Moto 2 – Bagnaia vence com domínio em Misano, Schrotter conquista seu primeiro pódio e Fenati comete ato estupido e é suspenso por 2 corridas

Um domínio bem tranquilo para Francesco Bagnaia que levou o GP de San Marino com muita facilidade, Liderando a prova de ponta a ponta. O piloto da VR46 ampliou sua vantagem na liderança do campeonato. A corrida foi marcada por uma manobra inaceitável, Que pode ter decretado o fim da carreira de um piloto no Mundial de motovelocidade.

Na largada, Schrotter tentou tomar a ponta de Francesco Bagnaia que segurou a liderança. Os pilotos da KTM largaram muito bem, Brad Binder subiu para o terceiro lugar e Miguel Oliveira sobe para o 5ºlugar. Já Pasini caiu do 2º para o 4ºlugar e Quartararo caiu do 4º para o 6ºlugar. No final da primeira volta, Alex Marquez e Augusto Fernandez caíram. Ambos voltaram, mas nas últimas posições.

Miguel Oliveira continuou a escalar o pelotão. Começando com Brad Binder e assumindo a 4ªposição, Enquanto que Mattia Pasini pressionava Marcel Schrotter em busca do segundo lugar. Na terceira volta, O piloto da Italtrans passou o piloto da Dynavolt assumindo a 2ªposição.

Enquanto Pasini tenta partir para cima de Bagnaia que já colocava 1 segundo de diferença. Schrotter era pressionado pelo Miguel Oliveira. Na reta oposta, Ainda na 3ªVolta. Miguel Oliveira passou pelo piloto Alemão e passou a terceira posição, Era um ótimo começo de prova para o piloto da KTM Red Bull Ajo. Quem também avançava na prova era Joan Mir que largou do 10ºlugar para assumir o 5ºlugar. (Ao superar Brad Binder) Jorge Navarro e Fábio Quartararo disputavam a 7ªposição.

Enquanto Bagnaia e Pasini estavam fugindo da turma, Miguel Oliveira não conseguia se distanciar de Marcel Schrotter e de Joan Mir.

No final da 8ªVolta, O Espanhol Jorge Navarro da equipe Gresini passou Joan Mir da Marc VDS passando ao 5ºlugar. Luca Marini que vinha em 10ºlugar acabou quebrando no final da 8ªvolta para o começo da 9ºvolta, Encerrando sua sequencia de 3 pódios seguidores.

Na metade da prova o desempenho de Pasini cai, e ele começa a se tornar o alvo para Oliveira e Schrotter um pouco mais atrás chegaram no piloto da Italtrans. Sam Lowes acabou caindo ao final da 12ªvolta.

Joan Mir recupera a 5ªposição, Ao Superar Jorge Navarro que depois precisou ceder uma posição. Mais atrás, A partir do 11ºlugar que era ocupado pelo Italiano Simone Corsi da Tasca até o 19ºlugar que era ocupado Italiano Andrea Locatelli, todos juntos nessa disputa. Entre eles vinha o Italiano Stefano Manzi com sua Suter e Romano Fenati da Marinelli, Com sua moto Kalex. Eles iriam ser protagonistas de um lance que marcou essa corrida e que pode ter selado de vez a carreira de um piloto no Mundial de Motovelocidade.

A 9 Voltas do final, Oliveira chegou em Pasini, Era questão de tempo para o piloto da KTM superar Pasini. Foi o que aconteceu na volta 17, Quando o Português Voador passou o Pasini, Assumindo a segunda posição. O piloto Italiano ainda tentou revidar uma vez, Porém o piloto da KTM consolidou a ultrapassagem na volta seguinte.

Pasini começou a ficar para Schrotter, dois brigavam pelo pódio.

Já mais atrás, Manzi e Fenati acabaram se enroscando e perdendo várias posições. Na Volta seguinte, Em plena reta, Romano Fenati cometeu um ato irresponsável para não dizer criminoso. Ao colocar a mão no freio da moto de Stefano Manzi que quase fez ele cair em plena reta, O piloto da Forward caiu curvas depois.

A Direção de prova deu bandeira preta para o piloto da moto 13 por pilotagem impudente. Romano Fenati foi suspenso por 2 corridas (Não corre em Aragón e na Tailândia) Essa atitude pode ter selado definitivamente a carreira desse piloto, que correu pela equipe de Valentino Rossi que surgiu como um grande piloto, Pode ter seu futuro no Mundial de motovelocidade encerrado pela fama de piloto mal caráter.

Na 20ªVolta, Marcel Schrotter passou Mattia Pasini passando ao 3ºlugar, Nesse momento, O piloto Alemão estava com grandes chances de ir para o pódio pela primeira vez. O piloto da Dynavolt foi para cima de Oliveira, Em busca de um Glorioso 2ºlugar. Enquanto que Joan Mir foi para cima de Pasini na reta final da prova.

O piloto da Marc VDS ganhou a posição do piloto da Italtrans, Porém ele foi obrigado a ceder posição para Pasini por ordem da direção da prova.

Na volta final, Schrotter tentou a ultrapassagem sobre Oliveira, Ele fez a tentativa nas curvas finais, Conseguiu a ultrapassagem, Mas perde a curva e o piloto da KTM consolidou a 2ªposição.

Francesco Bagnaia levou a sua Kalex da equipe de Valentino Rossi para a vitória de ponta a ponta, Aumentando sua vantagem na liderança do campeonato para 8 pontos a frente de Miguel Oliveira que teve um grande começo de prova, E aproveitando o melhor desempenho da KTM com os pneus mais gastos acabou conquistando o 2ºlugar.

A Grande novidade Foi o terceiro lugar de Marcel Schrotter da Dynavolt, Conquistando o primeiro pódio da carreira. Um resultado merecido para um piloto Alemão que batalhou muito por esse resultado e que tem feito uma bela temporada.

Mattia Pasini sofreu, Mas sustentou a 4ªposição ao suportar Joan Mir. O piloto da Marc VDS mais uma vez salva o final de semana da sua equipe com o 5ºlugar, Já que Alex Marquez com mais uma queda (Chegou em 18ºlugar) deixando de pontuar pela 4ªVez seguida nessa temporada e perdendo o 3ºlugar no Mundial.

Lorenzo Baldassarri teve um final de semana discreto, Mas levou a 6ªposição. Seguido de Fabio Quartararo da Speed Up, Brad Binder depois de um bom começo de prova acabou caindo na classificação e acabou em 8ºlugar, mas foi o bastante para assumir a 3ªposição do Campeonato. Jorge Navarro e Xavi Vierge completaram os 10 primeiros lugares.

Simone Corsi, Remy Gardner com a Tech 3, Dominique Aegerter com a moto da Kiefer, Andrea Locatelli e Jesko Raffin que teve problemas para largar e mesmo assim fez uma bela estreia na SAG, Com o 15ºlugar. Marcando seu primeiro ponto no ano.

Daqui a 2 semanas teremos o GP de Aragón, Com a Briga pelo título entre o Italiano da VR46 com a Kalex versus a KTM do Português Voador Miguel Oliveira.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Resultado Final do GP de San Marino
Moto 2 – Misano – Mundial de motovelocidade

pos Piloto Equipe Motor Tempo
1 42 Francesco Bagnaia SKY Racing Team VR46 Kalex 41’02.106
2 44 Miguel Oliveira Red Bull KTM Ajo KTM a 3.108
3 23 Marcel Schrotter Dynavolt Intact GP Kalex a 4.094
4 54 Mattia Pasini Italtrans Racing Team Kalex a 6.320
5 36 Joan Mir EG 0,0 Marc VDS Kalex a 6.728
6 7 Lorenzo Baldassarri Pons HP40 Kalex a 9.470
7 20 Fabio Quartararo a  Ego Speed Up Racing Speed Up a 12.068
8 41 Brad Binder Red Bull KTM Ajo KTM a 12.134
9 9 Jorge Navarro Federal Oil Gresini Moto2 Kalex a 17.425
10 97 Xavi Vierge Dynavolt Intact GP Kalex a 21.986
11 24 Simone Corsi Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex a 24.701
12 87 Remy Gardner Tech 3 Racing Tech 3 a 25.582
13 77 Dominique Aegerter Kiefer Racing KTM a 25.760
14 5 Andrea Locatelli Italtrans Racing Team Kalex a 26.718
15 2 Jesko Raffin Temporary Lavorint SAG Team Kalex a 31.168
16 16 Joe Roberts NTS RW Racing GP NTS a 38.707
17 4 Steven Odendaal NTS RW Racing GP NTS a 39.432
18 73 Alex Marquez EG 0,0 Marc VDS Kalex a 39.551
19 27 Iker Lecuona Swiss Innovative Investors KTM a 40.436
20 64 Bo Bendsneyder Tech 3 Racing Tech 3 a 41.814
21 66 Niki Tuuli Petronas Sprinta Racing Kalex a 48.043
22 89 Khairul Idham Pawi IDEMITSU Honda Team Asia Kalex a 53.390
23 95 Jules Danilo Nashi Argan SAG Team Kalex a 1’05.605
24 21 Federico Fuligni Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex a 1’16.602
25 18 Xavier Cardelus Team Stylobike Kalex a 1’31.250
40 Augusto Fernandez Pons HP40 Kalex a 4 Voltas
62 Stefano Manzi Forward Racing Team Suter a 7 Voltas
45 Tetsuta Nagashima IDEMITSU Honda Team Asia Kalex a 10 Voltas
12 Sheridan Morais Willi Race Racing Team Kalex a 12 Voltas
22 Sam Lowes Swiss Innovative Investors KTM a 14 Voltas
10 Luca Marini SKY Racing Team VR46 Kalex a 16 Voltas
52 Danny Kent a  Ego Speed Up Racing Speed Up a 24 Voltas
DES 13 Romano Fenati Marinelli Snipers Team Kalex a 7 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Lorenzo Dalla Porta conquista vitória em prova marcada por perigoso acidente, Martin voltou a liderança do Mundial da Moto 3

A primeira prova do dia foi marcada por um acidente entre 5 pilotos em Misano e pela primeira vitória do Italiano Lorenzo Dalla Porta, Conquistada nos últimos metros. Diante de toda a força dos pilotos da Gresini que pressionaram no final da prova. Jorge Martin acabou vendo seu grande rival na disputa pelo título cair no final da penúltima volta, O Segundo lugar fez o piloto da Gresini voltar a liderança do campeonato.

A Largada, Gabriel Rodrigo superou Jorge Martin que chegou a sair na frente, Porém o Argentino passou para a liderança com Fabio di Giannatonio em segundo e Martin caindo para o 3ºlugar. Na Curva 8, Di Giannantonio passou Rodrigo e assumiu a liderança, O Argentino revidou e voltou a liderança. Esses dois pilotos trocaram ultrapassagens, Até que o Italiano Marco Bezzecchi que partiu do 10ºlugar acabou passando Rodrigo e Di Giannatonio, Passando para a liderança com 1 volta e meia. O Italiano Kevin Zannoni com a sua TM Racing. (Fazendo a estreia no Mundial de motovelocidade)

No final da Volta 2, Ocorreu o acidente que envolveu 5 pilotos, Ao começar pela derrapada e queda do Espanhol Jaume Masia que acabou tendo uma reação em cadeia. Niccolò Bulega, Aron Canet (Que praticamente deixa a briga pelo campeonato após esse acidente), Ayumi Sasaki e Enea Bastianini.

Após esse acidente, Os 5 primeiros colocados (Bezzecchi, Rodrigo, Dalla Porta, Di Giannatonio e Jorge Martin) se distanciaram dos demais pilotos, Deixando a disputa pela vitória entre eles.

O piloto da Leopard Racing que restou na pista sentia que poderia ser o dia dele vencer, Por isso Dalla Porta foi para cima de Bezzecchi. Na Sétima volta ele assumiu a liderança, Na volta seguinte o líder do campeonato voltou pra cima de Dalla Porta e ganhou de novo a liderança.

No segundo grupo, Jakub Kornfeil vinha a 4 segundos dos líderes em 6ºlugar, Aguentando a pressão de Darryn Binder que vinha em seu melhor final de semana de 2018, Dennis Foggia, Albert Arenas entre outros pilotos desse bloco.

Na 12ªVolta, Enquanto Bezzecchi passou de novo Dalla Porta, O Escocês John McPhee que vinha em final de semana muito ruim abandonou a corrida após uma queda no chão.

Fabio di Giannantonio e Gabriel Rodrigo estavam duelando pelo 3ºlugar por boa parte da corrida, Enquanto Jorge Martin estava se guardando para atacar na parte final. A 9 Voltas, O Rei da pole começou a aparecer na prova, passando do 5 para o primeiro lugar em um espaço de 1 volta e 2 curva. Sendo que a ultrapassagem sobre Dalla Porta quando assumiu a liderança foi maravilhosa e muito arriscada.

Mas se pensa que a disputa acabou? Se enganou. No final da volta seguinte, Bezzecchi voltou a ponta e Martin voltou para o 5ºlugar. Isso beneficiaria muito ao piloto da Redox PruestelGP que aumentaria mais ainda a liderança do campeonato.

Martin sabia que não poderia guardar mais nada, Ou ira para cima do Bezzecchi ou se complicaria muito na disputa pelo título. A 5 voltas, Martin passou para a segunda posição e foi para o ataque em cima do seu rival na disputa pelo título.  Porém, Dalla Porta e Di Giannatonio também queriam a vitória em casa assim como Bezzecchi. O piloto da Leopard e o piloto da Gresini estavam disputando a liderança. Deixando Bezzecchi, Martin e Rodrigo disputando o 3ºlugar.

Na curva 14, Di Giannatonio passou Dalla Porta e Bezzecchi, Mas perde a curva e deixa a liderança para Bezzecchi. Parecia que a vitória iria ficar nas mãos do líder do campeonato. Porém, O regular Marco Bezzecchi no final da penúltima volta acabou perdendo o controle da sua KTM e indo para o chão, A queda não só tirou a corrida como a liderança das mãos do piloto da PreustelGP.

Na volta final, Martin poderia agir com Cautela, Mas foi pra cima de Dalla Porta e Di Giannantonio para buscar a vitória. Fabio di Giannantonio foi para cima de Dalla Porta, Na última curva os dois pilotos da Gresini tentaram o bote no Piloto da Leopard, Que resistiu a pressão e cruzou a frente para conquista a primeira vitória da sua carreira.

Jorge Martin saiu no lucro com o segundo lugar ele volta a liderança do campeonato, Com 8 ponto de frente para Marco Bezzecchi. O pódio foi completado pelo Italiano Fabio di Giannatonio. Um pouco mais atrás, O Argentino Gabriel Rodrigo teve mais uma boa corrida, O 4ºlugar de hoje mostra a melhor consistência do piloto da RBA Racing.

Jakub Kornfeil salvou o dia da PruestelGP com o 5ºlugar, Vencendo a disputa do segundo pelotão, Com Albert Arenas da Angel Nieto na 6ªposição. Dennis Foggia e Darryn Binder tiveram seus melhores resultados do ano com o 7º e 8ºlugares respectivamente. Completando os 10 primeiros colocados, Os pilotos Andrea Migno e Niccolò Antonelli.

O Espanhol Vicente Perez da Avintia completou a prova em 14ºlugar e marcou seus dois primeiros pontos da sua carreira. A Aventura da TM Racing com Kevin Zannoni acabou com o piloto em 20ºlugar a 1 volta do líder, Isso após a queda.

Daqui a 2 semanas teremos o GP de Aragón, O terceiro dos 4 desafios em Solo Espanhol. Com a disputa do campeonato cada vez mais acirrada entre Jorge Martin e Marco Bezzecchi. Com alguma chance ainda de Fabio di Giannatonio de disputar o campeonato.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Resultado final do GP de San Marino
Misano – 13ªEtapa – Moto 3

pos Piloto Equipe Motor Tempo
1 48 Lorenzo Dalla Porta Leopard Racing Honda 39’38.684
2 88 Jorge Martin Del Conca Gresini Moto3 Honda a 0.058
3 21 Fabio Di Giannantonio Del Conca Gresini Moto3 Honda a 0.122
4 19 Gabriel Rodrigo RBA BOE Skull Rider KTM a 0.822
5 84 Jakub Kornfeil Redox PruestelGP KTM a 6.553
6 75 Albert Arenas Angel Nieto Team Moto3 KTM a 6.859
7 10 Dennis Foggia SKY Racing Team VR46 KTM a 7.315
8 40 Darryn Binder Red Bull KTM Ajo KTM a 7.380
9 16 Andrea Migno Angel Nieto Team Moto3 KTM a 8.608
10 23 Niccolo Antonelli SIC58 Squadra Corse Honda a 8.853
11 14 Tony Arbolino Marinelli Snipers Team Honda a 10.408
12 7 Adam Norrodin Petronas Sprinta Racing Honda a 10.783
13 27 Kaito Toba Honda Team Asia Honda a 27.817
14 77 Vicente Perez Reale Avintia Academy 77 KTM a 27.897
15 22 Kazuki Masaki RBA BOE Skull Rider KTM a 28.062
16 42 Marcos Ramirez Bester Capital Dubai KTM a 47.155
17 81 Stefano Nepa CIP – Green Power KTM a 34.385
18 41 Nakarin Atiratphuvapat Honda Team Asia Honda a 47.510
19 55 Yari Montella SIC58 Squadra Corse Honda a 47.577
20 3 Kevin Zannoni TM Racing Factory 3570 MTA TM RACING a 1 Volta
12 Marco Bezzecchi Redox PruestelGP KTM a 2 Voltas
24 Tatsuki Suzuki SIC58 Squadra Corse Honda a 4 Voltas
17 John McPhee CIP – Green Power KTM a 12 Voltas
5 Jaume Masia Bester Capital Dubai KTM a 22 Voltas
44 Aron Canet Estrella Galicia 0,0 Honda a 22 Voltas
71 Ayumu Sasaki Petronas Sprinta Racing Honda a 22 Voltas
33 Enea Bastianini Leopard Racing Honda a 22 Voltas
8 Nicolo Bulega SKY Racing Team VR46 KTM a 22 Voltas
72 Alonso Lopez Estrella Galicia 0,0 Honda a 22 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP