Category Archives: TV

F1 Formula 1 Formula 1 - 2017 Fotos Mercedes 2017 TV Vídeos

Tudo sobre o GP do México de Formula 1 – Preview da corrida

Published by:

Geocmzfo oHorários:

Treino Dia Horário
1ºTreino Livre Sexta-feira 13:00
2ºTreino Livre Sexta-feira 17:00
3ºTreino Livre Sábado 13:00
Classificação Sábado 16:00
Corrida Domingo 17:00

Matemática para Lewis Hamilton ser o Campeão de 2017 no México:

Lewis Hamilton Pontos 17 Pontos Pontos 18 Classificação
1ºLugar 331 25 356 Campeão
2ºLugar 331 18 349 Campeão
3ºLugar 331 15 346 Campeão
4ºLugar 331 12 343 Campeão
5ºLugar 331 10 341 Campeão
6ºLugar 331 8 339 Vettel não pode vencer
7ºLugar 331 6 337 Vettel não pode vencer
8ºLugar 331 4 335 Vettel não pode vencer
9ºLugar 331 2 333 Vettel não pode vencer
10ºLugar 331 1 332 Vettel não pode ficar em 1º ou 2º
11º pata trás 331 0 331 Vettel não pode ficar em 1º ou 2º
Abandono 331 0 331 Vettel não pode ficar em 1º ou 2º

Previsão do Tempo:

Previsão do Tempo para o GP do México

Sexta-Feira

Jj7aknpj o

Sábado

Xtkgqh0m o

Domingo

Fnq6bhcg o

Corridas Histórias:

GP do México de 1986 
GP do México de 1991 

Como foram as corridas nos anos anteriores

GP do México de 2015
Classificação
Corrida
Fotos
GP do México de 2016
Classificação
Corrida

Foto: Mercedes

F1 Formula 1 Formula 1 - 2017 Fotos Toro Rosso 2017 TV WEC

Neo Zelandês Brendon Hartley substitui Gasly em Austin

Published by:

Sem a possibilidade de Pierre Gasly que vai disputar o título na etapa final da Super Formula 2017 em Suzuka (Em Rodada Dupla) a Toro Rosso precisou recorrer do neozelandês Brendon Hartley que corre no WEC desde de 2012. O piloto de 27 anos de idade será o companheiro de Daniil Kvyat no GP dos Estados Unidos.

Hartley é o exemplo do piloto que acabou se destacando fora das categorias de base para entrar na Formula 1. Seus melhores momentos foram no Mundial de Endurance aonde ele conquistou o título da temporada 2015. Nesse ano ele lidera o Campeonato com o protótipo da Porsche restando 2 etapas para o termino do campeonato. 4 Vitórias na temporada, Contando com a vitória nas 24 Horas de LeMans formando trio junto com o Alemão Timo Bernhard e o Neozelandês Earl Bamber.

Nesse ano ele ganhou a Petit Le Mans nos Estados Unidos com a equipe Tequila Patrón ESM com um protótipo da Nissan.

Brendon Hartley teve seu nome especulado como piloto da Chip Ganassi em 2018. Só que ainda não teve seu nome confirmado. Foi piloto de testes da equipe Mercedes em 2012 e 2013, Sem jamais correr em uma corrida na categoria.

Gasly deve voltar para as 3 últimas corridas da temporada. O Francês foi promovido a piloto da Toro Rosso a partir do GP da Malásia dessa temporada, Praticamente já esta certo na filial da Red Bull que usara os motores Honda para a temporada de 2018.

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Foto: Porsche

Automobilismo Internacional Automobilismo Norte-americano Formula indy Fotos IndyCar 2017 TV Vídeos

Indycar – 500 milhas de Pocono : Will Power em uma incrível recuperação conquista vitória em Pocono

Published by:

Grid de Largada:

Pos Piloto Equipe Chassi/Motor Tempo
1 Takuma Sato Andretti Autosport Dallara/Honda 1’21.9526
2 Simon Pagenaud Team Penske Dallara/Chevrolet 1’22.0437
3 Charlie Kimball Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 1’22.0536
4 Tony Kanaan Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 1’22.1874
5 Will Power Team Penske Dallara/Chevrolet 1’22.3092
6 Alexander Rossi Andretti Herta Dallara/Honda 1’22.3338
7 Graham Rahal Rahal Letterman Lanigan Racing Dallara/Honda 1’22.5313
8 Gabby Chaves Harding Racing Dallara/Chevrolet 1’22.5612
9 Scott Dixon Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 1’22.6376
10 Max Chilton Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 1’22.6644
11 Ed Jones Dale Coyne Racing Dallara/Honda 1’22.7340
12 James Hinchcliffe Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda 1’22.7372
13 Esteban Gutierrez Dale Coyne Racing Dallara/Honda 1’22.8377
14 Josef Newgarden Team Penske Dallara/Chevrolet 1’22.8597
15 Sebastian Saavedra Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda 1’22.9712
16 Marco Andretti Andretti Autosport Dallara/Honda 1’23.0254
17 Conor Daly A. J. Foyt Enterprises Dallara/Chevrolet 1’23.3471
18 Carlos Munoz A. J. Foyt Enterprises Dallara/Chevrolet 1’23.6762
19 J.R. Hildebrand Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet 1’23.7256
20 Helio Castroneves Team Penske Dallara/Chevrolet
21 Ryan Hunter-Reay Andretti Autosport Dallara/Honda
22 Ed Carpenter Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet

Chegamos a última corrida de oval de longa distância, As 500 milhas de Pocono foi uma bela corrida aonde um piloto que praticamente ficou fora da disputa se recuperou brilhantemente e chegou a vitória. A pole position ficou com o Vencedor das 500 milhas de Indianapolis Takuma Sato. Com Simon Pagenaud com a Penske largando em 2ºlugar. Na segunda fila larga Charlie Kimball e Tony Kannan ambos da Chip Ganassi. Will Power da Penske e Alexander Rossi da Andretti-Herta largam na terceira fila.

O Líder do campeonato Josef Newgarden iria largar em 14ºlugar. Scott Dixon largava em 9ºlugar. Já Hélio Castroneves bateu no treino e acabou tendo de largar na 20º a frente apenas de Ryan Hunter-Reay que só foi liberado para correr horas antes da corrida e de Ed Carpenter.

Sato na largada manteve a liderança, Tony Kannan acabou pulando muito bem ganhando as posições do Pagenaud e de Rossi ganhando a 2ªposição e Rossi subiu para o terceiro lugar. A Grande largada foi a do Brasileiro Hélio Castroneves que ganhou 10 posições subindo para o 10ºlugar. No final da primeira volta Tony Kannan passa por Takuma Sato assumindo a liderança da prova enquanto que Sato começou a ficar para trás. Outro que fez bela recuperação foi Josef Newgarden que partiu do 14ºlugar para o 7ºlugar.

Nas primeiras voltas Kannan e Rossi abriram distância para Will Power que subiu para a terceira posição. Enquanto isso Sebastian Saavedra e Gabby Chaves (Que estava fazendo a última prova dele em 2017 pela equipe Harding. Na 12ªVolta Alexander Rossi passou a liderança superando o piloto Brasileiro. Power tentava se aproximar dessa disputa pela liderança. Dos candidatos ao título estavam Dixon em 6º, Newgarden em 8º e Castroneves em 12º. O pole position Takuma Sato vinha em uma paupérrima 15ªposição. A disputa vinha vindo ainda sem grandes intensidades até que Esteban Gutierrez foi para o muro na volta 22 provocando a primeira bandeira amarela (Foi a última aparição do Mexicano, Ainda bem. Pois ele é ruim de doer)

Todo mundo aproveitou para fazer uma parada nos boxes. Alexander Rossi saiu dos boxes em primeiro com Power, Kannan, Dixon, Hinchcliffe,Hunter-Reay que partiu do 21ºlugar para a 6ªposição e Graham Rahal. Enquanto isso Carlos Muñoz e Max Chilton tiveram problemas e ficaram mais tempo nos boxes com problemas nas partes aerodinâmica. Já Gutierrez parou no boxes e não voltou mais a corrida.

Na volta 27 tivemos a relargada e com uma impressionante largada Tony Kannan voltou a liderança passando Rossi e Power. Alexander Rossi perdeu posições, caiu em pouco tempo para o 6ºlugar sendo ultrapassado por Hinchcliffe e Rahal.

Dixon começava a aparecer na prova, Voltas depois ele passa Kannan e assume a ponta enquanto que Hinchcliffe passava para a 3ªposição. Na 32ªVolta o piloto da Schmidt Peterson James Hinchcliffe passou Kannan assumindo a 2ªposição, Rossi tentava voltar a disputa pelas primeiras posições, Já Power caiu para o 9ºlugar.

Após 39 voltas Dixon continuava líder a 3 décimos de frente para Hinchcliffe, 8 décimos de Kannan e 1.3 segundos de Newgarden completava os 4 primeiros colocados. Rossi, Rahal, Pagenaud, Andretti, Power, Castroneves, Hunter-Reay e Hildebrand completavam os 12 primeiros colocados.

Rossi passa Newgarden assumindo a 4ªposição. O piloto da Penske perderia posição para Graham Rahal caindo para o 6ºlugar, Mas na volta seguinte o líder do campeonato de 2017 da o troco e volta para os Top 5. Dixon estava mantendo a liderança, Já Kannan perdeu a terceira posição para Rossi que estava voltando a disputa das primeiras posições. O Brasileiro da Chip Ganassi perderia o 4ºlugar para Newgarden que em relação ao campeonato se via boa situação na corrida, Mas no campeonato a liderança de Dixon era preocupante. Pois ao terminar dessa forma o Neozelandês tomaria a liderança do campeonato a 3 corridas do final da temporada.

Hinchcliffe perdeu o segundo lugar para Rossi e perderia a 3ªposição para Newgarden na 51ªVolta. 3 voltas depois Dixon foi para os boxes sendo o primeiro a realizar a segunda parada nos boxes. A partir dai foram 5 voltas de rodada de paradas nos boxes. Após essas paradas Dixon e Rossi mantiveram as 2 primeiras posições. Hinchcliffe, Newgarden, Kannan, Power, Pagenaud, Andretti vinham a seguir.

Rossi passou Dixon e assumiu a liderança, Mas tudo isso poderia ir por água abaixo devido a um pedaço de plastico ou de papel que se agarrou na suspensão do carro dele e que se entrasse na refrigeração de seu carro poderia tirar o piloto da Andretti-Herta da corrida prematuramente. Voltas depois Will Power com a asa dianteira arrastando na pista acaba deixando ele ficar lento e sendo ultrapassado por todos os pilotos. Só restou para o piloto da Penske ir para os boxes resolver esse problema, Power perdeu uma volta em relação aos lideres e estava praticamente fora da corrida se nada de anormal na corrida.

Dixon, Hinchcliffe e Rossi disputavam a primeira posição na 72ªVolta com Pagenaud em 4ºlugar seguindo os três um pouco mais afastado. Hélio Castroneves vinha em 9ºlugar logo a frente de Newgarden. Power em 21º estaria praticamente saindo da disputa do campeonato com esse resultado. Já Castroneves não vinha tendo destaque no final de semana inteiro e até esse momento também não se destacou. (A Não ser pela largada que ele fez)

Dixon abriu a 3ªRodada de paradas nos boxes deixando Rossi na liderança, Mas essa liderança não durou muito não, James Hinchcliffe ultrapassou o norte-americano e pela primeira vez liderou a prova. Na volta seguinte Rossi deu o troco e voltou ao primeiro lugar. Na volta 87 parou Rossi e na 88 parou Hinchcliffe. Depois das paradas Dixon continuou na liderança com 3.2 segundos a frente de Pagenaud que vinha em segundo. Rossi caiu para o 3º, Hunter-Reay em corrida impressionante já vinha em 4º, Depois Vinham Andretti, Rahal e Kannan. O piloto da Schmidt-Peterson foi muito mal na sua parada, Passou do ponto aonde ele tem de parar e a equipe teve de colocar o carro no lugar para realizar a troca de pneus e reabastecimento.

Kannan e Newgarden passavam Marco Andretti e se aproximavam os 5 primeiros lugares. Power estava na volta do líder, Mas a 19 segundos do líder e iria para a parada voltas depois. Ou seja, ainda tinha uma situação muito complicada.

Dixon tentou quebrar o vácuo para fugir na frente, Mas Rossi, Hunter-Reay e Rahal não deixaram que o Neozelandes conseguisse isso. Na Volta 98 o piloto do carro 98 Alexander Rossi ultrapassa Dixon voltando a liderança da prova. Duas voltas depois Hunter-Reay passou Rossi e assumiu a liderança exatamente na metade da corrida.

Na 102ªVolta Muñoz, Power e Hinchcliffe foram para a curva 1 praticamente lado a lado disputando posição. Pior para o piloto Canadense que perdeu essas posições e por muito pouco não bateu no muro o que certamente acabaria com sua corrida, Em consequência disso Hinchcliffe perdeu várias posições indo para os últimos lugares.

Voltas depois Rossi voltava a liderança e abri 6 décimos do Hunter-Reay. Sato ocupava uma modestíssima 13ªposição. Entre os 5 primeiros lugares 4 tinham motores Honda (Rossi, Hunter-Reay, Dixon e Rahal) Apenas Newgarden tinha motores Chevrolet em 5ºlugar.

Na volta 112 Dixon vai para os boxes para a 4ªRodada de paradas começar. Certamente teríamos além dessa para mais duas paradas nos boxes até o final da prova. Rossi, Henter-Reay, Rahal pararam na volta 115 … Durante as paradas Sebastian Saavedra acabou encostando no muro e provocou mais uma bandeira amarela. A turma que não tinha parado antes da bandeira amarela tiveram que esperar os boxes abrirem para fazerem a paradas (entre eles Castroneves e Newgarden que saíram na frente do restante da turma) Após as paradas Hunter-Reay assumiria de novo a liderança com Rahal, Kannan, Dixon, Pagenaud, Rossi, Muñoz, Carpenter, Daly e Castroneves nas 10 primeiras posições. Newgarden vinha na 11ªposição. Power que tinha recuperado a volta sofreu uma avaria na asa traseira e teve de ir para os boxes reparar esse grande problema no carro.

Relargada na volta 122 e Kannan pela terceira vez na prova larga de forma impressionante e volta a liderança da prova, Logo atrás Rahal no final da volta passou Kannan. A partir dai os dois começaram a se reversar na primeira posição. Na volta 125 Hinchcliffe toda em Hildebrand e ambos foram para o Muro provocando mais uma bandeira amarela o que certamente faria os pilotos precisarem de apenas mais duas paradas de maneira definitiva até o final da prova. Power foi mais uma vez para os boxes fazer reparos no seu carro.

Nova Relargada na volta 132 com Kannan tentando resistir a ultrapassagem de Rahal que acabou levando a melhor e voltando a liderança. E voltou se a fazer o jogo entre ele e o Kannan de um trocar liderança com outro a cada volta se revezando na liderança. Alexander Rossi da Andretti-Herta e Hunter-Reay da Andretti Autosport estavam acompanhando o reversamento por perto. Ambos são ultrapassado pelo Neozelandês Scott Dixon que tentava entrar nessa disputa pela vitória quando a corrida chegava nas suas últimas 50 Voltas. Três voltas depois Hunter-Reay deu o troco em Dixon voltando a terceira posição.

Hélio Castroneves vinha em 5ºlugar em seu melhor momento da corrida que ficou resumido a ficar disputando lugar na região da 10ªposição. Dixon vai para os boxes na volta 149 para o começo da penúltima rodada de paradas nos boxes

A 49 Voltas do final Rahal, Kannan e Pagenaud pararam para a penúltima parada deixando Ryan Hunter-Reay na liderança até a volta 154 quando o piloto da Andretti vai para os boxes. Power assumiu a liderança e começou a fazer voltas bem rápidas até a sua parada na volta 161 (Isso se deve as paradas extras que ele fez para reparar danos no seu carro) Essa tática acabou dando certo e Power assumiu a liderança com uma grande vantagem de mais de 4 segundos de vantagem. Um pulo do gato do piloto da Penske que provavelmente quebrou o vácuo dos outros pilotos. Algo inimaginável para o piloto que ficou quase 2 voltas de desvantagem e tendo problemas de asas dianteiras e traseiras.

Dixon e Rossi em segundo e terceiro lugares tentaram se puxarem um passando o outro para se aproximarem do Will Power. Tony Kannan em 4ºlugar ficou um pouco para trás. Sato foi para os boxes na volta 171 tentando uma tática diferente apostando em uma bandeira amarela, Mas ele acabou tomando volta dos lideres o que colocou essa tática por água baixo. Depois de 10 voltas após a parada de Power a diferença entre o australiano e o Dixon e Rossi começava a cair de 4.3 segundos para 2.8 segundos.

Dixon a 24 voltas do final acabou indo para a última parada nos boxes, Estava aberta a rodada final de paradas nos boxes. E depois das paradas Power continuou na liderança com uma vantagem menor do que tinha para Rossi e Kannan disputando a segunda posição. A medida que a corrida acabaria os pilotos se aproximaram de Power. Kannan acabou levando uma fechada de Rossi e começou a perder rendimento sendo ultrapassado pelo Norte-Americano Josef Newgarden.

O piloto da Penske passou para o segundo lugar e veio com força para disputar a vitória com o seu companheiro de equipe Will Power que nas voltas finais começou a fazer um movimento diferente para defender a liderança indo para a curva 3 para 4 indo bem por dentro. Essa tática era arriscada, Mas estava dando certo. Na Volta final Newgarden tentou arriscar ir para a mesma linha de Power no que acabou não dando certo.

Após uma corrida aonde ele tinha ficado de fora da prova com 1 volta atrás dos lideres o Australiano Will Power levou sua 29ªVitória da carreira e a 3ª na temporada entrando na disputa pelo título a 3 corridas do final do campeonato. Josef Newgarden completou a corrida em segundo e abriu distância na liderança do campeonato para Scott Dixon, Hélio Castroneves e de Simon Pagenaud. O pódio foi completado pelo Norte-Americano Alexander Rossi da Andretti-Herta.

Simon Pagenaud no final da prova cresceu bastante, Ganhou a posição de Tony Kannan e acabou ficando em 4ºlugar chegando perto da briga pela vitória. O Brasileiro Tony Kannan que fez uma bela prova acabou ficando um pouco no final terminando em 5ºlugar.

Scott Dixon e Hélio Castroneves ficaram em 6º e 7ºlugares e ficaram um pouco mais distantes do líder do campeonato. Enquanto o Neozelandês acabou caindo um pouco no final da prova após liderar por uma boa parte da corrida. O Brasileiro teve um dia difícil com um carro que não era o melhor carro do dia da Penske (Foi o pior entre os pilotos da Penske) acabou salvando um resultado médio. Após uma corrida difícil e com problemas físicos devido ao acidente na classificação Ryan Hunter-Reay chegou em 8ºlugar.

Graham Rahal acabou caindo muito na parte final e ficou em 9ºlugar e Carlos Muñoz da A.J.Foyt fechou os 10 primeiros colocados. O pole position Takuma Sato acabou em uma corrida muito abaixo do esperado ficando em 13ºlugar. A 3 provas do final o Norte-Americano Josef Newgarden começava a se despontar como o principal candidato ao título da temporada de 2017 do Mundial de Formula Indy.

Resultado final das 500 milhas de Pocono
14ªEtapa do Mundial de Formula Indy

Pos Piloto Equipe Chassi/Motor Voltas Tempo
1 Will Power Team Penske Dallara/Chevrolet 200 2h 43:16.6005
2 Josef Newgarden Team Penske Dallara/Chevrolet 200 a 0.5268
3 Alexander Rossi Andretti Herta Dallara/Honda 200 a 0.7112
4 Simon Pagenaud Team Penske Dallara/Chevrolet 200 a 0.8770
5 Tony Kanaan Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 200 a 2.9056
6 Scott Dixon Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 200 a 3.3544
7 Helio Castroneves Team Penske Dallara/Chevrolet 200 a 3.7273
8 Ryan Hunter-Reay Andretti Autosport Dallara/Honda 200 a 4.0833
9 Graham Rahal Rahal Letterman Lanigan Racing Dallara/Honda 200 a 4.6884
10 Carlos Munoz A. J. Foyt Enterprises Dallara/Chevrolet 200 a 6.9330
11 Marco Andretti Andretti Autosport Dallara/Honda 200 a 9.4607
12 Ed Carpenter Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet 200 a 10.4503
13 Takuma Sato Andretti Autosport Dallara/Honda 200 a 11.2388
14 Conor Daly A. J. Foyt Enterprises Dallara/Chevrolet 200 a 19.8050
15 Gabby Chaves Harding Racing Dallara/Chevrolet 200 a 20.6790
16 Charlie Kimball Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 200 a 24.4523
17 Ed Jones Dale Coyne Racing Dallara/Honda 200 a 25.0689
18 Max Chilton Chip Ganassi Racing Dallara/Honda 129 Mecânico
19 J.R. Hildebrand Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet 124 Acidente
20 James Hinchcliffe Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda 124 Acidente
21 Sebastian Saavedra Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda 114 Acidente
22 Esteban Gutierrez Dale Coyne Racing Dallara/Honda 23 Acidente

Fotos:

Vídeo:

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos e Vídeo: Indycar

Dakar Dakar 2017 Fotos Off-Road Rally TV Vídeos

Dakar na sua última etapa – Brasileiros conquistam título no UTV, a Lenda Peterhansel leva a 13ªTaça de Campeão, Russos levam nos Caminhões e nos quadriciclos e a KTM vai para a 16ªConquista seguida nas Motos

Published by:

Na última etapa do Dakar tivemos a disputa pelo pódio entre o espanhol Gerard Farres Guell e o Francês Adrien Van Beveren que após 64 km eles empataram no tempo dividindo a vitória. Nos Décimos o Francês venceu, Mas o Espanhol conquistou o pódio ficando com o 3ºlugar completando a trinca da KTM com a Vitória na Geral de Sam Sunderland que ficou em 5º na etapa e com o segundo lugar de Matthias Walkner que ficou em 4º na Etapa logo atrás de Joan Barreda Boat que teria vencido o Dakar se não tivesse a penalização de 1 hora porque a Honda acabou reabastecendo as motos da equipe oficial em lugar proibido.

A Fábrica Japonesa entrou na justiça para reverter a punição. Se conseguir isso o pódio do Dakar muda para Barreda Boat e Paulo Gonçalves fazendo dobradinha da Honda e vai jogar Sam Sunderland para o Terceiro lugar. Diego Martin Duplessis, Jose Carlos Salvatierra (que quase ficou entre os 10 primeiros na Geral), Michael Metge e o melhor Argentino do Dakar Franco Caimi completaram os 10 primeiros da Etapa.

Resultado final da 12ªEtapa do Dakar 2017 – Motos

1. 06 Adrien Van Beveren (Yamaha-França) 30:29
2. 08 Gerard Farres Guell (KTM-Espanha) a 0:00
3. 11 Joan Barreda Boat (Honda-Espanha) a 0:18
4. 16 Matthias Walkner (KTM-Áustria) a 0:33
5. 17 Paulo Gonçalves (Honda-Portugal) a 1:25
6. 14 Sam Sunderland (KTM-Inglaterra) a 1:42
7. 34 Diego Martin Duplessis (KTM-Argentina) a 2:16
8. 32 Jose Carlos Salvatierra (KTM-Bolívia) a 3:00
9. 15 Michael Metge (Honda-França) a 3:01
10.67 Franco Caimi (Honda-Argentina) a 3:07
11.19 Laia Sanz (KTM-Espanha) 3:08
12.45 Ondrej Klymciw (Husqvarna-República Tcheca) a 3:12
13.31 Pierre Alexandre Renet (Husqvarna-França) a 3:16
14.23 Xavier de Soultrait (Yamaha-França) a 3:25
15.12 Juan Pedrero Garcia (Sherco TVS-Espanha) a 3:28
16.05 Helder Rodrigues (Yamaha-Portugal) a 4:02
17.48 Jose Ignacio Cornejo Florimo (KTM-Chile) a 4:29
18.26 Adrien Metge (Sherco TVS-França) a 4:48
19.29 Emanuel Gyenes (KTM-Romênia) a 4:51
20.27 Joaquim Rodrigues (Hero SpeedBrain-Portugal) a 5:13
21.87 Cristian España Muñoz (KTM-Andorra) a 5:23
22.64 Goncalo Reis (KTM-Portugal) a 5:40
23.02 Stefan Svitko (KTM-Eslováquia) a 5:41
24.50 Daniel Nosiglia Jager (Honda-Bolívia) a 5:58
25.98 Jose Candia (KTM-Paraguai) a 6:17
26.37 Nicolas Alberto Cardona Vagnoni (KTM-Venezuela) a 6:30
27.51 Patricio Cabrera (Kawasaki-Chile) a 7:03
28.41 Marc Sola Terradellas (Yamaha-Espannha) a 7:18
29.66 Walter Nosiglia Jager (Honda-Bolívia) a 7:27
30.46 Fabricio Fuentes (KTM-Bolívia) a 7:35
31.47 Juan Julian Kozac (KTM-Argentina) a 7:49
32.60 Aleksandr Ivaniutin (Husqvarna-Rússia) a 8:00
33.117 Toomas Triisa (Husqvarna-Estônia) a 8:09
34.40 Loic Minaudier (KTM-França) a 8:18
35.149 Matthew Hart (Husqvarna-Austrália) a 8:31
36.38 David Pabiska (KTM-República Tcheca) a 8:43
37.131 Fernando Souza jr. (KTM-Portugal) a 8:55
38.54 Manuel Lucchese (Yamaha-Itália) a 9:07
39.35 Robert jr. Van Pelt (Husqvarna-Holanda) a 9:08
40.100 Lyndon Poskitt (KTM-Inglaterra) a 9:15
73.159 Richard Fliter (Honda-Brasil) a 15:39

Ignacio Casale venceu a última etapa, e ficou com o vice-campeonato. Um belo premio de consolação para quem de fato conseguiu até o finalzinho (a 11ªEtapa) disputar o título. Mas O Campeonato ficou mesmo com o Russo Sergey Karyakin que se torna o primeiro nome do país a vencer o Dakar fora dos caminhões, Administrando a vitória Sergey ficou em 8ºlugar na etapa com 1 minuto e 33 segundos de distância de Casale. Os Argentinos tiveram algo a comemorar já que conseguiram um 3ºlugar com o piloto Pablo Copettique superou a Rakal Sonic nesse Dakar. O piloto Polônes deixou muito a desejar apesar do 4ºlugar na geral.

Os argentinos Daniel Domaaszewski em 2º, Santiago Hansen em 4º, Lucas Innocente em 5º e o Paraguaio Nelson Augusto Sanabria Galeano em 6º completaram a hegemonia sul-americana nessa etapa do Dakar que teve o primeiro europeu sendo o Francês Bruno da Costa ficando em 7ºlugar.

Resultado final da 12ªEtapa do Dakar 2017 – Quadriciclos

1. 251 Ignacio Casale (Yamaha-Chile) 40:24
2. 258 Daniel Domaaszewski (Honda-Argentina) a 0:42
3. 263 Pablo Copetti (Yamaha-Argentina) a 0:46
4. 261 Santiago Hansen (Honda-Argentina) a 0:52
5. 265 Lucas Innocente (CAN-AM-Argentina) a 1:07
6. 257 Nelson Augusto Sanabria Galeano (Yamaha-Paraguai) a 1:12
7. 262 Bruno da Costa (Yamaha-França) a 1:19
8. 254 Sergey Karyakin (Yamaha-Rússia) a 1:33
9. 280 Axel Dutrie (Yamaha-França) a 1:53
10.250 Rakal Sonic (Yamaha-Polônia) a 2:01

Nos Carros a Hegemonia da Pegueot nesse Dakar se confirmou e a lenda do Dakar Stephane Peterhansel conquistou seu 13ºTítulo de sua história no Dakar sendo o 7ºdele nos carros junto de seu copiloto o francês Jean Paul Cottret, Uma marca Histórica no Dakar que vai ser bem difícil de ser alcançada um dia. Sebastien Loeb e Daniel Elena venceram a Etapa ficando a apenas 5 minutos dos campeões no Resultado Geral e Cyril Despres em seu melhor Dakar nos carros junto de David Castera acabaram completando o trio da Pegueot no pódio que teve a ausência de Carlos Sainz e de Lucas Cruz que abandonaram no 4ºEstágio devido a um acidente.

O melhor Toyota do Dakar foi dos Espanhois Nani Roma (Campeão do Dakar 2014) e do seu copiloto Alex Haro Bravo que ficaram com o 4ºlugar seguido de Giniel de Villiers e Dirk von Zitzewitz que fecharam a etapa em 3ºlugar (Na frente de Despres e Castela com Pegueot).

O Argentino Orlando Terranova junto do copiloto o Alemão Andreas Schulz ficou em 6ºlugar na Geral. O Brasileiro Sylvio Barros e o italiano Rafael Capoani ficaram em 19º na etapa e ficaram entre os 20 primeiros na Geral.

Resultado final da 12ªEtapa do Dakar 2017 – Carros

1. 309. Sebastien Loeb (França) / Daniel Elena (Mônaco) Pegueot 28:55
2. 300. Stephane Peterhansel (França) / Jean Paul Cottret (França) Pegueot a 0:19
3. 302. Giniel de Villiers (África do Sul) / Dirk von Zitzewitz (Alemanha) Toyota a 0:30
4. 307. Cyril Despres (França) / David Castera (França) Pegueot a 0:53
5. 320. Conrad Rautenbach (Zimbabué) / Robert Howie (África do Sul) Toyota a 1:00
6. 310. Erik Van Loon (Holanda) / Wouter Rosegaar (Holanda) Toyota a 1:02
7. 308. Orlando Terranova (Argentina) / Andreas Schulz (Alemanha) Mini a 1:10
8. 305. Nani Roma (Espanha) / Alex Haro Bravo (Espanha) Toyota a 1:21
9. 303. Mikko Hirvonen (Finlândia) / Michel Perin (França) Mini a 1:33
10.318. Romain Dumas (França) / Alain Guehennec (França) Peugeot a 1:38
11.323. Nicolas Fuchs (Peru) / Fernando Mussano (Argentina) HRX a 2:00
12.316. Jakub Przygonzki (Polônia) / Tom Colsoul (Bélgica) Mini a 2:08
13.321. Martin Prokop (Rep.Tcheca) / Lika Minor (Áustria) Ford a 2:25
14.322. Mohammed Abu-Issa (Qatar) / Xavier Paseri (França) Mini a 2:59
15.338. Alberto Rodrigo Gutierrez Fleig (Bolívia) / Joan Rubi (Espanha) Toyota a 3:59
16.324. Marco Bulacia (Bolívia) / Claudio Bustos (Argentina) Ford a 4:03
17.306. Yazeed Al Rajhl (Arábia Saudita) / Timo Gottschalk (Alemanha) Mini a 4:37
18.334. Facundo Ardusso (Argentina) / Gerardo Scicolone (Argentina) Renault a 4:55
19.339. Sylvio Barros (Brasil) / Rafael Capoani (Itália) Mini a 4:59
20.330. Alejandro Miguel Yacopini (Argentina) / Daniel Merlo (Argentina) Toyota a 5:29
21.335. Eric Bernard (França) / Alexandre Vigneau (França) Buggy a 5:33
22.328. Antanas Juknevicius (Lituânia) / Darius Vaiciulis (Lituânia) Toyota a 5:37
23.325. Stephan Schott (Alemanha) / Paulo Fiuza (Portugal) Mini a 6:23
24.327. Christian Lavieille (França) / Jean-Pierre Garcin (França) Toyota a 9:43
25.329. Juan Silva (Argentina) / Sergio Lafuente (Uruguai) Mercedes a 9:46

Os russos Maganov Ravil e Kirill Shubin venceram a última etapa das UTV. Mas a festa ficou mesmo para Leandro Torres e Lourival Roldan que conquistaram o título do primeiro Dakar dos UTV com seu Polaris (Marca que completou com os 5 carros que correu) Em uma vitória que se consolidou etapa após etapa do Dakar com os dois obtendo resultados bem regulares enquanto que seus adversários não tiveram a mesma consistência dos dois Brasileiros e acabaram perdendo tempo por problemas mecânicos ou por erros de pilotagem.

Sem dúvida o nome dos dois pilotos do Brasil esta para sempre na história do Evento e do Automobilismo Brasileiro off-road. São os primeiros campeões Brasileiros do Dakar. Parabéns a Leandro Torres e Lourival Roldan por essa conquista!!!

Resultado final da 12ªEtapa do Dakar 2017 – UTV

1. 378. Maganov Ravil (Rússia) / Kirill Shubin (Rússia) Polaris 42:35
2. 342. Mao Ruijin (China) / Sebastien Delaunay (França) Polaris a 1:04
3. 351. Leandro Torres (Brasil) / Lourival Roldan (Brasil) Polaris a 4:11
4. 374. Li Dongsheng (China) / Quanquan Guan (China) Polaris a 4:25
5. 386. Wang Fujiang (China) / Li Wei (China) Polaris a 4:50

Nos caminhões a Kamaz voltou a ter a Hegemonia com Eduard Nikolaev, Evgeny Yakovlev e Vladimir Rybakov completando com chave de ouro o Dakar com a vitória na Etapa e o título do Dakar e dessa forma devolvendo o título para os russos que acabou perdido em 2016 para a Iveco de Gerard de Rooy, Moises Torrallardona e Darek Rodewald que fecharam em 3ºlugar na geral atrás dos russos Dmitry Sotnikov, Rusian Akhmadeev e Igor Leonov que ficaram com o vice-campeonato. A Kamaz ainda colocou o Trio Russo formado por Airat Mardeev, Aydar Belyaev e Dmitriy Svistunov em 5ºlugar na Geral (2º na Etapa) Os Argentinos Federico Villagra , Adrian Arturo Yacopini e Ricardo Adrian Toriaschi ficaram em 4ºlugar na geral.

Os Bielorussos Siarhei Viazovich, Pavel Haranin e Andrei Zhyhulin com o caminhão da MAZ fecharam a Etapa em 3ºlugar.

Resultado final da 12ªEtapa do Dakar 2017 – Caminhões

1. 505. Eduard Nikolaev (Rússia) / Evgeny Yakovlev (Rússia) / Vladimir Rybakov (Rússia) KAMAZ 34:25
2. 501. Airat Mardeev (Rússia) / Aydar Belyaev (Rússia) / Dmitriy Svistunov (Rússia) Kamaz a 0:33
3. 511. Siarhei Viazovich (Bielorússia) / Pavel Haranin (Bielorússia) / Andrei Zhyhulin (Bielorússia) MAZ a 0:44
4. 509. Pieter Versluis (Holanda) / Artur Klein (Alemanha) / Marcel Pronk (Holanda) MAN a 1:09
5. 502. Federico Villagra (Argentina) / Adrian Arturo Yacopini (Argentina) / Ricardo Adrian Toriaschi (Argentina) IVECO a 1:25
6. 513. Dmitry Sotnikov (Rússia) / Rusian Akhmadeev (Rússia) / igor Leonov (Rússia) Kamaz a 1:49
7. 518. Martin Macik (Rep.Tcheca) / Frantisek Tomasek (Rep.Tcheca) / Michal Mrkva (Rep.Tcheca) Liaz a 2:03
8. 500. Gerard de Rooy (Holanda) / Moises Torrallardona (Espanha) / Darek Rodewald (Polônia) IVECO a 2:21
9. 522. Aleksandr Vasilevski (Bielorússia) / Dzmitry Vikhrenka (Bielorússia) / Anton Zaparoshchanka (Bielorússia) MAZ a 2:37
10.525. Wuifert van Ginkel (Holanda) / Bert van Donkelaar (Holanda) / Erik Kofman (Holanda) Iveco a 2:40
11.507. Ton Van Genugten (Holanda) / Anton Van Limpt (Holanda) / Bernard Der Kinderen (Holanda) Iveco a 2:42
12.504. Hans Stacey (Holanda) / Jan van der Vaet (Bélgica) / Hugo Kuppen (Holanda) MAN a 2:50
13.508. Martin Kolomy (Rep.Tcheca) / Rene Kilian (Rep.Tcheca) / David Kilian (Rep.Tcheca) Tarta a 3:07
14.503. Ales Loprais (Rep.Tcheca) / Jiri Stross (Rep.tcheca) / Jan Tomanek (Rep.Tcheca) Tatra a 3:15
15.506. Martin van der Brink (Holanda) / Daniel Kozlowsky (Rep.Tcheca) / Marcel Blankestijn (Holanda) Renault Trucks a 4:08

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Dakar.com
Vídeos: antonio garcia (Youtube)

Dakar Dakar 2017 Fotos Off-Road Rally TV Vídeos

Dakar – Etapa 11 de San Juan a Rio Cuarto, KTM, Pegueot e Kamaz praticamente com a hegemonia das provas de Motos, Carros e Caminhões. Russo praticamente campeão nos Quadriciclos e o Brasil perto de Fazer história nos UTV

Published by:

Joan Barreda Boat mais uma vez venceu uma etapa do Dakar 2017 (4ª Nessa edição) em busca da sua missão praticamente impossível de recuperar 1 hora perdida pelo erro da Honda (Reabastecer combustível em local proibido) que acabou apelando da decisão. O Resultado desse pedido de anulação da punição no Dakar só saberemos em alguns dias na justiça.

Barreda Boat venceu com 1 minuto e 50 de frente sobre o seu companheiro na Honda o Português Paulo Gonçalves que ficou no segundo lugar. A Honda sobrou nesse estágio tanto é que o Francês Adrien van Bereven com sua Yamaha ficou em 3ºlugar a 5 minutos do vencedor e agora disputa o 3ºlugar com o Espanhol Gerard Farres Guell que sem dúvida é a surpresa do evento com uma KTM privada e até ano passado sem grande expressão no cenário do Rally mundial (Apesar do seu 8ºlugar em 2016) ficando em 4ºlugar na etapa que foi de San Juan até Rio Cuarto.

Com uma etapa de 64 km cronometrados o inglês Sam Sunderland que ficou em 5ºlugar a 9 minutos de Barreda Boat não tem que fazer mais nada além de levar a sua moto até o final amanhã. E assim confirmar o seu primeiro campeonato e continuar a hegemonia de 16 anos seguidos de títulos da Austríaca KTM no Dakar, Ele tem 33 minutos a frente de Matthias Walkner que acabou em 10ºlugar o dia e esta na vice-liderança a apenas 4 minutos a frente de Gerard Farres Guell e de Adrien van Bereven que disputam pau a pau o terceiro lugar, Joan Barreda Boat esta em 5ºlugar na classificação geral sendo ele o melhor piloto da Honda em 2017.

Pierre Alexandre Renet concluiu mais uma boa participação em uma etapa do Dakar ficando em 6ºlugar com sua Husqvarna e segue entre os 10 primeiros colocados (Em 7ºna Geral Perdendo posição para Paulo Gonçalves)

Michael Metge com a Honda apareceu em 7ºlugar a frente do Argentino Franco Caimi que se consolida como o melhor argentino do Dakar em 8ºlugar na geral. O vice-campeão de 2016 Stefan Svitko que esta bem longe dos primeiros colocados e o Vice-líder atual
Resultado Final da 11ªEtapa do Dakar 2017 – San Juan até Rio Cuarto Matthias Walkner completaram os 10 primeiros colocados ambos de KTM.

Juan Pedrero Garcia que venceu a primeira etapa do Dakar e teve problemas durante uma das etapas está em franca ascensão com sua Sherco TVS ficando em 11ºlugar a 1 minuto e 39 segundos do seu companheiro de equipe o Francês Adrien Metge e dos Portugueses Helder Rodrigues (Que sabe como esta em 9ºlugar na geral após rally tão desapontador para mim) e de Joaquim Rodrigues (Levando de forma competente a Hero Speedbrain até o final em belíssima posição).

Richard Fliter que é o único que sobrou na tropa ficou em 64º do dia e esta em 59º na geral e parece que o bravo piloto brasileiro vai conseguir ver a bandeira do final do Dakar são e salvo.

Vídeo do Resumo da Etapa

~

Resultado Final da 11ªEtapa do Dakar 2017 – San Juan até Rio Cuarto

1. 11 Joan Barreda Boat (Honda-Espanha) 3:16:57
2. 17 Paulo Gonçalves (Honda-Portugal) a 1:50
3. 06 Adrien van Beveren (Yamaha-França) a 5:28
4. 08 Gerard Farres Guell (KTM-Espanha) a 7:54
5. 14 Sam Sunderland (KTM-Inglaterra) a 9:15
6. 31 Pierre Alexandre Renet (Husqvarna-França) a 9:52
7. 15 Michael Metge (Honda-França) a 10:55
8. 67 Franco Caimi (Honda-Argentina) a 12:11
9. 02 Stefan Svitko (KTM-Eslováquia) a 12:21
10.16 Matthias Walkner (KTM-Áustria) a 12:23
11.12 Juan Pedrero Garcia (Sherco TVS-Espanha) a 13:57
12.26 Adrien Metge (Sherco TVS-França) a 15:36
13.05 Helder Rodrigues (Yamaha-Portugal) a 18:36
14.27 Joaquim Rodrigues (Hero Speedbrain-Portugal) a 20:59
15.34 Diego Martin Duplessis (KTM-Argentina) a 21:12
16.45 Ondrej Klymciw (Husqvarna-República Tcheca) a 22:20
17.19 Laia Sanz (KTM-Espanha) a 24:39
18.64 Goncalo Reis (KTM-Portugal) a 25:52
19.32 Jose Carlos Salvatierra (KTM-Bolívia) a 26:12
20.29 Emanuel Gyenes (KTM-Romênia) a 28:37
21.48 Jose Ignacio Corneio Florimo (KTM-Chile) a 30:30
22.51 Patricio Cabrera (Kawasaki-Chile) a 31:03
23.60 Aleksandr Ivaniutin (Husqvarna-Rússia) a 33:33
24.50 Daniel Nosiglia Jager (Honda-Bolívia) a 33:38
25.82 Daniel Oliveiras Carreras (KTM-Espanha) a 34:49
26.52 Milan Engel (KTM-República Tcheca) a 37:27
27.40 Loic Minaudier (KTM-França) a 38:01
28.109 Vincent Crosbie (KTM-Botsuana) a 40:10
29.87 Cristian España Muñoz (KTM-Andorra) a 40:57
30.33 Antonio Gimeno Garcia (KTM-Espanha) a 40:59
31.66 Walter Nosiglia Jager (Honda-Bolívia) a 42:08
32.37 Nicolas Alberto Cardona Vagnoni (KTM-Venezuela) a 44:52
33.117 Toomas Triisa (Husqvarna-Estônia) a 46:51
34.28 Mario Patrão (KTM-Portugal) a 48:50
35.47 Jose Julian Kozac (KTM-Argentina) a 51:00
36.79 Todd Smith (KTM-Austrália) a 51:03
37.68 Simone Agazzi (Honda-Itália) a 51:30
38.55 Pablo Oscar Pascual (KTM-Argentina) a 51:30
39.46 Fabricio Fuentes (KTM-Bolívia) a 53:33
40.41 Marc Sola Terradellas (Yamaha-Espannha) a 54:14
64.159 Richard Fliter (Honda-Brasil) a 1:47:44

Classificação Geral após 11 Etapas

1. 14 Sam Sunderland (KTM-Inglaterra) 31:34:11
2. 16 Matthias Walkner (KTM-Áustria) a 33:09
3. 08 Gerard Farres Guell (KTM-Espanha) a 37:22
4. 06 Adrien van Beveren (Yamaha-França) a 38:10
5. 11 Joan Barreda Boat (Honda-Espanha) a 44:32
6. 17 Paulo Gonçalves (Honda-Portugal) a 52:46
7. 31 Pierre Alexandre Renet (Husqvarna-França) a 56:01
8. 67 Franco Caimi (Honda-Argentina) a 1:40:53
9. 05 Helder Rodrigues (Yamaha-Portugal) a 2:00:46
10.27 Joaquim Rodrigues (Hero Speedbrain-Portugal) a 2:16:06
11.32 Juan Carlos Salvatierra (KTM-Bolívia) a 2:21:35
12.45 Ondrej Klymciw (Husqvarna-República Tcheca) a 2:22:00
13.12 Juan Pedrero Garcia (Sherco TVS-Espanha) a 2:31:00
14.15 Michael Metge (Honda-França) a 2:37:13
15.19 Laia Sanz (KTM-Espanha) a 3:00:28
16.34 Diego Martin Duplessis (KTM-Argentina) a 3:00:30
17.28 Mario Patrão (KTM-Portugal) a 3:35:26
18.82 Daniel Oliveras Carreras (KTM-Espanha) a 3:40:39
19.29 Emanuel Gyenes (KTM-Romênia) a 3:45:27
20.79 Todd Smith (KTm-Austrália) a 3:45:31
21.87 Cristian España Muñoz (KTM-Andorra) a 4:06:45
22.33 Antonio Gimeno García (KTM-Espanha) a 4:14:48
23.26 Adrien Metge (Sherco TVS-França) a 4:16:03
24.50 Daniel Nosiglia Jager (Honda-Bolívia) a 4:49:17
25.02 Stefan Svitko (KTM-Eslováquia) a 5:13:51
26.37 Nicolas Alberto Cardona Vagnoni (KTM-Venezuela) a 5:20:27
27.64 Goncalo Reis (KTM-Portugal) a 5:21:13
28.41 Marc Sola Terradellas (Yamaha-Espanha) 5:25:55
29.48 José Ignácio Cornejo Florimo (KTM-Chile) a 5:26:28
30.117 Toomas Triisa (Husqvarna-Estônia) a 5:42:16
31.40 Loic Minaudier (KTM-França) a 5:43:42
32.60 Aleksandr Ivaniutin (Husqvarna-Rússia) a 6:11:04
33.51 Patrício Cabrera (Kawasaki-Chile) a 6:13:00
34.52 Milan Engel (KTM-República Tcheca) a 6:19:09
35.109 Vincent Crosbie (KTM-Botsuana) a 6:28:46
36.46 Fabricio Fuentes (KTM-Bolívia) a 6:29:09
37.68 Simone Agazzi (Honda-Itália) a 6:54:12
38.70 Alessandro Ruoso (KTM-Itália) a 8:12:15
39.100 Lyndon Poskitt (KTM-Inglaterra) a 8:13:55
40.47 Jose Julian Kozac (KTM-Argentina) a 8:29:00
59.159 Richard Fliter (Honda-Brasil) a 12:41:19

Nos quadriciclos o Russo Sergey Karyakin praticamente definiu o Dakar a favor dele em uma etapa soberba aonde ele mais uma vez conquistou a vitória a 23 minutos e 49 segundos de distância do Campeão de 2015 o Polonês Rakal Sonic que com todos os desastres esta ainda se colocando em 4ºlugar na classificação geral do Dakar. Já Ignacio Casale que era o único que poderia acabar com a possibilidade do Russo ser o campeão teve um estágio para esquecer ficando em 10ºlugar a mais de 50 minutos de Karyakin e vendo a possibilidade de um bicampeonato escapar diante de seus dedos.

Casale tem assegurado o vice-campeonato na Geral já que ele tem mais de 3 horas para o Argentino Pablo Copetti que terminou o dia em 6ºlugar e esta com uma hora de distância para Sonic. O Paraguaio Nelson Augusto Sanabria Galeano completou o dia em 3ºlugar a 36 minutos do vencedor seguido do Argentino Daniel Domaszewski com a Honda e do francês Bruno da Costa com a Yamaha.

Vídeo do Resumo da Etapa

Resultado Final da 11ªEtapa do Dakar 2017 – San Juan até Rio Cuarto

1. 254 Sergey Karyakin (Yamaha-Rússia) 3:58:22
2. 250 Rakal Sonik (Yamaha-Polônia) a 23:49
3. 257 Nelson Augusto Sanabria Galeano (Yamaha-Paraguai) a 36:08
4. 258 Daniel Domaszewski (Honda-Argentina) a 42:41
5. 262 Bruno da Costa (Yamaha-França) a 44:07
6. 263 Pablo Copetti (Yamaha-Argentina) a 46:45
7. 284 Kamil Wisniewski (Yamaha-Polônia) a 52:36
8. 267 Kees Koolen (Barren Racer-Holanda) a 54:39
9. 251 Ignacio Casale (Yamaha-Chile) a 55:19
10.276 Zdenek Tuma (Yamaha-República Tcheca) a 59:42

Classificação Geral após 11 Etapas

1. 254 Sergey Karyakin (Yamaha-Rússia) 38:36:55
2. 251 Ignacio Casale (Yamaha-Chile) a 1:16:24
3. 263 Pablo Copetti (Yamaha-Argentina) a 4:21:06
4. 250 Rafal Sonic (Yamaha-Polônia) a 5:33:01
5. 280 Axel Dutrie (Yamaha-França) a 5:45:04
6. 262 Bruno da Costa (Yamaha-França) a 5:57:32
7. 261 Santiago Hansen (Honda-Argentina) a 5:58:00
8. 257 Nelson Augusto Sanabria Galeano (Yamaha-Paraguai) a 6:12:07
9. 258 Daniel Domaszewski (Honda-Argentina) a 6:40:36
10.284 Kamil Wisniewski (CAN-AM-Polônia) a 8:05:02

Apesar da vitória de Sebastian Loeb e do seu copiloto Daniel Elena na etapa 11. Tudo indica que a lenda do Dakar Stephane Peterhansel e Jean Paul Cottret devem ser os vencedores na geral. Chegando em segundo lugar a apenas 18 segundos de Loeb e Elena a diferença a 1 etapa do final esta em 5 minutos e 32 segundos sendo esse o campeonato que pode ter uma mudança até o final do evento com uma especial de 64 km para ser feito de Rio Quarto até Buenos Aires.

Mas tudo esta encaminhado para Peterhansel mesmo com todo o esforço de Loeb nessa festa, ou digamos: Um massacre da Pegueot nos carros que hoje acabou tendo apenas uma dobradinha, Já que o Argentino Orlando Terranova junto de seu copiloto o Alemão Andreas Schulz ficaram em 3ºlugar com o melhor Mini na geral e ficando a 6 minutos dos vencedores.

Em grande forma na parte final do Dakar com o seu Toyota os pilotos Giniel de Villiers e Dirk von Zitzewitz ficaram em 4º na etapa e estão já em 5ºlugar na geral (Disputando com Terranova e Schulz esse lugar) e o Saudita Yazeed Al Rajhl e o copiloto Alemão Timo Gottschalk concluíram a etapa em 5ºlugar a bordo de um Mini. Os praticamente 3ºlugares do Dakar na geral Cyril Despres e seu copiloto David Castera ficaram em 6ºlugar a 7 minutos e meio dos vencedores da etapa e estão a quase 33 minutos de Peterhansel na Geral.

Os Holandeses Erik Van Loon e Wouter Rosegaar com a Toyota ficaram em 7ºlugar na etapa seguidos de Conrad Rautenbach e Robert Howie de Toyota (Estão em 9º na geral), E Nanin Roma e Alex Haro Bravo em 9º na etapa (4º na Geral) com Toyota e de Ford o 10ºcolocado na Etapa o checo Martin Prokop e o copiloto Austríaco Lika Minor.

Mikko Hirvonen e Michel Perin ficaram em 11ºlugar na etapa e estão agora em 13º na geral sem qualquer possibilidade nem de um top 10 a 1 etapa do Final do Dakar. O Brasileiro Sylvio Barros e o Italiano Rafael Capoani fecharam a etapa em 16ºlugar e estão em 18º na Geral.

Vídeo do Resumo da Etapa

Resultado Final da 11ªEtapa do Dakar 2017 – San Juan até Rio Cuarto

1. 309. Sebastien Loeb (França) / Daniel Elena (Mônaco) Pegueot 3:21:15
2. 300. Stephane Peterhansel (França) / Jean Paul Cottret (França) Pegueot a 0:18
3. 308. Orlando Terranova (Argentina) / Andreas Schulz (Alemanha) Mini a 6:37
4. 302. Giniel de Villiers (África do Sul) / Dirk von Zitzewitz (Alemanha) Toyota a 7:01
5. 306. Yazeed Al Rajhl (Arábia Saudita) / Timo Gottschalk (Alemanha) Mini a 7:25
6. 307. Cyril Despres (França) / David Castera (França) Pegueot a 7:32
7. 310. Erik Van Loon (Holanda) / Wouter Rosegaar (Holanda) Toyota a 13:48
8. 320. Conrad Rautenbach (Zimbabué) / Robert Howie (África do Sul) Toyota a 14:32
9. 305. Nani Roma (Espanha) / Alex Haro Bravo (Espanha) Toyota a 15:04
10.321. Martin Prokop (Rep.Tcheca) / Lika Minor (Áustria) Ford a 17:16
11.303. Mikko Hirvonen (Finlândia) / Michel Perin (França) Mini a 18:31
12.322. Mohammed Abu-Issa (Qatar) / Xavier Paseri (França) Mini a 18:54
13.316. Jakub Przygonzki (Polônia) / Tom Colsoul (Bélgica) Mini a 19:36
14.318. Romain Dumas (França) / Alain Guehennec (França) Peugeot a 25:17
15.323. Nicolas Fuchs (Peru) / Fernando Mussano (Argentina) HRX a 30:00
16.339. Sylvio Barros (Brasil) / Rafael Capoani (Itália) Mini a 31:17
17.338. Alberto Rodrigo Gutierrez Fleig (Bolívia) / Joan Rubi (Espanha) Toyota a 33:40
18.330. Alejandro Miguel Yacopini (Argentina) / Daniel Merlo (Argentina) Toyota a 37:05
19.335. Eric Bernard (França) / Alexandre Vigneau (França) Buggy a 44:03
20.328. Antanas Juknevicius (Lituânia) / Darius Vaiciulis (Lituânia)Toyota a 50:20
21.325. Stephan Schott (Alemanha) / Paulo Fiuza (Portugal) Mini a 51:23
22.324. Marco Bulacia (Bolívia) / Claudio Bustos (Argentina) Ford a 56:34
23.344. Martin Maldonado (Argentina) / Sebastian Scholz Vergnolle (Argentina) Mercedes a 57:41
24.329. Juan Silva (Argentina) / Sergio Lafuente (Uruguai) Mercedes a 1:10:25
25.334. Facundo Ardusso (Argentina) / Gerardo Scicolone (Argentina) Renault a 1:10:33

Classificação Geral após 11 Etapas

1. 300 Stephane Peterhansel (França) / Jean Paul Cottret (França) Pegueot 28:20:16
2. 309 Sebastien Loeb (França) / Daniel Elena (Mônaco) Pegueot a 5:32
3. 307 Cyril Despres (França) / David Castera (França) Pegueot a 32:54
4. 305 Nani Roma (Espanha) / Alex Haro Bravo (Espanha) Toyota a 1:15:41
5. 302 Giniel de Villiers (África do Sul) / Dirk von Zitzewitz (Alemanha) Toyota a 1:49:37
6. 308 Orlando Terranova (Argentina) / Andreas Schulz (Alemanha) Mini a 1:51:40
7. 316 Jakub Przygonzki (Polônia) / Tom Colsoul (Bélgica) Mini a 4:12:58
8. 318 Romain Dumas (França) / Alain Guehennec (França) Peugeot a 4:22:42
9. 320 Conrad Rautenbach (Zimbabué) / Robert Howie (África do Sul) Toyota a 4:39:32
10.322 Mohammed Abu-Issa (Qatar) / Xavier Paseri (França) Mini a 4:50:50
11.321 Martin Prokop (Rep.Tcheca) / Lika Minor (Áustria) Ford a 4:56:45
12.323 Nicolas Fuchs (Peru) / Fernando Mussano (Argentina) HRX a 5:52:39
13.303 Mikko Hirvonen (Finlândia) / Michel Perin (França) Mini a 5:54:36
14.310 Erik Van Loon (Holanda) / Wouter Rosegaar (Holanda) Toyota a 6:04:43
15.325 Stephan Schott (Alemanha) / Paulo Fiuza (Portugal) Mini a 7:18:28
16.338 Alberto Rodrigo Gutierrez Fleig (Bolívia) / Joan Rubi (Espanha) Toyota a 7:29:35
17.335 Eric Bernard (França) / Alexandre Vigneau (França) Buggy a 7:32:20
18.339 Sylvio Barros (Brasil) / Rafael Capoani (Itália) Mini a 8:09:07
19.330 Alejandro Miguel Yacopini (Argentina) / Daniel Merlo (Argentina) Toyota a 8:22:41
20.324 Marco Bulacia (Bolívia) / Claudio Bustos (Argentina) Ford a 9:14:21
21.328 Antanas Juknevicius (Lituânia) / Darius Vaiciulis (Lituânia) Toyota a 10:06:24
22.334 Facundo Ardusso (Argentina) / Gerardo Scicolone (Argentina) Renault a 10:24:51
23.327 Christian Lavieille (França) / Jean-Pierre Garcin (França) Toyota a 10:50:15
24.332 Akira Miura (Japão) / Laurent Lichtleuchter (França) Toyota a 12:31:33
25.383 Eduardo Peredo (Bolívia) / Eugenio Arrieta (Argentina) Toyota a 13:02:49

OS Brasileiros Leandro Torres e Lourival Roldan já estão praticamente com o Dakar assegurado após a vitória na Etapa a 39 minutos dos Chineses Wang Fujiang e Li Wei que estão em 2ºna geral a mais de 4 horas e meia dos Brasileiros. Será bem difícil que o título saia das mãos Brasileiras nesse primeiro Dakar da categoria UTV

Resultado Final da 11ªEtapa do Dakar 2017 – San Juan até Rio Cuarto

1.351. Leandro Torres (Brasil) / Lourival Roldan (Brasil) Polaris 5:05:14
2.386. Wang Fujiang (China) / Li Wei (China) Polaris a 39:19
3.378. Maganov Ravil (Rússia) / Kirill Shubin (Rússia) Polaris a 3:24:18
4.342. Mao Ruijin (China) / Sebastien Delaunay (França) Polaris a 10:12:38
5.374. Li Dongsheng (China) / Quanquan Guan (China) Polaris a 12:06:31

Classificação Geral após 11 Etapas

1.351. Leandro Torres (Brasil) / Lourival Roldan (Brasil) Polaris 53:15:04
2.386. Wang Fujiang (China) / Li Wei (China) Polaris a 4:41:55
3.378. Maganov Ravil (Rússia) / Kirill Shubin (Rússia) Polaris a 6:09:46
4.342. Mao Ruijin (China) / Sebastien Delaunay (França) Polaris a 23:33:14
5.374. Li Dongsheng (China) / Quanquan Guan (China) Polaris a 24:45:11

O título ficara mesmo com os russos da Kamaz, Os prováveis campeões Eduard Nikolaev , Evgeny Yakovlev e Vladimir Rybakov venceram a Etapa com o Caminhão da Kamaz após uma disputa dura com os Argentinos Federico Villagra, Adrian Arturo Yacopini e Ricardo Adrian Toriaschi com a Iveco. A etapa foi decidida a favor dos russos só na última parte por apenas 52 segundos a favor dos Russos.

Airat Mardeev, Aydar Belyaev e Dmitriy Svistunov em 3º e Dmitry Sotnikov, Rusian Akhmadeev e Igor Leonov em 4º (Estão em 2ºlugares na Geral a 17 minutos de Nikolaev) mostraram o domínio dos Russos e do Caminhão da Kamaz que recupera o campeonato após perder o título de 2016 para Gerard de Rooy, Moises Torrallardona e Darek Rodewald de Iveco que foram 5º na Etapa e são terceiros na Geral. Iveco que também obteve o 6ºlugar com os Holandeses Ton Van Genugten, Anton Van Limpt e Bernard Der Kinderen.

Vídeo do Resumo da Etapa

Resultado Final da 11ªEtapa do Dakar 2017 – San Juan até Rio Cuarto

1. 505. Eduard Nikolaev (Rússia) / Evgeny Yakovlev (Rússia) / Vladimir Rybakov (Rússia) KAMAZ 3:56:47
2. 502. Federico Villagra (Argentina) / Adrian Arturo YacopinI (Argentina) / Ricardo Adrian Toriaschi (Argentina) IVECO a 0:52
3. 501. Airat Mardeev (Rússia) / Aydar Belyaev (Rússia) / Dmitriy Svistunov (Rússia) Kamaz a 9:53
4. 513. Dmitry Sotnikov (Rússia) / Rusian Akhmadeev (Rússia) / igor Leonov (Rússia) Kamaz a 11:54
5. 500. Gerard de Rooy (Holanda) / Moises Torrallardona (Espanha) / Darek Rodewald (Polônia) IVECO a 14:41
6. 507. Ton Van Genugten (Holanda) / Anton Van Limpt (Holanda) / Bernard Der Kinderen (Holanda) Iveco a 17:40
7. 503. Ales Loprais (Rep.Tcheca) / Jiri Stross (Rep.tcheca) / Jan Tomanek (Rep.Tcheca) Tatra a 20:04
8. 525. Wuifert van Ginkel (Holanda) / Bert van Donkelaar (Holanda) / Erik Kofman (Holanda) Iveco a 22:43
9. 518. Martin Macik (Rep.Tcheca) / Frantisek Tomasek (Rep.Tcheca) / Michal Mrkva (Rep.Tcheca) Liaz a 25:58
10.522. Aleksandr Vasilevski (Bielorússia) / Dzmitry Vikhrenka (Bielorússia) / Anton Zaparoshchanka (Bielorússia) MAZ a 28:49
11.504. Hans Stacey (Holanda) / Jan van der Vaet (Bélgica) / Hugo Kuppen (Holanda) MAN a 36:24
12.520. Steven Rotsaert (Bélgica) / Joeri Christiaen (Bélgica) / Thomas Stroo (Bélgica) MAN a 45:20
13.508. Martin Kolomy (Rep.Tcheca) / Rene Kilian (Rep.Tcheca) / David Kilian (Rep.Tcheca) Tarta a 51:57
14.516. Teruhito Sugawara (Japão) / Hiroyuki Sugiura (Japão) Hino a 56:47
15.521. Jos Smink (Holanda) / Dniel Bruinsma (Holanda) / Peter Nieuwenburg (Holanda) Ginaf a 57:08

Classificação Geral após 11 Etapas

1. 505 Eduard Nikolaev (Rússia) / Evgeny Yakovlev (Rússia) / Vladimir Rybakov (Rússia) KAMAZ 27:23:59
2. 513 Dmitry Sotnikov (Rússia) / Rusian Akhmadeev (Rússia) / igor Leonov (Rússia) Kamaz a 17:09
3. 500 Gerard de Rooy (Holanda) / Moises Torrallardona (Espanha) / Darek Rodewald (Polônia) IVECO a 38:58
4. 502 Federico Villagra (Argentina) / Adrian Arturo YacopinI (Argentina) / Ricardo Adrian Toriaschi (Argentina) IVECO a 58:39
5. 501 Airat Mardeev (Rússia) / Aydar Belyaev (Rússia) / Dmitriy Svistunov (Rússia) Kamaz a 2:26:17
6. 522 Aleksandr Vasilevski (Bielorússia) / Dzmitry Vikhrenka (Bielorússia) / Anton Zaparoshchanka (Bielorússia) MAZ a 2:32:20
7. 503 Ales Loprais (Rep.Tcheca) / Jiri Stross (Rep.tcheca) / Jan Tomanek (Rep.Tcheca) Tatra a 3:03:41
8. 516 Teruhito Sugawara (Japão) / Hiroyuki Sugiura (Japão) Hino a 3:11:44
9. 504 Hans Stacey (Holanda) / Jan van der Vaet (Bélgica) / Hugo Kuppen (Holanda) MAN a 3:42:06
10.518 Martin Macik (Rep.Tcheca) / Frantisek Tomasek (Rep.Tcheca) / Michal Mrkva (Rep.Tcheca) Liaz a 3:52:37
11.509 Pieter Versluis (Holanda) / Artur Klein (Alemanha) / Marcel Pronk (Holanda) MAN a 4:54:14
12.521 Jos Smink (Holanda) / Dniel Bruinsma (Holanda) / Peter Nieuwenburg (Holanda) Ginaf a 5:03:54
13.511 Siarhei Viazovich (Bielorússia) / Pavel Haranin (Bielorússia) / Andrei Zhyhulin (Bielorússia) MAZ a 5:09:37
14.520 Steven Rotsaert (Bélgica) / Joeri Christiaen (Bélgica) / Thomas Stroo (Bélgica) MAN a 6:04:34
15.508 Martin Kolomy (Rep.Tcheca) / Rene Kilian (Rep.Tcheca) / David Kilian (Rep.Tcheca) Tarta a 6:37:12

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Dakar.com
Vídeos: TV Pública Argentina