Category Archives: F1

F1 Ferrari 2017 Force India 2017 Formula 1

Chuva e Nebrina anulou praticamente os treinos livres na China

Published by:

3 horas de treino acabaram se resumindo em 20 a 25 minutos de treino hoje no Circuito de Xangai na China aonde vai ser realizado a 2ªEtapa do mundial de Formula 1.

O primeiro treino até teve atividades na pista. Com voltas de instalação no começo por vários pilotos até que pararam o treino por uns 25 minutos até que a pista foi de novo liberada e dai tivemos os únicos tempos do dia marcados nesse período curto de tempo. Mas a rodada de Kevin Magnussen da Haas logo no recomeço de treino mostrava a situação crítica do circuito. A 45 minutos do final o Alemão Nico Hulkenberg roda na curva 2 para a 3 na altura do S cumprido o que fez o piloto da Renault rodar. E dai ficar atolado o que acabou fazendo ser acionado o Safety Car virtual.

Mas depois disso o treino foi interrompido até o final do Treino livre que acabou tendo Max Verstappen sendo o mais rápido com o carro da Red Bull. Felipe Massa foi o segundo colocado, Mas é uma analise precária já que Mercedes com Lewis Hamilton e Ferrari com ambos seus pilotos não foram para valer na pista.

No segundo treino não aconteceu nada, Com pista molhada e sem possibilidade do helicóptero voar com segurança devido a neblina. Sem atividades o Piloto Lewis Hamilton foi para perto da torcida e acabou fazendo a festa dos torcedores que vieram acompanhar a quase nenhuma atividade do dia de hoje.

As atividades caso o tempo ajude para amanhã vão ser iniciadas a meia-noite com o segundo treino livre (Terceiro Treino Livre na Verdade) e as 3 da Manhã com a classificação valendo pelo grid de largada do GP da China de Formula 1

Resultado do primeiro Treino Livre
GP da China

Posição Piloto Equipe Chassi Motor Tempo NºVoltas
1 Max Verstappen 33 Red Bull Racing RB13 TAG Heuer 1:50.491 4
2 Felipe Massa 19 Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 1:52.086 7
3 Lance Stroll 18 Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 1:52.507 7
4 Carlos Sainz 55 Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 1:52.840 5
5 Romain Grosjean 8 Haas VF-17 Ferrari 062 1:53.039 6
6 Daniil Kvyat 26 Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 1:53.314 4
7 Fernando Alonso 14 McLaren MCL32 Honda RA617H 1:53.520 5
8 Daniel Ricciardo 3 Red Bull Racing RB13 TAG Heuer 1:54.038 7
9 Valtteri Bottas 77 Mercedes F1 W08 EQ Power+ Mercedes M08 EQ Power+ 1:54.664 4
10 Kevin Magnussen 20 Haas VF-17 Ferrari 062 1:55.104 8
11 Nico Hulkenberg 27 Renault R.S.17 Renault R.E.17 1:55.608 6
12 Stoffel Vandoorne 2 McLaren MCL32 Honda RA617H 1:57.445 4
13 Marcus Ericsson 9 Sauber C36 Ferrari 061 2:15.138 4
14 Antonio Giovinazzi 36 Sauber C36 Ferrari 061 2:15.281 4
15 Jolyon Palmer 30 Renault R.S.17 Renault R.E.17 Sem Tempo 3
16 Sebastian Vettel 5 Ferrari SF70H Ferrari 062 Sem Tempo 2
17 Kimi Räikkönen 7 Ferrari SF70H Ferrari 062 Sem Tempo 1
18 Esteban Ocon 31 Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ Sem Tempo 2
19 Sergio Perez 11 Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ Sem Tempo 3
20 Lewis Hamilton 44 Mercedes F1 W08 EQ Power+ Mercedes M08 EQ Power+ Sem Tempo 2

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Red Bull

F1 Ferrari 2017 Force India 2017 Formula 1 Haas 2017 Manor 2017 Mclaren 2017 Mercedes 2017 Renault 2017 Sauber 2017 Toro Rosso 2017 Williams 2017

