Raikkonen conquista pole position em apertada disputa em Monza

A Ferrari confirmou o favoritismo e levou a pole position, Só que não era o que se esperava: Primeiro, Porque foi a disputa teve o Inglês Lewis Hamilton muito perto das duas Ferrari e segundo, A pole ficou com Kimi Raikkonen.

O piloto Finlandês não largava na frente desde do GP de Mônaco de 2017.

Ameaçado sobre chuva, Todos os pilotos já foram para a pista no Q1, Com exceção dos pilotos da Haas e da Red Bull. Logo deu para perceber que a Ferrari estava na frente da Mercedes. Vettel e Raikkonen marcaram os dois melhores tempos, Seguidos de perto por Lewis Hamilton que sabidamente não tinha um carro tão rápido para combater os carros vermelhos.

Tivemos algumas surpresas no Final do Q1. As Eliminações de Sergio Perez da Force India que acabou marcando bobeira e ficando com o 16ºtempo e de Charles Leclerc que acabou também Eliminado. O piloto Monegasco, que é presença certa pelo menos no Q2. As surpresas foram os dois pilotos da Williams classificados para o Q2 e Pierre Gasly que colocou o motor Honda entre os classificados para a segunda fase da Classificação.

Resultado do Q1:

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Tempo
1 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:20.542
2 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:20.722
3 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:20.810
4 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:21.280
5 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:21.381
6 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:21.381
7 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:21.570
8 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:21.732
9 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:21.783
10 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:21.801
11 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:21.813
12 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:21.834
13 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:21.838
14 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:21.850
15 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:21.887
16 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:21.888
17 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:21.889
18 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:21.934
19 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:22.048
20 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:22.085

No Q2, mais uma vez a disputa ficou entre Vettel, Hamilton e Raikkonen. Era impressionante não o fato de Bottas não conseguir acompanhar os três, Mas sim de Hamilton combater quase que de igual para igual os dois pilotos de casa. Claro que a Torcida Italiana estava impulsionando Vettel e Raikkonen para frente.

Daniel Ricciardo e Nico Hulkenberg acabaram não fazendo tempos no Q2, ambos são punidos. Ricciardo trocou componentes do motor e Nico Hulkenberg por causar o acidente da largada no GP da Bélgica. Nisso sobrou 3 vagas de corte. Essas vagas ficaram nas mãos de Kevin Magnussen e Fernando Alonso, Que abrindo as suas voltas se estranharam. Alonso passou o Piloto da Haas na entrada da primeira chicane e pelo que me pareceu, O Espanhol atrapalhou totalmente o piloto Escandinavo que ficou em 11º. Entre os dois ficou o Russo Sergei Sirotkin com a Williams.

Por falar na equipe de Frank Williams, Eles finalmente conseguiram chegar à parte final da classificação. Lance Stroll colocou o problemático FW41 em 8ºlugar e levou a Williams para o Q3. Pierre Gasly que não tem um motor forte acabou se classificando com a Toro Rosso.

Os Classificados do Q2 foram: Vettel, Raikkonen, Hamilton, Bottas, Verstappen, Grosjean, Ocon, Stroll, Sainz e Gasly.

Resultado do Q2:

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Tempo
1 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:19.629
2 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:19.798
3 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:19.846
4 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:20.333
5 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:20.427
6 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:21.239
7 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:21.315
8 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:21.494
9 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:21.552
10 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:21.667
11 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:21.669
12 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:21.732
13 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:22.568
14 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 Sem Tempo
15 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer Sem Tempo

No Q3, Ocon, Gasly e Grosjean foram os primeiros a fazerem volta. Porém, A disputa estava totalmente polarizada entre os pilotos da Ferrari e da Mercedes.

As duas tentativas de Vettel, Raikkonen e Hamilton foram sensacionais. Primeiro com Vettel marcando o melhor tempo com 1:19.497, Depois Kimi baixou esse tempo em 38 milésimos e 8 segundos depois, Hamilton leva seu carro ao limite e marca 1:19.390. Por enquanto a pole e da Mercedes. Bottas ficou a mais de meio segundo atrás de Hamilton em 4º. Depois vinha Max Verstappen já na casa do 1 minuto e 20 segundos. Carlos Sainz, Romain Grosjean vinham na casa do 1 minuto e 21 segundos e Gasly com sua Toro Rosso na casa do 1 minuto e 22 segundos. Stroll não marcou tempo na primeira tentativa,

Todos os pilotos foram para os boxes para trocarem os pneus e partirem para a última tentativa perto do final da classificação. Mais uma vez foi disputadíssima até o momento final. Bottas não conseguiu chegar na turma dos 3 primeiros  e ficou mesmo com o 4ºlugar. Já Hamilton fechou sua volta, Baixando o tempo para 1:19.294, Marcando a pole provisória. Vettel veio logo e seguida, Baixando em 14 milesimos o tempo do líder do campeonato.

Quando parecia que a pole ficaria mesmo com Vettel, Raikkonen veio com tudo e marcando o tempo de 1:19.119 (novo recorde do Circuito de Monza) marca a pole position de número 18 da sua carreira. A Ferrari foram a dobradinha na primeira fila, Com Vettel largando em 2ºlugar.

Lewis Hamilton ficou a 14 milésimos que quebrar a dobradinha da equipe italiana na sua casa. o inglês larga em 3º, com seu companheiro de equipe Valtteri Bottas largando em 4ºlugar. Max Verstappen vai largar em 5ºlugar. O piloto Holandês fez o que era possível  no treino de hoje. Romain Grosjean com a Haas foi o melhor do resto, Superando em sua volta final o Carlos Sainz jr. da Renault. E vai largar ao lado do piloto da Red Bull na 3ªFila.

Sainz jr. e Ocon fazem a 4ªFila e Gasly e Stroll fecham a 5ªFila.

Amanhã teremos o GP da Itália, Na prova mais rápida da temporada de 2018. A Ferrari é favorita a vitória, Mas Lewis Hamilton que pode apontar uma vitória épica em cima da Ferrari em pleno circuito de Monza.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Grid de largada do GP da Itália

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Tempo Voltas Fase
1 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:19.119 21 Q3
2 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:19.280 20 Q3
3 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:19.294 20 Q3
4 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:19.656 18 Q3
5 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:20.615 15 Q3
6 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:20.936 21 Q3
7 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:21.041 17 Q3
8 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:21.099 17 Q3
9 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:21.350 24 Q3
10 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:21.627 14 Q3
11 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:21.669 12 Q2
12 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:21.732 13 Q2
13 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:22.568 14 Q2
14 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:21.888 5 Q1
15 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:21.889 10 Q1
16 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:21.934 12 Q1
17 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:22.048 10 Q1
18 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:22.085 9 Q1
19 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 Sem Tempo 12 Q2
20 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer Sem Tempo 3 Q2

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Ferrari/Mercedes/Red Bull/Williams/Haas/Sauber/

Em Gateway, Power leva a vitória e Rossi acabou salvando o segundo lugar

Grid de Largada: (De Acordo com a classificação de Cada carro no Campeonato)

pos Pilotos Equipe Chassi/Motor
1 Scott Dixon Chip Ganassi Racing Dallara/Honda
2 Alexander Rossi Andretti Autosport Dallara/Honda
3 Josef Newgarden Team Penske Dallara/Chevrolet
4 Will Power Team Penske Dallara/Chevrolet
5 Ryan Hunter-Reay Andretti Autosport Dallara/Honda
6 Simon Pagenaud Team Penske Dallara/Chevrolet
7 Graham Rahal Rahal Letterman Lanigan Racing Dallara/Honda
8 James Hinchcliffe Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda
9 Sebastien Bourdais Dale Coyne Racing Dallara/Honda
10 Marco Andretti Andretti Herta Autosport Dallara/Honda
11 Ed Carpenter Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet
12 Ed Jones Chip Ganassi Racing Dallara/Honda
13 Takuma Sato Rahal Letterman Lanigan Racing Dallara/Honda
14 Spencer Pigot Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet
15 Tony Kanaan A. J. Foyt Enterprises Dallara/Chevrolet
16 Zach Veach Andretti Autosport Dallara/Honda
17 Charlie Kimball Carlin Dallara/Chevrolet
18 Matheus Leist A. J. Foyt Enterprises Dallara/Chevrolet
19 Gabby Chaves Harding Racing Dallara/Chevrolet
20 Max Chilton Carlin Dallara/Chevrolet
21 Pietro Fittipaldi Dale Coyne Racing Dallara/Honda

Ainda diante do choque do acidente violento de Robert Wickens. Foi realizado no último sábado o GP de Gateway, O último desafio em oval e noturno da temporada.

Não tivemos a prova de classificação, O que foi ruim para Pietro Fittipaldi que teve um belo desempenho em um dos treinos livres. Como foi cancelada a classificação o Grid de largada acabou sendo a ordem de classificação do campeonato.

Scott Dixon ficou em 1º, Mas não teve o ponto da pole position. Com Alexander Rossi em 2º, Josef Newgarden em 3º, Will Power em 4º, Ryan Hunter-Reay em 5º e Simon Pagenaud em 6º. Tony Kannan larga em 15º, Matheus Leist em 18º e Pietro Fittipaldi sairia em 21º e último lugar. Já que a Schmidt-Peterson não colocou um substituto no carro 6 do piloto Canadense.

Dixon largou bem manteve a liderança, Power subiu para o segundo lugar e Newgarden chegou a passar Rossi, Porém ele acabou perdendo a trajetória da curva e a posição para o piloto da Andretti. Na segunda curva, Sebastien Bourdais acaba batendo. O que provocou a primeira bandeira amarela da corrida. Pietro Fittipaldi aproveitou para fazer uma parada na 4ªVolta.

Após 7 voltas, A corrida recomeça e Dixon manteve a liderança. Newgarden superou Rossi e ganhou o 3ºlugar. Rossi estava a frente do companheiro de equipe Ryan Hunter-Reay que completava os 5 primeiros colocados. Os problemas Aerodinâmicos não permitiram grandes disputas por posição. Dixon abre 1.2 segundos em cima de Power e 4 segundos a frente de Josef Newgarden, Que segurava Rossi, que tinha mais rendimento que o piloto da Penske.

Dixon tinha muitas dificuldades para passar retardatários. Em 40 voltas, O único piloto a tomar uma volta foi o Britânico Max Chilton da Carlin.

Rossi ainda não conseguia passar Newgarden, O norte-americano no rádio pedia calma para a equipe, ele estava esperando uma chance. E ela aconteceu Na volta 49, O Piloto da Andretti foi para cima de Newgarden, Puxou para o mais dentro possível da reta dos boxes e deixou o campeão de 2017 para trás ganhando o 3ºlugar. Em poucas voltas ele abriu de Newgarden que ficou para Hunter-Reay.

Após 50 voltas, Anoitecendo por completo Dixon vinha a 0.7 segundos do Power e Rossi diminuía a diferença para 3.3 segundos sobre o líder do campeonato. O primeiro a fazer a parada foi Charlie Kimball na volta 57.

Aos poucos, Os pilotos foram para a primeira parada. Os primeiros da turma dos líderes a fazer a troca foram Josef Newgarden e Ryan Hunter-Reay na volta 60, Simon Pagenaud na volta 61, Na Volta 62 parou Alexander Rossi e Will Power parou na volta 63. Após as paradas, Dixon voltou à liderança. Will Power manteve o 2ºlugar e Alexandre Rossi manteve o 3ºlugar. Newgarden, Pagenaud, Hunter-Reay, Ed Jones, Andretti e Veach completavam os 9 primeiros colocados. A Se destacar uma bela prova de Gaby Chaves que voltava ao carro da equipe Harding após 3 corridas de ausência. Que vinha em 11ºlugar.

Tirando a briga do Zach Veach pra cima do Marco Andretti disputando o 8ºlugar, a corrida acabou dando uma acalmada, muito por causa da dificuldade de se ultrapassar até mesmo os retardatários.

Por mais de 20 voltas, Dixon não conseguiu dar volta em Ed Carpenter. Somente na volta 110, Finalmente o Neozelandês passou dono da Carpenter, que foi para os boxes. Power apertava Dixon e trazia Rossi com ele.

O primeiro piloto a fazer a segunda parada foi o Norte-Americano Ryan-Hunter Reay na volta 117, Duas voltas depois Will Power foi para cima de Scott Dixon, Tentou passar por fora. Porém, O Australiano pega a parte suja e acaba perdendo o segundo lugar para Alexander Rossi. Power pagou caro pela tentativa ousada.

Ao mesmo tempo, Josef Newgarden perdeu a curva e foi para a parte suja da pista e foi obrigado a entrar nos boxes na volta 121, Power parou na mesma volta. Uma volta antes parou Scott Dixon.

Alexander Rossi assumiu a liderança por 1 volta, até ir para a sua segunda parada. Com 123 voltas não seria fácil para entrar na tática de 3 paradas. Os pilotos que estavam melhores nessa tática eram Graham Rahal que parou na volta 126 e Takuma Sato na Volta 127.

Após 130 voltas: Dixon manteve a liderança, Com Rossi em 2º, Pagenaud que saiu ganhando nas paradas e assumiu o terceiro lugar, Power e Hunter-Reay completavam os 5 primeiros colocados. Josef Newgarden perdeu 2 posições caindo para o 6ºlugar, Ed Jones, Zach Veach e Marco Andretti manteve suas posições e Tony Kannan vinha em uma corrida de ascensão, subindo para o 10ºlugar.

Alexander Rossi, Muito atrás de Dixon reclama assim que ultrapassa Gabby Chaves que teve problemas e acabou ficando com 4 voltas de atraso. O piloto da Andretti sabia da necessidade de um bom resultado.

Na Volta 141, Foi à vez de James Hinchcliffe ir para a parte suja da pista. O único piloto da Schmidt perdeu várias posições. A mesma coisa aconteceu com Simon Pagenaud que caiu do 3º para a 9ªposição. O Piloto australiano é que cresceu demais a partir dai. Power foi para cima de Alexander Rossi e conseguiu a ultrapassagem, O piloto da Andretti quase perdeu o controle do carro e por muito pouco Rossi não acabou indo para o muro. Consequência disso foi a perda de posição para o Ryan Hunter-Reay caindo para o 4ºlugar.

Já Power foi para cima de Dixon, Na Volta 150 o piloto da Penske por dentro ultrapassa Dixon e assume a primeira posição após esta em 4ºlugar a 10 voltas atrás.

Depois da ultrapassagem, Power abriu muito sobre Dixon, Mesmo assim a situação do piloto da Ganassi para o campeonato continuava sendo bem favorável. Ele teria 37 pontos de frente para Rossi que estava em 4ºlugar. Quem vinha fazendo uma bela corrida era Tony Kannan que largou do 15ºlugar para estar em 10ºlugar e era o último dos pilotos que estava na mesma volta do líder.

Na volta 164, Charlie Kimball acabou encontrando o muro de leve, Mas foi o bastante para o norte-americano da Carlin acabou abandonando a prova.

Na volta 173, Ryan Hunter-Reay Fica lento pela pista. E é acionado uma bandeira amarela. O Carro parou no meio dos boxes e teve de ser rebocado para os boxes do carro 28. De lá ele não saiu mais e abandonou a prova. Todos os pilotos aproveitaram para fazerem a terceira parada voltas depois. Porém, nenhum deles teria combustível para terminar a prova. A não ser que os pilotos pouparem combustível para completarem a prova. Charlie Kimball voltou à corrida, Mas já a mais de 10 voltas do líder, O piloto da Carlin não poderia fazer muita coisa.

Na Volta 184, Tivemos a relargada com Power, Dixon e Rossi nas 3 primeiras posições. Newgarden, Jones e Pagenaud disputavam posições logo atrás dos líderes. Na Volta 196, Newgarden acabou perdendo posição para Ed Jones e Simon Pagenaud.

A partir dai, Começou o show de Ed Jones que também passou Zach Veach e depois passou Alexander Rossi. Em um espaço de 3 voltas o piloto da Chip Ganassi assumiu o 3ºlugar chegando a pressionar Dixon em busca do Segundo lugar, Mas seria capaz de Jones passar o líder do campeonato que precisava de cada ponto possível na briga pelo campeonato.

Já Alexander Rossi começou a ficar para trás, Ao invés dos outros pilotos teriam um de fazer uma última parada ou de poupar combustível para terminarem a corrida. Enquanto que Power abria cada vez mais e mais para Dixon. Na Volta 207 a Classificação era: Power, Dixon, Jones, Veach e Pagenaud. Alexander Rossi já tinha caído para a 6ªposição.

O piloto da Andretti que é o grande desafiante de Dixon perdeu posição para Spencer Pigot (que estava fazendo uma bela corrida de recuperação) na volta 213 e duas voltas depois perde o 7ºlugar para Newgarden.

A 27 Voltas do final, Zach Veach ganha posição em cima de Ed Jones. O piloto da Ganassi acabou caindo do 4º para o 7ºlugar em poucas voltas e acabou sendo o primeiro a fazer a última parada. A tática de todos com exceção de Rossi era fazer uma parada no finalzinho mesmo. Era esse o momento que Rossi precisava para ganhar posições e de repente até vencer a corrida. Power tinha chegado a até colocar volta em Rossi.

Na volta 231, Power vai para a última parada e volta atrás de Rossi, Mas agora a vantagem era toda para o piloto australiano que poderia usar toda a potência. Enquanto que o vice-líder do campeonato ainda estava poupando combustível. A ultrapassagem era inevitável e acabou acontecendo a 12 voltas para o final. Com facilidade, Power assumiu a liderança enquanto que Rossi não poderia fazer nada a não ser salvar combustível.

A 10 voltas do final, Dixon vai para a sua última parada, Zach Veach e Josef Newgarden foram os últimos a fazerem a parada. Depois disso Rossi estava em 2ºlugar, A frente de Scott Dixon que vinha se aproximando para uma briga direta não só por posição como pelo campeonato.

Will Power de forma soberana acabou conquistando a sua 3ªVitória no ano e continua vivo na disputa pelo título, A 68 pontos de Scott Dixon restando 159 pontos em disputa. (Prova final a pontuação é dobrada)

Alexander Rossi salvou o 2ºlugar, Após uma corrida arrojada, onde ele correu risco até de bater e abandonar a prova. O norte-americano tirou 3 pontos da diferença de Scott Dixon que marcou os 2 pontos por ter feito o maior número de voltas. O Neozelandês completou o pódio.

Simon Pagenaud em uma corrida de altos e baixos acabou em 4ºlugar. Zach Veach que vem crescendo muito na parte final ficou com um belíssimo 5ºlugar após largar em 16ºlugar. Spencer Pigot vindo do 14ºlugar completou em 6ºlugar em uma corrida discreta, Mas que acabou dando as caras na reta final fazendo um bom resultado para a Carpenter.

Completando os 10 primeiros colocados ficaram Josef Newgarden  que deixou a desejar com o 7ºlugar, Ed Jones que chegou a estar em 3ºlugar acabou perdendo rendimento e acabou ficando em 8ºlugar. Takuma Sato e Graham Rahal em uma prova digna para a Rahal acabaram ficando em 9º e 10ºlugar.

Pietro Fittipaldi fez uma boa corrida, O 11ºlugar após largar em 21º mostrou uma evolução do neto de Emerson Fittipaldi com o bom carro da Dale Coyne. Tony Kannan acabou prejudicado pelo Safety Car e ficou em 13ºlugar e Matheus Leist ficou em 16ºlugar.

Domingo teremos a penúltima prova do Mundial de Formula Indy, No circuito de Portland de volta depois de muito tempo a categoria. Com Dixon, Rossi, Power e Newgarden na disputa pelo Título.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Vídeo:

Resultado final da 15ªEtapa do Mundial de Formula Indy
GP de Gateway – 248 Voltas

pos Pilotos Equipe Chassi/Motor Voltas Tempo
1 Will Power Team Penske Dallara/Chevrolet 248 1h 59:30.1972
2 Alexander Rossi Andretti Autosport Dallara/Honda 248 a 1.3117
3 Scott Dixon Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 248 a 2.8092
4 Simon Pagenaud Team Penske Dallara/Chevrolet 248 a 3.1336
5 Zach Veach Andretti Autosport Dallara/Honda 248 a 7.2693
6 Spencer Pigot Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet 248 a 10.5509
7 Josef Newgarden Team Penske Dallara/Chevrolet 248 a 10.6003
8 Ed Jones Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 248 a 22.1362
9 Takuma Sato Rahal Letterman Lanigan Racing Dallara/Honda 247 a 1 Volta
10 Graham Rahal Rahal Letterman Lanigan Racing Dallara/Honda 247 a 1 Volta
11 Pietro Fittipaldi Dale Coyne Racing Dallara/Honda 247 a 1 Volta
12 Ed Carpenter Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet 247 a 1 Volta
13 Tony Kanaan A. J. Foyt Enterprises Dallara/Chevrolet 246 a 2 Voltas
14 Marco Andretti Andretti Herta Autosport Dallara/Honda 246 a 2 Voltas
15 James Hinchcliffe Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda 246 a 2 Voltas
16 Matheus Leist A. J. Foyt Enterprises Dallara/Chevrolet 246 a 2 Voltas
17 Max Chilton Carlin Dallara/Chevrolet 244 a 4 Voltas
18 Gabby Chaves Harding Racing Dallara/Chevrolet 242 a 6 Voltas
19 Charlie Kimball Carlin Dallara/Chevrolet 235 a 13 Voltas
20 Ryan Hunter-Reay Andretti Autosport Dallara/Honda 172 Mecânico
21 Sebastien Bourdais Dale Coyne Racing Dallara/Honda 0 Acidente

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos e Vídeo: IndyCar

Ericsson bateu violentamente nos treinos de sexta em dia difícil em Monza

Em Monza tivemos uma sexta-feira que acabou não sendo a mais produtiva do ano. Com pista molhada na primeira sessão de treinos e um terrível acidente no começo da segunda sessão acabaram por comprometer parcialmente o dia de trabalho das equipes.

O primeiro treino acabou com Sergio Perez na liderança, Conquistada depois do cronometro ter sido encerrado. O piloto da Racing Point aproveitou a melhora da pista para marcar o melhor tempo da sessão. Kimi Raikkonen com a Ferrari ficou com o segundo lugar e Esteban Ocon da Racing Point ficou com o 3ºtempo.

O treino da manhã teve também, Brendon Hartley em 4º e Pierre Gasly em 6º com a Toro Rosso. A se destacar os pilotos Carlos Sainz jr. que andou muito bem sobre chuva e de Valtteri Bottas, que chegou a liderar por muito tempo a liderança. Ficou em 10ºlugar por causa da melhora da pista, Muito mais que a melhora dos outros carros.

No segundo treino livre, Logo de cara o Sueco Marcus Ericsson acabou perdendo o controle do seu Sauber e batendo a mais de 300 km/h, O Carro capotou algumas vezes. Algo visualmente fortíssimo, Mas Ericsson não sofreu nada de grave. Após o acidente ele foi até o hospital checar sua saúde. Os danos foram apenas materiais para a Sauber que terá trabalho para remontar o carro para amanhã.

A asa móvel acabou subindo acima do que é o funcionamento normal e falhando de maneira clamorosa.

Veja as imagens:

Foram necessários 20 minutos para se retirar o carro acidentado e para consertarem a pista. Depois disso o treino acabou seguindo normalmente. Já com a pista seca, A Ferrari saiu na frente. Sebastian Vettel, Apesar de ter saído da pista acabou ficando com o melhor tempo do dia com 1:21.105. Kimi Raikkonen completou a dobradinha da Ferrari, com 1:21.375 marcando o segundo tempo.

Já a Mercedes ficou com o 3ºtempo marcado por Lewis Hamilton e o 4ºtempo com o Finlandês Valterri Bottas. E a Red Bull colocou seus dois pilotos em 5º com Max Verstappen e em 6ºlugar com Daniel Ricciardo, Mas a equipe Austríaca esta a 1 segundo atrás da Ferrari e a 7 décimos da Mercedes. Sem qualquer chance de vencer em condições normais, Apenas se na corrida no domingo tivemos chuva.

A Se destacar o ótimo desempenho de Esteban Ocon e de Sergio Perez da Racing Point Force India em 7ª e 8ªlugares e ao piloto de Mônaco Charles Leclerc que colocou a única Sauber do segundo treino em uma excepcional 9ªposição. A lamentar o péssimo desempenho da Mclaren que ficou abaixo até mesmo dos pilotos da Williams e da Toro Rosso. (Que teoricamente teria problemas de potência em Monza)

Amanhã, as 7 da manhã teremos o treino livre da Manhã (FP3) e as 10 da manhã teremos a Classificação Valendo para o Grid de largada do GP da Itália de Formula 1.

Resultado dos Treinos livres de Sexta-Feira:

1ºTreino Livre:

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Tempo Voltas
1 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:34.000 18
2 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:34.550 28
3 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:34.593 17
4 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:35.024 17
5 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:35.207 13
6 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:35.438 19
7 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:35.665 10
8 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:35.995 15
9 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:36.107 15
10 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:36.238 8
11 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:36.546 6
12 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:36.648 10
13 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:37.066 13
14 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:37.426 14
15 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:37.683 13
16 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:37.790 11
17 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:37.867 4
18 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:37.929 10
19 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:38.253 8
20 47 Lando Norris McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:38.282 9

2ºTreino Livre:

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Tempo Voltas
1 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:21.105 27
2 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:21.375 31
3 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:21.392 31
4 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:21.803 35
5 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:22.154 28
6 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:22.296 28
7 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:22.930 30
8 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:22.942 32
9 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:22.965 20
10 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:23.063 30
11 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:23.077 31
12 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:23.193 32
13 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:23.233 28
14 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:23.402 34
15 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:23.514 28
16 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:23.531 16
17 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:23.566 29
18 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:23.741 23
19 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:24.084 30
20 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO Sem Tempo 2

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Force India/Ferrari/Renault