Hamilton conquista vitória em Interlagos na Raça e na Sorte, Mercedes é a campeã dos Construtores de 2018

Dia de sol em Interlagos para mais uma corrida no Brasil, Uma das melhores da temporada e uma das mais rápidas e competitivas provas que já foram realizadas no Brasil.

Na largada, Hamilton manteve a liderança com Valtteri Bottas assumindo o segundo lugar passando por fora a Sebastian Vettel. Kimi e Max Verstappen disputaram o 4ºlugar, Com vantagem para o piloto da Ferrari. Nas primeiras curvas, Ericsson que largou em 6ºlugar foi tocado e acabou tendo seu carro danificado, Comprometendo sua corrida.

Na segunda volta um pega pra capar entre os dois pilotos da Renault acaba em choque entre dois pilotos provocado pelo Espanhol, Hulkenberg leva a pior e teve de fazer uma parada nos boxes.

A partir da 3ªVolta, Começou o shjow de Max Verstappen. No S do Senna ele ultrapassou Kimi Raikkonen e ganhou o 4ºlugar. Na Volta seguinte, Na mesma curva, Verstappen se joga pra cima de Vettel bem por dentro e ganha o terceiro lugar e vai para cima de Bottas. Vettel perderia posição para Raikkonen, Após um erro depois da reta oposta.

Quem vinha se recuperando muito bem era Daniel Ricciardo, Que no começo da 5ªVolta já tinha passado Charles Leclerc e assumiu o 6ºlugar.

Verstappen destemido vai para cima de Valtteri Bottas, Apesar do melhor carro, O piloto da Mercedes se segurava pela melhor potência do Motor. Hamilton vinham abrindo 2 segundos de vantagem para Bottas e os demais.

O Companheiro de Lewis Hamilton segurou a pressão até o final da 9ªVolta, foi quando Verstappen se aproximou de Bottas e na reta, indo bem por dentro (Bottas ficou no meio da Pista) e passou para o segundo lugar no S do Senna. Enquanto Verstappen parte para disputar a liderança com Hamilton. Bottas segurava Raikkonen, Vettel e Ricciardo. Os pneus do pilotos da Mercedes estavam ruins e não rendiam mais.

No S do Senna, Raikkonen tentou passar Bottas. Essa curva foi o ponto de ultrapassagem para vários pilotos. Entre eles a Kevin Magnussen que passou Ericsson por fora o piloto da Sauber que não estava em um bom dia (Perdeu outras 3 posições caindo para o 14ºlugar) Essa ultrapassagem deu ao Escandinavo o 10ºlugar.

A diferença entre Hamilton e Verstappen cai para 1.5 segundos. O holandês já estava abrindo 5 segundos de vantagem para Bottas que tinha seus pneus pedindo Água além de segurar Raikkonen após 15 voltas de prova. Na 16ªVolta, Alonso fez sua primeira parada que acabou sendo problemática, É muito triste ver um bicampeão mundial terminar carreira em um carro tão pouco competitivo.

Ferrari na 18ªVolta acabou fazendo um blefe nos boxes, Mas Bottas não poderia blefar, Seus pneus estavam no limite. Na 19ªVolta ele vai para os boxes para fazer sua parada, Colocando os pneus mais duros. Na Volta seguinte, O Líder Lewis Hamilton vai para os boxes. Verstappen passa para o primeiro lugar. Raikkonen, Vettel vinham com os pneus médios em 2º e 3º seguido de Ricciardo com a outra Red Bull em 4º. Hamilton voltou em 6º atrás de Leclerc e de Grosjean. Bottas voltou em 8ºlugar atrás de Magnussen.

Hamilton vinha 18.8 segundos atrás de Verstappen que precisava fazer sua parada nos boxes. Sabendo disso o Jovem Holandês fez a melhor volta da prova na 22ªVolta, Porém Hamilton começou logo em seguida a fazer voltas 7 décimos mais rápido que o líder da prova. Na Volta 24, Hamilton ultrapassa Leclerc e assume o 5ºlugar.

Verstappen abriu 8 segundos de frente para Raikkonen. Vettel era pressionado pelo Ricciardo. Na 27ªVolta, O Vice-campeão do Mundo vai para os Boxes deixando o 3ºlugar para o piloto Australiano. Vettel voltou atrás de Bottas. Ambos passaram pelo Francês Romain Grosjean na 29ª e 31ªVolta.  Enquanto que Alonso e Vandoorne faziam um duelo pelo Vexatório 18ºlugar, Que fase da Mclaren.

Raikkonen parou na 32ªVolta. A Red Bull tem Verstappen em 1º e Ricciardo em 2ºlugar. Raikkonen voltou logo atrás de Vettel que na tática ganhou a posição do seu companheiro de equipe. Verstappen estava a 11 segundos a frente em 1ºlugart. E Já vinha a 20 segundos a frente de Hamilton. Nico Hulkenberg abandona a prova.

Hamilton voltou a andar mais rápido que Verstappen. Tava na cara que ao momento que Verstappen parar para colocar pneus mais novos o piloto da Red Bull iria voar pra cima do Campeão do mundo de 2018.

Na Metade da prova (36ªVolta) parou Max Verstappen para colocar os pneus mais novos. Leclerc parou na mesma volta. Raikkonen ganhou a posição do Vettel, O Homem de Gelo tinha pneus melhores que os pneus do Vettel e passou a atacar Bottas.

Verstappen na 38ªVolta faz a volta mais rápida da corrida e passou a pressionar ao Hamilton. A diferença entre os dois era muito grande. A ultrapassagem aconteceu no começo da 40ªVolta, O Holandês assumiu a liderança, Hamilton não se deu por vencido e tentou dar o troco na reta oposta e por fora. Depois disso Verstappen abriu vantagem na liderança. A Corrida estava nas mãos do piloto da Red Bull.

Bottas segurava Raikkonen na Briga pelo 3ºlugar. Enquanto que Ricciardo pressionava a Vettel na disputa pelo 5ºlugar. Na Volta 43, Ricciardo tenta passar Vettel por fora, O Alemão espalhou no que fez o Australiano recuasse.

Na Volta 44, Raikkonen partiu para a ultrapassagem em cima do Bottas. Quase que ao mesmo tempo, Max Verstappen era atingido por Esteban Ocon quando tomava uma volta do líder. Uma manobra totalmente equivocada do piloto da Force India. Com isso Hamilton assumiu a liderança, 6 Segundos a frente de Max Verstappen que poderia estar com seu desempenho prejudicado e agora precisava tirar essa desvantagem para voltar a disputar a vitória.

Na Volta 46, Ricciardo passou Vettel por fora no S do Senna, levando o 5ºlugar. Sebastian ainda tentou o troco, Mas sem sucesso. Verstappen começou a tirar vantagem para Hamilton, Entre 1 a 2 décimos sobre o líder da prova (Mesmo com os pneus danificados pelo incidente com Ocon).

Daniel Ricciardo foi para cima de Valtteri Bottas, Seus pneus estavam em condições muito melhores do piloto da Mercedes. (Daniel Riccardo parou na volta 40)

No final da 53ªVolta, Vettel vai para a 2ªparada nos boxes, Foi excessivo demais o desgaste do pneus para ele. Volta em 7ºlugat atrás de Charles Leclerc. (Raro de Acontecer um piloto como da Sauber andar na frente de um piloto de equipe grande nessa altura de corrida)

Hamilton estava com os pneus em péssimo estado e segurando como pode para ficar na frente de Verstappen que conseguiu uma vantagem minimamente segura de Raikkonen, Que vinha perto do piloto Holandês. Na Volta 58 (Reta dos Boxes) Vettel ultrapassa Leclerc sem maiores problemas e detona o 6ºlugar do Monegasco. Na volta seguinte, Bottas perde o 4ºlugar para Daniel Ricciardo. Isso faz com que o piloto Finlandês parasse pela segunda vez na volta seguinte.

Nessa altura da prova, Ocon pelo incidente foi punido com um Pênalti de 10 segundos parado nos boxes.

Lewis Hamilton vinha com os problemas de pneus e com certa falta de potência em seu carro, Mas precisava ficar na pista. Uma parada nos boxes significaria a Vitória entregue nas mãos de Verstappen, Que tirava sempre de 1 a 2 décimos por volta. A 8 Voltas do final, Bottas marca a volta mais rápido da corrida, Mas estava a quase 20 segundos atrás de Ricciardo e nada poderia fazer o piloto Finlandês.

Por falar no Australiano, ele partiu para cima de Raikkonen para tentar um pódio após largar do 11ºlugar. Hamilton levou o carro com todas as dificuldades até o final da prova e conquistou a vitória no GP do Brasil pela segunda vez na carreira e conquistou sua vitória 72 da sua carreira na Formula 1. Esta a apenas 19 do recorde de Michael Schumacher.

Uma Vitória conquistada na Raça e com uma boa dose de sorte, Até porque o Campeão dessa temporada não tinha nem equipamento e nem pneus para levar essa. Azar para Max Verstappen. Se tivesse acontecido o incidente que foi provocado pelo Esteban Ocon, Certamente a vitória seria dele. Max não escondeu sua frustração pelo segundo lugar.

Kimi Raikkonen segurou Daniel Ricciardo e levou o 3ºlugar subindo ao pódio. Porém, não foi o bastante para evitar o 5ºtítulo consecutivo da Mercedes no Mundial de Construtores. Com antecipação de uma corrida os Alemães desde de 2014 são a melhor equipe de Formula 1 tanto no campeonato de pilotos como de Construtores.

Daniel Ricciardo largando do 11ºlugar devido a um componente da Unidade de Potência Trocado completou a prova em 4ºlugar em sua penúltima prova pela Red Bull. Valtteri Bottas acabou com a melhor volta da prova e com o 5ºlugar na prova Brasileira e ficou na frente de Sebastian Vettel, Que fez uma prova medíocre.

Ao contraio de seu futuro companheiro de equipe na Ferrari. Charles Leclerc fez brilhante corrida com sua Sauber. Os 6 pontos com o 7ºlugar na corrida colocaram a Sauber não só consolidada como a 8ªcolocada no Mundial de Construtores como deixou ela com chances de passar a Force India Racing Point, na última etapa em Abu Dhabi.

A Haas marcou ponto com seus dois pilotos. Romain Grosjean e Kevin Magnussen ficaram em 8º e 9º com um bom desempenho, O Mexicano Sergio Perez completou a zona de pontuação.

Apesar de ter ficado na 11ªposição, Deve-se dizer que Brendon Hartley fez uma boa corrida, Depois de largar em 16ºlugar. Chegando a Frente de Carlos Sainz jr. com a Renault, que passou Pierre Gasly na última volta garantindo o 12ºlugar. Esteban Ocon teve um final de semana para se esquecer. O Incidente que ele participou influenciou totalmente o Resultado final da corrida. Além de ficar sem vaga para 2019 o que aconteceu no Brasil não vai ajudar em nada a Ele. Pelo Contraio, Sua imagem ficara arranhada pelo infeliz incidente.

Stoffel Vandoorne e Fernando Alonso tomaram punição de 5 segundos no tempo final de prova por terem ignorado bandeira azul. Isso pouco mudou o resultado ruim dos dois. Vandoorne ficou em 15º e Alonso em 17º. Os pilotos da Williams ficaram em 16º com Siroktin e em 18º com Lance Stroll.

No dia 26 teremos a última prova do campeonato Mundial de Formula 1. No Circuito de Abu Dhabi, Nos Emirados Árabes Unidos.

Fotos:

Resultado final da 20ªEtapa do Mundial de Formula 1 – Temporada 2018
GP do Brasil – Interlagos

Pos Piloto Equipe Chassis Motor Voltas Tempo Grid
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 71 1:27:09.066 1
2 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 71 a 1.469s 5
3 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 71 a 4.764s 4
4 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 71 a 5.193s 11
5 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 71 a 22.943s 3
6 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 71 a 26.997s 2
7 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 71 a 44.199s 7
8 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 71 a 51.230s 8
9 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 71 a 52.857s 10
10 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 70 a 1 volta 12
11 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 70 a 1 volta 16
12 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 70 a 1 volta 15
13 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 70 a 1 volta 9
14 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 70 a 1 volta 18
15 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 70 a 1 volta 20
16 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 69 a 2 voltas 14
17 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 69 a 2 voltas 17
18 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 69 a 2 voltas 19
27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 32 Superaquecimento 13
9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 20 Acidente 6

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Force India/Sauber/Haas

GP do Brasil – Treino de Classificação

Uma Classificação que foi disputada sob ameaça de chuva acabou tendo Lewis Hamilton como o pole position pela 82ªVez na carreira. A Classificação teve belíssimos momentos e foi disputada entre os pilotos da Mercedes, Ferrari e um pouco mais atrás os pilotos da Red Bull.

Q1, Todos os pilotos foram para a pista cedo para evitar de serem pegos pela chuva. O Céu sobre Interlagos estava escuro, Com cara de que iria cair chuva a qualquer momento. Verstappen começou na frente seguido de Raikkonen e Hamilton que ficaram a 2 décimos de distância para o líder. Com 6 minutos de Classificação todos os pilotos tinham marcado suas voltas rápidas.

As primeiras gotas de chuva começaram a cair sobre Interlagos, Mas não era o bastante para impedir que os pilotos melhorassem os seus tempos. Foi isso que Vettel e Bottas fizeram. Quem estava eliminado naquele momento da Classificação era Perez, Hartley, Vandoorne, Sirotkin e Stroll.

A Chuva que estava caindo aos pouco estava fazendo os últimos colocados entrarem no desespero, Quem deu uma bela melhorada foi Sirotkin que pulou do 19º para o 13ºlugar, Saindo do Corte. A 6 minutos do final, Esteban Ocon jogando suas últimas esperanças de Ficar na Formula 1 melhorou e passou do 16º para o 14ºtempo. Deixando Sainz jr. na bolha e Alonso como o primeiro dos eliminados.

A Chuva começa a cair um pouco mais forte e já começava os pilotos a terem dificuldade de melhorar seus tempos. Mesmo assim Ericsson, Hartley e Gasly conseguiram melhorar suas marcas. Ao contraio de Fernando Alonso que não conseguiu ir além do 18ºlugar e acabou eliminado logo no Q1 em sua penúltima corrida na Formula 1. Verstappen foi o mais rápido do Q1, Com Raikkonen, Vettel, Hamilton, Magnussen e Bottas nas 6 primeiras posições.

Sainz jr. , Hartley, Alonso, Stroll e Vandoorne foram os eliminados do Q1.

Resultado do Q1:

Pos Piloto Equipe Chassis Motor Tempo
1 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:08.205
2 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:08.452
3 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:08.452
4 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:08.464
5 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:08.474
6 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:08.492
7 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:08.544
8 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:08.667
9 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:08.735
10 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:08.754
11 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:09.009
12 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:09.046
13 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:09.217
14 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:09.259
15 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:09.264
16 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:09.269
17 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:09.280
18 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:09.402
19 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:09.441
20 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:09.601

No Q2, Todos os pilotos foram para a pista logo para marcarem seus tempos. Com Exceção da Ferrari que antes de marcarem um tempo, Seus dois pilotos colocaram os pneus médios, visando à corrida. Já que o Pneus do melhor tempo de cada piloto entre os 10 primeiros no Q2 seriam os pneus nos quais os pilotos iriam largar na prova. Bottas foi o mais rápido com 1:07.727 com Hamilton em 2º, Verstappen, Ricciardo e Ericsson com a Sauber em 5º.

Para os carros vermelhos da Ferrari, se a chuva caísse logo iria colocar essa tática arriscada por Água Baixo, Mas ela se revelou certa. Vettel Marcou o 2ºmelhor tempo a 77 milésimos de Bottas e Raikkonen marcou o 4ºtempo. A Chuva começava a cair faltando 9 minutos para o final da 2ªEtapa da Classificação.

Os eliminados eram Leclerc, Perez, Ocon, Hulkenberg e Sirotkin. O piloto da Sauber foi para a pista, Buscando a vaga para o Q3, Mas tava difícil. A chuva apetou um pouco mais e parecia que não daria para Leclerc.

Os Boxes chamaram o monegasco para os Boxes. Porém, Leclerc decide ficar por mais uma volta. E foi nessa volta que ele decide ficar que ele consegue um sensacional marca para classificar no Q3. Sua primeira Parcial não parecia que ele conseguiria muita coisa, Mas na segunda parcial ele passou a 44 abaixo do tempo do 10ºcolocado e na Terceira Parcial, Ai ele garante em definitivo a sua marca que o levou ao oitavo lugar.

Os Classificados para o Q3 foram Bottas, Vettel, Hamilton, Verstappen, Raikkonen, Ricciardo, Grosjean, Leclerc, Ericsson e Gasly. O piloto da Toro Rosso conseguiu levar o Toro Rosso com motor Honda a uma improvável classificação para o Q3. Os eliminados foram Magnussen, Perez, Ocon, Hulkenberg e Sirotkin.

Classificação do Q2:

Pos Piloto Equipe Chassis Motor Tempo
1 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:07.727
2 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:07.776
3 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:07.795
4 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:08.017
5 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:08.028
6 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:08.055
7 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:08.239
8 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:08.335
9 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:08.579
10 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:08.616
11 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:08.659
12 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:08.741
13 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:08.770
14 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:08.834
15 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:10.381

Ao contraio do Q1 e Q2, No Q3 tirando os pilotos da Sauber, Todos os outros pilotos esperaram um pouco para entrarem na pista para a primeira tentativa buscando a pole position no Q3. Ericsson e Leclerc foram os primeiros a marcarem volta, Por incrível que pareça foi o sueco que acabou marcando um tempo melhor que Leclerc.

Na primeira tentativa, Apesar do belo tempo de Vettel (1:07.374) O inglês Lewis Hamilton tomou a liderança, A 6 minutos e meio do final, Marcando 1:07.301. Bottas vinha em 3º, Raikkonen em 4º, Verstappen e Ricciardo marcaram o 5º e 6ºtempos segundos depois do tempo de Hamilton ter sido marcado. Ericsson, Leclerc, Grosjean e Gasly completava os 10 primeiros lugares.

A 5 minutos do final, Hamilton era o pole, Mas a classificação estava longe de ter uma definição. A 2 minutos do final da classificação todos foram para a última tentativa. Se esperava que os tempos baixassem. Porém, Apenas Marcos Ericsson com 1:08.296 e Lewis Hamilton com 1:07.281 melhoraram seus tempos. OS outros pilotos não melhoraram seu tempo.

Hamilton conquistou sua 82ªPole position na carreira. O inglês surgia como o favorito a vitória no domingo. Sebastian Vettel larga em 2ºlugar com sua Ferrari. (Que ainda tinha esperanças de manter viva as chances de campeonato de construtores) Na segunda fila largam os dois Finlandeses Valtteri Bottas com a Mercedes e Kimi Raikkonen com a Ferrari.

Na Terceira fila largam Max Verstappen e Marcus Ericsson. (Que alcançou seu melhor grid de largada da sua carreira) O Australiano Daniel Ricciardo foi penalizado em 5 posições por trocar um componente da Unidade de potência e por isso larga em 11ºlugar.

Em 7ºlugar larga Charles Leclerc com a segunda Sauber, Seguido de Romain Grosjean com a Haas, Pierre Gasly com a Toro Rosso e Kevin Magnussen com a Haas.

Fotos:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Grid de Largada:

Pos Piloto Equipe Chassis Motor Tempo
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:07.281
2 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:07.374
3 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:07.441
4 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:07.456
5 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:07.778
6 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:08.296
7 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:08.492
8 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:08.517
9 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:09.029
10 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:08.659
11 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:07.780
12 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:08.741
13 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:08.834
14 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:10.381
15 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:09.269
16 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:09.280
17 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:09.402
18 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:08.770
19 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:09.441
20 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:09.601

Daniel Ricciardo foi punido em 5 posições por trocar um componente da Unidade de Potência
Esteban Ocon foi punido em 5 posições por trocar o Câmbio

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Ferrari/Red Bull/Sauber/Toro Rosso/Mclaren

Falta pouco para completar o Grid da Formula 1 para 2019

O Quadro de pilotos para a Temporada de 2019 de Formula esta praticamente completa, Das 20 vagas, 18 estão preenchidas. Faltam 2 vagas para que esse quadro se completem, Sendo que uma delas praticamente esta certa. A Williams deve anunciar em Abu Dhabi a volta do Polonês Robert Kubica. Que após 8 anos fora da categoria após um acidente de Rally na Itália, que teve serias consequências para a sua mão Direita impedindo dele voltar a categoria por muito tempo.

Isso faz com que tenhamos apenas 1 vaga disponível, O Segundo carro da Toro Rosso-Honda para a temporada de 2019. Os principais Candidatos a essa vaga são Brendon Hartley que esta correndo na equipe desde do GP dos Estados Unidos de 2017 e o Tailandês Alexander Albon, Vice-líder da Formula 2 e vice-campeão da GP3 Series em 2016.

Nisso as outras vagas já foram definidas, Mesmo com a Racing Point não anunciar Lance Stroll como o novo Piloto. Com seu pai no comando da equipe é certo que ele vai acabar disputando o campeonato de 2019 pela antiga equipe indiana.

Entre as grandes equipes, As grandes mudanças foram na Ferrari com a contratação de Charles Leclerc, Na Red Bull com a Saída de Daniel Ricciardo foi promovido o Francês Pierre Gasly (Que fez uma boa temporada com o carro da Toro Rosso) O piloto Australiano foi contratado pela Renault, Sem dúvida é a grande contratação da Renault desde da sua volta em 2016 e a grande aposta da carreira do piloto que esta na Red Bull desde de 2012. (Sendo na Toro Rosso em 2012 e 2013)

Possivelmente antes do final da temporada já teremos todos os pilotos do Grid garantidos para a 70ªTemporada de Formula 1

Pilotos e equipes para 2019:

Mercedes
44. Lewis Hamilton Inglaterra
77. Valtteri Bottas Finlândia
Ferrari
5. Sebastian Vettel Alemanha
16. Charles Leclerc Mônaco
Red Bull
33. Max Verstappen Holanda
10. Pirrie Gasly França
Renault
27. Nico Hulkenberg Alemanha
3. Daniel Ricciardo Austrália
Haas
8. Romain Grosjean França
20. Kevin Magnussen Dinamarca
Mclaren
55. Carlos Sainz jr. Espanha
Lando Norris Inglaterra
Racing Point
11. Sergio Perez México
18. Lance Stroll Canadá
Toro Rosso
26. Danill Kvyat Rússia
VAGO
Williams
George Russell Inglaterra
VAGO*
Sauber
7. Kimi Raikkonen Finlândia
Antonio Giovinazzi Itália

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Williams/Toro Rosso/Red Bull/Renault

Resultado dos Treinos Livres – GP do Brasil

1ºTreino Livre

Pos Piloto Equipe Chassis Motor Tempo Voltas
1 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:09.011 16
2 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:09.060 20
3 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:09.107 28
4 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:09.395 23
5 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:09.573 28
6 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:09.679 23
7 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:09.922 28
8 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:10.236 15
9 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:10.346 28
10 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:10.361 34
11 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:10.662 34
12 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:10.679 34
13 36 Antonio Giovinazzi Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:10.685 29
14 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:10.799 30
15 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:10.934 30
16 47 Lando Norris McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:11.013 28
17 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:11.037 30
18 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:11.176 32
19 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:11.452 23
20 34 Nicholas Latifi Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:11.493 34

2ºTreino Livre

Pos Piloto Equipe Chassis Motor Tempo Voltas
1 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:08.846 48
2 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:08.849 43
3 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:08.919 42
4 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:09.164 44
5 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:09.339 28
6 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:09.412 42
7 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:09.769 44
8 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:09.943 44
9 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:10.007 39
10 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:10.159 45
11 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:10.320 23
12 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:10.330 44
13 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:10.332 36
14 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:10.458 48
15 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:10.532 44
16 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:10.569 46
17 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:10.596 26
18 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:10.662 44
19 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:10.734 46
20 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:11.674 6

3ºTreino Livre

Pos Piloto Equipe Chassis Motor Tempo Voltas
1 5 Sebastian Vettel Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:07.948 17
2 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:08.165 15
3 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W09 EQ Power+ Mercedes M09 EQ Power+ 1:08.465 23
4 7 Kimi Räikkönen Ferrari SF71H Ferrari 062 EVO 1:08.490 17
5 33 Max Verstappen Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:08.733 12
6 3 Daniel Ricciardo Red Bull Racing RB14 TAG Heuer 1:08.788 12
7 20 Kevin Magnussen Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:09.146 14
8 8 Romain Grosjean Haas VF-18 Ferrari 062 EVO 1:09.257 16
9 10 Pierre Gasly Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:09.402 22
10 16 Charles Leclerc Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:09.448 21
11 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:09.461 19
12 31 Esteban Ocon Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:09.588 18
13 9 Marcus Ericsson Sauber C37 Ferrari 062 EVO 1:09.808 23
14 55 Carlos Sainz Renault R.S.18 Renault R.E.18 1:09.864 17
15 35 Sergey Sirotkin Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:09.885 14
16 28 Brendon Hartley Scuderia Toro Rosso STR13 Honda RA618H 1:09.985 18
17 18 Lance Stroll Williams FW41 Mercedes M09 EQ Power+ 1:10.001 17
18 14 Fernando Alonso McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:10.020 15
19 11 Sergio Perez Force India VJM11 Mercedes M09 EQ Power+ 1:10.116 18
20 2 Stoffel Vandoorne McLaren MCL33 Renault R.E.18 1:10.289 16

Mercado de Pilotos da Formula Indy em 2019

Vamos analisar o Mercado de pilotos para a temporada de 2019 do Mundial de Formula Indy.

Pelo menos temos já no Grid de largada 22 pilotos de forma permanente que vão fazer a temporada completa. E com a expectativa de esse quadro aumentar para 24 até 26 pilotos fixos.

Na A.J. Foyt, Os brasileiros Tony Kannan e Matheus Leist foram mantidos para a temporada de 2019. Garantindo a participação Brasileira na Formula Indy.

Na Andretti, Zach Veach, Alexander Rossi, Ryan Hunter-Reay e Marco Andretti continuam na equipe para a próxima temporada, Com os Motores Honda. Enquanto os 3 primeiros pilotos estão na Andretti Autosport, O filho de Michael Andretti vai correr pela Andretti Herta. Como um 4ºcarro da Andretti. (Um braço direito da Andretti Autosport)

A Equipe Carlin pode colocar 3 carros para o Grid em 2019. Apesar disso só confirmaram a permanência do Inglês Max Chilton que vai para a sua 4ªTemporada na categoria norte-americana. As outras duas vagas ainda estão disponíveis para o ano que vem.

Na Chip Ganassi, O Campeão Scott Dixon vai para o seu 17ºano seguido na Ganassi. O Pentacampeão da Indy terá como companheiro de equipe o Sueco Felix Rosenqvist no carro 10, Será a estreia do piloto que acabou com o Campeonato Europeu de Formula 3 em 2015, 3ºlugar na Formula E de 2016/17 e 3ºlugar da Super Formula do ano de 2017 e que vai substituir a Ed Jones.

Sebastien Bourdais que fez uma grande temporada em 2018, continua na Dale Coyne. O Francês vai ter um companheiro fixo para 2019. Vai ser o Norte-Americano Santino Ferrucci. Fazendo 4 corridas em 2017 após se envolver em Polêmica na Formula 2 o piloto de 20 anos vai fazer seu primeiro ano completo na Formula Indy.

A Carpenter contratou Ed Jones para disputar 13 das 17 corridas do campeonato. Nas 500 milhas de Indianapolis ele corre com o carro 64 em parceria com a Scuderia Corsa. Ed Carpenter vai correr nas 5 corridas em circuito oval. No carro 21 vai correr o Norte-Americano Spencer Pigot que vai para a sua segunda temporada na equipe.

A Harding após um primeiro ano de algumas boas corridas, mas sem resultados expressivos parte para o segundo ano unido forças com a equipe Steinbrenner Racing. Terá dois pilotos que estrearam pela Indy na prova de Sonoma em 2018. Destaque para o Mexicano Pato O’Ward que foi muito bem na sua única participação. O Filho de Bryan Herta, O Norte-americano Colton Herta será o outro piloto para 2019.

A Rahal Letterman Lanigan vai manter Graham Rahal e Takuma Sato. O Filho de Bobby Rahal vai fazer sua 7ªTemporada seguida no time de seu pai Bobby Rahal. Já o Samurai voador vai correr pela Rahal pelo 3ºano. (2ºSeguido, Sua primeira participação foi em 2012)

A Schmidt Peterson mantem o carro 6 para o Canadense Robert Wickens que sofreu o terrível acidente nas 500 milhas de Pocono. Porém Wickens revelou a 2 semanas atrás que ficou paraplégico e que precisa recuperar os movimentos das pernas. Como respeito ao piloto acidentado, O carro 6 esta sendo guardado para a volta do Canadense.

James Hinchcliffe vai ser o líder da Schmidt para 2019 e terá como companheiro de equipe no carro 7, O Sueco Marcos Ericsson que após 5 anos na Formula 1 vai mudar de ares para correr nos circuitos dos Estados Unidos. Se Alonso não estiver no Grid, Passa a ser Ericsson a maior atração da IndyCar para 2019.

A Penske vai com seus 3 carros para a temporada de 2019. Disposta a recuperar o título os pilotos continuam sendo os mesmos: Josef Newgarden, Will Power e Simon Pagenaud. O Brasileiro Hélio Castroneves vai correr apenas as 500 milhas de Indianapolis em busca da sua 4ªVitória.

A Meyer Shank em parceria com a Schmidt vai continuar com o jovem Jack Harvey, A expectativa é que o piloto inglês possa fazer até 10 corridas na temporada de 2019.

Ainda tem vagas na Carlin, Na Juncos que não sabe se vai correr a temporada toda com seus dois carros. E Ainda esta muito longe de saber quem vai disputar as 500 milhas de Indianapolis, Vagas que só serão definidos mais para a frente, Até o Mês de Abril de 2019.

Veja o quadro dos pilotos e equipes para a temporada de 2019 da Formula Indy.

A.J.Foyt Enterprises Chevrolet
4. Matheus Leist Brasil
14. Tony Kannan Brasil
Andretti Autosport Honda
26. Zach Veach Estados Unidos
27. Alexander Rossi Estados Unidos
28. Ryan Hunter-Reay Estados Unidos
Andretti Herta Honda
98. Marco Andretti Estados Unidos
Carlin Chevrolet
59. Max Chilton Inglaterra
Vago
Vago
Chip Ganassi Racing Honda
9. Scott Dixon Nova Zelândia
10. Felix Rosenqvist Suécia
Dale Coyne Racing Honda
19. Santino Ferrucci Estados Unidos
18. Sebastien Bourdais França
Ed Carpenter Racing
20. Ed Carpenter Estados Unidos
20/64. Ed Jones EAU
21. Spencer Pigot Estados Unidos
Harding Steinbrenner Racing Indefinido
8. Patricio O’Ward México
88. Colton Herta Estados Unidos
Juncos Racing Indefinido
Vago
Vago
Meyer Shank Honda
60. Jack Harvey Inglaterra
Rahal Lettermann Lanigan Racing Honda
15. Graham Rahal Estados Unidos
30. Takuma Sato Japão
Schmidt Peterson Motorsports Honda
5. James Hinchcliffe Canadá
6. Robert Wickens Canadá
7. Marcus Ericsson Suécia
Team Penske Chevrolet
2. Josef Newgarden Estados Unidos
3. Hélio Castroneves Brasil
12. Will Power Austrália
22. Simon Pagenaud França

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: IndyCar/Sauber