Estatísticas do GP da Austrália de 2017

Published by:

Número de voltas que cada piloto deu no final de semana:

Esteban Ocon 148
Daniil Kvyat 147
Sergio Perez 145
Valtteri Bottas 141
Carlos Sainz jr. 141
Lewis Hamilton 139
Kimi Raikkonen 132
Sebastian Vettel 131
Nico Hulkenberg 129
Felipe Massa 122
Lance Stroll 115
Stoffel Vandoorne 113
Max Verstappen 109
Fernando Alonso 109
Marcus Ericsson 105
Daniel Ricciardo 96
Kevin Magnussen  92
Romain Grosjean 90
Antonio Giovinazzi 81
Pascal Wehrlein 52
Jolyon Palmer 44

Velocidade Máxima de cada piloto:

Daniil Kvyat 320,8 km – 199.378 milhas
Lance Stroll 320,3 km – 199.067 milhas
Nico Hulkenberg 318,3 km – 197.824 milhas
Lewis Hamilton 318,0 km – 197.638 milhas
Esteban Ocon 317,6 km – 197.389 milhas
Valtteri Bottas 316,3 km – 196.581 milhas
Kevin Magnussen 315,7 km – 196.208 milhas
Max Verstappen 315,3 km – 195.960 milhas
Sebastian Vettel 314,6 km – 195.525 milhas
Carlos Sainz jr. 312,1 km – 193.971 milhas
Sergio Perez 309,2 km – 192.169 milhas
Stoffel Vandoorne 306,9 km – 190.739 milhas
Kimi Raikkonen 304,3 km – 189.123 milhas
Daniel Ricciardo 303,8 km – 188.812 milhas
Felipe Massa 303,0 km – 188.315 milhas
Antonio Giovinazzi 298.7 km – 185.643 milhas
Jolyon Palmer 295.1 km – 183.405 milhas
Romain Grosjean 294.7 km – 183.157 milhas
Fernando Alonso 290.8 km – 180.733 milhas
Marcus Ericsson 290.7 km – 180.671 milhas

Volta Ideal da corrida:

Volta ideal da corrida – 1:26.341

Melhor primeiro Setor: Valtteri Bottas 28.885
Melhor segundo setor: Max Verstappen 23.071
Melhor terceiro setor: Sebastian Vettel 34.385

Voltas na Liderança:

Sebastian Vettel 38
Lewis Hamilton 16
Valtteri Bottas 2
Kimi Raikkonen 1

Quem ganhou posições:

Stoffel Vandoorne + 5
Antonio Giovinazzi + 4
Lance Stroll + 4
Sergio Perez + 3
Esteban Ocon + 3
Kevin Magnussen + 2
Sebastian Vettel + 1
Felipe Massa + 1

Valtteri Bottas 0
Kimi Raikkonen 0
Max Verstappen 0
Carlos Sainz jr. 0
Daniil Kvyat 0
Nico Hulkenberg 0
Jolyon Palmer 0

Quem perdeu posições:

Lewis Hamilton – 1
Fernando Alonso – 2
Daniel Ricciardo – 2
Marcus Ericsson – 4
Romain Grosjean – 14
Valtteri Bottas 0
Kimi Raikkonen 0
Max Verstappen 0
Carlos Sainz jr. 0
Daniil Kvyat 0
Nico Hulkenberg 0
Jolyon Palmer 0

F1 Ferrari 2017 Force India 2017 Formula 1 Formula 1 - 2017 Fotos Haas 2017 Mclaren 2017 Mercedes 2017 Red Bull 2017 Renault 2017 Sauber 2017 Toro Rosso 2017 Williams 2017

Melhores Voltas de Cada piloto – GP da Austrália de 2017

Published by:

1 7 Kimi Räikkönen (Ferrari) 56ªVolta – 1:26.538
2 77 Valtteri Bottas (Mercedes) 56ªVolta – 1:26.593
3 5 Sebastian Vettel (Ferrari) 53ªVolta – 1:26.638
4 26 Daniil Kvyat (Toro Rosso) 51ªVolta – 1:26.711
5 33 Max Verstappen (Red Bull Racing) 43ªVolta – 1:26.964
6 44 Lewis Hamilton (Mercedes) 44ªVolta – 1:27.033
7 20 Kevin Magnussen (Haas Ferrari) 46ªVolta – 1:27.568
8 55 Carlos Sainz (Toro Rosso) 53ªVolta – 1:27.677
9 19 Felipe Massa (Williams Mercedes) 49ªVolta – 1:28.045
10 11 Sergio Perez (Force India Mercedes) 56ªVolta – 1:28.336
11 31 Esteban Ocon (Force India Mercedes) 55ªVolta – 1:28.475
12 27 Nico Hulkenberg (Renault) 55ªVolta – 1:28.486
13 36 Antonio Giovinazzi (Sauber Ferrari) 51ªVolta – 1:29.052
14 18 Lance Stroll (Williams Mercedes) 38ªVolta – 1:29.389
15 2 Stoffel Vandoorne (McLaren Honda) 53ªVolta – 1:29.440
16 3 Daniel Ricciardo (Red Bull Racing) 21ªVolta – 1:29.447
17 14 Fernando Alonso (McLaren Honda) 48ªVolta – 1:30.077
18 8 Romain Grosjean (Haas Ferrari) 12ªVolta – 1:30.183
19 9 Marcus Ericsson (Sauber Ferrari) 18ªVolta – 1:32.052
20 30 Jolyon Palmer (Renault) 6ªVolta – 1:32.195

Foto: Ferrari

F1 Ferrari 2017 Force India 2017 Formula 1 Fotos Haas 2017 Mclaren 2017 Mercedes 2017 Red Bull 2017 Renault 2017 Sauber 2017 Toro Rosso 2017 Williams 2017

Vettel derrota Hamilton em tática de parada e no ritmo de corrida e vence na Abertura da 68ªTemporada da Formula 1

Published by:

A Ferrari que saiu de 2016 devastada pela temporada abaixo das expectativas acabou tendo uma pré-temporada muito animadora que se confirmou na classificação de ontem e que hoje definitivamente demonstrou que estão a altura de disputar de igual para igual o campeonato de 2017. Isso graças a uma exibição impecável de Sebastian Vettel que hoje chegou a sua vitória de número 43 em sua carreira. Vitória ganha sobre Lewis Hamilton que marcou a pole position.

Na 1ªlargada acabou ela não valendo,  não tivemos muitas mudanças lá na frente. As 5 primeiras posições foram mantidas com Felipe Massa ganhando a posição do Grosjean que chegou a perder posição para Sainz, Mas conseguiu recuperar o 7ºlugar. Confusão mesmo ficou entre Kevin Magnussen que acabou colocando para fora da pista ele o Sueco Marcus Ericsson e a ele mesmo. Como consequência disso foi que o piloto da Haas que já vinha em um final de semana desastroso acabou tendo de ir para os boxes fazer logo de cara uma parada nos boxes.

Logo de começo Hamilton já começou sendo pressionado por Vettel que parecia conseguir a ultrapassagem, Mas o que se previu dos especialistas de que a ultrapassagem seria mais difícil aconteceu que era a dificuldade de se conseguir uma ultrapassagem aumentar em relação aos últimos anos pela carga aerodinâmica que esses novos carros ganharam em relação a 2016. Mesmo assim o mexicano Sergio Perez no começo da prova conseguiu uma bela ultrapassagem sobre Daniil Kvyat ganhando o 9ºlugar.

Daniel Ricciardo que teve problemas sérios de câmbio na vinda para o Grid de largada acabou largando 3 voltas depois dos outros pilotos. Com a corrida comprometida o dono da casa só largou por que era o GP na sua Casa. Não foi um bom final de semana para o piloto da Red Bull convenhamos.

Hamilton conseguiu abrir uma pequena vantagem nas primeiras voltas após a pressão inicial de Vettel. Mas no decorrer das voltas Vettel começava a andar mais rápido que Hamilton. A Ferrari com pneus mais gastos rendia melhor nesse momento da prova. Na 14ºVolta Romain Grosjean que vinha numa corrida tão boa com a Haas tem seu motor fumando fazendo o Francês ser o primeiro piloto a abandonar a prova.

Na 18ªVolta Lewis Hamilton foi para os boxes fazer a sua parada voltando atrás de Max Verstappen em 5ºlugar. Mal sabia que a partir dai a corrida estaria sendo decidida a prova! Sergio Perez partiu para cima de Carlos Sainz jr. e passou por fora o piloto da Toro Rosso assumindo a 8ªposição.

Sebastian Vettel assumiu a liderança da prova e começou a virar tempos muito rápidos enquanto que Hamilton com os pneus novos não conseguia passar Verstappen que já tinha pneus usados e isso fazia com que Vettel aumentasse a vantagem para Hamilton. Na 22ªVolta o Alemão foi para os boxes fazer a troca de pneus e voltou a pista na frente de Verstappen e de Hamilton e só bastou a Vettel se defender do ataque do piloto da Red Bull. Após isso Vettel começou a abrir diferença para Hamilton. Bottas era o líder da prova até a sua parada na 26ªVolta deixando a liderança para Raikkonen que foi para a parada na volta seguinte.

Com tudo isso Vettel era o líder com 6 segundos de frente para Hamilton que tinha 6 segundos de frente para Bottas. Depois vinham Raikkonen, Verstappen, Kvyat que na metade da corrida era o único que não tinha feito a parada nos boxes. Massa, Perez, Sainz e Alonso que conseguia até o momento colocar a Mclaren que teve uma série de Problemas com o motor Honda em 10ºlugar, Seu companheiro de equipe o Belga Stoffel Vandoorne não conseguia tirar nada da Mclaren. Daniel Ricciardo acabou abandonado a corrida para a tristeza dos torcedores Australiano que esperavam ver o piloto da casa andar entre os primeiros colocados. Naquela altura da prova Marcus Ericsson e Jolyon Palmer também já tinham abandonado a prova.

Hamilton não conseguia tirar a desvantagem para Vettel. O que acontecia era ao contraio, Valtteri Bottas vinha que vinha tirando a vantagem para o tricampeão do mundo de maneira impressionante já que na primeira parte da prova tanto Vettel como Hamilton dispararam na frente do piloto Finlandês que parece que tinha um ritmo melhor de corrida na segunda metade de prova sem duvida. Já Danill Kvyat fez sua parada na 35ªVolta sendo o último a fazer a primeira parada nos boxes. Dessa Forma Felipe Massa voltava ao 6ºlugar. Já Nico Hulkenberg fez uma segunda parada nos boxes. O Companheiro de equipe de Felipe Massa o Canadense Lance Stroll que largou do último lugar teve problemas e abandonou a prova e de uma coisa boa podemos dizer dele: Ele foi corajoso o final de semana inteiro em fazer o que ele fez, Prevejo dificuldades para ele em 2017. Muitas batidas e poucos frutos na sua estreia. A Sorte é que trás um caminhão de dinheiro o que garante ele por muitos anos se quiser na Williams.

Na parte final de prova Enquanto Vettel continuava na frente Bottas praticamente tirou quase toda a diferença sobre Hamilton que teria trabalho para manter o segundo lugar. O mesmo diria para Raikkonen que estava em 4ºlugar e começava a ver Max Verstappen no seu retrovisor querendo a sua posição. Daniil Kvyat com pneus mais novos conseguiu passar Carlos Sainz jr. e foi para cima de Sergio Perez buscando o 7ºlugar na parte final quando Vettel chegou para passar ambos os pilotos que tomaram volta. E depois disso acabou o piloto Russo indo fazer uma segunda parada que certamente não foi planejada por ele fazendo ele perder a chance de disputar o 7ºlugar que acabou o seu companheiro de equipe com a missão de recuperar a posição que estava com a Force India de Sergio Perez.

No final da corrida Alonso resistiu até aonde deu, Mas Ocon e Hulkenberg passaram por ele sem dó do bicampeão que com problemas de suspensão acabou deixando a corrida. Nas voltas finais Vettel abriu 10 segundos de diferença para Hamilton o que era impensável em 2016 para uma Ferrari e garantiu a primeira vitória da temporada e a primeira vitória da Ferrari desde do GP de Cingapura de 2015. Lewis Hamilton certamente frustrado depois da pole position de ontem conseguiu segurar a segunda posição da ameaça de Valtteri Bottas que entre altos e baixos conseguiu fazer um final de semana muito bom chegando em 3ºlugar e deu mostras de que pode incomodar Hamilton nessa temporada, Não só seu companheiro de equipe como também Vettel e Raikkonen.

E por falar no Homem de Gelo ele ficou aquém dos 3 primeiros colocados ficando em 4ºlugar a frente de Max Verstappen que teve de contornar um problema de freios para manter o 5ºlugar e garantir os únicos 10 pontos para a Red Bull. A Volta de Felipe Massa a Formula 1 após sua pequena aposentadoria foi boa dentro da realidade da Williams o Brasileiro cumpriu bem o papel de liderar o time ficando com o 6ºlugar.

Sergio Perez que foi um dos melhores pilotos na prova acabou largando do 11ºlugar e fazendo 2 ultrapassagens sobre os pilotos da Toro Rosso terminou em 7ºlugar resistindo aos ataques de Carlos Sainz jr. que acabou em 8ºlugar ficando na frente de Daniil Kvyat que terminou a prova com uma parada a mais do que a maioria dos outros pilotos. Esteban Ocon estreando na Force India segurou o 10ºlugar marcando seu primeiro ponto da carreira deixando Nico Hulkenberg fora da zona de pontuação em 11ºlugar com a Renault.

O Estreante Antonio Giovinazzi promovido de última hora no lugar de Pascal Wehrlein fez o que era possível com a Sauber ficando em 12ºlugar ficando na frente de Stoffel Vandoorne que não conseguiu tirar nada do Mclaren-Honda no final de semana inteiro. Terminar a corrida para o Belga foi até lucro! Mas o 13ºlugar com a Mclaren é insignificante demais para a história da equipe fundada por Bruce Mclaren.

A próxima etapa acontece daqui a 2 semanas em Xangaí na China com a Ferrari liderando o mundial e a certeza de que podemos ver um grande duelo pelo título em que tudo indica entre Hamilton e Vettel.

Resultado final do GP da Austrália de Formula 1:

Posição Piloto Equipe Chassis Motor Tempo Grid
1 5 Sebastian Vettel Ferrari SH70 Ferrari 062 1:24:11.670 2
2 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W08 EQ Power+ Mercedes M08 EQ Power+ a 9.975 1
3 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W08 EQ Power+ Mercedes M08 EQ Power+ a 11.250 3
4 7 Kimi Raikkonen Ferrari SH70 Ferrari 062 a 23.393 4
5 33 Max Verstappen Red Bull RB13 TAG Heuer a 28.827 5
6 19 Felipe Massa Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ a 1:23.386 7
7 11 Sergio Perez Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ a 1 Volta 10
8 55 Carlos Sainz jr. Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 a 1 Volta 8
9 26 Daniil Kvyat Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 a 1 Volta 9
10 31 Esteban Ocon Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ a 1 Volta 13
11 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.17 Renault R.E.17 a 1 Volta 11
12 36 Antonio Giovinazzi Sauber C36 Ferrari 061 a 2 Voltas 16
13 2 Stoffel Vandoorne Mclaren MCL32 Honda RA617H a 2 Voltas 18
14 14 Fernando Alonso Mclaren MCL32 Honda RA617H a 7 Voltas – Abandonou 12
15 20 Kevin Magnussen Haas VF-17 Ferrari 062 a 11 Voltas – Abandono 17
16 18 Lance Stroll Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ a 17 Voltas – Freios 20
17 3 Daniel Ricciardo Red Bull RB13 TAG Heuer a 32 Voltas – Abandono 15
18 9 Marcus Ericsson Sauber C36 Ferrari 061 a 36 Voltas – Abandono 14
19 30 Jolyon Palmer Renault R.S.17 Renault R.E.17 a 42 Voltas – Abandono 19
20 8 Romain Grosjean Haas VF-17 Ferrari 062 a 44 Voltas – Motor 6

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Ferrari/Mercedes/Force India/Mclaren/Haas

F1 Ferrari 2017 Force India 2017 Formula 1 Formula 1 - 2017 Fotos Haas 2017 Mclaren 2017 Mercedes 2017 Red Bull 2017 Renault 2017 Sauber 2017 Toro Rosso 2017 Williams 2017

Com novos carros Hamilton celebra primeira pole de 2017 na Austrália

Published by:

Em uma nova Formula 1 a pole ficou nas mesmas mãos que geralmente ficava. Lewis Hamilton após um treino duro aonde ele teve mais trabalho que teve em 2016 para levar essa pole.

No Q1 nenhum susto com os pilotos da Mercedes, Ferrari e Red Bull que colocou com tranquilidade todos os 6 pilotos, Nem mesmo Felipe Massa, Romain Grosjean, Nico Hulkenberg teve problemas para a classificação. Mas a partir dai todos os outros pilotos tiveram que lutar para classificar para o Q2.

Nessa disputa alguns pilotos que tinham carros competitivos ficaram pelo caminho. Lance Stroll que bateu no 3ºTreino livre acabou tendo muitos problemas no treino e acabou com o 19ºlugar sendo eliminado no Q1 com a Williams (Que pode pagar caro pela inexperiência do piloto Canadense) Jolyon Palmer ficou em último lugar e só vai largar em 19º porque Stroll que teve seu câmbio trocado e com isso perdeu 5 posições no Grid de largada até porque o câmbio tem que durar 6 corridas para ser trocado sem punição. (O que é um verdadeiro absurdo esse regulamento)

Os outros eliminados foram Antonio Giovinazzi que acabou tendo um resultado acima do esperado com o carro da Sauber sendo que acabou perdendo a vaga no final do Q1. Kevin Magnussen que tomou uma surra do seu companheiro de equipe o Francês Romain Grosjean e o Belga Stoffel Vandoorne com a Mclaren que também paga pela inexperiência principalmente com um carro tão difícil como é o Mclaren-Honda apesar de estar mais preparado do que o Lance Stroll.

Albert Park, Melbourne, Australia.
Friday 24 March 2017.
World Copyright: Sam Bloxham/LAT Images
ref: Digital Image _J6I1509

Valtteri Bottas nesse Q1 superou Lewis Hamilton.

No Q2 a disputa entre Bottas e Hamilton disputaram a liderança com a Ferrari por perto mostrando que é uma adversária séria dos carros da equipe Tri-campeã do mundo. Já a Red Bull esta mais longe. Já os outros tiveram de lutar pelas outras 4 vagas para o Q3. Marcus Ericsson com o carro da Sauber e Fernando Alonso com a Mclaren não tinham muito do que fazer já que ambos não tinham carro para passar para o Q3. Também digo que Esteban Ocon com a Force India esta um passo atrás de Perez e acabou não conseguiu disputar vaga para a parte final do Treino.

Os outros dois eliminados Perez com a Force India e Hulkenberg que estreia na equipe Renault. Eles foram companheiro de equipe em 2016 na Force India acabaram eliminados em 11º e 12ºlugar respectivamente ficando de fora da parte final de treino.

Romain Grosjean teve um grande desempenho colocando a Haas no Q3. Felipe Massa com a Williams cumprindo o papel de líder da equipe de maneira irretocável e os dois pilotos da Toro Rosso garantiram vaga no Q3 com Kvyat ficando na frente do Sainz jr. por alguns centésimos de segundo.

No Q3 Hamilton e Bottas travaram o primeiro duelo pela pole position não só entre ele já que tinha um Vettel motivado e com uma Ferrari que se apresentava muito bem. No primeiro duelo de tempos Hamilton acabou sendo o mais rápido com Bottas em 2º, Vettel em 3º e Raikkonen em 4º. A 8 minutos do final na sua tentativa de volta rápida o Australiano Daniel Ricciardo acabou rodando e indo para a brita, batendo por trás danificando o aerofólio de seu Red Bull. Com isso acabou provocando uma bandeira vermelha. além disso provocou a frustração dos torcedores Australianos que lotaram Melbourne no dia de hoje.

Com o treino parado por uns 10 minutos até a retirada do carro do piloto da Casa o treino voltou, A principio pouca movimentação sendo apenas Romain Grosjean que marcou uma bela volta ainda que longe da disputa pela pole. Já os postulantes a pole saíram no final do treino junto com os outros pilotos que não tinham feito volta rápida no Q3.

Valtteri Bottas foi buscar o tempo de Hamilton em sua última volta e acabou superado em 18 milésimos o tempo de seu companheiro de equipe que acabou segundos depois fazendo o tempo de 1:22.188 que acaba sendo o recorde do circuito em treino oficial na Formula 1. Sebastian Vettel em sua tentativa final acabou tomando o segundo lugar de Bottas. Colocando a Ferrari na primeira fila ao lado do tricampeão do mundo da Mercedes.

Valtteri Bottas com a Mercedes e Kimi Raikkonen com a Ferrari estão fazendo a 2ªFila no grid. Max Verstappen com a Red Bull acabou com o 5ºlugar e vai abrir a 3ªFila que terá o piloto Francês Romain Grosjean que leva a Haas a melhor posição do Grid de largada de sua história.

Felipe Massa com a Williams abre a 4ªFila tendo feito o 7ºlugar. Ao seu lado larga o Espanhol Carlos Sainz jr. que ficou 25 milésimos a frente de Daniil Kvyat que larga na 5ªFila que vai ter Daniel Ricciardo ao lado dele completando os 10 primeiros lugares com o carro da Red Bull.

Amanhã a partir das 2 da manha Horário de Brasilia teremos a largada para a Temporada de 2017 do 68ºmundial de Formula 1 começando com o GP da Austrália.

Grid de Largada:

Pos. Piloto Equipe Chassis Motor Tempo Nº de Voltas
1 44 Lewis Hamilton Mercedes F1 W08 EQ Power+ Mercedes M08 EQ Power+ 1:22.188 14
2 5 Sebastian Vettel Ferrari SH70 Ferrari 062 1:22.456 17
3 77 Valtteri Bottas Mercedes F1 W08 EQ Power+ Mercedes M08 EQ Power+ 1:22.481 13
4 7 Kimi Raikkonen Ferrari SH70 Ferrari 062 1:23.033 19
5 33 Max Verstappen Red Bull RB13 TAG Heuer 1:23.485 18
6 8 Romain Grosjean Haas VF-17 Ferrari 062 1:24.074 17
7 19 Felipe Massa Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 1:24.443 16
8 55 Carlos Sainz jr. Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 1:24.487 16
9 26 Daniil Kvyat Toro Rosso STR12 Renault R.E.17 1:24.512 16
10 3 Daniel Ricciardo Red Bull RB13 TAG Heuer Sem Tempo 10
11 11 Sergio Perez Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 1:25.081 13
12 27 Nico Hulkenberg Renault R.S.17 Renault R.E.17 1:25.091 12
13 14 Fernando Alonso Mclaren MCL32 Honda RA617H 1:25.425 15
14 31 Esteban Ocon Force India VJM10 Mercedes M08 EQ Power+ 1:25.568 16
15 9 Marcus Ericsson Sauber C36 Ferrari 061 1:26.465 15
16 36 Antonio Giovinazzi Sauber C36 Ferrari 061 1:26.419 8
17 20 Kevin Magnussen Haas VF-17 Ferrari 062 1:26.847 7
18 2 Stoffel Vandoorne Mclaren MCL32 Honda RA617H 1:26.858 6
19 30 Jolyon Palmer Renault R.S.17 Renault R.E.17 1:27.143 7
20 18 Lance Stroll Williams FW40 Mercedes M08 EQ Power+ 1:28.244 7

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Toro Rosso / Ferrari / Mercedes / Haas