Corrida maluca em Baku. Daniel Ricciardo conquista vitória e Stroll conquista primeiro pódio da carreira

Baku no Azerbaijão tivemos uma das corridas mais malucas dos últimos anos e com um dos resultados mais inesperados do ano.

Em um circuito bastante curto em algumas curvas o que me faz não gostar desse circuito. Na Largada Hamilton largou bem e manteve a liderança. Daniil Kvyat passou do ponto na primeira curva, Acabou voltando sem problemas e isso assustou o Espanhol Carlos Sainz jr. que acabou rodando e caindo para o último lugar. Na curva seguinte os finlandeses Kimi Raikkonen e Valtteri Bottas se chocaram, O Piloto da Mercedes levou a pior furando o pneu enquanto que Raikkonen acabou sobrevivendo, Mas teve danos em seu carro e problemas na suspensão.

Sergio Perez se deu bem e assumiu a 3ªposição atrás apenas de Hamilton e Vettel. Verstappen, Raikkonen, Massa, Ocon, Stroll, Ricciardo e Hulkenberg. Bottas foi para os boxes trocar os pneus e acabar tomando 1 volta.

Tudo indicava nas primeiras voltas que a corrida seria tranquila para Hamilton que abria uma boa vantagem para cima de Vettel que vinha tranquilo em 2º. Sergio Perez em 3º estava com Max Verstappen na sua cola em 4º. Lá atrás pilotos da Sauber e da Mclaren disputavam posições nas posições intermediárias.

Na volta 7 Jolyon Palmer que estava lá atrás deixa a prova com problemas mecânicos em seu Renault, Mas esse não seria o motivo para o começo das confusões. Duas voltas antes Daniel Ricciardo foi para os boxes antecipar sua parada e inclusive podendo fazer 2 paradas nos boxes.

A partir da volta 10 com o abandono do Russo Daniil Kvyat com problemas de freio acabou acionando a amarela no ponto da pista que não estava na linha do traçado, Mas estava em um ponto difícil de se retirar o carro. Verstappen resolve atacar de vez Perez e exatamente nesse momento é que o motor TAG Heuer – Renault deixa o Holandês na mão que ainda seguiu por mais uma volta mesmo com seu motor fumando. Com tudo isso o Safety Car entrou na pista enquanto que Verstappen entrou nos boxes para não voltar mais.

O Safety Car ficou na pista até que o carro de Kvyat fosse retirado, Os pilotos aproveitaram para ir aos boxes para fazer a parada obrigatória. Na relargada Felipe Massa larga bem e ultrapassou Raikkonen assumindo o 4ºlugar, Mas devido aos detritos  que a pista tinha mais uma vez o Safety Car entrou na pista. Um desses detritos foi do carro do Raikkonen que tinha um aerofólio danificado.

Os fiscais de pista retiraram os detritos do circuito que não eram poucos. Após essa limpeza tivemos mais uma relargada. Antes da Relargada Hamilton acabou recebendo um toque de leve por trás do Vettel que depois veio reclamar do piloto inglês achando que ele estava muito lento, Mas nada justificava e Felipe Massa mais uma vez relargou muito bem ganhando a posição do Perez. Dai tivemos a confusão logo atrás do Massa com os dois pilotos da Force India se tocando e Raikkonen acabou envolvido nesse incidente. Os pilotos da Force India ficaram para trás.

Safety Car na pista pela 3ªVez e os três pilotos que se envolveram nessa disputa foram para os boxes. Apenas Ocon voltou a corrida. Já Perez e Raikkonen deixaram a corrida. Devido a pedidos de Fernando Alonso que avisou aos comissários por rádio de que a pista estava cheia de detritos na pista a direção da prova deu bandeira vermelha até que não tivesse mais destroços de carro pela pista. A Sujeira da pista era absurda no circuito de Baku naquela altura do campeonato com apenas 23 voltas de corrida.

Após a limpeza do circuito, Depois de 20 minutos os pilotos foram autorizados a voltarem a pista. Perez e Raikkonen voltaram para a corrida com 1 volta de atraso. A corrida foi recomeçada com Massa perdendo posições para Stroll e para Ricciardo que passou os dois pilotos da Williams. Logo o brasileiro estava com problemas na suspensão e com o carro tremendo. Duas voltas depois ele foi para os boxes e infelizmente o Brasileiro que fazia uma grande corrida e que poderia até vencer a prova acabou abandonando. Antes disso o piloto Nico Hulkenberg acabou batendo internamente no carro e abandonou uma corrida em que poderia ele ter feito um bom resultado para a Renault.

Valtteri Bottas que recuperou a volta perdida no começo da corrida vinha se recuperando, Naquele momento Hamilton liderava com folga em cima do Vettel que estava em 2º. Riccardo em 3º, Stroll em 4º e em 5º Kevin Magnussen que diga se de passagem fez bela ultrapassagem sobre Massa e Hulkenberg, 1 volta depois da relargada.

Hamilton tranquilo na corrida começou a ter um sério problema com a espuma que faz parte da proteção do piloto no carro soltava de maneira perigosa. Por algumas voltas o inglês tentou segurar com as mãos o protetor, Mas não teve jeito. Ele acabou tendo de ir para os boxes. A corrida estaria nas mãos do Vettel, Mas a FIA acabou por punir a Vettel por 10 segundos parado nos boxes. Perez e Raikkonen foram punidos pelas equipes terem reparado seus carros fora do pitlane.

Acabou ambos jogados para trás deixando Daniel Ricciardo na liderança com Lance Stroll em 2º e Kevin Magnussen com a Haas em 3ºlugar. Vettel voltou em 7º e Hamilton em 8º sem qualquer possibilidade de vencer. A partir dai nesse bloco da prova começou a chamar mais atenção. Na volta 36 Vettel e Hamilton passaram Fernando Alonso que chegou a colocar a Mclaren em 5ºlugar e que estava em busca dos primeiros pontos na temporada. Mais a frente Magnussen tentava segurar o pódio, Mas Ocon que se recuperou brilhantemente na corrida após ter relargado em 13ºlugar acabou conquistando o 3ºlugar levando com ele Bottas que assumiu o 4ºlugar. Na volta 40 Bottas assumiu o terceiro lugar do Ocon.

Magnussen já tinha levado ultrapassagem do Vettel e do Hamilton que estavam pressionando Esteban Ocon que tinha menos carro dos que os dois postulantes ao título da temporada de 2017.

Enquanto isso Ricciardo e Stroll estavam em 1º e 2ºlugar de forma tranquila. Bottas em 3º estava tentando tirar a diferença para os dois pilotos. Porém com 10 voltas para o final era bem difícil que ele chegasse neles. Já Vettel e Hamilton passaram por Ocon e estavam tentando chegar em Bottas. Na Reta final da corrida Ericsson e Wehrlein disputavam ferozmente o 10ºlugar, Era um ponto importante para a Sauber. Mais importante era Fernando Alonso no final da corrida conseguir chegar na zona de pontuação com a Mclaren que estava sem potência nenhuma. O piloto da Mclaren não teria de reclamar e nem a equipe, E com a vantagem que ele tinha sobre os dois pilotos da Sauber ele só precisariam levar o carro para casa e sair da seca.

Bottas na reta final tirou mais de 1 segundo por volta enquanto que Stroll estava levando com muito cuidado a Williams para o pódio. No final da corrida Daniel Ricciardo conquistou a 5ªVitória na carreira e a primeira da Red Bull na temporada 2017. Uma vitória muito improvável para o time dos energéticos que até poderia acontecer com os treinos de Sexta-feira. No Sábado essa vitória se tornou improvável e hoje devido aos acontecimentos de uma corrida maluca isso foi possível.

Valtteri Bottas nos metros finais pegou o vácuo do Canadense Lance Stroll e acabou tomando o segundo lugar do piloto da Williams que levou o primeiro pódio da sua carreira após várias corridas aonde ele se mostrava muito abaixo de Felipe Massa que seguramente estaria no pódio e até mesmo conquistando uma vitória histórica para a Williams em Baku.

Sebastian Vettel acabou tendo um resultado até de certo modo injusto pelo que ele apontou em Baku, Acabou em 4ºlugar a frente de Lewis Hamilton que acabou perdendo a vitória pela má fixação da espuma de proteção. O piloto Inglês acabou a corrida em 5ºlugar fazendo a vantagem do Vettel na liderança do campeonato aumentar.

Esteban Ocon levou a Force India para um digno 6ºlugar após bela corrida de recuperação. Igualmente o dinamarquês Kevin Magnussen fez uma bela corrida com um carro que não demonstrou um grande desempenho com foi o carro da Haas ficando em 7ºlugar que acaba sendo o melhor resultado dele e da equipe na temporada. Carlos Sains jr. que chegou a ficar nas últimas posições levou o carro da Toro Rosso ao 8ºlugar.

Fernando Alonso conseguiu levar finalmente o carro da Mclaren aos primeiros pontos na temporada. Mesmo em um circuito que era bem improvável para o Espanhol. O 9ºlugar foi fruto de uma corrida mais do que correta, Mas também de uma corrida em que ele se aproveitou dos erros dos adversários. Completando a zona de pontuação Pascal Wehrlein superou Marcus Ericsson e acabou levando mais um ponto para casa com o 10ºlugar. Atrás veio Stoffel Vandoorne que ficou em 12ºlugar.

Numa corrida muito aquém do esperado Romain Grosjean acabou em 13º e Kimi Raikkonen terminou a corrida em 14ºlugar em uma corrida cheia de incidentes e com uma punição.

Semana que vem teremos a próxima corrida no Rapidíssimo circuito da Áustria no Red Bull Ring em Spielberg.

Resultado final do GP do Azerbaijão
8ªEtapa do Mundial de Formula 1:

Pos. Piloto Equipe Chassi Motor Tempo Grid
1 3 Daniel Ricciardo Red Bull RB13 TAG Heuer 2h 03:55.573 10
2 77 Valtteri Bottas Mercedes W08 Mercedes M08 EQ Power+ 3.904 2
3 18 Lance Stroll Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 4.009 8
4 5 Sebastian Vettel Ferrari SF70H Ferrari 062 5.976 4
5 44 Lewis Hamilton Mercedes W08 Mercedes M08 EQ Power+ 6.188 1
6 31 Esteban Ocon Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 30.298 7
7 20 Kevin Magnussen Haas VF-17 Ferrari 062 41.753 13
8 55 Carlos Sainz Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 49.400 12
9 14 Fernando Alonso Mclaren MCL32 Honda RA617H 59.551 18
10 94 Pascal Wehrlein Sauber C36 Ferrari 061 1:29.093 15
11 9 Marcus Ericsson Sauber C36 Ferrari 061 1:31.794 16
12 2 Stoffel Vandoorne Mclaren MCL32 Honda RA617H 1:32.160 19
13 8 Romain Grosjean Haas VF-17 Ferrari 062 a 1 Volta 17
14 7 Kimi Raikkonen Ferrari SF70H Ferrari 062 a 5 Voltas 3
11 Sergio Perez Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ a 12 Voltas 6
19 Felipe Massa Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ a 26 Voltas 9
27 Nico Hulkenberg Renault R.S.17 Renault R.E.17 a 27 Voltas 14
33 Max Verstappen Red Bull RB13 TAG Heuer a 39 Voltas 5
26 Daniil Kvyat Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 a 42 Voltas 11
30 Jolyon Palmer Renault R.S.17 Renault R.E.17 a 44 Voltas 20

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Red Bull/Williams/Ferrari/Mclaren/Sauber/Haas

Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *