Portal Sportszone » Março 2017

Monthly Archives: Março 2017

Automobilismo Internacional Automobilismo Nacional Divulgação Fotos Mercedes Challenge Mercedes-Benz Challenge

MB Challenge: Fernando Junior volta em 2017 de olho no bicampeonato

Published by:

No próximo fim de semana inicia, em Goiânia, a temporada 2017 da Mercedes-Benz Challenge. O Autódromo Internacional Ayrton Senna recebe além da Mercedes as etapas de abertura da Stock Car e Campeonato Brasileiro de Turismo. E esse ano o campeão de 2015, Fernando Junior volta a disputar a temporada e afirma que vem competitivo, em busca do bicampeonato na categoria CLA/AMG.

“Espero voltar bem em 2017, quero buscar o bicampeonato. E para isso estou numa equipe super forte e super competente que é a WCR, fui campeão com eles em 2015 e conta com um pessoal inteligentíssimo, o William, o Zé Maria”, ressalta. “Fiquei 2016 afastado, mas vim acompanhando o campeonato inteiro, sei que tem gente boa andando mas estou voltando para brigar e quero andar na frente, se Deus quiser”, promete Fernando.

Durante o tempo que ficou afastado das pistas o piloto de Santa Cruz do Sul, procurou se manter bem para a sua volta. “Comecei uma preparação física desde novembro, estou bem fisicamente, emagreci uns nove quilos, acho que o carro vai ficar mais leve e com certeza mais competitivo”, destaca.

Fernando está confiante para a prova de abertura da temporada, em Goiânia. “Já ganhei duas vezes, é uma pista que tenho boas lembranças espero fazer uma boa corrida lá. A WCR sempre me entregou um carro competitivo para aquela pista”. O objetivo da estreia é marcar pontos nessa primeira prova. “Espero começar o campeonato bem marcando alguns pontos para ir à luta pelo bicampeonato, que é o que me interessa”, ressalta confiante.

Fernando Junior tem a participação na Mercedes-Benz Challenge viabilizada pelo governo do Rio Grande do Sul, através do programa ProEsporte. Xuk Bebidas,Energético Power Land, Pitt Jeans, Transportes Mahler,, Motoryama e Adesca são empresas parceiras da iniciativa.

A prova será transmitida ao vivo no canal Band sports.

Confira a programação da primeira etapa:

Sexta-feira, 31/03
14h15 – 15h15 – 1o Treino (CLA AMG) MB Challenge
15h25 – 16h25 – 1o Treino (C 250 CUP) MB Challenge
16h30 – 17h30 – Foto Oficial dos Pilotos

Sábado, 01/04
10h30 – 11h30 – 2o Treino MB Challenge
15h40 – 16h00 – Classificação (CLA AMG) MB Challenge
16h10 – 16h30 – Classificação (C 250) MB Challenge

Domingo, 02/04
10h00 – Largada MB Challenge
11h00 – 12h00 – Visitação e Volta Rápida

Assessoria Schaefer
Fotos: Claudio Kolodziej

Fernando Silva – Administrador
Fone: (51) 9363 -1334
          (51) 3365 – 6843
 
Leila Schaefer – Jornalista
Fone: (51) 9981 1623
Automobilismo Internacional Automobilismo Nacional Divulgação Fotos Mercedes Challenge Mercedes-Benz Challenge

MB Challenge: Cristian Mohr confiante para a temporada 2017

Published by:

No próximo fim de semana a cidade Goiânia recebe a abertura da temporada 2017 da Mercedes-Benz Challenge. A categoria dos carros dos sonhos desembarca na capital de Goiás junto com a Stock Car e Campeonato Brasileiro de Turismo. O piloto Catarinense Cristian Mohr, que corre na categoria CLA/AMG, vai para a segunda temporada pela WCR Team, equipe que corre desde ao ano passado. Este será o primeiro ano que Cristian Mohr fará o campeonato completo pela WCR Team, pois em 2016 ele entrou na equipe com o campeonato em andamento.

Cristian está otimista com a primeira prova no circuito goiano.

“Goiânia é uma pista que eu me adapto bem, já tive bons resultados, ganhei corrida, já fiz pódio e gosto muito de andar lá”, enfatiza. “A equipe apresentou um excelente trabalho em 2016 e vamos continuar com eles esse ano iniciando a temporada na equipe, pois ano passado entrei praticamente no meio do campeonato, por isso 2016 foi um ano de adaptação, de conhecer bem a equipe para me preparar para esta temporada de”, realça Mohr.

“Viemos melhorando ao longo da temporada, inclusive ganhamos uma etapa em Curitiba e em várias outras etapas andamos bem, e na frente”, ressalta o catarinense.

Para o piloto a tendência em 2017 é conquistar o campeonato. “Estamos nos preparando mais, a equipe está mais entrosada e o carro melhorando”, afirma. “Temos grandes chances de ser campeões. Existe várias equipes e pilotos fortes neste campeonato, mas com certeza estamos em condições de disputar o título, sim”, salienta Cristian Mohr.

Cristian Mohr conta como patrocínio da Votorantim Cimentos, Cimentos Tocantins,WDCom Combustíveis, Grupo Max Mohr.

A prova será transmitida ao vivo no canal Band sports.

 

Confira a programação da primeira etapa:

Sexta-feira, 31/03

14h15 – 15h15 – 1o Treino (CLA AMG) MB Challenge

15h25 – 16h25 – 1o Treino (C 250 CUP) MB Challenge

16h30 – 17h30 – Foto Oficial dos Pilotos

Sábado, 01/04

10h30 – 11h30 – 2o Treino MB Challenge

15h40 – 16h00 – Classificação (CLA AMG) MB Challenge

16h10 – 16h30 – Classificação (C 250) MB Challenge

 

Domingo, 02/04

10h00 – Largada MB Challenge

11h00 – 12h00 – Visitação e Volta Rápida

Assessoria Schaefer
Fotos: Claudio Kolodziej

Fernando Silva – Administrador

Fone: (51) 9363 -1334

          (51) 3365 – 6843

 

 
Leila Schaefer – Jornalista
Fone: (51) 9981 1623
F1 Ferrari 2017 Force India 2017 Formula 1 Haas 2017 Manor 2017 Mclaren 2017 Mercedes 2017 Renault 2017 Sauber 2017 Toro Rosso 2017 Williams 2017

Estatísticas do GP da Austrália de 2017

Published by:

Número de voltas que cada piloto deu no final de semana:

Esteban Ocon 148
Daniil Kvyat 147
Sergio Perez 145
Valtteri Bottas 141
Carlos Sainz jr. 141
Lewis Hamilton 139
Kimi Raikkonen 132
Sebastian Vettel 131
Nico Hulkenberg 129
Felipe Massa 122
Lance Stroll 115
Stoffel Vandoorne 113
Max Verstappen 109
Fernando Alonso 109
Marcus Ericsson 105
Daniel Ricciardo 96
Kevin Magnussen  92
Romain Grosjean 90
Antonio Giovinazzi 81
Pascal Wehrlein 52
Jolyon Palmer 44

Velocidade Máxima de cada piloto:

Daniil Kvyat 320,8 km – 199.378 milhas
Lance Stroll 320,3 km – 199.067 milhas
Nico Hulkenberg 318,3 km – 197.824 milhas
Lewis Hamilton 318,0 km – 197.638 milhas
Esteban Ocon 317,6 km – 197.389 milhas
Valtteri Bottas 316,3 km – 196.581 milhas
Kevin Magnussen 315,7 km – 196.208 milhas
Max Verstappen 315,3 km – 195.960 milhas
Sebastian Vettel 314,6 km – 195.525 milhas
Carlos Sainz jr. 312,1 km – 193.971 milhas
Sergio Perez 309,2 km – 192.169 milhas
Stoffel Vandoorne 306,9 km – 190.739 milhas
Kimi Raikkonen 304,3 km – 189.123 milhas
Daniel Ricciardo 303,8 km – 188.812 milhas
Felipe Massa 303,0 km – 188.315 milhas
Antonio Giovinazzi 298.7 km – 185.643 milhas
Jolyon Palmer 295.1 km – 183.405 milhas
Romain Grosjean 294.7 km – 183.157 milhas
Fernando Alonso 290.8 km – 180.733 milhas
Marcus Ericsson 290.7 km – 180.671 milhas

Volta Ideal da corrida:

Volta ideal da corrida – 1:26.341

Melhor primeiro Setor: Valtteri Bottas 28.885
Melhor segundo setor: Max Verstappen 23.071
Melhor terceiro setor: Sebastian Vettel 34.385

Voltas na Liderança:

Sebastian Vettel 38
Lewis Hamilton 16
Valtteri Bottas 2
Kimi Raikkonen 1

Quem ganhou posições:

Stoffel Vandoorne + 5
Antonio Giovinazzi + 4
Lance Stroll + 4
Sergio Perez + 3
Esteban Ocon + 3
Kevin Magnussen + 2
Sebastian Vettel + 1
Felipe Massa + 1

Valtteri Bottas 0
Kimi Raikkonen 0
Max Verstappen 0
Carlos Sainz jr. 0
Daniil Kvyat 0
Nico Hulkenberg 0
Jolyon Palmer 0

Quem perdeu posições:

Lewis Hamilton – 1
Fernando Alonso – 2
Daniel Ricciardo – 2
Marcus Ericsson – 4
Romain Grosjean – 14
Valtteri Bottas 0
Kimi Raikkonen 0
Max Verstappen 0
Carlos Sainz jr. 0
Daniil Kvyat 0
Nico Hulkenberg 0
Jolyon Palmer 0

Fotos Moto 2 Moto 2 - 2017 Motos Motovelocidade Mundial de Motovelocidade

Franco Morbidelli conquista 1ªVitória da carreira após corrida dominadora em Losail

Published by:

Na abertura da temporada de 2017 da Moto 2 em Losail no Qatar o Ítalo-brasileiro Franco Morbidelli confirmou o seu favoritismo e dominou a prova vencendo sua primeira corrida no Mundial de motovelocidade, Uma vitória que bateu por várias vezes na Trave na temporada passada.

Pole position (Após a somatória dos tempos dos treinos livres já que a Classificação foi cancelada no Sábado) Morbidelli só teve sua vitória ameaçada no começo da corrida quando seu arquirrival nessa temporada o Suíço Thomas Luthi que disputou a liderança. De resto Morbidelli foi abrindo de Luthi que liderava o grupo que tinha Alex Marquez, Takaagi Nakagami e Miguel Oliveira disputando o 3ºlugar.

No Decorrer da prova Alex Marquez foi ficando pelo caminho e perdeu as posições para Nakagami  e Miguel Oliveira caindo para o 5ºlugar. Mais atrás o Francês Fábio Quartararo com a moto da Pons fazia uma surpreendente estreia na moto 2 segurando um grande pelotão que que tinha Luca Marini como  o maior adversário na luta pelo 6ºlugar. Xavi Vierge e Axel Pons também estavam muito bem colocados enquanto que o Campeão da Moto 3 Brad Binder com problemas físicos estava fora das posições de pontuação.

Morbidelli com a Moto da Estrella Galícia Marc VDS conquistou finalmente sua primeira vitória da sua carreira no Mundial e se coloca como um forte candidato ao título desse ano assim como o Suíço Thomas Luthi que chegou em 2º e de Takaaki Nakagami que segurou a pressão de Miguel Oliveira conquistando o 3ºlugar. Deve se falar do piloto Português que levou a moto da KTM (Apenas o Chassi já que o motor de todas as motos é Honda) até o 4ºlugar.

Alex Marquez que largou em 2ºlugar acabou ficando em 5ºlugar. Evidentemente com a moto dele se desgastando muito no final ficando a apenas 2 segundos a frente de Luca Marini que superou a Fábio Quartararo (Que fez uma grande estreia na Moto 2) ficando em 6ºlugar para a Forward Racing que teve Lorenzo Baldassarri terminando a prova em 8ºlugar. Completaram os 10 primeiros lugares Xavi Vierge da Tech 3 e Axel Pons da RW Racing GP.

Daqui a duas semanas teremos o GP da Argentina em Termas de Rio Hondo

Resultado Final do GP do Qatar – 1ªEtapa da Moto 2
20 Voltas

Pos Pilotos Equipe Moto Tempo Grid
1 21 Franco Morbidelli EG 0,0 Marc VDS Kalex 40:18.480 1
2 12 Thomas Luthi CarXpert Interwetten Kalex a 2.681 3
3 30 Takaaki Nakagami IDEMITSU Honda Team Asia Kalex a 3.304 4
4 44 Miguel Oliveira Red Bull KTM Ajo KTM a 3.584 5
5 73 Alex Marquez EG 0,0 Marc VDS Kalex a 11.226 2
6 10 Luca Marini Forward Racing Team Kalex a 13.747 13
7 40 Fabio Quartararo Pons HP40 Kalex a 13.988 10
8 7 Lorenzo Baldassarri Forward Racing Team Kalex a 17.465 15
9 97 Xavi Vierge Tech 3 Racing Tech 3 a 17.477 8
10 49 Alex Pons RW Racing GP Kalex a 17.767 12
11 77 Dominique Aegerter Kiefer Racing Suter a 17.802 7
12 42 Francesco Bagnaia SKY Racing Team VR46 Kalex a 18.090 9
13 52 Danny Kent Kiefer Racing Suter a 19.323 6
14 2 Jesko Raffin Garage Plus Interwetten Kalex a 22.798 16
15 19 Xavier Simeon Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex a 24.009 18
16 23 Marcel Schrotter Dynavolt Intact GP Suter a 24.077 14
17 24 Simone Corsi Speed Up Racing Speed Up a 28.193 24
18 68 Yoony Hernandez AGR Team Kalex a 31.828 28
19 45 Tetsura Nagashima Teluru SAG Team Kalex a 31.839 21
20 41 Brad Binder Red Bull KTM Ajo KTM a 34.046 22
21 32 Isaac Viñales BE-A-VIP SAG Team Kalex a 40.227 25
22 11 Sandro Cortese Dynavolt Intact GP Suter a 40.279 20
23 60 Julian Simon Garage Plus Interwetten Kalex a 40.446 26
24 54 Mattia Pasini Italtrans Racing Team Kalex a 42.501 11
25 88 Ricard Cardus Speed Up Racing Speed Up a 43.000 30
26 57 Edgar Pons Pons HP40 Kalex a 47.072 29
27 5 Andrea Locatelli Italtrans Racing Team Kalex a 47.486 31
28 89 Khairul Idham Pawi IDEMITSU Honda Team Asia Kalex a 51.206 27
29 62 Stefano Manzi SKY Racing Team VR46 Kalex a 1:02.080 32
9 Jorge Navarro Federal Oil Gresini Moto2 Kalex a 12 Voltas 17
55 Hafizh Syahrin Petronas Raceline Malaysia Kalex a 12 Voltas 19
8 Saeed Al Sulaiti QMMF Racing Speed Up a 15 Voltas 33
87 Remy Gardner Tech 3 Racing Tech 3 a 20 Voltas 23

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Fotos MotoGP MotoGP 2017 Motos Motovelocidade Mundial de Motovelocidade

Viñales conquista vitória em um final de semana sobre muitos problemas por conta da Chuva em Losail

Published by:

Em um final de semana tremendamente atrapalhado pela chuva que raramente aparece em Losail e junto da areia acabou provocando o cancelamento da Classificação de ontem em todas as categorias.

A Solução foi juntar o tempo dos treinos livres que foram feitos no final de semana para formarem o Grid de largada. O que fez com que Viñales largasse da pole com Iannone largando em 2º e Marc Marquez largando em 3º. Zarco largava em 4º, Dovizioso, Redding, Pedrosa, Folger, Crutchlow e Rossi completavam os 10 primeiros no Grid com Lorenzo largando do 12ºlugar.

Mas no domingo quando acabou a Moto 2 começou a chover e dai a corrida começou a ficar em risco e quando chegou a hora da largada a organização decidiu adiar a largada. é um risco correr com pista molhada e areia que vai para o circuito de Losail com os ventos que tem lá. Os pilotos também não estavam muito seguros com a pista sob chuva.

Depois de mais de 30 minutos de atraso a corrida pode começar com apenas 20 voltas de duração. Na largada Andrea Iannone chegou a pular na frente, Mas foi Zarco que assumiu a liderança deixando o piloto da Suzuki brigando pelo segundo lugar com o Tricampeão do Mundo Marc Marquez que acabou ganhando o segundo lugar. O piloto bicampeão da moto 2 correndo de Tech 3 estava liderando a prova tranquilamente a prova até que na 7ªVolta o Francês foi traído pela pista e acabou caindo fazendo abandonar uma corrida em que certamente estaria muito bem colocado em uma disputa de vitória.

Com isso Andrea Dovizioso que não chamou a atenção no começo da prova assumiu a liderança com Iannone e Marquez disputando o 2ºlugar. Um pouco mais atrás vinham Viñales e Rossi que partiu do 10ºlugar já numa boa recuperação estando em 5ºlugar. Quem vinha muito bem era Alvaro Bautista que fazia uma bela estreia na equipe de Aspar Martinez acabou caindo no final da 8ªVolta.

Enquanto Dovizioso continuava na liderança até de forma tranquila Marquez e Iannone estavam duelando pelo segundo lugar. Era surpreendente que a Suzuki estava andando em Losail com o italiano que vinha substituir a Marevick Viñales em uma missão nada fácil de ser conseguida. Na 11ªVolta Andrea Iannone acabou caindo e deixando a corrida (Como é a sina do piloto italiano nos últimos anos). Marquez ficou mais tranquilo em 2ºlugar e que parecia que iria começar a buscar Dovizioso em busca da liderança o que aconteceu foi ao contraio disso. Marquez começou a ser pressionado por Viñales que acabou engolido o piloto da Honda assumindo o segundo lugar.

Já Marquez ficou para Rossi que tratou de passar o seu algoz assumindo o 3ºlugar e tirando o piloto da Honda ao pódio enquanto que Viñales partiu para cima de Dovizioso querendo a vitória e ambos fizeram um belo duelo pela vitória até porque Dovi não queria perder a prova na sua cara pela 3ªVez seguida já que ele tinha ficado em 2ºlugar em 2015 e 2016.

Mas o final de semana era do jovem de 22 anos que depois de muitas voltas decidiu a prova a menos de 3 voltas do final. Viñales conseguiu segurar toda a potência da Ducati de Dovizioso e acabou conseguindo na estreia dele na Yamaha conquistar a primeira corrida de 2017 (Segunda vitória na MotoGP) deixando Dovizioso que completou 31 anos na quinta-feira passada pela terceira vez seguida em 2ºlugar. O que deixa o Italiano mais tranquilo é que o seu companheiro de equipe o tão badalado Jorge Lorenzo fez uma corrida apagada ficando em 11ºlugar ainda se adaptando a nova moto.

Valentino Rossi com seus 38 anos começou o ano com o pódio em 3ºlugar superando Marc Marquez com a Honda que começa a acionar o sinal amarelo pelo 4ºlugar do seu principal piloto da equipe hoje. Não só isso, Mas também pelo desempenho de Dani Pedrosa que chegou a perder posição para o Aleix Espargaró com a moto da Aprilla. No final da prova o piloto da Honda recuperou a 5ºposição passando o piloto espanhol. Que diga-se de passagem, Colocou uma moto que no ano passado ficava lá atrás em 6ºlugar enquanto que Sam Lowes na sua estreia na MotoGP ficou em último lugar (Atrás até mesmo dos pilotos da KTM que estão em começo do estágio de desenvolvimento). Um corridão de Aleix Espargaró

Scott Redding também teve um bom final de semana ficando em 7ºlugar com a Ducati de 2016 superando a Jack Miller que já mostrou estar em um estágio melhor na motoGP e com o 8ºlugar com a Moto da Marc VDS já disse para que ele veio em 2017.

Uma estreia decente de Alex Rins na Suzuki com o 9ºlugar e Jonas Folger que largou muito mal e conseguiu se recuperar ficando em 10ºlugar com a Tech 3 que restou na corrida. Lorenzo, Loris Baz que venceu Barbera com uma Ducati de 2015 contra seu companheiro com a moto de 2016. Karel Abraham em 14º em uma exibição regular e Esteve Rabat muito longe do desempenho de Miller ficando com a última posição na zona de pontuação.

Daqui a 2 semanas teremos o GP da Argentina em Termas de Rio Hondo com Viñales pela primeira vez Liderando o campeonato e dando recado para Marquez, Rossi, Dovizioso, Pedrosa e Lorenzo de que ele é sim fortíssimo candidato ao título de 2017.

Resultado final do GP do Catar – 1ªEtapa do Mundial de MotoGP
20 Voltas

Pos Pilotos Equipe Moto Tempo Grid
1 25 Maverick Viñales Movistar Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 38:59.999 1
2 4 Andrea Dovizioso Ducati Team Ducati Desmosedici GP17 a 0.461 5
3 46 Valentino Rossi Movistar Yamaha MotoGP Yamaha YZR-M1 a 1.928 10
4 93 Marc Marquez Repsol Honda Team Honda RC213V a 6.745 3
5 26 Dani Pedrosa Repsol Honda Team Honda RC213V a 7.128 7
6 41 Aleix Espargaro Aprilla Racing Team Gresini Aprilla RS-GP a 7.661 15
7 45 Scott Redding OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP16 a 9.782 6
8 43 Jack Miller EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V a 14.486 16
9 42 Alex Rins Team Suzuki EcStar Suzuki GSX-RR a 14.788 18
10 94 Jonas Folger Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 a 15.069 8
11 99 Jorge Lorenzo Ducati Team Ducati Desmosedici GP17 a 20.516 12
12 76 Loris Baz Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP15 a 21.255 14
13 8 Hector Barbera Reale Avintia Racing Ducati Desmosedici GP16 a 28.828 20
14 17 Karel Abraham Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP15 a 29.123 17
15 53 Esteve Rabat EG 0,0 Marc VDS Honda RC213V a 29.470 19
16 44 Pol Espargaró Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 a 33.601 22
17 38 Bradley Smith Red Bull KTM Factory Racing KTM RC16 a 39.704 23
18 22 Sam Lowes Aprilla Racing Team Gresini Aprilla RS-GP a 47.131 21
9 Danilo Petrucci OCTO Pramac Racing Ducati Desmosedici GP17 a 6 Voltas 11
29 Andrea Iannone Team Suzuki EcStar Suzuki GSX-RR a 10 Voltas 2
19 Alvaro Bautista Pull&Bear Aspar Team Ducati Desmosedici GP16 a 13 Voltas 13
5 Johann Zarco Monster Yamaha Tech 3 Yamaha YZR-M1 a 14 Voltas 4
35 Cal Crutchlow LCR Honda Honda RC213V a 16 Voltas 9

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP