Fim da esperança, Um Brasil tomado pelo ódio e pela Falta de Empatia

Será o Fim da Minha esperança pelo Brasil?

Dia 25 de Janeiro de 2019, Esse dia marca o fim de qualquer esperança que eu tinha sobre esse país. Perdi as minhas esperanças de que o Brasil mude, Perdi qualquer esperança. Não importa suas qualidades, Se você tiver um erro as pessoas são vão lembrar dos seus erros e nunca das suas qualidades. Por isso que esse país não Foi e nunca vai para frente.

Estou a mais de 2 anos e meio abatido, Sem animo, Sem criatividade, Vendo cada vez mais coisas inacreditáveis e não entendendo mais nada o quando existe tanta gente defendendo as testes mais absurdas, Menosprezando a vida ao máximo, Matando o sonho de outras pessoa com frases e justificativas idiotas, Matando minorias usando o nome de Deus, Menosprezando pessoas que estão sendo ameaçadas de morte só por causa de preconceito, Endeusando um homem que está com sua Família envolvida em corrupção e até em um possível envolvimento da Morte da Vereadora Marielle Franco. Temos que defender o Obvio e falar que é preciso ter um mínimo de empatia com as outras pessoas. A vida não é um Jogo como muita gente acha, Me recuso a usar esse Rotulo, A Vida é uma coisa que deve ser vivida, Você deve fazer o bem, Ser feliz, Ser uma pessoa que acrescente ao mundo ideias e realizações positivas. Dessa forma é que todos deveriam fazer.

Estamos vivemos um mundo aonde é mais fácil odiar as pessoas do que amar, Um mundo aonde as pessoas falam em amor próprio, Mas se esquece de ajudar outras pessoas e de ter empatia com o mundo: “Tens de amar o teu próximo como a ti mesmo” (Não adianta, Sou cada vez mais contra essa mania que virou em falar: “Se Ame” Para mim isso é pra disfarçar o seu egoísmo) A Humanidade tem que parar de querer comparar tragédias. Vi uma mensagem um dia que se dizia: Se as crianças da Síria chorassem ou sangrassem petróleo… Será que o mundo inteiro não estaria lutando bravamente por elas? Acho que isso explica do porque tanta gente ignora a guerra que existem por lá.

Eu durante 2 anos e meio tento recuperar uma amizade que perdi, Eu estou fazendo de tudo que é possível, Mas o resultado é nenhuma praticamente. Essa pessoa tem um ódio mortal por mim. Me odeia profundamente. Ela me bloqueou do Facebook a muito tempo e apesar de tudo que eu fiz, Ela se quer reiniciou um dialogo minimamente digno. Me trata como eu se fosse uma praga, Como se eu fosse um criminoso, Um Político corrupto. Coisa que eu não sou!

O mais grave disso é você ter 2 Amigos (Epson Araujo e Yasmini Silva) que traíram a minha confiança, Achei que eles iriam me ajudar a recuperar essa amizade. Pelo Contraio, Eles não só deram desculpas como fizeram muito pouco caso do sofrimento de um amigo que nunca trai a confiança de nenhum dos dois. Acho até mais. Se bobear, Eles fizeram tudo ao contraio e deve ter falado meus defeitos para que piorasse a minha imagem com essa pessoa. (Tem pessoas que não só não ajudam, Como elas podem te atrapalhar caso queiram fazer isso.

Eu Gostaria que você Fabiana Freire por favor, Veja isso e reflita essas palavras.

Nenhum ser humano merece pagar para todo o sempre por um erro, Já paguei e muito por muitos e muitos erros. Eu não sou uma pessoa deslumbrada, Não tenho mídia, Não tenho seguidores praticamente, Não tenho nada mais do que a verdade, Somente a verdade e minha história de vida (Que esta ameaçada desde do começo do Governo Bolsonaro) Eu só peço uma coisa. Por favor, Volte a falar comigo, Volta a ser minha amiga. Já fiz tudo para quebrar o Gelo, Eu não sei mais o que eu posso fazer. Mas eu jamais jogaria fora essa oportunidade, Eu não cometo os mesmos erros por 2 vezes. Se as pessoas pode ter a humildade de dizer que erraram e pedem desculpas acho que as pessoas também tem a capacidade de Reatarem amizades, Que tem a capacidade de deixar tudo de ruim para trás e de voltarem a conversar e a se entenderem. Me desbloqueie das redes sociais e vamos conversar por favor, Estou pedindo uma coisa simples.

Se acham que pessoas não tem sentimentos então vejam esse episódio de Sakura Card Captors (Alias, Vejam todos os episódios. É um desenho maravilhoso!)

Caso eu não consiga isso, Eu decido que vou abandonar todas as redes sociais daqui a poucos dias. Descobri que eu fracassei , Sou um perdedor e não tenho mais lugar nesses tempos difíceis aonde a internet virou um campo minado. Vou continuar trabalhando no meu site e é só isso que vou fazer daqui por diante na internet. Não vou ter conta em nenhuma rede social (Facebook, Instagram e Twitter) Não vejo mais motivos para continuar nesse meio. Sou ainda mais ousado em dizer: O Futuro da Internet esta nos forums de Discussão da Internet. Lá não existe essa idiotice que grande parte do público diz, Lá esta a maior parte da Inteligência das Redes Sociais.

Não é no Facebook com seus memes baratos, Do instagram pela loucura de ter curtidas. (Quanto mais pelado a pessoa fica ou quanto mais doentio é a sua cabeça pelo Bolsonaro, Mais curtidas a pessoa tem.) Infelizmente um trabalho bem feito e que tem uma tese pelo menos razoável para não dizer de qualidade não tem audiência. A tragédia vende mais, A violência vende mais e eu não estou aqui para vender terror, Estou aqui para informar o que existe de melhor no Esporte a Motor. Agora apenas no Mundo, Pois a partir desse ano vou ignorar as categorias nacionais.

Eu Descobri nos últimos 2 anos que o esporte a motor no Brasil esta em grande Parte dominado pelos pensamentos fascistas e até ignorantes. Eu não vou mais apoiar o esporte a motor do meu país. Não merecem, Não ligam para a vida do povo e só querem apenas correrem em sua maioria, Sem se importar com aquele que se morre de fome e com o que vai acontecer com seus Fãs. (Acha que os pilotos só tem fãs ricos?, Acha que um piloto não tem mulheres, Negros, Índios, Gays que admiram e torcem por ele?) Alguns fizeram questão de te tornarem Garotos propagandas do candidato que venceu pelas Fakes news.

O que as pessoas ignorantes e alienadas querem é matar seus sonhos e impedirem que o mundo seja um lugar melhor para se viver.

Existe a chance de eu voltar as redes sociais? Só voltaria em duas ocasiões: Quando o Governo Bolsonaro terminar (Quando o pesadelo desse homem e da sua turma deixar o poder)ou caso a Fabiana Freire tenha a capacidade de que ela volte a ser a minha amiga. Caso contraio, Eu não volto mesmo. Quero um mundo de pessoas humanas e não de idiotas que pensam em trolar todo mundo, Que pisam nos sentimentos das pessoas e que só pensam nelas mesmas com a desculpa de que devermos amar a si mesmos. Só que esse discurso que se adotou ultimamente só vem levando o ser humano as desgraças, Crianças morrendo de fome, Desigualdade cada vez maior, Menosprezo a vida… Até onde vamos parar. Prefiro o Mundo em que o Ser humano Ame os outros como amam a sei próprio, Que o ser humano tenha mais empatia com outras pessoas, Que pare de se odiar e de se matarem por coisas tolas. (Até mesmo matam pessoas porque causa de jogo de futebol, Briga de Bar, Até mesmo por divida de 5 reais) Caso conseguimos isso podemos ainda acreditar em um mundo melhor, Criando uma nova geração, A Geração E (Geração da Empatia) Acredito que é muito melhor que a Geração “EU” que esta nos dias de hoje. Ajudar em qualquer situação uma pessoa para o bem de todos, Essa deveria ser a missão das pessoas nesse mundo!

Para as Redes Sociais: Se tudo der certo, Voltarei em Breve, Caso contraio eu volto em 2023 quando esse pesadelo tiver terminado e as pessoas se curarem dessa onda de ódio que tomou conta do Brasil.

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Blog do Tarso / Instagram
Vídeo: Daniel Player

Newgarden ganha etapa do Texas na base da estratégia e continua líder do campeonato

Etapa Realizada no dia 8 de Junho, 9ªEtapa do Mundial de Formula Indy

600 Km do Texas, O segundo dos ovais longos da temporada de 2019. Teve uma prova interessante e que sacramentou a ótima fase de Josef Newgarden e da equipe Penske, Que mesmo com um carro com alguns problemas de acerto acabou levando o Norte-Americano a vitória.

Grid de Largada:

posPilotoEquipeChassi/MotorMédia/Mph
130Takuma SatoRahal Letterman LaniganDallara/Honda220.250
29Scott DixonChip Ganassi RacingDallara/Honda220.162
318Sebastien BourdaisDale Coyne RacingDallara/Honda219.746
428Ryan Hunter-ReayAndretti AutosportDallara/Honda219.537
522Simon PagenaudTeam PenskeDallara/Chevrolet219.355
621Spencer PigotEd Carpenter RacingDallara/Chevrolet219.099
72Josef NewgardenTeam PenskeDallara/Chevrolet218.666
85James HinchcliffeSchmidt Peterson MotorsportsDallara/Honda218.459
915Graham RahalRahal Letterman LaniganDallara/Honda218.449
1088Colton HertaHarding RacingDallara/Honda218.406
1127Alexander RossiAndretti AutosportDallara/Honda218.295
1226Zach VeachAndretti AutosportDallara/Honda218.074
1320Ed CarpenterEd Carpenter RacingDallara/Chevrolet217.982
147Marcus EricssonSchmidt Peterson MotorsportsDallara/Honda217.953
1512Will PowerTeam PenskeDallara/Chevrolet217.899
1610Felix RosenqvistChip Ganassi RacingDallara/Honda217.182
1723Charlie KimballCarlinDallara/Chevrolet217.165
1819Santino FerrucciDale Coyne RacingDallara/Honda217.063
1959Conor DalyCarlinDallara/Chevrolet216.175
204Matheus LeistAJ Foyt EnterprisesDallara/Chevrolet215.093
2198Marco AndrettiAndretti HertaDallara/Honda206.901
2214Tony KanaanAJ Foyt EnterprisesDallara/ChevroletBateu

Corrida disputada no final da tarde e prosseguindo ao anoitecer. A pole position ficou com o Japonês Takuma Sato com o carro da Rahal-Letterman, Ao seu lado larga o Neozelandês Scott Dixon da Chip Ganassi. Os dois ainda sonhavam com o título de 2019. Na segunda fila era formada por Sebastian Bourdais da Dale Coyne e Ryan Hunter-Reay da Andretti Autosport, Na terceira fila aparece o primeiro carro da Penske com Simon Pagenaud, O terceiro lugar no campeonato. Ao seu lado, O Norte-americano Spencer Pigot da Carpenter.

Conor Daly era a novidade da prova. Por considerar a situação da equipe Carlin muito ruim em ovais e a sua pouca experiência nesse tipo de circuito o Inglês Max Chilton acabou desistindo de competir nos ovais até o final da temporada. O Norte-americano que teve uma boa exibição em Indianapolis larga em 19ºlugar, Só a frente de Matheus Leist, Marco Andretti e de Tony Kannan.

Dixon chegou a colocar um pouco do carro na frente de Sato, Mas o Japonês manteve a liderança. Hunter-Reay ganhou o 3ºlugar de Bourdais, Pagenaud, Hinchcliffe, Newgarden, Pigot, Herta e Rossi completam os 10 primeiros lugares. Nas primeiras volta, Rossi vinha muito agressivo. Já na 4ªVolta o vice-líder do campeonato passou Colton Herta subindo para o 9ºlugar e em poucas voltas passou para o 8ºlugar, Superando Josef Newgarden.

Sato abriu mais de 2 segundos de frente para Dixon. Hunter-Reay já vinha a 7 segundos atrás em 3ºlugar. Um ritmo impressionante do Japonês. Na volta 26, Rossi passou Pigot subindo para o 7ºlugar. O piloto da Carpenter tomou passada de Herta caindo para o 9ºlugar, Não só isso, Ele começou a ficar para trás. Tanto é que na 32ªVolta, Newgarden acabou passando o piloto da Carpenter.

Em 20 voltas, Sato passou Leist para colocar uma nova no jovem brasileiro, Mas teve dificuldades para passar Kannan e depois pelo Carpenter que vinha muito mal. Dixon se aproximou de Sato, Também deve se contar que Sato sentou a bota nas primeiras voltas e agora parecia ter um carro mais desgastado, Enquanto que Dixon estava já com o carro preservado e com mais combustível para gastar.

Leist que já estava a 2 voltas atrás, Por muito pouco não ocorreu um acidente entre ele e o Canadense James Hinchcliffe e o Francês Simon Pagenaud. O Brasileiro não tinha muita experiência, Ainda mais com o carro muito ruim da Foyt o piloto passa a ser até perigoso que ele continuasse na corrida.

Na 57ªVolta, Ryan Hunter-Reay foi para os boxes. Era o primeiro dos líderes a fazerem a primeira parada. A partir dai, Os líderes começaram a ir para as paradas, Newgarden parou na volta 60, Dixon que era o segundo lugar parou na 61ªVolta. Sato foi para a sua parada na 62ªVolta, Mas acabou passando muito do ponto e atropelou um dos mecânicos. O Japonês perdeu muito tempo e acabou ficando na última posição a 2 voltas do líder. Após tudo isso, Ele acabou punido por atropelar equipamentos da equipe nos boxes e perdeu mais uma volta. Um erro dos mais grotescos que já vi acontecer na Formula Indy nos últimos anos.

A liderança passou para Hunter-Reay, Com Dixon na segunda posição. Quem subiu foi James Hinchcliffe da Schmidt que passou para a terceira posição. Rossi já estava em 4ºlugar após a primeira parada. Pagenaud, Newgarden, Herta, Bourdais, Rahal e Veach completavam os 10 primeiros colocados.

Hunter-Reay sustentava a liderança, Com Dixon a meio segundo atrás com sua tática de poupar combustível e equipamento. Rossi já vinha na cola do Hinchcliffe. Pagenaud foi o 5ºcolocado até que na volta 79 foi ultrapassado pelo Jovem Colton Herta.

Hunter-Reay teve dificuldades de passar Spencer Pigot, Nisso, O Neozelandês tentou se aproveitar, Mas não conseguiu essa ultrapassagem. Matheus Leist acabou desistindo da corrida. Com um carro tão ruim nas mãos, Foi melhor para o piloto da Foyt deixar a prova ao invés de correr o risco de se acidentar e de tirar algum outro piloto da prova.

Outro que deixou a prova foi Charlie Kimball, o Norte-Americano chegou a andar em 12ºlugar, teve problema de rolamento de roda. Com 100 voltas completadas, Dois pilotos vinham com desempenhos lamentáveis: Will Power vinha em 14ºlugar a 1 volta do líder. Pior ainda era Feliz Rosenquist, Ele vinha em 16ºlugar, Com um desempenho pior ainda do que Power e péssimo em relação ao Dixon. Hunter-Reay estava 0.7 segundos a frente de Dixon.

