Category Archives: Automobilismo Internacional

Automobilismo Internacional Automobilismo Norte-americano Formula indy Fotos Road to Indy USF 2000

USF 2000 começa a temporada de 2017 com vítórias de Megennis e de Askew em St.Petersburg

Published by:

USF 2000 – Etapa 1

Grid de largada:

1 80 Robert Megennis (Team Pelfrey) 01:15.3708
2 22 Calvin Ming(R) (Pabst Racing) 01:15.4727
3 3 Oliver Askew (R) (Cape Motorsports) 01:15.5879
4 36 Dakota Dickerson (Newman Wachs Racing) 01:15.6146
5 81 Kaylen Frederick(R) (Team Pelfrey) 01:15.7763
6 90 Parker Thompson (Exclusive Autosport) 01:15.8117
7 37 Andre Castro(R) (Newman Wachs Racing) 01:15.8664
8 12 Moises de la Vara(R) (DEForce Racing) 01:15.9560
9 91 Luke Gabin (Exclusive Autosport) 01:16.0225
10 11 Kory Enders (R) (DEForce Racing) 01:16.1185
11 38 Cameron Das (Newman Wachs Racing) 01:16.3692
12 2 Ricky Donison (R) (Cape Motorsports) 01:16.4064
13 82 Ayla Agren (Team Pelfrey) 01:16.4903
14 21 Rinus VeeKay(R) (Pabst Racing) 01:16.7702
15 7 Devin Wojcik(R) (ArmsUp Motorsports) 01:16.7982
16 20 Chandler Horton(R) (RJB Motorsports) 01:16.9983
17 23 Lucas Kohl (Pabst Racing) 01:17.0635
18 34 Kris Wright(R) (John Cummiskey Racing) 01:18.4297
19 27 Colin Kaminsky(R) (Kaminsky Racing) 01:18.6508
20 8 Bruna Tomaselli(R) (ArmsUp Motorsports) 01:18.8338
21 92 Dev Gore (R) (Exclusive Autosport) 01:19.5348

Na largada da abertura da USF 2000 o piloto Robert Megennis que largou na pole position manteve a liderança da corrida e disparou na 1ªparte da corrida. Calvin Ming da Guiana assumiu o segundo lugar. Mas logo depois o piloto Oliver Askew pressionou Ming na primeira parte da prova até que o piloto da equipe Cape Motorsports conseguiu essa ultrapassagem assumindo o segundo lugar.
Já Calvin Ming acabou perdendo rendimento e ficando para o piloto Holandês Rinus Veekay que largou do 14ºlugar já vinha colocado nas primeiras posições. Na reta final o piloto Australiano Oliver Askew diminuiu a diferença para Megennis para buscar a vitória.

O piloto da Team Pelfrey segurou a pressão e garantiu a vitória na primeira corrida da temporada com Oliver Askew em 2º e Rinus Veekay que largou do 14ºlugar para o 3ºlugar completando o pódio. Kaylen Frederick, Parker Thompson e Dakota Thompson completaram os 6 primeiros colocados. Lucas Kohl ficou em 12ºlugar após largar do 17ºlugar e Bruna Tomaselli que disputa a Nacional Class ficou em 18ºlugar após largar do 20ºlugar.

Resultado final da 1ªCorrida da USF 2000
86.111 Mph – 24 voltas

1 80 Robert Megennis (Team Pelfrey) 30:22.6420
2 3 Oliver Askew (R) (Cape Motorsports) a 0.2617
3 21 Rinus VeeKay (R) (Pabst Racing) a 0.6656
4 81 Kaylen Frederick (R) (Team Pelfrey) a 4.4945
5 90 Parker Thompson (Exclusive Autosport) a 5.5526
6 36 Dakota Dickerson (Newman Wachs Racing) a 5.8130
7 22 Calvin Ming (R) (Pabst Racing) a 8.6849
8 38 Cameron Das (Newman Wachs Racing) a 9.0166
9 12 Moises de la Vara (R) (DEForce Racing) a 9.9387
10 37 Andre Castro (R) (Newman Wachs Racing) a 11.3788
11 91 Luke Gabin (Exclusive Autosport) a 18.1934
12 23 Lucas Kohl (Pabst Racing) a 19.1204
13 2 Ricky Donison (R) (Cape Motorsports) a 21.7107
14 34 Kris Wright (R) (John Cummiskey Racing) a 35.5310
15 11 Kory Enders (R) (DEForce Racing) a 39.1987
16 27 Colin Kaminsky (R) (Kaminsky Racing) a 48.9080
17 92 Dev Gore (R) (Exclusive Autosport) a 1:09.1516
18 8 Bruna Tomaselli* (R) (ArmsUp Motorsports) a 1 Volta
19 7 Devin Wojcik (R) (ArmsUp Motorsports) a 3 Voltas
20 20 Chandler Horton (R) (RJB Motorsports) a 9 Voltas
21 82 Ayla Agren (Team Pelfrey) a 18 Voltas

USF 2000 – Etapa 2

Grid de largada:

1 90 Parker Thompson (Exclusive Autosport) 01:15.3708
2 3 Oliver Askew (R) (Cape Motorsports) 01:15.4995
3 21 Rinus VeeKay (R) (Pabst Racing) 01:15.5645
4 36 Dakota Dickerson (Newman Wachs Racing) 01:15.6773
5 80 Robert Megennis (Team Pelfrey) 01:15.8189
6 12 Moises de la Vara (R) (DEForce Racing) 01:15.9386
7 81 Kaylen Frederick(R) (Team Pelfrey) 01:16.0005
8 11 Kory Enders (R) (DEForce Racing) 01:16.0148
9 23 Lucas Kohl (Pabst Racing) 01:16.1464
10 82 Ayla Agren (Team Pelfrey) 01:16.1544
11 91 Luke Gabin (Exclusive Autosport) 01:16.3506
12 22 Calvin Ming (R) (Pabst Racing) 01:16.3623
13 2 Ricky Donison (R) (Cape Motorsports) 01:16.3985
14 7 Devin Wojcik (R) (ArmsUp Motorsports) 01:16.6215
15 27 Colin Kaminsky (R) (Kaminsky Racing) 01:17.1284
16 20 Chandler Horton (R) (RJB Motorsports) 01:17.2589
17 34 Kris Wright(R) (John Cummiskey Racing) 01:17.7140
18 38 Cameron Das (Newman Wachs Racing) 01:18.1090
19 92 Dev Gore (R) (Exclusive Autosport) 01:18.9292
20 8 Bruna Tomaselli (R) (ArmsUp Motorsports) 01:19.1905
21 37 Andre Castro(R) (Newman Wachs Racing) Sem Tempo

Na segunda corrida do dia a pole position ficou com o piloto Parker Thompson com Askew Oliver e Rinus Veek. Se a primeira prova foi tranquila, Mas a segunda prova foi mais confusa e com mais incidentes. Oliver Askew assumiu a liderança com Thompson e Veekay logo a seguir, Robert Megennis que venceu a primeira corrida estava em 4º, Na primeira curva a Brasileira Bruna Tomaselli

recebeu um toque ao entrar na primeira curva e acabou com consequência disso abandonando a prova.
Os 4 primeiros se distanciavam dos demais em uma disputa pelo primeiro lugar e Thompson voltou a liderança da prova. Mas logo veio uma bandeira amarela e que juntou todo mundo provocada pelo piloto Andre Castro que sofreu um acidente na 5ªvolta.

Após a retirada do carro acidentado a relargada foi dada e Thompson passou do ponto na primeira curva e acabou perdendo a liderança para Oliver Askew, Já o piloto da Exclusive Autosport acabou perdendo várias posições. Rinus VeeKay assumiu o segundo lugar. Megennis e Kaylen Frederick da Team Pelfrey estavam em 3º e 4ºlugares respectivamente .

Na parte final da prova Rinus Veekay pressionado acaba errando e perdendo posição para Robert Megennis que acabou meia volta depois batendo na curva 10 com a roda traseira o que fez o piloto abandonar a corrida na 18ªVolta.

Mesmo com o acidente não tivemos bandeira amarela em toda a pista pois o carro não estava em ponto perigoso (Eu acho que deveria ter uma bandeira amarela em todo o circuito, Considerava aquele lugar um lugar que tinha algum potencial de perigo sim) No final da prova a vitória ficou com Oliver Askew que dominou a corrida desde de quando reassumiu a liderança. Rinus Veekay ficou em segundo lugar e Parker Thompson que largou da pole position se recuperou e acabou conquistando o pódio em 3ºlugar. Luke Gabin, Kaylen Frederick e Dakota Dickerson completaram as 6 primeiras posições. Lucas Kohl que largou em 9ºlugar ficou em 11ºlugar e Bruna Tomaselli que é a única piloto a disputar o campeonato na Nacional Class não completou a prova. A próxima etapa da USF acontece no Alabama nos dias 22 e 23 de Abril.

Resultado final da 2ªCorrida da USF 2000
86.132 mph – 21 Voltas

1 3 Oliver Askew (R) (Cape Motorsports) 30:32.6780
2 21 Rinus VeeKay (R) (Pabst Racing) a 1.2056
3 90 Parker Thompson (Exclusive Autosport) a 2.3376
4 91 Luke Gabin (Exclusive Autosport) a 2.6342
5 81 Kaylen Frederick (R) (Team Pelfrey) a 3.7514
6 36 Dakota Dickerson (Newman Wachs Racing) a 4.1598
7 7 Devin Wojcik (R) (ArmsUp Motorsports) a 6.2958
8 11 Kory Enders (R) (DEForce Racing) a 10.6152
9 38 Cameron Das (Newman Wachs Racing) a 10.8155
10 22 Calvin Ming (R) (Pabst Racing) a 13.0797
11 23 Lucas Kohl (Pabst Racing) a 13.8469
12 82 Ayla Agren (Team Pelfrey) a 14.3971
13 20 Chandler Horton (R) (RJB Motorsports) a 18.5136
14 27 Colin Kaminsky (R) (Kaminsky Racing) a 18.9143
15 34 Kris Wright (R) (John Cummiskey Racing) a 21.7216
16 92 Dev Gore (R) (Exclusive Autosport) a 40.6488
17 2 Ricky Donison (R) (Cape Motorsports) a 53.6367
18 12 Moises de la Vara (R) (DEForce Racing) a 1 Volta
19 80 Robert Megennis (Team Pelfrey) a 4 Voltas
20 37 Andre Castro (R) (Newman Wachs Racing) a 17 Voltas
21 8 Bruna Tomaselli* (R) (ArmsUp Motorsports) a 20 Voltas

 

* Bruna Tomaselli corre na National Class com um Chassis da Van Diemen. Todos os outros pilotos usam Tatuus

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: USF 2000

Automobilismo Internacional Automobilismo Norte-americano Formula indy Fotos IndyCar 2017

Bourdais sai do último lugar e conquista a vitória na Abertura da Temporada da Indy 2017

Published by:

Sebastian Bourdais que não tinha muitas pretensões na abertura da temporada, Ainda mais pelo grid de largada aonde ele saiu do último lugar. Só que estamos na Formula Indy e valeu a máxima de tudo pode acontecer e o piloto da Dale Coyne teve a sorte de ter bandeiras amarelas na hora certa e também o conjunto piloto e carro o Francês reverteu totalmente essa situação e conquistou a vitória em cima das poderosas Penske e Chip Ganassi.

Logo na largada tivemos confusão. Além da belíssima largada de James Hinchcliffe pulando de 3º para o primeiro lugar tivemos o piloto Graham Rahal que na segunda curva espremeu a Charlie Kimball o que fez o filho de Bobby Rahal rodasse, Na curva seguinte acabaram indo para o muro o Colombiano Carlos Muñoz e o Charlie Kimball que posso considerar que a batida foi em consequência da espremida que o piloto da Chip Ganassi sofreu. Tanto é que ele teve sua suspensão danificada (não sei se foi na espremida ou na batida)

Bandeira amarela acionada e tiveram pilotos que tiveram que ir aos boxes para consertarem danos em seus carros como o Brasileiro Hélio Castroneves e o Norte-Americano Ryan Hunter-Reay. Na volta 6 tivemos a relargada e dois pilotos chamavam a atenção além do Hinchcliffe que começou a abrir diferença para Dixon que estava em 2ºlugar Tivemos o Norte-americano Spencer Pigot que vinha subindo de maneira impressionante na classificação e do francês Sebastien Bourdais que já subiu para o 12ºlugar ganhando 9 posições na largada.

Will Power foi para os boxes na 14ªVolta para trocar sua tática, Mas acabou passando por cima da Mangueira (Que não é culpa do piloto e sim da equipe que não tira a mangueira na frente do carro dele) e com isso o Australiano recebeu punição de passar pelos boxes o que prejudicou sua corrida. A partir da 20ªvolta Hinchcliffe começou a perder rendimento assim como o Brasileiro Tony Kannan que perdeu posições para Newgarden, Pigot e Rossi. Hunter-Reay, Aleshin, Bourdais e Daly nesse meio tempo pararam nos boxes. Tony Kannan parou junto de Andretti e Newgarden e acabou ficando atrás de todos eles depois da 1ª parada e com os pneus frios tentou evitar a ultrapassagem do Mikhall Aleshin e acabou tocando no carro do Russo danificando a Asa dianteira. Pior ficou mesmo para Kannan que teve parte de sua asa traseira bem danificada, Os detritos da pista acionaram a bandeira amarela em toda a pista.

Com isso a corrida mudaria e todos os pilotos que já tinham parado nos boxes se beneficiaram e os líderes tiveram de ir para a parada em bandeira amarela o que ainda poderia ser bom para eles se lá na frente os pilotos que fizeram uma parada mais cedo precisassem de mais uma parada. Com isso tudo a liderança passou a ser de Simon Pagenaud com Sebastian Bourdais em segundo, Marco Andretti em 3º e Ed Jones em 4º. Spencer Pigot com problemas ficou nos boxes por muito tempo comprometendo a sua corrida.

Relargada na volta 31 e Dixon acabou passando reto e perdendo várias posições, Hunter-Reay e Carlos Muñoz deram um pequeno shock entre eles sem consequências mais graves para nenhum dos dois. Na Volta seguinte Ed Jones deu uma passada em Marco Andretti tomando o terceiro lugar o estreante da Dale Coyne que tinha seus 2 pilotos entre os 3 primeiros colocados.

Sebastien Bourdais na 37ªVolta ultrapassou o campeão Simon Pagenaud e assumiu a liderança da corrida e começou a abrir diferença para o piloto da Penske, Já Carlos Muñoz com a roda torta teve de ir para os boxes. Uma estreia na A.J.Foyt para se esquecer sem dúvida.

Bourdais tinha já 2 segundos de frente para Pagenaud que tinha mais de 8 segundos de frente para Jones e depois mais juntos estavam Andretti, Castroneves e Power que foi para a segunda parada na 47ªVolta.

Scott Dixon e Tony Kannan pararam na volta 49, Chilton parou na volta 50, Todos pilotos da Chip Ganassi. A partir dessas voltas começaram os pilotos a fazerem a segunda rodada de paradas nos boxes Castroneves na volta 52, Hinchcliffe, Andretti e Newgarden na volta 53. Os líderes Sebastien Bourdais e Simon Pagenaud na volta 54 disputando a 1ªposição. E quebrando até uma lógica de estrutura de equipes o piloto da Daly Coyne voltou na frente de Pagenaud.

Takuma Sato passou a liderança por 3 voltas até a sua parada na volta 57 para a 58. Bourdais voltou ao 1ºlugar com Pagenaud em 2º, Power em 3º, Sato em 4º, Jones em 5º, Andretti em 6º e Castroneves em 7º.

O piloto francês da Dale Coyne não tomou conhecimento e sentou o pé volta após volta abrindo cada vez mais frente sobre Pagenaud colocando quase 7 segundos a frente do piloto da Penske. Já Power em busca de fazer apenas mais uma parada na corrida sofrendo pressão do Japonês Takuma Sato que estava fazendo um belíssimo final de semana.

A corrida acabou dando uma parada até que na 77ªVolta com a parada do Norte-Americano Ryan Hunter-Reay que abriu a última rodada de parada nos boxes assim como Max Chilton que também foi parar nessa volta. Power foi para a sua parada na volta 78 deixando em dúvida se o Australiano campeão de 2014 conseguiria completar a corrida com esse tanque apenas. A partir da 80ªVolta os pilotos que fizessem a parada iriam ficar mais tranqüilos em relação a combustível já que teriam tanque para terminar a corrida. Foi o caso do Dixon e Aleshin na volta 81. Andretti, Hinchcliffe e Castroneves na volta 82.

Bourdais parou na volta 83 deixando a liderança para Pagenaud que fez sua parada na volta 84. Já Takuma Sato acabou perdendo tempo nos boxes com um dos mecânicos que errou ao não trocar um dos pneus. Foi um erro que custou uma possível briga pelo pódio para o piloto da Andretti.

Pagenaud resolveu acelerar tudo que podia para se aproximar de Bourdais na parte final da corrida. Nessa primeira parte do final de prova ele conseguiu reduzir essa distância para menos de 2 segundos. Até que chegaram os retardatários e nisso o piloto da Dale Coyne foi bem mais feliz passando de maneira mais rápida do que Pagenaud que acabava por demorar um pouco mais nas ultrapassagens. Scott Dixon passou Power tomando o terceiro lugar do piloto da Penske que começou a perder rendimento do seu carro perdendo posições e na parte final se envolveu de forma negativa para seu companheiro Pagenaud (Não de forma intencional) que em uma volta foi 2 segundos mais lento que Bourdais. A 7 Voltas do final Bourdais abriu 5 segundos de diferença para Pagenaud que já não poderia fazer mais nada para buscar a vitória.

Sebastian Bourdais conquistou uma vitória que vai ser lembrada como uma das mais impressionantes vitórias largando do último lugar. Foi a 37ªVitória da carreira do piloto da Dale Coyne que trabalhou muito bem nessa corrida com seus dois pilotos. Simon Pagenaud terminou em 2ºlugar e o pódio foi completado por Scott Dixon com o carro da Chip Ganassi.

Takuma Sato começou muito bem na Andretti sendo o melhor piloto da equipe o final de semana inteiro ficando em 4ºlugar na frente de Ryan Hunter-Reay e Hélio Castroneves que fizeram boas corridas de recuperação completando os 6 primeiros colocados.

Marco Andretti ficou em 7ºlugar, Josef Newgarden em sua estreia na Penske teve uma classificação bastante modesta com o 8ºlugar. James Hinchcliffe que dominou no começo da corrida acabou não conseguindo ter o mesmo desempenho durante a corrida ficando em 9ºlugar e Ed Jones que é o estreante do ano completou os 10 primeiros colocados numa exibição bastante digna do piloto dos EAU.

Tony Kannan fez uma corrida fraca e que em nenhum momento conseguiu esboçar reação nenhuma ficando em 12ºlugar. Daqui a 4 semanas teremos a segunda etapa da Formula Indy nas ruas de Long Beach. Até lá a Dale Coyne tem uma situação inédita em sua história: liderar um campeonato coisa que jamais conseguiu fazer na sua história.

Resultado final da primeira Etapa do Mundial de Formula Indy
St.Petersburg – 110 Voltas

Piloto Equipe Motor Tempo/Diferença Grid
1. Sebastian Bourdais 18 Dale Coyne Honda 2:04:32.4153 21
2. Simon Pagenaud 1 Penske Chevrolet a 10.3508 14
3. Scott Dixon 9 Chip Ganassi Honda a 27.4985 2
4. Ryan Hunter-Reay 28 Andretti Honda a 36.1147 12
5. Takuma Sato 26 Andretti Honda a 36.1675 5
6. Hélio Castroneves 3 Penske Chevrolet a 42.0285 16
7. Marco Andretti 27 Andretti Honda a 49.5217 15
8. Josef Newgarden 2 Penske Chevrolet a 50.0443 4
9. James Hinchcliffe 5 Schmidt Peterson Honda a 58.8628 3
10. Ed Jones 19 Dale Coyne Honda a 1:01.8611 18
11. Alexander Rossi 98 Herta Honda a 1 Volta 8
12. Tony Kannan 10 Chip Ganassi Honda a 1 Volta 6
13. J.R.Hildebrand 21 Ed Carpenter Chevrolet a 1 Volta 19
14. Mikhail Aleshin 7 Schmidt Peterson Honda a 1 Volta 17
15. Conor Daly 4 A.J.Foyt Chevrolet a 1 Volta 20
16. Max Chilton 8 Chip Ganassi Honda a 1 Volta 7
17. Graham Rahal 15 Rahal Honda a 2 Voltas 10
18. Charlie Kimball 83 Chip Ganassi Honda a 5 Voltas 9
19. Will Power 12 Penske Chevrolet a 11 Voltas – Mecânico 1
20. Spencer Pigot 20 Ed Carpenter Chevrolet a 39 Voltas – Mecânico 13
21. Carlos Muñoz 14 A.J.Foyt Chevrolet a 78 Voltas – Mecânico 11

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: IndyCar / lastlapinsider

Automobilismo Internacional Automobilismo Norte-americano Formula indy Fotos IndyCar 2017

Formula Indy – Power conquista pole em St.Petersburg superando domínio da Honda em classificação

Published by:

Will Power acabou quebrando as pernas do favoritismo da Honda conquistando a pole na primeira etapa do Mundial de Formula Indy. Em uma única volta na parte final do treino o Australiano deu o tiro certeiro para superar Scott Dixon.

Power na primeira parte do treino entrou no Grupo 1 que foi menos tumultuado do que o 2ºgrupo, Sem acidentes acabaram classificando além de Power, Os pilotos Charlie Kimball, James Hinchcliffe, Max Chilton que a 1 minuto e meio do final chegou a liderar o Treino, Carlos Muñoz que estreia muito bem com o carro da A.J.Foyt e Ryan Hunter-Reay pegando a última vaga para a Andretti Autosport. Destaque negativo para a equipe de Ed Carpenter que teve seus dois pilotos fora do Q2 e de Marco Andretti que ficou em 8ºlugar.

Resultado do Grupo 1

12 Will Power – Penske-Chevrolet 1:01:0506
83 Charlie Kimball – Chip Ganassi-Honda 1:01:1823
5 James Hinchcliffe – Schmidt Peterson-Honda 1:01:2237
8 Max Chilton – Chip Ganassi-Honda 1:01:3032
14 Carlos Muñoz – A.J.Foyt-Chevrolet 1:01:5238
28 Ryan Hunter-Reay – Andretti-Honda 1:01:5416
20 Spencer Pigot – Ed Carpenter-Chevrolet 1:01:5898
27 Marco Andretti – Andretti-Honda 1:01:6070
7 Mikhall Aleshin – Schmidt Peterson-Honda 1:01:7674
21 JR Hildebrand – Ed Carpenter-Chevrolet 1:01:8465

No 2ºGrupo já teve confusão com a batida do francês Sebastien Bourdais que acabou ficando de fora do Treino e com o último lugar do grid assegurado. Isso prejudicou muito os pilotos já que na Indy a regressiva do tempo na classificação não para que acabaram tendo pouco tempo para dar uma volta rápida para a classificação.

Nessa história sobrou para o campeão de 2016 Simon Pagenaud e para o Brasileiro Hélio Castroneves que ficaram de fora do Q2. Scott Dixon foi o mais rápido com o tempo conquistado no final que acabou sendo o melhor tempo ate aquele momento. Junto de Dixon foram para o Q2 Josef Newgarden estreando na Penske, Takuma Sato na Andretti Green ambos andando muito bem com melhores equipamentos. Tony Kannan, Alexander Rossi e Graham Rahal na bacia das almas.

Resultado do Grupo 2

9 Scott Dixon – Chip Ganassi-Honda 1:00.9602
2 Josef Newgarden – Penske-Chevrolet 1:01:1110
26 Takuma Sato – Andretti-Honda 1:01:3775
10 Tony Kannan – Chip Ganassi-Honda 1:01:5067
98 Alexander Rossi – Andretti Herta-Honda 1:01:5347
15 Graham Rahal – Rahal Lettermann-Honda 1:01:5874
1 Simon Pagenaud – Penske-Chevrolet 1:01:6129
3 Hélio Castroneves – Pènske-Chevrolet 1:01:7159
19 Ed Jones – Dale Coyne-Honda 1:01:7598
4 Conor Daly – A.J.Foyt-Chevrolet 1:02:2030
18 Sebastien Bourdais – Dale Coyne-Honda Sem tempo

Na segunda parte do treino o domínio da Honda era impressionante com 9 pilotos entre os 12 participantes. Apenas Power, Newgarden e Muñoz estavam com os motores Chevrolet. A Ganassi colocou todos os seus 4 pilotos entre os 12 primeiros colocados. Na primeira metade do Treino a classificação chegou a ter o Vencedor da Indy 500 Alexander Rossi na liderança com Newgarden e Power logo a seguir. Hunter-Reay por sua vez tinha detritos no seu kit aerodinâmico e teve de ir para os boxes.

Kimball a menos de 4 minutos do final passou a liderança da classificação, No final do Treino Tony Kannan subiu da 10ªposição para a liderança, Mas acabou sendo superado por Sato e Dixon que arrancou o melhor tempo no final do treino. Classificaram para a parte final do Treino os pilotos Scott Dixon, James Hinchcliffe, Josef Newgarden, Takuma Sato, Will Power e Tony Kannan passando em 6ºlugar.

Classificação do Q2:

9 Scott Dixon – Chip Ganassi-Honda 1:00:9293
5 James Hinchcliffe – Schmidt Peterson-Honda 1:01:1891
2 Josef Newgarden – Penske-Chevrolet 1:01:1915
26 Takuma Sato – Andretti-Honda 1:01:2691
12 Will Power – Penske-Chevrolet 1:01:3176
10 Tony Kannan – Chip Ganassi-Honda 1:01:3211
8 Max Chilton – Chip Ganassi-Honda 1:01:3516
98 Alexander Rossi – Andretti Herta-Honda 1:01:5198
83 Charlie Kimball – Chip Ganassi-Honda 1:01:6066
15 Graham Rahal – Rahal Lettermann-Honda 1:01:6181
14 Carlos Muñoz – A.J.Foyt-Chevrolet 1:01:7399
28 Ryan Hunter-Reay – Andretti-Honda 1:03.1588

Na parte final todos os pilotos ficaram nos boxes até 2 minutos antes do final da classificação até que todos os pilotos foram para a pista resolver em uma única volta a classificação. Nessa volta única o piloto Australiano Will Power superou o domínio da Honda e da Chip Ganassi levando a pole com o tempo de 1:01:0640 superando Scott Dixon que fez 1:01:2219 e vai dividir a primeira fila com o piloto da Penske.

James Hinchcliffe leva o carro da Schmidt a abrir a 2ªFila com 1:01:3030. ao seu lado o norte-americano Josef Newgarden que não sentiu a pressão de estrear na Penske pelo menos nessa primeira prova de fogo que foi esse treino de hoje. Completando os 6 primeiros colocados largam Takuma Sato com o carro da Andretti e Tony Kannan com o Carro da Chip Ganassi.

Amanhã as 1 e meia da Tarde a largada da primeira etapa da Formula Indy no Circuito de St.Petersburg nos Estados Unidos.

Grid de largada:

1    Will Power    Team Penske    – Chevrolet 1:01:0640
2    Scott Dixon    Chip Ganassi Racing    – Honda 1:01:2219
3    James Hinchcliffe    Schmidt Peterson Motorsports    – Honda 1:01:3039
4    Josef Newgarden    Team Penske    – Chevrolet 1:01:7229
5    Takuma Sato    Andretti Autosport    – Honda 1:01:9851
6    Tony Kanaan    Chip Ganassi Racing    – Honda 1:02:0824
———————————————————————————–
7    Max Chilton    Chip Ganassi Racing    – Honda
8    Alexander Rossi    Andretti Herta    – Honda
9    Charlie Kimball    Chip Ganassi Racing    – Honda
10    Graham Rahal    Rahal Letterman Lanigan    – Honda
11    Carlos Munoz    AJ Foyt Enterprises    – Chevrolet
12    Ryan Hunter-Reay    Andretti Autosport    – Honda
———————————————————————————–
13    Spencer Pigot    Ed Carpenter Racing    – Chevrolet
14    Simon Pagenaud    Team Penske    – Chevrolet
15    Marco Andretti    Andretti Autosport    – Honda
16    Helio Castroneves    Team Penske    – Chevrolet
17    Mikhail Aleshin    Schmidt Peterson Motorsports    – Honda
18    Ed Jones    Dale Coyne Racing    – Honda
19    J.R. Hildebrand    Ed Carpenter Racing    – Chevrolet
20    Conor Daly    AJ Foyt Enterprises    – Chevrolet
21    Sebastien Bourdais    Dale Coyne Racing    – Honda

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: IndyCar

Automobilismo Internacional Formula 3.5 Fotos

Formula V8 3.5 – Decisão em Barcelona – Tom Dillmann conquista o campeonato

Published by:

Classificação do Campeonato após 16 corridas:

1. Louis Delétraz (Fortec) 200
2. Tom Dillmann (AVF) 197
3. Matthieu Vaxiviere (SMP Racing) 175
4. Aurélien Panis (Arden) 171
5. Roy Nissany (Lotus) 169
6. Egor Orudzhev (Arden) 166
7. René Binder (Lotus) 153
8. Yu Kanamaru (Ted Martin) 80
9. Alfonso Celis jr. (AVF) 57
10. Matevos Isaakyan (SMP Racing) 50

Grid de largada da 17ªCorrida da Temporada 2016 – Formula v8 3.5
Barcelona

1 Tom Dillmann (AVF) 1’44.909
2 Matthieu Vaxiviere (SMP Racing) 1’44.934
3 Jack Aitken (RP Motorsport) 1’46.350
4 Louis Deletraz (Fortec) 1’46.404
5 Egor Orudzhev (Arden) 1’47.452
6 Matevos Isaakyan (SMP Racing) 1’47.658
7 Aurelien Panis (Arden) 1’48.375
8 Pietro Fittipaldi (Fortec) 1’48.377
9 Jack Aitken (RP Motorsport) 1’48.843
10 Yu Kanamaru (Ted Martin) 1’48.844
11 Tom Randle (Comtec) 1’49.407
12 Rene Binder (Lotus) 1’51.667
13 Beitske Visser (Ted Martin) 1’51.812
14 Roy Nissany (Lotus) 1’52.317
15 Giuseppe Cipriani (Durango) Sem Tempo
16 Alfonso Celis (AVF) Sem Tempo

f35_barcelona_2016-2

Na primeira tentativa de parada o Australiano Jack Aikten não conseguiu largar e com isso uma nova volta de apresentação foi dada e 2 minutos a menos no tempo de corrida.
Na largada da penúltima corrida da temporada mais uma vez Orudzhev largou brilhantemente e subiu de novo de 5º para o primeiro lugar em uma largada incrível com Dillmann em segundo lugar e Vaxiviere em 3º deixando Delétraz em 4ºlugar e depois vinham Panis, Isaakyan, Fittipaldi e Baptista nas 8 primeiras posições (Essa posição entre os brasileiros foi invertida favorecendo Baptisya), Já a corrida acabou cedo para Celis jr. que acabou batendo nas primeiras curvas da 1ªVolta.

Na segunda volta Roy Nissany conseguiu passar Fittipaldi, Mas também passou reto e acabou perdendo essa posição que poderia ter conseguindo. O piloto Orudzhev que estava fazendo um final de campeonato muito forte abria distância para Dillmann que tinha uma distância boa para Vaxiviere que acabou segundo ultrapassado pelo Delétraz que tomou o 3ºlugar. Seria o começo do Calvário do piloto Francês da SMP Racing, Já para René Binder a corrida terminava na volta 4 o que o eliminou da disputa pelo título.

Delétraz era o líder do campeonato queria evitar que Dillmann voltasse a ter forças para disputar o campeonato e partiu para cima do piloto da AVF fazendo a melhor volta da corrida. Em outra ponta Vaxiviere perdia desempenho e começava a segurar ao francês Aurélien Panis que precisava passar logo se ele quisesse ainda ter alguma chance de ser o campeonato assim como o Israelita Roy Nissany que estava em 9ºlugar precisava reagir. Já Orudzhev com os resultados iria para a prova final com chances de título ainda.

Faltando 26 minutos e meio de corrida Aurélien Panis por fora no final da reta principal conseguiu uma bela ultrapassagem sobre Vaxiviere subindo para o 4ºlugar e ele iria embora deixando o piloto da SMP Racing ser engolido pelo companheiro de equipe Isaakyan. Já Louis Delétraz foi para cima de Tom Dillmann. Era a disputa do campeonato de forma direta, Sé Dillmann ficasse na frente o campeonato iria ficar empatado, Se Delétraz passasse iria abrir a vantagem para 6 pontos na frente de Dillmann que se defendia de toda a maneira.

Com 23 minutos de corrida Vaxiviere já tinha perdido posição para Isaakyan e já estava pressionado pelos dois Brasileiros sendo Vitor Baptista na frente de Pietro Fittipaldi. com 11 voltas completadas e metade da corrida concluída a classificação era essa: 1. Orudzhev – 2. Dillmann (a 4.528) – 3. Delétraz (a 5.124) – 4. Panis (a 8.599),5. Isaakyan (a 10.036), 6. Vaxiviere (a 16.785) 7. Baptista (a 17.217), 8. Fittipaldi (a 17.865), 9. Kanamaru (a 28.628), 10. Bissany (a 19.159), 11. Visser (a 20.915), 12. Aitken (28.191), 13. Giuseppe Cipriani (a 47.378)

Dillmann sofria os ataques de Delétraz que buscava com tudo para passar o piloto da AVF, No Calvário de Vaxiviere Vitor Baptista já tinha passado o Francês que já sofria pressão de Fittipaldi, Kanamaru e Nissany pelo 7ºlugar e era incrível estava lento o francês visto que todos que passaram ele foram embora abrindo rapidamente dele.

f35_barcelona_2016

Pietro Fittipaldi passou Vaxiviere por fora e depois curvas depois Yu Kanamaru da Ted Martin também passou. Para o piloto da SMP Racing foi a gota d’Água, Acabou indo aos boxes e saindo da corrida e da disputa do campeonato na 16ªVolta. Roy Nissany também estava praticamente sem chances de disputar o título já que ele estava em 9ºlugar sendo pressionada pela Holandesa Beitske Visser quando faltava 12 minutos para o final da 17ªcorrida do ano. Dillmann continuava na 2ªposição com Delétraz perto dele que acabou indo definitivamente para disputar o 2ºlugar que poderia garantir definitivamente o campeonato para os 10 minutos finais.

A ultrapassagem aconteceu a minutos do final com uma grande manobra de Delétraz que foi por fora obrigando Dillmann a se preocupar em defender a posição e fez com o piloto da AVF perder a curva e com isso o piloto da Fortec passou para o segundo lugar abrindo mais 3 pontos de diferença e mesmo com o Russo vencendo Delétraz eliminaria Egor Orudzhev do campeonato que vinha para uma 5ªvitória mostrando a força dele para a temporada de 2017 aonde ele for correr. Já Dillmann precisava se preocupar com Aurélien Panis que estava virtualmente eliminado do campeonato pelo resultado de Delétraz a 5 minutos do final da corrida, Mas tinha alguma esperança de se colocar no pódio.

No final o Brasileiro Vitor Baptista deu uma escapada que não alterou a boa classificação dele na corrida. A Vitória ficou com o Russo Egor Orudzhev que levou a vitória pela 5ªVez no ano, Com Louis Delétraz em 2ºlugar superando a Tom Dillmann que segurou no final o Francês Aurélien Panis que levou a Arden a 4ªposição. Matevos Isaakyan, Vitor Baptista que teve uma boa corrida, Pietro Fittipaldi, Yu Kanamaru, Roy Nissany e Beitske Visser completaram a zona de pontuação. Na corrida final no domingo somente Delétraz e Dillmann estavam disputando o campeonato. Separados por 6 pontos de diferença os dependiam apenas de si para serem campeões.

f35_barcelona_2016-6

Resultado final da 17ªEtapa da Formula v8 3.5
Barcelona – Espanha

1 Egor Orudzhev (Arden) 39:40.100 – 25 Voltas
2 Louis Deletraz (Fortec) a 9.891
3 Tom Dillmann (AVF) a 12.240
4 Aurelien Panis (Arden) a 13.422
5 Matevos Isaakyan (SMP Racing) a 22.646
6 Jack Aitken (RP Motorsport) a 26.592
7 Pietro Fittipaldi (Fortec) a 31.454
8 Yu Kanamaru (Ted Martin) a 32.139
9 Roy Nissany (Lotus) a 35.321
10 Beitske Visser (Ted Martin) a 37.188
11 Jack Aitken (RP Motorsport) a 1:23.722
12 Giuseppe Cipriani (Durango) a 1 Volta
Matthieu Vaxiviere (SMP Racing) a 10 Voltas
Tom Randle (Comtec) a 18 Voltas
Rene Binder (Lotus) a 22 Voltas
Alfonso Celis (AVF) a 25 Voltas
Louis Delétraz 1:34.359 – melhor Volta da prova

Classificação do Campeonato após 17 Corridas:

1. Louis Delétraz (Fortec) 218
2. Tom Dillmann (AVF) 212
3. Egor Orudzhev (Arden) 191
4. Aurélien Panis (Arden) 183
5. Matthieu Vaxiviere (SMP Racing) 175
6. Roy Nissany (Lotus) 171
7. Rene Binder (Lotus) 153
8. Yu Kanamaru (Ted Martin) 84
9. Matevos Isaakyan (SMP Racing) 60
10. Alfonso Celis jr. (AVF) 55

Grid de largada da 18ªCorrida da Temporada 2016 – Formula v8 3.5
Barcelona

1 Louis Deletraz (Fortec) 1’31.953
2 Matevos Isaakyan (SMP Racing) 1’32.047
3 Jack Aitken (RP Motorsport) 1’32.064
4 Roy Nissany (Lotus) 1’32.135
5 Pietro Fittipaldi (Fortec) 1’32.152
6 Rene Binder (Lotus) 1’32.250
7 Tom Dillmann (AVF) 1’32.398
8 Matthieu Vaxiviere (SMP Racing) 1’32.561
9 Aurelien Panis (Arden) 1’32.674
10 Egor Orudzhev (Arden) 1’32.699
11 Beitske Visser (Ted Martin) 1’32.979
12 Alfonso Celis (AVF) 1’33.318
13 Jack Aitken (RP Motorsport) 1’33.558
14 Giuseppe Cipriani (Durango) 1’37.757
15 Tom Randle (Comtec) Sem Tempo
16 Yu Kanamaru (Ted Martin) Sem Tempo

Última Largada da temporada 2016 começou com a primeira largada abortada. O vencedor da primeira corrida Orudzhev acabou com problemas na hora da largada e com isso uma nova volta de apresentação foi dada diminuindo a corrida para 38 minutos e mais uma volta.

Na largada que valeu acabou largando melhor Isaakyan que assumiu a liderança com Nissany, Fittipaldi, Dillmann e Pietro Fittipaldi nas 5 primeiras posições, Já o suíço Delétraz largou muito mal e caiu para o 6ºlugar.

Na segunda volta em tentativa de Panis para passa Celis jr e acabaram de chocando com o Mexicano levando a pior ficando lá atrás, Com isso os pilotos lá atrás se aproximaram do piloto da Campeã Arden. Com essa pressão toda o filho de Olivier Panis acabou indo para os boxes consertar sua asa dianteira, obrigatória. Tom Dillmann partiu para o ataque em cima de Delétraz na disputa pelo 4ºlugar já que Pietro Fittipaldi passou ao 3ºlugar na frente de Delétraz e Dillmann que na pista ele efetuou na pista. Era a disputa do campeonato essa entre os dois. Enquanto isso Orudzhev tentar se recuperar na corrida. nada vez com essas história o piloto Russo Matevos Isaakyan e o Israelita da Lotus checa disputavam a liderança com o Roy atacando ao jovem que estava em sua primeira temporada na categoria.

f35_barcelona_2016-7

Na 4Volta Yu Kanamaru vai para os boxes com o carro da Equipe Ted Martin para ai sim fazer a parada obrigatória nos boxes. Os comissários da prova estavam julgando o Panis tentando passar Celis jr. Ao meu modo de entender algo que foi de corrida mesmo. Na entrada da volta 6 Louis Delétraz vai para a parada enquanto Dillmann ficava na pista assumindo o 4ºlugar. Dillmann fez a parada e voltou a frente Delétraz. 22 minutos para o final o líder Isaakyan da SMP Racing foi para os boxes deixando Nissany da Lotus checa na frente, 20 minutos para o final Roy Nissany foi para os boxes.

Thomas Randle que vinha em 1ºlugar com o carro da Comtec segurava a pressão do piloto da AVF que começava a ver sua situação melhor para a uma decisão do campeonato, Volta depois ele foi para os boxe a menos de 17 minutos do fim do campeonato assim como Celis jr. que foi punido com 10 segundos acrescidos no tempo final de corrida, a prova dele já tinha ido para o saco mesmo já que ele estava entre os últimos colocados da prova.

Faltando 15 minutos para o finala da prova a classificação estava assim: Dillmann – Nissany – Pietro Fittipaldi – Delétraz – Isaakyan – Binder – Vaxiviere – Orudzhev – Visser – Kanamaru – Aitken – Panis – Randle – Celis jr. – Cipriani – Baptista (Abandonou)

Com os resultados Dillmann era o campeonato, Mas com 15 minutos pela frente tudo poderia mudar como acabou mudando do grid de largada para o momento que estava a corrida naquele momento. Delétraz em 4º tinha que voar para passar Fittipaldi, Nissany e Dillmann para assegurar o campeonato o que era muito difícil ainda mais do que Isaakyan estava na sua cola no na disputa pelo 4ºlugar. Já o francês Matthieu Vaxiviere abandonou a corrida com problemas no seu carro da SMP Racing encerrando o seu ano de forma melancólica.

f35_barcelona_2016-3

com Delétraz longe da briga pela liderança ele precisava torcer para Nissany passasse Dillmann para ter a possibilidade de ser o campeão. E o piloto da Lotus checa vinha tirando a diferença que tinha para Dillmann e tinha tempo para um ataque decisivo a 10 minutos do final da prova. Panis foi punido com 20 segundos de acréscimo no tempo final de prova. Enquanto que Visser, Kanamaru e Aikten brigavam pelos últimos lugares na zona de pontuação. Já Tom Dillmann conseguia manter a diferença para Nissany restando 3 minutos para o final da última bateria do campeonato. Enquanto que Delétraz não conseguia sair do 4ºlugar e se quer se livrar de Isaakyan que continuava perto do piloto da Fortec.

Tom Dillmann segurou a 1ªposição até o final e com 1.4 segundos de diferença para Roy Nissany o piloto de 27 anos da equipe AVF conquistou a vitória e também levou o título da temporada 2016 da Formula V8 3.5! Seu adversário Louis Delétraz ficou mesmo em 4ºlugar atrás de Pietro Fittipaldi que conquistou o pódio na ultima etapa do campeonato fechando o ano em 10ºlugar no campeonato de pilotos. Isaakyan, Binder, Orudzhev que fez a melhor volta da corrida, Visser, Aitken e Kanamaru completaram os 10 primeiros colocados.

f35_barcelona_2016-4

Resultado final da última Etapa da Formula v8 3.5
Barcelona – Espanha

1 Tom Dillmann (AVF) a 39:47.303 – 25 Voltas
2 Roy Nissany (Lotus) a 1.405
3 Pietro Fittipaldi (Fortec) a 10.434
4 Louis Deletraz (Fortec) a 12.489
5 Matevos Isaakyan (SMP Racing) a 12.998
6 Rene Binder (Lotus) a 14.055
7 Egor Orudzhev (Arden) a 16.262
8 Beitske Visser (Ted Martin) a 39.609
9 Jack Aitken (RP Motorsport) a 41.250
10 Yu Kanamaru (Ted Martin) a 41.923
11 Tom Randle (Comtec) a 50.593
12 Aurelien Panis (Arden) a 1:02.624
13 Alfonso Celis (AVF) a 1:03.024
14 Giuseppe Cipriani (Durango) a 1 Volta
Matthieu Vaxiviere (SMP Racing) a 10 Voltas
Jack Aitken (RP Motorsport) a 22 Voltas
1:33.239 – Egor Orudzhev – melhor volta da prova

Classificação final da Formula V8 – 3.5

1 Tom Dillmann 237
2 Louis Delétraz 230
3 Egor Orudzhev 193
4 Roy Nissany 189
5 Aurélien Panis 183
6 Matthieu Vaxivière 175
7 René Binder 161
8 Yu Kanamaru 85
9 Matevos Isaakyan 70
10 Pietro Fittipaldi 60
11 Alfonso Celis Jr. 55
12 Vitor Baptista 51
13 Beitske Visser 50
14 Johnny Cecotto Jr. 43
15 Jack Aitken 14
16 William Buller 7
17 Giuseppe Cipriani 6
18 Marco Bonanomi 3
19 Artur Janosz 2
20 Thomas Randle 0

Classificação das equipes:

1 Arden Motorsport 380
2 Lotus 348
3 AVF 292
4 Fortec Motorsports 290
5 SMP Racing 245
6 Teo Martín Motorsport 135
7 RP Motorsport 120
8 Durango Racing Team 6
9 Comtec Racing 0

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Motorsport.com

Automobilismo Internacional Formula 3.5 Fotos

Formula V8 3.5 em Jerez – Russos dominam na Espanha e Delétraz toma a liderança do campeonato

Published by:

Essa prova foi realizada nos dias 29 e 30 de Outubro

Grid de largada da 15ªCorrida da Temporada 2016
Formula v8 3.5 – Jerez

1    Jack Aitken (RP Motorsport)    1’26.978
2    Matevos Isaakyan (SMP Racing)    1’27.175
3    Matthieu Vaxiviere (SMP Racing)    1’27.611
4    Louis Deletraz (Fortec)    1’27.708
5    Egor Orudzhev (Arden)    1’27.742
6    Yu Kanamaru (Ted Martin)    1’27.862
7    Tom Dillmann (AVF)    1’27.869
8    Rene Binder (Lotus)    1’27.967
9    Aurelien Panis (Arden)    1’28.070
10    Beitske Visser (Ted Martin)    1’28.279
11    Vitor Baptista (RP Motorsport)    1’28.511
12    Pietro Fittipaldi (Fortec)    1’28.630
13    Roy Nissany (Lotus)    1’28.635
14    Tom Randle (Comtec)    1’28.636
15    Alfonso Celis (AVF)    1’28.880
16    Giuseppe Cipriani (Durango)    1’30.309

jerez_f35_2016

Na largada tivemos Aitken largando pessimamente mal e com isso os dois pilotos da SMP Racing com Vaxiviere na frente dom Isaakyan em 2º, Orudzhev em terceiro e Tom Dillmann passando Delétraz e assumindo o 4ºlugar. Binder em 6º segurava os ataques de Aurélien Panis. Jack Aitken caiu para o 14ºlugar.

Na segunda volta o piloto Tom Randle da Comtec que iria disputar as 2 últimas rodadas duplas acabou deixando a prova. Enquanto os dois pilotos da SMP Dominavam a corrida Binder era ultrapassado por Panis perdendo o 6ºlugar e estava em pouco tempo depois sendo pressionado por Yu Kanamaru. Já Tom Dillmann  tentava segurar o 4ºlugar da pressão que estava tendo sobre Louis Delétraz. Era uma briga do campeonato entre AVF e Fortec.

Maxiviere não conseguia abrir distância para Isaakyan e Orduzhev. Já no 10ºminuto de corrida Delétraz tentou na última curva uma tentativa ousada de ultrapassagem que acabou resultando em nada, Mas já estava evidente que o piloto suíço estava mais rápido do que o piloto Francês da AVF. Não era apenas disputa por posição e sim pelo campeonato e acabou chegando para briga o francês Panis da equipe Arden que tinha pretenções de ainda ser campeão.

Jerez não é uma pista que favoreça ultrapassagens por ser um circuito de mais curvas e mais técnico do que Red Bull Ring e Monza que são pista de alta velocidade. Classificação após 9 Voltas de prova: 1. Vaxiviere, 2. Isaakyan (a 1.536), 3.Orudzhev (a 2.150), 4. Dillmann (a 6.543), 5. Delétraz (a 7.190), 6. Panis (a 8.036), 7. Binder (10.530), 8. Kanamaru (a 11.110), 9. Visser (a 12.054), 10. Fittipaldi (a 15.653), 11. Celis jr. (a 17.710), 12. Nissany (a 18.306), 13.Aitken (a 18.605), 14. Baptista (a 19.276), 15. Cipriani (a 33.494)

Isaakyan estava sendo pressionado por Orudzhev que só pensava na vitória já que ele tinha chances remotas de campeonato pela sua pontuação. Já Alfonso Celis jr. que já estava fora da disputa a tempos deixou a corrida na 10ªVolta com problemas em seu carro.

jerez_f35_2016-2

E continuava a pressão de Delétraz em cima de Dillmann pelo 4ºlugar e pela diminuição da diferença entre ele e o piloto Francês em busca do título. Enquanto isso Isaakyan que já estava a quase 2 segundos atrás do companheiro de equipe Maxiviere ele era o alvo do arrojado Egor Orudzhev que buscava de todo o jeito a ultrapassagem isso faltando 17 minutos + 1 volta para o final da corrida.

Enquanto isso o Italiano Giuseppe Cipriani rodou e foi para a caixa de brita na 15ªVolta saindo da disputa aonde ele estava em 14ºlugar entre 14 pilotos. Na 17ªVolta Vaxiviere liderava com Isaakyan mais tranquilo em segundo abrindo uma pequena vantagem para Orudzhev, Enquanto que na mesma volta Delétraz passou Dillmann que retornou a 4ªposição dando o X no piloto da Fortec. Curvas depois Delétraz acabou tocando em Dillmann que saiu da pista e foi para na brita o que fez ele deixar a prova. A Direção de corrida acertadamente acionou o safety car pois a posição do carro da AVF do líder do campeonato trazia riscos para os pilotos.

jerez_f35_2016-1

A 9 minutos do final a corrida recomeça com Vaxiviere, Isaakyan, Orudzhev, Deletraz, Panis, Binder, Kanamaru, Visser, Fittipaldi e Nissany os 10 primeiro colocados. O piloto Israelita da Lotus checa ultrapassou na volta de retomada da corrida Pietro Fittipaldi por fora, No final da mesma volta Vaxiviere comete um erro ao passar pela brita após uma freada errada que ele da na chicane, O que faz ele perder posições para Isaakyan que assumiu a liderança, Orudzhev e também perdeu posição para Delétraz, Mas essa posição ele recuperou na curva seguinte.

Isaakyan da SMP Racing lidera a prova com seu compatriota Orudzhev em 2º e Vaxiviere que liderou praticamente toda a corrida estava agora em 3ºlugar tendo atrás dele Loris Delétraz que tinha a chance de diminuir drasticamente a diferença entre ele e Dillmann na classificação do campeonato. Já o Japonês Yu Kanamaru tinha que segurar o 7ºlugar dos ataques de sua companheira da equipe Ted Martin a Holandesa Beitske Visser a 3 minutos do final da corrida.

Orduzhev estava perto do inexperiente Isaakyan buscando uma ultrapassagem no final da corrida, Na volta final o piloto da equipe Arden encostou em Matevos que segurou a pressão até o final da prova e conquistou a primeira vitória dele na sua temporada de estreia na Formula v8 3.5. Uma dobradinha russa com Vaxiviere completando o pódio. Já Delétraz que terminou em 4ºlugar na corrida acabou levando 10 segundos de acréscimo no tempo final de corrida dele caindo para o 11ºlugar o que faria ele que assumiria a liderança do campeonato continuar com os seus 182 pontos e Dillmann continua na liderança com 193 pontos na liderança do campeonato.

jerez_f35_2016-3

Aurélien Panis herdou o 4ºlugar de Delétraz. Binder, Kanamaru, Visser, Nissany, Pietro e Vitor Baptista completaram a zona de pontuação. O pole position Jack Aitken foi desclassificado.

Resultado final da 15ªCorrida da Temporada 2016
Formula v8 3.5 – Jerez

1    Matevos Isaakyan (SMP Racing)    43:04.008 em 27 Voltas
2    Egor Orudzhev (Arden)    a 0.513
3    Matthieu Vaxiviere (SMP Racing)    a 5.100
4    Aurelien Panis (Arden)    a 8.252
5    Rene Binder (Lotus)    a  9.167
6    Yu Kanamaru (Ted Martin)    a 11.470
7    Beitske Visser (Ted Martin)    a 11.516
8    Roy Nissany (Lotus)    a 12.167
9    Pietro Fittipaldi (Fortec)    a 13.827
10    Vitor Baptista (RP Motorsport)    a 15.744
11    Louis Deletraz (Fortec)    a 17.048

Nao Terminaram a corrida/Desclassificado:

Jack Aitken (RP Motorsport)    Desclassificado
Tom Dillmann (AVF)    a 11 Voltas
Giuseppe Cipriani (Durango)    a 13 Voltas
Alfonso Celis (AVF)    a 18 Voltas
Tom Randle (Comtec)    a 26 Voltas
Melhor Volta da corrida: Matthieu Vaxiviere (SMP Racing) – 1:32.205

Grid de largada da 16ªCorrida da Temporada 2016
Formula v8 3.5 – Jerez

1    Louis Deletraz (Fortec)    1’26.943
2    Jack Aitken (RP Motorsport)    1’26.946
3    Matevos Isaakyan (SMP Racing)    1’27.045
4    Matthieu Vaxiviere (SMP Racing)    1’27.322
5    Egor Orudzhev (Arden)    1’27.424
6    Beitske Visser (Ted Martin)    1’27.621
7    Aurelien Panis (Arden)    1’27.680
8    Roy Nissany (Lotus)    1’27.803
9    Pietro Fittipaldi (Fortec)    1’27.811
10    Vitor Baptista (RP Motorsport)    1’27.917
11    Yu Kanamaru (Ted Martin)    1’27.971
12    Alfonso Celis (AVF)    1’28.074
13    Tom Dillmann (AVF)    1’28.236
14    Tom Randle (Comtec)    1’28.387
15    Rene Binder (Lotus)    1’30.032
16    Giuseppe Cipriani (Durango)    1’30.574

jerez_f35_2016-5

Na largada da antepenúltima corrida da temporada Mais uma vez Egor Orudzhev largou brilhantemente subindo de 5º para o primeiro lugar deixando Delétraz em 2º, Vaxiviere em 3º e Jack Aitken que largou de forma mais decente que na primeira corrida infinitamente. Já Nissany não conseguiu largar comprometendo a prova dele. A piloto Beitske Visser estava em bela corrida na 5ªposição.

Louis Delétraz na segunda volta tenta uma pressão em Orudzhev enquanto que Isaakyan que ganhou a primeira corrida em Jerez estava na pressão em cima de Pietro Fittipaldi em busca do 6ºlugar. Os dois primeiros estavam se distanciando de Vaxiviere e Aitken que disputavam o 3ºlugar, Já o Russo Matevos Isaakyan conseguiu passar Fittipaldi ganhando essa 6ªposição. Dava para ver que o piloto da Fortec estava com um carro com bem menos desempenho que os vários outros pilotos, Segurando Panis e iriam se ficasse nesse ritmo iria sem duvida iria todos ficarem atrás do Brasileiro.

A Sorte de Pietro é que Aurélien Panis na 5ªVolta acabou abandonando a corrida. Logo Pietro Fittipaldi na volta seguinte foi para os boxes cumprir a parada obrigatória junto de Tom Dillmann, Infelizmente o Brasileiro teve uma parada bem ruim que a Fortec realizou e isso prejudicou sua corrida. Na 7ªVolta o piloto da Arden Orudzhev vai para os boxes junto de Vaxiviere, Aitken e Celis jr. Deixando Delétraz na liderança, Uma tática arriscada que poderia consolidar a liderança ou fazer o piloto Suíço ganhar a prova. Em 2º vinha Beitske Visser da equipe Ted Martin. Isaakyan foi para os boxes a 28 Minutos do Final da Bateria. Além dos dois primeiros os pilotos Vitor Baptista e Rene Binder não tinham parado nos boxes até aquele momento.

jerez_f35_2016-6

Com 13 minutos de corrida a piloto Holandesa da Ted Martin foi para a parada nos boxes. Dos que fizeram a parada o Russo Orudzhev era o primeiro deles. Com 14 minutos e 20 segundos de prova o Brasileiro Vitor Baptista foi para os boxes.

Delétraz em primeiro lugar tentava andar rápido para voltar na frente de todos que tinham parado antes, Com 16 minutos o Suíço vai para os boxes fazer a parada, Mas depois da troca o piloto da Fortec acabou ficando atrás de Egor Orudzhev que conseguiu abrir uma vantagem razoavel para Delétraz e só nao era primeiro porque René Binder era o líder da corrida com a Lotus Checa. Certamente não disputaria a vitória, Pois estava muitissimo atrás antes das paradas nos boxes.

Na metade da corrida a classificação era Binder, Orudzhev, Delétraz, Vaxiviere, Aikten, Visser, Isaakyan, Dillmann, Celis jr. , Kanamaru, Baptista, Fittipaldi os 12 primeiros colocados. Depois vinham Randle, Nissany e Cipriani completando o os pilotos que estavam na corrida.

A 18 minutos do final Binder foi para os boxes finalmente cumprir sua parada obrigatória. A equipe Arden fez a melhor parada nos boxes para o Egor Orudzhev o que ajudou o russo a manter a liderança, Numa pista difícil como essa acaba com mais ou menos 2 segundos de diferença uma hora um pouco mais uma hora um pouco menos acaba que que somente um erro faria o piloto da equipe Arden perder a corrida. mais atrás Alfonso Celis jr. segurava Kanamaru e Vitor Baptista em 9ºlugar. Outra possível disputa de posição é de do estreante Jack Aikten segurando os ataques de Visser que estava em sua melhor corrida na temporada desse ano, Faltando 11 minutos de corrida.

Na parte final de corrida Delétraz diminuía a diferença para 1 segundo para Orudzhev buscando ameaçar a 1ªposição do piloto russo, Enquanto que Já em disputa Visser buscava passar Aitken disputando a 4ªposição e era a maior briga da corrida já que ainda não tínhamos Delétraz nos calcanhares de Orudzhev na ponta da corrida. Mas na parte final o Russo acabou pisando o pé e aumentou a diferença mostrando que o dia era dele e mesmo tendo que passar o Paydriver Giuseppe Cipriani a menos de 3 minutos do final o que atrapalhou o Russo acabou Orudzhev vencendo pela 4ªVez na temporada e com isso entrando na liderança do campeonato.

Louis Delétraz em 2ºlugar também iria comemorar com o resultado pois esse resultado dava a ele junto ao 8ºlugar de Tom Dillmann a liderança do campeonato com pontos contra os 197 do piloto da AVF que liderou o ano inteiro. O pódio foi completado pelo francês Matthieu Vaxiviere que repetiu a posição da primeira corrida, O Estreante Jack Aitken terminou a segunda corrida em belíssima 4ªposição segurando Beitske Visser que teve seu melhor resultado da temporada em 5ºlugar. Isaakyan que venceu a corrida do sábado, Rene Binder que fez um bom trabalho de Tática, Dillmann que perdeu a liderança do campeonato principalmente pelas duas últimas rodadas duplas ruins (Monza e Jerez), Celis jr. e Kanamaru completaram os 10 primeiros colocados.

Na corrida final da temporada de 2016 em Barcelona teríamos 7 pilotos com chances de campeonato.

Resultado final da 16ªCorrida da Temporada 2016
Formula V8 3.5 – Jerez

1    Egor Orudzhev (Arden)    42:07.482 em 27 Voltas
2    Louis Deletraz (Fortec)    a 2.019
3    Matthieu Vaxiviere (SMP Racing)    a 17.876
4    Jack Aitken (RP Motorsport)    a 20.306
5    Beitske Visser (Ted Martin)    a 21.136
6    Matevos Isaakyan (SMP Racing)    a 22.558
7    Rene Binder (Lotus)    a 31.442
8    Tom Dillmann (AVF)    a 38.753
9    Alfonso Celis (AVF)    a 42.548
10    Yu Kanamaru (Ted Martin)    a 43.183
11    Vitor Baptista (RP Motorsport)    a 50.573
12    Pietro Fittipaldi (Fortec)    a 53.789
13    Tom Randle (Comtec)    a 56.681
14    Roy Nissany (Lotus)    a 1:08.546
15    Giuseppe Cipriani (Durango)    a 1 Volta

Abandonou a corrida:

Aurelien Panis (Arden)    a 23 Voltas
Louis Delétraz 1:31.847 – Melhor Volta

Classificação do Campeonato:

1. Louis Delétraz (Fortec) 200
2. Tom Dillmann (AVF) 197
3. Matthieu Vaxiviere (SMP Racing) 175
4. Aurélien Panis (Arden) 171
5. Roy Nissany (Lotus) 169
6. Egor Orudzhev (Arden) 166
7. René Binder (Lotus) 155
8. Yu Kanamaru (Ted Martin) 81
9. Alfonso Celis jr. (AVF) 57
10. Matevos Isaakyan (SMP Racing) 52

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Motorsport.com