Indycar 2015 – No Texas a noite caiu e a Ganassi dominou corrida com vitória de Dixon e Brasileiros completando o pódio

Grid de Largada:

1 Will Power (Dallara Chevrolet Team Penske) 218.519 Milhas
2 Simon Pagenaud (Dallara Chevrolet Team Penske) 218.441 Milhas
3 Hélio Castroneves (Dallara Chevrolet Team Penske) 218.069 Milhas
4 Carlos Muñoz (Dallara Honda Andretti) 217.831 Milhas
5 Juan Pablo Montoya (Dallara Chevrolet Team Penske) 217.530 Milhas
6 Graham Rahal (Dallara Honda Rahal) 217.438 Milhas
7 Scott Dixon (Dallara Chevrolet Ganassi) 217.411 Milhas
8 Tony Kanaan (Dallara Chevrolet Ganassi) 217.337 Milhas
9 Charlie Kimball (Dallara Chevrolet Ganassi) 217.323 Milhas
10 Sage Karam (Dallara Chevrolet Ganassi) 216.920 Milhas
11 Marco Andretti (Dallara Honda Andretti) 216.876 Milhas
12 James Jakes (Dallara Honda Schmidt) 216.864 Milhas
13 Takuma Sato (Dallara Honda AJ Foyt Racing) 216.686 Milhas
14 Josef Newgarden (Dallara Chevrolet CFH Racing) 216.210 Milhas
15 Ed Carpenter (Dallara Chevrolet CFH Racing) 216.197 Milhas
16 Tristan Vautier (Dallara Honda Dale Coyne Racing) 215.929 Milhas
17 Jack Hawksworth (Dallara Honda AJ Foyt Racing) 215.621 Milhas
18 Sébastien Bourdais (Dallara Chevrolet KV) 215.303 Milhas
19 Ryan Briscoe (Dallara Honda Schmidt) 215.162 Milhas
20 Gabby Chaves (Dallara Honda Herta) 215.146 Milhas
21 Ryan Hunter-Reay (Dallara Honda Andretti) 215.026 Milhas
22 Pippa Mann (Dallara Honda Dale Coyne Racing) 214.654 Milhas
23 Stefano Coletti (Dallara Chevrolet KV) 211.930 Milhas


2xu3mqpv o

Na largada power manteve a liderança e Castroneves foi para cima de Pagenaud, mas na volta 8 Pagenaud assumiu a liderança após passar Power.
Ao mesmo tempo tivemos a luta entre os dois pilotos Brasileiros pela 3ªposição lado a lado por algumas voltas com Tony estava por fora e Helinho por dentro e logo atrás vinha Montoya o líder do campeonato.
Depois de praticamente umas 10 voltas Tony Kannan assumiu o 3ºlugar de Hélio Castroneves na 19ªVolta.
Pagenaud continuava líder com Power em segundo, Jack Hawksworth foi o primeiro a fazer uma parada tentando uma tática diferente já que estava lá atrás na prova.
Dos 5 primeiros colocados 4 eram pilotos da Penske sendo Kannan o solitário piloto da Ganassi nos Top 5. 28ªVolta Pagenaud pegava o primeiro retardatário na corrida que era o piloto Stefano Coletti.

Tony Kannan passou Power e assumiu o segundo lugar e Hélio Castroneves foi para cima de Power em disputa o 3ªlugar na prova.
Ed Carpenter também parou na 32ªVolta para tentar uma tática diferente além de Graham Rahalna volta seguinte fez sua primeira parada.
logo depois começaram a vim Newgarden, Sato, todos eles tentando táticas diferentes pois nesse tipo de circuito o ideal é fazer a primeira parada entre a 45 até a 50, 52 por ai.
Começaram as paradas normais nos boxes com Muñoz, Jakes, Andretti. Will Power foi o primeiro dos líderes a entrar nos boxes na 45ªVolta na volta seguinte veio Montoya, bourdais, Kannan na volta 48, Helinho na volta 48 também.
Durante essas paradas quase que Josef Newgarden não conseguia segurar o carro e ir para o muro, Mas ele ainda assim conseguiu salvar a história. Enquanto isso estávamos tendo uma Bela Briga entre Karam e Andretti pelo 11ºlugar.

L0kttqmv o

Pagenaud, Kannan, Montoya, Castroneves e Power eram os cinco primeiros depois das paradas nos boxes, Todos eles de Motor Chevrolet. O melhor motor Honda era o Colombiano Carlos Muñoz que vinha em 6ºlugar.

Voltas depois Ryan Hunter-Reay fazia uma nova parada nos boxes e com isso perdia mais tempo nessa corrida, aliás um ano dificil para o campeão de 2012 da categoria no primeiro ano dos motores Turbo e com o DW12.
Tony Kannan tentava se aproximar de Pagenaud na disputa pela liderança da prova. Ed Carpenter, Graham Rahal já na volta 66 partiam para a segunda parada nos boxes e nessa situação já começava a tática deles a se perder.

Tony Kannan assumiu a liderança da corrida andando muito forte com a Ganassi com motores Chevrolet que é uma tônica estarem lutando por vitórias nesse ano.

Montoya começou a aparecer mais na corrida ultrapassando a Pagenaud que vem sendo a decepção do ano andando com a Penske não conseguindo fazer mais do que fez com equipes menores no passado começava a ir ladeira abaixo na classificação sendo pressionado pelo Hélio Castroneves.

Começando a segunda rodada de paradas nos boxes isso com a bandeira amarela na pista acabou, Trabalho muito mal o time de Tony Kannan que demorou 3 segundos a mais do que os seus adversários e pior ainda a equipe de Simon Pagenaud que perdeu várias posições ficando parado muito mais do que deveria ficar.

Depois das paradas a classificação era a seguinte Montoya, Castroneves, Kannan, Dixon, Power, Kimball, Muñoz, Jakes, Pagenaud e Briscoe esses eram os dez primeiros colocados. Pilotos mais atrás fizeram parada 1 volta depois dos líderes e alguns deles recuperaram a volta perdida.

A Bandeira amarela durou 13 voltas até que a bandeira verde foi dada na volta 98. Tony e Dixon lutavam pelo 3ºlugar e dai o brasileiro stinlingou para passar Castroneves e Montoya para assumir a liderança de novo da corrida, era impressionante a velocidade do piloto Brasileiro que não foi nada bem no final de semana em Detroit. Mas Dixon estava querendo pegar a ponta para a ele, Um piloto que começava a aparecer era Ryan Briscoe que substituía a James Hinchecliffe e vinha duelando com Muñoz pela lutar para tornar o melhor Honda na corrida algo que foi conseguido com muita facilidade a 4ªPosição.

A noite começava a cair em Texas o ritmo de corrida era ótimo até aquela fase da corrida, Quem acabou caindo muito foi Montoya que foi da ponta para a 7ªPosição o que deixava em dúvida a capacidade da Penske de tentar voltar o domínio da corrida, Caso contraio a Ganassi tomou a corrida para ela.

Kannan segurou o ataque de Dixon que ficou para os ataques de Hélio Castroneves que queria tomar o segundo lugar para ele e para a Penske e recuperar o domínio da equipe de Roger Penske, Enquanto isso Hunter-Reay iria para mais uma parada nos boxes continuando o seu calvário na corrida nas últimas posições.

Montoya na volta 138 e Power na 139 inaugurava a 3ªrodada de paradas em bandeira verde, na Volta 140 Tony Kannan foi para a sua parada enquanto Dixon era o líder da corrida e ficou por 2 voltas na ponta e depois foi para os boxes deixando a liderança com Hélio Castroneves pela primeira vez por 1 volta até sua parada, nesse momento o líder era James Jakes que vinha rápido com o carro da Schmidt e com motores Honda que eram mais fracos que os Chevrolet, o piloto inglês foi a parada na volta 144. E com isso a luta pela ponta ficou entre Dixon e Kannan e acabou o piloto Neozelandês levando a melhor e indo para a liderança, Algumas voltas depois o piloto Ed Carpenter se juntava a Jack Hawksworth e acabou abandonando a corrida com problemas mecânicos com 147 voltas completadas.

Gasktroy o

Tony não se deu por vencido e tentou voltar a ponta atacando a Dixon na batalha dos dois principais pilotos da Ganassi. Power esteve próximo de tomar volta do líder, Mas dai ele começou a aumentar a velocidade e se distanciou dos líderes. Caso tomasse a volta seria muito difícil retornar a luta pela vitória pois numa bandeira amarela quem fica na mesma volta do líder mesmo que estiver para quase tomar volta do líder tem a sua distância para o líder dizimada.

Kimball e Briscoe lutavam pelo 6ºlugar com uma vantagem de motor para o Kimball, Mas o piloto Australiano da Schmidt conseguia resistir e manter a frente de Kimball. Newgarden na volta 150 abandonou a corrida com problemas mecânicos em seu carro da CFH que alias não teve um bia para comemorar com ambos os carros de fora da etapa do Texas. Briscoe acabou resistindo a Kimball e voltou a abrir uma vantagem pequena para Kimball, Mas logo Kimball acabou numa ultrapassagem relâmpago tomando o 6ºposto de Briscoe.

Dixon continuava na liderança com Tony Kannan perto dele e depois a 4 segundos vinha Hélio Castroneves em 3º, Voltas depois o ritmo do Scott Dixon aumentou e com isso a diferença entre Dixon para Kannan aumentou para 3 segundos de diferença, Os pilotos estavam virando 205 milhas de média.

Na Volta 186 Dixon foi para os boxes enquanto Tony Kannan continuou na pista e assumiu a liderança por uma 1 volta até a sua parada na volta 187 e dai a liderança foi para Hélio Castroneves, Montoya foi para os boxes na volta 188. Na Volta seguinte veio Charlie Kimball para os boxes, o piloto norte-americano que tem diabetes e tem com essa desvantagem o apoio de uma empresa que além de financiar o seu carro ainda ajuda ele no tratamento da doença, Na Volta 191 Castroneves foi para os boxes restando 57 voltas para o final. Em condições normais todos deveriam fazer uma parada nos boxes até o final. O líder era Marco Andretti que estava com os motores Honda que tinham um menor consumo de combustível. Muñoz foi o último do líderes a fazer a parada.

3ktughoj o

Andretti entrou na volta 195 e tentaria ficar somente nessa parada, 53 voltas com o mesmo tanque era quase impossível ele teria que fazer um ritmo pra lá de conservador para chegar ao final da prova. Dixon era o líder após as paradas com Kannan a 6 segundos atrás e Helinho a 14 segundos atrás. Se nada acontecesse a corrida estava na mão do Neozelandês. Montoya e Briscoe completavam a lista dos 5 primeiros colocados. sendo que Briscoe já tinha uma volta de desvantagem para Dixon que começava a administrar a sua diferença.

Kimball acabou de passagem tomando o 5ºlugar de Briscoe na volta 214 mostrando que também estava em um ritmo forte com o 3º carro da Ganassi. Dixon começava a ter a sua diferença diminuía de 6 para 4 segundos. Enquanto isso Coletti acabou confundindo de boxes e perdeu tempo, Ele já estava nas últimas posições mesmo ou na última posição não fez tanta diferença na classificação para o piloto da KV Racing.

Hélio Castroneves a 25 Voltas do final da prova foi para os boxes para completar o combustível para terminar a corrida, começava a última janela de paradas nos boxes. Na Volta seguinte veio Tony Kannan fazer o mesmo assim como Montoya. A 20 Voltas do final Dixon foi para os boxes para completar o combustível para fechar sua corrida e provavelmente vencer a prova. Já Tony e Hélio quase bateram pneu por pneu, Mas acabou os dois são e salvo com Tony levando a 4ªposição de Castroneves já que Marco Andretti e Carlos Muñoz não tinham parado e não pretendiam parar nos boxes. Mas não seguraram essas posições. Ambos ficaram bem lentos para terminaram a corrida com esse tanque.

Wa3ceup0 o

Dixon estava virando 211 milhas por hora na volta. Nada parou o Neozelandês para mais uma vitória com Kannan e Hélio Castroneves completando o pódio com Montoya em 4º com a Penske que viu com o anoitecer o seu domínio acabar como a luz do sol no Texas, Marco Andretti levou seu carro ao final sendo o melhor piloto com o Motor Honda em 5º salvando a honra da Montadora japonesa e da Andretti Autosport que teve Muñoz como o sexto colocado e dai depois com boas exibições o Piloto Charlie Kimball da Ganassi. Ryan Briscoe com o carro da Sam Schmidt, James Jakes com o carro da Sam Schmidt e Gabby Chaves que foi discreto mas foi eficiente ao levar o carro da Herta ao 10ºlugar. A lamentar a péssima atuação do pole position Will Power que fechou em fraquíssima 13ªposição e mais uma atuação fraca de Pagenaud que ficou colocado em 11ºlugar.

Classificação final das 600 milhas do Texas:

1 Scott Dixon (Dallara Chevrolet Ganassi) 1:52:47.8513 em 248 Voltas
2 Tony Kanaan (Dallara Chevrolet Ganassi) a 7.8000
3 Hélio Castroneves (Dallara Chevrolet Penske) a 9.9446
4 Juan Pablo Montoya (Dallara Chevrolet Penske) a 10.4608
5 Marco Andretti (Dallara Honda Andretti) a 26.0947
6 Carlos Muñoz (Dallara Honda Andretti) 247 a 1 Volta
7 Charlie Kimball (Dallara Chevrolet Ganassi) 247 a 1 Volta
8 Ryan Briscoe (Dallara Honda Schmidt) 247 a 1 Volta
9 James Jakes (Dallara Honda Schmidt) 247 a 1 Volta
10 Gabby Chaves (Dallara Honda Herta) 246 a 2 Voltas
11 Simon Pagenaud (Dallara Chevrolet Penske) 246 a 2 Voltas
12 Sage Karam (Dallara Chevrolet Ganassi) 245 a 3 Voltas
13 Will Power (Dallara Chevrolet Penske) 244 a 4 Voltas
14 Sébastien Bourdais (Dallara Chevrolet KV) 244 a 4 Voltas
15 Graham Rahal (Dallara Honda Rahal) 243 a 5 Voltas
16 Takuma Sato (Dallara Honda Foyt) 243 a 5 Voltas
17 Pippa Mann (Dallara Honda Coyne) 242 a 6 Voltas
18 Ryan Hunter-Reay (Dallara Honda Andretti) 241 a 7 Voltas
19 Stefano Coletti (Dallara Chevrolet KV) 239 a 9 Voltas
20 Tristan Vautier (Dallara Honda Coyne) a 92 Voltas
21 Josef Newgarden (Dallara Chevrolet CFH) a 99 Voltas
22 Ed Carpenter (Dallara Chevrolet CFH) a 101 Voltas
23 Jack Hawksworth (Dallara Honda Foyt) a 186 Voltas

Fotos:

 

View post on imgur.com

Vídeo da Corrida:

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Indycar/Motorsport
Vídeo: TheindySnake

Formula Indy 2015 – Bourdais leva a KV a vitória em corrida marcada pelas táticas e pela sorte do piloto Francês

Grid de largada:

1 Juan Pablo Montoya (Dallara Chevrolet Penske)
2 Will Power (Dallara Chevrolet Penske)
3 Hélio Castroneves  (Dallara Chevrolet Penske)
4 Scott Dixon  (Dallara Chevrolet Ganassi)
5 Graham Rahal  (Dallara Honda Rahal)
6 Josef Newgarden  (Dallara Chevrolet CFH)
7 Marco Andretti  (Dallara Honda Andretti)
8 Simon Pagenaud  (Dallara Chevrolet Penske)
9 Sébastien Bourdais  (Dallara Chevrolet KV)
10 Conor Daly  (Dallara Honda Schmidt)
11 Carlos Muñoz  (Dallara Honda Andretti)
12 Charlie Kimball  (Dallara Chevrolet Ganassi)
13 Tony Kanaan  (Dallara Chevrolet Ganassi)
14 Ryan Hunter-Reay  (Dallara Honda Andretti)
15 Takuma Sato  (Dallara Honda Foyt)
16 James Jakes  (Dallara Honda Schmidt)
17 Luca Filippi  (Dallara Chevrolet CFH)
18 Gabby Chaves  (Dallara Honda Herta)
19 Jack Hawksworth  (Dallara Honda Foyt)
20 Sage Karam  (Dallara Chevrolet Ganassi)
21 Stefano Coletti  (Dallara Chevrolet KV)
22 Rodolfo González  (Dallara Honda Coyne)
23 Tristan Vautier  (Dallara Honda Coyne)

Ia8hj7et o

Se a corrida no sábado foi caótica ela não seria diferente no dia seguinte, De novo sob a chuva na Ilha Bella em Detroit na divisa entre os Estados Unidos e o Canadá, A Chuva que caiu na parte da manhã impossibilitou que ocorresse o treino de Classificação, com isso o grid de largada foi feito pela classificação dos carros no campeonato. Com isso Montoya saiu na pole com Power em 2º, Hélio Castroneves em 3º, Scott Dixon em 4º Graham Rahal em 5º e Newgarden em 6º. Tony Kannan iria partir da 13ºPosição. Algo a se explicar do porque Conoy Daly largar do 10ºlugar. É que o carro dele computando os pontos de Hinchcliffe, de Ryan Briscoe em Indianápolis e da primeira corrida em Detroit com ele colocou o carro em 10ºlugar.

Na Largada Power assumiu a liderança com Montoya em segundo, Quem pulou muito bem foi o piloto Josef Newgarden que pulou de 6º para o 3ºlugar. Uma grande largada também do piloto da Andretti, Com Carlos Muñoz que ganhou 4 posições nas primeiras voltas, Mas com problemas na Volta 5 ele abandonou a corrida com problemas do seu motor Honda que fumaçou.

Mcqw18hu o

Antes disso Montoya na 3ªVolta recuperou a ponta da corrida, A partir dai a corrida caminhou bem mesmo com a pista molhada que estava nas primeiras voltas e que piorou com a chuva ficando mais forte a partir da 15ª volta mais ou menos, Na 19ªVolta os pilotos começaram a ir para as suas paradas nos boxes. Na 21ªVolta Montoya foi para os Boxes. na 22ª entrou Will Power. Com isso Dixon foi para a liderança da corrida por uma volta e foi para os boxes na entrada da 23ªVolta. Mas quem surpreendeu foi Conor Daly que fez 23 voltas ajudado pelo Motor Honda ter um consumo melhor do que o consumo da Chevrolet até parar nos boxes.

Montoya voltou na liderança da corrida, Power acabou pressionando seu companheiro de equipe durante 3 voltas até que na volta 27 ele acaba tendo problemas em seu volante deixando o câmbio travado, Com isso o Australiano campeão de 2014 foi para os boxes para trocar o Volante e reabastecer, Mas isso fez com que Power caísse para o 13ºLugar deixando Montoya absoluto como líder da corrida, Porém Scott Dixon em segundo vinha tirando a sua vantagem que já tinha sido até de 20 segundos sobre o piloto Neo-Zelandês.

K5qjigzw o

A Corrida encaminhava bem até a volta 37 quando o Venezuelano candidato a ser o Maldonado da Formula Indy Rodolfo González provocou a primeira bandeira amarela batendo no muro, praticamente no mesmo momento dos pilotos começarem a fazer a segunda parada nos boxes, Quando todo mundo parou dos líderes nos boxes Dixon se deu melhor e assumiu a primeira posição com Bourdais em 2º e Montoya caindo para o terceiro lugar. Mas o líder de verdade era Conor Daly que junto de Ryan Hunter-Reay não tinham feito a parada e que pretendiam fazer só mais uma parada e assim chegar ao final da corrida com chances de vitória.

A Partir dai uma bandeira amarela começou a chamar a outra foi dada uma nova bandeira verde, Na mesma volta da relargada o piloto Luca Filippi Bateu provocando uma nova bandeira amarela isso na volta 42, Quarto voltas depois mais uma bandeira verde e a partir dai a pista começava a secar, alguns pilotos como Bourdais arriscaram em colocar pneus de pista seca. Logo eles tiveram vantagem tanto Bourdais como Sato e Montoya. Após a ousadia deles serem premiada Hélio, Power e outros foram para uma parada nos boxes para completarem o tanque e colocarem pneus de pista seca.

2wpylcbh o

Eis que uma nova bandeira amarela aparece com a batida de Josef Newgarden, Daly que liderou pela primeira vez uma prova na Formula Indy foi para os boxes fazer sua última parada, Com isso Bourdais era o líder com Montoya em 2º, Rahal em 3º, Sato em 4º e Simon Pagenaud em 5ºlugar.

Essa bandeira amarela durou por 5 voltas, Na 55ªVolta novamente tivemos a relargada, Dai Sage Karam acabou tocando em Jack Hawksworth que rodou e levou com ele o Monegasco Stefano Coletti. resultado disso foi mais uma bandeira amarela. Para os pilotos da frente a questão era poupar combustível até o final da prova. já Power, Dixon e Castroneves, Daly era acelerar fundo e tentar ganhar o maior número de posições possíveis.

Teozdmmc o

Na relargada tivemos mais um incidente, Ao tentar voltar a sua trajetória o Norte-americano Charlie Kimball acabou não percebendo a presença de Scott Dixon e acaba empurrando para o muro  e dessa forma provocando mais uma bandeira amarela. Naquela Altura do campeonato os líderes Bourdais, Montoya, Rahal e Sato torciam para ficar na amarela até o final da prova.

Na bandeira verde dada a 9 Voltas e Sato consegue no tempo certo pegar no contrapé de Montoya para assumir a segunda posição levando Graham Rahal Junto, Tudo normal na primeira volta, Mas dai veio o Sage Karam e pela segunda vez seguida acaba tocando em Jack Hawksworth (Coitado do Inglês), Mas acabou não dando a bandeira amarela. O Que deu a bandeira amarela foi a batida que envolveu os pilotos Will Power e Hélio Castroneves da Penske. A Corrida foi interrompida, E houve uma discussão se Sato deveria ser ou não punido por causa da ultrapassagem. Na Minha opinião Sato passou Montoya na Bandeira verde o que significa que ele fez tudo de maneira correta.

Os Carros voltaram a pista, Só teríamos mais 4 minutos para o encerramento da corrida, Na Reta final Bourdais da KV consegue levar seu carro ao Final para conquistar a vitória, Com Takuma Sato em 2º com a A.J.Foyt num brilhante final de semana e Graham Rahal completando o pódio em 3ºlugar. Ah de se lembrar de Tristan Vautier que levou a modesta Dale Coyne ao 4ºlugar após uma corrida tão dura e sem se envolver em confusão. Marco Andretti em 5º completando o bom final de semana dele. Conor Daly fazendo uma belíssima segunda corrida em termos de tática levando o carro da Schmidt ao 6ºlugar fazendo apenas 2 paradas, Jack Hawksworth em 7º apenas de levar tanta pancada de Sage Karam.

Montoya apesar de grande parte do tempo dominar a corrida acabou vitima da Falta de Combustível completando a corrida em 10ºlugar, Tony Kannan teve de parar no final da corrida e ficou em 13ºlugar.

Pzogxkth o

O Próximo Post da Indycar aqui será dos 600 km do Texas que posso afirmar foi muito boa a corrida.

Resultado final do GP de Detroit – Corrida 2:

1 Sébastien Bourdais (Dallara Chevrolet KV) 2h 00:38.4300
2 Takuma Sato (Dallara Honda Foyt) a 1.7644
3 Graham Rahal (Dallara Honda Rahal) a 2.3388
4 Tristan Vautier (Dallara Honda Coyne) a 9.7413
5 Marco Andretti (Dallara Honda Andretti) a 9.9849
6 Conor Daly (Dallara Honda Schmidt) a 10.5636
7 Jack Hawksworth (Dallara Honda Foyt) a 11.3614
8 Ryan Hunter-Reay (Dallara Honda Andretti) a 12.0563
9 Gabby Chaves (Dallara Honda Herta) a 13.9912
10 Juan Pablo Montoya (Dallara Chevrolet Penske) a 14.0298
11 Charlie Kimball (Dallara Chevrolet Ganassi) a 14.2823
12 Sage Karam (Dallara Chevrolet Ganassi) a 25.2484
13 Tony Kanaan (Dallara Chevrolet Ganassi) a 26.5303
14 Simon Pagenaud (Dallara Chevrolet Penske) a 27.1177
15 James Jakes (Dallara Honda Schmidt) a 1 Volta
16 Stefano Coletti (Dallara Chevrolet KV) a 1 Volta
17 Luca Filippi (Dallara Chevrolet CFH) a 2 Voltas
18 Will Power (Dallara Chevrolet Penske) a 6 Voltas – Acidente
19 Hélio Castroneves (Dallara Chevrolet Penske) a 6 Voltas – Acidente
20 Scott Dixon (Dallara Chevrolet Ganassi) a 12 Voltas – Acidente
21 Josef Newgarden (Dallara Chevrolet CFH) a 21 Voltas – Acidente
22 Rodolfo González (Dallara Honda Coyne) a 35 Voltas – Acidente
23 Carlos Muñoz (Dallara Honda Andretti) a 65 Voltas – Motor

Fotos da corrida:

 

View post on imgur.com

Vídeo da Corrida:

 

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Motorsport
Vídeo: Indycar

Formula Indy 2015 – Primeira corrida de Detroit: Sorte e Habilidade faz Muñoz conquista primeira vitória na IndyCar

Grid de Largada:

1 Will Power (Dallara Chevrolet Penske) 111.178 Milhas
2 Hélio Castroneves (Dallara Chevrolet Penske) 111.140 Milhas
3 Juan Pablo Montoya (Dallara Chevrolet Penske) 110.671 Milhas
4 Takuma Sato (Dallara Honda Foyt) 110.536 Milhas
5 Simon Pagenaud (Dallara Chevrolet Penske) 110.349 Milhas
6 Sébastien Bourdais (Dallara Chevrolet KV) 109.812 Milhas
7 Scott Dixon (Dallara Chevrolet Ganassi) 109.903 Milhas
8 Stefano Coletti (Dallara Chevrolet KV) 109.353 Milhas
9 Marco Andretti (Dallara Honda Andretti) 109.333 Milhas
10 James Jakes (Dallara Honda Schmidt) 109.139 Milhas
11 Tristan Vautier (Dallara Honda Coyne) 108.721 Milhas
12 Sage Karam (Dallara Chevrolet Ganassi) 108.594 Milhas
13 Graham Rahal (Dallara Honda Rahal) 108.151 Milhas
14 Jack Hawksworth (Dallara Honda Foyt) 107.428 Milhas
15 Tony Kanaan (Dallara Chevrolet Ganassi) 108.026 Milhas
16 Ryan Hunter-Reay (Dallara Honda Andretti) 106.598 Milhas
17 Charlie Kimball (Dallara Chevrolet Ganassi) 108.004 Milhas
18 Josef Newgarden (Dallara Chevrolet CFH) 103.851 Milhas
19 Luca Filippi (Dallara Chevrolet CFH) 107.853 Milhas
20 Carlos Muñoz (Dallara Honda Andretti) 103.830 Milhas
21 Conor Daly (Dallara Honda Schmidt) 107.779 Milhas
22 Rodolfo González (Dallara Honda Coyne) 103.397 Milhas
23 Gabby Chaves (Dallara Honda Herta) 106.777 Milhas

Depois das emocionantes 500 milhas de Indianápolis tivemos o final de semana de Rodada Dupla em Detroit, Um final de semana de duas corrida sob chuva o  que testou a capacidade dos pilotos e a estratégia das equipes. Em condições normais provavelmente iríamos ter o domínio da Penske que estava no grid de largada com seus 4 pilotos nas 5 primeiras posições com Will Power fazendo a pole position com Hélio Castroneves em 2º, Juan Palbo Montoya o líder do campeonato e vencedor das 500 milhas de Indianápolis em 3º e Simon Pagenaud em 5ºlugar sendo superado pelo Japonês Takuma Sato da A.J.Foyt.

Na Largada sob chuva quem se destacou foi o Japonês Sato que em menos de duas voltas pulou da sua quarta posição para a liderança da corrida com um desempenho estupendo de seu carro e de sua coragem em ter superado os pilotos da Penske na pista molhada. No Começo da Terceira volta foi acionada a primeira bandeira amarela que foi provocada pelo piloto Venezuelano Rodolfo González que rodou.

Oiarpvyk o

Com isso a bandeira amarela ficou por algumas voltas até que a bandeira verde foi dada na 6ªVolta recomeçando a corrida, Stefano Coletti (Sem querer) acabou fazendo com que James Jakes, Tony Kannan e Graham Rahal baterem e com isso uma nova bandeira amarela foi acionada. Tony Kannan voltou para os boxes, Mas o carro precisava de mais reparos e o piloto foi para a garagem consertar seu carro, Isso tirava qualquer chance para o piloto Brasileiro. Nessa bandeira amarela pilotos como Marco Andretti acabaram arriscando um pneu de pista seca percebendo que a pista estava em processo de secagem.

Nisso outros pilotos foram para a parada como Jack Hawksworth, Luca Filippi, Charlie Kimball entre outros, Os pilotos da Parte da Frente (Sato, Castroneves, Power, Montoya, Bourdais …) Não arriscaram fazer a parada, Dada a bandeira verde na 13ªVolta ficou evidente que os pneus de pista seca começavam a render mais do que os de chuva. Marco Andretti e Luca Filippi começavam a avançar na classificação, Mas eis que surge uma nova bandeira amarela provocada por Charlie Kimball que não segurou o carro e acabou no muro (Ainda era uma pista com partes molhadas).

Destroços ficaram na pista, O Safety Car entrou pela terceira vez na corrida, Aproveitando isso os líderes foram para os boxes trocarem de pneus já que eles não iriam durar muito com pneus de chuva em pista seca, Com os líderes fazendo a troca a liderança passou para Marco Andretti com Luca Filippi em 2º e Jack Hawksworth em 3º.

Na Relargada o pelotão da Frente que tinha feito a parada na bandeira amarela 3 estava tentando recuperar a liderança da corrida, Na volta 20 Takuma Sato tenta uma ultrapassagem sobre Josef Newgarden, Mas acaba acertando o pneu traseiro com sua asa dianteira que foi danificada no incidente enquanto que o piloto da CFH com o pneu furado acabou perdendo a sua posição na corrida, Sato perdeu rendimento, A Bandeira amarela foi acionada por causa de um pedaço da Asa dianteira do piloto da A.J.Foyt, Newgarden e Sato foram aos boxes assim como outros pilotos foram para os boxes completarem o tanque de combustível.

Mais uma vez tivermos a relargada e algumas voltas depois tivemos mais uma bandeira amarela, de novo  com o piloto Rodolfo González que dessa vez foi para os boxes e abandonou a corrida. O carro dele deixou uma peça de carro na reta dos boxes de Forma perigosa demais.

Ginpbgwk o

Com a Retirada dessa peça do carro novamente foi dada a bandeira verde, E Dai podemos dizer que Carlos Muñoz piloto que largou da 20ªposição acabou decidindo a corrida a favor dele no  momento que ele teve a capacidade de saber o momento certo de trocar seus pneus de pista seca para os pneus de chuva.

A Chuva voltou a cair de Detroit e todo mundo foi para os boxes, Mas o piloto Colombiano da Andretti arriscou ficar na pista por mais 2 vezes e foram essas voltas que deram a Muñoz uma vantagem de 33 segundos sobre o vice-líder Marco Andretti. Ao voltar dos boxes já com os pneus de pista molhada Muñoz continuou na liderança da prova e aparentemente bem e aumentando a vantagem sobre Andretti.

A Corrida finalmente começava a ter um bom ritmo de voltas até que uma bandeira amarela na volta 47 é dada após um acidente com o piloto Luca Filippi da CFH Racing, Mas daí a corrida é interrompida e depois disso não é mais reiniciada por causa dos raios que caíram sobre a ilha bela.

Alyjukq7 o

Aos 23 anos Carlos Muñoz conquista sua primeira vitória na Formula Indy, Após Brilhar nas 500 milhas de 2013 onde ele terminou a prova em segundo lugar o piloto Colombiano mostra cada dia mais potencial para ser um futuro campeão da categoria. A sorte existiu, Mas foi competente para fazer a parada na hora certa  e vencer com certa folga sobre o seu companheiro de equipe Marco Andretti que fez uma corrida arrojada ficando em 2ºlugar. A Penske salvou pelo menos o pódio em 3ºlugar com Simon Pagenaud.

Will Power que foi o pole position ficou em uma boa 4ªPosição. Scott Dixon em 5º com a melhor Chip Ganassi ou melhor a única que conseguiu colher um bom resultado. Hélio Castroneves levando o melhor resultado do Brasil nessa corrida em 6ºlugar depois vieram Jack Hawksworth da A.J.Foyt e Josef Newgarden da CFH Racing levando seus carros a boas colocações. Luca Filippi ainda que batendo computou o 9ºlugar e Montoya com o  10ºlugar segue o líder do campeonato da Formula Indy.

Já o Arrojado Japonês Takuma Sato acabou ficando em 11ºlugar. Tony Kannan só conseguiu chegar até a 20ªposição a 14 voltas do Vencedor.

Zwjxigoa o

Mas as Aventuras de Detroit não terminaram por aqui, No dia seguinte teria a segunda corrida que vai ser comentada aqui num próximo post aqui no Portalsportszone.

Resultado Final da 7ªEtapa do Campeonato Mundial de Formula Indy:

1 Carlos Muñoz (Dallara Honda Andretti) 1:30.59.4501 em 48 Voltas
2 Marco Andretti (Dallara Honda Andretti) a 14.8831
3 Simon Pagenaud (Dallara Chevrolet Penske) a 18.6963
4 Will Power (Dallara Chevrolet Penske) a 29.9813
5 Scott Dixon (Dallara Chevrolet Ganassi) a 32.8336
6 Hélio Castroneves (Dallara Chevrolet Penske) a 36.4851
7 Jack Hawksworth (Dallara Honda Foyt) a 38.8878
8 Josef Newgarden (Dallara Chevrolet CFH) a 42.3010
9 Luca Filippi (Dallara Chevrolet CFH) a 1 Volta
10 Juan Pablo Montoya (Dallara Chevrolet Penske) a 1 Volta
11 Takuma Sato (Dallara Honda Foyt) a 1 Volta
12 James Jakes (Dallara Honda Schmidt) a 1 Volta
13 Ryan Hunter-Reay (Dallara Honda Andretti) a 1 Volta
14 Sébastien Bourdais (Dallara Chevrolet KV) a 1 Volta
15 Stefano Coletti (Dallara Chevrolet KV) a 1 Volta
16 Sage Karam (Dallara Chevrolet Ganassi) a 1 Volta
17 Tristan Vautier (Dallara Honda Coyne) a 1 Volta
18 Gabby Chaves (Dallara Honda Herta) a 1 Volta
19 Conor Daly (Dallara Honda Schmidt) a 1 Volta
20 Tony Kanaan (Dallara Chevrolet Ganassi) a 14 Voltas
21 Rodolfo González (Dallara Honda Coyne) a 23 Voltas – Mecânico
22 Charlie Kimball (Dallara Chevrolet Ganassi) a 35 Voltas – Acidente
23 Graham Rahal (Dallara Honda Rahal) a 43 Voltas – Acidente

Fotos da Corrida:

 

View post on imgur.com

Vídeo do GP de Detroit – Corrida 1

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Motorsport
Vídeo: IndyCar

Premiação de cada piloto nas 500 milhas de Indianapolis em 2015

Montoya comemorando a vitória e mais de 2 milhões de Dólares.
Montoya comemorando a vitória e mais de 2 milhões de Dólares.

Juan Pablo Montoya    U$ 2.449.055
Will Power        U$ 792.555
Scott Dixon        U$ 615.805
Charlie Kimball        U$ 564.055
Hélio Castroneves        U$ 482.555
Graham Rahal        U$ 439.555
Marco Andretti        U$ 412.055
Gabby Chaves        U$ 399.055
Josef Newgarden        U$ 382.055
Sébastien Bourdais        U$ 378.555
Tony Kanaan        U$ 375.555
Ryan Briscoe        U$ 368.805
Takuma Sato        U$ 364.055
Ryan Hunter-Reay        U$ 355.555
James Jakes        U$ 347.555
Carlos Muñoz        U$ 345.555
Stefano Coletti        U$ 344.555
James Davison        U$ 344.055
Tristan Vautier        U$ 344.055
Ed Carpenter        U$ 344.055
Sage Karam        U$ 344.055
Simon Pagenaud        U$ 307.805
J.R. Hildebrand        U$ 246.805
Townsend Bell        U$ 218.555
Justin Wilson        U$ 211.305
Pippa Mann        U$ 206.805
Jack Hawksworth        U$ 205.055
Alex Tagliani        U$ 203.305
Conor Daly        U$ 201.805
Oriol Servià        U$ 201.805
Simona de Silvestro    U$ 200.305
Bryan Clauson        U$ 200.305
Sebastian Saavedra    U$ 200.305
Total U$ 13.397.315

Premiações nos últimos 9 anos:
2015: U$ 13.397.315
Em 2014: U$ 14.231.763
Em 2013: U$ 12.020.065
Em 2012: U$ 13.280.815
Em 2011: U$ 13.506.235
Em 2010: U$ 13.592.815
Em 2009: U$ 14.293.315
Em 2008: U$ 14.352.580
Em 2007: U$ 10.642.815

Premiação de cada piloto nas 500 milhas de Indianapolis em 2014

Carl Edwards Na tática conquista vitória na Charlotte 600

Em uma das maiores corridas da temporada da Nascar numa corrida sem grandes lances de Bandeiras amarelas, Mas uma corrida em que se valeu de uma corrida técnica e veloz.

O pole Matt Kenseth que largou na frente manteve a ponta da corrida com Carl Edwards e Joey Logano disputando a ponta no começo da prova, Harvick e Truex jr. começaram a subir na tabela da corrida, A primeira bandeira amarela aconteceu na 26ªVolta e os pilotos foram para os boxes, Brad Keselowski acabou sofrendo punição por causa do tanque de combustível ser quase levado pelo piloto, A Corrida recomeçou com Kenseth na Liderança, Mas logo Denny Hamlin se destacou e subiu logo para a ponta enquanto o Campeão de 2003 ficou para trás.

Kenseth foi o pole, Mas não teve ritmo para vencer a corrida.
Kenseth foi o pole, Mas não teve ritmo para vencer a corrida.

Os Carros De Denny Hamlin da Joe Gibbs e de Kevin Harvick da Stewart-Haas estavam disputando a liderança da corrida, na Volta 65 Harvick assumiu a liderança da corrida. Da Volta 75 começaram as paradas nos boxes logo depois Kurt Busch passou Hamlin e assumiu a liderança da corrida. Mas isso por que Harvick parou nos boxes, quanto todos foram para os boxes o piloto campeão de 2014 voltou a liderança da corrida.

Na Volta 90 Jimmie Johnson rodou provocando a segunda bandeira amarela, Na nova parada nos boxes Joey Logano da Penske saiu na frente após trabalhos das equipes nos boxes com Hamlin, Austin Dillon, Harvick e Truex jr. Relargada na volta 95 Logano e Keselowski lideravam a corrida o piloto do carro 2 não tinha feito a parada, Mas logo Kurt Busch tomou a liderança da corrida com Truex jr. em segundo lugar.

a Partir dai Kurt Busch e Martin Truex jr. estavam disputando a ponta da prova enquanto Logano caiu de rendimento e ficando para trás, A.J.Almendlinger encostou no muro provocando uma nova bandeira amarela, Nos boxes Kurt Busch e Truex jr. continuavam nas 2 primeiras posições com Dale jr. em 3º, keselowski em 4º já recuperado na corrida, Kyle Busch que fazia a primeira corrida no ano devido muito bem na 5ªposição. Bandeira verde e mais uma vez Ku.Busch e Truex jr. faziam a luta particular na liderança da corrida.

Mais uma vez Truex jr. acabou batendo na trave para ganhar corrida, Mas é o vice-líder do campeonato.
Mais uma vez Truex jr. acabou batendo na trave para ganhar corrida, Mas é o vice-líder do campeonato.

Até que em uma parada durante nova bandeira amarela a Equipe Furniture Row Racing assumiu  a liderança da corrida e a partir dai começou o domínio de Truex jr. que buscava a sua primeira vitória na temporada e foi assim durante muito tempo na prova até a volta 230 quando tivemos  nova bandeira amarela, Truex jr. continuou na liderança depois de novas paradas nos boxes, Na Relargada Kurt Busch acabou voltando a liderança da corrida e ficou por mais de 20 voltas na liderança até que na volta 261 Truex jr. voltou a liderança do campeonato enquanto que Kurt Busch perdeu rendimento e deixou a disputa para Kevin Harvick mas tinha que tirar 4 segundos de Truex jr.

Pela Segunda vez na corrida Johnson provocou uma bandeira amarela dessa vez com muitos danos em seu carro o que fez ele perder 27 voltas após ir para a garagem para reparos no seu carro.Na relargada na curva três Harvick, ku.Busch, Dale jr. e Denny Hamlin fizeram uma linha de 4 pilotos com o piloto da Joe Gibbs levando a melhor e assumindo a 2ªposição. 4 Voltas depois uma nova bandeira amarela devido ao motor Ford de Ryan Blaney explodir na pista.

Hamlin também teve possibilidades de Conseguir a 2ªVitória no campeonato e a Garantia de entrar no chase.
Hamlin também teve possibilidades de Conseguir a 2ªVitória no campeonato e a Garantia de entrar no chase.

A Partir da Bandeira amarela alguns pilotos tentaram uma tática diferente como Ku.Busch , Kevin Harwick que iriam ter algumas voltas de pneu mais novo e um pouco mais de desempenho. Na relargada Truex jr. e Hamlin disputaram a ponta com o piloto da Furniture Row mantendo a liderança, lá atrás Kevin Harvick recuperava posições e fazia a tática dar certo de forma mais rápida que os outros, Depois de algumas voltas Brad Keselowski e Ku.Busch recuperavam posições.

Uma nova bandeira amarela na volta 328 serviu para os lideres irem aos boxes e nessas paradas Denny Hamlin tomou a liderança de Martin Truex jr. que voltou em segundo lugar co Kyle Busch em 3º. Na Relargada Hamlin, Truex jr, Ky.Busch e Harvick mantiveram as posições. A 63 voltas para o final foi dada a última bandeira amarela. Dai pilotos como Dale jr., Edwards, Newman, Kenseth, Biffle arriscaram fazer uma parada para terminarem a corrida. Enquanto Hamlin, Truex jr., Harvick, Ky.Busch e Keselowski buscavam ficar na mesma tática de paradas.

Biffle foi beneficiado pela tática e conquistou o 2ºlugar em Charlotte

Na Relargada ficou evidente o domínio de Hamlin, Truex jr. e Harvick na corrida, Até que a 38 Voltas do final Hamlin foi para a última parada nos boxes em uma aposta em que todos iriam parar até o final da prova, Truex jr. com um super carro estava na liderança da prova, Mas ele, Logano, Harwick, Paul Menard, Ky.Busch, Kurt Busch, Keselowski acabaram indo para a parada final, Com tudo isso o líder era Carl Edwards que só queria poupar o combustível para terminar com a vitória a sorte deveria estar do lado dele, Se desse uma bandeira amarela ele estava perdido.

E a bandeira amarela não veio e com isso Carl Edwards após 4 horas de corrida venceu a Coca-cola 600, Foi a primeira vitória do piloto da Joe Gibbs o que aproximou da disputa do Chase, Em segundo lugar ficou com Greg Biffle da Roush Fenway que não tem uma boa fase nesse campeonato. Dale Earnhardt jr. suportou Matt Kenseth e completou a corrida em 3ºlugar. Com o melhor carro da corrida Martin Truex jr. acabou em 5ºlugar tendo liderado o maior número de voltas e mais uma vez vendo a vitória bater na trave, Ryan Newman sem parar no final completou a corrida em 6ºlugar, Brad Keselowski fez uma grande corrida e ficou em 7ºlugar assim como Denny Hamlin, Kevin Harvick e os Irmãos Busch a se destacar isso.

Edwards comemora vitória depois de 4 horas de corrida
Edwards comemora vitória depois de 4 horas de corrida

Semana que vem teremos a 13ªEtapa da Nascar no circuito de Dover que será a metade da fase de classificação para o Chase desse ano.

Resultado final da Coca-Cola 600 – Charlotte

1    Carl Edwards        (Joe Gibbs Racing    Toyota)            4h03m34 em 400 Voltas
2    Greg Biffle        (Roush Fenway Racing    Ford)        a 4.785s
3    Dale Earnhardt Jr.        (Hendrick Motorsports    Chevrolet)    a 7.828s
4    Matt Kenseth        (Joe Gibbs Racing    Toyota)            a 8.119s
5    Martin Truex Jr.        (Furniture Row Racing    Chevrolet)    a 8.537s
6    Ryan Newman        (Richard Childress Racing    Chevrolet)    a 12.312s
7    Brad Keselowski        (Team Penske    Ford)            a 12.462s
8    Denny Hamlin        (Joe Gibbs Racing    Toyota)            a 12.718s
9    Kevin Harvick        (Stewart-Haas Racing    Chevrolet)    a 12.998s
10    Kurt Busch        (Stewart-Haas Racing    Chevrolet)    a 13.683s
11    Kyle Busch        (Joe Gibbs Racing    Toyota)            a 14.925s
12    Kasey Kahne        (Hendrick Motorsports    Chevrolet)    a 16.554s
13    Joey Logano        (Team Penske    Ford)            a 18.488s
14    Paul Menard        (Richard Childress Racing    Chevrolet)    a 19.207s
15    Jeff Gordon        (Hendrick Motorsports    Chevrolet)    a 24.309s
16    Austin Dillon        (Richard Childress Racing    Chevrolet)    a 25.167s
17    Aric Almirola        (Richard Petty Motorsports    Ford)        a 1 Volta
18    Chase Elliott        (Hendrick Motorsports    Chevrolet)    a 1 Volta
19    Jamie McMurray        (Chip Ganassi Racing    Chevrolet)    a 1 Volta
20    Clint Bowyer        (Michael Waltrip Racing    Toyota)        a 1 Volta
21    Tony Stewart        (Stewart-Haas Racing    Chevrolet)    a 1 Volta
22    Danica Patrick        (Stewart-Haas Racing    Chevrolet)    a 2 Voltas
23    Casey Mears        (Germain Racing    Chevrolet)        a 2 Voltas
24    Sam Hornish Jr.        (Richard Petty Motorsports    Ford)        a 2 Voltas
25    Kyle Larson        (Chip Ganassi Racing    Chevrolet)    a 2 Voltas
26    Alex Bowman        (Tommy Baldwin Racing    Chevrolet)    a 3 Voltas
27    Trevor Bayne        (Roush Fenway Racing    Ford)        a 3 Voltas
28    Cole Whitt        (Front Row Motorsports    Ford)        a 4 Voltas
29    A.J. Allmendinger        (JTG Daugherty Racing    Chevrolet)    a 5 Voltas
30    Michael McDowell        (Leavine Family Racing    Ford)        a 6 Voltas
31    Brett Moffitt        (Front Row Motorsports    Ford)        a 7 Voltas
32    Michael Annett        (HScott Motorsports    Chevrolet)    a 7 Voltas
33    David Gilliland        (Front Row Motorsports    Ford)        a 8 Voltas
34    Matt DiBenedetto        (BK Racing    Toyota)            a 8 Voltas
35    Josh Wise        (Phil Parsons Racing    Ford)        a 8 Voltas
36    Alex Kennedy        (Circle Sport    Chevrolet)        a 11 Voltas
37    Ricky Stenhouse Jr.    (Roush Fenway Racing    Ford)        a 18 Voltas
38    J.J. Yeley        (BK Racing    Toyota    Engine)         a 23 Voltas
39    Landon Cassill        (Hillman Smith Motorsports    Chevrolet)    a 25 Voltas
40    Jimmie Johnson        (Hendrick Motorsports    Chevrolet)    a 30 Voltas
41    David Ragan        (Michael Waltrip Racing    Toyota)        a 47 Voltas – Motor
42    Ryan Blaney        (Wood Brothers Racing    Ford)        a 119 Voltas – Motor
43    Justin Allgaier        (HScott Motorsports    Chevrolet)    a 265 Voltas – Acidente

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Motorsport