“Geração perdida” – Um ensaio sobre o Egoismo – Coluna de Deivison da Conceição da Silva

Se vocês são falsos e Hipócritas: Por favor não leiam essa coluna. Ela é um verdadeiro tiro na cara que você vai levar na sua vida.

Vocês que são da geração de final dos anos 90 e inicio dos anos 2000. Vocês em sua maioria parecem um caso perdido (Se a geração . Se importam mais por si do que pela a humanidade. Que querem desconstruírem a história da humanidade por causa de algumas teorias que são verdadeiros absurdos. Preconceitos a minorias, Pedem a volta da Ditadura militar e o fim da Liberdade de Expressão. Eles só querem oprimir pessoas boas. Tudo por causa de uma luta contra um Partido apenas, Se tivessem comprometidos em melhorar esse país ficaram indignados com Temer, Bolsonaro, Aécio, entre outros  corruptos no Brasil que estão no poder!

Não tenho nenhuma dúvida de falar que essa é a geração mais mesquinha, Sem coração que já tivemos e se não demos um alerta agora, Teremos no futuro outras gerações mais mesquinhas ainda e mais sem coração ainda. Esse tema não pode ser tratado por puro achismo de alguém que ver os problemas do Brasil se resumirem a Economia e Política. E sim como um problema de toda a sociedade!

Fome e morte – é isso que acaba acontecendo quando você ignora pedidos de ajuda

E a desculpa mais dada para que se não ajude uma pessoa é que a pessoa precisa ter amor próprio. Que ela precisa disso e que esqueça esses problemas, injustiças porque elas acontecem. Bola pra frente, Segue o Baile, Aceita que dói menos … são essas frases não são solução para ninguém e sim um tormento. Não gosto de usar essas frases no meu dia a dia, Prefiro ser otimista. Tem situações que são impossíveis de serem resolvidas apenas com nossas forças, Mas a maioria dos problemas que são deixados de lado eram resolvíveis e poderiam ser resolvidos som a cooperação de todos. A vida não é um jogo como vocês pensam não!!! Não se pode brincar com uma coisa dessas. Aprendam comigo que jogo e jogo e vida é vida. Nada a ver confundir uma coisa com a outra!

Gabriel, Anotem esse nome. Quando teve condição de tirar seu avo de 88 anos, ele foi lá e tirou. “Esse sim é um exemplo para vocês da Geração perdida! E não essa piada de Nando Moura”

Se isso é ter amor próprio??? Então eu não quero! Porque já vi e vivo esse mundo e digo uma coisa… O Mundo do amor próprio é o Mundo das trevas, Um inferno na terra. Não existe a solidariedade com os outros. Ao invés das pessoas ajudarem umas as outras elas preferem ver o amigo se ferrar sozinho. Ou pior, Pisam nos sonhos dessa pessoa e acabam deprimindo esse amigo ou amiga. (Se isso se deve ser chamado de amigo, Para mim isso não é amizade) ou então pior que isso, Mentem ou as escondidas acabaram dando um coice pelas costas sem se esperar esse tipo de atitude. Essas atitude precisam e devem acabar para o bem da sociedade.

“Que tempos são estes em que é preciso defender o óbvio? Essa Frase eu vou colocar para vocês! A invés de fazer isso vocês acabam defendendo essa nova ordem patética. E ao invés de apoiar pessoas boas você apoiam mal caráter… Isso porque ele é foldalhão, Campeão de Tudo, O Top de linha e …

Em 1994 a coisa a ser feita corretamente naquele ano seria retirar o Campeonato do Schumacher e devolver o título ao Hill. Que correu com um carro dentro do regulamento e jogou limpo, Ao Contraio de Schumacher e da Benetton.

Eu prefiro contratar um bom trabalhador. Ainda que não me desse títulos, (Sobre o Automobilismo) Ele poderia ser uma boa imagem para mim e a minha empresa. Do que um piloto multicampeão do mundo, Mas com sua ética questionável e tendo vários e vários, porém sobre a sua conduta dentro e fora da pista. Essa mentalidade poderia ter mudado não só a história do Esporte a Motor e também da Humanidade.

Quando uma regra no jogo ou em uma corrida de carros ou de motos é aplicada de maneira injusta poderia os pilotos fazerem como Gandhi, O líder da revolução que acabou sendo o líder da revolução que resultou na Independência da Índia: Desobedecer pra Pacificar, Como um dia fez a Índia. Com diz 2 versos do samba de enredo da Mocidade Independente de Padre Miguel para o Carnaval de 2018.

Girolami poderia não ser o único exemplo de piloto Estrangeiro no Brasil. poderíamos ter mais pilotos de fora na Stock Car.

Nosso país, Brasil sempre foi egoísta em termos esportivos. Não falo só da falta de investimento no Esporte, Mas também falo na contratação de poucos jogadores estrangeiros, Todos eles praticamente são da América do Sul e praticamente ninguém da Europa é contratado. Se é pela chamada reserva de Mercado eu não sei, Mas tínhamos que ter profissionais de outros países não só nos esportes populares como o Futebol (Tem pouquíssimos jogadores europeus por aqui e técnico nem se fala. Provavelmente não tem nenhum)

No Esporte a Motor a Stock se quer coloca um piloto estrangeiro. O Único que correu uma temporada inteira foi o Argentino Nestór Giorlami. Deveriamos tentar trazer mais pilotos da Europa ou das américas para disputarem uma temporada na Stock (Exemplo: Ex-pilotos de Formula ou pilotos desempregados da Formula Indy, WEC e outras boas categorias do Cenário Mundial) Acho que o Belga Laurens Vanthoor já seria um bom começo que uma equipe da maior categoria de Turismo do Brasil faça um projeto audacioso de 3 anos com ele sendo o cabeça da equipe.

Provavelmente o Brasil vai ter melhores resultados em um médio prazo no Motorcross mundial. Porque não abriu mão de ter pilotos de alto nível mundial.

Estamos tomando um caminho perigoso por uma nacionalização cega do esporte. O nível do Esporte a Motor no Brasil é baixo! E vai ficar mais baixo ainda caso isso não mude. O Arena Cross Brasil teve a ousadia de pegar grandes pilotos do Mundial de Arena Cross para melhorar o patamar do Motocross Brasileiro. O resultado em breve vai ser colhido com pilotos Brasileiros podendo ir para fora e competindo de igual para igual com os pilotos europeus.

Precisamos criar novos heróis do Esporte Brasileiro, mesmo eles sendo do Exterior. Precisamos criar uma cultura que não existe no Brasil: A cultura da Ajuda, da cooperação para o bem das pessoas e da Cultura de Tolerância! Chega de ver gente pobre sofrendo porque quer fugir de um país em guerra ou em situação miserável. Chega de Alimentar um Fascismo disfarçado de leis injustas. Sou a favor de um Brasil Forte, Mas não me importa se isso for ao custo de muitas vidas inocentes e de Xenofobia.

Sou contra o Pseudoamor Próprio que se propaga, (O que tá mais para mim em Egoísmo moderno) e contra qualquer regra velha e Ultrapassada que visa apenas em piorar o Mundo. Mesmo que isso custe seguidores, Média, Dinheiro, Visitantes no meu site… Que o público me xingue, fale coisas absurdas, covardes,  Que me boicotem o meu site, Que me derrubem e rotulem como isso é aquilo.

Menos FODA-SE e mais solidariedade!
Menos morra e mais “Vamos ajudar você!”
Menos Egoismo e mais amizade!
Menos Nando Moura e Mais conhecimento!
Mais amor e menos guerra!

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: cmjornal.pt / jornalggn / bebugirolami.com / Twitter / showradical.com.br

Esporte a Motor no Brasil entregue as Moscas – Coluna de Deivison Conceição

O triste relato do Automobilismo Brasileiro é apenas mais uma clara prova da falência desse país e do rebaixamento político e moral dos dirigentes em todas as áreas da Sociedade.

O Fato é que desde de 1970 temos pilotos na Formula 1 e agora depois de 48 anos não teremos nenhum representante Brasileiro no Grid da maior categoria do Automobilismo Brasileiro. Sem dúvida quem esperou um dia para falar isso vai vender o terror e vai usar disso como sensacionalismo para ganhar audiência. Entanto não se fez nada nos últimos 10 anos para se reverter isso em relação a CBA.

(Confederação Brasileira de Automobilismo) Atitudes como do Felipe Massa em trazer a Formula Futuro (Foi o próprio piloto que custeou os custos com os carros trazidos para o Brasil, Com os mais baixos custos possíveis) Mas a categoria acabou, Não tinha apoio de nada. O Campeão da categoria ganhava 1 ano na Europa em uma categoria mais competitiva.

Formula futuro que ficou sem futuro

A Formula Junior foi muito bem no começo, Mas depois começou a perder a receita e ela também acabou. A Formula RS também perdeu a receita e acabou. A Formula 3 Brasil é uma categoria que esta bem abaixo do nível da Formula 3 da Europa. (Mesmo tendo custos mais baixos)

Então qual seria a direção? Criar novas categorias, Investimento em talentosos pilotos Brasileiros, O governo e a CBA fazerem um programa para temos sempre demanda de piloto no Exterior? Essa seria a atitude certa!, Mas o que vemos é um bando de mentecaptos que não enxergam isso (Incluo Dirigentes, Promotores da Categoria e Jornalistas também ajudam a afundar o automobilismo Brasileiro!!!) Nada fazem. Só fazem a favor da Stock Car e das categorias de turismo. Será que um país com o Brasil só pode viver de categorias de Turismo, Será que não tem espaço para uma categoria de Formula proliferar no Brasil. As Dificuldades já começam no Kart aonde tudo é caro, Até mais caro do que categorias de Formula e de Turismo.

Na Argentina, existe lei para obrigar as Montadoras de Automóveis a investirem no Automobilismo interno. O turismo Carreteira de lá é maravilhoso! Se comparar com a Stock Car, São anos luz a frente da nossa categoria. Mesmo sem uma categoria forte de Formula por lá. As coisas com os vizinhos funciona melhor do que no Brasil.

No Brasil o que poderia se ter é mais apoio a Formula Vee que é uma categoria que pode ser tanto formadora de pilotos como uma diversão para outros pilotos caseiros. E a partir dai criar uma Formula Junior ou uma Formula 4 para o Brasil e para a América Latina. Uma pergunta que eu faço: Com tanta fábrica de Carros, Porque não temos categorias de Formula no Brasil ou até mesmo de Turismo. A Stock Car não tem várias marcas, O carro é tubular com uma bolha e os motores são todos os mesmos motores. Nem é uma categoria multimarca de verdade, Então é uma Fantasia como o campeonato de Marcas é uma Fantasia ser multimarca.

Esse Samba da Beija-Flor tem tudo a ver com tudo que acontece no Brasil:

No Mundo da Fantasia que se vive no Automobilismo com seu viés totalmente elitista, Não se faz nenhuma tentativa de procurar novos. Não convidam estudantes do Ensino Fundamental para verem um dia de corridas regionais. Isso poderia ser feito e sem dúvida o automobilismo iriam ganhar novos corações. Dei várias ideias para isso acontecer no Automobilismo Gaúcho e ninguém pegou essas ideias. Por isso é que você não ver mais do que mil pessoas nas categorias regionais quando se poderia ter 5 mil num dia ruim, (Imagina uns 10 a 15 mil em um bom dia) O Ingresso é muito mais barato do que um bom ingresso de jogo de Futebol.

Exemplo: Se 1000 crianças fossem para os autódromos, poderiam 50 ou 100 dessas crianças se apaixonarem pelo esporte ou até mesmo algumas delas quisessem no futuro participar de corrida de Kart ou de automobilismo Regional. E a Famosa mosquinha azul picando e tornando eles apaixonados por esporte a motor ou até mesmo fanático por esse esporte.

Transmissões por Web Rádio e por Stream de corridas regionais é uma solução para popularizar o esporte, Divulgação nas escolas, Eventos nas cidades, tentativas dos dirigentes para vender melhor o Automobilismo e o Esporte a Motor.

A Band Sports fez um belo trabalho com a prova da Cascavel de Ouro. (Que por sinal foi um evento muito bem feito que tinha uma premiação bem bacana de 100 mil reais em prêmios) Tá certo que era um evento especial, Mas foi uma mostra clara de como você pode fazer um evento e como transmitir um evento como esse evento tradicional que teve no Paraná.

Basta o Esporte sair da Fantasia e se libertar de sua bolha para voltar a ter o prestígio que tinha no passado. Isso é bem mais fácil do que se pensa, Mas quem comanda a Festa precisa querer e ser pressionado para sair dessa Bolha ou todos estaremos perdidos.

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Williams/ newsracer / André Kotoman /Formula Vee / Pintelest / Novac
Vídeos: TV Jornalismo / Leonardo Queiroz

Automobilismo + Fascismo = Uma perigosa combinação para o Brasil

Um os quadros preocupantes de uma onda cada vez mais Fascista e Autoritária esta se aflorando no Brasil inteiro. No meio do automobilismo também esse movimento começa a se manifestar no esporte a Motor. Principalmente no Sul do Brasil com alguns pilotos e fãs do automobilismo do Rio Grande do Sul sendo simpatizantes e que provavelmente vão Declarar voto para o mais fiel representante do Fascismo no Brasil que cresce cada vez mais pelos seus discursos de Ódio nas redes Sociais. Seu nome é Jair Bolsonaro, Deputado Federal que esta em seu 7ºMandato de Deputado Federal.

Não vou ter rodeios para falar o nome desses pilotos: Dos que eu conheço os pilotos Vitor Fernandes, Lucas Fernandes, Ismael Toresan e Niltão Amaral já são praticamente declaradamente simpatizantes e prováveis eleitores de Bolsonaro. Não são piloto conhecidos do grande público, Então não vão atingir muitas pessoas.

Mas o que acontece com um piloto que é mais conhecido no Brasil como um piloto da Stock Car. O Paranaense Gabriel Casagrande no qual não tenho nada contra ele (A não ser a escolha política que ele quer escolher) Tipo, Compartilha vídeos com a Família Bolsonaro, Tira foto com o Jair Bolsonaro e convida o Carlos Bolsonado (Vereador no Rio de Janeiro) Aleta com um possível apoio a um político como esse? Sério, Já fico sem nenhuma vontade de torcer para ele.

Será que os patrocinadores deles gostam que um piloto no qual eles investem dinheiro apoie um simpatizante da Ditadura Militar (Dizendo que não teve golpe em 1964) Se eu fosse dono de uma empresa e patrocinasse esse tipo de piloto eu pensaria seriamente em romper mesmo parceria com alguém que age dessa forma. Os pilotos, Esportistas em geral tem um papel muito importante na sociedade e não podem apoiar certas ideias tanto da extrema direita que querem um país Fundamentalista e extremamente autoritário que querem um Brasil teocrático, Misógeno, Racista, Machista e que se faça uma limpeza étnica em tudo que não for igual a esse modelo conservador e ultranacionalista. Também não se pode apoiar uma extrema esquerda que quer controle total da mídia, Extermino das pessoas de direita usando um poema do Bertolt Brecht como quis o tal Mauro Iasi e Não criticar Ditaduras como a Ditadura da Venezuela que tem o tirano Nicolas Maduro no poder.

Carro com os patrocinadores do Gabriel Casagrande, Não sei se esses patrocinadores sabem da posição política do piloto Paranaense …
… , Mas Se eu fosse o Gabriel Casagrande pensaria duas vezes antes de apoiar esse candidato sob o risco dos patrocinadores dele não gostarem dessa posição política dele.

O Gabriel Casagrande poderia pensar duas vezes em apoiar um simpatizante ao Golpe Militar de 1964. E se os patrocinadores dele sobersse da sua posição política e não gostarem?? Poderiam até deixar o piloto a ver navios com a saída dos seus patrocinadores na Stock Car. Lembre-se! Você é alguém que tem fama e deve deixar uma boa mensagem para os jovens, E convenhamos, Um apoio a Bolsonaro não é a melhor das ideias (Pelo contraio, é uma das piores ideias)

Lembre-se que uma empresa fez com um estagiário boçal e babaca que ficou ofendendo as mulheres com mensagens sexistas e extremistas nos post divulgando o seu trabalho. O cara foi demitido, (No meu modo de entender, De forma muito justa) A Imagem da empresa nessas horas precisa ser respeitada até porque essa empresa assim como faz serviços para Homens também faz para as mulheres.

Infelizmente os discursos de Bolsonaro que são carregados de ódio as minorias  fazem o número de seguidores aumentarem se aproveitando dos tempos de crise política tendo em boa tarde pedindo uma intervenção militar, Fretando com uma nova ditadura militar. (Minha posição sobre os militares é que eu particularmente apesar de respeitar eles eu não gosto deles e eu gostaria que eles admitirem para o público de que a Ditadura Militar foi um erro na história do Brasil que eles cometeram.)

Apesar da Bela história da Equipe Fittipaldi, Equipe Brasileira na Formula 1 de 1975 a 1982 eles vão ter sempre uma mancha na trajetória de ter sido apoiada financeiramente como um braço do projeto dos militares de mostrar que o país poderia virar uma potência mundial. Wolney Attala, dono da empresa Coopersucar que patrocinou a equipe de 1975 a 1979, era amigo pessoal do General Ernesto Geisel que presidia o Brasil nesse período em que se existia a Ditadura Militar.

Até alguns anos atrás parecia que a Ditadura Militar era uma pagina enterrada definitivamente na história do nosso país, Mas isso começou a ruir com o povo regando esse ovo da serpente e de forma irracional pedindo as coisas mais inacreditáveis. Em pleno Século XXI é inaceitável apoio a quem tem simpatia a tortura, Com quem quer um lunático, que renega Direitos Humanos e minorias em seus discursos de ódio contra essa camada da sociedade e tendo pensamentos Fascistas e autoritários.

O meu esporte pode sim virar um grande comitê eleitoral levando esse louco ao poder. Nunca bati tanto em um político como bato em Jair Bolsonaro (E eu foi um dos que bateu demais no Lula e na Dilma e na política do PT), Mas tenho motivos para bater nele, pois ele vai contra tudo o que eu penso e defendo.

Bolsonaro Defende combater violência com mais violência enquanto que eu defendo Educação, Cultura e políticas públicas para tirar os jovens das drogas e que só se combata os criminosos.

Bolsonaro defende um estado cristão e teocrático. Eu defendo estado laico e sem qualquer mistura de política com Religião.

Bolsonaro defende que mulheres ganhem menos. Eu defendo igualdade de salários para ambos os sexos.

Bolsonaro defende que políticas contra os imigrantes. Eu defendo que ninguém pode fechar as portas para outros seres humanos de outros países do mundo.

Bolsonaro implanta um discurso de ódio nas pessoas. Eu defendo um discurso de mais tolerância, de mais paz, de mais compreensão e de cooperação. Esse discurso de ódio fracassou como forma de se resolver os problemas da humanidade.

Ao invés de encaminhamos para o mundo com mais união acabamos preferindo a ignorância e a falta de argumentos. Com pessoas tentando distorcer a história para defender o que é totalmente indefensável.

Bolsonaro usa por exemplo o Futebol de maneira oportunista para ganhar novos eleitores

Eu constantemente uso argumentos válidos para mostrar que o Deputado Bolsonaro que esta em sua 7ªLegislação de Deputado federal não é nem de longe a melhor opção para presidente do Brasil e de como seria desastroso uma eleição desse homem para a presidência da república.

No entrando os admiradores desse deputado sem qualquer argumento valido ou razoável desqualificam os argumentos com essas falas: “Chora Esquerda” (Como se todos que não gostassem desse boçal fossem de esquerda) , Bolsomito (Você estão brincando??? Bolsonaro é mito aonde?, Bolsonaro 2018, Já pode Jair se acostumando, Fora Esquerdopatas, Vai pra Cuba, Vai pra Venezuela e tem loucos dizendo “Viva Ustra!” (Coronel Carlos Brilhante Ustra foi sim torturador da Ditadura Militar) Sabe não existe um debate e nem contra balançam com argumentos contraio aos nossos a não ser apenas agressão e que fica a margem de um dialogo mínimo. Penso que a Marcia Tibori perdeu seu precioso tempo em escrever o livro: “Como conversar com um Fascista” As próprias redes sociais e o que estamos passando nos dias de hoje dão a crer que não é possível esse dialogo nem tão cedo.

Os dias eram assim de 1964 a 1985 com quem era oposição ao regime militar opressor que tivemos no Brasil.

Tem uma coisa, vocês que apoiam um simpatizante à ditadura Militar e a torturadores e tem filhas e esposa. Eu tenho uma coisa a informar a vocês: Sabia que na época do regime pessoas eram torturadas, Estupradas e mortas por Militares doentes que tinham prazer em torturar pessoas. Inclusive colocando ratos e outros animais nos anus e na vagina. Se o Bolsonaro cumprir o que prometeu em 1999 em uma entrevista a Jair Maquezine de que se ele fosse o presidente do Brasil ele daria um golpe no congresso no mesmo dia e não duvidaria que ele desse um golpe militar e implantaria de volta os tempos de chumbo.

Antes de falar que vai votar em Bolsonaro. Olhe para essas mulheres torturadas e Mortas e pense bem. Poderia uma dessas a sua mulher ou a sua filha

E se voltar os tempos de chumbo? Sabiam que seus vizinhos ou até mesmo sua família pode ser torturada. Suas mulheres e filhas podem sofrer estupros, abusos sexuais psicológicos e físicos além de terem ratos introduzidos no anus delas. Pensem bem na hora de apoiarem um político como esse. Pois essa eleição pode ser a última da história do Brasil.

Entrevista que o Bolsonaro deu no ano de 1999:

E o que ele falou na Hebraica em 2017 – Um show de Horrores:

E nesse vídeo é um resumo do que realmente representa Bolsonaro:

Vejam esses vídeos e me digam se vocês teriam coragem ainda de votar em Jair Bolsonaro para presidente do Brasil. Se tiverem, Ai não posso fazer mais nada por vocês a não ser lamentar a decisão de vocês todos.

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Palmeiras Antifascista/Formelmic1/MANIFESTO JEOCAZ LEE-MEDDI/patobranco.com/Carros e Corridas
Vídeos: Canal TVJM / Marciel Oliveira

Dupla Sena Jr/Roncen vence e ampliam a vantagem na Super Turismo

O fim de semana de sol em Santa Cruz do Sul foi um ingrediente que deixou ainda melhor o fim de semana de velocidade no Autódromo Internacional de Santa Cruz. Foram cinco categorias disputando belos pegas durante a sexta-feira, sábado e domingo. O caxiense Luis Sergio Sena Jr disputou duas categorias a Super Turismo e o Marcas 1.4.

Na Super Turismo o piloto teve um excelente resultado, a vitória na 1.6 Radial veio no sábado, dividindo a pilotagem do carro com o também caxiense Maicon Roncen. Nos treinos a dupla pode confirmar que tinha um carro para brigar pela liderança. “Já nos treinos o nosso Celta estava com um ótimo acerto e podemos perceber que tínhamos um bom carro em mãos. Depois da primeira etapa fizemos mais alguns acertos e viemos com tudo para essa segunda etapa, Santa Cruz”, afirma Sena Jr. No sábado pela manhã a dupla foi para o treino classificatório para confirmar o favoritismo e conquistar a pole position na categoria. “Com um bom trabalho da equipe a gente só precisou ir para a pista para confirmar a pole”, destaca Roncen.

Na tarde de sábado a corrida foi sem muitos percalços, a dupla guiou bem a conquistou a vitória na 1.6 Radial, ampliando ainda mais a vantagem na liderança do campeonato. “Saímos aqui de Santa Cruz mais sólidos na liderança, temos muito a agradecer a toda equipe, torcida e familiares. Agora a meta é se preparar para a próxima etapa para tentar mais uma vitória”, Comemora Sena Jr.

No Marcas 1.4 com um Corsa, o caxiense não teve um fim de semana tão tranquilo assim. Na primeira prova ele fez uma boa prova terminando na sétima colocação. Para a segunda corrida, com o grid invertido Sena Jr, largou na quarta colocação, mas um acidente na primeira volta fez com que o piloto tivesse que abandonar a prova. “A primeira bateria foi boa, saímos na nona colocação e conseguimos subir algumas posições durante a prova. Infelizmente tivemos aquele acidente na primeira volta da segunda bateria e acabamos fora da corrida. São coisas que acontecem, vamos arrumar o carro e partir para a próxima”, ressalta o caxiense.

Os atletas representam a Adesca e tem patrocínio da Segurança Vêneto, Matv Sul, Intelbras Trans Roncen com apoio do Fiesporte da prefeitura de Caxias do Sul.

Assessoria Schaefer

Fotos:Grégori Daí Prá

 

 
Fernando Silva – Administrador
Fone: (51) 9363 -1334
          (51) 3365 – 6843
 
Leila Schaefer – Jornalista
Fone: (51) 9981 1623

MB Challenge: José Vitte vence na CLA/AMG Master em Curitiba A

O paulista José Vitte terminou na terceira colocação da terceira etapa da Mercedes-Benz Challenge no Autódromo Internacional de Curitiba. Já no início da prova ele mostrou que veio para brigar pelas primeiras posições, fez uma excelente largada pulando da quinta para a segunda posição antes da primeira curva. Durante toda a corrida ele se mostrou super competitivo sem se desgarrar do pelotão da frente. Na categoria CLA/AMG Master ele foi o vencedor da prova.

Vitte comemora o fim de semana de bons resultados em Curitiba. “Foi muito bom o final de semana, começamos com um pequeno problema na sexta-feira, mas organizamos o carro para o sábado e demos mais um tapinha para a corrida, mas o saldo do fim de semana foi ótimo”, ressalta. Após a boa apresentação em no circuito paranaense o piloto permanece na quarta colocação no campeonato da CLA/AMG e se aproxima do líder na CLA/AMG Master. “Estou bastante empolgado, pois encostamos no líder da Master, enfim foi um fim de semana fantástico”, avalia Vitte.

A meta agora é se prepara para manter os bons resultados na próxima etapa no Autódromo Vello Città, em São Paulo. “Hoje eu só tenho que agradecer a equipe, os preparadores e todos que ajudaram e torceram para essa prova aqui em Curitiba”, finaliza Vittte.

José Vitte conta com o patrocínio da Comark Mercedes, Da_natu Sucos Naturais, Carbon Blindados.

Schaefer Assessoria

Fotos: Claudio Kolodiziej

 
Fernando Silva – Administrador
Fone: (51) 9363 -1334
          (51) 3365 – 6843
 
Leila Schaefer – Jornalista
Fone: (51) 9981 1623