Category Archives: Automobilismo Internacional

Automobilismo Internacional Fotos GP2 Series

GP2 Series – Marciello e Nasr conquistam vitória na Bélgica

Published by:

No Final de semana da Volta da GP2 Series na Bélgica duas grandes corridas que colocaram mais uma vez Nasr e Palmer frente a frente pelo título, Podemos dizer que na Bélgica Nasr teve um melhor final de semana, a pole position foi de Stoffel Vandoorne que fez a festa da torcida superando a Jolyon Palmer e o pior dos Cenários largou em 11º.

Na largada Vandoorne largou muito bem enquanto Palmer largou mal, Mas a chuva foi muito forte, muito forte mesmo tanto é que a corrida foi interrompida até que a chuva forte passasse.

Fantástico final de semana de André Negrão em Spa

Depois de quase 1 hora a corrida recomeçou com Vandroome na frente seguido de Marciello, Cecotto jr. e Nasr.

Uma briga interessante entre Simon Trummer e Nathanael Berthon acabou em toque de maneira inconsequente de Trummer sobre Berthon e os comissários puniram a vitória que foi o Francês, Vai entender.

Um pouco mais atrás quem fez grande recuperação era o Brasileiro André Negrão que largou da última posição e estava buscando a sua primeira pontuação da temporada e acabou conseguindo o objetivo fazendo um corridão de se tirar o Chapéu.

Vandroome liderou a maior parte da corrida, Só que Marciello teve mais ritmo de corrida na parte final de corrida que o Belga e acabou ultrapassando Vandroome que acabou frustrando a torcida Belga que teve de se contentar com o 2ºlugar e Johnny Cecotto jr. em 3ºlugar aparecendo muito bem com o carro da Trident com Nasr em 4ºlugar numa boa corrida e na frente de Palmer que ficou apenas em 6ºlugar atrás de Mitch Evans e na frente do Russo Artem Markelov que também fez uma grande corrida , Daniel Abt que com o 8ºlugar e largou na pole position na corrida do Domingo que fez a ultrapassagem sobre o André Negrão que marcou seus dois primeiros pontos na GP2 Series e fez um corridão, Daniel de Jong completou a zona de pontuação.

Pódio da 15ªEtapa da GP2 Series

Na Segunda Corrida

Felipe Nasr que largou da quinta posição acabou conseguindo fazer uma brilhante largada e pulou para a liderança da corrida e dai não perdeu mais a liderança da corrida até o final para a sua quarta vitória da temporada sendo o maior vencedor dessa temporada, Cecotto que fez final de semana muito bom chegou em 2º e Palmer mantendo a incrível marca de pontuar em todas as corridas chegou em 3ºlugar e continua líder do campeonato com 210 pontos contra os 178 de Nasr, 135 de Vandoorne e 127 de Cecotto jr. Restando 3 rodadas duplas a briga pelo título esta entre o piloto da DAMS (Palmer) e da Carlin (Nasr).

Cecotto levou 2 pódios para casa fazendo boas corridas

Palmer tem sua vantagem diminuída, Mas mesmo assim continua líder com 32 pontos na frente sobre Nasr.

 

Pódio da Segunda Bateria

Mitch Evans, Daniel Abt, Stoffel Vandoorne, Stefano Coletti e André Negrão completaram a Zona de Pontuação. Nos dias 6 e 7 de Setembro teremos a próxima corrida do campeonato na Itália em Monza

Resultado da 15ªEtapa da GP2 Series:

1. Raffaele Marciello (Racing Engineering) 1:19:29.116 em 25 Voltas
2. Stoffel Vandoorne (ART) a 2.088
3. Johnny Cecotto Jr (Trident) a 35.375
4. Felipe Nasr (Carlin) a 39.831
5. Mitch Evans (Russian Time) a 50.526
6. Jolyon Palmer (DAMS) a 1:00.123
7. Artem Markelov (Russian Time) a 1:01.166
8. Daniel Abt (Hilmer) a 1:01.776
9. André Negrão (Arden) a 1:02.872
10. Daniel de Jong (MP) a 1:05.435
11. Adrian Quaife-Hobbs (Rapax) a 1:11.224
12. Tom Dillmann (Caterham) a 1:16.681
13. Julian Leal (Carlin) a 1:17.071
14. Marco Sorensen (MP) a 1:18.325
15. Arthur Pic (Campos) a 1:18.578
16. Takuya Izawa (ART) a 1:19.110
17. Kimiya Sato (Campos) a 1:21.789
18. Simon Trummer (Rapax) a 1:22.766
19. Jon Lancaster (Hilmer) a 1:32.099
20. Sergio Canamasas (Trident) a 1:33.957
21. Stephane Richelmi (DAMS) a 1:34.528
22. Nathanael Berthon (Lazarus) a 1:50.554

Não Terminaram a corrida:

Rio Haryanto (Caterham) 21 Voltas
Stefano Coletti (Racing Engineering) 11 Voltas
Rene Binder (Arden) 5 Voltas
Conor Daly (Lazarus) 0 Voltas

Resultado final da 16ªEtapa da GP2 Series:

1. Felipe Nasr (Carlin) 36:14.575 em 18 Voltas
2. Johnny Cecotto Jr (Trident) a 5.157
3. Jolyon Palmer (DAMS) a 7.157
4. Mitch Evans (Russian Time) a 7.598
5. Daniel Abt (Hilmer) a 10.019
6. Stoffel Vandoorne (ART) a 10.648
7. Stefano Coletti (Racing Engineering) a 14.038
8. André Negrão (Arden) a 20.391
9. Tom Dillmann (Caterham) a 21.675
10. Julian Leal (Carlin) a 22.486
11. Marco Sorensen (MP) a 26.510
12. Stephane Richelmi (DAMS) a 28.491
13. Daniel de Jong (MP) a 29.790
14. Raffaele Marciello (Racing Engineering) a 36.284
15. Nathanael Berthon (Lazarus) a 40.238
16. Rio Haryanto (Caterham) a 51.786
17. Simon Trummer (Rapax) a 54.342
18. Kimiya Sato (Campos) a 54.604
19. Conor Daly (Lazarus) a 54.874
20. Arthur Pic (Campos) a 55.574
21. Adrian Quaife-Hobbs (Rapax) a 59.175
22. Takuya Izawa (ART) a 59.423
23. Rene Binder (Arden) a 1:16.668

Não Terminaram a corrida:

Sergio Canamasas (Trident) 13 Voltas
Artem Markelov (Russian Time) 7 Voltas
Jon Lancaster (Hilmer) 3 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: GP2 Series

Automobilismo Internacional Automobilismo Norte-americano Formula indy

Dixon vence em Sonoma e Power fica bem perto de inedito título

Published by:

Na Penúltima corrida do campeonato Scott Dixon conquistou a vitória, Uma Vitória que também teve sua dose de sorte até pro que Graham Rahal que liderava a corrida teve de cumprir uma punição nos boxes e com isso acabou perdendo todas as posições na corrida e deixando a luta pela vitória entre Dixon, Hunter-Reay e Mike Conway com o Neozelandês levando a melhor. Ryan Hunter Reay foi o segundo e Simon Pagenaud foi o terceiro já que Mike Conway acabou sem combustível completando a corrida se arrastando em 14º após brigar pela vitória.

Já na luta pelo título apesar da Rodada Will Power acabou conseguindo melhor resultado que Hélio Castroneves conquistando um 10ºlugar ganho muito na marra mesmo tanto é que Power acabou empurrando Sebastian Bourdais. Hélio Castroneves se distanciou muito do título, Foi muito mal e ficou apenas em 18ºlugar e esta a 51 pontos de Power. Só não esta decidido o título por que a pontuação da última etapa da Formula Indy nessa temporada tem pontuação dobrada. Aliás se fosse no regulamento de 2013 Power já seria o campeão de 2014.

Tony Kannan que chegou a disputar as primeiras posições acabou em 13º, Semana que vem com cobertura do Portalsportszone vai acontecer a última etapa da Formula Indy em Fontana.

Resultado Final do GP de Sonoma de Formula Indy:

1.  Scott Dixon         (Ganassi/Chevy)    2:09:21.8064
2.  Ryan Hunter-Reay    (Andretti/Honda)        a 1.1359
3.  Simon Pagenaud      (Schmidt/Honda)         a 6.3078
4.  Takuma Sato         (Foyt/Honda)           a 11.8110
5.  Juan Pablo Montoya  (Penske/Chevy)         a 12.7305
6.  Josef Newgarden     (Fisher/Honda)         a 13.5367
7.  Mikhail Aleshin     (Schmidt/Honda)       a 15.8048
8.  Marco Andretti      (Andretti/Honda)       a 20.1054
9.  Justin Wilson       (Coyne/Honda)          a 21.6233
10.  Will Power          (Penske/Chevy)         a 22.1936
11.  Sebastien Bourdais (KV/Chevy)             a 22.4321
12.  James Hinchcliffe   (Andretti/Honda)       a 23.1572
13.  Tony Kanaan         (Ganassi/Chevy)        a 23.2277
14.  Mike Conway         (Carpenter/Chevy)      a 26.9930
15.  Jack Hawksworth     (Herta/Honda)          a 37.0303
16.  Sebastian Saavedra  (KV/Chevy)             a 37.7440
17.  Ryan Briscoe        (Ganassi/Chevy)        a 37.9876
18.  Helio Castroneves   (Penske/Chevy)         a 39.6511
19.  Carlos Munoz        (Andretti/Honda)       a 42.4797
20.  Graham Rahal        (Rahal/Honda)          a 43.5335
21.  Charlie Kimball     (Ganassi/Chevy)          a 1 Volta

Não Terminaram a corrida:

Carlos Huertas      (Coyne/Honda)            a 57 Voltas

Automobilismo Gaúcho Automobilismo Internacional Automobilismo Nacional Endurance Formula RS Patrocinadores Scuderia Macchina

Scuderia Macchina e Lojas Benoit – Uma Parceria que chega em 2015 ao 10ºAno

Published by:

Texto: Carlos Giacomello (Da notícia do link das Lojas Benoit) Foto: Bernardo Bercht Outros Textos: Deivison Conceição

Desde do final de 2005 a Scuderia Macchina faz história no Automobilismo Gaúcho, O Clássico carro Vermelho e Prata de Marcelo Giacomello da Formula RS já se Torna um carro mítico assim como O Carro preto e Dourado da John Player Special, ou então o Clássico Azul da Ligier na Formula 1 ou o carro da Pennzoil de Rick Mears na Formula Indy.

Essa equipe que pessoalmente admiro ela desde de 2012 e principalmente quando sei da luta dela contra equipe que compram câmbios de carros até na Inglaterra, Quem dera que tenhamos mais parcerias com outras equipes no Automobilismo Brasileiro.

Esse histórico que vocês vão ver esta escrito no site das Lojas Benoit “Lojas Benoit em alta velocidade” – Clique Aqui

Acompanhe abaixo um breve histórico do envolvimento de nove anos das Lojas Benoit com o automobilismo

O “cheiro de gasolina” passou a entrar no dia a dia das Lojas Benoit no final de 2005, quando a antecessora da Scuderia Macchina, que participava com destaque do Campeonato Gaúcho de Endurance (provas de longa duração), passou a ter o apoio da rede de lojas.

Este apoio resultou na conquista de um campeonato gaúcho e dois vices entre 2006 e 2008.

No final de 2009 a equipe, essencialmente familiar, passou a contar com um novo integrante, Marcelo Giacomello e, em 2010, começou a participar de um novo campeonato, o Gaúcho de Fórmula 1.6, abandonando temporariamente as provas de endurance.

A concentração dos esforços nesta nova categoria não se limitou apenas a participação da Scuderia Macchina e do piloto Marcelo Giacomello em tempo integral. Nos primeiros dois anos as Lojas Benoit patrocinaram também a categoria, que utilizou os recursos para melhorar a qualidade técnica dos carros e a quantidade de pilotos, transformando a Fórmula 1.6 na menina dos olhos do automobilismo gaúcho, trazendo pilotos de todo o Brasil para participar das 8 etapas anuais. A categoria também passou a ser destaque na imprensa especializada de todo o país.
Quem é a Scuderia Macchina

Como dito brevemente acima a Scuderia Macchina surgiu da necessidade de profissionalizar a equipe, transformando ela de amadora em profissional, tendo que montar toda uma estrutura logística, de equipamentos de competição e de material humano.

Desta forma durante o ano de 2009 foi montada uma sede e adquiridos todos os equipamentos e materiais necessários para a manutenção e transporte dos carros.

Em meados de 2010 a equipe estreou de forma convincente no Gaúcho de Formula 1.6, conquistando a pole position com quebra de recorde do Autódromo do Velopark. Até o final do ano, outras boas apresentações para aprender e conhecer os segredos da categoria.

Em 2011, no primeiro certame completo, várias classificações entre os primeiros e um promissor 3º lugar na tabela final de classificação a frente de pilotos muito mais experientes. As credenciais estavam apresentadas.

Em 2012 veio a primeira vitória (de um total de 4 nas primeira 6 provas) e a consolidação da equipe como uma das principais do automobilismo gaúcho e referência dentro da categoria, mesmo com pouco tempo de participação.

Em 2013 a disputa pelo titulo foi ponto a ponto até a ultima etapa, com varias vitórias, poles e voltas mais rápidas. O titulo infelizmente não veio, mas a equipe provou que mesmo com pouco tempo na categoria aprendeu rápido como vencer. Em 2013 também a imprensa gaúcha (principalmente a impressa) passou a dedicar muito espaço à categoria, com varias paginas sobre o assunto durante o ano, muitas delas com o carro das Lojas Benoit como destaque

Nos últimos 2 anos a equipe, em função de sua organização rigorosa, e em parceria com a Lojas Benoit, se beneficiou dos programas oficiais de incentivo ao esporte, tais como Lei de Incentivo ao Esporte (federal) e Pro-Esporte (estadual).

Como é a Fórmula RS

Em, 2014 a Fórmula 1.6 passou a se chamar Fórmula RS, pois passou a receber carros de motorização 1.8 além dos tradicionais 1.6.

O carros da Fórmula RS são muito semelhantes, em aparência, aos carros da fórmula 1 que todos conhecemos, naturalmente mantidas as devidas

Sua motorização é o tradicional motor Volkswagen AP 1.6 ou 1.8 à etanol que geram em torno de 150 hps, proporcionando velocidades máximas acima dos 200 km por hora. São sucessores dos antigos Fórmula Ford, que ajudaram a formar vários pilotos de destaque internacional.

Estes carros possuem hoje uma tecnologia embarcada semelhante aos melhores carros de competição do mundo.

Atualmente a categoria conta com 23 carros/pilotos de todo o pais proporcionando um grid médio de 18 a 20 carros, um dos maiores do Brasil e responsável pela criação de outra categoria gaúcha, a Fórmula Jr. com carros semelhantes, porém menos potentes,(motor 1.4 original) para a gurizada de menos de 18 anos que sai do kart.
Quem é o piloto Marcelo Giacomello

Nascido numa família que respira o automobilismo há mais de 25 anos, Marcelo Giacomello(30 anos) encontrou o caminho natural para as corridas.

Ajudou o pai e o tio durante os anos que participaram de campeonatos de kart e no gaúcho de endurance como cronometrista e esperou chegar a sua vez.

Na adolescência participou os campeonatos de kart na serra gaúcha com excelentes resultados inclusive a conquista de dois títulos sendo escolhido o destaque esportivo de 1998 em Bento Gonçalves

Voltou em 2010, depois de formado em Engenharia e desde então é um dos destaques da Fórmula RS. Em 3 anos de participação completa, acumula várias vitórias, inúmeras poles e voltas rápidas.
Temporada 2014

A temporada 2014 da Fórmula RS iniciou em março no autódromo de Guaporé. Naquela prova a equipe Lojas Benoit/Scuderia Macchina foi um dos destaques, pois fez mais uma pole e novamente quebrou o recorde da pista, estabelecendo também as voltas mais rápidas da prova. Na classificação final, um terceiro e um segundo lugares e a vice-liderança do certame de 2014.

O campeonato terá ainda mais 6 etapas duplas e neste ano terá a novidade de uma prova fora do país. Dia 28 de setembro a categoria fará sua 6ª etapa no reformado Autódromo Internacional de Rivera no Uruguai. Será a primeira prova internacional em mais de 18 anos de existência da categoria no RS.

O calendário oficial prevê as seguintes etapas até o fim do ano: 31 de agosto, em Santa Cruz do Sul; 28 de setembro, em Rivera; 02 de novembro, em Guaporé; e 23 de novembro, em Tarumã.

Todas as provas são gravadas e passadas em compacto através do Programa Curva do S na Pista, do canal de TV Esporte Interativo (à cabo e parabólica). Esta apresentação ocorre alguns domingos de manhã depois das provas, sempre às 8:30.

A categoria tem o site www.formula-rs.com, onde são divulgadas as noticias, as equipes, pilotos, patrocinadores, bem como a cada prova é editada uma revista virtual com tudo o que aconteceu na etapa anterior e as perspectivas da próxima prova. Tem também uma galeria das fotos da cada prova.
Gaúcho de Endurance 2014

Em 2014 a equipe volta a participar do gaúcho de Endurance, afastada que estava desde 2008.

Está em fase final de montagem o protótipo MXR com o qual os pilotos Elton Giacomello e Luis Paulo Machado participarão de algumas etapas a fim de obter confiabilidade necessária visando uma participação efetiva na temporada de 2015. O protótipo, de fabricação gaúcha( a melhor do Brasil) está equipado com um motor AP 2 litros com mais de 200 hp de potência.

Assim, a equipe Lojas Benoit/Scuderia Macchina também prepara a volta às suas origens.

Se Possível eu gostaria de a Benoit já que apoia o Automobilismo que outras empresas apoiem o Automobilismo Brasileiro. Mas como não só desligado do mundo se as Lojas Benoit poderia pensar em patrocinar uma atleta do Xadrez que eu conheço faz muito tempo Chamada Thauane de Medeiros, Ela é uma talentosa Atleta profissional de xadrez, campeã brasileira sub 18 e 20 feminino de 2012. e representou o Brasil em países com a Grécia, Paraguai, Colômbia e Bolívia. Com isso acreditamos que ela tenha apoio de alguma empresa. Errado, Assim como no automobilismo, O Xadrez também é visto pelos olhos da maioria cega que só pensa no Futebol e ignora os outros esportes como um fundo perdido assim como vários esportes. Espere as Olimpíadas de 2016 para o COB ver o Fiasco que vai ser e não vai ser culpa dos Atletas e sim dos dirigentes e da falta de estrutura dos esportes olímpicos do Brasil.

O Que a Thauane faz para ter os recursos necessários para conseguir competir nesse esporte, Ela vende livros, Equipamentos, e praticamente de Tudo sobre o Xadrez e ainda dar aulas de Xadrez pela internet para quem quer começar a Jogar Xadrez, Ela é bem conhecida, já participou do Programa do Jô e mesmo assim não tem ninguém que financia essa jovem atleta. Nem mesmo o Grêmio por que ela usa a maioria dos eventos uma camisa do Grêmio e o nomeado clube de Futebol não se sensibiliza em nada e nem devem ter pensado na hipótese de patrocinar a piloto. Então se as Lojas Benoit puder pensar nessa hipotese tenho certeza que esse dinheiro vai ser muito bem empregado e vai ser um investimento que vai dar muito certo, não só a Benoit como alguma outra empresa para patrocinar ela como qualquer outra equipe de automobilismo ou investir num jovem piloto Brasileiro.

Vídeo da Entrevista do Jó Soares com a Thauane:

Vídeo: Youtube – Thauane de Medeiros

Até por que temos que esquecer de um esporte que a maioria quer dinheiro e acaba tomando de 7 de uma seleção séria e que se planejou para ser campeã e foi campeã com méritos.

E para finalizar quero parabenizar e Agradecer a Benoit por patrocinar o Portalsportszone e acreditar no nosso site que fala de Esportes a Motor no Brasil e no Mundo com credibilidade e isso se mostra quando no mês passado tivemos quase 5 mil acessos sendo esse o Recorde do nosso site e esse número vai ser crescente a cada dia.

Se com a Thauane que é Gremista e é praticamente uma embaixadora do Grêmio eles não dão nem bola para patrocinar ela, Imagina se eu pedir patrocínio do Grêmio para um dos líderes da Formula Junior – Matheus Rouver.

Ah, e o Clube que quiser patrocinar ele na Formula Júnior pois acho um absurdo ele ser líder e não ter patrocinador ainda Clique nesse link Aqui – Tem todas as pinturas dos 20 clubes da Série A que eu gentilmente fiz, Se algum Clube tiver a mínima visão de mundo e ver que existe Fãns do Automobilismo que gostam de Futebol entre em contato com ele: Matheus Rouver

Automobilismo Internacional Automobilismo Norte-americano Formula indy TV Vídeos

Formula Indy – GP de Laguna Seca de 1992

Published by:

Grid de largada

Michael Leva a vitória em Monterrey E Bobby se consagra Tri-Campeão Da Indycar

Decisão na Formula Indy, Laguna Seca seria o local da 16ª e última etapa da Formula Indy temporada de 1992. Num dia de sol Bobby Rahal com 173 pontos precisava ser 4 ºcolocado para ser campeão da Formula Indy sem depender de ninguém e largaria em 6ºlugar, A Pole position estava Michael Andretti que vinha tentando tirar 13 pontos de Bobby para sair da Indy Consagrado como o Bi-Campeão já que ele tinha que ir a Formula 1 já que ele foi contratado pela Ferrari. Al Unser jr. Com 18 pontos atrás de Bobby tinha chances de título, mas com a Pole do Michael ele só tinha 21 pontos para fazer e secar Bobby e Michael Andretti, Só assim Al Unser jr. Conquistaria seu bicampeonato com o Galmer-Chevrolet.

Michael era o pole com Paul Tracy em 2º substituindo a Rick Mears que acabou deixando a sua carreira por dores nas pernas devido a um fortíssimo acidente, Na segunda Fila Emerson Fittipaldi e Scott Goodyear, Mario Andretti e Bobby Rahal na terceira fila, Al Unser largava na 8ªposição.

28 pilotos iriam buscar a vitória na corrida derradeira de 1992, na largada Michael Andretti se mantem na ponta com Paul Tracy e Emerson Fittipaldi logo atrás como seus perseguidores, Principalmente o Paul Tracy que começou a corrida disposto a passar o piloto da Newman-Haas e ajudar a Bobby Rahal a ser campeão. Mas Michael conseguia atrás de Tracy, Emerson Fittipaldi esta em 3º e Mario Andretti passou a Scott Goodyear e assumiu o 4ºlugar, Bobby se Mantia em 6ºlugar, com os resultados acabava Michael Andretti sendo o campeão, n volta 3 o piloto Tony de Tommaso deu uma escapada de pista, aliás a corrida do piloto da Arciero não iria durar muito, ele deixaria a corrida na 9ªvolta.

Scott Goodyear comprovando sua grande fase na formula Indy pressionava a Mario Andretti para tentar recuperar a 4ªposição enquanto Bobby Rahal vinha observando. Al Unser jr. Estava em 10ºlugar numa corrida apagada.

Michael Continuava na frente só que Paul Tracy continuava em sua cola como um carrapato e um pouco mais atrás Emerson Fittipaldi, Briga entre o Lola-Ford e o Penske-Chevrolet essa briga marcou todo o ano de 1992 na Formula Indy.

Classificação após 8 voltas: Michael Andretti/ Paul Tracy/ Emerson Fittipaldi/Mario Andretti / Scott Goodyear /Bobby Rahal /Eddie Cheever /John Andretti /Scott Pruett /Al Unser jr. /Mike Groff/Stefan Johansson, com esses Resultados Michael Andretti seria o campeão.

Andretti, Tracy e Fittipaldi pegavam o primeiro retardatário na volta 11 ou 12, era o Norte-americano Buddy Lazier enquanto isso Bobby começou o seu ataque para cima de Scott Goodyear querendo buscar o 5ºligar, posição que o Garantia ele campeão se o Andretti não liderasse o maior número de voltas na corrida então Bobby teria de buscar o 4ºlugar.

Al Unser jr. Rodaria provocando a primeira bandeira amarela da corrida, Al Unser jr. Voltou à corrida mais arruinou as suas chances de título nessa Rodada.

Tracy iria para a troca de Pneus e Reabastecimento, a parada foi bem rápida, 10.7 segundos. Já Bobby Rahal tentava passar a Scott Goodyear e fugia de Eddie Cheever que estava a fim de tomar posição de Rahal e complicar mais ainda para o Norte-americano da Rahal-Hogan. Apesar da grande fase de Goodyear Bobby Rahal tinha um equipamento melhor do que o Scott Goodyear. Tracy depois de sua primeira parada nos boxes vinha em 8ºlugar. Isso dava a Bobby Rahal a 5ªposição, esse era o Resultado para o Norte-americano necessitava para o Título pela 3ªvez na Indy.

Classificação após 15 voltas completadas: 1. Michael Andretti / 2.Emerson Fittipaldi / 3. Mario Andretti / 4. Scott Goodyear / 5. Bobby Rahal / 6.Eddie Cheever / 7.John Andretti /8. Paul Tracy / 9. Scott Pruett / 10. Mike Groff / 11.Stefan Johansson / 12.Jimmy Vasser

Michael Andretti era pressionado pelo Emerson Fittipaldi que buscava o 5ºtriunfo em 1992, Mas Michael Andretti continuava firme e Forte na Frente andando como nunca como se ele tivesse dependendo apenas dele para o Título, Já Bobby continuava a tentar passar o Canadense Scott Goodyear que vinha brilhantemente se defendendo dos ataques do Norte-americano, Bobby por pouco não com conseguiu se aproveitando de que Didier Theys estava dando passagem a Scott na última curva do Circuito.

Na Volta 20 o piloto da Ral Bryan Till sofre um acidente forte e abandonava a corrida, é a última corrida dos Chassis Truesports na Indy assim como da Equipe que deixava a categoria.

As coisas começariam a melhorar para Bobby Rahal, na volta 22 Scott Goodyear foi ultrapassado por Bobby Rahal e com problemas em seu carro e abandona a corrida, nesse momento Bobby estava em 4ºlugar e com sobras seria o campeão da Formula Indy em 1992.

Classificação Após 22 Voltas:
1. Michael Andretti
2. Emerson Fittipaldi
3. Mario Andretti
4. Bobby Rahal
5. Eddie Cheever
6. Paul Tracy
7. John Andretti
8. Scott Pruett
9. Mike Groff
10. Stefan Johansson
11. Jimmy Vasser
12. Raul Boesel
Nesse momento Bobby Seria o Campeão com 2 pontos na frente de Michael Andretti.

Logo aconteceu a primeira parada no boxes para troca de pneus e reabastecimento , Michael Andretti, Emerson Fittipaldi se mantiveram nas mesmas 1º e 2º posições, Paul Tracy é que pulou de 6º para o 3ºlugar e Bobby Caiu para 5º e precisava de ganhar uma posição para ser o campeão independente de Michael Andretti vencer com o ponto do maior número de voltas na liderança da corrida. Scott Brayton conseguiu errar o lugar aonde ele pararia nos boxes o que foi inacreditável e acabou atrapalhando seu companheiro de Equipe que acredito que tenha sido Hiro Matsuhita, Estávamos em Bandeira amarela.

A Corrida para a Walker terminaria na volta 27, Willy W. Ribbs com problemas na Transmissão do Lola-Chevrolet abandonaria a corrida, Bandeira verde é acionada e Michael Andretti continuava na Frente, Emerson Fittipaldi e Paul Tracy tentando de todo o jeito passar ao norte-americano, Bobby Rahal estava numa batalha contra Mario Andretti para pegar o 4ºlugar que seria fundamental para o título dele, Mas tinha que tomar cuidado com John Andretti, Ou seja estava perseguindo pelos Andretti na pista, parecia que os 3 tinham feito um pacto para tirar o campeonato das mãos de Bobby Rahal.

Mas Emerson Fittipaldi que estava em 2ºlugar acaba tendo problemas e fica lento na pista com isso Bobby Sobe para o 4ºlugar e com era o resultado que ele precisava, Já Scott Pruett também tinha problemas e para nos boxes.

Após 35 voltas de 84 previstas a Classificação da corrida era a Seguinte: 1. Michael Andretti 2. Paul Tracy (3.42) 3. Mario Andretti (11.52) 4.Bobby Rahal (11.96) e 5. John Andretti (12.45)

Mario, Bobby, John e Cheever continuavam num bloco compacto que brigava pelo 3ºlugar na corrida, Já Emerson Fittipaldi estava parado nos boxes, Sem Chances de um bom resultado na prova final de 1992. A Situação de Bobby Rahal era difícil por que uma falha e ele certamente seria jantado pelo John Andretti e até mesmo pelo Eddie Cheever que não tinham nada a ver com a Briga do Título, Mas que queriam mostrar serviço para terem carros melhores para 93, Emerson Fittipaldi voltava para a corrida, Mas sem Ritmo para reagir e a muitas umas 4 voltas atrás do Líder.

Classificação após 37 Voltas:

1. Michael Andretti
2. Paul Tracy
3. Mario Andretti
4. Bobby Rahal
5. John Andretti
6. Eddie Cheever
7. Danny Sullivan
8. Raul Boesel
9. Mike Groff
10. Eric Bachelart
11. Scott Brayton
12. Jimmy Vasser
13. Stefan Johansson
14. Al Unser jr. a 1 volta
15. Christian Danner a 1 Volta
16. Didider Theys a 1 Volta
17. Dennis Vitolo a 1 Volta
18. Hiro Matsuhita a 1 Volta
19. Ted Prappas a 1 Volta
20. Scott Pruett a 2 voltas
21. Tony de Tommaso a 2 voltas
22. Buddy Lazier a 2 voltas
23. Vinicio Salmi a 3 Voltas
24. Emerson Fittipaldi a 4 Voltas

Vinicio Salmi na volta 35 abandonaria a corrida com problemas de motor.

Na volta 42 Michael Andretti tinha 3.64 segundos de vantagem para Paul Tracy que estava com quase 16 segundos na Frente de Mario Andretti, Bobby Rahal, John Andretti e Eddie Cheever, Na Metade da corrida Mario Andretti estaria segurando o ritmo de corrida para evitar que Bobby Rahal conseguisse entrar na Briga pela vitória? Enquanto isso Jimmy Vasser Exagera no arrojo e acaba rodando quando tentava ultrapassar ao experiente Christian Danner que evitou uma colisão entre os dois.

Bobby Rahal Continuava com sua tocada tentando passar Mario Andretti mas de olho em John Andretti e em Eddie Cheever e se preocupando em não cometer erros já que ele estava na posição limite para ser o campeão, Michael Andretti é que tinha que arriscar, Nessa altura do campeonato um título de Al Unser Jr. Só com um cata prisma acontecesse em Laguna Seca.

Bobby Rahal ultrapassou a Mario Andretti e assumia a 3ªposição, Ficando assim mais tranquilo e com mais folga para o título já que teria 196 pontos contra os 192 pontos de Michael Andretti se terminasse assim a corrida.

Eric Bachelart que estava fazendo uma boa corrida com a Dale Coyne bateu e abandonou a corrida, ele bateu em Tony de Tommaso que faria a sua estreia na categoria (Foi a única vez que ele correu na Indy) que também deixou a corrida.

Michael Andretti começaria a ter Paul Tracy no seu encalço enquanto isso Raul Boesel começa a lutar pelo 7ºlugar com o norte-Americano, Mas nem precisou de negociação Raul Com um carro melhor passou de passagem por Danny Sullivan numa bonita ultrapassagem e assumiu a 7ªposição, Mas tomou o X do Danny Sulllivan e voltou a 8ºposição. De Tommasso voltou a pista para Bater e deixar a corrida de Vez, Enquanto isso Dennis Vitolo rodava (Não era de Hoje que ele era atrapalhado) Isso fez ser acionada de novo a Bandeira amarela. Com 2/3 de corrida praticamente realizados todo mundo iria para a última parada nos boxes, Newman-Haas e Penske lutavam nos boxes pela liderança, com parada praticamente iguais Michael Andretti voltada na ponta da corrida com Paul Tracy em Segundo, Mario Andretti pegou o terceiro lugar de Bobby Rahal que voltava a estar em situação de limite para ser o campeão, Aliás Bobby teve sorte pois poderia ter batido em Danny Sullivan nos boxes, Mas por sorte Danny não tomou nenhuma atitude temerária e acabou diminuindo um pouco a velocidade e sem se envolver em confusão ele foi fazer sua parada nos boxes. Já John Andretti deixou o motor morrer, foi empurrado de volta nos boxes e voltou a corrida, Mas perdendo um bocado de tempo na corrida.

A Classificação após 56 voltas era essa: 1. Michael Andretti, 2. Paul Tracy,  3. Mario Andretti,  4. Bobby Rahal , 5. Eddie Cheever ,  6. Danny Sullivan

Se Bobby estava no limite para ser o campeão a situação já esteve melhor para Michael, uma ultrapassagem de Paul Tracy e Michael teria de torcer para Bobby Rahal ser apenas o 9ºlugar para ser campeão, Relargada e Emerson Fittipaldi estava na frente de Michael e de Paul Tracy, Mas não parecia atrapalhar ao ponteiros na corrida.

Michael e Tracy brigariam pela vitória e Mario poderia tentar a mesma tática que usou para frear o avanço de Bobby Rahal na corrida, Mas Mario estava mais rápido talvez percebendo que o Paul Tracy seria um adversário terrível para Michael Andretti ele tentaria passar o Canadense para anular o piloto da Penske e ai ficar na Torcida por Eddie Cheever que estava por perto de Bobby Rahal para que assim com Bobby em 5º e seu filho ganhando e comemorar o Bicampeonato do seu filho que iria para a Formula 1 em 1993 e em Laguna seca estava o Campeão da Formula 1 em 1992 Nigel Mansell que estava vendo a categoria aonde ele iria correr no ano seguinte.

E Emerson Fittipaldi deixou os dois primeiros passarem e dessa forma Michael e Paul lutariam pela vitória na corrida, Após 66 voltas de 84 a corrida tinha essa Classificação: Michael Andretti em 1º, Paulo Tracy em 2º com 0.91 atrás de Michael, 3º Mario Andretti a 6.20, 4º Bobby Rahal a 9.19 e Eddie Cheever em 5º a 9.89, Bobby estava com os seu 4ºlugar ameaçado e o seu título ameaçado, Mas Michael tinha Paul Tracy a sua frente a situação dos dois era Crítica, Mas nada que faria Al Unser jr. Campeão pois ele estava em 10ºlugar e mesmo com um enrosco dos dois ele teria que vencer a corrida algo que era impossível naquela altura da corrida.

Eddie Cheever tentava se aproximar de Bobby Rahal para tentar Ganhar a posição do piloto da Rahal-Hogan e da o título para Michael Andretti, a situação era dramática para Bobby a corrida chegava a seu final com altas doses de suspense e de emoção em Laguna Seca. Pouco importava o abandono de Buddy Lazier na volta 61, e os problemas elétricos que deixariam Christian Danner na mão na volta 62. Os olhos do mundo estavam voltados para Bobby Rahal se defendendo de Eddie Cheever e de Michael Andretti fazendo de tudo para Paul Tracy não passar ele para ele ter chances de título, tudo poderia depender de uma ultrapassagem ou de duas para se definir o campeão de 1992 da Formula Indy.

Após 70 voltas o Drama continuava para todo mundo, tanto para Bobby tanto para Michael, Mas parecia que Bobby abriu uma boa distância para Eddie Cheever e com isso sua posição estava um pouco mais segura, Cheever foi atrapalhado justamente pelo seu companheiro de Equipe na corrida o Belga Didier Theys.

Classificação após 73 voltas: 1. Michael Andretti , 2. Paul Tracy, 3. Mario Andretti, 4. Bobby Rahal, 5. Eddie Cheever, 6.John Andretti, 7. Raul Boesel, 8. Danny Sullivan, 9. Mike Groff, 10. Al Unser jr., 11. Scott Brayton, 12. Stefan Johansson.

 

Restavam menos de 11 voltas para o final e Bobby Rahal se aproximou de Mario Andretti e Paul Tracy chegava de vez em Michael Andretti, as brigas no Final favoreciam bem mais a Bobby Rahal do que a Michael Andretti. Bobby não precisava passar a Mario Mas Michael não poderia deixar Tracy passar pois se o Canadense passa o Título seria quase impossível de acontecer para Michael.

Paul Tracy continuava a pressionar a Michael Andretti e parecia ter um carro melhor que Michael e não tinha nada a perder na corrida já que ele estava substituindo a Rick Mears que abandonou as pistas por causa de problemas físicos desde das 500 milhas de Michigan dessa temporada de 92, Mas na volta 79 acontece algo que mudou o campeonato Paul Tracy se chocou com Jimmy Vasser que apontou a segunda do dia, Com isso Paul Tracy quebrou a suspensão e abandonou a corrida, Se de um lado Michael Andretti se livrava de um problema para vencer a corrida de outro Bobby Rahal Assumia o 3ºlugar que estava consolidado, tanto é que Bobby desistiu de passar Mario e tratou de preservar o seu 3ºlugar que daria o título para ele com uma folga de 4 pontos sobre Michael Andretti que fez uma prova impecável e cumpriu a parte dele vencendo o GP de Laguna Seca com o seu pai em Segundo, Mas o Bicampeonato não veio para Michael e Sim Bobby Rahal se consagrava o Tricampeão da Formula Indy com a sua equipe Rahal-Hogan e fazendo um campeonato cerebral Bobby venceu o poderio da Newman-Haas e a força da Penske.

Ao termino da temporada de 1992 eu diria que acabava uma era na Formula Indy, A era dos pilotos caseiros e a Indy a partir de 1993 entrava na era da internacionalização.

Resultado final do GP de Laguna Seca – Monterrey de 1992

Fotos:

Vídeo da corrida:

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Vídeo: Youtube – Andrew Sopher

 

Automobilismo Internacional Automobilismo Norte-americano Formula indy

Dixon da última posição acaba vencendo em Mid-Ohio com tática arrojada da Chip Ganassi

Published by:

Scott Dixon campeão da temporada de 2013 acabou mostrando por que é um dos melhores pilotos da atualidade, Com uma corrida soberba e com uma tática de alto risco o piloto que largou da última posição devido a problemas que ele teve na classificação jantou todo mundo, escapou das confusões e levou a vitória em Mid-Ohio. Corrida que teve como pole o Francês Sebastian Bourdais que liderou boa parte da corrida, Mas que acabou vencido pela ousadia de Chip Ganassi. Tanto é que a tática de Dixon deu quase errado pois logo depois a linha de chegada Dixon parou o carro por falta de Combustível, Se a corrida tivesse mais uma volta o Neozelandês não conseguiria a vitória.

Completaram o pódio O Francês Sebastian Bourdais da KV Racing e James Hinchcliffe com o carro da Andretti. Para os Brasileiros foi uma corrida para se esquecer, Tony Kannan acabou sofrendo um acidente que envolveu ele e o norte-americano Marco Andretti, Ambos deixaram a corrida ainda na primeira volta. Já Hélio Castroneves acabou não conseguindo largar, Seu carro teve problemas na volta de apresentação e só entrou na corrida na 5ªVolta o que comprometeu todo o resultado do piloto Brasileiro que acabou a corrida em 19ºlugar e com a 6ªposição de Will Power o piloto Australiano saiu de Mid-Ohio na liderança do campeonato com 548 pontos contra 544 de Hélio Castroneves, Ainda com Chances de Título Ryan Hunter-Reay com 485 e Simon Pagenaud com 484, A Próxima etapa do campeonato acontece no dia 17 em Milwaukee.

Classificação do GP de Mid-Ohio – 15ªEtapa da Formula Indy

1. Scott Dixon (Ganassi/Chevrolet) 1:52:45.2043 em 90 Voltas
2. Sebastien Bourdais (KV/Chevrolet) a 5.3864
3. James Hinchcliffe (Andretti/Honda) a 7.3335
4. Carlos Munoz (Andretti/Honda) a 9.3551
5. Graham Rahal (Rahal/Honda) a 11.8508
6. Will Power (Penske/Chevrolet) a 15.9769
7. Charlie Kimball (Ganassi/Chevrolet) a 16.8533
8. Ryan Briscoe (Ganassi/Chevrolet) a 17.5020
9. Simon Pagenaud (Schmidt/Honda) a 18.6160
10. Ryan Hunter-Reay (Andretti/Honda) a 20.0766
11. Juan Pablo Montoya (Penske/Chevrolet) a 21.7366
12. Josef Newgarden (Fisher/Honda) a 22.0987
13. Mike Conway (Carpenter/Chevrolet) a 23.8352
14. Mikhail Aleshin (Schmidt/Honda) a 29.8060
15. Justin Wilson (Coyne/Honda) a 44.6415
16. Jack Hawksworth (Herta/Honda) a 58.7211
17. Carlos Huertas (Coyne/Honda) a 1m02.5847
18. Takuma Sato (Foyt/Honda) a 1 Volta
19. Helio Castroneves (Penske/Chevrolet) a 4 Voltas

Não Terminaram a corrida:

Sebastian Saavedra (KV/Chevrolet) 24 Voltas
Tony Kanaan (Ganassi/Chevrolet) 0 Voltas
Marco Andretti (Andretti/Honda) 0 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Foto: IndyCar