Portal Sportszone » 1 de Maio de 2017

Daily Archives: 1 de Maio de 2017

Automobilismo Internacional Automobilismo Norte-americano Formula indy Fotos IndyCar 2017

Indy Car em Long Beach: Hinchcliffe volta a vencer depois de 2 anos duríssimos na categoria

Published by:

Grid de Largada:

Pos. Piloto Equipe Chassi-Motor Tempo Fase
1 Helio Castroneves Team Penske Dallara/Chevrolet 1m06.2254s Q3
2 Scott Dixon Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 1m06.4123s Q3
3 Ryan Hunter-Reay Andretti Autosport Dallara/Honda 1m06.4401s Q3
4 James Hinchcliffe Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda 1m06.5291s Q3
5 Alexander Rossi Andretti Herta Dallara/Honda 1m06.5595s Q3
6 Graham Rahal Rahal Letterman Lanigan Dallara/Honda 1m06.7562s Q3
7 Charlie Kimball Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 1m06.5404s Q2
8 Josef Newgarden Team Penske Dallara/Chevrolet 1m06.6074s Q2
9 Will Power Team Penske Dallara/Chevrolet 1m06.6145s Q2
10 Marco Andretti Andretti Autosport Dallara/Honda 1m06.6222s Q2
11 Tony Kanaan Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 1m06.6262s Q2
12 Sebastien Bourdais Dale Coyne Racing Dallara/Honda 1m06.7853s Q2
13 Ed Jones Dale Coyne Racing Dallara/Honda 1m07.5832s Q1
14 Carlos Munoz AJ Foyt Enterprises Dallara/Chevrolet 1m07.3783s Q1
15 J.R. Hildebrand Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet 1m07.6931s Q1
16 Mikhail Aleshin Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda 1m07.3893s Q1
17 Conor Daly AJ Foyt Enterprises Dallara/Chevrolet 1m07.7977s Q1
18 Takuma Sato Andretti Autosport Dallara/Honda 1m07.4699s Q1
19 Spencer Pigot Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet 1m07.8442s Q1
20 Max Chilton Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 1m07.5333s Q1
21 Simon Pagenaud Team Penske Dallara/Chevrolet 1m08.0439s Q1

Long Beach marcou a vitória do Canadense James Hinchcliffe que desde da sua última vitória em 2015 no circuito de Louisiana  foi uma dura jornada aonde ele quase perdeu sua vida em um acidente terrível no período de treinos das 500 Milhas de Indianapolis. O Final de semana começou muito bem para Hélio Castroneves que marcou a pole position com Scott Dixon na segunda posição. Ryan Hunter-Reay da Andretti, James Hinchcliffe da Schmidt-Peterson, Alexander Rossi da Andretti-Herta e Graham Rahal da Rahal Letterman completavam as 6 primeiras posições.

Mas na Largada tudo acaba virando pó para Castroneves que perde várias posições em uma largada horrível do piloto Brasileiro perdendo 5 posições Dixon assumiu a liderança com Hinchcliffe e Hunter-Reay logo a seguir. Nas primeiras curvas do Circuito Kimball e Power disputavam posição e acabaram batendo na tentativa de ultrapassagem de Power acabou ambos batendo e provocando a primeira bandeira amarela da prova. O piloto da Chip Ganassi abandonou e o piloto da Penske com o bico dianteiro quebrado foi para os boxes reparar o carro e colocar um novo bico dianteiro. Na minha opinião o Power poderia ter mais calma naquela hora. Para mim o piloto da Penske errou.

Alguns pilotos foram para os boxes fazerem uma parada mudando a tática de corrida entre eles o Brasileiro Tony Kannan. Na relagada na volta 5 Dixon manteve a liderança enquanto que Ryan Hunter-Reay pressionava Hinchcliffe na disputa pelo 2ºlugar. Na volta seguinte foi a vez de Hinchcliffe pressionar o líder Scott Dixon.

Enquanto isso Simon Pagenaud que largou na última posição já estava em 13ºlugar em uma bela recuperação na parte inicial da prova, O Francês campeão de 2016 partiu para cima de Aleshin e tomou o 12ºlugar do piloto Russo. Na volta 13 Pagenaud resolve ir para os boxes na 13ªVolta mudando sua tática de corrida.

Marco Andretti começou a ter problemas em seu carro que ficou bem lento. O norte-americano foi para os boxes e não voltou mais deixando a prova na volta 17.

Duas voltas antes o Brasileiro Hélio Castroneves foi para os boxes, A sua corrida estava praticamente detonada após a péssima largada. Ed Jones parou na volta 16. Na Volta 17 Dixon e Newgarden foram para os boxes. Com isso Hunter-Reay era o líder com menos de 1 segundo de distância para Hinchcliffe que vinha buscando uma disputa pela liderança com o piloto da Andretti Autosport. Um  segundo depois vinha o piloto da Andretti-Herta Alexander Rossi. Dos que pararam o melhor colocado era Scott Dixon em 7ºlugar na frente de Newgarden, Pagenaud e Castroneves da equipe Penske todos eles. Power estava apenas em 18ºlugar. O Acidente na primeira volta comprometeu demais sua corrida.

Na volta 27 Hunter-Reay era realmente pressionado por Hinchcliffe que tinha que se cuidar também com um possível ataque de Rossi que vinha bem perto dos dois. Rahal e Bourdais que estavam em 4º e 5ºlugares vinham mais longe da turma da liderança da prova.

Na Volta 29 Hinchcliffe e Rossi foram fazer a parada nos boxes para troca de pneus e reabastecimento com o Canadense voltando a frente do vencedor das 500 milhas de 2016. Na volta 30 parou o líder Hunter-Reay que voltou na frente de Hinchcliffe e Rossi. O piloto da Schmidt que tinha voltado atrás de Pagenaud acabou passando o piloto da Penske voltando a 4ºlugar. Bourdais o líder do campeonato parou na volta 31.

Dixon dessa forma volta a liderança com Hunter-Reay em 2º, Hinchcliffe em 3º,Pagenaud em 4º, Depois vinham Newgarden, Castroneves, Rossi, Aleshin, Muñoz e Kannan.

Pagenaud vai para a segunda parada nos boxes enquanto que Hunter-Reay continuava pressionado por Hinchcliffe. Kannan foi para a segunda parada na volta 36, Muñoz parou na volta seguinte e Castroneves para na 38ªvolta. Todos eles tentando uma tática diferente de paradas para tentarem dar o pulo do Gato. Em Termos de Push to Pass o norte-americano Ryan Hunter-Reay estava com apenas 32 segundos usados tendo em vista que ele tinha 200 segundos no começo da corrida. Enquanto que alguns pilotos já tinham gastos quase metade do tempo de ganho de potência. Isso poderia ser uma grande para o piloto da Andretti no final da prova.

Enquanto isso Scott Dixon aumentava volta após volta a sua vantagem que já estava em 9 segundos para Hunter-Reay. Mas com toda essa vantagem o neozelandês na volta 41 o piloto da Chip Ganassi vai para os boxes fazer uma nova parada revelando a sua tática de 3 paradas nos boxes. Dixon volta na 5ªPosição a frente de Rahal e de Pigot na entrada da reta oposta, Ainda assim ele vinha detonando seu companheiro de equipe J.R. Hildebrand que não sei porque ele esta como o titular da Ed Carpenter em 2017.

Na Volta 54 o Canadense James Hinchcliffe continuava a pressionar Ryan Hunter-Reay na luta pela liderança e Rossi a menos de 2 segundos cada vez estava mais perto e estavam chegando os retardatários, Muitos deles para os 3 primeiros lugares. o Neozelandês Scott Dixon com 15 segundos atrás vinha tirando a diferença por volta e se aproximando de Graham Rahal na disputa pelo 4ºlugar.

Hunter-Reay e Rossi pararam na volta 57 o que poderia ser a última parada de ambos os pilotos já Dixon iria ter de parar mais uma vez certamente, Hinchcliffe parou na volta seguinte. Antes disso Alexander Rossi tinha conseguido a ultrapassagem no piloto da Schmidt assumindo o 2ºlugar naquele momento. Sebastian Bourdais parou na volta 59 fazendo que Scott Dixon voltasse a liderança com o Norte-americano Josef Newgarden na segunda posição que pressionava o piloto da Ganassi até a 62ªVolta quando o piloto da Penske foi para fazer a sua ultima parada.

Na mesma volta parou o Brasileiro Hélio Castroneves. Scott Dixon vai para a última parada na volta 63. Enquanto isso o Norte-americano Alexander Rossi que vinha nas primeiras posições com possibilidades de vitória acabou com problemas de Motor parando e deixando a prova. Bandeira Amarela acionada.

Hinchcliffe assumiu a liderança com Hunter-Reay em segundo, Bourdais, Newgarden e Dixon nas 5 primeiras posições sendo que Dixon teria em teoria o melhor carro entre os primeiros colocados. Na volta 70 a corrida foi reiniciada. O Canadense James Hinchcliffe disparava na liderança com Hunter-Reay em 2ºlugar com os pneus mais duros o que iria fazer ele ficar mais lento no começo, Mas poderia se beneficiar no final da prova. Dixon era pressionado pelo Graham Rahal disputando o 5ºlugar, Mas de olho em Simon Pagenaud que estava em ótima 7ªposição após largar da última posição.

Na parte final de prova o piloto Hunter-Reay foi diminuindo a diferença para Hinchcliffe em busca de uma briga pela vitória. Tony Kannan passou Mikhall Aleshin, Mas acabou tocando no bico do carro do Russo o que causa um furo de pneu e o piloto da Ganassi que já não estava muito bem acabou tendo sua corrida totalmente comprometida. Takuma Sato abandonou a 7 voltas do final.

Na Volta seguinte o piloto Ryan Hunter-Reay deixa a prova, Todos os pilotos da Andretti com problemas mecânicos na prova de Long Beach. Um papelão do time de Michael Andretti. A Bandeira Amarela de novo e acionada e nas voltas finais o Francês Sebastian Bourdais tentaria um ataque em Hinchcliffe.

A três voltas do final a corrida e reiniciada e Hinchcliffe manteve firme a liderança nas voltas finais enquanto que Bourdais teve de suportar a pressão de Newgarden que buscava ainda o segundo lugar com Dixon e Pagenaud logo atrás. A vitória ficou com James Hinchcliffe que passou 2 anos por maus bocados na Formula Indy tendo sofrido quase um acidente fatal nos preparativos das 500 milhas de Indianapolis de 2015, Uma vitória merecida para a mediana Schmidt Peterson.

Sebastien Bourdais não pode reclamar da vida, O segundo lugar manteve a liderança do campeonato. Josef Newgarden completou o pódio na terceira posição com a Penske (Primeiro pódio na Penske) ficando na frente de Scott Dixon que fez um corridão na Chip Ganassi sendo que ele foi o melhor piloto da prova ficando em 4ºlugar.

Simon Pagenaud fez uma grande corrida largando do 21ºlugar chegando em 5ºlugar. Depois o novato Ed Jones fazendo uma bela corrida ficando em 6ºlugar. Muñoz, Pigot, Castroneves e Rahal completaram os 10 primeiros lugares.

JR Hildebrand se acidentou no final da prova quebrando a sua mão. Resultado disso, Ele teve de operar a mão ficando de fora do GP do Alabama, Mas isso nós vamos contar no próximo post da Formula Indy falando sobre a 3ªEtapa do campeonato.

Resultado Final da 2ªEtapa da Formula Indy
Long Beach

Pos. Piloto Equipe Chassi-Motor Tempo Grid
1 James Hinchcliffe Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda 1h50m28.9818s 4
2 Sebastien Bourdais Dale Coyne Racing Dallara/Honda 1.4940s 12
3 Josef Newgarden Team Penske Dallara/Chevrolet 2.3160s 8
4 Scott Dixon Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 2.7832s 2
5 Simon Pagenaud Team Penske Dallara/Chevrolet 3.3934s 21
6 Ed Jones Dale Coyne Racing Dallara/Honda 5.7951s 13
7 Carlos Muñoz AJ Foyt Enterprises Dallara/Chevrolet 6.9393s 14
8 Spencer Pigot Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet 9.0570s 20
9 Helio Castroneves Team Penske Dallara/Chevrolet 9.3403s 1
10 Graham Rahal Rahal Letterman Lanigan Dallara/Honda 17.8632s 6
11 J.R. Hildebrand Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet 1 Volta – Acidente 15
12 Mikhail Aleshin Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda 1 Volta 16
13 Will Power Team Penske Dallara/Chevrolet 1 Volta 9
14 Max Chilton Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 1 Volta 19
15 Tony Kanaan Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 1 Volta 11
16 Conor Daly AJ Foyt Enterprises Dallara/Chevrolet 1 Volta 17
17 Ryan Hunter-Reay Andretti Autosport Dallara/Honda 6 Voltas – Elétrico 3
18 Takuma Sato Andretti Autosport Dallara/Honda 7 Voltas – Mecânico 18
19 Alexander Rossi Andretti Herta Dallara/Honda 23 Voltas – Motor 5
20 Marco Andretti Andretti Autosport Dallara/Honda 71 Voltas – Elétrico 10
21 Charlie Kimball Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 85 Voltas – Acidente 7

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: IndyCar