Coluna de Deivison da Conceição – 22 anos e 12 segundos depois

Ao passar os primeiros treinos livres valendo para o GP da Austrália eu me perguntava qual seria o tamanho da melhora dos tempos e quanto iriam virar os primeiros colocados. Eu acharia sinceramente que iriam virar 1:22 para 1:21 alto, O que seria uma bela melhora de tempo em comparação com os últimos anos, Aonde os motores Turbo vem baixando as marcas em 1 segundo média.

O que me deixou espantado foi Lewis Hamilton que chegou a incrível marca de 1:21 baixo (1:21.164) A média de 235 km de média horária era impensável para mim. Achei que no ano de 2010, Com o tempo da pole na casa de 1:23 alto seria o limite do tempo desse circuito, Agora o que pode se esperar em 2019: Já acho que esse tempo cai para 1 minuto e 19 segundos alto. Não duvidem isso, Eu duvidava desse tempo. Pena que nas corridas por motivos de combustível (Não pode reabastecer) Os pilotos ficam limitados a essa regra. Isso é o principal motivo para o Record de corrida continue com Schumacher a 14 anos.

Em relação a evolução dos tempos de classificação de cada prova de 2004 e do carro do ano passado. (2017)

Classificação 2004 2017 Diferença
China 1:34.012 1:31.678 -2.334
Bahrein 1:30.139 1:28.769 -1.370
Mônaco 1:13.985 1:12.178 -1.807
Canadá 1:12.275 1:11.459 – 0.816
Hungria 1:19.146 1:16.276 -2.870
Itália 1:20.089 1:35.554* +15.465
Japão 1:33.542 1:27.319 -6.223
Brasil 1:10.646 1:08.322 -2.324

*Treino sob Chuva

Melhor Volta da Prova 2004 2017 Diferença
China 1:32.238 1:35.378 +3.140
Bahrein 1:30.252 1:32.798 +2.546
Mônaco 1:14.439 1:14.820 +0.381
Canadá 1:13.622 1:14.551 +0.929
Hungria 1:19.071 1:20.182 +1.111
Itália 1:21.046 1:23.361 +2.315
Japão 1:32.730 1:33.144 +0.414
Brasil 1:11.473 1:11.044 -0.429

 

Resultado Final 2004 2017 Diferença
China 1:29:12.420 1:37:36.158 +0:08:23.738
Bahrein 1:28:34.875 1:33:53.374 +0:05:18.499
Mônaco 1:45.46.601* 1:44:44.340 -0:01:02.261
Canadá 1:28:24.803 1:33:05.154 +0:04:40.351
Hungria 1:35:26.131 1:39:46.713 +0:04:20.582
Itália 1:15:18.448 1:15:32.312 +0:00:13.864
Japão 1:24:26.985 1:27:31.194 +0:03:04.209
Brasil 1:28:01.451 1:31:26.262 +0:03:24.809

*Corrida teve a presença do Safety Car

Dá para se imaginar se o regulamento não fosse limitado os motores por temporada, Nem precisa liberar os giros. Se não tivesse a preocupação de carregar os 105 kg de combustível em todas as provas do campeonato. Não teríamos a menor dúvida que os carros iriam ser pelo menos 1 segundo mais rápido por volta em relação aos carros de 2004. E o tempo final de corrida iria cair pelo menos em 2 a 3 minutos.
O que mostra isso é que apesar do carro de hoje ser mais rápido em média de 1 a 2 segundos em Volta de Classificação. Na corrida pelas limitações do Regulamento. Os carros com motores Turbo V6 é mais lento que os carros de 2004 que usavam motores V10 Aspirado.

Isso para não falar desse GP da Austrália. Aonde o melhor carro da temporada de 1996 (Williams FW18) Não conseguiria nem chegar no tempo mínimo para largar o GP da Austrália desse ano. É Evidente que cada décimo, Centésimo ou Milésimo de segundo foi ganho no desenvolvimento aerodinâmico e pelas inovações tecnológicas  (Algumas delas proibidas) foi possível ter esse tremendo ganho. (11 segundos em 22 anos)

O Carro da Williams em 1996 não conseguiria se quer entrar no Grid de Largada. O FW18 ficaria 3 segundos dos 107% do melhor tempo do Q1.

O que se tira de lição é que com tamanhas restrições, Dá para vemos que os carros estão bem mais rápidos do que os carros com os motores aspirados de 14 anos atrás. E com os carros de 22 anos atrás não tem nem comparação. Nem comparo com os anos 80 que os carros turbo da época não tinham praticamente nenhuma apêndice ou elemento aerodinâmico, Eram limpos e sem muita preocupação com os desenvolvimentos aerodinâmicos de prova a prova.

A Saída de Luca di Montezemolo sob a visão de Epson Nakajima Araújo

Epson Nakajima Araújo, Comentarista do Portalsportszone ele agora analisa de uma forma simples mas bem didaticamente o que pode acontecer com a Saída de Luca di Montezemolo da presidência da Ferrari.

Ouça esse áudio de 2 minutos sobre esse tema!

Nunca mais veremos Montezemolo na Ferrari

GP de Mônaco de 2004

Grid de Largada:

1 Jarno Trulli (Renault) 1’13.985
2 Jenson Button (BAR/Honda) 1’14.396
3 Fernando Alonso (Renault) 1’14.408
4 Michael Schumacher (Ferrari) 1’14.516
5 Kimi Räikkönen (McLaren/Mercedes) 1’14.592
6 Rubens Barrichello (Ferrari) 1’14.716
7 Takuma Sato (BAR/Honda) 1’14.827
8 David Coulthard (McLaren/Mercedes) 1’14.951
9 Juan Pablo Montoya (Williams/BMW) 1’15.039
10 Giancarlo Fisichella (Sauber/Petronas) 1’15.352
11 Mark Webber (Jaguar/Cosworth) 1’15.725
12 Ralf Schumacher (Williams/BMW) 1’14.345
13 Olivier Panis (Toyota) 1’15.859
14 Christian Klien (Jaguar/Cosworth) 1’15.919
15 Cristiano da Matta (Toyota) 1’16.169
16 Felipe Massa (Sauber/Petronas) 1’16.248
17 Nick Heidfeld (Jordan/Ford) 1’16.488
18 Giorgio Pantano (Jordan/Ford) 1’17.443
19 Zsolt Baumgartner (Minardi/Cosworth) 1’20.060
20 Gianmaria Bruni (Minardi/Cosworth) 1’20.115

Trulli em Final de semana perfeito conquista 1ªVitória na Formula 1 nas consagradas ruas de Monte Carlo

A Temporada de 2004 estava tendo somente um nome: Michael Schumacher, passaram 5 corridas daquela temporada e o Alemão abocanhou todas elas mostrando uma grande forma, Talvez maior do que a do campeonato de 2002, Com um Carro que era melhor que o carro de 2002. Ele estava a uma vitória de superar o recorde que era de Nigel Mansell como o maior vencedor em sequência no começo de temporada que em 1992 ganhou as 5 primeiras corridas da temporada daquele ano com a Arrasadora Williams FW14-Renault.

Mas a corrida de Mônaco era a 6ªcorrida da temporada e tudo poderia acontecer naquela corrida. Tanto é que aconteceu nos Treinos um resultado inesperável; Trulli com a Renault foi o pole position, Ralf Schumacher fez o segundo tempo, Mas tinha sido punido com 10 posições no Grid de Largada e com isso Jenson Button herdou a primeira fila que seria do Ralf, Na Segunda fila largavam Alonso com a Renault e Schumacher com a Ferrari e na Terceira fila largavam Kimi Raikkonen e Rubens Barrichello, Com essas e outras será que estaria descartada uma vitória para Schumacher???

Honestamente não, Mas a Ferrari não rendia como rendeu nas primeiras provas da temporada nas ruas de Mônaco esse era o problema. Bom foi tentada dar uma largada só que o Carro de Olivier Panis deu problemas quando os pilotos partiram para a largada, Dai tivemos um novo procedimento de largada e com essa segunda preparação para a largada por causa do regulamento a corrida perdeu em uma volta em sua duração e depois de uns 5 a 10 minutos os pilotos foram para uma nova volta de apresentação e para uma nova largada, Dessa vez nada deu errado e os pilotos puderam largar, Alonso largou muito bem e tomou o segundo lugar, Mas quem fez a largada das largada foi Takuma Sato que saiu da 7ªPosição para a 4ªPosição com direito a toque em cima do Schumacher na Largada. Na Curva da antiga estação Galli o piloto Christian Klien com a Patética Jaguar acabou batendo e deixando a corrida e olha a idiotice que aconteceu, A Jaguar tinha colocado um diamante de 200 mil dólares na bico de seu carro e o que aconteceu, O Diamante foi perdido nesse acidente, Se alguém encontrou provavelmente deu uma de mudo, Surdo e Cedo. Não deve ter tido nada. (Na Boa, O que tem na cabeça do cara que coloca um diamante no bico do carro de Formula 1). Pelo menos uma boa notícia para o Panis e que ele conseguiu largar após tantos problemas que ele teve nos procedimentos de largada. Enquanto que Trulli, Alonso e Button fugiram na frente o Japonês Takuma Sato começou a segurar todo mundo, Mas dava para ver que o carro dele estava fumando.

E dai na Terceira volta quando ele chegava os S da Piscina o Motor Honda explodiu deixando a confusão para todo mundo dessa Forma Coulthard acabou ficando sem visão e Fisichella que não viu nada acabou capotando e com isso o Safety Car teve que inevitavelmente entrar na pista para que a pista fosse limpa, Fisichella não sofreu nada além do susto, Por que não teve logo a bandeira amarela pela batida do Klien: Por 2 motivos, 1ª por que a curva da antiga estação é bem lenta e segundo por que Mônaco tem um trabalho dos fiscais excelente o que fez o carro do piloto sair, Só para se ter uma ideia eles tinham um guindaste para tirar o carro rapidamente. Classificação após 3 Voltas de corrida: 1. Trulli, 2. Alonso, 3. Button, 4. Raikkonen, 5. M.Schumacher, 6. Barrichello, 7. Montoya, 8. Webber, 9. Da Matta, 10. Massa, 11. Heidfeld, 12. Pantano, 13. Bruni, 14. Panis, 15. Baumgartner, 16. R.Schumacher, Naquela altura da corrida já tínhamos 25% dos pilotos fora da prova.

A Relargada aconteceu na Volta de Número 8 com Trulli continuando na ponta com Alonso e Button atrás tentando acompanhar, Já Montoya foi com tudo para cima de Barrichello e acabou conseguindo a ultrapassagem aproveitando um descuido do piloto Brasileiro para conseguir a 6ªposição com a sua Williams-BMW e era nítido depois que a Ferrari de Barrichello estava pior do que a Ferrari do Schumacher tanto é que Rubens era pressionado pelo Mark Webber que tinha a igualmente patética equipe Jaguar que mais parecia um gatinho mansinho, Enquanto isso Montoya estava sim feito uma fera para cima de Schumacher e olha que a Ferrari era o carro do ano e a Williams-BMW Deixava a desejar em Desempenho.

Classificação após 10 Voltas Completadas: 1. Jarno Trulli, 2. Fernando Alonso a 0.894, 3. Jenson Button a 2.599, 4. Kimi Raikkonen a 4.109, 5. Michael Schumacher a 5.538, 6. Juan Palbo Montoya a 6.837, 7. Rubens Barrichello a 9.982, 8. Mark Webber a 10.805, 9. Cristiano da Matta a 12.489, 10. Felipe Massa a 13.914, 11. Nick Heidfeld a 15.612, 12. Giorgio Pantano a 16.554, 13. Gianmaria Bruni a 25.287, 14. Olivier Panis a 25.559, 15. Ralf Schumacher a 27.514, 16. Zsolt Baumgartner a 19.648.

Enquanto que as Renault iram embora o Motor da Jaguar de Mark Webber quebrou e deixando o 8ºlugar para o Brasileiro Cristiano da Matta e o 9ºlugar para o Felipe Massa, Ambos com uma tática diferente de corrida dos líderes.

Na 13ªVolta Montoya foi o primeiro a parar nos boxes e fizeram uma troca de pneus e muito combustível enquanto Trulli com 1:15.663 fazia a melhor volta da corrida, Giorgio Pantano com problemas no seu problemático Jordan vai para os boxes e perdeu muito tempo, No minuto seguinte a parada o motor de Pantano fumou nos boxes e com isso deixou a corrida com apenas 14 competidores.

Schumacher vinha para cima de Kimi Raikkonen para lutar pela 4ªposição com um carro bem melhor do que do Finlandês era o Ferrari F2004 contra o problemático MP4-19. Na 18ªVolta Jenson Button foi para os boxes para a sua primeira parada fazendo um bom trabalho voltando em 7ºlugar, Para Bruni a festa acabava por ai, Problemas com o carro da Minardi fazem ele perder tempo.

Kimi Raikkonen na volta seguinte foi para os boxes fazer sua primeira parada sendo ele o Button os únicos a fazerem uma parada nos boxes. Rubens Barrichello que completava 32 anos no dia da corrida fez sua primeira troça na entrada da 21ªvolta voltando em 8 lugar. Jarno Trulli voava na pista com 1:14.976 sendo a melhor volta da corrida, Mas Schumacher fazia a melhor volta 1:14.809 tomou essa melhor volta da corrida. Classificação após 20 voltas completadas: 1. Jarno Trulli , 2. Fernando Alonso (a 3.462), 3. Michael Schumacher (a 9.375), 4. Cristiano da Matta (a 27.797), 5. Jenson Button (a 28.770), 6. Kimi Raikkonen (a 36.206), 7. Rubens Barrichello (a 46.249), 8. Nick Heidfeld (a 58.961).

Michael Schumacher estava começando a andar rápido fazendo 1:14.639 seria a melhor volta da corrida na 22ªPassagem, Junto de Trulli eles estavam dando um show de voltas mais rápidas, na 23ªVolta com 1:14.439 ele baixou a melhor volta da corrida e era nisso que o Schumacher fazia e esperava fazer a corrida cair no colo dele. Trulli no final da 23ªVolta entrou nos boxes e fez uma parada de 8.5 parado nos boxes o que é considerado uma parada rápida, Na Volta anterior Cristiano da Matta fez a primeira parada nos boxes, Na volta seguinte Alonso e Panis foram para os boxes para a primeira parada, Com isso Michael Schumacher que não tinha feito a parada ainda assumiu a liderança da corrida, Se tiver reservas ele iria tentar tirar toda a diferença para o Trulli e Alonso. Mas isso não aconteceu por que Schumacher teve de ir aos boxes na entrada da 26ªVolta. Com isso Trulli assumiu a ponta da corrida com Alonso em 2º e Schumacher já estava na terceira posição, As voltas rápidas fizeram a diferença para tomar posição em cima de Jenson Button.

Após 26 voltas a classificação dos primeiros colocados estava assim: 1. Trulli, 2. Alonso, 3. M.Schumacher e a diferença era de 7.232 segundos do Trulli que era o líder para Schumacher que era o 3ºlugar. Já no pelotão do inferno Montoya estava a várias voltas atrás do Nick Heidfeld com a Fraquíssima Jordan-Cosworth na luta pelo 8ºlugar, era um ponto para a Jordan que estava na pindaíba e precisando de dinheiro para sobreviver. Enquanto isso o Carro de Raikkonen era recolhido para a garagem com problemas de Motor, Fim de corrida para a Mclaren que vivia o inferno astral naquele momento na Formula 1.

Montoya tentou na chicane depois da saída do Tunel a primeira tentativa de ultrapassagem o que não resultou em Sucesso para o piloto Colombiano, Na segunda tentativa Montoya finalmente conseguiu depois da saída da Mirabor a ultrapassagem e assumiu a 7ªposição e Heidfeld precisaria se virar para segurar Felipe Massa que vinha com muito mais carro do que Heidfeld. Com trinta voltas completadas somente 12 carros estavam na corrida.

Trulli já estava dando volta em Felipe Massa e em Nick Heidfeld depois, Nessa Massa tentou passar Heidfeld num possível espaço na Antiga estação, Esse espaço não ocorreu e com isso Heidfeld conseguiu manter posição.

Trulli perderia tempo com as ultrapassagens, Mas ainda tinha vantagem para Alonso e Schumacher e todos eles tiveram que fazer ultrapassagens sobre todos os retardatários que o Trulli passou. Classificação após 32 voltas: 1. Trulli, 2. Alonso, 3. M.Schumacher, 4. Button, 5. Barrichello, 6. Da Matta, 7. Montoya, 8. Massa, 9. R.Schumacher, 10.Heidfeld, 11. Panis, 12. Baumgartner. Massa tinha agora a 8ªposição pois Heidfeld tinha feito a segunda parada nos boxes.

Schumacher teria também de se cuidar com Jenson Button que vinha muito bem com a BAR e conseguia acompanhar de forma razoável ao Schumacher mostrando estar em excelente fase com o carro da equipe inglesa e também com os motores Honda que empurravam bem. As coisas pareciam se acalmar na corrida com Trulli, Alonso, Schumacher e Button sobre controle nas 4 primeiras posições e esperando a segunda parada nos boxes que seria a última para a maioria deles ou para todos eles.

Mas na volta 42 Fernando Alonso acabou batendo sozinho na saída do Túnel após pegar a parte suja da pista e perder o controle do seu Renault e deixar a corrida. Com isso o Safety Car entrou na pista. Muitas histórias tem sobre essa batida, Alonso reclamou do Ralf Schumacher chamando ele de Idiota e que nem valia a pena ficar irritado com ele isso depois dele sair do carro, Sabemos que o Ralf não é querido pela turma da Formula 1, Mas com certeza nesse dia o Alonso estava nem querendo ver Ralf pintado de outro. Nesse Safety Car acabou o Trulli se aproveitando para ir para a segunda parada dos boxes. Com toda essa confusão o Michael Schumacher era o líder da corrida, Mas sem a segunda parada nos boxes, ele poderia voltar até na quarta posição depois da parada nos boxes. O Mesmo fez a Equipe de Jenson Button, Barrichello não tinha parado e poderia devolver o pódio para o Alemão. Mas … Senta que lá vem á História!!!!

Na Volta 46 Schumacher Freia de maneira forte e o Montoya bate de lado no Schumacher que acabou perdendo o controle de sua Ferrari e encontrar o muro no final do Túnel, Pois isso todo mundo se espantou de o Schumacher aparecer com o Carro destruído quando ele até poderia ter chance de levar a 6ª vitória seguida. Mas com essa batida ele foi obrigado a abandonar a prova e com isso a disputa da vitória caiu no colo de três pilotos que eram o Trulli, o Button e o Barrichello. Montoya em 4º ainda iria continuar na corrida mesmo com esse incidente com o Schumacher, Mas honestamente a FIA tinha que ter punido o Montoya por causa dessa atrapalhada do Colombiano.

A Corrida recomeçou na volta 46 com o Trulli partindo na liderança da corrida com o Button em 2º e Barrichello em 3º que ainda não tinha feito a parada e com apenas 10 carros na corrida até o Baumgartner tinha possibilidade de pontuar com a Minardi.

Trulli estava liderando a corrida com boa vantagem sobre Button com quase 5 segundos na frente de Button, Barrichello em 3º faria a parada ainda, Montoya continuava na corrida sem ter sofrido nada nem no carro e nem pelos comissários de corrida, Barrichello faria a parada nos boxes com toda a tranquilidade pois Barrichello tinha mais de 1 minuto de vantagem sobre Montoya Classificação após 51 Voltas completadas: 1. Trulli, 2. Button (a 6.721), 3. Barrichello (a 15.356), 4. Montoya (a 1 Volta) , 5. Da Matta (a 1 Volta) , 6. Massa (a 1 Volta) , 7. Heidfeld (a 1 Volta), 8. R.Schumacher (a 2 Voltas), 9. Panis (a 2 Voltas) , 10. Baumgartner (a 5 Voltas).

Quando foi anunciado uma punição para Cristiano da Matta por ignorar bandeira azul lamentavelmente pela corrida que vinha fazendo com o carro ruim como o da Toyota, Com isso Felipe Massa e Nick Heidfeld estavam ansiosos para tomar a posição de Cristiano da Matta, Mas apenas Felipe Massa conseguiu ganhar posição já que o Brasileiro voltou na frente do Heidfeld.

Barrichello fez sua segunda parada na volta 54 voltando tranquilamente em 3ºlugar.

Trulli começava a ver sua vantagem diminuída, Jenson Button estava voando baixo para lutar pela vitória com o piloto da Renault que dominava a corrida mais que se via que o carro da BAR melhor na parte final de corrida de prova e a diferença vinha caindo volta a volta o que poderia provocar uma briga pela vitória. Também lutando por posição Cristiano da Matta se aproximava de Felipe Massa isso pela 5ªposição da corrida, Posição que o mineiro queria recuperar após a punição que ele sofreu.

Classificação após 64 Voltas: 1. Trulli, 2. Button (a 4.963), 3. Barrichello (a 54.177), 4. Montoya (a 1 Volta), 5. Massa (a 1 Volta), 6. Da Matta (a 1 Volta), 7. Heidfeld (a 1 Volta), 8. R.Schumacher (a 2 Voltas)

No final da corrida a Williams de Ralf Schumacher foi para o espaço faltando poucas voltas do final e com isso Panis que estava cheio de problemas com a Toyota entrou na zona de pontuação e poderia sobrar alguma coisa para o Zsolt Baumgartner com a Minardi que iria subir para o 9ºlugar.

Trulli tentava manter a diferença, Mas Button dizimou ela totalmente essa vantagem (Parte por que no final Heidfeld acabou atrapalhando Trulli em uma volta) e tentou um ataque para tomar a vitória de Trulli na ultima volta… , Mas acontece que Zsolt Baumgartner que continuava na corrida com toda a sua limitação do carro e desse piloto Húngaro que estava na Minardi por causa do dinheiro que ele tinha para ajudar a pagar as contas da equipe, Ele ainda esperava alguma coisa pois ele estava em 9ºlugar na corrida, Mas ele tinha tomado 5 voltas do líder da corrida e na Volta final ele apareceu para tomar a 6ªVolta do Líder de Trulli e Button. O Trulli passou sem problemas, Mas o Button não conseguiu passar o piloto da Minardi pois ele acabou ficando depois da saída do Túnel e dai o Inglês Tempo.

Como diria o Galvão: “Encosta o Carro Baumgartner!!” E dai esse cidadão que ficou em 9ºlugar com a Minardi acabou com a chance de Vitória de Jenson Button. Quem agradece foi Jarno Trulli que ficou 7 anos sem ganhar corrida nenhuma e conquistou sua primeira vitória na Formula 1. Foi o melhor momento da sua carreira na Formula 1, Com Jenson Button em segundo que repete o melhor resultado na categoria naquele momento e Rubens Barrichello no dia do seu aniversário conseguiu o pódio apesar de não ter tido um desempenho muito bom, Montoya em 4º e Felipe Massa acabou levando melhor na disputa com Cristiano da Matta por meio carro na luta pelo 5ºlugar e Heidfeld e Panis completaram a zona de pontuação.

Ao sair do carro Trulli comemorou com Flávio Briatore, Aquele momento foi um momento especial para o Italiano que hoje esta Montando uma equipe na Formula E após boa passagem pela Formula 1.

Resultado final do GP de Mônaco de 2004

Fotos:

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: F1 Olivier