kent_moto3_wins_emcasa

Kent vence diante de sua torcida em Silverstone e abre 70 pontos de frente encaminhando bem o título da Moto 3

Danny Kent acabou com as dúvidas de quem achava que ele estava amarelando no campeonato elas foram dissipadas e pulverizadas ontem sobre piso molhado Kent mostrou ao que veio mesmo que na largada ele tenha perdido a ponta para Karel Hanika que acabou caindo logo depois da segunda curva junto de Jorge Navarro o pole position, Logo depois Isaac Viñales assumiu a liderança da corrida, Mas depois o piloto espanhol também caiu e a partir dai foi um passeio de Kent que tinha como seu mais próximo seguidor o Tcheco Jakub Kornfeil da Dravie M7 Sic.

Foi uma corrida de grandes disputas e de várias quedas entre elas a queda da Piloto Maria Herrera que vinha em uma grande corrida nas 5 primeiras posições, Alguns dos adversários de Kent tiveram problemas, Romano Fenati que vinha num tranquilo 3ºlugar acabou tendo problemas na sua moto perdendo muito tempo até que a sua KTM da SKY Racing Team VR46 voltasse ao ritmo normal o que ainda possibilitou a Fenati a recuperação de alguns pontos no final da corrida, Já Enea Bastianini nas voltas finais acabou caindo e perdendo uma boa posição na corrida ele que lutava também pelo pódio.

No final da prova os pilotos Andrea Locatelli e Francesco Bagnaia acabaram caindo durante disputa pelo terceiro lugar inclusive com o piloto da Aspar Martinez tendo sua moto destruída na parte interna da pista, Mas de resto Bagnaia nada sofreu com o acidente, Kent com essa vitória consolida a sua diferença para 70 pontos na liderança do campeonato e faltando 150 pontos em jogo faz com que o título fique mais perto do piloto Inglês, Jakub Kornfeil em uma grande atuação conquistou se primeiro pódio na carreira com o segundo lugar e um embalado Niccolò Antonelli que veio de vitória em Brno conquistou o 3ºlugar fechando o pódio.

37 segundos depois em 4ºlugar veio o Francês Fabio Quartararo da Estrella Galícia, Livio Loi vencedor do GP de Indianápolis fez mais uma boa corrida chegando em 5ºlugar, John Mcphee da Saxoprint ficou em 6ºlugar com Juanfran Guevara, Lorenzo Dalla Porta em sua 3ªcorrida marcando um importante 8ºlugar, Efrem Vazquez e Tatsuki Suzuki completaram as 10 primeiras posições. Fenati salvou um 12ºlugar, Mas bem longe do que poderia fazer caso a moto não tivessem problemas.

Daqui a duas semanas teremos a 13ªEtapa em Mizano com Danny Kent vendo o seu mais próximo adversário a léguas dele na liderança do campeonato.

Resultado Final do Mundial de Motovelocidade – Moto 3
GP da Inglaterra – Silverstone – 17 Voltas

1        52    Danny Kent        (Leopard Racing    Honda)        44’13.623
2        84    Jakub Kornfeil        (Drive M7 SIC    KTM)        a 8.492
3        23    Niccolò Antonelli    (Ongetta-Rivacold    Honda)        a 13.189
4        20    Fabio Quartararo    (Estrella Galicia 0,0    Honda)        a 50.018
5        11    Livio Loi        (RW Racing GP    Honda)        a 51.755
6        17    John Mcphee        (SAXOPRINT RTG    Honda)        a 53.726
7        58    Juanfran Guevara    (MAPFRE Team MAHINDRA    Mahindra)        a 1’01.086
8        48    Lorenzo Dalla Porta    (Husqvarna Factory Laglisse    Husqvarna)        a 1’06.158
9        7    Efren Vazquez        (Leopard Racing    Honda)        a 1’08.634
10        24    Tatsuki Suzuki        (CIP    Mahindra)        a 1’13.589
11        10    Alexis Masbou        (SAXOPRINT RTG    Honda)        a 1’18.961
12        5    Romano Fenati        (SKY Racing Team VR46    KTM)        a 1’27.462
13        44    Miguel Oliveira        (Red Bull KTM Ajo    KTM)        a 1’31.210
14        63    Zulfahmi Khairuddin    (Drive M7 SIC    KTM)        a 1’37.523
15        16    Andrea Migno        (SKY Racing Team VR46    KTM)        a 1’38.004
16        65    Philipp Oettl        (Schedl GP Racing    KTM)        a 1’40.376
17        2    Remy Gardner        (CIP    Mahindra)        a 1’50.488
18        26    Luke Hedger        (FPW Racing    Kalex KTM)        a 2’30.582
19        66    Taz Taylor        (RS Racing    KTM)        1 Volta
20        76    Hiroki Ono        (Leopard Racing    Honda)        1 Volta

Não Terminaram a corrida:

21    Francesco Bagnaia    (MAPFRE Team MAHINDRA    Mahindra)        2 Voltas
33    Enea Bastianini        (Gresini Racing Team Moto3    Honda)            2 Voltas
29    Stefano Manzi        (San Carlo Team Italia    Mahindra)            2 Voltas
55    Andrea Locatelli    (Gresini Racing Team Moto3    Honda)        3 Voltas
40    Darryn Binder        (Outox Reset Drink Team    Mahindra)            3 Voltas
19    Alessandro Tonucci    (Outox Reset Drink Team    Mahindra)        5 Voltas
88    Jorge Martin        (MAPFRE Team MAHINDRA    Mahindra)            7 Voltas
95    Jules Danilo        (Ongetta-Rivacold    Honda)                9 Voltas
41    Brad Binder        (Red Bull KTM Ajo    KTM)                9 Voltas
98    Karel Hanika        (Red Bull KTM Ajo    KTM)                11 Voltas
32    Isaac Viñales        (RBA Racing Team    KTM)                    11 Voltas
6    Maria Herrera        (Husqvarna Factory Laglisse    Husqvarna)        11 Voltas
22    Ana Carrasco        (RBA Racing Team    KTM)                    11 Voltas
12    Matteo Ferrari        (San Carlo Team Italia    Mahindra)            16 Voltas
9    Jorge Navarro        (Estrella Galicia 0,0    Honda)        17 Voltas
91    Gabriel Rodrigo        (RBA Racing Team    KTM)        17 Voltas

Nome: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

quinta_vitoria_de_zarco

Zarco conquista a 5ªVitória na Inglaterra e campeonato se aproxima mais do piloto Francês

Mais uma vez Johann Zarco conseguiu a vitória na Moto 2 nesse ano, A sua 5ªvitória ao contraio da corrida passada não foi uma prova fácil no começo aonde o pole position Sam Lowes teve uma péssima largada e acabou caindo, Tito Rabat assumiu a liderança da corrida, Mas logo veio Alex Rins,Johann Zarco e Jonas Folger  lutarem pela liderança da corrida.

Zarco chegou a assumir a liderança, Mas acabou perdendo a tangencia e perdeu posições e caiu para o 5ºlugar, Mas Rabat também perdeu a liderança para Alex Rins que liderou a prova até Zarco chegar de novo e na 7ªVolta passar o piloto da Pons Racing e dai assumiu a liderança e abriu vantagem de mais de 3 segundos e não perdeu mais a ponta da corrida.

Rabat, Rins e Alex Marquez disputando posição
Rabat, Rins e Alex Marquez disputando posição

A disputa ficou pelo segundo lugar aonde tinha nessa disputa Alex Rins, Tito Rabat, Jonas Folger e Alex Marquez, Aos poucos Folger foi deixando a disputa enquanto que Rins acabava aos poucos consolidando o segundo lugar deixando o 3ºlugar do pódio a ser disputado entre Rabat e Marquez companheiros de equipe da EG Marc VDS, Lá atrás Sam Lowes tentava recuperar o prejuízo disputando posições com Thomas Luthi entre outros pilotos que estavam caindo na corrida, Lorenzo Baldassarri que fazia bela corrida acabou caindo e deixando a corrida.

Johann Zarco após 18 voltas acabou conquistando a vitória em Silverstone e se aproximando do título da Moto 2 tendo 85 pontos na frente de Alex Rins o vice-líder do campeonato que acabou a corrida em segundo lugar e 88 pontos na frente de Rabat que terminou a corrida na 3ªposição na frente de Alex Marquez que repetiu o 4ºlugar na etapa de Brno mostrando que se adaptou a moto 2, Jonas Folger completou a prova em 5ºlugar.

Folger fez boa corrida na chuva levando o 5ºlugar para a AGR Team
Folger fez boa corrida na chuva levando o 5ºlugar para a AGR Team

Sam Lowes ao cruzar em 6ºlugar mostrou sua enorme frustração por não ter conseguido vencer a corrida chegando a mais de 28 segundos atrás de Zarco, a torcida ficou triste pelo fraco desempenho de Lowes. Quem fez uma grande corrida no molhado foi Anthony West que largou lá de trás para chegar a uma ótima 7ªposição, Cortese, Luthi e Ricard Cardus com a moto da Suter completaram os 10 primeiros colocados, Zarco pode ser campeão já em Aragon caso esteja a mais de 100 pontos do segundo colocado e isso é bem possível de acontecer pela campanha do Zarco nesse ano. Daqui a duas semanas teremos a 13ªetapa da Moto 2 em Mizano na Itália.

Pódio com os três primeiros da corrida e do campeonato
Pódio com os três primeiros da corrida e do campeonato

Resultado final do Mundial de motovelocidade – Moto 2
GP da Inglaterra – Silverstone

1        5    Johann Zarco        (Ajo Motorsport    Kalex)            42’53.674 em 18 Voltas
2        40    Alex Rins        (Paginas Amarillas HP 40    Kalex)        a 3.360
3        1    Tito Rabat        (EG 0,0 Marc VDS    Kalex)            a 5.527
4        73    Alex Marquez        (EG 0,0 Marc VDS    Kalex)            a 6.489
5        94    Jonas Folger        (AGR Team    Kalex)            a 8.228
6        22    Sam Lowes        (Speed Up Racing    Speed Up)        a 28.261
7        95    Anthony West        (QMMF Racing Team    Speed Up)    a 33.902
8        11    Sandro Cortese        (Dynavolt Intact GP    Kalex)        a 33.939
9        12    Thomas Luthi        (Derendinger Racing Interwetten    Kalex)    a 34.889
10        88    Ricard Cardus        (JPMoto Malaysia    Suter)            a 35.084
11        23    Marcel Schrotter    (Tech 3    Tech 3)                a 38.814
12        4    Randy Krummenacher    (JIR Racing Team)                a 39.190
13        77    Dominique Aegerter    (Technomag Racing Interwetten    Kalex)    a 47.780
14        30    Takaaki Nakagami    (IDEMITSU Honda Team Asia    Kalex)    a 57.103
15        49    Axel Pons        (AGR Team    Kalex)            a 1’00.071
16        55    Hafizh Syahrin        (Petronas Raceline Malaysia    Kalex)    a 1’02.268
17        39    Luis Salom        (Paginas Amarillas HP 40    Kalex)        a 1’04.389
18        60    Julian Simon        (QMMF Racing Team    Speed Up)    a 1’04.806
19        25    Azlan Shah        (IDEMITSU Honda Team Asia    Kalex)    a 1’07.910
20        36    Mika Kallio        (Italtrans Racing Team    Kalex)        a 1’08.594
21        2    Jesko Raffin        (sports-millions-EMWE-SAG    Kalex)    a 1’10.950
22        97    Xavi Vierge        (Tech 3    Tech 3)                a 1’11.354
23        70    Robin Mulhauser        (Technomag Racing Interwetten    Kalex)    a 1’39.471
24        66    Florian Alt        (E-Motion IodaRacing Team    Suter)    a 1’51.325
25        19    Xavier Simeon        (Federal Oil Gresini Moto2    Kalex)    a 1 Volta
26        64    Federico Caricasulo    (Italtrans Racing Team    Kalex)        a 1 Volta
27        96    Louis Rossi        (Tasca Racing Scuderia Moto2    Tech 3)    a 2 Voltas

Não Terminaram a corrida:

10    Thitipong Warokorn    (APH PTT The Pizza SAG    Kalex)        a 2 Voltas
7    Lorenzo Baldassarri    (Forward Racing    Kalex)        a 5 Voltas
3    Simone Corsi        (Forward Racing    Kalex)            a 5 Voltas
28    Bradley Ray        (FAB-Racing    FTR)            a 16 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Rossi conquistando a vitória

Rossi é soberano na Chuva e conquista vitória em Silverstone, Petrucci tem um dia magnifico com pódio

Em condições adversas para Rossi depois do treino de sábado, No dia seguinte veio a chuva e dai tudo clareou para Valentino Rossi que teve um final de semana ideal para o piloto Italiano que chegou ao pódio 149 da sua carreira e a 4 vitória na temporada.

Na Largada Lorenzo largou bem e assumiu a liderança da prova com Marquez em 2º e Pol Espargaró em terceiro lugar, Mas O piloto da Yamaha só brilhou no começo da corrida já que ele foi ultrapassado por Rossi e por Marquez que começaram a abrir de Lorenzo. Na Terceira volta tivemos a manobra mais idiota, estúpida do final de semana e talvez do campeonato desse ano com Jack Miller fazendo a melhor corrida dele na MotoGP logo atrás de Cal Crutchlow que vinha subindo de forma rápida. Mas Miller veio sem tomada e acabou derrubando tanto a ele como a Crutchlow acabando com a corrida que poderia ser a melhor corrida do ano para a LCR Honda.

Lorenzo levando da Ducati de 2014 de Petrucci
Lorenzo levando da Ducati de 2014 de Petrucci

Rossi na frente com Marquez por perto enquanto que Lorenzo ficava para Pedrosa, Petrucci e Dovizioso na disputa da 3ªPosição. Pedrosa pressionou Lorenzo, Mas foi Petrucci e Dovizioso que passou para a primeira posição e Petrucci com a Pramac Ducati não satisfeito ao passar Dovizioso acabou passando Lorenzo a 13 voltas do final levando com ele Dovizioso junto, Definitivamente não era a corrida que Lorenzo sonhava em fazer.

até a Metade da corrida Rossi e Marquez disputavam a vitória até a Formiga Atômica cair
até a Metade da corrida Rossi e Marquez disputavam a vitória até a Formiga Atômica cair

Mas o dia era de Rossi que teve Marquez colado com ele até a 12ªVolta, Na13ªVolta Marquez perde o controle da Moto que deu uma chicotada e acabou levando Marquez ao chão e junto dele foi-se ao Chão qualquer possibilidade de conquista do seu terceiro título mundial a 6 corridas do final da temporada. A Partir dai foram várias queda até o final da corrida como Stefan Bradl que estava em uma corrida razoável com a Aprilla que teve um belo desempenho com Alvaro Bautista que foi um dos destaques da corrida na parte de trás junto de Nicky Hayden que teve uma corrida belíssima com a sua Honda CRT.

Dovizioso conseguiu recuperar o segundo lugar em cima de Petrucci que tinha Lorenzo que conseguiu passar a Pedrosa assumindo o 4ºlugar e estava em busca do pódio enquanto que o piloto da Repsol ficava para trás, Só que Petrucci voltou a passar Dovizioso e assumiu o segundo lugar.

Mas além disso os pilotos da Ducati estavam chegando em Rossi que estava mais lento que Petrucci que viu a sua possibilidade de buscar Rossi e vencer a primeira corrida da Pramac na MotoGP e a primeira de uma equipe satélite desde de 2006 no GP de Portugal com Toni Elias, Mas o piloto de 36 anos acabou tendo reserva bastante para segurar a pressão de Petrucci que não fez questão de forçar a barra e evitar uma queda e segurar o segundo lugar.

Rossi com a quarta vitória confirmada reasume a liderança isolada no campeonato com Danilo Petrucci chegando ao seu melhor resultado na MotoGP com um segundo lugar inimaginável numa corrida normal com a Ducati de 2014 na frente de Andrea Dovizioso que segurou os ataques de Jorge Lorenzo e completou o pódio com a Ducati de 2015, Lorenzo em 4ºlugar ficou sem o pódio e voltou a vice-liderança com 12 pontos atrás de Rossi tendo que tirar essa diferença já em Mizano que é uma pista pró Rossi.

