Com muita sorte, Hamilton conquista vitória em Baku e vira líder do Mundial

Em sua 3ªEdição, O GP do Azerbaijão mais uma vez se mostrou imprevisível, Até o final da corrida não se pode dar por certo quem vai ganhar. Baku tem seus mistérios, Essa edição tinha tudo para esta nas mãos de Sebastian Vettel e de Valtteri Bottas, Mas foi Lewis Hamilton quem acabou levando a vitória. (63ªVitória da sua carreira)

Vettel largou bem, Com Hamilton e Bottas logo a seguir. Verstappen e Ricciardo disputavam o 4ºlugar. Lá atrás, Muita confusão. Primeiro, Sergei Sirotkin toca na traseira de Perez e seu bico dianteiro quebra. Segundos depois Sirotkin acaba espremido por Hulkenberg e Alonso, Com isso a suspensão do Russo quebra. Um pouco mais a frente, Raikkonen que perdeu a posição para Ocon, que foi para cima do Francês que tentou manter a 6ªposição e acabou se chocando com  o homem de gelo, Levando a pior e indo parar no Muro.

O Safety Car entrou na pista. Raikkonen teve de ir para os boxes, Assim como alguns pilotos que se envolveram na confusão. A imagem do começo da prova foi Fernando Alonso tendo de ir aos boxes com 2 pneus furados, 1 com a borracha dechapando e o outro no aro apenas. Foi um milagre o Espanhol não ter abandonado pelos danos que teve em seu assoalho do seu Mclaren-Renault.

Foram 5 voltas para limparem a pista, Na 6ªVolta a corrida recomeça. Verstappen foi para o ataque e passou Ricciardo que por excesso de precaução, Perdeu posição para Carlos Sainz jr.

Vettel vinha na liderança e abria de Hamilton que abria de Bottas. Os 3 abriam diferença para os dois da Red Bull que vinham sendo pressionados por Sainz jr (Verstappen). e Hulkenberg (Ricciardo). Com pneus mais duros e com problemas na recarga de energia os dois viraram alvo fácil para os pilotos da equipe Francesa que passaram ao mesmo tempo. Destaço que a disputa entre Verstappen e Sainz jr. que ficaram 3 voltas trocando posição. Na 10ªVolta, Hulkenberg passou Verstappen para ganhar o 5ºlugar.

Porém, A prova do piloto Alemão acabaria na volta 11, Quando ele acaba saindo de traseira e acabou indo para o Muro, Danificando sua posição e abandonando a prova. Enquanto isso Raikkonen já aparecia entre os 10 primeiros lugares, Já atrás de Stroll e Leclerc. Enquanto isso quem vinha abrindo diferença era

Na volta 15, Verstappen passou Sainz que aproveitou e foi para a primeira parada nos boxes, Colocando os pneus mais duros para completar a prova. Enquanto isso Leclerc vinha muito bem, Superou Lance Stroll se destacando na corrida. Ao contraio de seu companheiro de equipe. Marcus Ericsson acabou passando reto e perdendo muito tempo, E ainda por cima ele acabou tomando penalização de 10 segundo por um incidente com Magnussen. (Como eu não vi, Não tem como dar uma opinião)

Continuava a disputa entre Verstappen e Ricciardo pelo 4ºlugar, Trocando de posição em intensa disputa. Raikkonen passou Stroll e e também passou pelo Leclerc, Na volta 17, o finlandês passou para o 6ºlugar. Na volta 21, O mexicano Sergio Perez em belíssima corrida de recuperação ultrapassa Lance Stroll que acabou alongando a primeira curva e perdendo algum tempo.

Na volta seguinte, Hamilton que vinha tirando aos poucos a vantagem de Sebastian Vettel, Acabou também alongando a curva, travando os pneus e deixando esses pneus quadrados. A parada foi antecipada, Na 23ªVolta com os pneus médio que teriam de aguentar 28 voltas até o final da prova. Vettel vinha agora 13 segundos de frente para Bottas e 30 segundos a frente do Hamilton. A Corrida estava se encaminhando para as mãos do líder do campeonato.

A corrida chegava na sua metade. Os pneus estavam durando muito, O Desgaste dos pneus que já é baixo. Com o tempo encoberto e frio era mais baixo ainda. Grosjean que largou do último lugar já vinha em 8ºlugar, logo após a parada de Charles Leclerc da Sauber. Todos os pilotos iriam para 1 única parada nos boxes.

Na 27ªVolta, Ricciardo tenta o ataque em cima de Verstappen, Consegue passar na curva 1, O jovem piloto Holandês voltou pra cima do Australiano e deu o troco, Voltando ao 4ºlugar.

Enquanto isso, Alonso perde tempo e perdeu o 11ºlugar para Stroll, Era um final de semana bem difícil para a Mclaren. Vandoorne vinha em 16º, 1 volta atrás dos líderes.

Vettel, Bottas, Verstappen e Ricciardo ainda não tinham parado nos boxes, poderiam tentar fazerem a parada e irem para os pneus mais macios para ganharem a corrida. Na volta 30 é Vettel, O líder para para colocar os pneus mais duros. Bottas assume a liderança com 11 segundos de frente para Vettel que vinha 8.3 a frente de Hamilton.

Os pneus mais novos demoravam para renderem bem, algo muito estranho. Já que a tendência é os pneus é geralmente os mais novos renderem melhor do que os mais novos. Bottas fez a melhor volta da prova. Com pneus de mais de 35 voltas de uso. O Finlandês teria de parar nos boxes assim como Verstappen e Ricciardo.

Na volta 35, Ricciardo foi para uma nova tentativa de ultrapassagem sobre Verstappen e por fora realizou a ultrapassagem e levou a 4ªposição. E assim quando ele começou a abrir diferença praticamente poderíamos concluir que era assunto encerrado em relação a essa disputa.

Na Volta 38, Ricciardo foi para a sua única parada, Colocando os pneus ultrasoft. Na Volta seguinte foi a vez de Verstappen ir para os pneus ultrasoft e devido a demora dos pneus de Ricciardo esquentarem. O holandês ganhou a posição de número 4. Enquanto que Valtteri Bottas faz melhor volta da corrida com os pneus mais gastos. Mesmo assim, quando parar Vettel teria 8 segundos.

Até que Ricciardo foi para cima de Verstappen que sutilmente muda duas vezes a trajetória e acabou o Australiano atropelando Verstappen e acabou ambos saindo reto. Provocando uma bandeira amarela. Isso facilitou a vida de Bottas que foi aos boxes colocarem os pneus mais macios. A corrida estava nas mãos do piloto da Mercedes. Vettel, Raikkonen, Alonso e outros pilotos foram fazer a parada para colocarem pneus mais macios. (Ultrasoft)

Após 3 voltas para limparem a pista e deixarem todos os retardatários recuperarem a volta, Quando parecia que iriamos ter a relargada, Na volta 44: Romain Grosjean conseguiu a façanha de bater quando esquentava os pneus. Jogou fora o 6ºlugar para a Haas e afundando ainda mais no seu inferno astral sem qualquer bom resultado em 2018. Esse acidente prolongou o safetycar. Mais 4 voltas para limpar a pista. Muita gente não ficou feliz com o que o Francês fez, Ao voltar aos boxes, Grosjean atirou a sua luva que quase acertou um dos membros da equipe. O Clima não esta bom para ele que disse que foi o Ericsson que tocou nele (Aonde????, Em qual universo isso aconteceu???) O Sueco estava 1 volta atrás e ele tinha recuperado volta.

Com 4 voltas para o final a corrida recomeça e Vettel foi para cima de Bottas que deixou o Alemão passar, Provavelmente prevendo que o Alemão iria travar os pneus. E foi isso que aconteceu. Tanto é que Hamilton e Raikkonen ganharam posições. Bottas voltou a liderança.

O piloto da Ferrari com os pneus quadrados perdia rendimento. A Dobradinha da Mercedes estava nas mãos. Até que no final da volta 48, Bottas passa por cima de um detrito e logo depois acaba furando o seu pneu, Após uma corrida impecável, Bottas não tinha nada mais a fazer. Apenas encostar o carro dele e abandonar.

Hamilton ganhou a liderança de graça, Com Raikkonen em segundo e Perez praticamente ao mesmo tempo Bottas teve a infelicidade ele conquistava a posição em cima de Vettel. De 5º para um lugar no pódio com a Force India que não vive seus melhores momentos.

O piloto Inglês que vinha apenas para tentar manter o pódio acabou levando uma vitória nas ruas de Baku. Essa pista tem mistérios que não se pode explicar. A 63ªVitória da carreira do piloto da Mercedes e a liderança do campeonato após um começo de ano difícil. Kimi Raikkonen que teve um dia que começou difícil acabou ficando em 2ºlugar e Sergio Perez que vinha sem marcar pontos, Lavou a alma da Force India com o 3ºlugar. Um grande final de semana da equipe indiana que passou do penúltimo lugar para o  6ºlugar no Mundial de Construtores.

Sebastian Vettel sai derrotado em Baku, o 4ºlugar tira o piloto Alemão da liderança do Campeonato. Com 70 pontos, Hamilton passa a liderar o campeonato, 4 pontos de frente de Vettel.

Carlos Sainz jr. teve um belo final de semana, acabou ficando em 5ºlugar em uma prova combativa. E um corridão de Charles Leclerc com a Sauber, Um incrível 6ºlugar para o piloto de Mônaco. Também corridão de Alonso, que depois ter de levar o seu carro com 2 pneus furados para os boxes na primeira volta ainda consegue levar a Mclaren para o 7ºlugar, Um final de semana bem ruim para o time de Woking.

Lance Stroll consegue levar a Williams aos primeiros pontos do ano, Em 8ºlugar. Stoffel Vandoorne no final chegou ao improvável 9ºlugar após ficar 1 volta atrás do líder em penúltimo lugar em certo momento da prova. E mais improvável foi o 10ºlugar de Brendon Hartley que marcou assim o primeiro ponto na Formula 1.

Marcus Ericsson ainda levou a outra Sauber para o 11ºlugar, Pierre Gasly começou muito bem, Chegando a ficar em 7ºlugar, Porém acabou só em 12º e Kevin Magnussen ficou em 13º com a única Haas que marcou pontos no ano. Valtteri Bottas que chorou depois de abandonar a prova ainda terminou qualificado em 14º.

Esperamos que Baku não saia do calendário do campeonato, Porém que a pista deveria ter uma limpeza melhor dos detritos, Isso sim! Daqui a 2 semanas teremos a primeira corrida da fase europeia. No circuito da Catalunha, Em Barcelona veremos mais uma disputa emocionante pela vitória e pelo título do 69ºCampeonato Mundial de Formula 1!

Resultado final do GP do Azerbaijão
Circuito de Rua de Baku – 4ªEtapa do Mundial de Formula 1

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Voltas Tempo/Abandono Grid
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 51 1h 43:44.291 2
2 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 51 a 2.460 6
3 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 51 a 4.024 8
4 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 51 a 5.329 1
5 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 51 a 7.515 9
6 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 51 a 9.158 13
7 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 51 a 10.931 12
8 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 51 a 12.546 10
9 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 51 a 14.152 16
10 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 51 a 18.030 19
11 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 51 a 18.512 18
12 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 51 a 24.720 17
13 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 51 a 30.663 15
14 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 48 Pneu Furado 3
15 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 42 Acidente 20
16 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 39 Colisão 5
17 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 39 Colisão 4
18 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 10 Acidente 14
19 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 0 Acidente 7
20 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 0 Acidente 11

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Williams/Force India/Red Bull/Toro Rosso/Sauber/Mclaren

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *