Dakar 2018 – Estágio 13 – Nos Caminhões Nikolaev ganha e Argentinos abandonam com problemas mecânicos. Kamaz com o título sacramentado!

A Disputa pelos Caminhões que tinha tudo para ser a mais disputada no Dakar 2018 acabou tendo nessa etapa sua definição do campeonato. Com a quebra do Caminhão de Federico Villagra. O Caminho para o trio Russo formado por Eduard Nikolaev, Evgeny Yakovlev e Vladimir Rybakov para não só vencer a especial como pra confirmar o título nos caminhões. Mais um campeonato para os Russos da Kamaz, Que venceram em 2015, 2017 e nesse ano eles conquistam o Bicampeonato.

50 segundos depois terminaram outro trio russo da Kamaz, Liderado por Airat Mardeev com o copiloto Aydar Belyaev e o mecânico Dmitriy Svistunov. Em terceiro lugar ficou com o Tcheco Martin Kolomy com o Caminhão da Tatra, 6 minutos e 6 segundos dos vencedores. O Trio Bielorusso Siarhei Viazovich, Pavel Haranin e Andrei Zhyhulin ficaram a 27 minutos e 45 segundos, Ficando no 4ºlugar na especial, Mas isso não era o mais importante. Os trio da Mas praticamente garante um importante vice-campeonato do Dakar, Com 3 horas, 53 segundos e 59 segundos dos russos. Em terceiro lugar da Geral esta com o Russo Airat Mardeev, com 5 horas, 21 minutos e 5 segundos de distância para o líder.

Dmitri Sotnikov foi o 5ºcolocado com o Kamaz. O Estágio foi terrível para os caminhões da Iveco que tiveram apenas no Arturo Ardavichus como seu melhor piloto. Em 9ºlugar a 1 hora e 12 segundos dos vencedores, O Cazaque vem em 4ºlugar na geral. Ton van Genugten com seu Iveco fez uma prova bem ruim e caiu para o 9ºlugar na classificação geral. Os Japoneses Terumiro Sugawara e Mitsugu Takahashi que ficaram em 6º no Estagio se deram muito bem e subiram para o 5ºlugar na Classificação Geral.

É de se lamentar mesmo o abandono dos Argentinos, Não só porque seria algo incrível para eles como para a competição que vinha se desenvolvendo em uma grande Briga no final entre esses dois pilotos. Com o que aconteceu o Campeonato esta praticamente sacramentado na mãos de Nikolaev e da competente equipe da Kamaz.

Resultado Final da 13ªEtapa do Dakar 2018
De San Juan a Córdoba – Categoria Caminhões

Pos. Piloto Carros Tempo
1 500 Eduard Nikolaev (Rússia) 4326 KAMAZ 05h 59′ 02”
Evgeny Yakovlev (Rússia)
Vladimir Rybakov (Rússia)
2 507 Airat Mardeev (Rússia) 4326 KAMAZ + 00h 00′ 50”
Aydar Belyaev (Rússia)
Dmitriy Svistunov (Rússia)
3 505 Martin Kolomy (República Tcheca) Tatra Phoenix + 00h 06′ 06”
Jiri Stross (República Tcheca)
Rostislav Plny (República Tcheca)
4 512 Siarhei Viazovich (Bielorussia) 5309RR MAZ + 00h 27′ 45”
Pavel Haranin (Bielorussia)
Andrei Zhyhulin (Bielorussia)
5 502 Dmitry Sotnikov (Rússia) 4326 KAMAZ + 00h 32′ 54”
Ruslan Akhmadeev (Rússia)
I. Mustafin (Rússia)
6 511 Terohito Sugawara (Japão) HINO 500 Series + 00h 39′ 16”
Mitsugu Takahashi (Japão)
7 510 Martin Macik (República Tcheca) LIAZ 111.154 + 00h 52′ 30”
Frantisek Tomasek (República Tcheca)
Michal Mrkva (República Tcheca)
8 532 Martin Soltys (República Tcheca) TATRA BUGGYRA RACING + 00h 57′ 50”
Josef Kalina (República Tcheca)
Tomas Sikola (República Tcheca)
9 508 Artur Ardavichus (Cazaquistão) POWERSTAR IVECO + 01h 00′ 12”
Michel Huisman (Holanda)
Serge Bruynkens (Bélgica)
10 518 Aliaksei Vishneuski (Bielorussia) 5309RR MAZ + 01h 20′ 08”
Maksim Novikau (Bielorussia)
Andrei Neviarovich (Bielorussia)
11 516 Maurik Van Der Heuvel (Holanda) SCANIA Torpedo + 01h 22′ 21”
Wilko Van Oort (Holanda)
Martijn Van Rooij (Holanda)
12 503 Aleksandr Vasilevski (Bielorússia) 5309RR MAZ + 01h 27′ 00”
Dzmitry Vikhrenko (Bielorussia)
Anton Zaparoshchanka (Bielorussia)
13 517 Gert Huzink (Holanda) Renault K520 + 01h 34′ 53”
Rob Buursen (Holanda)
Martin Roesink (Holanda)
14 530 Mathias Behringer (Alemanha) MAN SX + 01h 41′ 42”
Stefan Henken (Alemanha)
Marco Moreiras (Portugal)

Classificação Geral

Pos. Piloto Carros Tempo
1 500 Eduard Nikolaev (Rússia) 4326 KAMAZ 53h 13′ 33”
Evgeny Yakovlev (Rússia)
Vladimir Rybakov (Rússia)
2 512 Siarhei Viazovich (Bielorussia) 5309RR MAZ + 03h 53′ 59”
Pavel Haranin (Bielorussia)
Andrei Zhyhulin (Bielorussia)
3 507 Airat Mardeev (Rússia) 4326 KAMAZ + 05h 21′ 05”
Aydar Belyaev (Rússia)
Dmitriy Svistunov (Rússia)
4 508 Artur Ardavichus (Cazaquistão) POWERSTAR IVECO + 06h 36′ 37”
Michel Huisman (Holanda)
Serge Bruynkens (Bélgica)
5 511 Terohito Sugawara (Japão) HINO 500 Series + 07h 59′ 48”
Mitsugu Takahashi (Japão)
6 510 Martin Macik (República Tcheca) LIAZ 111.154 + 08h 02′ 51”
Frantisek Tomasek (República Tcheca)
Michal Mrkva (República Tcheca)
7 505 Martin Kolomy (República Tcheca) Tatra Phoenix + 09h 01′ 18”
Jiri Stross (República Tcheca)
Rostislav Plny (República Tcheca)
8 517 Gert Huzink (Holanda) Renault K520 + 09h 18′ 45”
Rob Buursen (Holanda)
Martin Roesink (Holanda)
9 509 Ton Von Genugten (Holanda) POWERSTAR IVECO + 09h 29′ 11”
Bernard Der Kinderen (Holanda)
Peter Willemsen (Bélgica)
10 516 Maurik Van Der Heuvel (Holanda) SCANIA Torpedo + 09h 41′ 02”
Wilko Van Oort (Holanda)
Martijn Van Rooij (Holanda)
11 502 Dmitry Sotnikov (Rússia) 4326 KAMAZ + 10h 04′ 29”
Ruslan Akhmadeev (Rússia)
I. Mustafin (Rússia)
12 532 Martin Soltys (República Tcheca) TATRA BUGGYRA RACING + 21h 44′ 54”
Josef Kalina (República Tcheca)
Tomas Sikola (República Tcheca)
13 503 Aleksandr Vasilevski (Bielorússia) 5309RR MAZ + 25h 55′ 42”
Dzmitry Vikhrenko (Bielorussia)
Anton Zaparoshchanka (Bielorussia)
14 518 Aliaksei Vishneuski (Bielorussia) 5309RR MAZ + 42h 51′ 04”
Maksim Novikau (Bielorussia)
Andrei Neviarovich (Bielorussia)

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Dakar

Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *