Fotos MotoGP MotoGP 2017 Motos Motovelocidade Mundial de Motovelocidade

Marquez conquista pole e vitória em Brno em tática acertada em troca de motos. *12+1 Sempre!

Prova de Classificação

Q1:

Na primeira parte da classificação destaque para o belo desempenho de Alex Rins que mesmo ficando a 1 posição da vaga para o Q2 acabou colocando um temporal no seu companheiro de equipe. O Fraquíssimo Andrea Iannone que larga do 20ºlugar, 7 posições atrás de Rins.

As vagas para o Q2 ficaram com os pilotos Danilo Petrucci que em sua volta final não perdeu a calma e conseguiu pular do 5º para a 1ºposição e de Alvaro Bautista da Aspar Martinez comandando o Domínio da Ducati na primeira parte do treino. O piloto espanhol superou Rins por apenas 6 milésimos de segundo travando um duelo em particular com o piloto da Suzuki.

Jonas Folger com uma Moto que teoricamente teria de lutar pela classificação e que conseguiu ficar na liderança até o final do Q1 acabou não passando do 14ºlugar. A Nova canenagem da Ducati Desmosedici 17 acabou funcionando para a moto atualizada de Petrucci. Ao contraio do seu companheiro de equipe que acabou sendo o último colocado.

Q2:

No Q2 um treino aonde os pilotos da Honda Repsol deram as cartas literalmente no treino. No primeiro momento de Marquez um susto quando ele por pouco não perde o controle da sua moto e acaba por abortar sua primeira volta. A segunda volta do líder do campeonato não foi boa deixando Marquez em 12º enquanto que Dani Pedrosa faz o melhor tempo com Lorenzo em segundo. Apenas na terceira tentativa Marquez fez um belo tempo se colocando na segunda posição.

Mas a Formiga atômica estava com dificuldades em segurar a moto, Dava a impressão que ela não estava bem acertada. O que espantava é que os pilotos da Honda tinham meio segundo sobre o terceiro colocado que não era mais Lorenzo já que o seu tempo foi anulado deixando o tricampeão do mundo para o último lugar dos participantes do Q2.

Lorenzo partiu para a pista para recuperar a sua volta perdida. Outros pilotos a menos de 5 minutos para o final fizeram o mesmo já para buscarem a pole, Mas era bem difícil que a Honda perdesse as 2 primeiras posições. Lorenzo começava muito bem sua volta com uma parcial mais baixa do que a de Pedrosa, Mas a segunda parcial já não é muito boa e já não possibilitava do espanhol buscar a pole, Ao contraio de Marquez e Rossi que vinham baixando os seus respectivos tempos.

Marquez fez 1:54.981 e Rossi 1:55.073 e assumiram as duas primeiras posições, Rebaixando Pedrosa para o 3ºlugar. Dovizioso em um treino sem chamar muita atenção faz uma volta boa e fica com a quarta posição. Em sua tentativa final Pedrosa baixou seu tempo, Porém o 1:55.113 não foi o suficiente para fazer a dobradinha com o Marquez nas duas primeiras posições.

Marquez conquista mais uma pole position com Valentino Rossi conseguindo furar o domínio dos pilotos da Honda largando em 2ºlugar e Pedrosa largando em 3º. Dovizioso que é um dos postulantes ao título larga em 4º com Crutchlow que caiu no final deixando de melhorar sua posição no grid (Chegou a ficar em 3ºlugar) e Lorenzo que ainda buscou a 6ªposição após ter seu tempo anulado.

Marevick Viñales em um treino apagado larga em 7º com a Yamaha com Danilo Petrucci e Alvaro Bautista vindos do Q1 e fazendo um bom papel no Q2 largando respectivamente em 8º e 9ºlugar. Completando os 12 primeiros o Francês Johann Zarco com a Tech 3 Yamaha, Aleix Espargaró com a Aprilla e Loris Baz que levou supreendentemente a Avintia Ducati de 2015 para o Q2 de Maneira direta

Grid de largada do GP da República Tcheca
10ªEtapa do Mundial de Motovelocidade – Brno

pos. piloto Equipe Moto Tempo
1 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda RC213V 1’54.981
2 46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 1’55.073
3 26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda RC213V 1’55.119
4 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati Desmosedici GP17 1’55.441
5 35 Cal Crutchlow LCR Honda Honda RC213V 1’55.489
6 99 Jorge Lorenzo Ducati Team Ducati Desmosedici GP17 1’55.552
7 25 Maverick Vinales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 1’55.663
8 9 Danilo Petrucci OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP17 1’55.738
9 19 Alvaro Bautista Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP16 1’56.027
10 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 1’56.075
11 41 Aleix Espargaro Aprilia Racing Team Gresini Aprilia RS-GP 1’56.355
12 76 Loris Baz Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP15 1’56.624
13 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki GSX-RR 1’56.460
14 94 Jonas Folger Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 1’56.540
15 43 Jack Miller EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V 1’56.543
16 8 Hector Barbera Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP16 1’56.685
17 17 Karel Abraham Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP15 1’56.786
18 44 Pol Espargaro Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 1’57.034
19 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 1’57.042
20 29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Suzuki GSX-RR 1’57.245
21 53 Tito Rabat EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V 1’57.288
22 22 Sam Lowes Aprilia Racing Team Gresini Aprilia RS-GP 1’57.465
23 45 Scott Redding OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP16 1’57.517

A prova da moto GP ela foi declarada sobre chuva e em uma pista muito complicada em Brno. 24 Horas antes tinha feito sol na classificação.

Na largada Marquez manteve a primeira posição com uma grande largada de Jorge Lorenzo que pulou do 6º para o 2ºlugar, Dovizioso estava em 3º seguido por Pedrosa, Rossi e Viñales nas 6 primeiras posições. O piloto da Ducati na primeira parte da primeira volta foi para cima de Marquez e conquistou a ultrapassagem assumindo a liderança. Algo impressionante para um piloto que não tem uma grande habilidade em correr com pista molhada.

Mesmo com uma chuva caindo durante a moto 2 a pista já dava sinais que ela estava seca. Enquanto Lorenzo disparava na liderança os pilotos da Honda Repsol despencavam com Pedrosa caindo para o 6ºlugar e Marquez caindo para o 9ºlugar. Visto a queda do seu desenho repentina Marquez vai para os boxes trocar de moto assim como fez Pol Espargaró.

Na 3ªVolta Um acidente pra lá de bizarro entre Aleix Espargaró e Andrea Iannone que acabou sendo como consequência a queda de Iannone nos boxes o que acabou fazendo o italiano perder muito tempo. Scott Redding e Jonas Folger foram para a parada nos boxes.

Logo se percebia que quem optou pela tática de parar o mais rápido possível tinha acertado na estratégia. Na 4ªVolta Rossi passa Lorenzo e vai para a ponta. Enquanto Lorenzo foi para os boxes e levou com ele vários pilotos como Danilo Petrucci, Marevick Viñales e Dani Pedrosa. Todos eles voltaram atrás de Marquez. Naquela altura da corrida apenas Rossi, Dovizioso e Zarco não tinham trocado de moto.

Na 6ªVolta Rossi e Dovi foram trocar suas motos enquanto Zarco permanecia na pista assumindo a liderança que durou meia volta já que Marquez passou como quis o piloto da Tech 3 e sem esperar parada de ninguém assumiu definitivamente a liderança da prova com Aleix Espargaró em segundo a mais de 15 segundos atrás da Formiga atômica com Scott Redding em 3º e Karel Abraham em 4º. Pedrosa estava em 5º, Viñales em 10ºlugar, Rossi e Dovizioso estavam em 13º e 14ºlugares respectivamente atrás de Pol Espargaró. Jorge Lorenzo caiu para o 19ºlugar.

A corrida estava absolutamente nas mãos de Marc Marquez e as emoções ficavam com as recuperações dos outros postulantes a disputa pelo título de 2017.

Dani Pedrosa se livrou com certa facilidade de Abraham (piloto da casa) de Redding e de Espargaró (Aprilla) e assumiu a segunda posição e foi embora enquanto os outros disputavam o 3ºlugar com exceção de Abraram que ficou pelo caminho, Em compensação Cal Crutculow e Danilo Petrucci entraram nessa disputa e travaram um interessante duelo pelo 3ºlugar. Aleix Espargaró resistiu até aonde deu, Mas acabou aos poucos sendo superado e sendo ultrapassado pelo pelotão.

Rossi e Dovizioso estavam em 9º e 10ºlugares a 9 voltas do final da corrida. Viñales já vinha em 5º logo atrás de Crutchlow buscando a 4ªposição enquanto que Redding tentou segurar Rossi que em um lance Genial deixou não só o piloto Inglês da Pramac como o piloto da Aspar Martinez que restou na corrida Karel Abraham subindo para o 6ºlugar. Dovizioso ficou um pouco mais atrás e se separou de Rossi na corrida. Bautista acabou caindo voltas antes lá atrás disputando posição com Jorge Lorenzo.

Mais a frente Viñales ao passar Crutchlow e depois ao passar Petrucci acabou por assumir o terceiro lugar. Depois disso o piloto da LCR Honda superou Petrucci assumindo o 4ºlugar.

A 5 voltas do final Rossi foi para o ataque em cima de Petrucci e ganhou o 5ºlugar do piloto da Pramac. Nas voltas finais tivemos duas disputas de posição: Rossi tentando ganhar o 4ºlugar de Crutchlow e Dovizioso buscando ganhar o 6ºlugar de Petrucci.

A 2 Voltas do final o piloto oficial da Ducati superou o piloto da Pramac. Na volta final apesar do esforço de Crutchlow acabou Rossi tomando o 4ºlugar. Lá na frente Marquez levou a sua Honda para a vitória mais tranquila que ele teve certamente nos últimos 2 anos e a mais tranquila na temporada. Vitória essa decidida também muito pelo momento certo de trocarem a Moto na hora certa.

Dani Pedrosa completou a dobradinha ficando em segundo lugar e em terceiro lugar numa bela prova de recuperação ficou com Marevick Viñales com a Yamaha. Mas a recuperação do Dia ficou com Valentino Rossi que chegou a ocupar o 13ºlugar depois da parada e foi recuperando brilhantemente para completar em 4ºlugar deixando um esforçado Cal Crutchlow com sua LCR Honda em 5ºlugar.

Andrea Dovizioso com o sexto lugar em uma bela prova de recuperação continua na disputa do campeonato representando bem a Ducati contrastando com a prova de Jorge Lorenzo que começou muito bem e acabou depois da parada fazendo uma corrida apagada ficando apenas em 15ºlugar fechando melancolicamente a zona de pontuação. O mesmo caso aconteceu na Pramac com Danilo Petrucci fazendo uma bela corrida ficando em 7ºlugar enquanto que Scott Redding que se aproveitou muito bem das paradas chegando a ficar em 3ºlugar, mas caiu muito e acabou ficando em 16ºlugar ficando de fora da zona de pontuação.

Aleix Espargaró ficou em 8ºlugar com a Aprilla em uma prova aonde ele fez o possível para ficar nas primeiras posições com as deficiências da sua moto italiana. Seu irmão Pol Espargaró acabou se destacando com a KTM colocando a Moto Austríaca em 9ºlugar e Jonas Folger com a tech 3 fechou os 10 primeiros colocados.

Alex Rins com a Suzuki fez uma corrida honesta ficando em 11ºlugar, Johann Zarco ficou em 12ºlugar em mais um dia ruim para o Francês que vem acumulando sequência de três provas ruins de resultados. Karem Abraham que chegou a ficar em 4ºlugar acabou caindo na classificação. Mesmo assim segurou o 13ºlugar a frente de Jack Miller e Jorge Lorenzo.

Nesse domingo teremos a 11ªEtapa do Mundial de Motovelocidade no Circuito de Spielberg na Áustria aonde as Ducati devem ser a favoritas a vencerem a prova.

Resultado Final do GP da República Tcheca
10ªEtapa do Mundial de Motovelocidade – Brno

Pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda RC213V 44’15.974
2 26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda RC213V 12.438
3 25 Maverick Vinales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 18.135
4 46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 20.466
5 35 Cal Crutchlow LCR Honda Honda RC213V 20.892
6 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati Desmosedici GP17 23.259
7 9 Danilo Petrucci OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP17 24.079
8 41 Aleix Espargaro Aprilia Racing Team Gresini Aprilia RS-GP 30.559
9 44 Pol Espargaro Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 30.754
10 94 Jonas Folger Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 33.236
11 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki GSX-RR 33.290
12 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 34.595
13 17 Karel Abraham Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP15 34.697
14 43 Jack Miller EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V 38.062
15 99 Jorge Lorenzo Ducati Team Ducati Desmosedici GP17 40.100
16 45 Scott Redding OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP16 44.376
17 53 Tito Rabat EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V 45.454
18 22 Sam Lowes Aprilia Racing Team Gresini Aprilia RS-GP 53.976
19 29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Suzuki GSX-RR 1’23.346
20 8 Hector Barbera Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP16 a 1 Volta
38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 a 2 Voltas
76 Loris Baz Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP15 a 7 Voltas
19 Alvaro Bautista Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP16 a 10 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Foto: MotoGP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.