F1 Ferrari 2017 Force India 2017 Formula 1 Formula 1 - 2017 Fotos Haas 2017 Mclaren 2017 Mercedes 2017 Red Bull 2017 Renault 2017 Sauber 2017 Toro Rosso 2017 Williams 2017

Vettel aproveita estratégia favorável e melhor desgaste dos pneus para vencer no deserto do Bahrein

Em 3 corridas o Alemão Sebastian Vettel pela segunda vez conquista uma vitória usando de tática de paradas e se aproveitando do melhor desgaste de pneus da Ferrari que tem um carro que sabe tratar melhor a borracha italiana da Pirelli. Em uma corrida disputada como foi na China.

Valtteri Bottas que largou na pole manteve a liderança na largada com Vettel assumindo o segundo lugar, Depois deles estavam Hamilton, Verstappen, Ricciardo e Felipe Massa que acabou ganhando posições de Hulkenberg e de Raikkonen. O brasileiro optou por um posicionamento diferente e acabou se dando bem com essa tática. O mesmo não se pode dizer de Daniil Kvyat que tentou uma trajetória diferente e não se deu bem levando umas 2 tiradas de pista de outros pilotos, No final da primeira volta em busca de recuperar posições acabou saindo da pista e caiu para os últimos lugares.

Bottas liderava, Mas Vettel vinha por perto buscando a liderança. Hamilton em 3º se aproximava da disputa. Verstappen, Ricciardo em seguida e Felipe Massa segurando Raikkonen até o final da 4ªVolta quando Raikkonen na Reta tomou o 6ºlugar do piloto da Williams.

Kevin Magnussen com problemas acabou de fora na 9ªVolta. Era evidente que Bottas estava segurando a turma inteira la na frente. E dai Vettel na 11ªvolta foi para os boxes antecipando sua primeira troca e além disso dando o pulo do Gato para buscar a liderança assim que todos pararem nos boxes. O Mesmo fez Verstappen na volta seguinte ao fazer a troca nos boxes.

Só que o piloto da Red Bull não contava com uma quebra dos seus freios na 12ªVolta deixando ele na mão após uma genial corrida semana passada na China (Aonde ele saiu do 17ºlugar para o pódio em 3º). Mas isso não iria parar por aqui. Carlos Sainz jr. ao sair dos boxes acabou se precipitando ao tentar passar de cara o Canadense Lance Stroll que estava na trajetória dele. Resultado foi que o piloto Espanhol acabou atingindo a lateral do carro nº18 destruindo a prova de Stroll e do próprio Sainz jr. O que provocou a entrada do Safety Car para a retirada de ambos os carros que estavam em posições perigosas. Nisso Bottas vai para os boxes assim com Hamilton e Ricciardo e outros pilotos fizeram suas paradas. O Inglês Hamilton acabou retardando sua ida aos boxes para fazer a parada prejudicando ao Daniel Ricciardo. Mesmo assim Hamilton teve de ficar por 1 segundo parado nos boxes esperando Bottas sair da área de parada.

Após todas as paradas a liderança caiu nas mãos de Vettel com Valtteri Bottas em segundo, Hamilton em 3º, Ricciardo em 4º e depois Massa, Raikkonen , Hulkenberg e Perez nas 8 primeiras posições. Na relargada Bottas partiu para o ataque em cima de Vettel que segurou a primeira posição. Já Ricciardo tentou passar Hamilton. Mas foi Massa que passou Ricciardo assumindo a 4ªposição o que era muito para uma Williams. Além disso Ricciardo perdeu posição para Raikkonen caindo para o 6ºlugar. Já Perez foi para cima de Hulkenberg ganhando a 7ªposição. Mais atrás Jolyon Palmer, Fernando Alonso, Marcus Ericsson disputando as posições lá atrás. Pouco tempo depois Daniil Kvyat batendo roda com roda com o Palmer brigando pelo 11ºlugar.

Os comissários de corrida decidiram punir Hamilton com 5 segundos de penalização quando ele fizesse uma nova parada nos boxes. Isso complicou a prova do piloto da Mercedes. Que teve uma ajuda da Equipe que pediu para Bottas facilitasse a ultrapassagem sobre Hamilton que voltas depois assumiu o segundo lugar. Massa nesse meio tempo acabou perdendo as posições para Raikkonen que fez a mesma manobra de ultrapassagem que foi usada no começo da prova e Ricciardo aonde Felipe tentou ainda dar o troco sem sucesso caindo para o 6ºlugar sendo o melhor do resto da turma.

Após algumas voltas Vettel foi para os boxes para uma segunda parada para colocar os pneus macios já que eles usaram apenas os super macios. Bottas também foi para uma segunda parada. Enquanto isso Hamilton estava com 16 segundos de frente para Vettel, Mas os pneus do piloto Alemão estavam em situação bem melhor do que os pneus de Hamilton e faltando umas 20 voltas para o final.

Todos os outros pilotos estavam fazendo uma nova parada para troca de pneus e estavam com desempenho melhor que os pilotos que insistiam nos pneus usados de quase 30 voltas. O piloto Inglês acabou indo para os boxes colocar os pneus Macios para as últimas 17 voltas além de pagar os 5 segundos de punição. Ao sair dos boxes o piloto da Mercedes voou baixo para buscar a vitória, Passou sem problema nenhum Bottas (Como se o Finlandês pudesse segurar o companheiro de equipe) e foi baixando a diferença volta após volta. Nas voltas finais Vettel teve de passar retardatários que estavam disputando o 11ºlugar (Wehrlein, Alonso, Kvyat) enquanto que Ericsson com problemas de Câmbio abandonou a prova. Nas voltas finais após lutar como nunca com a Mclaren-Honda de 2017 o Espanhol Fernando Alonso com problemas foi para os boxes e abandonou a corrida.

Apesar dos esforços de Hamilton o Alemão Sebastian Vettel conquistou a vitória com 6 segundos de diferença para Hamilton que ficou em 2ºlugar. Mesmo sem a punição Vettel conseguiria ainda chegaria na frente com um pouco mais de 1 segundo de distância sobre Hamilton. com isso o piloto da Ferrari volta a ponta do campeonato com 68 pontos contra 61 de Hamilton. Valtteri Bottas completou o pódio em 3ºlugar com 2 segundos a frente de Kimi Raikkonen que acabou em 4ºlugar em uma corrida correta, Mas ofuscada pelo desempenho de seu companheiro de equipe.

Daniel Ricciardo no começo da corrida foi prejudicado pelo Hamilton acabou no decorrer da corrida o piloto Australiano teve de se contentar com a 5ªposição que parece ser o máximo que a Red Bull pode pretender se nada de anormal acontecer nas corridas até agora. Felipe Massa teve sua melhor atuação da temporada aproveitando as oportunidades que teve e mesmo sem conseguir nada mais do que o 6ºlugar se percebeu que o Brasileiro esta sim cumprindo sua missão muito bem nesse começo de temporada. Igualmente podemos dizer de Sergio Perez que largou do 18ºlugar para a 7ªposição em uma grande atuação com a Force India sendo a melhor dele na temporada.

Logo a seguir veio dois pilotos que marcaram seus primeiros pontos na temporada. Romain Grosjean fez uma prova consistente chegando em 8ºlugar com o carro da Haas e Nico Hulkenberg com a Renault conquistou seus dois primeiros pontos da Renault muito na frente de Jolyon Palmer que foi para trás na corrida. Fechando a zona de pontuação pela terceira vez em 3 corridas o Francês Esteban Ocon que pela 3ªVez terminou a corrida no 10ºlugar com a Force India que pontuou com os dois carros nas 3 primeiras corridas da temporada assim como Mercedes e Ferrari fizeram.

Pascal Wehrlein fez uma boa corrida com uma parada a menos que seus concorrentes e segurando no final o Russo Daniil Kvyat com a Toro Rosso acabou batendo na trave ficando em 11ºlugar quase marcando o primeiro ponto da Sauber em 2017. Daniil Kvyat ficou em 12ºlugar com uma prova comprometida na desastrosa primeira volta do piloto Russo e Jolyon Palmer após um ótimo sábado acabou tendo um domingo dentro do que é esperado por ele, Ao baixo nível do piloto da Renault.

Daqui a duas semanas a Formula 1 vai fazer a primeira corrida dentro de solo europeu para a realização do GP da Rússia que vai ser o 4º confronto entre Vettel e Hamilton pelo título de 2017. Até agora esta 2 a 1 a favor do piloto da Ferrari.

Resultado final do GP do Bahrein
57 Voltas – 3ªEtapa do campeonato mundial de Formula 1.

Posição Piloto Equipe Chassis Motor Voltas Tempo Grid
1 5 Sebastian Vettel Ferrari SF70H Ferrari 062 57 1:33:53.374 3
2 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W08 EQ Power+ Mercedes M08 EQ Power+ 57 a 6.660 2
3 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W08 EQ Power+ Mercedes M08 EQ Power+ 57 a 20.397 1
4 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF70H Ferrari 062 57 a 22.475 5
5 3 Daniel Ricciardo Red Bull RB13 TAG Heuer 57 a 39.346 4
6 19 Felipe Massa Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 57 a 54.326 8
7 11 Sergio Perez Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 57 a 1:02.606 18
8 8 Romain Grosjean Haas VF-16 Ferrari 062 57 a 1:14.865 9
9 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.17 Renault R.E.17 57 a 1:20.188 7
10 31 Esteban Ocon Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 57 a 1:35.711 14
11 94 Pascal Wehrlein Sauber C36 Ferrari 061 56 a 1 Volta 13
12 26 Daniil Kvyat Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 56 a 1 Volta 11
13 30 Jolyon Palmer Renault R.S.17 Renault R.E.17 56 a 1 Volta 10
14 14 Fernando Alonso Mclaren MCL32 Honda RA617H 54 a 3 Voltas 15
15 9 Marcus Ericsson Sauber C36 Ferrari 061 50 a 7 Voltas 17
16 55 Carlos Sainz Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 12 a 45 Voltas 16
17 18 Lance Stroll Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 12 a 45 Voltas 12
18 33 Max Verstappen Red Bull RB13 TAG Heuer 11 a 46 Voltas 6
19 20 Kevin Magnussen Haas VF-16 Ferrari 062 8 a 49 Voltas 20
20 2 Stoffel Vandoorne Mclaren MCL32 Honda RA617H 0 Não Largou 17

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Ferrari/Mercedes/Williams/Renault/Sauber/Force India

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *