Valentino Rossi vence a primeira na temporada, Viñales cai e perde a liderança do Campeonato para Dovizioso

Matéria conjunta do Treino de Classificação e da Corrida em uma mesma matéria.

Q1 –  Pilotos na repescagem:

Karel Abraham – Jack Miller – Aleix Espargaró – Jorge Lorenzo – Scott Redding – Loris Baz – Andrea Iannone – Hector Barberá – Alex Rins – Sam Lowes – Esteve Rabat – Pol Espargaró – Bradley Smith

No Q1 com o tempo fechado e com pista molhada o que uma situação terrível para o Jorge Lorenzo que não se casa bem com chuva. Ainda mais ainda em período de Adaptação. Ao contraio de Jack Miller que adora correr na chuva.
Logo Miller assumia a primeira posição, Mas o piloto da Marc VDS não teria vida fácil já que loris Baz e Sam Lowes superaram a Miller que na sua segunda volta recuperou a ponta. Scott Redding entrou nessa disputa das duas vagas fazendo o melhor tempo.

Com o decorrer da classificação os tempos vinham baixando. A 5 minutos do final os classificados para o Q2 eram Jack Miller e Scott Redding. Mas Loris Baz e Sam Lowes também estavam na disputa dessas vagas. Já Jorge Lorenzo não conseguia andar rápido e sem qualquer chance de vaga para a fase final da Classificação.

Miller, Baz, Redding e Lowes se alternavam na liderança na parte final da Classificação. No final do treinamento os classificados foram o Britanicos Scott Redding e Sam Lowes. Loris Vaz acabou errando no último setor de sua última volta o que acabou por jogar ele para fora do Q2. A se lamentar o treino de Jorge Lorenzo que ficou apenas em 11ºlugar e com isso iria largar na 21ªposição.

Pilotos no Q2:
Marevick Viñales – Jonas Folger – Marc Marquez – Andrea Dovizioso – Cal Crutchlow – Valentino Rossi – Danilo Petrucci – Johann Zarco – Alvaro Bautista – Dani Pedrosa – Sam Lowes – Scott Redding

No Q2 Rossi assumiu a primeira posição no começo com Marquez em 2ºlugar. Danilo Petrucci acabou se destacando bastante no treinamento fazendo o melhor tempo. E quando alguém vinha para melhorar o tempo lá vem o piloto da Pramac para baixar a marca de seu adversário. Até que Marquez a 3 minutos do Final passa para o primeiro lugar com Valentino Rossi marcando o 2ºtempo Deixando Petrucci para o 3ºlugar.

O piloto da Pramac tentou recuperar a pole position, Mas acabou ficando em 3ºlugar. Enquanto que o motor da Aprilla de Sam Lowes quebra deixando na mão o piloto Britânico. Petrucci não desistiu e na volta seguinte com 1:46.526. No final do Treino Zarco, Marquez e Rossi buscaram tirar a pole do piloto da Pramac.

Marquez fez 1:46.206 e parecia que a pole iria ficar com o piloto da Honda, Mas a pole ficou mesmo com Johann Zarco que na volta final de 1:46.141 colocou todos os favoritos no bolso, Conquistando a primeira pole na MotoGP em sua 8ªcorrida na categoria principal. Marc Marquez larga em 2º e o Italiano Danilo Petrucci com a Pramac fecha a primeira fila do Grid de largada.

Na segunda fila largam Valentino Rossi da Yamaha Oficial, Scott Redding que mesmo com uma moto de 2016 da Ducati sendo inferior a moto do seu companheiro de equipe acabou fazendo um brilhante trabalho. Jonas Folger completa a 2ªFila.

Alvaro Bautista em grande fase larga em 7º, Cal Crutchlow e Andrea Dovizioso que vem de 2 vitórias seguidas completam a 3ªFila. O Líder do campeonato Marevick Viñales larga em 11ºlugar atrás de Sam Lowes que fez seu melhor treino na MotoGP e de Dani Pedrosa que não foi nada bem no Q2 ficando longe da Formiga Atômica.

Grid de largada:

pos Piloto Equipe País Tempo Fase
1 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 1’46.141 Q2
2 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda RC213V 1’46.206 Q2
3 9 Danilo Petrucci OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP17 1’46.526 Q2
4 46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 1’46.705 Q2
5 45 Scott Redding OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP16 1’47.574 Q2
6 94 Jonas Folger Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 1’47.663 Q2
7 19 Alvaro Bautista Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP16 1’47.812 Q2
8 35 Cal Crutchlow LCR Honda Honda RC213V 1’48.042 Q2
9 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati Desmosedici GP17 1’48.079 Q2
10 22 Sam Lowes Aprilia Racing Team Gresini Aprilia RS-GP 1’48.128 Q2
11 25 Maverick Vinales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 1’48.266 Q2
12 26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda RC213V 1’49.623 Q2
13 43 Jack Miller EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V 1’47.217 Q1
14 76 Loris Baz Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP15 1’47.234 Q1
15 41 Aleix Espargaro Aprilia Racing Team Gresini Aprilia RS-GP 1’47.277 Q1
16 29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Suzuki GSX-RR 1’47.649 Q1
17 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki GSX-RR 1’47.804 Q1
18 17 Karel Abraham Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP15 1’47.947 Q1
19 44 Pol Espargaro Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 1’47.957 Q1
20 8 Hector Barbera Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP16 1’48.080 Q1
21 99 Jorge Lorenzo Ducati Team Ducati Desmosedici GP17 1’48.219 Q1
22 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 1’48.448 Q1
23 53 Tito Rabat EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V 1’48.700 Q1

A Corrida no Domingo:

Com tempo nublado, Mas pelo menos com pista seca foi realizada a 8ªEtapa do Mundial de Motovelocidade em Assen. Na Largada Zarco e Marquez disputaram a liderança com vantagem para o piloto da Tech 3 e se manteve na liderança seguido de Marquez, Rossi, Petrucci, Bautista, Redding, Dovizioso e Crutchlow. Jonas Folger da Tech 3 acabou errando e passando reto em uma das curvas e teve que ceder posições. Mais atrás Pedrosa e Viñales estavam disputando o 10ºlugar.

Zarco inicialmente conseguiu abrir vantagem para a concorrência,  Mas logo na 3ªVolta Marquez e Rossi chegaram no piloto francês. Petrucci também vinha nessa chegando perto de Rossi. Enquanto isso Viñales tentava se recuperar e estava em 9ºlugar. O líder do campeonato tinha Iannone na alça de mira. O piloto da Suzuki saiu dessa passando Dovizioso e Bautista passando para o 6ºlugar.

Viñales praticamente de volta a volta ganhando uma posição. Primeiro para Bautista, depois para Dovizioso e a partir dai passou a pressionar o Inglês Scott Redding que vinha muito bem no final de semana apesar de Petrucci esta no bloco da frente sendo o principal piloto da Pramac em 2017 inclusive com moto do ano. Lorenzo já vinha em uma boa recuperação em 14ºlugar após largar em 21ºlugar.

Na 9ªVolta Sam Lowes que vinha no melhor final de semana da temporada caiu e deixou a corrida. Redding começava a sofrer pressão de Viñales na disputa pelo 5ºlugar enquanto que Bautista passa Dovizioso assumindo o 7ºlugar. Enquanto isso Valentino Rossi passou Marc Marquez tomando o 2ºlugar de seu arquirrival visionando a primeira posição de Johann Zarco. Viñales passou Redding e já vinha em 5ºlugar a 3 segundos do grupo da frente.

Na 11ªVolta Valentino Rossi passou Zarco assumiu a liderança. O piloto da Tech 3 tentou voltar a liderança e se deu mal. Acabou dando um toque em Rossi que se manteve a liderança enquanto que o francês acabou perdendo posição para Marquez caindo para o 3ºlugar. Na 12ªVolta de uma forma até perigosa o líder do campeonato Marevick Viñales cai e abandona a prova deixando a situação de que Andrea Dovizioso que assumiu o 5ºlugar tomar a liderança do campeonato.

A Formiga Atômica vinha pressionando Rossi na disputa pela liderança, Com Danilo Petrucci que já vinha em 3ºlugar na frente de Zarco. Na 16ªVolta Petrucci foi para cima de Marquez e ultrapassa o piloto da HRC Repsol Honda tomando o 2ºlugar com a sua moto da Pramac Ducati de 2017. 8 décimos de vantagem tinha o doutor na liderança.

Alvaro Bautista em uma bela corrida acabou caindo e deixando a prova. A 10 voltas do final os fiscais de pista mostraram a bandeira branca com o X vermelho o que representava pista escorregadia devido a chuva que começava a cair em Assen. Nesse meio tempo Dovizioso cresceu muito na corrida passando Zarco e depois passando Marquez assumindo a 3ªposição que era mais do que o bastante para o piloto da Ducati assumir a liderança do campeonato.

Zarco com dificuldades acabou indo para os boxes para trocar de moto, Mas acabou passando do limite de velocidade nos boxes o que fez ele ir para os boxes para cumprir a punição o que fez o piloto da Tech 3 que sobrou na corrida ficasse definitivamente de fora da corrida. Jorge Lorenzo fez a parada para trocar a Moto e sua situação era bem ruim na classificação. Andrea Dovizioso do nada chegou em Danilo Petrucci passando o piloto da Pramac indo para o segundo lugar. Dovi iria para o ataque em cima de Rossi para buscar uma terceira vitória seguida.

Isso acabou durando pouco. Petrucci voltou ao segundo lugar enquanto que Dovizioso e Marquez começaram a ficar atrás. A briga pela vitória estava ficando entre Rossi e Petrucci. A 5 voltas do final Petrucci passou Rossi assumindo a liderança mostrando que não era um peixe morto em relação ao veterano da MotoGP. Só que o Doutor queria pela primeira vez sair da operação com a vitória. A 3 voltas do final Rossi mandou Petrucci para a cama e operou o piloto da Pramac assumindo a liderança. Enquanto que Cal Crutculow vinha tirando 2 segundos por volta de Dovizioso e Marquez que travavam um duelo pelo pódio. O inglês chegou nos dois e parecia que ele passando os dois em 1 volta o piloto da LCR Honda poderia até buscar Rossi e Petrucci para ainda lutar pela vitória.

Mas isso não foi possível. Na volta final Rossi teve de segurar Petrucci. E Crutchlow tentava segurar o pódio. Conseguiu isso até as curvas finais quando Marc Marquez passa o piloto da LCR Honda e retorna ao pódio.

Rossi finalmente após 8 corridas e em uma das pistas aonde que ele melhor atua ele conquista a primeira vitória na temporada. A vitória 115 da carreira, ficando a 7 vitórias do italiano Giacomo Agostini que é o maior vencedor de corridas do Mundial de Motovelocidade. Rossi ficou a apenas 63 milésimos na frente de Danilo Petrucci que conquistou o 2ºpódio nas últimas três corridas com a Moto da Pramac Ducati de 2017.

Marc Marquez com a Honda Repsol completa o pódio ficando na frente de Cal Crutchlow que foi um senhor piloto na parte final da corrida. Andrea Dovizioso que apareceu até com condições de vencer a corrida acabou ficando apenas em 5ºlugar, Mas o italiano com os resultados assumiu pela primeira vez na carreira a liderança da categoria principal do Mundial de Motovelocidade passando Viñales que zerou pela segunda vez na temporada.

O Vencedor da Catedral da Motovelocidade de 2016 Jack Miller levou a moto da Marc VDS a uma boa 6ªposição e cada vez se mostrando como o piloto que vai ficar na equipe belga para 2018 levando a Tito Rabat a procurar um emprego em outra equipe para a próxima temporada. Karel Abraham sem chamar a menor atenção terminou a corrida em 7ºlugar após largar na 18ªposição com a Aspar Ducati de 2015 na frente de Loris Baz com a Avitina Ducati de 2015 chegando na frente de Iannone que fica em uma Decepcionante 9ªposição.

Aleix Espargaró com a Aprilla completou os Top 10. Pol Espargaró levou a KTM para o melhor resultado da fábrica Austríaca na sua volta a motoGP na 11ªposição. Tito Rabat ficou em 12ºlugar.

E quem diria que Dani Pedrosa em corrida lastimável em 13º, Johann Zarco após brigar a maior parte do tempo nas primeiras posições em 14º e Jorge Lorenzo em corrida deprimente em 15ºlugar ficaria nas últimas posições da zona de pontuação. Eles ficaram na frente de Hector Barbera e de Alex Rins (Que voltou nessa corrida após esta de fora por 5 corridas devido a problemas físicos).

No próximo domingo teremos a 9ªetapa do Mundial de Motovelocidade no Circuito Alemão de Saschering. O Circuito mais travado da temporada aonde Marquez é o rei da pista com 7 vitórias em 7 participações.

Resultado final do GP da Holanda – MotoGP
8ªEtapa do Mundial de Motovelocidade – 26 Voltas

pos Piloto Equipe País Tempo Grid
1 46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 41’41.149 4
2 9 Danilo Petrucci OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP17 a 0.063 3
3 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda RC213V a 5.201 2
4 35 Cal Crutchlow LCR Honda Honda RC213V a 5.243 8
5 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati Desmosedici GP17 a 5.327 9
6 43 Jack Miller EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V a 23.390 13
7 17 Karel Abraham Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP15 a 36.982 18
8 76 Loris Baz Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP15 a 37.058 14
9 29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Suzuki GSX-RR a 37.166 16
10 41 Aleix Espargaro Aprilia Racing Team Gresini Aprilia RS-GP a 1’01.929 15
11 44 Pol Espargaro Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 a 1’09.384 19
12 53 Tito Rabat EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V a 1’10.121 23
13 26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda RC213V a 1’10.344 12
14 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 a 1’35.655 1
15 99 Jorge Lorenzo Ducati Team Ducati Desmosedici GP17 1 Volta 21
16 8 Hector Barbera Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP16 1 Volta 20
17 42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki GSX-RR 1 Volta 17
45 Scott Redding OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP16 2 Voltas 5
19 Alvaro Bautista Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP16 9 Voltas 7
38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 13 Voltas 22
25 Maverick Vinales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 15 Voltas 11
94 Jonas Folger Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 17 Voltas 6
22 Sam Lowes Aprilia Racing Team Gresini Aprilia RS-GP 18 Voltas 10

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *