Dixon sobrou e leva a primeira corrida na Rodada Dupla de Detroit

Grid de largada da 7ªEtapa do Mundial de Formula Indy

pos Pilotos Equipe Chassis/Motor Tempo
1 Marco Andretti Andretti Herta Dallara/Honda 1’14.8514
2 Scott Dixon Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 1’15.4186
3 Robert Wickens Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda 1’15.3267
4 Alexander Rossi Andretti Autosport Dallara/Honda 1’15.4946
5 Ryan Hunter-Reay Andretti Autosport Dallara/Honda 1’15.3351
6 Will Power Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Chevrolet 1’15.7210
7 Takuma Sato Rahal Letterman Lanigan Racing Dallara/Honda 1’15.3920
8 Graham Rahal Rahal Letterman Lanigan Racing Dallara/Honda 1’15.8273
9 James Hinchcliffe Team Penske Dallara/Honda 1’15.5402
10 Max Chilton Carlin Dallara/Chevrolet 1’16.0396
11 Ed Jones Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 1’15.8876
12 Spencer Pigot Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet 1’16.1430
13 Simon Pagenaud Team Penske Dallara/Chevrolet 1’16.0099
14 Josef Newgarden Team Penske Dallara/Chevrolet 1’16.1923
15 Tony Kanaan A. J. Foyt Enterprises Dallara/Chevrolet 1’16.0740
16 Zach Veach Andretti Autosport Dallara/Honda 1’16.3157
17 Sebastien Bourdais Dale Coyne Racing Dallara/Honda 1’16.2205
18 Santino Ferrucci Dale Coyne Racing Dallara/Honda 1’16.7531
19 Gabby Chaves Harding Racing Dallara/Chevrolet 1’16.2311
20 Jordan King Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet 1’16.9075
21 Matheus Leist A. J. Foyt Enterprises Dallara/Chevrolet 1’16.4182
22 Charlie Kimball Carlin Dallara/Chevrolet 1’17.2067
23 Rene Binder Juncos Racing Dallara/Chevrolet 1’18.6108

Primeira corrida no final de semana de Detroit estava com um belo dia, Era a maratona de 140 voltas que exigia muito dos pilotos. Isso depois de uma prova de 500 milhas no domingo passado. O Norte-americano Marco Andretti largava na pole position. Sua primeira pole da carreira em circuito misto. O Perigoso Neozelandês Scott Dixon com sua Ganassi com o motor Honda que dominou a Classificação.

Robert Wickens com o carro da Schmidt e Alexander Rossi com o carro da Andretti largam na segunda fila. Na terceira fila largam Ryan Hunter-Reay da Andretti e Will Power com a primeira Penske e o primeiro carro com motor Chevrolet. Um domínio total da Honda sobre a Chevrolet. Tony Kannan não foi bem e largaria em 15ºlugar e Matheus Leist largaria pior ainda, Em 21ºlugar.

Marco Andretti largou muito bem e manteve a liderança com Dixon na 2ªposição. Alexander Rossi chegou a perder a posição para Robert Wickens. Na curva 3 Rossi em uma bela manobra acabou recuperando essa posição.

Na segunda volta, Tony Kannan fez uma bela manobra. Por fora, ultrapassando na marra a Simon Pagenaud. O piloto Brasileiro começou de uma forma bem arrojada a prova. 3 Voltas depois a vitima foi Josef Newgarden e já vinha na 11ªposição. Lá na frente, O Neozelandês Scott Dixon pressionava a Marco Andretti. O rendimento do carro da Ganassi era superior ao carro da equipe Andrett-Herta.

Josef Newgarden foi o primeiro a parar nos boxes na volta 7. Hinchcliffe e Robert Wickens foram para os boxes nas 2 voltas seguintes. Enquanto o Japonês Takuma Sato faz uma bela corrida, Já vinha em 4ºlugar, Nem parecia o piloto que nada fez nas 500 milhas de Indianapolis.

Ryan Hunter-Reay foi para a parada na 10ªVolta. Os Brasileiros Tony Kannan e Matheus Leist também pararam para a 1ªtroca e adotaram a tática de 3 paradas. Na parte de trás, Josef Newgarden acabou ultrapassando o Canadense Robert Wickens, Ganhando uma importante posição para uma Penske que não estava rendendo bem Em Belle Isle.

O Grupo que já tinha feito a parada virava entre 1 a 2 segundos mais rápido que os lideres que precisavam economizar combustível para seguir o plano das duas paradas. Graham Rahal que superou o seu companheiro de equipe Takuma Sato, foi para o ataque para cima do Norte-Americano Alexander Rossi, Buscando o 3ºlugar.

Na volta 18, Pagenaud foi para a sua parada. E continuava a pressão de Rahal em cima de Rossi. O primeiro piloto dos que pararam era Ryan Hunter-Reay que estava a 21 segundos de Andretti. Virando mais rápido que os pilotos da frente a expectativa era que ele assumisse a ponta após as paradas dos líderes.

Rossi foi o primeiro dos líderes a para na 23ªVolta. Marco Andretti parou na volta 24. Essa era a chance de Scott Dixon fazer uma volta bem rápida e parar na volta seguinte para voltar bem a frente do piloto da Andretti. Graham Rahal acabou esticando por mais uma volta e parando na volta 26. Hunter-Reay era o líder após a primeira rodada de paradas dos líderes. Dixon era o segundo e Graham Rahal voltou em 3ºlugar. Marco Andretti caiu da liderança para o 4ºlugar.

Hunter-Reay andou rápido e já abria 8 segundos de vantagem para Dixon. Porém ele precisava de mais uns 12 segundos para tentar voltar da parada ainda na liderança, Mas nesse período da prova ainda não seria possível. O norte-americano tinha nesse momento quase 20 voltas na pista com o Tanque de Combustível. A parada dele iria acontecer logo. E foi o que aconteceu na volta 32. Com a parada de Hunter-Reay a liderança passava a ser de Scott Dixon.

Graham Rahal era o segundo e Ryan Hunter-Reay voltava em 3º. Marco Andretti em 4º, era Pressionado pelo seu companheiro de Equipe Alexander Rossi. A corrida chegava na sua metade sem sequer uma única bandeira amarela.

Na volta 37, Charlie Kimball ultrapassou a Tony Kannan, Na Volta seguinte foi a vez do Brasileiro ultrapassar o piloto da Carlin, Eles vinham disputando o 13ºlugar. Enquanto isso Scott Dixon vinha virando cada vez mais e mais rápido, Abrindo mais de 13 segundos para Graham Rahal e mais de 18 para cima de Hunter-Reay que vinha tirando diferença para Rahal e para o próprio Dixon não parecia ser um adversário para impedir uma provável vitória do Neozelandês .

Na volta 42, Simon Pagenaud faz a 2ªParada. Para mim, era uma tática no mínimo infeliz para não dizer desastrosa do piloto da Penske. Pois teria de ficar na pista por 28 voltas e numa corrida sem bandeira amarela, O máximo que um piloto ficou na pista foi 26 voltas com Rahal.

Na Volta 43, Hunter-Reay começou a pressionar Rahal de forma mais direta e por muito pouco ele não conseguiu a ultrapassagem. Pelo ritmo do piloto da Andretti, A ultrapassagem era questão de tempo. Duas voltas depois, Rene Binder passou reto, depois da reta oposta na metade do circuito. Com o temor da bandeira amarela. Dixon, Rahal, Hunter-Reay e outros pilotos anteciparam suas paradas. Estava em um momento propicio, Já que com essa parada era bem possível todos terminaram a prova com essa parada.

A bandeira amarela tão temida pelos pilotos acabou aparecendo com uma batida de Graham Rahal para o muro. Bandeira amarela em todo o circuito. Boa parte dos pilotos, Entre eles os dois Brasileiros acabaram não se dando bem nessa parada, Kannan e Leist e mais uns 9 a 10 pilotos tiveram que fazer a parada logo depois que os boxes foram reabertos.

Após as paradas, Dixon era o líder com Hunter-Reay e Marco Andretti logo a seguir. Alexander Rossi, Ed Jones, Takuma Sato, Will Power, Josef Newgarden, Spender Pigot (Que fazia uma corrida queta, mas fazia uma boa prova) e Robert Wickens completavam os 10 primeiros.

A 17 voltas do final, tivemos uma nova relargada. Dixon saiu muito bem evitando que Hunter-Reay e Andretti pudesse atacar o piloto da Ganassi. Takuma Sato foi para cima de Ed Jones. Uma bela briga pelo 5ºlugar. Sato levou a melhor após 2 ultrapassagens sobre Jones. Power e Newgarden estavam levando a Penske e da Chevrolet nas costas em 7º e 8ºlugares.

Na Volta 56, A boa estreia de Santino Ferrucci acabou após ser tocado de maneira irresponsável de Charlie Kimball. Uma nova bandeira amarela é acionada. Agora sim, Certamente todos teriam combustível  para terminar a prova.

Bandeira Verde, A 10 Voltas do final. Dixon continua na liderança. Andretti tentou atacar Hunter-Reay. Na volta seguinte porém, Alexander Rossi acabou indo para cima de Andretti e por fora passou Andretti, Tomando o 3ºlugar.

Dixon nas voltas finais manteve uma distância pequena e segura para Hunter-Reay, O Neozelandês conquistou mais uma vitória na Indy e continua firme e forte na disputa pelo campeonato. O pódio foi completado pelos 2 pilotos Norte-Americanos. Ryan Hunter-Reay com uma grande corrida, Com 3 paradas nos boxes em uma tática ousada e Alexander Rossi que fez belíssimas ultrapassagens.

Já Marco Andretti não teve um bom ritmo no final da prova, Acabou em 4ºlugar pressionado pelo Japonês Takuma Sato que salvou o dia da Rahal com o 5ºlugar. Ed Jones fez boa corrida com o 6ºlugar, Seguido pelo Australiano Will Power, Robert Wickens da Schmidt e de Norte-Americano Josef Newgarden. Power e Newgarden salvaram um resultado razoável para um sábado que se desenhava ruim para a Penske. Spencer Pigot fechou dignamente os 10 primeiros com o carro da Carpenter.

Tony Kannan em 14º e Matheus Leist em 15º, não tiveram um bom dia. Sem um carro competitivo acabaram o tempo todo na parte de trás.

Resultado Final da Etapa 1 de Detroit (Belle Isle)
Formula Indy 2018

pos Pilotos Equipe Chassis/Motor Voltas Tempo
1 Scott Dixon Dallara/Honda Chip Ganassi Racing 70 1h 39:24.6189
2 Ryan Hunter-Reay Dallara/Honda Andretti Autosport 70 a 1.8249
3 Alexander Rossi Dallara/Honda Andretti Autosport 70 a 4.1771
4 Marco Andretti Dallara/Honda Andretti Herta 70 a 11.5191
5 Takuma Sato Dallara/Honda Rahal Letterman Lanigan Racing 70 a 11.8757
6 Ed Jones Dallara/Honda Chip Ganassi Racing 70 a 13.7649
7 Will Power Dallara/Chevrolet Team Penske 70 a 15.0733
8 Robert Wickens Dallara/Honda Schmidt Peterson Motorsports 70 a 21.4715
9 Josef Newgarden Dallara/Chevrolet Team Penske 70 a 21.5622
10 Spencer Pigot Dallara/Chevrolet Ed Carpenter Racing 70 a 21.9523
11 James Hinchcliffe Dallara/Honda Schmidt Peterson Motorsports 70 a 22.3158
12 Zach Veach Dallara/Honda Andretti Autosport 70 a 23.0621
13 Sebastien Bourdais Dallara/Honda Dale Coyne Racing 70 a 23.3441
14 Tony Kanaan Dallara/Chevrolet A. J. Foyt Enterprises 70 a 26.1877
15 Matheus Leist Dallara/Chevrolet A. J. Foyt Enterprises 70 a 26.5471
16 Jordan King Dallara/Chevrolet Ed Carpenter Racing 70 a 27.0156
17 Simon Pagenaud Dallara/Chevrolet Team Penske 70 a 29.8038
18 Gabby Chaves Dallara/Chevrolet Harding Racing 70 a 33.7246
19 Charlie Kimball Dallara/Chevrolet Carlin 70 a 34.0911
20 Max Chilton Dallara/Chevrolet Carlin 70 a 34.8584
21 Rene Binder Dallara/Chevrolet Juncos Racing 67 a 3 Laps
22 Santino Ferrucci Dallara/Honda Dale Coyne Racing 55 a 15 Voltas – Acidente
23 Graham Rahal Dallara/Honda Rahal Letterman Lanigan Racing 45 a 25 Voltas – Acidente

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: IndyCar

Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *