada exatamente na metade da prova. O piloto da Mercedes voltou em 6ºlugar e precisava andar rápido para ganhar mais alguma posição.

Bottas vinha cada volta tirando diferença para Sebastian Vettel. Naquela altura da prova apenas Nico Hulkenberg não tinha parado nos  boxes, Vinha em 7ºlugar com Ocon, Alonso e Magnussen colado nele.

Na volta 31, Ricciardo foi para uma segunda parada, Mudando sua tática de prova. Bottas estava pisando forte. Quando a diferença era de apenas 1.9 segundos para Sebastian Vettel ocorreu um acidente fortíssimo do Sueco Marcus Ericsson. Certamente a asa traseira na hora de fechar acabou não funcionando. Apesar da batida ter sido violenta o Sueco não teve nenhum ferimento grave.

Safety Car entrou na pista, Nisso Vettel, Verstappen, Raikkonen e Ricciardo foram para os boxes. Além de outros pilotos como Hulkenberg que fizeram a parada nesse Safety Car. Já Bottas e Hamilton ficaram na pista, a mais ou menos 15 voltas para o final, A vantagem tendia mais para a Ferrari do que para a Mercedes.

Na Volta 38 a corrida recomeça, Com uma incrível disputa entre Raikkonen e Verstappen. O Homem de Gelo passou Verstappen. Duas curvas depois, O Vencedor do GP da Áustria contra atacou Raikkonen e voltou ao 4ºlugar. Uma incrível disputa que acabou interrompida pelo acidente entre Romain Grosjean e Carlos Sainz jr. Um novo Safety Car entrou na pista. Mais 4 voltas para limpar a pista. A Tensão aumentava na parte final da prova.

A Partir da relargada na volta 42 a corrida pegou fogo. Bottas largou muito bem, Porém Vettel vinha com tudo para buscar a vitória. Com os pneus bem melhores que os pneus do piloto Finlandês que segurou um ataque brutal de Vettel na 43ªVolta. Nessa mesma volta, Raikkonen passou por fora Verstappen que acabou perdendo a curva.

Bottas continuava a segurar Vettel de forma heroica. Até a volta 47, Quando não teve jeito de segurar o piloto da Ferrari que estava com dores no pescoço. A 5 voltas do final Vettel passou para a liderança e foi embora enquanto Bottas ficava para Lewis Hamilton. Sem pneus na parte final de prova ele foi alvo fácil para Hamilton e para Raikkonen tendo de segurar Daniel Ricciardo que ganhou o 5ºlugar após uma rodada de Verstappen, O Holandês acabou abandonando a prova.

Hamilton não teve chance de chegar em Vettel. Foi a quarta vitória do piloto da Ferrari e sua vitória 51 da Carreira. Em uma grande corrida, com revivavoltas e grandes disputas pode ser considerada a melhor prova de 2018.

Lewis Hamilton que tinha uma corrida complicada, Com tendência de nem conseguir chegar ao pódio chega no segundo lugar e minimiza ao máximo o prejuízo na classificação do campeonato. Vettel e Hamilton estão separados por apenas 8 pontos de diferença. Kimi Raikkonen em um grande final de semana conquistou um pódio. Mesmo com uma punição de 10 segundos nas costas que foi anulado com o SafetyCar.

Valtteri Bottas que em condições normais era o possível vencedor da prova. Com um ritmo de corrida melhor que Vettel. Com o Safety Car e com o desgaste dos pneus, Bottas ficou apenas com o 4ºlugar segurando a Daniel Ricciardo com a Única Red Bull que sobrou.

Nico Hulkenberg fez uma bela corrida, Com uma Renault em dificuldades em Silverstone acabou levando um importante 6ºlugar, O que devolve ele ao 7ºlugar no Mundial de Pilotos. Esteban Ocon, de Force India ficou com o 7ºlugar em um bom final de semana do piloto Francês.

Fernando Alonso conquistou o 8ºlugar depois de passar o Dinamarquês Kevin Magnussen, A Haas decepcionou hoje, Seus pilotos não foram bem e tudo sobrou foi o 9ºlugar com o seu melhor piloto em 2018.

Pierre Gasly acabou em uma ultrapassagem na marra ganhando o 10ºlugar na pista. Porém , Os comissários acabaram por punir o francês em 5 segundos. Perez voltou para o 10ºlugar, Salvando um ponto. Já Gasly foi jogado para o 13ºlugar. Ficando atrás de Stoffel Vandoorne e de Lance Stroll. Sergei Sirotkin só não foi o último classificado porque Verstappen ainda foi classificado no 15ºlugar por completar 90% da prova.

Daqui a 2 semanas teremos a volta da Formula 1 a Alemanha, No circuito de Hockenheim. Com o pega da disputa pelo título pegando fogo entre Vettel e Hamilton, Entre Ferrari e Mercedes.

Resultado final da 10ªEtapa do Mundial de Formula 1
GP da Inglaterra – Silverstone

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Voltas Tempo Grid
1 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 52 1h 27:29.784 2
2 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 52 a 2.264 1
3 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 52 a 3.652 3
4 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 52 a 8.883 4
5 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 52 a 9.500 6
6 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 52 a 28.220 11
7 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 52 a 29.930 10
8 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 52 a 31.115 13
9 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 52 a 33.188 7
10 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 52 a 34.708 14
11 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 52 a 35.774 12
12 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 52 a 38.106 17
13 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 52 a 39.129 19
14 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 52 a 48.113 18
15 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 46 Não Terminou 5
8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 37 Acidente 8
55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 37 Acidente 16
9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 31 Acidente 15
16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 18 Roda Solta 9
28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1 Elétrico 20

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Force India/Ferrari/Renault/Mclaren

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.