Com muita sorte, Hamilton conquista vitória em Baku e vira líder do Mundial

Em sua 3ªEdição, O GP do Azerbaijão mais uma vez se mostrou imprevisível, Até o final da corrida não se pode dar por certo quem vai ganhar. Baku tem seus mistérios, Essa edição tinha tudo para esta nas mãos de Sebastian Vettel e de Valtteri Bottas, Mas foi Lewis Hamilton quem acabou levando a vitória. (63ªVitória da sua carreira)

Vettel largou bem, Com Hamilton e Bottas logo a seguir. Verstappen e Ricciardo disputavam o 4ºlugar. Lá atrás, Muita confusão. Primeiro, Sergei Sirotkin toca na traseira de Perez e seu bico dianteiro quebra. Segundos depois Sirotkin acaba espremido por Hulkenberg e Alonso, Com isso a suspensão do Russo quebra. Um pouco mais a frente, Raikkonen que perdeu a posição para Ocon, que foi para cima do Francês que tentou manter a 6ªposição e acabou se chocando com  o homem de gelo, Levando a pior e indo parar no Muro.

O Safety Car entrou na pista. Raikkonen teve de ir para os boxes, Assim como alguns pilotos que se envolveram na confusão. A imagem do começo da prova foi Fernando Alonso tendo de ir aos boxes com 2 pneus furados, 1 com a borracha dechapando e o outro no aro apenas. Foi um milagre o Espanhol não ter abandonado pelos danos que teve em seu assoalho do seu Mclaren-Renault.

Foram 5 voltas para limparem a pista, Na 6ªVolta a corrida recomeça. Verstappen foi para o ataque e passou Ricciardo que por excesso de precaução, Perdeu posição para Carlos Sainz jr.

Vettel vinha na liderança e abria de Hamilton que abria de Bottas. Os 3 abriam diferença para os dois da Red Bull que vinham sendo pressionados por Sainz jr (Verstappen). e Hulkenberg (Ricciardo). Com pneus mais duros e com problemas na recarga de energia os dois viraram alvo fácil para os pilotos da equipe Francesa que passaram ao mesmo tempo. Destaço que a disputa entre Verstappen e Sainz jr. que ficaram 3 voltas trocando posição. Na 10ªVolta, Hulkenberg passou Verstappen para ganhar o 5ºlugar.

Porém, A prova do piloto Alemão acabaria na volta 11, Quando ele acaba saindo de traseira e acabou indo para o Muro, Danificando sua posição e abandonando a prova. Enquanto isso Raikkonen já aparecia entre os 10 primeiros lugares, Já atrás de Stroll e Leclerc. Enquanto isso quem vinha abrindo diferença era

Na volta 15, Verstappen passou Sainz que aproveitou e foi para a primeira parada nos boxes, Colocando os pneus mais duros para completar a prova. Enquanto isso Leclerc vinha muito bem, Superou Lance Stroll se destacando na corrida. Ao contraio de seu companheiro de equipe. Marcus Ericsson acabou passando reto e perdendo muito tempo, E ainda por cima ele acabou tomando penalização de 10 segundo por um incidente com Magnussen. (Como eu não vi, Não tem como dar uma opinião)

Continuava a disputa entre Verstappen e Ricciardo pelo 4ºlugar, Trocando de posição em intensa disputa. Raikkonen passou Stroll e e também passou pelo Leclerc, Na volta 17, o finlandês passou para o 6ºlugar. Na volta 21, O mexicano Sergio Perez em belíssima corrida de recuperação ultrapassa Lance Stroll que acabou alongando a primeira curva e perdendo algum tempo.

Na volta seguinte, Hamilton que vinha tirando aos poucos a vantagem de Sebastian Vettel, Acabou também alongando a curva, travando os pneus e deixando esses pneus quadrados. A parada foi antecipada, Na 23ªVolta com os pneus médio que teriam de aguentar 28 voltas até o final da prova. Vettel vinha agora 13 segundos de frente para Bottas e 30 segundos a frente do Hamilton. A Corrida estava se encaminhando para as mãos do líder do campeonato.

A corrida chegava na sua metade. Os pneus estavam durando muito, O Desgaste dos pneus que já é baixo. Com o tempo encoberto e frio era mais baixo ainda. Grosjean que largou do último lugar já vinha em 8ºlugar, logo após a parada de Charles Leclerc da Sauber. Todos os pilotos iriam para 1 única parada nos boxes.

Na 27ªVolta, Ricciardo tenta o ataque em cima de Verstappen, Consegue passar na curva 1, O jovem piloto Holandês voltou pra cima do Australiano e deu o troco, Voltando ao 4ºlugar.

Enquanto isso, Alonso perde tempo e perdeu o 11ºlugar para Stroll, Era um final de semana bem difícil para a Mclaren. Vandoorne vinha em 16º, 1 volta atrás dos líderes.

Vettel, Bottas, Verstappen e Ricciardo ainda não tinham parado nos boxes, poderiam tentar fazerem a parada e irem para os pneus mais macios para ganharem a corrida. Na volta 30 é Vettel, O líder para para colocar os pneus mais duros. Bottas assume a liderança com 11 segundos de frente para Vettel que vinha 8.3 a frente de Hamilton.

Os pneus mais novos demoravam para renderem bem, algo muito estranho. Já que a tendência é os pneus é geralmente os mais novos renderem melhor do que os mais novos. Bottas fez a melhor volta da prova. Com pneus de mais de 35 voltas de uso. O Finlandês teria de parar nos boxes assim como Verstappen e Ricciardo.

Na volta 35, Ricciardo foi para uma nova tentativa de ultrapassagem sobre Verstappen e por fora realizou a ultrapassagem e levou a 4ªposição. E assim quando ele começou a abrir diferença praticamente poderíamos concluir que era assunto encerrado em relação a essa disputa.

Na Volta 38, Ricciardo foi para a sua única parada, Colocando os pneus ultrasoft. Na Volta seguinte foi a vez de Verstappen ir para os pneus ultrasoft e devido a demora dos pneus de Ricciardo esquentarem. O holandês ganhou a posição de número 4. Enquanto que Valtteri Bottas faz melhor volta da corrida com os pneus mais gastos. Mesmo assim, quando parar Vettel teria 8 segundos.

Até que Ricciardo foi para cima de Verstappen que sutilmente muda duas vezes a trajetória e acabou o Australiano atropelando Verstappen e acabou ambos saindo reto. Provocando uma bandeira amarela. Isso facilitou a vida de Bottas que foi aos boxes colocarem os pneus mais macios. A corrida estava nas mãos do piloto da Mercedes. Vettel, Raikkonen, Alonso e outros pilotos foram fazer a parada para colocarem pneus mais macios. (Ultrasoft)

Após 3 voltas para limparem a pista e deixarem todos os retardatários recuperarem a volta, Quando parecia que iriamos ter a relargada, Na volta 44: Romain Grosjean conseguiu a façanha de bater quando esquentava os pneus. Jogou fora o 6ºlugar para a Haas e afundando ainda mais no seu inferno astral sem qualquer bom resultado em 2018. Esse acidente prolongou o safetycar. Mais 4 voltas para limpar a pista. Muita gente não ficou feliz com o que o Francês fez, Ao voltar aos boxes, Grosjean atirou a sua luva que quase acertou um dos membros da equipe. O Clima não esta bom para ele que disse que foi o Ericsson que tocou nele (Aonde????, Em qual universo isso aconteceu???) O Sueco estava 1 volta atrás e ele tinha recuperado volta.

Com 4 voltas para o final a corrida recomeça e Vettel foi para cima de Bottas que deixou o Alemão passar, Provavelmente prevendo que o Alemão iria travar os pneus. E foi isso que aconteceu. Tanto é que Hamilton e Raikkonen ganharam posições. Bottas voltou a liderança.

O piloto da Ferrari com os pneus quadrados perdia rendimento. A Dobradinha da Mercedes estava nas mãos. Até que no final da volta 48, Bottas passa por cima de um detrito e logo depois acaba furando o seu pneu, Após uma corrida impecável, Bottas não tinha nada mais a fazer. Apenas encostar o carro dele e abandonar.

Hamilton ganhou a liderança de graça, Com Raikkonen em segundo e Perez praticamente ao mesmo tempo Bottas teve a infelicidade ele conquistava a posição em cima de Vettel. De 5º para um lugar no pódio com a Force India que não vive seus melhores momentos.

O piloto Inglês que vinha apenas para tentar manter o pódio acabou levando uma vitória nas ruas de Baku. Essa pista tem mistérios que não se pode explicar. A 63ªVitória da carreira do piloto da Mercedes e a liderança do campeonato após um começo de ano difícil. Kimi Raikkonen que teve um dia que começou difícil acabou ficando em 2ºlugar e Sergio Perez que vinha sem marcar pontos, Lavou a alma da Force India com o 3ºlugar. Um grande final de semana da equipe indiana que passou do penúltimo lugar para o  6ºlugar no Mundial de Construtores.

Sebastian Vettel sai derrotado em Baku, o 4ºlugar tira o piloto Alemão da liderança do Campeonato. Com 70 pontos, Hamilton passa a liderar o campeonato, 4 pontos de frente de Vettel.

Carlos Sainz jr. teve um belo final de semana, acabou ficando em 5ºlugar em uma prova combativa. E um corridão de Charles Leclerc com a Sauber, Um incrível 6ºlugar para o piloto de Mônaco. Também corridão de Alonso, que depois ter de levar o seu carro com 2 pneus furados para os boxes na primeira volta ainda consegue levar a Mclaren para o 7ºlugar, Um final de semana bem ruim para o time de Woking.

Lance Stroll consegue levar a Williams aos primeiros pontos do ano, Em 8ºlugar. Stoffel Vandoorne no final chegou ao improvável 9ºlugar após ficar 1 volta atrás do líder em penúltimo lugar em certo momento da prova. E mais improvável foi o 10ºlugar de Brendon Hartley que marcou assim o primeiro ponto na Formula 1.

Marcus Ericsson ainda levou a outra Sauber para o 11ºlugar, Pierre Gasly começou muito bem, Chegando a ficar em 7ºlugar, Porém acabou só em 12º e Kevin Magnussen ficou em 13º com a única Haas que marcou pontos no ano. Valtteri Bottas que chorou depois de abandonar a prova ainda terminou qualificado em 14º.

Esperamos que Baku não saia do calendário do campeonato, Porém que a pista deveria ter uma limpeza melhor dos detritos, Isso sim! Daqui a 2 semanas teremos a primeira corrida da fase europeia. No circuito da Catalunha, Em Barcelona veremos mais uma disputa emocionante pela vitória e pelo título do 69ºCampeonato Mundial de Formula 1!

Resultado final do GP do Azerbaijão
Circuito de Rua de Baku – 4ªEtapa do Mundial de Formula 1

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Voltas Tempo/Abandono Grid
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 51 1h 43:44.291 2
2 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 51 a 2.460 6
3 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 51 a 4.024 8
4 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 51 a 5.329 1
5 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 51 a 7.515 9
6 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 51 a 9.158 13
7 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 51 a 10.931 12
8 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 51 a 12.546 10
9 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 51 a 14.152 16
10 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 51 a 18.030 19
11 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 51 a 18.512 18
12 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 51 a 24.720 17
13 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 51 a 30.663 15
14 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 48 Pneu Furado 3
15 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 42 Acidente 20
16 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 39 Colisão 5
17 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 39 Colisão 4
18 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 10 Acidente 14
19 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 0 Acidente 7
20 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 0 Acidente 11

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Williams/Force India/Red Bull/Toro Rosso/Sauber/Mclaren

Resultado do 3ºTreino Livre – GP do Azerbaijão

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Tempo Voltas
1 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:43.091 17
2 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:43.452 16
3 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:43.493 17
4 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:43.519 17
5 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:43.569 20
6 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:43.936 9
7 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:43.958 11
8 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:44.123 8
9 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:44.220 11
10 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:44.534 9
11 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:44.763 12
12 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:44.861 17
13 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:44.905 16
14 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:45.218 15
15 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:45.261 12
16 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:45.432 15
17 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:45.456 11
18 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:45.505 13
19 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:45.910 17
20 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:46.186 11

Sebastian Vettel supera Hamilton e Bottas em Baku e leva a 53ªpole da Carreira

Vettel marcou sua 53ªpole de sua carreira, E a terceira na temporada 2018, O piloto da Ferrari mais uma vez superou os dois pilotos da Mercedes e seu companheiro de equipe. Um treino que teve muita disputa, Mas com os carros italianos parecendo estarem 1 degrau acima dos seus principais adversários.

O Q1 nem  esquenta e Romain Grosjean saiu da pista, O piloto da Haas teve problemas e abandonou o treino. Alías, O final de semana não estava sendo dos melhores para a Haas que vinha deixando a desejar nos treinos livres em relação as 3 primeiras corridas.

Enquanto os pilotos vinham fazendo suas voltas, O Carro do piloto Francês era recolhido. E o bom trabalho dos pilotos da Force India nos treinos se Sexta se confirmaram hoje com uma ótima atuação de Esteban Ocon. Ricciardo e Verstappen chegaram a ocupar os 2ºprimeiros lugares, Depois foram superados por Raikkonen e Vettel.

Nos minutos finais, a Toro Rosso acaba tendo um problema, Por muito pouco seus dois pilotos não se chocam. Hartley com problemas estava lento e Gasly desviou na hora certa da trajetória e acabou indo para a área de Escape. Apesar de evitar a batida, Gasly não evitou a eliminação já no Q1. Quem caiu fora além de Grosjean, Hartley e Gasly foram Marcus Ericsson e Stoffel Vandroome. Lance Stroll na sua última volta assegurou um lugar entre os 15 que partiram para o Q2. Com isso, A Williams pela primeira vez tinha seus dois pilotos na segunda fase da Classificação.

Classificação do Q1:

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Tempo
1 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:42.538
2 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:42.642
3 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:42.693
4 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:42.762
5 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:42.857
6 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:43.021
7 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:43.355
8 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:43.426
9 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:43.674
10 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:43.746
11 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:43.752
12 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:43.992
13 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:44.010
14 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:44.261
15 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:44.359
16 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:44.489
17 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:44.496
18 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:45.541
19 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:57.354

Bottas fez um brilhante tempo no Q2, Para compensar o fraco tempo do Q1, Esse tempo só foi superado pelo seu companheiro de Equipe Lewis Hamilton, Por apenas 3 milésimos de segundo. Tanto no Q1 tanto no Q2 tivemos muitas escapadas de pista, Inclusive dos dois pilotos da Ferrari.

Na reta final do treino, Raikkonen vivia um drama. Ele vinha na última posição até a sua última volta nos últimos segundos. O homem de gelo justificou seu nome. Do último lugar entre os 15 para uma grande volta e para marcar o melhor tempo do Q2, Com 1:42.510. A Ferrari coloca no bolso os dois pilotos da Mercedes que ficaram em 2º e 3ºlugares. Verstappen ficou em 4º com Ocon da Force India em 5º e Vettel num 6ºlugar.

Daniel Riccardo acabou arriscando andar de pneus SuperSoft ao invés dos Ultrasoft, Por muito pouco o Australiano não ficou de fora da parte final do Treino. Passando para o Q3 em 10ºlugar. Atrás de Nico Hulkenberg, Sergio Perez e de Carlos Sainz jr.  que acabaram classificados para o Q3. Ferrari, Mercedes, Red Bull, Force India e Renault acabaram colocando os seus dois carros na parte final do treino.

Ficaram eliminados, Os dois pilotos da Williams que parece estar bem melhor (Pelo menos em Baku) Com Stroll em 11º e Sirotkin em 12º, Marcando os melhores grid de largada de ambos nessa temporada. Fernando Alonso em 13º com uma Mclaren-Renault que não se deu bem. Os outros eliminados foram Charles Leclerc que classificou pela primeira vez no Q2 e Kevin Magnussen com uma Haas Problemática nesse final de semana.

Resultado do Q2:

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Tempo
1 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:42.510
2 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:42.676
3 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:42.679
4 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:42.901
5 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:42.967
6 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:43.015
7 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:43.232
8 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:43.366
9 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:43.464
10 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:43.482
11 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:43.585
12 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:43.886
13 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:44.019
14 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:44.074
15 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:44.759

No Q3, Red Bull, Force India e Mercedes foram os primeiros a entrarem na pista. Pouco depois vinha Hulkenberg e os pilotos da Ferrari e Sainz jr. por último.

Verstappen marcou o melhor tempo, Até Bottas e Hamilton marcarem suas voltas em seguida e colocarem os dois pilotos da Mercedes nas 2 primeiras posições. Sebastian Vettel estraçalhou o tempo das Mercedes, Com 1:41.498 ele tomou a pole das mãos dos carros germânicos.

A 2 minutos do final, Todos os pilotos vão para a última tentativa. Bottas e Hamilton são os primeiros a tentarem, Apesar de melhorarem seus tempos não conseguem chegar ao tempo de 1:41.498 de Vettel.

Kimi Raikkonen, Em sua última volta conseguiu a 1ª e a 2ªmelhores parciais, Parecia que a pole iria para as mãos do Finlandês. Até que ele quase perde o controle do carro na última curva do circuito. Resultado disso foi a perda de mais de 1 segundo no último setor, A pole escapou das mãos de Raikkonen e se confirmou a pole 53 de Vettel na Formula 1.

Hamilton, O grande rival de Vettel, 9 pontos atrás do piloto alemão larga ao seu lado em segundo. Na segunda fila largam Valtteri Bottas com a Mercedes e Daniel Ricciardo que superou em 80 milésimos a Max Verstappen. O Holandês larga na terceira fila junto de Kimi Raikkonen.

Os dois pilotos da Force India largam na Quarta fila: Ocon ficou a 24 milésimos a frente de Sergio Perez e sai na 7ªposição. Um grande final de semana da equipe Indiana que vem no penúltimo lugar no campeonato de Construtores. E a Renault ficaria com a 5ªfila, Se Não tivessem trocado o Câmbio de Nico Hulkenberg que perde 5 posições no Grid. (Caindo do 9º para o 14º) Carlos Sainz jr. Larga em 9º e Lance Stroll fica com o 10ºlugar, Colocando a Williams pela primeira vez no ano em uma posição digna com sua história na Formula 1.

Amanhã, As 9 da manhã teremos o GP do Azerbaijão, Direto do circuito de Baku para mais um duelo pela vitória e pela liderança do campeonato.

Grid de Largada do GP do Azerbaijão
4ªEtapa do 69ºCampeonato Mundial de Formula 1

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Tempo Voltas
1 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:41.498 19
2 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:41.677 21
3 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:41.837 21
4 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:41.911 20
5 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:41.994 19
6 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:42.490 20
7 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:42.523 20
8 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:42.547 20
9 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:43.351 20
10 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:43.585 16
11 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:43.886 17
12 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:44.019 16
13 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:44.074 17
14 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:43.066 20
15 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:44.759 14
16 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:44.489 8
17 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:44.496 9
18 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:45.541 10
19 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:57.354 5
20 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO Sem Tempo 2

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Ferrari/Mercedes/Force India/Williams/Toro Rosso

Analises dos Treinos Livres do GP do Azebaijão – Ricciardo cada vez mais cobiçado por Ferrari e Mercedes

Daniel Ricciardo foi o mais rápido do primeiro dia de treinos em Baku, A fase do piloto Australiano faz ele dia após dia ser cada vez mais cobiçado pelas principais equipe para a temporada de 2019. Mercedes e Ferrari vão disputar qual é que tem mais chances de contratar o piloto da Red Bull que venceu o GP da China em uma atuação genial.

Na Ferrari, Raikkonen muito provavelmente vai sair ao final dessa temporada. Então, Não existiria uma concorrência para a entrada de Daniel Riccardo na Scuderia. Já na Mercedes, Ricciardo entraria no lugar de Valtteri Bottas que teve um final de semana ruim na Austrália, porém se redimiu no Bahrein e na China onde ficou em 2ºlugar. Bottas tem contrato com a Mercedes até o final do ano, O piloto Finlandês esta mostrando um belo desempenho e vem disposto a dar uma mensagem a equipe: Não precisa contratar Daniel, Eu posso disputar vitórias e títulos aqui!

Do outro lado, Max Verstappen não vem passando um bom momento na Formula 1, No primeiro treino livre ele acabou batendo mais uma vez, No primeiro treino livre ele acabou escapando na curva 5 e batendo de lado.

Já é o 6ºincidente que Verstappen já se envolve em 4 finais de semana de corrida. Esta na hora do piloto Holandês acabar com essa cota de erros. Enquanto ele erra, Ricciardo ganha mais e mais espaço e é dia após dia será disputado entre Mercedes e Ferrari. Com essas falhas, pode ser que o seu passe dia após dia, Max cai no conceito das equipe e começa também a ser questionado na Red Bull.

Para o treino de Amanhã, a Mercedes que poderia ter um favoritismo pelas parte de alta de 2,2 km. Acabou com Bottas fazendo o melhor tempo da primeira sessão, Porém no segundo treino, Acabaram fora dos 3 primeiros lugares. A Ferrari teve Raikkonen como o segundo lugar no 2ºtreino livre, Na frente do Holandês Max Verstappen com a Red Bull.

Vettel teve um dia discreto, Ao contraio. A Force India teve um grande dia de treinamento, Sergio Perez ficou em 3ºlugar no Primeiro treino livre, Parece que esse final de semana começou muito bem para a 4ªColocada dos dois últimos Mundiais de Construtores. Ocon ficou em 5º no FP1. No segundo treino, Ocon levou a Force India para o 7ºlugar, Enquanto Perez ficou em 12º. Fernando Alonso leva a Mclaren (que não parece estar a altura de brigar por boas posições) nas costas, Marcando o 6ºtempo no Segundo treino livre. A Renault parece levar vantagem na disputa pela liderança do bloco intermediário nesse circuito.

Williams até teve a esperança de um bom final de semana com o 8ºlugar de Sirotkin, Porém o segundo treino mostrou que a realidade do time de Grove. Toro Rosso e Sauber também não mostraram muita coisa nessa Sexta-feira..

Sobre as várias e várias saída de pista para a área de escape, que aconteceram nos treinos, A possibilidade de ter bandeira amarela e Safety Car é consideravelmente grande. Por isso, Tática de paradas vai ser importante para essa prova sim senhor.

Amanhã, a Partir das 7 da manhã teremos o 3ªtreino Livre e as 10 da manhã teremos a Classificação para o GP do Azerbaijão de Formula 1, Horário de Brasilia

Resultado dos Treinos Livres
GP do Azebaijão

1ºTreino Livre

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Tempo Voltas
1 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:44.242 26
2 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:44.277 24
3 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:45.075 26
4 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:45.200 24
5 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:45.237 29
6 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:45.559 11
7 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:46.465 25
8 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:46.480 28
9 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:46.492 18
10 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:46.513 18
11 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:46.590 26
12 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:46.747 32
13 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:46.749 11
14 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:46.856 23
15 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:46.861 10
16 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:46.875 21
17 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:47.073 21
18 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:47.434 18
19 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:47.967 21
20 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:48.741 11

2ºTreino Livre

Pos Piloto Equipe Chassi Motor Tempo Voltas
1 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:42.795 35
2 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:42.864 33
3 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:42.911 27
4 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:43.570 25
5 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:43.603 31
6 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:43.700 34
7 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:43.814 30
8 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:43.834 36
9 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:43.977 29
10 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:44.091 33
11 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:44.127 38
12 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:44.142 31
13 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:44.425 27
14 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:44.459 31
15 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:44.712 39
16 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:44.940 30
17 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:45.007 33
18 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:45.051 36
19 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:45.288 29
20 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:46.042 9

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Red Bull/Force India/Mercedes/Ferrari

Formula Indy em Alabama teve domínio de Newgarden em corrida dividida em 2 dias

Grid de Largada da 4ªEtapa do Mundial de Formula Indy
GP do Alabama – Barber Motorsport

Pos Piloto Chassi/Motor Equipe Tempo Fase
1 Josef Newgarden Dallara/Chevrolet Team Penske 1’07.4413 Q3
2 Will Power Dallara/Chevrolet Team Penske 1’07.4541 Q3
3 Sebastien Bourdais Dallara/Honda Dale Coyne Racing 1’07.5337 Q3
4 Ryan Hunter-Reay Dallara/Honda Andretti Autosport 1’07.7807 Q3
5 James Hinchcliffe Dallara/Honda Schmidt Peterson 1’07.9472 Q3
6 Scott Dixon Dallara/Honda Chip Ganassi Racing 1’08.0303 Q3
7 Marco Andretti Dallara/Honda Andretti Herta 1’07.6027 Q2
8 Alexander Rossi Dallara/Honda Andretti Autosport 1’07.7488 Q2
9 Simon Pagenaud Dallara/Chevrolet Team Penske 1’07.8409 Q2
10 Robert Wickens Dallara/Honda Schmidt Peterson 1’07.8455 Q2
11 Zach Veach Dallara/Honda Andretti Autosport 1’07.9894 Q2
12 Ed Jones Dallara/Honda Chip Ganassi Racing 1’08.4386 Q2
13 Max Chilton Dallara/Chevrolet Carlin 1’08.0235 Q1
14 Charlie Kimball Dallara/Chevrolet Carlin 1’08.5494 Q1
15 Graham Rahal Dallara/Honda Rahal Letterman Lanigan 1’08.1038 Q1
16 Zachary Claman Dallara/Honda Dale Coyne Racing 1’08.5531 Q1
17 Spencer Pigot Dallara/Chevrolet Ed Carpenter 1’08.1184 Q1
18 Takuma Sato Dallara/Honda Rahal Letterman Lanigan 1’08.5676 Q1
19 Jordan King Dallara/Chevrolet Ed Carpenter 1’08.3997 Q1
20 Gabby Chaves Dallara/Chevrolet Harding Racing 1’08.9763 Q1
21 Matheus Leist Dallara/Chevrolet A. J. Foyt Enterprises 1’08.5516 Q1
22 Rene Binder Dallara/Chevrolet Juncos Racing 1’09.5404 Q1
23 Tony Kanaan Dallara/Chevrolet A. J. Foyt Enterprises 1’11.2015 Q1

Uma corrida realizada em 2 dias nunca fica perfeita, Mas pelo menos para Josef Newgarden a etapa em Barber passando pela chuva do domingo e pelo passeio da Segunda-feira não se poderia colocar nenhum se não para ele.

Newgarden marcou a pole position com Will Power completando a primeira Fila da Penske. Abrindo a segunda fila largam Sebastien Bourdais e Ryan Hunter-Reay. Na terceira fila largam o Canadense James Hinchcliffe e o Neozelandês Scott Dixon da Chip Ganassi. Completando os 10 primeiros colocados : Marco Andretti da Andretti Herta, Alexander Rossi da Andretti,Simon Pagenaud da Penske e Robert Wickens da Schmidt.

A Foyt fez um péssimo trabalho, Nem Matheus Leist que larga em 21º e nem mesmo Tony Kannan que larga em último lugar poderiam fazer algo melhor do que eles conseguiram.

Com a pista bem molhada, Os pilotos resolveram largar assim mesmo, Newgarden largou bem e como tinha a vantagem de não levar Água na cara. Power, Bourdais, Hunter-Reay e Hinchcliffe mantiveram as 5 primeiras posições. Em 4 voltas o Campeão de 2017 abriu 4 segundos de Power que era pressionado pelo Sebastien Bourdais. Logo depois disso, Power começou a equilibrar o jogo e começou a tirar diferença para seu companheiro de equipe. Marco Andretti acabou nas primeiras voltas Rodando e perdendo muitas posições. Gabby Chaves parou por causa da sobre viseira que ficou embasada, Um pecado para o Colombiano que perdeu uma volta inteira.

Charlie Kimball acabou batendo na volta 11, No final da volta. O norte-americano parou o carro na pista, O que provocou uma bandeira amarela. Simon Pagenaud acabou indo para os boxes. Essa bandeira amarela não durou muito tempo.

Na 13ªVolta a corrida começa. Will Power em plena reta acabou agua planado e indo para  o muro, Danificando o carro do piloto da Penske. Bandeira amarela de novo e logo depois de algumas voltas deram bandeira vermelha . A Pista estava impraticável para uma corrida.

A prova disso foi um dos carros da organização puxar muita água, A drenagem do Circuito do Alabama é ruim e isso contribuiu para a batida de Power. Após 30 minutos tentando secar a pista. Os pilotos voltam para a pista para tentarem voltar a corrida. Tony Kannan teve problemas elétricos, Seu carro acabou parando. O Brasileiro de 43 conseguiu fazer o carro voltar a funcionar e ele voltou a prova em último.

Mas esse não o problemas, O problema era mesmo a aguaplanagem que fez mais uma vitima: Graham Rahal acabou rodando e perdendo posições na volta 21. Não dava mesmo para ter a corrida, 2 Voltas depois tivemos de novo a bandeira vermelha acionada. Os pilotos não voltariam para a pista mais no Domingo. Tiveram que adiar a prova para o Dia seguinte.

Segunda-feira, O tempo esta seco e a corrida ao invés de ter as 90 voltas a corrida passou para a contagem regressiva de 1 hora e 10 minutos. O que fatalmente iria mudar as táticas de paradas nos boxes. Max Chilton acabou tendo problemas em seu carro e parou em uma subida (A Mesma subida que o carro do Kannan parou no dia anterior) Dessa vez o piloto da Carlin não conseguiu fazer o carro voltar a funcionar. Ele teve de ser levado para os boxes rebocado.

A Corrida recomeçou faltando 1 hora e 7 minutos para o final, Com o tempo de uma volta virando 1 minuto e 12 segundos daria umas 50 voltas de corrida.

Newgarden continuava líder, Com Bourdais em 2º, Hunter-Reay em 3º, Rossi em 4º e Hinchcliffe em 5ºlugar. Lá Atrás, Claman de Mello vinha com 2 voltas de atraso e recuperando volta em cima de Graham Rahal e Spencer Pigot que na curva seguinte acabou se precipitando e batendo no piloto Canadense da Dale Coyne. Apesar de ser retardatário, Claman de Melo não poderia ser atingido, Por uma tentativa precipitada pelo piloto da Carpenter.

Newgarden abriu 4 segundos e meio sobre Bourdais, 56 minutos para o final da prova parou Ed Jones da Chip Ganassi. Certamente ele iria para duas paradas. Pigot parou na volta seguinte.

Enquanto isso Zach Veach começava a segurar o ritmo de prova de Wickens, Chaves (Com 1 volta de atraso), Sato e Dixon. E vinham chegando Simon Pagenaud e Graham Rahal. Enquanto Newgarden sobrava na pista, Wickens ira para cima de Veach. Faltando 50 minutos para o termino da corrida, O piloto da Schmidt consegue a ultrapassagem. A partir dai, O piloto da Andretti passou a ser pressionado pelos outros pilotos. Fruto dos desgastes excessivos dos seus pneus mais macios. Dixon passou Zeach faltando 47 minutos e 30 segundos para assumir o 7ºlugar. Hinchcliffe foi para cima de Alexander Rossi e ultrapassou o piloto da Andretti e líder do campeonato para ganhar o 4ºlugar a 44 minutos do final.

Faltando 41 minutos para o final, Newgarden com mais de 10 segundos a frente do Bourdais foi para os boxes para sua primeira parada. O piloto Francês assume a liderança, O piloto da Penske teria de fazer uma nova parada na parte final da corrida. Rossi fez a parada segundos depois. Na volta seguinte Pagenaud fez a parada.

Hunter-Reay em 2º, era pressionado pelo James Hinchcliffe, Faltando 37 minutos para o final, ambos foram para parada. Os dois voltaram disputando posição, Melhor para o piloto Norte-Americano. Rahal, Sato e Veach pararam ao restar 35 minutos para o final. Apenas Bourdais e Dixon ainda não tinham parado. Alexander Rossi fez belas ultrapassagens, Inclusive passando Ed Jones ganhando, o 6ºlugar.

Bourdais parou restando 33 minutos e 40 segundos para a sua única parada dele nos boxes. Newgarden volta a liderança. Dixon parou restando 32 minutos e 10 segundos para o termino da prova. Tanto o piloto da Dale Coyne como da Chip Ganassi poderiam ir até o final da prova com esse tanque de combustível.

Porém, Newgarden vinha 23 segundos a frente de Bourdais. Praticamente com uma parada nos boxes de vantagem para o francês. Hunter-Reay é o terceiro, Hinchcliffe é o 4] e Alexander Rossi completava os 5 primeiros colocados. Ed Jones, Wickens, King, Pagenaud e Dixon completavam os 10 primeiros colocados. Matheus Leist vinha em 11ºlugar, Em uma boa corrida considerando os problemas da sua equipe nesse final de semana.

Newgarden colocava entre 6 a 8 décimos de frente para Bourdais. Faltando 25 minutos para o final, A vitória estava nas mãos dele. Mesmo com a tática diferente de Bourdais e Dixon.

A 22 minutos do final, Dixon vai por fora no mergulho para cima de Pagenaud, Consegue ficar lado a lado e na curva seguinte o Neozelandês executa a velocidade e ganha o 9ºlugar. Alexander Rossi vai para a sua segunda parada. Porém, O tempo estava fechando e as primeiras gotas de chuva caíram no Circuito do Alabama.

Dixon, percebendo que sua tática iria afundar, Foi para cima de Jordan King e ganhou o 8ºlugar. Spencer Pigor foi para a parada a 18 minutos do final. Para quem estava parado nesse momento a torcida é que parasse de chuviscar. Se chovesse de vez, A prova deles iria por água abaixo!

E a chuva cada vez aumentava mais e mais. Newgarden estendeu a sua ida para os boxes. A 14 minutos do final, Ele foi para a parada e colocou os pneus de Chuva, Mesmo assim, A vitória não estava ganha. Se o piloto da Penske exagerasse, Destruiria seus pneus e por consequência sua corrida também. Bourdais, Dixon torciam para a chuva parada. O piloto da Ganassi foi para cima de Robert Wickers, Sabendo que a tática poderia ir para o espaço, era a hora de atacar e conquistar o melhor resultado possível.

A chuva vinha apertando mais e mais. Bourdais e outros pilotos que não tinham parado tentaram até o limite. Porém a chuva apertou mais ainda e dai, O Francês e todos os outros pilotos foram para a parada, Pior para quem já tinha feito parada nos boxes. Bourdais parou a 7 minutos do final. Newgarden voltou a liderança, Com 18 segundos de frente para Hunter-Reay que se deu bem com essas paradas todas. Seguido de Hinchcliffe, Wickers, Bourdais e Dixon. Os seis primeiros colocados.

A 5 minutos do final, Pigot roda e perde muitas posições depois de voltar a pista. Um pequeno susto para Newgarden que quase saiu para a grama no grampo do mergulho. O piloto da Penske fora isso teve tranquilidade para conquistar a 2ªVitória na temporada e a 3ªVitória no Alabama.  O Autodromo do Barber parece se adaptar ao ritmo de Josef Newgarden, Que vai para Indianapolis como líder do mundial de Formula Indy.

Ryan Hunter-Reay em bela corrida com o carro da Andretti e James Hinchcliffe com o Carro da Schmidt Peterson completaram o pódio. Robert Wickers em mais uma bela corrida ficou em 4ºlugar, Novamente ele é o melhor estreante da prova. Sebastian Bourdais e Scott Dixon no final travaram um belo duelo pelo 5ºlugar. Por pouco acabou o piloto da Dale Coyne levando a melhor sobre Dixon.

Fecharam os 10 primeiros colocados: Graham Rahal, Takuma Sato, Simon Pagenaud e Marco Andretti. Matheus Leist levou seu problemático carro para o 13ºlugar. Tony Kannan ficou em 18ºlugar, A 2 voltas do vencedor. Um péssimo final de Semana da Foyt.

A partir de agora, Todas as equipes e pilotos pensam apenas nas 2 corridas em Indianápolis. A prova no Autódromo e na tradicional 500 milhas de Indianapolis.

Resultado final da 4ªEtapa do Mundial de Formula Indy
GP do Alabama – Barber Motorsport

Pos Piloto Chassi/Motor Equipe Voltas Tempo/Abandono
1 Josef Newgarden Dallara/Chevrolet Team Penske 82 2h 01:14.4486
2 Ryan Hunter-Reay Dallara/Honda Andretti Autosport 82 a 9.9607
3 James Hinchcliffe Dallara/Honda Schmidt Peterson 82 a 15.5389
4 Robert Wickens Dallara/Honda Schmidt Peterson 82 a 17.6794
5 Sebastien Bourdais Dallara/Honda Dale Coyne Racing 82 a 26.8897
6 Scott Dixon Dallara/Honda Chip Ganassi Racing 82 a 26.9768
7 Graham Rahal Dallara/Honda Rahal Letterman Lanigan 82 a 30.1194
8 Takuma Sato Dallara/Honda Rahal Letterman Lanigan 82 a 30.5526
9 Simon Pagenaud Dallara/Chevrolet Team Penske 82 a 42.4618
10 Marco Andretti Dallara/Honda Andretti Herta 82 a 44.6892
11 Alexander Rossi Dallara/Honda Andretti Autosport 82 a 45.2334
12 Matheus Leist Dallara/Chevrolet A. J. Foyt Enterprises 82 a 57.9291
13 Zach Veach Dallara/Honda Andretti Autosport 82 a 1:05.9298
14 Jordan King Dallara/Chevrolet Ed Carpenter 82 a 1:20.0118
15 Spencer Pigot Dallara/Chevrolet Ed Carpenter 81 a 1 Volta
16 Rene Binder Dallara/Chevrolet Juncos Racing 80 a 2 Voltas
17 Gabby Chaves Dallara/Chevrolet Harding Racing 80 a 2 Voltas
18 Tony Kanaan Dallara/Chevrolet A. J. Foyt Enterprises 80 a 2 Voltas
19 Zachary Claman Dallara/Honda Dale Coyne Racing 80 a 2 Voltas
20 Ed Jones Dallara/Honda Chip Ganassi Racing 64 Mecânico
21 Will Power Dallara/Chevrolet Team Penske 53 Acidente
22 Max Chilton Dallara/Chevrolet Carlin 34 Mecânico
23 Charlie Kimball Dallara/Chevrolet Carlin 10 Acidente

Fotos:

 

 

Vídeo da Corrida:

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos e Vídeo: Indycar

Preview do GP do Azebaijão – Deivison da Conceição da Silva

Pneus para essa prova

Escolha dos pneus:

O GP do Azerbaijão é uma dos circuitos de rua mais rápidos do Calendário, Porém é um dos mais estreitos. Em determinadas curvas, um erro, mesmo que seja um pequeno pode acabar com a sua corrida. Nem Hamilton, nem Vettel venceram em Baku. Ambos foram protagonistas do principal incidente da corrida do ano passado: Durante um dos safety cars, Hamilton vinha na liderança quando Vettel acertou o carro do piloto da Mercedes e reclamou alegando que Lewis vinha lento demais.

Vettel foi punido com 10 segundos e quando parecia que a vitória ficaria nas mãos de Hamilton, Ele acabou tendo problemas com a proteção do Cockpit que estava solta no carro. O que obrigou a ir para os boxes. Daniel Ricciardo acabou vencendo com Bottas em 2ºlugar conquistado no final da prova, em cima de Lance Stroll da equipe Williams que fechou o pódio.

Corrida maluca em Baku. Daniel Ricciardo conquista vitória e Stroll conquista primeiro pódio da carreira

 

No ano de 2016, A vitória ficou nas mãos de Nico Rosberg, Com Vettel com a Ferrari em 2º e Sergio Perez com a Force India na Terceira posição. Hamilton cometeu um erro na classificação dessa corrida, Que acabou comprometendo seu resultado, ficando em 5ºlugar.

Rosberg vence de forma tranquila em Baku e volta a ter liderança folgada sobre Hamilton no Campeonato

Pelo pouco que se ver, a Ferrari partirá para a tática de pneus mais ousada, 10 dos 14 jogos de pneus escolhidos por Vettel e Raikkonen são pneus UltraSoft, Só se diferenciam quando Vettel escolhe 2 pneus SuperSoft enquanto Raikkonen escolheu 2 do chamados Soft. Os pilotos da Mercedes escolheram 9 pneus UltraSoft e a Red Bull foi mais conservadora com seus pilotos, Escolhendo 3 jogos Soft, 3 SuperSoft e 8 UltraSoft.

Carlos Sainz e Nico Hulkenberg serão os pilotos que menos vão gastar pneus UltraSoft. Apenas 7 dos 14 jogos de pneus que todos os pilotos tem direito por final de semana de Grande Prêmio.

Perguntas a serem respondidas nesse final de semana:

Ferrari sentiu a derrota no GP da China ou vem forte para Baku? Vettel vai tentar a 3ªVitória em 4 Etapas assim como em 2011?

Mercedes vai finalmente conquistar a 1ªVitória do ano? Bottas vai continuar a frente de Lewis ou o piloto do carro 44 vai dar a volta por cima depois da apagada prova de Xangai?

Red Bull vai superar as deficiências do motor Renault na longa Reta de Baku? Verstappen vai ter um final de semana sem erros cruciais?

Daniel Ricciardo Tem chances de repetir a vitória de 2017?

Lance Stroll buscará forças ao lembrar pódio em Baku para ajudar Williams a sair do Zero nos Construtores?

Renault vs Mclaren, Quem vai levar a melhor pela corrida das equipes intermediárias em Baku? Alonso ou Hulkenberg, Quem leva a melhor?

Force India tentara rendimento melhor para começar a pontuar de maneira mais regular

 

Haas continuará sendo uma surpresa entre os 10 primeiros colocados? Romain Grosjean vai se redimir do começo desastroso de temporada?

Sauber poderá fazer alguma coisa em Baku? Algo a mais do que o 10ºlugar de Wehrlein em 2017?

Essas respostas serão respondidas nesse final de semana:

Dados da Pista:

Circuito Urbano de Baku
Distância por volta: 6.004 km/ 3.731 Milhas
Número de Voltas 51
Vencedores: Nico Rosberg (2016) e Daniel Ricciardo (2017)

Previsão do Tempo:

Sexta

Sábado

Domingo

Horários:

Evento Horário de Brasília
1ºTreino Livre 06:00 as 07:30
2ºTreino Livre 10:00 as 11:30
3ºTreino Livre 07:00 as 08:00
Classificação 10:00 as 11:00
Corrida 09:10 as 11:10

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Ferrari/Renault/Mclaren/Mercedes/Force India/Williams/Sauber/Red Bull/Haas
Previsão do Tempo: accuweather

“Não existe dialogo com o Fascismo em Nenhuma Hipotese” Nem no Automobilismo e em nenhum outro lugar – Deivison da Conceição da Silva

Falar sobre esse assunto é uma coisa que ninguém se tocou, Mas é preciso saber que o Automobilismo esta rondado com essa companhia incomoda e indesejável do Nazismo

Recentemente esse regime nefasto para a humanidade apareceu no caso de Max Mosley envolvido em uma orgia sexual Nazista em 2008, Aonde ele teve contratou 5 prostitutas. Me lembro da repercussão que teve na época. Vários pilotos, Ex-pilotos, Comentaristas, Jornalistas e certeza que a esmagadora maioria dos telespectadores reprovou a atitude do então presidente da FIA. Foi na semana do GP do Bahrein daquele ano. Essa notícia foi uma bomba muito grande para o circo da Formula 1. Tanto assim que Max Mosley foi desconvidado para acompanhar a Prova no Bahrein. Sheik Salman Bin Hamad Al-Jhalifa mandou uma carta dizendo que Mosley era ‘persona non grata’ em Solo Barenita.

Mosley fez todo o possível para que o mundo esqueça essa história, Mas infelizmente para ele o Portalsportszone vai relembrar essa história que acabou se tornando mais um escândalo que maculou a Formula 1 e o esporte a motor em geral.

O Tabloide “News of the World”,falou sobre a participação de Mosley na Orgia Sexual Nazista com a participação de 5 prostitutas em um Barri de Classe Média de Londres. Teve até imagens de um vídeo que teve 5 horas de duração, de qualidade ruim. Mosley teria pago 2.500 libras esterlinas para praticar com as prostitutas os atos sadomasoquistas. O ex-presidente da FIA, fantasiou-se de oficial nazista e faz sexo com duas mulheres vestidas como prisioneiras de campos de concentração da Segunda Guerra Mundial.

Ainda tem mais, O mesmo Tabloide entrevistou uma das garotas de programa, que conta com detalhes a suposta orgia com temática nazista envolvendo Mosley.

Mosley gravou tudo com uma câmera para poder desfrutar mais tarde – diz a garota.

Apesar de Mosley ter negado a orgia, Porém a prostituta admitiu que participou do ato. Segundo ela, Mosley pediu para ela ficar vestida com um uniforme militar e que lhe desse ordens. Depois, pediu para ser chicoteado até sangrar. Em outro momento, Mosley teria invertido os papéis e começou a dar ordens em alemão ou inglês, fingindo inspecionar as presas como se fosse em um campo de concentração.

A garota conta ainda que a orgia teria sido organizada a pedido de Mosley por uma garota com o apelido “Mistress Switch”, encarregada de montar o cenário nazista. Os uniformes teriam sido comprados em uma loja onde são vendidos excedentes de produção do exército alemão.

Ela falou para o Jornal que não entedia nada das conversas em alemão. Confirmou a temática nazista , as inspeções corporais humilhantes, a brutalidade e duas garotas vestidas como prisioneiras de um campo de concentração. Ainda confirmou o pagamento de 2.500 libras pela orgia.

Mosley mão negou a orgia, Mas negou a conotação nazista e processou o Jornal News of the World pela notícia e entrou com um processo contra o Tabloide. Max Mosley é filho do fundador da União Fascista Britânica antes da Segunda Guerra Mundial, Oswald Mosley.

Tivemos importantes vozes e entidades de todos os lugares do mundo que pediram a saída imediata de Mosley na presidência da FIA:

“Se Max começar a pensar nas coisas sem emoção, então só haverá uma solução: ele tem que sair”
Niki Lauda

O sul-africano Jody Scheckter, campeão de 1979 Também pediu a renuncia do dirigente da presidência da FIA

“Max perdeu o paddock, essa é a minha percepção pelo o que as pessoas estão dizendo”
declaração de Jackie Stewart ao jornal Daily Telegraph

“Achei um absurdo um líder fazer aquilo, ridículo”
Rubens Barrichello para a rádio Jovem Pan

“Mosley não pode continuar representando a FIA. Ele caiu num buraco negro”
Jacky Ickx

As entidades Judaicas também criticaram Mosley pelo seu comportamento. A Federação Canadense, A Federação Alemã, A Federação norte-americana e de várias federações pediram a saída de Mosley. Além das montadoras da Formula 1: Mercedes-Benz, BMW, Honda e Toyota. O mesmo não digo da CBA que defendeu a continuidade do dirigente na FIA.

A Mercedes que já fez automoveis para Hilter e outras empresas beneficiadas na Alemanha nazisma se remirem com a humanidade ao negar o regime que matou mais de 45 milhões de pessoas.

Porém, teve pilotos que se omitiram a dar opinião e até alguns defenderam o indefensável!.

“O que as pessoas fazem em suas vidas privadas é assunto particular. Conheço bem o Max e se aquilo aconteceu deve ser uma grande piada”
Bernie Ecclestone – O quase esperar de uma múmia como o Tio Bernie?

“Espero que ele possa [continuar na FIA], francamente, pois acho que ele é muito bom no que faz. Mas a situação é difícil. Suponho que o que acontece por trás de portas fechadas é particular, mas, quando uma coisa como essa vem à tona, é um choque absoluto”
Stirling Moss – Não dou moral para quem disse que mulheres não tem capacidade de estar na Formula 1!

“É muita hipocrisia criticá-lo por isso. Muitos dos que falam fazem coisas até piores”
Nelson Piquet – Me diga quais coisas, Senhor Nelson Piquet?

Fiquei chocado. Quando mandaram o vídeo para mim, disse: “Não é possível!” Agora, penso que era apenas um velho querendo se divertir. Adorei! Era muito engraçado. Quando vi pela primeira vez, fiquei impressionado, mas ele decidiu ignorar a repercussão. Foi hilário
Juan Palbo Montoya

A Omissão de Montoya também é reprovável, E todos que levaram esse casa como uma piada é mais reprovável ainda. Não dá para ter alguma convivência ou dialogo com Nazistas, de forma nenhuma. Não tem nada de hilário no que Mosley fez.

Apesar de todos os pedidos, acabou Mosley ficando na presidência da FIA em votação em uma Assembleia Geral Extraordinária da FIA em 3 de junho de 2008, com 103 votos a favor e 55 contra, 7 abstenções e 4 votos inválidos

Infelizmente não conseguimos o vídeo de Max Mosley com a suposta orgia sexual nazista, Mosley moveu céus e terras para retirar todas as fotos e o suposto vídeo da Orgia. Lamentamos a falta dessa prova e a tentativa de Mosley censurar o vídeo que é a prova cabal da culpa do ex-dirigente da FIA.

Em 2013 ele iniciou uma ação legal para que o Google retirasse do resultado de busca as fotos e do vídeo.

“O ponto fundamental é que o Google poderia parar este material aparecer, mas eles não, ou não, por uma questão de princípio. Minha posição é que, se os motores de busca – se alguém parasse os motores de busca produzindo o material, os sites reais não importam porque, sem um mecanismo de busca, ninguém o encontrará, seriam apenas alguns amigos da pessoa que o publica. As coisas realmente perigosas são os mecanismos de busca. ”

Sabe porque é perigoso os mecanismos de busca? Porque ele não quer que as pessoas sabiam dessa mancha negra que ele teve na sua vida pessoal e profissional.

 

Ele era casado a mais de 50 anos com a mulher dele e Mosley fazer isso Ele falou que era “absolutamente catastrófico” da divulgação do vídeo. E para ele que tem dois filhos, Não tem nada pior que ele ver esse caso em um jornal. Sem lá então porque ele se envolveu nisso. Se o casamento não vinha bem, Separa! Mas fazer isso e pior essa P#rra na vida dele e da sua família. Não dá para voltar tudo ao normal. Infelizmente ele foi pelo caminho da censura para esconder esse fato.

Orgia Sexual do Senhor Max Mosley – A Capa do News of The World de 2008 falando desse absurdo!

Em fevereiro, o Daily Mail Publico que Max Mosley publico um folheto no começo dos anos 60 que associava a imigração negra à dissimilação de doenças. Mosley apesar de falar que o folheto não foi publicado, Não negou que o próprio teve uma passagem que era racista. No dia seguinte a publicação do Daily Mail, o Partido Trabalhista disse que não aceitaria mais doações de Max Mosley que deixou o caso para seus advogados.

Se não se bastasse à orgia, Ele também tem um passado Racista. Que bom que pelo menos esse homem não esta mais no comando da Federação Internacional de Automobilismo.

Para que essa história não caia no Esquecimento:
http://www.dailymail.co.uk/news/article-5442217/Lest-forget-orgy-Max-Mosley-wants-censor.html

E ainda tem o WebArchive que salva essas matérias
http://encurtador.com.br/jwW46

Mosley tentou de cara impedir o vídeo de ir para o ar naquela época, Típico de alguém que quer confrontar a democracia (Também Salvo pelo Webarchive)
http://encurtador.com.br/gqsyK

Agora vamos falar sobre um outro lixo de ser humano:

Bernie Ecclestone que em 2009 defendeu ditaduras, Criticou a Democracia e fez elogios ao Hitler no jornal “The Times”

O dirigente defendeu os regimes totalitários e elogiou o nazista Adolf Hitler, responsável pelo regime que exterminou milhões de pessoas.

Ele afirma que Hitler conseguiu mandar em muitos e que as coisas fossem feitas (matar 6 milhões de judeus e provocar uma guerra é positivo???) Na iminência da derrota na Segunda Guerra Mundial, Hitler cometeu suicídio em 1945. “No final, ele se perdeu. Então, não foi um bom ditador, porque ou ele sabia o que estava acontecendo e insistiu nisso, ou simplesmente foi condescendente. De qualquer maneira, não se comportou como um ditador”, disse Ecclestone que foi contraditório nessa fala.

Ecclestone também criticou a democracia e que os regimes democráticos “não fizeram muitas coisas boas para muitos países”, incluindo a Inglaterra. Falou que a política dos Estados Unidos de eliminar Sadam Hussein foi uma má ideia, Porque ele era o único que poderia controlar o Iraque. Segundo Ecclestone, Max Mosley, filho do líder fascista britânico Oswald Mosley, Daria um bom primeiro ministro.

Fonte: http://www.espn.com.br/noticia/59898_ecclestone-defende-ditaduras-e-elogia-nazista-adolf-hitler

Ecclestone é um velho de mais de 80 anos de idade (87 anos de idade), Um homem muito abaixo do seu tempo. Até um certo período ele revolucionou a Formula 1, Mas dos últimos 20 anos ele vem fazendo todo o tipo de bobagem. Falando Besteiras, defendendo ditadores e assassinos como Hitler e Sadam. Só em 2016 ele acabou saindo do comando da categoria após a entrada da Liberty Media. Aos 88 anos ele é um dos homens mais ricos do Mundo. (Com 4 bilhões e 800 milhões de dólares – Divulgado em 2013)

O Meio automobilístico precisa mudar seus conceitos. Pois eu nem quero falar dos casos passados de montadoras envolvidas com o Nazismo. A Mercedes-Benz não deve ter orgulho de ter representado a Alemanha de Hitler nos anos 30 e a Ford não deve ter orgulho hoje de ter sido parceiro do governo alemão naquela época. Hoje qualquer empresa que apoie o Nazismo não pode ser consumido pelo mercado.

1ºConceito: Tornar o mundo do esporte a motor mais limpo e honesto.

2ºConceito: Saber ouvir o publico em geral, para implantar as boas ideias e voltar atrás nas ideias ruins.

3ºConceito: Repudiar todo e qualquer forma de preconceito (Seja com Negros, Gays e Mulheres no esporte e na sociedade) E de nenhuma maneira apoiar políticos, Principalmente políticos que querem implantar ditaduras sanguinárias.

4ºConceito: Ter uma competição transparente, Sem trapaças, Sem polêmicas, Sem jogo sujo, E sem favorecimento a algum piloto ou equipe.

5ºConceito: Permitir novas regras que tornem a categoria seja mais competitiva e que se gaste menos dinheiro do que se gasta hoje em dia, Até porque dinheiro não nasce em Arvores.

Max e Bernie flertam com o velho e ultrapassado, Um mundo cheio de preconceitos e segregação. Mesmo assim, Em pleno Século 21 temos pessoas imbecis no mundo inteiro levantando as ideias NeoNazistas. Aqui o movimento fascista no Brasil esta disfarçado, Mesmo assim se olharmos com muita atenção, As políticas que os setores mais atrasados da sociedade e até saudosistas da Ditadura Militar defendem.

Hoje no Brasil, O movimento Fascista e Neo Nazista tem no Deputado Federal Jair Bolsonaro como seu mais fiel representante. Em seu 7ºmandato e pré-candidato a presidência da republica pelo PSL. Bolsonaro tem um discurso agressivo com as minorias, Extremamente conservador e que se diz um cristão que apoia pena de morte e Pro-armamentista. Olha a contradição que ele mesmo se coloca. Além de ser admirador da ditadura militar que tanto o Ecclestone defende como regime.

Bolsonaro após anos e anos mamando nas tetas do estado, Se enriquecendo de maneira desonesta, Já que seus salários que ele ganhou na vida é incompatível com o que ele tem de patrimônio, Sendo pouquíssimo ativo em seu tempo de mandato com apenas 1 emenda aprovada pela câmara. Várias frases grosseiras que já poderiam render no mínimo, Em uma cassação de Mandato e até mesmo prisão para o Deputado.

Leiam essas 6 Colunas que complementam essa 7ªColuna que denuncia a complacência dos dirigentes Brasileiros com a discriminação seja Racial, Seja Homofóbica, Seja Sexual entre outras discriminações. Essas colunas se elas forem lidas vão te passar uma nova visão de mundo que vai fazer você repensar ideias ultrapassadas e antiquadas para os tempos de hoje.

O Verdadeiro Legado Olímpico – Deivison da Conceição da Silva

Onda Estática – O Abismo do Brasil e do Esporte a Motor – Coluna de Deivison Conceição

A Demagogia da Discriminação – Coluna de Deivison da Conceição

Automobilismo + Fascismo = Uma perigosa combinação para o Brasil

Muitos Unicórnios e nenhuma verdade – Coluna de Deivison Conceição

“Geração perdida” – Um ensaio sobre o Egoismo – Coluna de Deivison da Conceição da Silva

Apesar de tudo isso, Os fãs cegos dele insistem em chamar ele de “MITO”. Ao invés de usarem argumentos validos para justificarem a defesa e o seu futuro voto ele acabam apelando para a grosseria: Ficam com essas bobeiras: Bolsonaro 2018, É melhor já ir se acostumando, Vai pra Cuba, Sai dai esquerdista, Vai viver na Venezuela, Nossa bandeira jamais será vermelha e vários outros absurdos que estão sendo criados por essa turma reacionária e que abomina tudo que é diferente do que eles pensam. Até mesmo usaram o Lewis Hamilton (quando ele foi assaltado no GP do Brasil de 2017) para fazer campanha para Bolsonaro, Até mesmo a Formula 1 estão usando para isso. Agora vocês vem o quanto essa coluna é importante ser postada.

A chamada pós verdade que tenta desconstruir a história é um movimento absolutamente ilegítimo que distorce a verdade para contarem uma invenção para atingirem prestígio, Fama  e até poder político. Cabe a todos nós lembramos desses casos para que a história lamentável do Nazismo não se repita em nenhum lugar do Mundo.

Para os Judeus e outras raças que não eram a Raça pura segundo os Nazistas: Essa era a porta para o Inferno

Esse regime provocou uma Guerra que matou 45 milhões de pessoas em 6 anos, Inclusive os 6 milhões de Judeus que foram as principais vitimas de Hitler, Com seu desejo de transformar a Alemanha em um país forte que eliminava todos aqueles que não eram considerados puros, Essa era a Genesis da chamada Raça Ariana ou Raça pura adotada pelos Neonazistas e Fascistas e que estão tentando implantar no Brasil.

Para encerrar, O Automobilismo precisa de forma imediata chutar o Fascismo, NeoNazismo e Nazismo para fora da pista e nem mesmo deixar esse monstro na área de Escape. É fora do Autódromo mesmo! E digo o mesmo para todas os setores da sociedade. A Omissão de hoje pode custar muito caro não só para eu, não só para você, Sua Família, Seus vizinhos, Seu Bairro, Cidade ou Estado. A Omissão pode custar caro para toda a Humanidade.”Não existe dialogo com Fascistas e NeoNazistas”

Veja esses 24 Prints: Ela explica a história da Segunda Guerra Mundial, Quebrando várias pós verdades escritas por ai (EX: Que o Nazismo seria de Esquerda quando na verdade é de Extrema direita e que os comunistas eram aliados a Alemanha Nazi quando na verdade Hitler tinha uma política anticomunista e que a primeira das derrotas do ditador alemão foi na Batalha de Stalingrado (União Soviética), em 1942) O livro se Chama “História do Mundo” da Editora Visor – Livro do ano 2000.

história da 2ªGuerra Mundial – Portalsportszone

Fonte das Matérias: Uol, Globo, Terra
Fonte das Imagens: parismatch – Zelo Street,
abc.es

Marc Marquez leva pela 6ªVez em Seu quintal em Austin e Fica a 1 ponto da liderança do campeonato

Apesar das criticas sofridas e da punição de 3 posições no Grid de largada por ter prejudicado uma volta rápida de Viñales no Sábado, O Espanhol Marc Marquez confirmou o favoritismo e conquistou pela 6ªvez o GP dos Estados Unidos em Austin, No Texas. Com muita tranquilidade em seu quintal de casa.

Foi muito importante à largada que ele fez, Ao sair do 4ºlugar, A Formiga Atômica pulou de 4º para o 2º. Andrea Iannone largou em 3ºlugar e assumiu a liderança. E antes mesmo de completar a primeira volta, Marquez ultrapassou o piloto da Suzuki e assumiu a liderança, E Mesmo com todo o esforço de Iannone, Ninguém conseguiu ser páreo a Velocidade do piloto Espanhol. Enquanto ele abria diferença para Iannone que vinha em um bom ritmo de prova, Os pilotos da Yamaha vinham muito bem em 3º com Marevick Viñales e em 4º com Valentino Rossi que ultrapassou a Zarco e a Crutchlow que acabaram ficando para trás.

Zarco, Crutchlow, Dovizioso e Pedrosa vinham mais atrás, Disputando o 5ºlugar com Lorenzo e Rins brigando pelo 10ºlugar. Era nítida a Dificuldade da Ducati em Austin, Andrea Dovizioso era o melhor piloto da fábrica italiana em 7ºlugar com Crutchlow em 6º que era o piloto com o melhor equipamento na pista.

Viñales e Rossi partiram para cima de Iannone. Primeiro o Espanhol conseguiu na 6ªVolta a ultrapassagem para assumir o 2ºlugar. Rossi vinha atrás para também realizar a ultrapassagem sobre Iannone.

Na disputa pelo 5ºlugar, Crutchlow vinha com melhor moto do que Zarco e Dovi, Mas vinha afobado para conseguir logo essas ultrapassagens. Em duas oportunidades ele consegue passa Zarco, Mas acaba freando muito em cima da curva, perde a tomada e perde a posição para Dovizioso. E a afobação e até excesso de empolgação por liderar o campeonato terminou por leva o Britânico da LCR ao Chão. Ele ainda volta a prova, Mas longe dos pontos na última posição.

Jorge Lorenzo continua com seu calvário na Ducati, Ele perdeu a posição para Alex Rins e vinha ficando para Rabat e Miller que disputavam a 10ªposição. O Espanhol ainda levou alguma sorte por causa da queda de Rins (Que por sinal, sua moto ficou em ponto bem perigoso do Circuito) E recuperou o 8ºlugar. Porém Rabat, Miller e Aleix Espargaró com a Aprilla já vinham encostados no tricampeão do Mundo.

Marquez lá na frente vinha abrindo, abrindo e abrindo mais e mais vantagem para Viñales que tentava ainda diminuir a sua diferença. O piloto da Yamaha vinha com vantagem segura para Iannone que vinha tranquilo em 3º, Com uma diferença boa para Valentino Rossi que ficava mais longe de brigar pelo pódio.

Apesar de toda a luta do de Lorenzo, A ultrapassagem acabou acontecendo na volta 16 quando ele tomou do Rabat e depois desconcentado acabou perdendo posição para Miller e Aleix Espargaró caindo para o 11ºlugar.

Na mesma equipe oficial da Ducati, Dovizioso lutou, batalhou com a falta de rendimento de sua moto, Partiu para cima de Zarco, Já com os pneus mais desgastados do que os pneus de Dovi, Que acabou suando para conquistar a 5ªposição. A 4 voltas e meia do final. Essa ultrapassagem dava a Dovi a liderança do campeonato.

Marc Marquez, Sem qualquer polêmica e respondendo as criticas de forma impecável , Vence a primeira no ano e pela 6ªvez seguida em Austin. O piloto da Honda tem 100% das vitórias disputadas na MotoGP no Circuito das Américas (Assim como em Saschering a pista parece casar com o estilo de pilotagem da Formiga atômica.

Marevick Viñales conquistou o primeiro pódio do ano com o segundo lugar, A Yamaha se comportou bem em Austin, Porém não conseguiu colocar duas motos no pódio. Andrea Iannone com a Suzuki conseguiu o 3ºlugar, chegando bem a frente de Valentino Rossi que perdeu rendimento no final da prova e ficou em 4ºlugar. um pouco menos de 4 segundos de frente para Andrea Dovizioso.

Com o seu resultado, Dovi é o líder do campeonato, 1 ponto a frente de Marquez e 4 a frente de Viñales. Para uma Ducati que vinha bem mal em Austin até que ele sai no lucro para a fase europeia. Johann Zarco com a Yamaha Chassis 2016 da Tech 3 ficou em 6ºlugar, 661 milésimos atrás. Dani Pedrosa em uma corrida heroica, Superando as dores pela cirurgia um pulso direito, levou sua Honda Repsol para o Respeitável 7ºlugar.

 

Tito Rabat de novo é uma das boas surpresas da prova, Após dois anos ruins na Marc VDS parece que o Campeão de 2015 da Moto 2 se encontrou com a Ducati de 2017, Após dura batalha com Jack Miller (Que também fez bela corrida) acabou levando a melhor o piloto da Avintia no 8ºlugar. Completou os 10 primeiros colocados Aleix Espargaró com a Aprilla, que alcança o melhor resultado do ano.

Jorge Lorenzo em mais um dia triste, Acabou em 11ºlugar e só não foi mais para trás porque não tínhamos outros pilotos em melhor forma (Por adaptação as motos novas ou mal desempenho, motos melhores ou pilotos que abandonaram a prova. Danilo Petrucci decepcionou mais uma vez, Com a Ducati do ano ele fica em 12ºlugar, bem longe do desempenho de Jack Miller.

Fechando a zona de pontuação: Pol Espargaró, Takaaki Nakagami que vem evoluindo prova a prova e Alvaro Bautista que salvou um ponto para a equipe de Aspar Martinez. A Marc VDS teve um dia também trágico: Luthi em 18º e Morbidelli em 21º.

Daqui a 2 semana teremos a 4ªEtapa do Mundial de Motovelocidade. Em Jerez, a fase europeia ira começar na Temporada 2018 da MotoGP. Com um grande número de pilotos com condições de buscar a liderança do campeonato.

Resultado Final do GP dos Estados Unidos
Moto GP – Mundial de Motovelocidade

pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda 41’52.002
2 25 Maverick Vinales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha a 3.560
3 29 Andrea Iannone Team SUZUKI ECSTAR Suzuki a 6.704
4 46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha a 9.587
5 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati a 13.570
6 5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha a 14.231
7 26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda a 18.201
8 53 Tito Rabat Reale Avintia Racing Ducati a 28.537
9 43 Jack Miller Alma Pramac Racing Ducati a 28.671
10 41 Aleix Espargaro Aprilia Racing Team Gresini Aprilia a 28.875
11 99 Jorge Lorenzo Ducati Team Ducati a 31.355
12 9 Danilo Petrucci Alma Pramac Racing Ducati a 34.993
13 44 Pol Espargaro Red Bull KTM Factory Racing KTM a 37.264
14 30 Takaaki Nakagami LCR Honda IDEMITSU Honda a 39.335
15 19 Alvaro Bautista Angel Nieto Team Ducati a 40.887
16 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM a 48.475
17 45 Scott Redding Aprilia Racing Team Gresini Aprilia a 49.995
18 12 Thomas Luthi EG 0,0 Marc VDS Honda a 51.115
19 35 Cal Crutchlow LCR Honda CASTROL Honda a 59.055
20 10 Xavier Simeon Reale Avintia Racing Ducati a 59.747
21 21 Franco Morbidelli EG 0,0 Marc VDS Honda a 1’00.513
42 Alex Rins Team SUZUKI ECSTAR Suzuki a 10 Voltas
55 Hafizh Syahrin Monster Yamaha Tech 3 Yamaha a 12 Voltas
17 Karel Abraham Angel Nieto Team Ducati a 12 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Bagnaia supera Marquez e conquista vitória em Austin

Após um final de semana de domínio do irmão Marc Marquez, A corrida acabou nas mãos de italiano da equipe de Valentino Rossi, Francesco Bagnaia foi o único que conseguiu acompanhar o ritmo do piloto da equipe Marc VDS Estrella Galícia.

Na largada, Tudo certo com Alex Marquez que manteve a liderança, Com Pasini e Bagnaia logo a seguir, Sam Lowes perderia posições, Se não bastasse isso ele acabaria por cair na parte final da 1ªvolta não seria dessa vez que o britânico iria conseguir um bom resultado na sua volta a Moto 2.

Outro incidente na primeira volta aconteceu entre Luca Marini, Juan Mir e Dominique Aegerter que acabou tendo o campeão da Moto 3 do ano passado como o maior prejudicado deles indo para a parte de trás da turma.

Enquanto Marquez começou a corrida demarcando espaço e abrindo diferença, Bagnaia foi para o ataque para cima de Pasini em busca do segundo lugar. Na segunda volta o piloto da Sky Racing VR46 passou o veterano da categoria assumindo o 2ºlugar, Xavi Vierge foi para cima de Pasini em busca do Terceiro lugar.

Na 4ªVolta o piloto Espanhol da Dynavolt intact GP ultrapassou Pasini ganhando o terceiro lugar, A Equipe tinha sua outra moto bem colocada. Marcel Schrotter vinha em 5ºlugar na volta seguinte ganhou posição sobre o piloto da Italtrans. Pena que essa ótima situação de corrida durou pouco para eles, na 7ªVolta e na curva 2 Schrotter acabou sofrendo uma queda bem feia, Por sorte nada de muito grave aconteceu com o piloto Alemão.

Marquez vinha na ponta, Porém o Piloto da VR46 Francesco Bagnaia vinha seguido de perto o piloto da Marc VDS que parecia imbatível no final de semana, Aos poucos a moto do Italiano vinha mostrando um desempenho melhor que o Desempenho de Alex Marquez que já tinha se desequilibrado 2 vezes da moto.

Miguel Oliveira e Iker Lecuona vinham muito bem em 4º e 5º. O piloto da KTM vinha pressionando Xavi Vierge que perdeu contato com os dois lideres, A moto do Português rendia muito mais e a ultrapassagem foi inevitável, Comprovando o melhor desempenho do Chassi da KTM com os pneus mais gastos. Vierge buscou recuperar a posição, Mas tristemente ele acabou encontrando o chão a menos de 5 voltas para o final. O 4ºlugar ficou para o Iker Lecuona que vinha fazendo sua melhor corrida da carreira e logo a seguir vinha Joan Mir que caiu para o 19ºlugar após a confusão na largada e já vinha buscando brigar pela 4ªposição do piloto da Swiss Innovative.

Lá na frente, Marquez chega a ser ultrapassado pelo Bagnaia, Luta para manter a liderança. Mas não dava para deter para sempre o melhor desempenho da Moto de Bagnaia, Que definiu a sua ultrapassagem a 6 Voltas do final da prova.

O Italiano abria diferença para Marquez que estava lutando para manter distância segura para Oliveira que vinha virando mais rápido que Marquez e de Bagnaia. Joan Mir ganhou o 4ºlugar de Lecuona, Para um piloto que esta em sua terceira prova na Moto 2 é um desempenho acima da média do período de adaptação.

Bagnaia abriu quase 3 segundos dos Alex Marquez, Com competência e uma belíssimo acerto da sua Moto ele conquistou a segunda vitória na temporada e a segunda vitória na Moto 2. (4ªVitória da Carreira) Essa vitória devolve a Bagnaia a liderança do Mundial. Alex Marquez que parecia ser o favorito a vitória em Austin, terminou em 2ºlugar e foi para o parque fechado visivelmente frustrado com o resultado que conseguiu no dia de hoje.

O pódio foi completado pelo Português Miguel Oliveira que largou do 12ºlugar, Compensando o fraco desempenho do Treino. Joan Mir que conseguiu seu melhor grid de largada e após a confusão que o jogou lá para trás terminou de forma brilhante em 4ºlugar, Certamente veremos o Espanhol brigando por pódios e até mesmo por vitórias nessa temporada.

Iker Lecuona jamais teve um final de semana tão bom como teve hoje. Um 5ºlugar para aplaudir de pé, Em Seu melhor resultado na Moto 2. Em sexto lugar chegou o Sul-Africano Brad Binder com a outra KTM da equipe oficial. Mattia Pasini não fez uma boa corrida, Ficou em 7ºlugar e agora divide a vice-liderança com Alex Marquez com 47 pontos.

Completando os 10 primeiros colocados: Jorge Navarro da Gresini, Dominique Aegerter da Kiefer e Lorenzo Baldassarri da Pons. A se destacar Isaac Viñales que fez um bom final de semana e terminou em 11ºlugar. E o Andrea Locatelli em 14ºlugar, Começa a ter mais constância do piloto da Italtrans. E Fábio Quartararo marcou seu primeiro ponto na temporada com a moto da Speed UP.

Eric Granado teve um final de semana bem satisfatório, O chassi Suter ainda não é um Chassi competitivo, Mas tanto o Brasileiro como o Chassi mostra claras melhorias em seu desempenho. O Brasileiro ficou com o honroso 22ºlugar enquanto seu companheiro de equipe Stefano Manzi acabou abandonando a prova.

Daqui a 2 semanas teremos o GP da Espanha, Em Jerez teremos a abertura da temporada europeia da Moto 2.

Resultado Final do GP dos Estados Unidos
Moto 2 – Mundial de Motovelocidade

pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 42 Francesco Bagnaia SKY Racing Team VR46 Kalex 39’30.016
2 73 Alex Marquez EG 0,0 Marc VDS Kalex a 2.464
3 44 Miguel Oliveira Red Bull KTM Ajo KTM a 3.704
4 36 Joan Mir EG 0,0 Marc VDS Kalex a 5.376
5 27 Iker Lecuona Swiss Innovative Investors KTM a 6.867
6 41 Brad Binder Red Bull KTM Ajo KTM a 6.876
7 54 Mattia Pasini Italtrans Racing Team Kalex a 9.308
8 9 Jorge Navarro Federal Oil Gresini Moto2 Kalex a 10.510
9 77 Dominique Aegerter Kiefer Racing KTM a 10.595
10 7 Lorenzo Baldassarri Pons HP40 Kalex a 11.497
11 32 Isaac Vinales SAG Team Kalex a 12.339
12 24 Simone Corsi Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex a 13.458
13 10 Luca Marini SKY Racing Team VR46 Kalex a 14.282
14 5 Andrea Locatelli Italtrans Racing Team Kalex a 14.548
15 20 Fabio Quartararo MB Conveyors – Speed Up Racing Speed Up a 17.169
16 13 Romano Fenati Marinelli Snipers Team Kalex a 20.609
17 87 Remy Gardner Tech 3 Racing Tech 3 a 20.821
18 40 Hector Barbera Pons HP40 Kalex a 27.068
19 45 Tetsuta Nagashima IDEMITSU Honda Team Asia Kalex a 27.245
20 64 Bo Bendsneyder Tech 3 Racing Tech 3 a 32.144
21 4 Steven Odendaal NTS RW Racing GP NTS a 38.350
22 51 Eric Granado Forward Racing Team Suter a 38.579
23 16 Joe Roberts NTS RW Racing GP NTS a 44.257
24 22 Sam Lowes Swiss Innovative Investors KTM a 45.289
25 89 Khairul Idham Pawi IDEMITSU Honda Team Asia Kalex a 46.966
26 95 Jules Danilo Nashi Argan SAG Team Kalex a 1’10.364
27 63 Muhammad Zulfahmi SIC Racing Team Kalex a 1’27.099
28 21 Federico Fuligni Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex a 1’27.257
97 Xavi Vierge Dynavolt Intact GP Kalex a 5 Voltas
62 Stefano Manzi Forward Racing Team Suter a 7 Voltas
23 Marcel Schrotter Dynavolt Intact GP Kalex a 12 Voltas
52 Danny Kent MB Conveyors – Speed Up Racing Speed Up a 15 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Martin na reta final sobra na turma e conquista vitória em Austin

Jorge Martin teve um dia árduo para conquistar a vitória no circuito de Austin, No Texas. Foi sua terceira vitória da carreira na Moto 3 e a segunda nessa temporada em 3 corridas.

Na Largada, Martin largou bem e manteve a liderança com Aron Canet e Fabio di Giannantonio, A primeira curva acabou tendo o incidente do dia, Com Gabriel Rodrigo, Jamie Masla, Marcos Ramirez,Kaito Toba e Adam Norrodin caindo. Eles voltaram a prova, Ainda na primeira volta caiu o Italiano Niccolò Antonelli após se chocar com Alonso Lopes lá atrás.

Canet logo foi superado por Di Giannatonio que passou ao 2ºlugar formando dobradinha da Gresini na frente, Com Canet, Bezzecchi, Dennis Foggia os pilotos mais próximos dessa turma que vinha até o 8ºcolocado e que passou a se formar até o 12ºlugar.

Foggia e Bezzecchi foram para cima dos pilotos da Gresini e chegaram a assumir a liderança, Enquanto o piloto de Valentino Rossi acabou ficando por alguns momentos na frente o Piloto que venceu o GP da Argentina já deu mais trabalho para Di Giannantonio e Martin que lutaram pela liderança. Enquanto isso Foggia e Canet perderam terreno e posições. Já quem começava a crescer eram Phillip Oettl, Andrea Migno e Principalmente Enea Bastianini.

Na reta final de prova apenas 5 pilotos disputavam a vitória. Os pilotos da Gresini, Bezzecchi que ainda era o líder, Bastianini e Phillip Oettl. Foi ai que Jorge Martin partiu para a vitória. A 6 Voltas para o final, O Espanhol ultrapassa Bezzecchi que também foi superado por Di Giannantonio e assumiu definitivamente a liderança e começou a abrir dos demais.

Enea Bastianini superou a Di Giannantonio e a Bezzecchi e assumiu a vice-liderança, Deixando os outros dois pilotos a disputar o último lugar do pódio, Oettl e Migno estavam em belas corridas e ainda poderiam sonhar com resultados melhores.

Martin abriu 2 segundos sobre os demais e conquistou a 2ªvitória na temporada 2018 e reassumiu a liderança do campeonato. Certamente é um ´serio candidato ao título desse ano, Tendo talvez a melhor moto da temporada. Enea Bastianini obteve o 2ºlugar em belíssima atuação, Se recuperando durante a corrida e abocanhando no final um lugar no Pódio.

O Briga pelo 3ºlugar acabou disputado até a curva final. Quando Di Giannantonio ultrapassou Bezzecchi que vinha na frente. Porém o piloto da Gresini passou da conta, perdeu tempo e além de ficar sem o pódio que ficou para Bezzecchi acabou perdendo o 4ºlugar para Andrea Migno que fez magnifica prova de recuperação e ficou a poucos milésimos do pódio que ficou com Marco Bezzecchi, Italiano da equipe Redox PruestelGP esta se revelando uma grata surpresa da temporada 2018.

Di Giannantonio que chegou a liderar a prova termina a prova em 5ºlugar e ainda em busca da sua primeira vitória na Carreira. Phillip Oettl marcou seus primeiros pontos na temporada, Com um belo desempenho no final de semana inteiro (Tanto na Chuva no Sábado como no dia de calor no Domingo) um compensador 6ºlugar para o representante Alemão. Jakub Kornfeil ficou com uma boa 7ªposição, Com a mesma moto da equipe de Marco Bezzecchi promete uma grande temporada  da Redox PruestelGP.

Aron Canet acabou sendo o derrotado do dia, Após um bom começo de prova o piloto da Estrella Galícia perdeu posições, Ficou para trás e só terminou a prova em 8ºlugar e com isso perdeu a liderança do campeonato. Tatsuki Suzuki que largou em 4ºlugar, Não teve uma moto para vencer e nem mesmo para disputar um lugar no pódio. Pelo menos o Japonês marcou seus 7 primeiros pontos na temporada com o 9ºlugar e fechando os Top 10, O Piloto Belga Livio Loi que largou lá de trás para ter um brilhante corrida de recuperação.

Gabriel Rodrigo depois da queda conseguiu uma boa recuperação, Mas que só levou o Argentino até o 12ºlugar.

Daqui a duas semanas teremos o começo da temporada europeia. A 4ªEtapa do Mundial de motovelocidade no travado circuito de Jerez.

pos Piloto Equipe Moto Tempo
1 88 Jorge Martin Del Conca Gresini Moto3 Honda 39’12.869
2 33 Enea Bastianini Leopard Racing Honda a 1.451
3 12 Marco Bezzecchi Redox PruestelGP KTM a 4.112
4 16 Andrea Migno Angel Nieto Team Moto3 KTM a 4.172
5 21 Fabio Di Giannantonio Del Conca Gresini Moto3 Honda a 4.186
6 65 Philipp Ottl Sudmetal Schedl GP Racing KTM a 4.374
7 84 Jakub Kornfeil Redox PruestelGP KTM a 5.452
8 44 Aron Canet Estrella Galicia 0,0 Honda a 7.971
9 24 Tatsuki Suzuki SIC58 Squadra Corse Honda a 8.287
10 11 Livio Loi Reale Avintia Academy KTM a 8.711
11 71 Ayumu Sasaki Petronas Sprinta Racing Honda a 10.909
12 19 Gabriel Rodrigo RBA BOE Skull Rider KTM a 13.745
13 40 Darryn Binder Red Bull KTM Ajo KTM a 14.532
14 17 John McPhee CIP – Green Power KTM a 16.071
15 75 Albert Arenas Angel Nieto Team Moto3 KTM a 16.181
16 10 Dennis Foggia SKY Racing Team VR46 KTM a 19.895
17 72 Alonso Lopez Estrella Galicia 0,0 Honda a 23.516
18 48 Lorenzo Dalla Porta Leopard Racing Honda a 23.757
19 76 Makar Yurchenko CIP – Green Power KTM a 25.424
20 14 Tony Arbolino Marinelli Snipers Team Honda a 25.439
21 5 Jaume Masia Bester Capital Dubai KTM a 33.897
22 22 Kazuki Masaki RBA BOE Skull Rider KTM a 38.352
23 41 Nakarin Atiratphuvapat Honda Team Asia Honda a 38.362
24 23 Niccolo Antonelli SIC58 Squadra Corse Honda a 59.078
42 Marcos Ramirez Bester Capital Dubai KTM a 5 Voltas
8 Nicolo Bulega SKY Racing Team VR46 KTM a 12 Voltas
7 Adam Norrodin Petronas Sprinta Racing Honda a 15 Voltas
27 Kaito Toba Honda Team Asia Honda a 16 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP