Marquez tem dia perfeito em Jerez, Vence pela 37ªVez na MotoGP e assume a liderança do campeonato

Em uma exigente Jerez de la Fronteira, O primeiro GP em território espanhol quem acabou levando a melhor foi Marc Marquez que apesar de largar em 5ºlugar mostrou o melhor desempenho da sua Honda e aliado a queda de seus principais oponentes acabou fazendo do fia da Formiga atômica em um dia praticamente perfeito.

Lorenzo largou melhor e assumiu a liderança, Pedrosa, Zarco, Crutchlow e Marquez vinham logo atrás. Logo no começo da prova, Lorenzo estava disposto a manter a liderança. Era a chance do gladiador do Asfalto de ganhar a prova. Apesar de ter escolhido pneus que se desgastavam mais rapidamente.

 

Marquez em apenas 1 volta passou Crutchlow e Zarco e já assumia a 3ªposição e começou a ir a caça de Lorenzo e Pedrosa. Mais atrás começava a subida de Andrea Dovizioso na prova. Ele já vinha em 6ºlugar após superar os dois pilotos da Suzuki.

Na volta 6, Curva 6, Zarco erra e perde 3 posições caindo para o 7ºlugar. Crutchlow passou para 4º com Rins ganhando o 5ºlugar de Dovizioso, Mas foi por pouco tempo. Rins acabou caindo e abandonando a corrida.

Lorenzo errou a trajetória na Curva 6 na volta seguinte e por muito pouco não perdeu a posição para Pedrosa, No final da volta, Marc Marquez passou seu companheiro de equipe e assumiu o segundo lugar. Cal Crutchlow acabou caindo e abandonando a prova na curva 1. Dovizioso já vinha em 4ºlugar, Mais atrás vinha Valentino Rossi sofrendo com os ataques de Danilo Petrucci da Pramac. Pior vinha Viñales que estava na lamentável 12ºlugar.

Marquez tomou a liderança de Lorenzo no final da 8ªVolta, Ao final da volta seguinte Andrea Dovizioso que se aproximou rapidamente do pelotão da frente ultrapassou Pedrosa e assumiu o 3ºlugar. Os 4 primeiros lugares: Marquez, Lorenzo, Dovizioso e Pedrosa abriram de Johann Zarco que vinha com a Melhor Yamaha da prova em 5ºlugar.

A pista se mostrava cruel para os pilotos: Abraham e Luthi se juntaram aos pilotos que acabaram caindo, Isso com metade da prova a ser completada. Por muito pouco Marquez teve o mesmo destino desses pilotos, Quase perdendo o controle da moto no final da volta 15.

Lorenzo era pressionado por Dovizioso, Que precisou evitar um acidente e perdeu por alguns segundos o 3ºlugar para Pedrosa. O piloto Italiano da Ducati voltou ao pódio e continuou a pressão em cima do Gladiador do Asfalto que já estava ficando sem pneus para a parte final de prova.

Dovi foi para o Ataque e finalmente, a 8 voltas do final teve a chance de passar Lorenzo  na entrada da curva 6, Porém Dovizioso perde a curva, vai por fora. Lorenzo também não fez tão bem essa curva, Nisso Pedrosa aproveitou para passar os dois pilotos da Ducati, Porém Lorenzo acabou querendo voltar e atingiu Pedrosa, Ambos caíram e Andrea Dovizioso não teve chance de desviar da moto do seu companheiro de equipe. Triplo abandono! A Marquez agora era mais líder do que nunca, Com Zarco que vinha conformado em 5ºlugar assumindo em 2º. E em terceiro lugar vinha o Italiano Danilo Petrucci que ultrapassou a Andrea Dovizioso.

Marquez e Zarco estavam seguros nos dois primeiros lugares. Petrucci tentava se distanciar de Iannone que parecia que seria engolido por Miller e Valentino Rossi com uma patética Yamaha de 2018.

Viñales melhorou um pouco na parte final da prova, Ele partiu para o ataque em cima de Alvaro Bautista em busca do 7ºlugar. Mais atrás vinha os 3 pilotos da Ducati disputando posições decentes na reta final de corrida.

Marc Marquez conquistou sua segunda vitória na temporada e assumiu a liderança do campeonato. A vitória de número 37 da carreira da Formiga atômica na MotoGP. Johann Zarco que em uma corrida correta, Mesmo sem chamar a atenção ele acabou levando a Yamaha de 2016 da Tech 3 na segunda posição e assumiu a vice-liderança do campeonato. Dovizioso com o acidente que ele se envolveu acabou caindo da liderança do Campeonato para o 5ºlugar, a 24 pontos do novo líder do campeonato.

No final da prova, Andrea Iannone recuperou o 3ºlugar que estava nas mãos de Danilo Petrucci e acabou levando a Suzuki para o 3ºpódio seguido. Enquanto que o italiano da Pramac fez sua melhor corrida em 2018 com o 4ºlugar.

Valentino Rossi, Com mais de 40 mil quilômetros percorridos na Motovelocidade acabou a prova em 5ºlugar superando no final Jack Miller que termina em 6ºlugar. A Pramac nas Equipes vem em uma surpreendente 3ªposição.

Marevick Viñales salvou o 7ºlugar, O que não apaga a sua apresentação fraca com a Fraca Moto da Yamaha de 2018 que tem desempenho pior que a Moto de 2016 de Zarco da Tech 3, O que é inacreditável. Alvaro Bautista apesar de perder o 7ºlugar fez uma corrida bem superior ao desempenho do piloto da Yamaha.

Franco Morbidelli sobreviveu a Jerez e chegou em 9ºlugar, Seu melhor resultado no seu ano de estreia e fechando os Top 10 com a KTM de 2019 veio Mika Kallio, O que trás otimismo para a Fábrica Austríaca em relação ao desempenho das motos de 2018 Que fecharam com Pol Espargaró em 11º e Bradley Smith em 13º (Marcando seus primeiros pontos da temporada)

Takaagi Nakagami vem melhorando a cada corrida, O Novato Japonês terminou em 12ºlugar, Salvando alguns pontos para a LCR Honda. Tito Rabat e Scott Redding completaram a zona de pontuação.

Daqui a 2 semanas teremos a 5ªEtapa na Casa de Johann Zarco, Com a vice-liderança do campeonato. Le Mans Bugatti vai encher de torcedores do piloto da Tech 3 pra cima da Formiga Atômica. Vamos esperar para ver o próximo capitulo da MotoGP – Temporada de 2018.

Resultado final do GP da Espanha
MotoGP – Jerez de la Fronteira

pos Pilotos Equipe Motos Tempo
1 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda 41’39.678
2 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha a 5.241
3 29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Suzuki a 8.214
4 9 Danilo Petrucci Alma Pramac Racing Ducati a 8.617
5 46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha a 8.743
6 43 Jack Miller Alma Pramac Racing Ducati a 9.768
7 25 Maverick Vinales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha a 13.543
8 19 Alvaro Bautista Angel Nieto Team Ducati a 14.076
9 21 Franco Morbidelli EG 0,0 Marc VDS Honda a 16.822
10 36 Mika Kallio Red Bull KTM Factory Racing KTM a 19.405
11 44 Pol Espargaro Red Bull KTM Factory Racing KTM a 21.149
12 30 Takaaki Nakagami LCR Honda IDEMITSU Honda a 21.174
13 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM a 21.765
14 53 Tito Rabat Reale Avintia Racing Ducati a 22.103
15 45 Scott Redding Aprilia Racing Team Gresini Aprilia a 36.755
16 55 Hafizh Syahrin Monster Yamaha Tech 3 Yamaha a 41.861
17 10 Xavier Simeon Reale Avintia Racing Ducati a 49.241
18 17 Karel Abraham Angel Nieto Team Ducati a 1 Volta
99 Jorge Lorenzo Ducati Team Ducati a 8 Voltas
4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati a 8 Voltas
26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda a 8 Voltas
35 Cal Crutchlow LCR Honda CASTROL Honda a 9 Voltas
12 Thomas Luthi EG 0,0 Marc VDS Honda a 14 Voltas
42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki a 20 Voltas
41 Aleix Espargaro Aprilia Racing Team Gresini Aprilia a 27 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *