Classificação do Q1 e Q2 – GP da Austrália

Classificação do Q1 do Treino Oficial

1 3 Daniel Ricciardo (Red Bull Racing-Renault) 1:30.775
2 20 Kevin Magnussen (McLaren-Mercedes) 1:30.949
3 19 Felipe Massa (Williams-Mercedes) 1:31.228
4 14 Fernando Alonso (Ferrari) 1:31.388
5 22 Jenson Button (McLaren-Mercedes) 1:31.396
6 77 Valtteri Bottas (Williams-Mercedes) 1:31.601
7 44 Lewis Hamilton (Mercedes) 1:31.699
8 1 Sebastian Vettel (Red Bull Racing-Renault) 1:31.931
9 7 Kimi Räikkönen (Ferrari) 1:32.439
10 6 Nico Rosberg (Mercedes) 1:32.564
11 25 Jean-Eric Vergne (STR-Renault) 1:33.488
12 99 Adrian Sutil (Sauber-Ferrari) 1:33.673
13 26 Daniil Kvyat (STR-Renault) 1:33.777
14 27 Nico Hulkenberg (Force India-Mercedes) 1:33.893
15 11 Sergio Perez (Force India-Mercedes) 1:34.141
16 10 Kamui Kobayashi (Caterham-Renault) 1:34.274
17 4 Max Chilton (Marussia-Ferrari) 1:34.293
18 17 Jules Bianchi (Marussia-Ferrari) 1:34.794
19 21 Esteban Gutierrez (Sauber-Ferrari) 1:35.117
20 9 Marcus Ericsson (Caterham-Renault) 1:35.157
21 8 Romain Grosjean (Lotus-Renault) 1:36.993
22 13 Pastor Maldonado (Lotus-Renault) Sem Tempo
Q1 107% Time 1:37.129

Classificação do Q2 do Treino Oficial

1 6 Nico Rosberg (Mercedes) 1:42.264
2 3 Daniel Ricciardo (Red Bull Racing-Renault) 1:42.295
3 14 Fernando Alonso (Ferrari) 1:42.805
4 44 Lewis Hamilton (Mercedes) 1:42.890
5 20 Kevin Magnussen (McLaren-Mercedes) 1:43.247
6 27 Nico Hulkenberg (Force India-Mercedes) 1:43.658
7 25 Jean-Eric Vergne (STR-Renault) 1:43.849
8 77 Valtteri Bottas (Williams-Mercedes) 1:43.852
9 19 Felipe Massa (Williams-Mercedes) 1:44.242
10 26 Daniil Kvyat (STR-Renault) 1:44.331
11 22 Jenson Button (McLaren-Mercedes) 1:44.437
12 7 Kimi Räikkönen (Ferrari) 1:44.494
13 1 Sebastian Vettel (Red Bull Racing-Renault) 1:44.668
14 99 Adrian Sutil (Sauber-Ferrari) 1:45.655
15 10 Kamui Kobayashi (Caterham-Renault) 1:45.867
16 11 Sergio Perez (Force India-Mercedes) 1:47.293

Hamilton leva a pole em Melbourne e Ricciardo tem seu dia de Heroí nacional

Lewis Hamilton superou as expectativas e superou o favoritismo de Nico Rosberg e conseguiu a pole position de número 32 com o tempo de 1:44.231 sendo o último piloto a marcar a primeira posição que era a momentos antes ocupada pelo Australiano Daniel Ricciardo que fazendo o tempo de 1:44.548 fez o público vibrar com sua performance num carro estava dando problemas nos testes, Mas que na pratica dos Treinos pode sim levar a Red Bull a grande resultado, até mesmo a vitória, Ricciardo superou a Nico Rosberg que era o maior favorito a pole position, Mas acabou com o modesto 3ºlugar no Grid de Largada e vai dividir fila com o Dinamarquês Estreante Kevin Magnussen que já deu seu cartão de visitas nesse treino, Com um carro da Mclaren tendo melhor desempenho do que 2013 o piloto pode aprontar e muito e colocar terror para seu companheiro de equipe.

Fernando Alonso abre a terceira fila numa Ferrari que pode disputar a vitória sim, O Espanhol sempre foi superior a Raikkonen que acabou batendo no final do Q2 e com isso acabou de Fora da parte final do Treinamento, Alonso numa corrida de chuva ele pode fazer tudo, até vencer a prova, Ao lado dele larga Jean-Eric Vergne que acaba sendo uma grande surpresa a Toro Rosso na 3ªFila com os motores Renault, Nico Hulkenberg leva a Force India a 7ªposição e espera finalmente que ele tenha uma corrida em Albert Park, pois todas as vezes que competiu na Austrália ele não andou uma volta se quer, Se tudo der certo na Largada com ele pode ser que ele tenha seu primeiro sucesso em Albert Park, Fechando a 4ªFila o Russo Danill Kyvat que coloca o carro da Toro Rosso entre os 10 primeiros mostrando que não ganhou a GP3 a Toa e que vai dar muito trabalho nesse ano com um carro que parece ser melhor do que se esperava. Completam os dez primeiros os dois pilotos da Williams, Tanto Felipe Massa como Valtteri Bottas andaram bem, Mas acabaram prejudicados pela tática da Williams na parte final do Treino, Além disso Valtteri Bottas por trocar o câmbio perde 5 posições no Grid de largada e com isso deixara seu 10ºposto para o inglês Jenson Button que foi superado pelo estreante Kevin Magnussen. Agora Kimi Raikkonen e Sebastian Vettel acabam sendo as decepções, Raikkonen nunca conseguiu andar no nível de Fernando Alonso, Raikkonen no final do treino acabou batendo e se quer conseguiu tempo para chegar no Q3 ficando em 12ºlugar, Acaba herdando posição por causa de punição ao Bottas e larga em 11º, Ao seu lado larga Sebastian Vettel que jamais conseguiu acompanhar o ritmo de Daniel Ricciardo, Vettel parece não esta a vontade com ele carro, e não conseguiu passar no Q3 Tornando a Missão da 10ªvitória seguida praticamente impossível largando em 12ºlugar.

Sutil colocou a melhor Sauber em 13ºlugar, Kamui Kobayashi andou muito bem no treino e conseguiu um quase milagroso 14ºlugar no Grid de largada com um carro que na Sexta-feira tinha feito 3 voltas apenas. Valtteri Bottas que tinha feito o 10ºtempo com a troca do Câmbio perdeu 5 posições no Grid de largada, na primeira corrida, eu acho isso muito errado, muito mesmo. Serio Perez acabou não conseguindo fazer um bom tempo e larga em 16ºlugar.

Completando o grid temos os dois pilotos da Marussia que se mostrou melhor para esse ano com o Chilton na frente do Bianchi, Gutierrez da Sauber e Ericsson da Caterham formam a 10ªfila.

Agora o que dizer da Lotus que parece estar com o carro bem ruim, Grosjean não conseguiu ir além do 21ºlugar e Maldonado nem tempo conseguiu, eles mesmo admitem que a corrida será uma extensão dos testes de pré-temporada, Ou seja sem chances de um resultado positivo. E só não vão largar na última fila por que o Gutierrez acabou sendo punido pelo mesmo motivo que o piloto Valtteri Bottas, Ou seja troca de Câmbio.

O GP da Austrália será realizado as 3 da manhã Horário de Brasília.

Grid de Largada do GP da Austrália:

