Hamilton sobra em Spa, conquista pole e se iguala a recorde de Schumacher

Lewis Hamilton em sua corrida de Número 200 escreve mais uma vez seu nome na história ao conquistar a pole de número 68 da sua carreira. Se Igualando a Michael Schumacher como o recordista de pole positions em toda a história da Formula 1.

No Q1 ficou evidente os problemas da Williams que caminha cada vez mais para trás no grid da Formula 1. Me atrevo a dizer que só esta a frente da Sauber. Desde da etapa da Áustria o carro deu vários passos atrás, Não só um como vários passos atrás. Massa até conseguiu no final subir para o 15ºlugar, Mas na volta final Grosjean acabou melhorando o tempo e jogando o piloto Brasileiro para fora do Q2.

Danill Kyvat foi eliminado no Q1 parte pelo carro que não foi bem visto que Carlos Sainz jr. classificou na rabeira da turma e também influenciou o fato do motor Renault do piloto Russo ter quebrado o que acabou prejudicando muito o treino dele.

Q2

No Q2 o destaque foi para Jolyon Palmer que até agora não tinha feito quase nada no campeonato acabou colocando a Renault (Que só constata a melhora da equipe) na 7ªposição. Duas posições a frente do Nico Hulkenberg. Na parte final do Treino Fernando Alonso acabou usando o Stoffel Vandoorne para garantir seu lugar no Q3. Não adiantou nada. Alonso não fez boas parciais e acabou abortando a volta e voltando para os boxes torcendo para ninguém tirasse dele o lugar na fase final do Treino.

Porém no final Nico Hulkenberg que estava fora do Q3 acabou melhorando bem seu tempo jogando Alonso para fora da fase final da classificação. Romain Grosjean, Kevin Magnussen, Carlos Sainz jr. e Stoffel Vandoorne foram os outros eliminados. Nesse Q2 foi descancarado o domínio de Hamilton e de Bottas e da Mercedes que ficaram com o 1º e 2ºlugares sobrando em relação aos pilotos da Ferrari e da Red Bull.

Q3

Na fase decisiva da classificação só confirmou o domínio total do piloto Inglês. Mesmo tendo Jolyon Palmer tendo problemas ou de Motor ou de Câmbio e parando quando o piloto da Renault tentava realizar sua volta rápida. Isso acabou atrapalhando a todos que fizeram a primeira tentativa nos boxes.

Hamilton fez 1:42.907 assumindo o 1ºlugar quase 4 décimos de diferença sobre Raikkonen. Depois vinham Bottas, Vettel, Verstappen e Ricciardo. Ou seja, Sobrava o piloto da Mercedes, Mas ainda havia tempo para uma última tentativa para todos eles.

Na tentativa final Hamilton foi o primeiro a fazer sua última volta e baixou seu tempo para 1:42.553 e acabou com qualquer esperança de alguém tentar alcançar o piloto da Mercedes. Sebastian Vettel que estava pressionado por ter sido superado pelo Max Verstappen fez uma grande volta de 1:42.795, Se colocando na segunda posição e abrindo a primeira fila com Hamilton retirando Valtteri Bottas da primeira fila. Os Finlandeses Bottas e Raikkonen largam na segunda fila. Bottas quer entrar de vez na disputa do título enquanto Raikkonen corre na pista aonde ele tem o seu melhor rendicap no atual calendário.

A Terceira fila ficaram os dois pilotos da Red Bull. Verstappen com uma grande torcida em Spa-Francorchamps teve um tempo bem superior ao tempo de Daniel Ricciardo. (Foram quase meio segundo de diferença entre os 2)

Na disputa entre os outros 3 pilotos que sobraram na disputa disputaram a 7ªposição. Essa disputa foi ganha pelo Alemão Nico Hulkenberg com a Renault que vem em franca ascensão no campeonato que larga na frente de Perez e de Ocon que continuam levando a modesta Force India para a consolidação do 4ºlugar no Mundial de Construtores.

Jolyon Palmer ficou com o 10ºlugar mesmo com os problemas do Q3. As 9 da Manhã teremos a 12ªEtapa do Mundial de Formula 1 que volta das Férias de Agosto com o Tradicional GP da Bélgica.

Grid de Largada do GP da Bélgica de Formula 1
12ªEtapa

Posição Piloto Equipe Chassis Motor Tempo Fase Punição
1 44 Lewis Hamilton Mercedes W08 Mercedes M08 EQ Power+ 1:42.553 Q1
2 5 Sebastian Vettel Ferrari SF70H Ferrari 062 1:42.795 Q1
3 77 Valtteri Bottas Mercedes W08 Mercedes M08 EQ Power+ 1:43.094 Q1
4 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF70H Ferrari 062 1:43.270 Q1
5 33 Max Verstappen Red Bull RB13 TAG Heuer 1:43.380 Q1
6 3 Daniel Ricciardo Red Bull RB13 TAG Heuer 1:43.863 Q1
7 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.17 Renault R.E.17 1:44.982 Q1
8 11 Sergio Perez Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 1:45.244 Q1
9 31 Esteban Ocon Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 1:45.369 Q1
10 30 Jolyon Palmer Renault R.S.17 Renault R.E.17 Sem Tempo Q1
11 14 Fernando Alonso Mclaren MCL32 Honda RA617H 1:45.090 Q2
12 8 Romain Grosjean Haas VF-17 Ferrari 062 1:45.133 Q2
13 20 Kevin Magnussen Haas VF-17 Ferrari 062 1:45.400 Q2
14 55 Carlos Sainz Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 1:45.439 Q2
15 18 Lance Stroll Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 1:46.915 Q3
16 19 Felipe Massa Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 1:45.823 Q3 5
17 9 Marcus Ericsson Sauber C36 Ferrari 061 1:47.214 Q3 5
18 94 Pascal Wehrlein Sauber C36 Ferrari 061 1:47.679 Q3 5
19 26 Daniil Kvyat Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 1:46.028 Q3 20
20 2 Stoffel Vandoorne Mclaren MCL32 Honda RA617H Sem Tempo Q2 65

Felipe Massa perdeu 5 posições por ignorar bandeira amarela no FP3
Marcos Ericsson e Pascal Wehrlein perderam 5 posições por troca de Câmbio
Daniil Kyvat punido com 20 posições por trocar componentes do Motor
Stoffel Vandoorne perdeu 65 posições por trocar vários componentes do carro e do câmbio

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Williams/Renault/Red Bull/Mercedes

Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *