Category Archives: Automobilismo Norte-americano

Automobilismo Norte-americano Formula indy Fotos História Indy 500 TV Vídeos

Corridas históricas: Formula Indy – GP de Detroit de 1990

Published by:

Grid de largada:

1    3       Michael Andretti    (Newman Haas Racing)        Lola / Chevrolet    88.102 Milhas
2    5       Al Unser, Jr.        (Galles Kraco Racing)        Lola / Chevrolet    87.423 Milhas
3    6       Mario Andretti    (Newman Haas Racing)        Lola / Chevrolet    87.384 Milhas
4    7       Danny Sullivan    (Roger Penske)            Penske / Chevrolet    86.922 Milhas
5    15       Eddie Cheever, Jr.    (Chip Ganassi)            Penske / Chevrolet    86.683 Milhas
6    18       Bobby Rahal        (Galles Kraco Racing)        Lola / Chevrolet    86.450 Milhas
7    2       Rick Mears        (Roger Penske)            Penske / Chevrolet    86.362 Milhas
8    1       Emerson Fittipaldi    (Roger Penske)            Penske / Chevrolet    86.261 Milhas
9    4       Teo Fabi        (Porsche Motorsports)        March / Porsche        86.121 Milhas
10    30       Arie Luyendyk    (Douglas Shierson)        Lola / Chevrolet    85.652 Milhas
11    9       Didier Theys        (Vince Granatelli)        Penske / Buick        85.425 Milhas
12    86       Dominic Dobson    (Bruce Leven)            Lola / Cosworth        84.894 Milhas
13    41       John Andretti    (Porsche Motorsports)        March / Porsche        84.734 Milhas
14    29       Pancho Carter    (Leader Card)            Lola / Cosworth        84.553 Milhas
15    22       Scott Brayton    (Dick Simon)            Lola / Cosworth        84.415 Milhas
16    8       Raul Boesel        (Truesports)            Lola / Judd        83.997 Milhas
17    11       Scott Goodyear    (Douglas Shierson)        Lola / Judd        83.978 Milhas
18    20       Roberto Guerrero    (Pat Patrick)            March / Alfa Romeo    83.857 Milhas
19    31       Jon Beekhuis    (Norman Turley)            Lola / Judd        83.834 Milhas
20    25       Willy T. Ribbs    (Raynor Motorsports)        Lola / Judd        83.744 Milhas
21    50       Mike Groff        (Antonio Ferrari)        Lola / Cosworth        83.526 Milhas
22    14       A.J. Foyt        (A.J. Foyt)            Lola / Chevrolet    83.507 Milhas
23    44       Jeff Wood        (Todd Walther)            Lola / Cosworth        83.259 Milhas
24    12       Randy Lewis    (Frank Arciero)            Penske / Buick        82.675 Milhas
25    19       Dean Hall        (Dale Coyne)            Lola / Cosworth        82.250 Milhas
26    23       Tero Palmroth    (Dick Simon)            Lola / Cosworth        81.797 Milhas
27    10       Hiro Matsushita    (Dick Simon)            Lola / Cosworth         81.713 Milhas
28    16       Tony Bettenhausen Jr    (Tony Bettenhausen, Jr.)    Lola / Buick        81.495 Milhas

Michael Andretti domina tudo em Detroit e conquista vitória

Michael Andretti dominou a etapa de Detroit de forma integral

O Campeonato de 1990 estava chegando a mais uma prova tradicional do campeonato, Dessa vez para fazer pela segunda vez a etapa de Detroit na pista que era da Formula 1 até 1988 no centro da capital dos automóveis, Estavam em jogo 1 milhão de Dólares em premiação.

O pole position era o jovem piloto Michael Andretti da Newman-Haas com o líder do campeonato Al Unser jr. na segunda posição com o tradicional Galles com o patrocinador da Valvoline, Depois na segunda Fila largavam Mario Andretti da Newman-Haas Multicampeão da Formula Indy e da Formula 1 e Danny Sullivan da Tradicional Penske, Emerson Fittipaldi que naquele momento estava em 3ºlugar no campeonato largava em 8ºlugar atrás do seu companheiro de equipe na Penske Rick Mears que era o Vice-líder do campeonato 1 ponto na frente do Brasileiro. Já Raul Boesel largaria na 16ªposição com a Truesports com o Motor Judd, 28 carros disputaram essa corrida.

Após as Voltas de aquecimento a largada foi dada para a 5ªEtapa do campeonato Mundial de Formula Indy, nessa largada Andretti manteve a liderança seguido de Al Unser jr. e de Mario Andretti, Cheever se deu bem nessa largada e ganhou posição de Sullivan e assumiu a 4ªposição e Rick Mears ganhou o 6ºposto de Bobby Rahal, Emerson manteve o 8ºlugar.
Al Unser jr. pressionava Michael Andretti na luta pela primeira posição, Danny Sullivan tentava reaver o 4ºlugar e Rick Mears de defendia de Bobby Rahal na disputa pelo 6ºlugar, Emerson Fittipaldi estava em 8ºlugar sofrendo ataque de Teo Fabi mostrando que o seu Penske-Chevrolet não estava bem.

Na metade da segunda volta Al Unser jr. teve problemas em seu carro ficando praticamente parado na pista e perdendo todas as posições na prova, Com isso Michael Andretti e seu pai Mario Andretti estavam nas 2 primeiras posições com Michael muito na frente, Um dos pilotos da Porsche (John Andretti) estava indo aos boxes logo no começo da corrida enquanto Unser jr. estava se arrastando para chegar aos boxes para ver se sua corrida ainda havia salvação de alguma maneira, Algo que ele não conseguiu pois o Galles-Lola-Chevrolet acabou parando de vez na Curva 15 e o jovem piloto norte-americano pedia para os fiscais para ajudarem.

No Final da terceira volta Enquanto Bobby Rahal pressionava Rick Mears e Fabi pressionava a Emerson Fittipaldi o piloto Colombiano Roberto Guerrero tinha problemas com o carro da Partick Racing com o Motor Alfa Romeo e foi para os boxes também, John Andretti visitou de novo os boxes para reparar problemas no seu carro, Corrida complicada para o piloto da Porsche.

Mario Andretti estava com o Bico do seu carro danificado e Cheever e Sullivan estavam chegando no piloto da Newman-Haas, Sullivan partiu de vez para o ataque e pressionava o piloto da Chip Ganassi que estava no seu primeiro ano de sua história e usando os Chassi Penske e Motor Chevrolet, Mears com o carro da Penske-Chevrolet Pennzonil não conseguiu mais segurar Bobby Rahal que na entrada da primeira curva da 5ªVolta acabou ultrapassando a Mears e assumindo o 5ºlugar. Tero Palmroth acabou batendo e deixando a corrida depois de 5 voltas.

Agora era Emerson Fittipaldi que partia para cima de Mears querendo a 6ªposição de seu companheiro de equipe, Nesse momento com 6 Voltas completadas os dois pilotos da Porsche estavam nos boxes, John Andretti para consertar o problema de seu carro e Teo Fabi para uma troca prematura de seus pneus mas que se revelou em uma parada problemática e que acabou sendo uma longa parada de conserto do carro o que enterrava de vez as possibilidades de bom resultado para a Porsche.

Classificação após 10 voltas de corrida: 1. Michael Andretti, 2. Mario Andretti, 3. Danny Sullivan, 4. Eddie Cheever, 5. Bobby Rahal, 6. Emerson Fittipaldi, 7.Rick Mears, 8. Arie Luyendyk, 9. Didier Theys, 10.Raul Boesel, 11.Scott Brayton, 12.Willy T.Ribbs, 13.Scott Goodyear, 14. Mike Groff, 15. Jon Beekhuis, 16. A.J.Foyt, 17. Pancho Carter, 18. Jeff Wood, 19. Randy Lewis, 20. Dominic Dobson, 21. Hiro Matsushita, 22. Teo Fabi, 23. Al Unser jr., 24. Dean Hall, 25. Tero Palmroth, 26. John Andretti, 27. Roberto Guerrero, 28. Tony Bettenhausen.

Danny Sullivan conseguiu a ultrapassagem sobre Edde Cheever e assumia a 3ªposição e começou a ir a caça de Mario Andretti. Al Unser jr. com problemas elétricos e Dominic Dobson com problemas nos freios deixaram a corrida.

Michael Andretti já abria mais de 5 segundos sobre Mario Andretti que em 2ºlugar conseguia manter uma razoável vantagem para Danny Sullivan que se livrou de Eddie Cheever que agora tinha que se defender do cerebral piloto Americano Bobby Rahal e por perto o Brasileiro Emerson Fittipaldi esperando o que iria acontecer nessa disputa, Antes disso Emerson Deixou para Trás Rick Mears que continuava em 7ºlugar com Arie Luyendky, um surpreendente Didier Theys com o seu Lola-Buick em 9º e Raul Boesel reagindo na prova na 10ªposição. Al Unser jr. deixou o carro de vez abandonando a prova.

Cheever lutando com Sullivan por posição.

Bobby continuava atacando a Eddie Cheever que se defendia muito bem dos ataques do piloto da Galles-Kraco que tinha visivelmente mais carro que o piloto que passou os anos 80 na Formula 1, Com isso Emerson chegava na briga, enquanto isso Mario Andretti parado na curva 3 deixando a corrida após problemas de motor no seu Lola-Chevrolet, Com isso Danny Sullivan assumia o segundo lugar e Cheever segurava o 3ºlugar de Bobby Rahal, Mas na 16ªVolta Rahal Passou Cheever e assumia a 3ªposição. Emerson Fittipaldi estava em 5ºlugar.

Na 18ªVolta o piloto Dean Hall passou reto na curva 3 e acabou batendo com o carro da Dale Coyne sendo mais um a deixar a corrida assim como Teo Fabi que deixaria a corrida após 16 Voltas completadas. Enquanto isso Cheever segurava Emerson Fittipaldi na batalha pela 4ªposição, Sem problemas passaram pelo piloto Jeff Wood colocando uma volta no piloto do carro 44. Mas Emerson começou a perder rendimento em relação ao piloto Norte-americano já que estava colado em Cheever.

Rick Mears foi fazer sua primeira parada para troca de pneus e reabastecimento, Michael Andretti continuava na liderança de forma tranquila liderando todas as voltas da corrida até aquele momento.

Danny Sullivan foi para os boxes fazer a primeira parada, o Msm fez o piloto da Shierson Arie Luyednky que fazia boa corrida, Emerson Fittipaldi também iria fazer sua parada, O piloto brasileiro começava a enfrentar problemas com seu carro, Eddie Cheever foi para so boxes também. Cheever  voltou na frente de Emerson.

Classificação após 20 Voltas:

1. Michael Andretti
2. Danny Sullivan
3. Bobby Rahal
4. Eddie Cheever
5. Emerson Fittipaldi
6. Arie Luyendky
7. Raul Boesel
8. Rick Mears
9. Didier Theys
10.Willy T.Ribbs
11.Scott Brayton
12.Scott Goodyear
13.A.J.Foyt
14.Mike Groff
15.Jon Beekhuis
16.Randy Lewis
17.Jeff Wood
18.Pancho Carter
19.Hiro Matsushita
20.Teo Fabi (OUT)
21.Dean Hall (OUT)
22.Mario Andretti (OUT)
23.Dominic Dobson (OUT)
24.Roberto Guerrero
25.Tony Bettenhausen
26.John Andretti
27.Al Unser jr. (OUT)
28. Tero Palmroth (OUT)

Bobby Rahal foi para a sua parada, restava somente Michael Andretti parar nos boxes, algo que foi feito logo na 23ªVolta, 17 segundos acabou sendo uma parada meio lenta, Mas o suficiente para fazer ele voltar na liderança. Enquanto isso John Andretti estava nos boxes para tentar melhorar o pífio desempenho de seu carro.

Andretti tinha agora perto dele o piloto da Penske Danny Sullivan que fazia uma belíssima corrida, Enquanto isso Willy T.Ribbs que estava indo bem na prova acabou tendo problemas e parando em uma parte complicada da pista, Mas acabaram empurrando o piloto da Raynor e com isso ele pode voltar a prova. Michael Andretti tinha 2.2 segundos para Sullivan na volta 25 e estava chegando em Andretti de forma bem rápida, Estava pintando uma disputa forte pela primeira posição entre a Newman-Haas e Penske (Entre Andretti e Sullivan).

Sullivan deu um calor em Andretti em boa parte da corrida

Enquanto isso John Andretti com problemas de Câmbio na 22ªVolta, Roberto Guerrero com problemas no motor Alfa Romeo do seu Patrick Racing-March na 24ªVolta e Willy T.Ribbs com problemas Elétricos na volta 27 deixaram a corrida deixando a prova com 19 pilotos entre os 28 que largaram.

Classificação após 32 Voltas completadas: 1. Michael Andretti, 2. Danny Sullivan, 3. Bobby Rahal, 4. Emerson Fittipaldi, 5. Eddie Cheever e Continuava Andretti e Sullivan disputando a primeira posição separados por menos de 1 segundo e meio. Em 6. Rick Mears, 7. Arie Luyendky, 8. Raul Boesel, 9. Didier Theys, 10. Scott Brayton, 11.A.J.foyt, 12. Scott Goodyear, 13. Randy Lewis, 14. Jon Beekhuis, 15. Pancho Carter, 16. Jeff Wood, 17. Willy T.Ribbs (OUT), 18.Mike Groff, 19.Hiro Matsushita, 20.Roberto Guerrero (OUT), 21. Tony Bettenhausen, 22. Dean Hall (OUT), 23.Teo Fabi (OUT), 24. Mario Andretti (OUT), 25. John Andretti, 26.Dominic Dobson, 27.Al Unser jr., 28. Tero Palmroth.

Andretti e Sullivan brigando pelo primeiro lugar enquanto isso Rick Mears começava a partir para cima de Eddie Cheever na luta pela 5ºposição eram essas as brigas da corrida.  John Andretti finalmente desistiu da corrida assim como Willy T. Ribbs também desistiria da disputa com vários problemas no seu carro.

Michael Andretti teve dificuldades para ultrapassar o Holandês voador Arie Luyendky que tinha vencido as 500 milhas de Indianápolis mas que nas corridas sem ver Indianápolis não tinha como enfrentar os melhores carros do Grid, A.J.Foyt estava em respeitável 11ªposição após largar em 22º, Essa temporada foi a última temporada decente do lendário piloto Norte-americano. Hiro Matsushita deixou a corrida com problemas no seu motor Cosworth da equipe de Dick Simon que fumou pela reta dos boxes..

Classificação após 38 Voltas: 1. Michael Andretti, 2. Danny Sullivan, 3. Bobby Rahal, 4. Emerson Fittipaldi, 5. Eddie Cheever. Estávamos próximos do terço final de corrida aonde iríamos ter a decisão da disputa entre Michael Andretti com a Newman-Haas contra Danny Sullivan com um dos carros da Penske ambos com motores Chevrolet. Enquanto isso Emerson Começava a ir a busca de Bobby Rahal que iria valer naquele momento da corrida o terceiro lugar e um lugar do pódio já que Andretti e Sullivan estavam bem longe da turma lá na frente resolvendo entre eles a batalha pela vitória.

Destaques da prova a boa recuperação de Raul Boesel que estava entre os 10 primeiros colocados, Randy Lewis e A.J.Foyt que largaram lá de trás e estavam na zona de pontuação da Indy. Andretti e Sullivan continuavam a pegar os retardatários, Enquanto isso Rick Mears abria a segunda e última rodada de paradas nos boxes e a Penske trabalhou bem com uma parada de 11 segundos para o piloto norte-americano.

Arie Luyendky fez uma boa corrida dentro das limitações da Shierson

Classificação após 40 Voltas completadas:

1. Michael Andretti
2. Danny Sullivan
3. Bobby Rahal
4. Emerson Fittipaldi
5. Eddie Cheever
6. Rick Mears
7. Arie Luyendky
8. Raul Boesel
9. Didier Theys
10.Scott Brayton
11. A.J.Foyt
12. Scott Goodyear
13. Randy Lewis
14. Pancho Carter
15. Jon Beekhuis
16. Jeff Wood
17. Mike Groff
18. Hiro Matsushita
19. Tony Bettenhausen
20. Willy T. Ribbs
21. Roberto Guerrero
22. John Andretti
23. Dean Hall
24. Teo Fabi
25. Mario Andretti
26. Dominic Dobson
27. Al Unser jr.
28. Tero Palmroth

Emerson Fittipaldi foi para a sua segunda parada e dai o Brasileiro começou a ter problemas com o seu carro tanto é que o piloto da Penske demorou demais para sair dos boxes para voltar a pista. Lamentavelmente para A.J.Foyt a suspensão do carro dele deu problemas e acabou ocasionando o abandono do Veterano piloto de quase 60 anos da Etapa de Detroit, Na Mesma volta o piloto Jon Beekhuis abandonou com problemas na Roda de seu carro.
Danny Sullivan foi para a sua parada nos boxes, Mas quando voltou a pista o piloto da Penske começou a ter sério problemas na sua roda traseira direita que quebrou, Emerson também se arrastava na pista, Ele voltou aos boxes para tentar salvar a corrida, Consegue voltar a prova, Mas perdeu tempo demais, Já Sullivan tentaria ir aos boxes para tentar resolver o problema da roda e salvar a corrida em que ele tinha chances de vencer, Com tudo isso quem se dava bem era Bobby Rahal que assumia a 2ªposição e Eddie Cheever que iria para o 3ºlugar, Também Mears subia para o 4ºposto sendo a única Penske que rodava sem problemas nas ruas de Detroit.

Sullivan não conseguiu levar seu carro aos boxes, No que pareceu foi um erro dos boxes da equipe Penske que ocasionou o abandono de Sullivan na volta 47.

Rahal discretamente conseguiu o segundo lugar em Detroit

Classificação após 50 Voltas de corrida era essa: 1. Michael Andretti, 2. Bobby Rahal, 3. Eddie Cheever, 4. Rick Mears, 5. Arie Luyendky. Andretti tinha uma vantagem absurda e foi para a segunda parada acabou o piloto da Newman-Haas Tomando um susto, O Carro acabou não partindo na hora, Mas o Mecânico pegou o equipamento de partida e acionou de novo e Michael Andretti pode partir sem problemas, Somente 6 segundos a mais nos boxes do que deveria ter ficado (Parada foi de 18 Segundos com os problemas).

Bobby Rahal Foi um dos últimos dos lideres a Fazer sua parada que acabou sendo sem qualquer problema, Cheever também foi para os boxes para a sua segunda parada.
Didier Theys que fazia boa corrida foi aos boxes para fazer a segunda parada nos boxes, Dai acabou o combustível vazando no carro de Theys, Um pecado com o piloto da Granatelli-Lola-Buick que andou o tempo todo na Zona de pontuação mesmo com seu limitado equipamento. Outra vez isso vai para a conta dos mecânicos que colocam o combustível que acabaram falhando dessa vez.

Mesmo com a confusão nos boxes acabou a parada de Scott Brayton acontecendo sem problemas, antes disso Mike Groff com problemas de Câmbio deixou a corrida na 47ªVolta.
Após 54 voltas A classificação era essa: 1. Michael Andretti, 2. Bobby Rahal, 3. Eddie Cheever, 4. Rick Mears, 5. Arie Luyendyk, 6. Raul Boesel, 7. Emerson Fittipaldi, 8. Scott Brayton, 9. Randy Lewis, 10, Scott Goodyear. Ainda tivemos a voltas do final o piloto Scott Brayton com problemas de motor deixando a corrida quando estava encaminhando para o 8ºlugar.

No final da corrida Randy Lewis acabou abandonando a prova com problemas de Pane seca após ter feito grande corrida. Andretti foi tranquilo até a última volta da corrida e de ponta a ponta conquistou a primeira vitória na temporada e 130 mil Dólares para o bolso dele, Bobby Rahal foi devagar, devagar, Devagar, Sem forçar muito conseguiu levar o seu carro a segunda posição quase uma volta atrás do vencedor da corrida. Eddie Cheever legou a Ganassi para o primeiro pódio da sua história com o Terceiro lugar nessa corrida. Rick Mears que não tem o seu forte os circuitos de Rua chegou como o melhor Penske em 4ºlugar.

Arie Luyendky dentro das limitações conseguiu chegar numa boa 5ªposição, Raul Boesel largando do 16ºlugar levou o carro da Truesports ao 6ºlugar, Emerson Fittipaldi se arrastando para chegar em 7ºlugar, Scott Goodyear com o caro Azul e Prata da Mackenzie em 8ºlugar, Pancho Carter que ficou a corrida inteira lá atrás terminou em 9ºlugar na frente de Scott Brayton que mesmo com o abandono no final ficou em 10ºlugar, Jeff Wood e Randy Lewis mesmo com a pane Seca completaram a zona de pontuação.

Mears completando em 4ºlugar assumiu a liderança do campeonato em 1990

Ao final dessa corrida Mears assumiu a liderança do campeonato com 69 contra 68 de Al Unser Jr., 62 de Emerson Fittipaldi e 61 de Bobby Rahal, Teríamos mais 11 eventos na temporada de 1990, O Final quem viveu sabe quem foi o campeão da Formula Indy nesse ano.

Resultado final da Etapa do Detroit

Fotos:

Vídeo da corrida:

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Vídeo: Andrew Sopher

Automobilismo Internacional Automobilismo Norte-americano Formula indy Fotos História TV Vídeos

Corridas Históricas: GP de Portland de 1993

Published by:

Grid de Largada:

Piloto Equipamento Equipe Tempo Mph Número
1 Nigel Mansell Lola Ford Newman-Haas 115.266 5
2 Emerson Fittipaldi Penske Chevrolet Penske 115.069 4
3 Stefan Johansson Penske Chevrolet Bettenhausen 114.241 16
4 Paul Tracy

Penske Chevrolet Penske 114.008 12
5 Mario Andretti Lola Ford Newman-Haas 113.379 6
6 Mark Smith Penske Chevrolet Arciero 112.973 25
7 Teo Fabi Lola Chevrolet Hall 112.924 8
8 Danny Sullivan Lola Chevrolet Galles 112.791 7
9 Al Unser, Jr.

Lola Chevrolet Galles 112.783 3
10 Robby Gordon Lola Ford Foyt 112.778 14
11 Raul Boesel Lola Ford Simon 112.485 9
12 Mike Groff

Rahal/Hogan Chevrolet Rahal 112.232 26
13 Willy T. Ribbs Lola Ford Walker 111.873 75
14 Arie Luyendyk Lola Chevrolet Ganassi 111.865 10
15 Bobby Rahal Lola Chevrolet Rahal 111.777 1
16 Scott Goodyear Lola Ford Walker 111.619 2
17 Roberto Guerrero Lola Chevrolet Bernstein 111.359 40
18 Brian Till Penske Chevrolet P.I.G. 110.734 99
19 Scott Brayton Lola Ford Simon 110.608 22
20 Hiro Matsushita Lola Ford Walker 110.514 15
21 Olivier Grouillard Lola Chevrolet Indy Regency 110.429 29
22 Jimmy Vasser Lola Chevrolet Hayhoe 110.328 18
23 Dave Kudrave Lola Chevrolet Euromotorsport 110.011 50
24 Kevin Cogan Lola Chevrolet Galles 108.642 11
25 Lyn St. James Lola Ford Simon 108.120 90
26 Ross Bentley Lola Chevrolet Coyne 107.978 39
27 Marco Greco Lola Chevrolet Arciero 107.807 30
28 Johnny Unser Lola Chevrolet Coyne 105.286 19
29 Jeff Wood Lola Cosworth Euromotorsport 105.026 42

Emerson Dá um show em todos os trilhos em Portland e conquista 2ºTriunfo em 1993

Após 6 corridas no campeonato Mansell liderava o Campeonato com 71 pontos com Boesel a 3 pontos do Inglês com 68 pontos vivendo seu melhor momento na carreira na Formula Indy, Mario Andretti com 57 pontos, Emerson Fittipaldi com 51 pontos enfurecido com a punição injusta que ele recebeu em Detroit, Bobby Rahal com 46 pontos se recuperando da não classificação para as 500 milhas de Indianápolis. Em Portland Nigel Mansell conseguiu a 4ªpole na temporada em 6 corridas que ele disputou (ele não correu em Phoenix por causa de um acidente).

Na pole position saia Nigel Mansell com o seu Newman-Haas-Lola-Chevrolet, Ele teria de enfrentar o esquadrão de pilotos com Penske-Chevrolet. Fittipaldi em 2º, Stefan Johansson em 3º com a Bettenhausen e Paul Tracy em 4º, Boesel saia em 11º, Greco seria o 27º entre 29 pilotos no Grid de largada. Um dia lindo estava em Portland para uma grande corrida nessa pista seletiva dos Estados Unidos.

Na Largada Mansell conseguiu largar bem e manteve a ponta com Emerson Fittipaldi em 2º, Johansson em 3º e Tracy em 4º Sem incidentes na largada pelo menos de forma visível. Mansell conseguiu largar bem, Mas Mansell tinha Emerson Fittipaldi na sua cola e um pouco mais atrás tinha Johansson e Tracy que já começavam a se livrar de Mario Andretti e de Mark Smith que também tinha um Chassi Penske que vinha andando muito bem e se adaptou melhor que os Lola. Smith estava em 6ºlugar e tinha em sua cola Danny Sullivan que tinha ganhado a corrida anterior em Detroit e depois de Sullivan vinham Robby Gordon, Al Unser jr. e Mike Groff (Curioso ele andar melhor nos treinos com o Chassi RH 001 do que o Bobby Rahal com o Lola) fechando os 10 primeiros colocados.

Com 5 voltas completadas Mansell continuava na frente, Mas Emerson Fittipaldi estava na cola de Mansell, Classificação Após 5 voltas completadas: 1. Nigel Mansell (5) 2. Emerson Fittipaldi (4) 3. Stefan Johansson (16) 4. Paul Tracy (12) 5. Mario Andretti (6) 6. Mark Smith (25) 7. Danny Sullivan (7) 8. Robby Gordon (14) 9. Al Unser Jr. (3) 10. Mike Groff (26) 11. Raul Boesel (9) 12. Bobby Rahal (1). Mais para Mark Smith o que era bom duraria pouco, Ele tinha problemas em seu carro no final da volta 6 e se arrastava para os Boxes para abandonar a corrida, ele que tinha conseguido o sem melhor treinamento acabou abandonando cedo demais diante de sua torcida (ele era Natural de Portland).

Emerson Fittipaldi continuava na cola de Nigel Mansell e continuava a Stefan Johansson não dando espaço para Emerson respirar, Paul Tracy vinha um pouco mais atrás. Mansell estava na Frente 0.56 segundos sobre Emerson Fittipaldi em 7 voltas completadas o que não era nada praticamente. Robby Gordon passou Danny Sullivan e já tinha a 6ªposição na corrida, impressionante o desempenho dele com uma equipe média, Raul Boesel também vinha numa corrida de recuperação, já andando em 9ºlugar e se aproximando de Danny Sullivan e de Al Unser jr. ambos da Galles que também tinha na corrida o Veterano piloto Kevin Cogan com o carro número 11.

Na Volta 10 Mansell pegou Greco e sem lugar para ultrapassar o Brasileiro da Arcieiro que iria tomar volta dos lideres Emerson teve a chance de tomar a ponta de Mansell, só que o Inglês se segurou bem na frente, Mas só que o Leão mal sabia que ele tinha acendido o fogo e o desejo de vencer do Brasileiro que já estava irritado depois de Detroit. E que já acirrava ainda mais o duelo Mansell-Fittipaldi pela vitória na categoria em 1993 mesmo tendo Raul Boesel como o vice-líder do campeonato a 3 pontos de Mansell.

Enquanto isso A Galles vinha em 7º com Sullivan e Al Unser em 8º e logo Atrás Boesel colado no Norte-americano da Galles com o patrocinador Valvoline, enquanto isso Emerson continuava a pressionava a Mansell. Na Volta 14 Lyn St. James acabou complicando a vida dos líderes e prejudicou ao Sueco Stefan Johansson que teve que diminuir para não bater na única piloto da Categoria e com isso Paul Tracy colou em Johansson, Emerson e Mansell conseguiram se livrar da confusão de forma melhor, sem perderem muito tempo. Classificação após 14 Voltas Completadas: 1. Nigel Mansell, 2.Emerson Fittipaldi, 3. Stefan Johansson, 4. Paul Tracy, 5. Mario Andretti, 6.Robby Gordon, 7. Danny Sullivan, 8. Al Unser jr., 9. Raul Boesel, 10. Mike Groff, 11. Bobby Rahal, 12. Arie Luyendyk.

Al Unser jr. colou em Danny Sullivan para tomar o 7ºlugar de seu companheiro de Equipe, Raul Boesel acabou se afastando um pouco dos dois. Jeff Wood acabou deixando a corrida com um dos carros da Euromotorsport. Emerson na volta 17 fez uma tentativa de ultrapassagem, mas como era caracteriza do Brasileiro ainda não era hora da Ultrapassagem. Stefan Johansson se aproximou de novo, Na Volta seguinte Nigel Mansell acabou pegando Johnny Unser em posição difícil, Emerson se aproveitou, e por fora chegou a passar Mansell, Mas a curva seguinte favorecia ao Inglês que manteria a ponta da corrida. Só que o Brasileiro Emerson Fittipaldi parecia estar bem melhor que Mansell, Mas não poderia bobear pois Stefan Johansson e Paul Tracy tinham Chegado nos líderes.
Aos poucos os retardatários estavam cada vez em maior quantidade, Ross Bentley que era o próximo a ser ultrapassado foi pego justamente na chicane na 21ªvolta, Emerson Foi atrapalhado e perdeu tempo, Johansson acabou baixando a Guarda, com isso Paul Tracy passou Johansson e assumiu a terceira posição. Kevin Cogan estava nos boxes com a tampa do motor aberta e o Veterano piloto da Galles não voltaria a corrida com problemas em seu motor Chevrolet.

No Começo da volta 27 a pressão de Emerson Fittipaldi finalmente desestabilizou o Leão que errou na curva, atropelou um Cone e isso fez Mansell perder uns 8 a 10 segundos, Com isso Emerson Fittipaldi assumiu a liderança da corrida com Paul Tracy em 2º e Johansson em 4º, Mansell ainda voltou em 4ºlugar. Emerson acabou perdendo um pouco de tempo tentando ultrapassar a Hiro Matsuhita, as primeiras paradas vinham chegando e junto da janela de parada vinha também nuvens pretas na região do Autódromo, o Tempo começava a querer mudar em Portland o que poderia mudar tudo na corrida. Classificação após 30 Voltas: 1. Emerson Fittipaldi, 2. Paul Tracy, 3. Stefan Johansson, 4. Nigel Mansell, 5. Mario Andretti, 6. Robby Gordon, 7. Danny Sullivan, 8. Al Unser jr., 9. Raul Boesel, 10. Bobby Rahal, 11. Mike Groff, 12. Scott Goodyear.

Scott Brayton em 19ºlugar levou volta de Emerson Fittipaldi na 32ª volta, Quem começou a temporada de paradas nos boxes foi Paul Tracy que na volta 33 foi para os boxes para troca de Pneus e Reabastecimento, A Penske trabalhou de forma eficiente, Stefan Johansson foi para os boxes. Emerson na volta seguinte foi para os boxes para a sua troca de pneus, 16 segundos foi a parada de Emerson, Mansell também foi para os boxes. Mario Andretti era o líder da corrida, Mas ele ainda não tinha parado nos boxes, Mas na 34 volta para a 35 ele fez sua parada. Logo todos fizeram suas paradas, a Classificação era a seguinte: 1. Fittipaldi, 2. Tracy, 3. Mansell, 4. Mario Andretti, 5. Robby Gordon, 6. Stefan Johansson, 7º Al Unser jr., 8. Sullivan e 9. Raul Boesel. na 36ªVolta completada.

Stefan Johansson com problemas vai para os boxes na 38ªVolta e deixava mais uma corrida, ele que só tinha dois pontos no campeonato. A Classificação após 38 voltas era a seguinte: 1. Emerson Fittipaldi, 2. Paul Tracy, 3. Nigel Mansell, 4. Mario Andretti, 5. Robby Gordon, 6. Al Unser jr.

A Equipe de Mansell estava já se preparando para uma possível parada nos boxes para trocar os pneus de pista seca para os de chuva, e faziam bem por que as nuvens estavam muito carregadas e começava a pingar sobre a lente da câmera do carro de Nigel Mansell. Al Unser jr. começava a se aproximar de Robby Gordon na briga pela 5ªposição, só que Gordon também estava procurando passar a Mario Andretti que também tinha Gordon colado nele. Boesel passaria a Danny Sullivan e assumia o 7ºlugar na corrida. Gordon tentou passar o Experiente Andretti, Mas errou em uma curva e Al Unser jr. tentou se aproveitar para tomar o 5ºlugar de Robby Gordon mas sem sucesso, Com Scott Brayton acabou dando uma atrapalhada legal em Al Unser jr. dessa forma Boesel colou em Al Unser jr.

A chuva aumentava e com isso todas as equipes começavam a se preparar para a nova troca de pneus e reabastecimento já que com a Chuva a tática de corrida mudaria totalmente. Paul Tracy Foi o primeiro a parar nos boxes, ele seria o primeiro a arriscar, a Penske foi muito bem, trocou para pneus de Chuva, Tracy voltou na frente de Mario Andretti e de Al Unser jr. que tinha ganharia uma posição Sobre Robby Gordon, Boesel estava na cola do Norte-americano da Equipe de A.J.Foyt e a chuva apertou de vez e isso obrigaria os pilotos a irem aos boxes. Téo Fabi abandonou a corrida na volta 44 com problemas de motor.
Pilotos como Al Unser jr. fez a sua parada para trocar os pneus na volta 46, e na volta 47 é que todos foram nos boxes. Emerson entrou nos boxes para colocar os pneus de pista molhada, Penske caprichou na parada e fez Emerson voltar em 2º. Mansell era o Líder só ele estava ainda com os pneus de pista seca ainda e tava difícil de se segurar no estado que estava a pista, Roberto Guerreiro não foi para os boxes e sim foi para a mureta de proteção após ter rodado e com isso era o 6ºpiloto a deixar a corrida.

Mansell apostava em que a chuva iria embora logo e ainda se aproveitava do trilho mais seco para tentar se manter na pista, Mas a chuva continuava aumentando e aumentando. Classificação após 50 voltas completadas: 1. Nigel Mansell, 2. Emerson Fittipaldi, 3.Paul Tracy, 4. Bobby Rahal, 5. Arie Luyendyk, 6. Al Unser jr. Mansell estava virando 2 segundos mais lento que Emerson Fittipaldi que estava já com os pneus de chuva e tinha uma melhor aderência na pista molhada, Na volta 53 Mansell desistiu da tática que se mostrou equivocada, Assim como a parada da Newman-Haas que foi tão equivocada como a tática que ele adotou, tanto é que ele caiu para o 4ºlugar, na frente deles vinham Paul Tracy e Bobby Rahal brigando pelo segundo lugar. Emerson Fittipaldi estava com quase 20 segundos de diferença para Paul Tracy, numa corrida bem tranquila para o Brasileiro, Enquanto isso Arie Luyendky foi para uma parada nos boxes, também deve ter feito a mesma tática do Leão, Mas como ele estava mais atrás ele poderia se arriscar e até de se dar bem e ganhar posições.
Dai a partir da volta 55 começava-se a ver os estragos da chuva, uma parte de um bico estava pela curvas de Portland, um bico preto o que seria difícil de identificar pois tinha vários carros com o bico preto, Dos 6 primeiros colocados só Bobby Rahal tinha feito somente uma parada nos boxes, por isso ele esta em 3ºlugar após largar em 15ºlugar. Willy T. Ribbs foi o cara que perdeu o bico do carro, ele que largaria bem, em 13ºlugar, por incrível que pareça o melhor piloto no Grid pela Walker.

Bobby Rahal foi para os boxes fazer sua segunda parada, Scott Goodyear que vinha tentando se recuperar na corrida ele acabou tendo um pneu furado por ter passado em destroços de bico de carros e tendo que ir aos boxes para trocar o pneu furado, Arie Luyendky também teve um pneu furado e foi para os boxes. Na entrada da Chicane tinha mais um pedaço de bico. Emerson Fittipaldi continuava aumentando vantagem sobre Paul Tracy que começaria a ver sua diferença entre ele e o Mansell cair. Enquanto isso Arie Luyendky acabou passeando pela grama e perdendo mais tempo. Classificação após 60 voltas 1. Emerson Fittipaldi 2. Paul Tracy 3. Nigel Mansell 4. Al Unser jr. 5. Bobby Rahal 6. Mario Andretti 7. Robby Gordon 8. Raul Boesel.

Danny Sullivan que vinha entre os 10 primeiros colocados ele acabou rodando e deixando o motor morrer, com isso Sullivan teve de precisar da ajuda dos comissários para voltar a corrida, logo depois Robby Gordon também rodou e com isso Raul Boesel ganhou a 7ª posição de Robby Gordon, O Brasileiro da Dick Simon estava em um grande ano, vice líder mesmo não tendo uma equipe grande e um equipamento de primeira. A chuva começava a diminuir e isso poderia fazer a pista secar e formar um trilho seco, e estava favorável para que tivesse um trilho seco já que tínhamos 23 carros na corrida ainda. Enquanto isso Willy T.Ribbs continuava sem o bico do seu carro praticamente e continuava na pista, sem parar para trocar esse bico, Marco Greco rodou mas conseguiu voltar a pista, no bloco intermediário Olivier Grouillard acabou atrapalhou a Brian Till que estava para dar 1 volta em cima do piloto francês que foi da Formula 1 até 1992 (Alias um piloto nada bom, um francês muito fraco) Classificação após 67 voltas: 1. Emerson Fittipaldi 2. Paul Tracy 3. Nigel Mansell 4. Al Unser jr. 5. Bobby Rahal 6. Mario Andretti -1 volta, 7. Raul Boesel – 1 volta, 8. Robby Gordon – 1 volta, 9. Jimmy Vasser -2 voltas 10. Brian Till -2 voltas, 11. Scott Goodyear – 2 voltas, 12. Arie Luyendky – 2 voltas.

Mansell se aproximou de vez de Paul Tracy para lutar pela segunda posição, ai pode se valer toda a experiência de anos em que ele correu na Formula 1 entre 1980 a 1992, a Alegria de Brian Till durou pouco, ele que substituiu a Eddie Cheever e estava fazendo a primeira corrida na temporada deixou a corrida por causa de um acidente. A Classificação em era a seguinte: 1. Emerson Fittipaldi, 2. Paul Tracy (a 34.1), 3. Nigel Mansell (a 36.6), 4. Al Unser jr. (a 62.1), 5. Bobby Rahal (a 1 Volta), 6. Mario Andretti (a 1 Volta) 7. Raul Boesel (a 1 Volta) 8. Robby Gordon (a 1 Volta) 9. Mike Groff (a 1 Volta) 10. Jimmy Vasser (a 2 Voltas) 11. Brian Till (a 2 Voltas) 12. Arie Luyendky (a 2 Voltas) 13. Scott Goodyear (a 2 Voltas), 14. Scott Brayton (a 3 Voltas), 15. Hiro Matsushita (a 3 Voltas), 16.Olivier Grouillard (a 3 Voltas), 17. Willy T. Ribbs (a 3 Voltas), 18. Ross Bentley (a 4 Voltas), 19. Danny Sullivan (a 4 Voltas), 20. Johnny Unser (a 7 Voltas), 21. Lyn St. James (a 7 Voltas), 22. Marco Grego (a 8 Voltas) 23. David Kudrave (a 19 Voltas). O Resto já tinha abandonado a corrida, Essa classificação iria mudar por que o Brian Trill tinha deixado a corrida, Mas computou ainda em 11ºlugar.

Restando 30 voltas para o final Emerson Fittipaldi continuava na ponta da corrida a mais de 30 segundos de Paul Tracy, uma diferença enorme e liderou 40 voltas em 72 completadas. Dave Kudrave que estava a quase 20 voltas do Líder e que estava na metade da corrida ainda rodou também, era o 6º a ir para a Grama, Somente Roberto Guerreiro é que não voltou a corrida. O Fato é que a Pista começava a formar um trilho consistente e praticamente já não chovia mais na pista, isso começava a dar uma chance de que possa alguém trocar os pneus molhados para pneus de pista seca e o spray de Água já não estava nada intenso em várias partes da pista, Mas fora da trilha a pista estava molhada e impraticável para um pneu de pista seca. Emerson começava a administrar a corrida naquele momento.

Classificação após 76 Voltas: 1. Emerson Fittipaldi , 2. Paul Tracy , 3. Nigel Mansell , 4. Al Unser jr. , 5. Bobby Rahal (-1 Volta) , 6. Mario Andretti (-1 volta).

A chuva já tinha parado e o trilho secava cada vez mais, Com mais de 30 segundos a Penske ainda estava postergando a sua parada o máximo possível para tomar a melhor decisão de trocar os pneus dos molhados para os pneus de pista seca, Mas ninguém iria arriscar uma parada para colocar pneus secos pelo menos dos pilotos de equipe grande, portanto as equipes deveriam esperar para ver o que eles poderiam fazer, Paul Tracy estava abrindo sobre Nigel Mansell e vinha mais rápido que Emerson Fittipaldi. Com 21 carros na corrida a pista fica bem mais fácil de se formar um trilho com isso existia cada vez mais a possibilidade de alguém arriscar era maior. Enquanto isso Scott Brayton continuava tomando volta.

Classificação após 83 voltas completadas: 1. Emerson Fittipaldi, 2. Paul Tracy, 3. Nigel Mansell, 4. Al Unser Jr., 5. Bobby Rahal (-1 Volta) , 6. Mario Andretti (-1 Volta). O primeiro a parar para uma troca final nos boxes foi o Canadense Paul Tracy que manteve os mesmos pneus de chuva, só reabasteceu. Só que a pista estava cada vez mais seca, Emerson Fittipaldi na volta 85 ganhou definitivamente ganhou o ponto por ter liderado o maior número de voltas na corrida e tentou passar Al Unser jr. para dar uma volta no Little Al, Nigel Mansell iria para os boxes para trocar os pneus de chuva para os pneus de pista seca, quando ele voltou ele estava logo na frente de Emerson Fittipaldi que acabou se aproveitando que Mansell estava com os pneus frios e ultrapassou o Inglês colocando 1 volta no leão. Se a Tática do Mansell iria dar certo, isso só se saberia nas próximas voltas, Só que Bobby Rahal e outros pilotos estavam já colocando os pneus de pista seca.

Voltas depois Mansell já estava andando mais rápido do que Emerson que iria para os Boxes para trocar os pneus molhados para os pneus de pista seca, quem se deu mal na Tática foi Paul Tracy que com os pneus de pista molhada acabou apostando em que a pista não iria secar o suficiente para que se permitisse que se colocassem pneus de pista seca. Lyn St. James acabou rodando e indo para a brita, mas ela voltou para a pista, O tempo já estava querendo voltar o sol. Scott Brayton na volta 90 para em um lugar muito perigoso, isso acabou acionando a bandeira amarela na corrida. Com isso todo mundo iria juntar de novo, Mas Emerson tinha também muitos retardatários de distância para Nigel Mansell, Exatamente 9 carros. Paul Tracy foi para os boxes trocar os pneus de pista molhada para os pneus Slick. Restando 10 voltas para o final a classificação era a seguinte: 1. Emerson Fittipaldi, 2. Nigel Mansell, 3. Paul Tracy, 4. Bobby Rahal (a 1 Volta), 5. Mario Andretti (a 1 Volta), 6. Al Unser jr. (a 1 Volta) , 7. Raul Boesel (a 2 Voltas) , 8. Robby Gordon (a 2 voltas), 9. Mike Groff (a 2 Voltas), 10. Scott Goodyear (a 3 Voltas), 11. Arie Luyendky (a 3 Voltas), 12. Jimmy Vasser (a 3 Voltas). Hiro Matsushita deixou a corrida com problemas na 88ªvolta, ele tinha voltas atrás do líder.

A bandeira verde foi acionada restando 6 voltas para o final da corrida, Apesar de vários pontos com a pista molhada a situação não era mais tão critica como poderia ser e Emerson Fittipaldi estava com muita diferença para Nigel Mansell tinha dificuldades para passar os retardatários e com isso Paul Tracy tentava se aproveitar para buscar de volta o segundo lugar e ajudar a Emerson na briga pelo Título, Olivier Grouillard acabou indo para fora da pista passando reto pela Chicane depois da Reta dos boxes.

Emerson Fittipaldi abriu demais para Nigel Mansell a 4 voltas do Final ele tinha 9 segundos, Mansell tinha alguma diferença para Paul Tracy. Por mais que Mansell acelerasse o Dia era de Emerson Fittipaldi que numa exibição fantastica conseguiu sua segunda vitória na temporada, tanto é que no final da corrida só Raul Boesel e Robby Gordon estavam virando no ritmo de Emerson ou um pouco mais rápido que o Brasileiro. Mansell conseguiu a 2ªposição e Paul Tracy em 3º mostrando o domínio de Penske e Newman-Haas na temporada, esse domínio só foi quebrado pelo Bobby Rahal que usando uma corrida excelente com um carro sem o acerto ideal chegou na Frente de Mario Andretti que perdeu também para Al Unser jr. da Galles. Raul Boesel fez uma corrida de Regular para boa e chegou em uma boa 7ªposição e segurou a Robby Gordon que veio com tudo no final. Mike Groff com o chassi da Rahal-Hogan fez boa corrida chegando em 9º, Luyendky, Vasser e Goodyear completaram a zona de pontuação. A Indy 93 estava esquentando mais e mais a cada corrida e Emerson estava vivo na disputa do Titulo.

Resultado final do GP de Portland de 1993

Fotos:

Vídeo da Corrida:

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mrchato27/Youtube
Vídeo: TheRacingJungle

Automobilismo Internacional Automobilismo Norte-americano Formula indy

Sobre a Formula Indy – Mercado de pilotos para 2015

Published by:

Com o Campeonato da Formula Indy de 2014 encerrado o Troca Troca de pilotos para 2015 esta bem agitado. Com 2 mudanças muito significativas que aconteceram nessas últimas semanas.

A Primeira Delas é a Penske que vem com o 4ªCarro e igualando a Andretti e a Ganassi que tem já 4 carros na Formula indy e para ocupar esse carro de número 22 estará nas mãos de Simon Pagenaud que teve grandes temporadas pela Sam Schmidt que cresceu muito nas temporadas de 2012, 2013 e 2014 e muito desse crescimento se deveu ao piloto Francês de 30 anos de idade e que conquistou 4 vitórias na sua trajetória na Formula Indy e conseguindo o 3ºlugar no campeonato de 2013 atrás apenas de Scott Dixon e de Hélio Castroneves.

Uma grande perda para a Sam Schmidt certo. Mas que conseguiram recompor o time muito bem, O Recém saído da Andretti James Hinchcliffe foi contratado para substituir o Pagenaud para 2015 na San Schmidt, Era um sonho antigo para a equipe contar com o Canadense de 27 anos que tem 3 vitórias na carreira e que correu na em 2009 na Indy Lights pela mesma equipe que vai defender na Indycar 2015 conquistando o vice-campeonato. Nos seus três Anos de Andretti não conseguiu um grande Resultado no campeonato apesar de ter tido muitas corridas de Destaque, Seu companheiro de equipe será o piloto Russo Mikhail Aleshin.

E por enquanto é isso, Sobre os Brasileiros Hélio Castroneves continua na Penske e Tony Kannan continua na Ganassi. Em Breve teremos informações se existe chances de temos mais brasileiros na categoria em 2015.

Lugares Definidos para 2015 na Formula Indy:

Andretti Autosport-Honda
25 Marco Andretti    (Estados Unidos)
28 Ryan Hunter-Reay (Estados Unidos)
34 Carlos Muñoz (Colômbia)

CFH Racing-Chevrolet
20 Ed Carpenter (Estados Unidos)
67 Josef Newgarden (Estados Unidos)

Chip Ganassi Racing-Chevrolet
9 Scott Dixon (Nova Zelândia)
10 Tony Kanaan (Brasil)
83 Charlie Kimball (Estados Unidos)

Jonathan Byrd’s Racing
Bryan Clauson (Estados Unidos)

KVSH Racing-Chevrolet
11 Sébastien Bourdais (França)

Lazier Partners Racing-Chevrolet
91 Buddy Lazier (Estados Unidos)

Rahal Letterman Lanigan Racing-Honda
15 Graham Rahal (Estados Unidos)

Schmidt Peterson Motorsports-Honda
7 Mikhail Aleshin (Rússia)
77 James Hinchcliffe (Canadá)

Team Penske-Chevrolet
1 Will Power (Austrália)
2 Juan Pablo Montoya (Colômbia)
3 Hélio Castroneves (Brasil)
22 Simon Pagenaud (França)

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Foto: motorsport.com

Automobilismo Internacional Automobilismo Norte-americano Formula indy

Classificação antiga da Formula Indy daria o título para Power em 2014

Published by:

Fazendo a pontuação do campeonato desse ano da Formula Indy com a pontuação clássica da Antiga Formula Indy power seria o campeão dessa temporada com 173 pontos. O Vice-campeão não seria Hélio Castroneves e sim o Neozelandês Scott Dixon com 158 Pontos e Simon Pagenaud que foi o 5ºcolocado na temporada de 2014 seria o terceiro colocado com 140 pontos, Hélio Castroneves que foi o vice-campeão dessa temporada teria somente a 4ªcolocação com 133 pontos, Juan Palbo Montoya que acabou em 4ºlugar fecharia o ano em 6ºlugar e Ryan Hunter-Reay seria beneficiado e ficaria em 5ºlugar.

Tony Kannan continuaria em 7ºlugar no campeonato da Formula Indy

Veja como seria a classificação final do Campeonato com o sistema de pontuação Tradicional da Formula Indy:

Will Power 173 Pontos (1)
Scott Dixon 158 Pontos (3)
Simon Pagenaud 140 Pontos (5)
Hélio Castroneves 133 Pontos (2)
Ryan Hunter-Reay 127 Pontos (6)
Juan Palbo Montoya 119 Pontos (4)
Tony Kannan 112 Pontos (7)
Sebastien Bourdais 86 Pontos (10)
Carlos Muñoz 83 Pontos (8)
James Hinchcliffe 74 Pontos (12)
Charlie Kimball 71 Pontos (14)
Marco Andretti 63 Pontos (9)
Ryan Briscoe 62 Pontos (11)
Mikhall Aleshin 56 Pontos (17)
Josef Newgarden 54 Pontos (13)
Ed Carpenter 49 Pontos (22)
Graham Rahal 43 Pontos (19)
Mike Conway 42 Pontos (23)
Justin Wilson 42 Pontos (15)
Takuma Sato 41 Pontos (18)
Jack Hawksworth 40 Pontos (16)
Carlos Huertas 28 Pontos (20)
Oriol Serviá 9 Pontos (24)
Kurt Busch 8 Pontos (25)
Sebastian Saavedra 6 Pontos (21)
Sage Karam 4 Pontos (27)
JR Hildebrand 3 Pontos (26)

Os outros pilotos não marcaram pontos no sistema tradicional da Formula Indy

Essa pontuação mostra que o Hélio Castroneves foi muito pouco ousado, tanto é que no final do campeonato com o sistema antigo de pontuação ele nem conseguiria o vice-campeonato. Outra coisa, se não fosse a pontuação dobrada ele não seria o vice-campeão dessa temporada. Da para ver que a pontuação de hoje da Formula Indy acaba privilegiando mais a Regularidade.

Sistema de Pontuação tradicional da Formula Indy:

1ºLugar 20 Pontos
2ºLugar 16 Pontos
3ºLugar 14 Pontos
4ºlugar 12 Pontos
5ºlugar 10 Pontos
6ºlugar 08 Pontos
7ºlugar 06 Pontos
8ºlugar 05 Pontos
9ºlugar 04 Pontos
10ºlugar 03 Pontos
11ºlugar 02 Pontos
12ºlugar 01 Ponto
Pole Position: 01 Ponto
Maior Número de Voltas na Liderança: 01 Ponto

Automobilismo Internacional Automobilismo Norte-americano Formula indy

Tony Kannan conquista vitória e Power leva seu primeiro título na Indy

Published by:

Tony Kannan termina um ano difícil da melhor maneira possível em Fontana

Depois de uma corrida teoricamente rápida e um pouco mais de 2 horas e meia  em Fontana na Califónia definiram um novo campeão da Formula Indy.

Hélio Castroneves foi o pole position e tinha a melhor das situações imagináveis já que Will Power líder do campeonato com 51 pontos na frente do Brasileiro, Simon Pagenaud que largava da 13ªPosição tinha uma remotíssima chance de título. Na largada Hélio Castroneves seguiu na liderança da corrida, Mas foi Montoya que acabou pegando a liderança e ficou por um bom tempo na frente com o Hélio sempre nas primeiras posições, Já Power teve cautela desde do começo da corrida, tanto é que na largada ele não ganhou posição nenhuma, Só começou a angariar colocações sempre com cautela e sem arriscar sua posição no campeonato.

Já Simon Pagenaud teve problemas em uma parada na 22ªvolta e a partir dai ele perdeu 1 volta sobre os líderes e dai a sua chance que já era pequena passou a inexistir pois o carro do Francês estava indirigível.

As voltas passavam e nada de bandeira amarela, apesar de Charlie Kimball e de Marco Andretti terem raspado os pneus no muro, isso na metade da corrida, Nesse momento Power já vinha pelas primeiras posições e Hélio não vinha com o melhor carro da pista, Mas conseguiu recuperar a liderança da corrida, Nesse momento Power tinha a 7ªposição e levaria o campeonato por 1 ponto.

Depois de 176 Voltas veio finalmente a primeira e única bandeira amarela que foi com o norte-americano Ryan Hunter-Reay que acabou perdendo o controle do carro e ainda assim o piloto foi muito bem por que evitou a batida no muro e por isso conseguiu voltar a corrida.

Com a bandeira amarela todo mundo se juntou e dai Power apareceu na corrida, na relargada o Australiano reagiu e chegou a ser o líder da corrida na parte final da prova e isso acabava sendo ruim para Castroneves, Mas o que acabaria de vez enterrando as suas chances de título foi uma penalização por causa de irregularidades no trajeto nos boxes, sendo assim voltando em 14ºlugar e deixando a vida de Power bem tranquila para ser o campeão apesar de um problema no final da corrida tornou as últimas voltas de Power mais difíceis que optou por não forçar mais o equipamento e levar seu carro com segurança para o final da corrida.

Tony Kannan que largou bem colocado na 7ªposição fez uma corrida de cabeça e acabou liderando e dominando a corrida na hora certa, Uma grande vitória após um ano difícil para ele na Chip Ganassi com seu companheiro de equipe Scott Dixon em segundo lugar e com Ed Carpenter mostrando toda a sua competência nos ovais completou o pódio na terceira posição. Já Will Power sem nenhum susto acabou a corrida em 9ºlugar e comemorou seu primeiro título na Formula Indy após passar 2010, 2011 e 2012 como vice-campeão, Para Hélio Castroneves sobrou a frustração de ter pela 4ªVez seguida batido na trave com a 14ªposição.

Power finalmente comemora seu título na Formula Indy

Na minha opinião Power finalmente teve seu título merecido o que acho que vai tornar ele um piloto muito mais alto confiante para o Futuro, Derepente pode fazer ele começar uma hegemonia na Indy, Cometeu erros? Sim. Mas acertou no momento decisivo e teve um adversário que na Hora que precisou decidir o campeonato Falhou.

Hélio Castroneves cometeu os mesmo erros do ano passado, Para mim eu acho que foi a última chance dele ser o campeão, Com o surpreendente campeonato que fez Montoya em sua volta na indy e o título de Power nesse ano o que tirou a Penske da fila de 8 anos sem um campeão Hélio acaba 2014 numa posição frágil e tendo o que provar em 2015 que pode lutar pelo título. Já a Ganassi a Troca de Motores acabou sendo ruim para todos por lá, Mas se recuperaram no final da temporada, Faltou pouco para Dixon brigar pelo título e Tony Kannan melhorou muito na segunda parte do campeonato o que pode ser um sintoma de que vai lutar seriamente pelo título em 2015.

Pela Quarta vez Hélio deixa o título escapar.

Simon Pagenaud foi um dos pilotos mais fortes do ano e pode muito bem ser o campeão até mesmo pela Schmidt pois vejo um crescimento dessa equipe na Formula Indy nos últimos anos e a equipe acertou na contratação de Aleshin que tem a chance de mostrar o que pode fazer uma categoria forte como a Formula Indy.

A Andretti acabou tendo seu melhor momento a vitória de Ryan Hunter-Reay nas 500 milhas de Indianápolis. Mas achei um ano bem discreto da equipe de Michael Andretti, Mostrando que a equipe teve uma perda com os motores Honda.

Só tenho a dizer, parabéns a Will Power pelo merecido título da Formula Indy da temporada de 2014.

Resultado final das 500 milhas de Fontana:

1.  Tony Kanaan         (Ganassi/Chevy)    2:32:58.4659
2.  Scott Dixon         (Ganassi/Chevy)         a 3.6750s
3.  Ed Carpenter        (Carpenter/Chevy)       a 7.3053s
4.  Juan Pablo Montoya  (Penske/Chevy)          a 7.9238s
5.  James Hinchcliffe   (Andretti/Honda)       a 11.8858s
6.  Takuma Sato         (Foyt/Honda)           a 12.6887s
7.  Ryan Briscoe        (Ganassi/Chevy)        a 16.5113s
8.  Carlos Munoz        (Andretti/Honda)       a 23.2807s
9.  Will Power          (Penske/Chevy)         a 28.3456s
10.  Josef Newgarden     (Fisher/Honda)         a 32.1856s
11.  Marco Andretti      (Andretti/Honda)          a 1 Volta
12.  Charlie Kimball     (Ganassi/Chevy)           a 1 Volta
13.  Justin Wilson       (Coyne/Honda)             a 1 Volta
14.  Helio Castroneves   (Penske/Chevy)            a 1 Volta
15.  Jack Hawksworth     (Herta/Honda)            a 1 Volta
16.  Ryan Hunter-Reay    (Andretti/Honda)         a 2 Voltas
17.  Sebastian Saavedra  (KV/Chevy)               a 2 Voltas
18.  Sebastien Bourdais  (KV/Chevy)               a 5 Voltas
19.  Graham Rahal        (Rahal/Honda)           a 6 Voltas
20.  Simon Pagenaud      (Schmidt/Honda)          a 7 Voltas

Não Terminou a corrida:

Carlos Huertas      (Coyne/Honda)            a 229 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Indycar