Um Grande dia para Petrucci na MotoGP

Dani Pedrosa sem muita intimidade com a chuva levou a Honda oficial ao 5ºlugar, Scott Redding fez sua melhor corrida na MotoGP passando a Aleix Espargaró, Andrea Iannone e Bradley Smith para confirmar o 6ºlugar e ficar como o melhor piloto da Inglaterra na corrida com Bradley Smith em 7º com a Tech 3 e um apagado Andrea Iannone que sumiu com a 8ªposição hoje, Mais sumidas ainda foram os pilotos da Suzuki que ficaram em 9ºlugar com Aleix Espargaró e 11ºlugar de Marevick Viñales que ficou atrás de Alvaro Bautista de Aprilla que tem uma Moto bem abaixo da Suzuki.

Bautista e Hayden também se destacaram na corrida
Bautista e Hayden também se destacaram na corrida

Bela corrida de Nicky Hayden que venceu a batalha das CRT em cima de Hector Barberá, Mike di Meglio que fez  uma boa corrida e de Alex de Angelis que leva a Ioda ao 2ºponto na temporada.

Daqui a 2 semanas a MotoGP vai até a Mizano para a 13ªetaap com Rossi a 12 pontos na frente do Lorenzo disputando o título com Marquez a 77 pontos já sem possibilidade de campeonato restando 6 corridas para o termino da temporada.

Resultado final da 13ªEtapa do Mundial de motovelocidade
MotoGP – GP da Inglaterra (Silverstone) – 20 voltas

1        46    Valentino Rossi        (Movistar Yamaha MotoGP    Yamaha)        46’15.617
2        9    Danilo Petrucci        (Octo Pramac Racing    Ducati)        a 3.010
3        4    Andrea Dovizioso    (Ducati Team    Ducati)            a 4.117
4        99    Jorge Lorenzo        (Movistar Yamaha MotoGP    Yamaha)        a 5.726
5        26    Dani Pedrosa        (Repsol Honda Team    Honda)        a 11.132
6        45    Scott Redding        (EG 0,0 Marc VDS    Honda)        a 25.467
7        38    Bradley Smith        (Monster Yamaha Tech 3    Yamaha)        a 26.717
8        29    Andrea Iannone        (Ducati Team    Ducati)            a 29.393
9        41    Aleix Espargaró        (Team SUZUKI ECSTAR    Suzuki)        a 38.815
10        19    Alvaro Bautista        (Aprilia Racing Team Gresini    Aprilia)    a 41.712
11        25    Maverick Viñales    (Team SUZUKI ECSTAR    Suzuki)        a 44.776
12        69    Nicky Hayden        (Aspar MotoGP Team    Honda)        a 52.489
13        8    Hector Barbera        (Avintia Racing    Ducati)            a 1’11.211
14        63    Mike di Meglio        (Avintia Racing    Ducati)            a 1’15.292
15        15    Alex de Angelis        (E-Motion IodaRacing Team    ART)    a 1’17.863
16        76    Loris Baz        (Forward Racing    Yamaha Forward)        a 1’19.310
17        50    Eugene Laverty        (Aspar MotoGP Team    Honda)        a 1’19.735
18        71    Claudio Corti        (Forward Racing    Yamaha Forward)        a 1’58.086
19        17    Karel Abraham        (AB Motoracing    Honda)            a 1 Volta

Não Terminaram a corrida:

44    Pol Espargaró        (Monster Yamaha Tech 3    Yamaha)        6 Voltas
93    Marc Marquez        (Repsol Honda Team    Honda)        8 Voltas
6    Stefan Bradl        (Aprilia Racing Team Gresini    Aprilia)    8 Voltas
35    Cal Crutchlow        (LCR Honda    Honda)            16 Voltas
43    Jack Miller        (LCR Honda    Honda)            18 Voltas
68    Yonny Hernandez        (Octo Pramac Racing    Ducati)        20 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

 

Grid de largada da última etapa da Formula Indy – GP de Sonoma

1 Will Power (Dallara/Chevrolet) 1’16.2597
2 Josef Newgarden (Dallara/Chevrolet) 1’16.3964
3 Ryan Hunter-Reay (Dallara/Honda) 1’16.5254
4 Simon Pagenaud (Dallara/Chevrolet) 1’16.6683
5 Juan Pablo Montoya (Dallara/Chevrolet) 1’16.8437
6 Graham Rahal (Dallara/Honda) 1’17.1769
7 Charlie Kimball (Dallara/Chevrolet) 1’16.6669
8 Marco Andretti (Dallara/Honda) 1’16.8710
9 Scott Dixon (Dallara/Chevrolet) 1’16.9677
10 Sebastian Saavedra (Dallara/Chevrolet) 1’17.1596
11 Tony Kanaan (Dallara/Chevrolet) 1’17.2899
12 Carlos Muñoz (Dallara/Honda) 1’17.3302
13 Luca Filippi (Dallara/Chevrolet) 1’17.1077
14 Mikhail Aleshin (Dallara/Honda) 1’17.3885
15 Hélio Castroneves (Dallara/Chevrolet) 1’17.2550
16 Sébastien Bourdais (Dallara/Chevrolet) 1’17.4310
17 Ryan Briscoe (Dallara/Honda) 1’17.4886
18 Takuma Sato (Dallara/Honda) 1’17.5599
19 Oriol Servià (Dallara/Honda) 1’17.5724
20 Stefano Coletti (Dallara/Chevrolet) 1’17.8293
21 Gabby Chaves (Dallara/Honda) 1’17.7994
22 James Jakes (Dallara/Honda) 1’17.8968
23 Tristan Vautier (Dallara/Honda) 1’17.9876
24 Rodolfo González (Dallara/Honda) 1’18.3867
25 Jack Hawksworth (Dallara/Honda) 1’19.0408

Chances de cada um para ser campeão:

Montoya Conquista a Indy 500 pela segunda vez
Montoya Conquista a Indy 500 pela segunda vez

Juan Palbo Montoya:

Será campeão com uma vitória, 2º ou 3ºlugar independente de qualquer resultado dos seus adversários.

Chegando do 4º ao 6ºlugar será campeão caso Rahal não vença a prova

Caso chegue em 7ºlugar precisa que a vitória não fique nem com Graham Rahal e nem com Scott Dixon

Existem várias combinações que dão o título a Montoya, Até mesmo chegando na última posição caso seus adversários não venham bem na corrida.

Rahal_wins

Graham Rahal:

Não basta vencer a corrida, se acontecer da vitória, O Colombiano Montoya não pode subir ao pódio.

Terminando em segundo Montoya não pode ir além do 8ºlugar e Dixon não pode vencer.
Terminando em terceiro Montoya tem que ficar de 13º para trás e nem Dixon e Power podem vencer a corrida.
Terminando em 4º : Montoya não pode passar do 16º, Dixon não pode chegar em 1º ou 2º e Power não pode vencer.
Terminando em 5º: Montoya não pode passar do 18º, Dixon não pode chegar em 1º ou 2º e Power não pode vencer.
Terminando em 6º: Montoya não pode passar do 20ºlugar, Dixon não pode chegar ao pódio, Power ou Castroneves não podem vencer
Terminando em 7º: Montoya não pode passar do 22º, Dixon não pode ir além do 8º, Power não poderia ir além do 3ºlugar e Castroneves não poderia vencer
Terminando em 8º: Montoya não pode passar do 24ºlugar, Dixon não pode ficar entre os 4 primeiros colocados, Power não pode ser 1º ou 2º e Castroneves não pode vencer.

dixon_wins

Scott Dixon:

Será campeão se vencer com Montoya fora dos 6 primeiros e se ficar na frente de Rahal.
em 2º será campeão caso Montoya não chegue entre os 13 primeiros, Rahal não pode ficar no pódio e Power não pode vencer a corrida.
em 3º será campeão caso Montoya fique abaixo do 19ºlugar, Rahal fora dos 5 primeiros e Power não pode vencer a prova.
em 4º será campeão se Montoya não passar do 22ºlugar, Rahal não pode se colocar entre os 8 primeiros, Power não pode ser primeiro ou segundo e Castroneves não pode vencer.

vitória de Power em Indianapolis Circuit

Will Power:

Será Campeão com a vitória caso Montoya não passe do 10ºlugar, Rahal não pode ficar com a vitória ou segundo lugar.
Com um 2ºlugar caso Montoya fique abaixo do 20ºlugar, Rahal fique abaixo de 6º, Dixon não pode ir ao pódio e Castroneves não pode vencer a corrida.

Hélio, Perdeu a vitória nos boxes
Hélio, Perdeu a vitória nos boxes

Hélio Castroneves:

Só tem uma chance de título, Caso vença a prova com Montoya do 19ºpara baixo, Rahal não pode ficar entre os 5 primeiros, e Dixon não pode chegar no pódio

Newgarden_pole

Josef Newgarden:

Vitória com Montoya em 24º ou 25º, Power não pode ficar entre os 2 primeiros colocados, Dixon não pode ir ao pódio e Rahal não pode passar do 9ºlugar

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Motorsport

Grid de largada da Moto 3 – GP da Inglaterra

1 9 Jorge Navarro (Estrella Galicia 0,0 Honda) 2’12.440
2 98 Karel Hanika (Red Bull KTM Ajo KTM) 2’12.979
3 52 Danny Kent (Leopard Racing Honda) 2’13.044
4 7 Efren Vazquez (Leopard Racing Honda) 2’13.124
5 32 Isaac Viñales (RBA Racing Team KTM) 2’13.144
6 10 Alexis Masbou (SAXOPRINT RTG Honda) 2’13.446
7 33 Enea Bastianini (Gresini Racing Team Moto3 Honda) 2’13.525
8 5 Romano Fenati (SKY Racing Team VR46 KTM) 2’13.548
9 44 Miguel Oliveira (Red Bull KTM Ajo KTM) 2’13.591
10 41 Brad Binder (Red Bull KTM Ajo KTM) 2’13.593
11 20 Fabio Quartararo (Estrella Galicia 0,0 Honda) 2’13.850
12 17 John Mcphee (SAXOPRINT RTG Honda) 2’13.956
13 84 Jakub Kornfeil (Drive M7 SIC KTM) 2’14.058
14 6 Maria Herrera (Husqvarna Factory Laglisse Husqvarna) 2’14.080
15 21 Francesco Bagnaia (MAPFRE Team MAHINDRA Mahindra) 2’14.176
16 88 Jorge Martin (MAPFRE Team MAHINDRA Mahindra) 2’14.216
17 16 Andrea Migno (SKY Racing Team VR46 KTM) 2’14.242
18 23 Niccolò Antonelli (Ongetta-Rivacold Honda) 2’14.244
19 58 Juanfran Guevara (MAPFRE Team MAHINDRA Mahindra) 2’14.428
20 55 Andrea Locatelli (Gresini Racing Team Moto3 Honda) 2’14.498
21 91 Gabriel Rodrigo (RBA Racing Team KTM) 2’14.535
22 2 Remy Gardner (CIP Mahindra) 2’14.702
23 95 Jules Danilo (Ongetta-Rivacold Honda) 2’14.786
24 65 Philipp Oettl (Schedl GP Racing KTM) 2’14.929
25 40 Darryn Binder (Outox Reset Drink Team Mahindra) 2’14.959
26 29 Stefano Manzi (San Carlo Team Italia Mahindra) 2’14.973
27 48 Lorenzo Dalla Porta (Husqvarna Factory Laglisse Husqvarna) 2’15.118
28 11 Livio Loi (RW Racing GP Honda) 2’15.174
29 63 Zulfahmi Khairuddin (Drive M7 SIC KTM) 2’15.350
30 19 Alessandro Tonucci (Outox Reset Drink Team Mahindra) 2’15.352
31 76 Hiroki Ono (Leopard Racing Honda) 2’15.394
32 12 Matteo Ferrari (San Carlo Team Italia Mahindra) 2’15.462
33 24 Tatsuki Suzuki (CIP Mahindra) 2’16.290
34 22 Ana Carrasco (RBA Racing Team KTM) 2’16.765
35 66 Taz Taylor (RS Racing KTM) 2’16.973
36 26 Luke Hedger (FPW Racing Kalex KTM) 2’19.032