Indy Car – Round 10 em Road America: Dixon em genial corrida conquista primeira vitória do ano em cima da Penske Dominadora

Grid de largada:

Pos Pilotos Equipe Chassi/Motor Tempo
1 Helio Castroneves Team Penske Dallara/Chevrolet 1’41.3007
2 Will Power Team Penske Dallara/Chevrolet 1’41.3611
3 Josef Newgarden Team Penske Dallara/Chevrolet 1’41.6608
4 Simon Pagenaud Team Penske Dallara/Chevrolet 1’42.0385
5 Scott Dixon Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 1’42.9308
6 Graham Rahal Rahal Letterman Lanigan Racing Dallara/Honda 1’45.0464
7 Max Chilton Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 1’42.7566
8 Marco Andretti Andretti Autosport Dallara/Honda 1’42.8614
9 James Hinchcliffe Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda 1’43.2105
10 Charlie Kimball Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 1’43.3221
11 Ed Jones Dale Coyne Racing Dallara/Honda 1’43.7959
12 Ryan Hunter-Reay Andretti Autosport Dallara/Honda 1’43.9786
13 Carlos Munoz A. J. Foyt Enterprises Dallara/Chevrolet 1’42.9039
14 Spencer Pigot Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet 1’42.8875
15 Alexander Rossi Andretti Herta Dallara/Honda 1’43.0171
16 Tony Kanaan Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 1’42.9077
17 Esteban Gutierrez Dale Coyne Racing Dallara/Honda 1’43.1652
18 J.R. Hildebrand Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet 1’42.9132
19 Mikhail Aleshin Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda 1’43.8891
20 Takuma Sato Andretti Autosport Dallara/Honda 1’43.4111
21 Conor Daly A. J. Foyt Enterprises Dallara/Chevrolet 1’44.1579

Em uma das pistas mais tradicionais dos Estados Unidos é realizada a 10ªEtapa da Formula Indy no circuito de Elhkart Lake no Road America. em um grande campeonato. Nos treinos a Penske dominou totalmente.

Hélio Castroneves largou na pole position com Will Power em 2ºlugar. Na segunda Fila largam Josef Newgarden e Simon Pagenaud completando o domínio da Penske nos treinos. Scott Dixon largava em 5º com o carro da Chip Ganassi que tinha Max Chilton em 7º e Charlie Kimball em 10º bem colocados. Quem estava muito mal era Tony Kannan que iria larga na 16ªposição bem longe dos seus companheiros de equipe.

Helinho manteve a liderança na largada com Newgarden pulando para o segundo lugar. Power caiu para 3º Rahal pulou do 6º para o 4º. Dixon em 5º partiu para cima do piloto da Rahal Letterman conseguindo a ultrapassagem e subindo de posição, No final da primeira volta o Neozelandês foi para cima de Power por fora disputando já pelo terceiro lugar. Castroneves e Newgarden abriram uma vantagem para os demais. Na parte de Trás Hunter-Reay foi tocado por trás pelo Spencer Pigot.

Rahal que tinha largado muito bem chegando a ficar em 4ºlugar já tinha perdido posição para Dixon, Pagenaud e para Chilton que ganhou o 6ºlugar de Rahal. E logo depois Kimball também passou Rahal e assumiu o 7ºlugar. Definitivamente o norte-americano não tinha um bom começo em Elhkart Lake. Castroneves tinha uma vantagem segura para Newgarden que não conseguia atacar seu companheiro de equipe. Power conseguiu algum folego em 3ºlugar já que o australiano era atacado de todo o jeito pelo piloto da Ganassi.

Na 7ªVolta Alexander Rossi foi para a primeira parada mudando totalmente sua tática de paradas assim como Hildebrand da equipe Carpenter. Dixon tentou de novo por fora em cima de Power que se sustentou novamente a frente. Rahal e Aleshin fizeram a 1ªparada na volta 8.

Marco Andretti que vive um ano muito ruim acabou saindo da pista enquanto que Kannan e Daly foram para a parada na Volta 9. Castroneves abriu 2.2 segundos do Newgarden e liderava sem problemas. Na 12ªVolta Carlos Muñoz e Spencer Pigot pararam. Helio abriu 4 segundos de frente para Newgarden. Power, Dixon e Pagenaud completavam os 5 primeiros colocados.

Na 13ªVolta o líder Castroneves vai para a sua primeira parada juntos foram Power, Pagenaud e Chilton. Newgarden, Dixon e Kimball ficaram na pista e assumiram as 3 primeiras posições por uma volta. Na 14ªVolta eles três pararam nos boxes e Castroneves com os pneus mais duros voltou a liderança da prova com Newgarden em 2 a 1.2 segundos de diferença, Dixon vinha em terceiro a quase 5 segundos do líder, Alexander Rossi com uma tática diferente estava em 4ºlugar e Pagenaud vinha em 5º. Kimball, Kannan, Chilton completavam as 8 primeiras posições.

Rossi foi para os boxes pela segunda vez na 19ªvolta. Newgarden foi para cima do Helinho na 19ªVolta. Com a vantagem dos pneus mais macios o norte-americano foi para cima do Brasileiro e na entrada da 20ªVolta por fora Newgarden faz bela ultrapassagem e assume a liderança. Em pouco tempo ele abria diferença para 2 segundos de diferença. Rahal parou na 20ªVolta e Kannan fizeram na 21ªVolta.

Dixon logo chegou em Castroneves que teria que segurar esse momento de dificuldade na prova enquanto que Newgarden abria diferença mais e mais. A Penske tinha seus 4 pilotos nas 5 primeiras posições e o Neozelandês era o intruso da turma da Penske.

Dixon tentou passar Castroneves que se defendeu bem. Pigot parou pela 2ªVez na volta 25. Para quem quer fazer 3 paradas os pilotos teriam de fazer 14 voltas por jogo de pneus e combustível, Com 25 voltas e duas paradas seria difícil fazer 3 trocas. No final da 27ªVolta Castroneves, Power e Pagenaud pararam nos boxes e na volta seguinte parou Newgarden e Dixon. Exatamente nesse momento o Japonês Takuma Sato acabou rodando, Batendo de leve no muro e parando em ponto perigoso da pista que obrigou a acionar pela primeira vez a bandeira amarela em todo o circuito. Nisso os pilotos que foram para uma tática diferente acabaram fazendo uma parada nova para entrarem na tática dos líderes como o Rossi e o Kannan.

Takuma Sato voltou a corrida com uma volta de atraso e foi para os boxes para reparar o carro dele. Praticamente a corrida dele estava liquidada. A classificação estava assim: Newgarden, Dixon, Castroneves, Pagenaud, Kimball, Chilton e Power os 7 primeiros lugares.

Na 31ªVolta tivemos a relargada e Scott Dixon foi para cima de Newgarden e por fora conseguiu a ultrapassagem passando para a liderança em cima do domínio dos carros da Penske. Curvas depois no final da reta oposta Hélio Castroneves passou Newgarden e recuperou a 2ªposição. Mas atrás Hinchcliffe tentou passar Power, Mas foi tocado na suspensão e pareceu que essa suspensão tivesse quebrado, Mas o canadense teve danos e teve de ir para os boxes para reparar possíveis danos em seu carro.

Esteban Gutierrez perdia posições na corrida caindo para os últimos lugares. Como a Dale Coyne teve a coragem de colocar um piloto tão abaixo para substituir Sebastien Bourdais? (Por mim eu colocaria o Tristan Vautier até o final da temporada)
Dixon que deu um nó na Penske abria uma diferença de 2.7 segundos para Castroneves que vinha segurando o segundo lugar com 1.1 segundos a frente do Newgarden que vinha em terceiro. Pagenaud, Kimball, Chilton e Power nas 7 primeiras posições colocado 3 dos 4 carros da Ganassi e dos 4 pilotos da Penske nessas posições. Muñoz em 8ºlugar com o carro da Foyt, Ryan Hunter-Reay da Andretti em 9º e Ed Jones da Dale Coyne em 10ºlugar.

Graham Rahal era pressionado pelo JR Hildebrand na zona intermediária para trás na corrida. Will Power foi para cima de Chilton e de Kimball querendo voltar ao 5ºlugar pelo menos. Carlos Muñoz foi para os boxes na 37ªVolta o que enterrou a sua tática ao se colocar com a tática de 4 paradas que estava fadado ao fracasso.

Dixon com 4 segundos de frente para Castroneves ele estava com a corridas nas mãos, Porém Dixon precisava usar os pneus duros e por isso ele precisava abrir uma boa vantagem para ter tranquilidade no final da prova. Na volta 42 para 43 Castroneves foi para os boxes para a ultima parada. Nisso falaram que era para o Brasileiro dar mais uma volta nos boxes. Com a parada Castroneves teria de andar as 14 voltas finais (Era possível fazer 14 voltas com 1 tanque) com esse tanque o que obrigaria ele a economizar para terminar a corrida e com isso praticamente sairá da disputa da vitória.

Dixon, Power, Pagenaud e Newgarden foram para os boxes na 43ªVolta deixando Charlie Kimball na liderança na 44ªVolta. Ao final da volta ele foi para os boxes e com isso Dixon voltou a liderança com Newgarden, Castroneves, Pagenaud e Power completando as 5 primeiras posições.

Castroneves estava em apuros tendo de poupar combustível e sendo pressionado pelo campeão de 2016 Simon Pagenaud. Até que a sorte sorriu para o brasileiro com um acidente fortíssimo de um outro Brasileiro. Tony Kannan que vinha mais atrás disputava posição com Alexander Rossi quando passou reto e bateu no muro provocando a segunda bandeira amarela da prova. Castroneves pode economizar o combustível para conseguir terminar a corrida tranquilamente.
Após a retirada do carro de Kannan e limpeza da pista a corrida recomeçou na 49ªVolta e Dixon continuou na liderança, Mas teria de aguentar os ataques de Newgarden com os pneus mais duros. Mais atrás Aleshin ganhava posição de Rossi que acabaria descendo a ladeira na corrida. Outro piloto com problemas no final da corrida foi Ryan Hunter-Reay que com o bico danificado perdeu posições ficando mais atrás. Ou seja, Mais uma corrida fracassada da Poderosa (Nem Tanto assim) Andretti Autosport.

Newgarden começou a pressionar Dixon nas voltas finais. Mas o Neozelandês segurou e conquistou a sua primeira vitória na temporada de 2017 consolidando a liderança do campeonato, Uma corrida impecável do piloto da Ganassi que superou o absoluto domínio das Penske.

Josef Newgarden e Hélio Castroneves completaram o pódio. Em uma corrida muito boa do norte-americano e uma corrida não tão boa do Castroneves. Simon Pagenaud e Will Power completaram os 5 primeiros colocados sendo que do 2º até o 5ºlugar foram pilotos da Penske. Só não conseguiram transformar o domínio por vitória por causa muito mais de uma genial corrida do piloto de 36 anos de idade que é um dos sérios candidatos ao título.

A de destacar as boas corridas de Charlie Kimball que ficou em uma boa 6ªposição, de Ed Jones em 7ºlugar com a Dale Coyne que funciona hoje e Graham Rahal em uma corrida de Altos e baixos na 8ªposição.

Vídeo da Corrida:

Resultado final do GP de Road America – 10ªetapa
Formula Indy – 55 Voltas

Pos Pilotos Equipe Chassi/Motor Tempo
1 Scott Dixon Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 1h 47:18.9870
2 Josef Newgarden Team Penske Dallara/Chevrolet a 0.5779
3 Helio Castroneves Team Penske Dallara/Chevrolet a 4.1918
4 Simon Pagenaud Team Penske Dallara/Chevrolet a 4.9721
5 Will Power Team Penske Dallara/Chevrolet a 5.7227
6 Charlie Kimball Chip Ganassi Racing Dallara/Honda a 14.7178
7 Ed Jones Dale Coyne Racing Dallara/Honda a 21.6338
8 Graham Rahal Rahal Letterman Lanigan Racing Dallara/Honda a 22.2273
9 Max Chilton Chip Ganassi Racing Dallara/Honda a 23.3076
10 Mikhail Aleshin Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda a 24.3586
11 Carlos Munoz A. J. Foyt Enterprises Dallara/Chevrolet a 26.1402
12 Spencer Pigot Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet a 33.4983
13 Alexander Rossi Andretti Herta Dallara/Honda a 38.1370
14 Ryan Hunter-Reay Andretti Autosport Dallara/Honda a 39.8433
15 Conor Daly A. J. Foyt Enterprises Dallara/Chevrolet a 43.1988
16 J.R. Hildebrand Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet a 1:16.5039
17 Esteban Gutierrez Dale Coyne Racing Dallara/Honda a 1:28.4634
18 Marco Andretti Andretti Autosport Dallara/Honda a 1 Volta
19 Takuma Sato Andretti Autosport Dallara/Honda a 1 Volta
20 James Hinchcliffe Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda a 2 Voltas
21 Tony Kanaan Chip Ganassi Racing Dallara/Honda a 11 Voltas – Acidente

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: IndyCar
Vídeo: IndyCar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.