1 44 Lewis Hamilton (Mercedes) 1:44.231 – 22 Voltas
2 3 Daniel Ricciardo (Red Bull Racing-Renault) 1:44.548 – 20 Voltas
3 6 Nico Rosberg (Mercedes) 1:44.595 – 21 Voltas
4 20 Kevin Magnussen (McLaren-Mercedes) 1:45.745 – 19 Voltas
5 14 Fernando Alonso (Ferrari) 1:45.819 – 21 Voltas
6 25 Jean-Eric Vergne (STR-Renault) 1:45.864 – 21 Voltas
7 27 Nico Hulkenberg (Force India-Mercedes) 1:46.030 – 20 Voltas
8 26 Daniil Kvyat (STR-Renault) 1:47.368 – 20 Voltas
9 19 Felipe Massa (Williams-Mercedes) 1:48.079 – 21 Voltas
10 22 Jenson Button (McLaren-Mercedes) 1:44.437 – 13 Voltas
11 7 Kimi Räikkönen (Ferrari) 1:44.494 – 13 Voltas
12 1 Sebastian Vettel (Red Bull Racing-Renault) 1:44.668 – 13 Voltas
13 99 Adrian Sutil (Sauber-Ferrari) 1:45.655 – 12 Voltas
14 10 Kamui Kobayashi (Caterham-Renault) 1:45.867 – 13 Voltas
15 77 Valtteri Bottas (Williams-Mercedes) 1:48.147 – 19 Voltas *
16 11 Sergio Perez (Force India-Mercedes) 1:47.293 – 13 Voltas
17 4 Max Chilton (Marussia-Ferrari) 1:34.293 – 5 Voltas
18 17 Jules Bianchi (Marussia-Ferrari) 1:34.794 – 5 Voltas
19 9 Marcus Ericsson (Caterham-Renault) 1:35.157 – 5 Voltas
20 8 Romain Grosjean (Lotus-Renault) 1:36.993 – 6 Voltas
21 13 Pastor Maldonado (Lotus-Renault) Sem Tempo – 3 Voltas
22 21 Esteban Gutierrez (Sauber-Ferrari) 1:35.117 – 7 Voltas *

* Perderam 5 posição por causa da Troca do Câmbio
Tempo dos 107% no Q1     1:37.129

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Mercedes/Williams/Caterham

1ºdia de Atividades do GP da Austrália

Destaques do primeiro dia de treinamentos foi as poucas quebras que tivemos dos carros, Algo que não estava previsto. O que se previa era um quebra-quebra enorme de carros.

O Se viu nos treinos foi a Mercedes tendo os melhores carros e colocando seus dois pilotos nas duas primeiras posições. Lewis Hamilton fez o primeiro tempo com Nico Rosberg em 2ºlugar, Se isso se espelhar na corrida a Mercedes já pode começar na frente nesse campeonato, Só que a Mercedes teve um problema com Hamilton que acabou na sua volta de instalação o motor parou e isso faz o inglês perder o primeiro treino inteiro.

A Ferrari teve um bom desempenho com Fernando Alonso e não tão bom assim com o Kimi Raikkonen pode se colocar como uma adversária a Mercedes, Junto dela pode se colocar a Mclaren que parece que fez um bom carro, a Williams que parece ressurgir das cinzas depois de temporadas ruins, Tanto Bottas como Felipe Massa andaram bem demais e a surpresa é a Red Bull que parecia fadada a problemas, Mas com o desempenho surpreendente com Vettel e Ricciardo andando bem.

De Resto vimos uma Force India que pode incomodar com Hulkenberg e Perez, A Toro Rosso e Sauber se mantendo na média tentando beliscar alguma coisa. Agora os problemáticos carros da Lotus e da Caterham que parecem ser os carros que menos espero para essa corrida.

A Lotus tem problemas em seu carro, ela sofre pela saída dos profissionais que saíram da equipe e a crise financeira e portanto a dificuldade para se fazer um carro competitivo, E a Caterham que parece estar mal, o carro deu 3 voltas nos treinos de ontem. Muito fraco, pode até ser que esse carro não consiga tempo para o entrar no Grid. A Marussia mostrou-se confiável, mesmo andando abaixo das demais a equipe parece estar em um patamar mais avançado do que sua adversária principal que parece ser a Caterham

O 3ºtreino livre será a meia-noite e o Treino oficial vai acontecer a partir das 3 da manhã

1ºTreino Livre

1 14 Fernando Alonso (Ferrari) 1:31.840 – 20
2 22 Jenson Button (McLaren-Mercedes) 1:32.357 – 23
3 77 Valtteri Bottas (Williams-Mercedes) 1:32.403 – 27
4 19 Felipe Massa (Williams-Mercedes) 1:32.431 – 19
5 3 Daniel Ricciardo (Red Bull Racing-Renault) 1:32.599 – 26
6 6 Nico Rosberg (Mercedes) 1:32.604 – 17
7 1 Sebastian Vettel (Red Bull Racing-Renault) 1:32.793 – 10
8 20 Kevin Magnussen (McLaren-Mercedes) 1:32.847 – 28
9 7 Kimi Räikkönen (Ferrari) 1:32.977 – 19
10 25 Jean-Eric Vergne (STR-Renault) 1:33.446 – 30
11 27 Nico Hulkenberg (Force India-Mercedes) 1:33.533 – 23
12 11 Sergio Perez (Force India-Mercedes) 1:33.855 – 24
13 26 Daniil Kvyat (STR-Renault) 1:34.272 – 27
14 21 Esteban Gutierrez (Sauber-Ferrari) 1:35.578 – 7
15 99 Adrian Sutil (Sauber-Ferrari) 1:36.445 – 13
16 17 Jules Bianchi (Marussia-Ferrari) 1:40.859 – 6
17 4 Max Chilton (Marussia-Ferrari) 1:46.922 – 4
18 9 Marcus Ericsson (Caterham-Renault) Sem Tempo – 1
19 44 Lewis Hamilton (Mercedes) Sem Tempo – 1
20 10 Kamui Kobayashi (Caterham-Renault) Sem Tempo – 1
21 13 Pastor Maldonado (Lotus-Renault) Sem Tempo – 2
22 8 Romain Grosjean (Lotus-Renault) Sem Tempo – 0

2ºTreino Livre

1 44 Lewis Hamilton (Mercedes) 1:29.625 – 37
2 6 Nico Rosberg (Mercedes) 1:29.782 – 31
3 14 Fernando Alonso (Ferrari) 1:30.132 – 28
4 1 Sebastian Vettel (Red Bull Racing-Renault) 1:30.381 – 41
5 22 Jenson Button (McLaren-Mercedes) 1:30.510 – 33
6 3 Daniel Ricciardo (Red Bull Racing-Renault) 1:30.538 – 38
7 7 Kimi Räikkönen (Ferrari) 1:30.898 – 32
8 77 Valtteri Bottas (Williams-Mercedes) 1:30.920 – 38
9 20 Kevin Magnussen (McLaren-Mercedes) 1:31.031 – 34
10 27 Nico Hulkenberg (Force India-Mercedes) 1:31.054 – 33
11 25 Jean-Eric Vergne (STR-Renault) 1:31.060 – 35
12 19 Felipe Massa (Williams-Mercedes) 1:31.119 – 31
13 11 Sergio Perez (Force India-Mercedes) 1:31.283 – 36
14 99 Adrian Sutil (Sauber-Ferrari) 1:32.355 – 36
15 21 Esteban Gutierrez (Sauber-Ferrari) 1:32.468 – 26
16 26 Daniil Kvyat (STR-Renault) 1:32.495 – 36
17 17 Jules Bianchi (Marussia-Ferrari) 1:33.486 – 29
18 8 Romain Grosjean (Lotus-Renault) 1:33.646 – 12
19 4 Max Chilton (Marussia-Ferrari) 1:34.757 – 29
20 9 Marcus Ericsson (Caterham-Renault) Sem Tempo – 1
21 10 Kamui Kobayashi (Caterham-Renault) Sem Tempo – 0
22 13 Pastor Maldonado (Lotus-Renault) Sem Tempo – 0

Texto: Deivison da Conceição da Silva

Mclaren – Avaliação dos pilotos

Jenson Button - 22
Jenson Button – 22

Jenson Button
País: Inglaterra
Data de Nascimento: 19 de Janeiro de 1980
Currículo:

Piloto Inglês Tem um Currículo Respeitável na Formula 1, Em 1998 foi campeão na Formula Ford Inglesa e campeão da Formula Ford Festival, Ambos os títulos ganhos pela equipe Haywood Racing, Em 1999 acabou correndo na Formula 3 Inglesa onde alcançou o 3ºlugar no campeonato, Foi segundo lugar no GP de Macau e das 24 horas de Spa, Além disso disputou o Masters da Formula 3. O Currículo de 2 anos foi o suficiente para fazer a Williams contratar o Jovem piloto inglês de 20 anos de idade para o lugar de Alessandro Zanardi, Em seu primeiro Ano Button fez boa temporada, marcando 12 pontos em seu ano de Estreia, Acabou sendo emprestado para a Benetton, Mas tem ano ruim em 2001 e quase arruinaria a carreira dele. Em 2002 com a Equipe virando Renault Button estava em rota de colisão com o Chefe de equipe Flávio Briatore, Mesmo com os problemas internos o inglês conseguiu fazer grande ano ficando em 7ºlugar com 14 pontos, Button tratou de acertar sua vida com a BAR sob empréstimo da Williams que era dono de seu mandato. em 2003 Button ajudou a BAR a ficar em 5ºlugar no mundial de construtores marcando 70% dos pontos do time inglês. Em 2004 Button acabou fazendo seu primeiro grande ano na Formula 1 conquistando 10 pódios e 1 pole position o Inglês acabou sendo o 3ºcolocado na temporada. Em 2005 o carro da BAR não permitiu a Button bons resultados, a briga dele foi para se desvincular ao contrato da Williams, a BAR precisou parar mais de 60 milhões de Dólares. Com isso Button pode ficar na BAR que passaria a se chamar Honda a partir de 2006, O ano marca a primeira vitória dele na Categoria, na confusa e caótica corrida na Hungria onde ele larga de 14ºlugar para chegar a vitória. Completa a temporada em 6ºlugar.
Em 2007 e 2008 são anos a serem esquecidos, A Honda produz carros ruins e decide deixar a categoria. Button se ver quase desempregado. Mas dai surgi a equipe Brawn GP e ele fica na Equipe junto com seu companheiro de equipe Rubens Barrichello, Em 2009 Button faz inicio histórico e ganha 6 das primeiras 7 corridas no ano e depois consegue administrar a sua vantagem e conquista o seu primeiro campeonato na Formula 1.
Button com isso acaba acertando a ida para a Mclaren para ser companheiro de Lewis Hamilton, Em 2010 luta pelo título até a penúltima corrida do ano e fecha a temporada em 5ºlugar. Em 2011 Button fez grane temporada, vence 3 corridas da Temporada e foi o piloto mais próximo de Sebastian Vettel e acabou com o vice-campeonato. Em 2012 Button já não repete o grande desempenho de 2011, Mas consegue 3 vitórias e fecha o ano em 5ºlugar, no ano passado Button acabou tendo de lutar com um carro fraco, Mas faz algumas boas corridas e completa a temporada em 9ºlugar.

Números de sua carreira:

GPs: 283
Vitórias: 26
Poles: 20
Melhores Voltas: 19
Pódios: 71

Na Formula 1:

Grandes Prêmios: 249 (Largou em 247 GPs)
Vitórias: 15
Poles: 8
Pódios: 49
Pontos na Carreira: 1.072 Pontos
Pontuação de 61 a 90: 414 Pontos
Pontuação de 91 a 2002: 429 Pontos
Pontuação de 2003 a 2009: 631 Pontos
Pontuação de 2010 a 2013: 1673 Pontos
Melhores voltas: 8
Equipes:

Williams 2000
Benetton 2001
Renault 2002
BAR 2003-2005
Honda 2006-2008
Brawn GP 2009
Mclaren 2010-2014

Títulos:

Formula Ford inglesa 1998
Formula Ford Festival 1998
Formula 1 2009

Avaliação do piloto:

Jenson Button que até sua primeira metade da carreira era visto como uma promessa que não se cumpria acabou em 2009 com o título mundial crescendo seu status e na Mclaren Button se
mostrou forte a ponto de desbancar a Lewis Hamilton e ser o cara na Equipe de Woking, Em 2013 ele conseguiu fazer algumas boas corrida em que ele se sobressaiu sobre o seu companheiro de equipe. Para 2014 Button será um desafio, com um carro melhor provar que pode disputar o título, O regulamento o favorece pelo seu estilo de pilotagem suave e conservador, Espero o inglês nos seus melhores momentos para 2014 na Formula 1.

Em 2013: Acabou em 9ºlugar com 73 pontos pela Equipe Mclaren

Kevin Magnussen - 20
Kevin Magnussen – 20

Kevin Magnusenn
País: Dinamarca
Data de Nascimento: 5 de Outubro de 1992
Currículo:

Kevin Magnussen teve um inicio de carreira correndo em várias categorias, isso em 2008 correndo em Várias categorias da Formula Ford (Dinamarca, Duratec Benelux,Festival-Duratec Class, NEZ) Além de correr algumas corridas na ADAC Formel Masters e da Formula Renault Portugal Winter Series 2.0.
Em 2009 correu a Formula Renault 2.0 NEC, A Eurocup Formula Renault 2.0 e a Renault Clio Cup na Dinamarca. Em 2010 Correu na Formula 3 Alemã e a Formula 3 Euroseries.
Em 2011 Correu na Formula 3 Inglesa, Correu o Masters de Formula 3 e o GP de Macau de Formula 3, Em 2012 e 2013 correu na Renault World Series. Magnussen com o título em 2013 foi contratado pela equipe Mclaren no qual ele era protegido já faz algum tempo. Faz sua estreia na Formula 1 nesse ano, um Risco que pode dar certo pois Hamilton estreou na Mclaren em 2007 e quase foi o campeão.

GPs: 140
Vitórias: 30
Poles: 26
Melhores Voltas: 29
Pódios: 65

Faz sua estreia na Formula 1 em 2014

Títulos:

Formula Ford Denmark 2008
World Series Renault 2013

Em 2013: Campeão da Renault World Series correndo pela equipe DAMS

Avaliação do piloto:

Em 2013: Campeão da World Series Renault pela Equipe DAMS. Kevin é uma aposta da Mclaren, após o insucesso com Sergio Perez a equipe resolve de novo apostar na prata da casa, Isso tem tudo para dar certo, Magnussen tem um currículo muito bom, Com o título da World Series da Renault e dessa forma não repetir o desempenho fraquíssimo do seu pai na Formula 1 que foi considerado o novo Senna e de novo Senna não tinha nada. Kevin Magnussen só não vai poder ser cobrado excessivamente nesse seu primeiro ano, pois se for cobrado desse jeito pode acabara se desestabilizando, É seu primeiro ano. O que espero é um piloto que fará uma grande temporada sem ser pressionado.

Force India – Avaliação dos Pilotos

Nico Hulkenberg - 27
Nico Hulkenberg – 27

Nico Hulkenberg
País: Alemanha
Data de Nascimento: 19 de Agosto de 1987

Currículo:

Nico Hulkenberg estreou na Formula BMW ADAC aonde já foi campeão na temporada de 2005 e na Formula BMW World Final acabou sendo o terceiro colocado, Em 2006 correu na Formula 3 Alemã e duas corridas no Challenge Endurance Moderne, Em 2006-07 venceu a A1 GP pela equipe da Alemanha. Em 2007 disputou a Formula 3 EuroSeries, a corrida tradicional de Macau e o Masters of Formula 3 onde ele conquistou mais um título. Em 2008 Hulkenberg disputou a Formula 3 Euroseries e foi o campeão e foi Vice Campeão da Masters of Masters 3. Em 2009 Hulkenberg ingressa na Formula Gp2 Series e acabou sendo de cara o campeão da Categoria, com tudo isso a Williams contratou o piloto Alemão para Formar dupla com Rubens Barrichello, Em seu primeiro ano ele teve um desempenho que cresceu com o decorrer da temporada, Fez a pole no GP do Brasil. Acabou não continuando na williams em 2011 e foi ser 3ºpiloto na Force India, no ano seguinte após vários treinos livres foi confirmado como o títular da Force India, após outro bom trabalho foi contratado pela equipe Sauber, Em 2013 Hulkenberg foi do inferno ao céu, na primeira metade de temporada o time com a crise financeira e um carro ruim se falava até que o alemão seria dispensado da Sauber por atraso nos salários, Mas na Segunda parte de Temporada o carro  acabou tendo uma melhora e Hulkenberg teve suas melhores atuações de sua carreira. Seu nome foi muito cogitado na Lotus, Mas por não ter patrocinadores acabou sendo preterido, Mas Hulkenberg acabou acertando sua volta a Force India para essa temporada de 2014.

GPs: 186
Vitórias: 37
Poles: 32
Melhores Voltas: 33 *
Pódios:66

Na Formula 1:

Grandes Prêmios: 58 (Largou em 57 GPs)
Vitórias: 0
Poles: 1
Pódios: 0
Pontos na Carreira: 136 Pontos
Pontuação de 61 a 90: 16 Pontos
Pontuação de 91 a 2002: 16 Pontos
Pontuação de 2003 a 2009: 44 Pontos
Pontuação de 2010 a 2013: 136 Pontos
Melhores voltas: 1
Equipes:
Williams 2010
Force India 2012
Sauber 2013
Force India 2014

Títulos:

Formula BMW ADAC em 2005
A1 GP em 2006/07
Masters of Formula 3 em 2007
Formula 3 Euroseries em 2008
GP2 Series em 2009

Em 2013: 10ºlugar com 51 pontos na equipe Sauber

Avaliação do Piloto:

Nico Hulkenberg é sem dúvida uma realidade como piloto, já deixou a tempos em ser apenas uma promessa, Os títulos no seu currículo mostram isso, Mas é um piloto que não teve ainda em sua carreira um carro competitivo mesmo assim tem feito grandes resultados e desempenhos marcantes como a pole position em 2010 pela Williams aqui no GP do Brasil, Agora parece que com um carro da Force India que tem mais estrutura tem a sua melhor chance, até mais do que se estivesse hoje na Endividada Lotus. O Potencial dele já foi comprovado agora se ele ano o Alemão despontar e explodir em termos de resultados pode encravar um lugar numa equipe grande em 2015 ou no futuro próximo.  É um dos pilotos que mais espero nessa temporada.

Sergio Perez - 11
Sergio Perez – 11

Sérgio Perez
País: México
Data de Nascimento: 26 de Janeiro de 1990
Currículo:

Sérgio Perez começou sua trajetória no automobilismo de Formula em 2004 com a Skip Barber National Championship, Nos aos de 2005 e de 2006 correu pela Formula BMW ADAC, Em 2006-07 correu na A1 GP, Em 2007 e 2008 correu pela Formula 3 Inglesa onde em 2007 na Categoria National Class acabou sendo o campeão. Em 2008-09 correu pela GP2 Series da Ásia e consequentemente partiu para a Gp2 Series aonde ele correu duas temporadas sendo o vice-campeão em 2010, Com isso Perez garantiu seu lugar na Sauber levado pelo seu talento além do dinheiro do Bilionário Carlos Slim, Fez uma temporada razoável em 2011 e em 2012 se destacou pelos grandes desempenhos que acabaram levando o mexicano a substituir a Hamilton na Mclaren para a temporada de 2013 aonde ele seria companheiro de Jenson Button. mas a temporada de 2013 foi um balde de Água fria, acabou com a sua irregularidade sendo mandado embora da equipe, Acabou achando um lugar na Force India que por ter uma aproximação com a Mclaren tendo a indicação de Perez para uma das vagas disponíveis no time indiano. Perez vem para a 4ªtemporada na Formula 1.

GPs: 209
Vitórias: 25
Poles: 15
Melhores Voltas: 10
Pódios: 44

Na Formula 1:

Grandes Prêmios: 58 (Largou em 56 corridas)
Vitórias: 0
Poles: 0
Pódios: 3
Pontos na Carreira: 129 Pontos
Pontuação de 61 a 90: 21 Pontos
Pontuação de 91 a 2002: 21 Pontos
Pontuação de 2003 a 2009: 43 Pontos
Pontuação de 2010 a 2013: 129 Pontos
Melhores voltas: 2
Equipes:
Sauber 2011-2012
Mclaren 2013
Force India 2014

Título:

Formula 3 Inglesa Classe nacional em 2007

Em 2013: 11ºlugar pela Mclaren com 49 pontos

Avaliação do piloto:

Perez colocou o México no cenário da Formula 1 após muitos e muitos anos, Seu rendicap em 2012 acabou sendo seu máximo conquistando 3 pódios, Mas em 2013 com a Mclaren seu desempenho não foi o mesmo e acabou cometendo erros que acabaram por fazer a Mclaren dispensar seus serviços, Sobrou para Perez a Force India e pode se dizer que foi ajudado pela Mclaren a fechar com o time indiano por causa das relações que a Mclaren tem com a Force India, Perez em 2014 já não vem badalado como vinha em 2013. O que pode ser ruim por uma hora, Mas pode ser por outro lado algo bastante positivo pois sem o peso da cobrança ele pode fazer um trabalho melhor do que ele fez em 2013.