Rossi abriu fogo para cima de Hinchcliffe na 108ªVolta, Tentou duas vezes a ultrapassagem, sem sucesso. Nisso, Herta foi para cima de Rossi e sem cerimonias o passou na 112ªVolta e na volta seguinte o piloto da Harding superou o piloto da Schmidt assumindo a terceira posição em 2 voltas.

Na volta 115, Hunter-Reay foi para a parada nos boxes, O piloto da Andretti vinha com 9 voltas de defasagem para tentar fazer apenas 3 paradas. Dixon passou a liderança da prova. Para fazer a tática de 3 paradas, Um piloto precisa fazer pelo menos 62 voltas ou mais com um tanque de combustível. Ou seja, Precisaria fazer 124 voltas para esta dentro da estratégia. Rossi, Herta e Pagenaud pararam na volta 122, Os três teriam de poupar um pouco de combustível para não realizarem uma quarta parada nos boxes.

Dixon foi para os boxes na volta 124, Hunter-Reay volta a liderar a prova com 3.5 segundos a frente do Neozelandês. Hinchcliffe volta a terceira posição, Com 11 segundos de atraso para Hunter-Reay. Sem bandeiras amarelas a corrida começava a ficar uma disputa particular entre os dois.

Na volta 131, Rossi passou Herta e Hinchcliffe e sobe do 5º para o 3ºlugar, Na volta seguinte foi a vez de Herta passar o canadense e assumir a 4ªposição.

Três voltas depois, Zach Veach encosta sua roda traseira no muro e acaba rodando. Conseguiu evitar a batida, Mas não evitou o acionamento da bandeira amarela, Após 135 voltas surgia a primeira bandeira amarela da prova. Isso mudaria o curso da prova. Os 11 segundos de Hunter-Reay na liderança para Rossi acabaram sumindo. Se aproveitando da bandeira amarela: Newgarden, Sato, Power, Ericsson, Bourdais e Rahal foram para os boxes e mudaram suas estratégias de parada. Já os outros pilotos ficaram na pista poupando o máximo possível de combustível.

Relargada na volta 144: Hunter-Reay manteve a liderança, Com Dixon, Rossi, Herta e Hinchcliffe logo atrás. A noite começava a cair no Texas a menos de 100 voltas do final, Alexander Rossi partiu para cima de Scott Dixon. Porém o problema da pista e desses carros era a pouca carga aerodinâmica desses novos carros e da turbulência que o carro da frente provoca no carro de trás. Na volta 155, Hinchcliffe recupera o 4ºlugar que estava nas mãos de Colton Herta.

Os 6 primeiros colocados tinham Motores Honda: Hunter-Reay, Dixon, Rossi, Hinchcliffe, Herta e Rahal. Depois deles vinham os dois únicos pilotos com Chevrolet entre os 10 primeiros: Pagenaud em 7º e Newgarden em 8º com os carros da Penske, que não tinha um acerto ideal para o circuito do Texas. Santino Ferrucci e Marcus Ericsson completa os 10 primeiros lugares.

Na volta 164, Dixon foi para cima de Hunter-Reay e assumiu a liderança da prova. Duas voltas depois, Rossi foi para o ataque em cima de Hunter-Reay, A ultrapassagem não aconteceu de cara e Rossi teve de recuar um pouco. Voltas depois, Rossi passou Hunter-Reay que precisava economizar combustível. Na volta 175, Rossi assume a liderança ao passar Dixon.

Na volta 179, Hunter-Reay foi para a terceira parada, Com 69 voltas para o final à situação em termos de tática. Ou ele poupar combustível e pneus ou então ele teria de acelerar tudo para abrir vantagem e fazer um splash go no final da prova.

Na volta 187, Rossi assumiu a liderança e na mesma volta ele foi para os boxes. Com 61 voltas para o final, O piloto da Andretti já poderia buscar terminar a corrida com esse tanque mesmo. Pagenaud e Rossi parou na Volta 188, Na volta 190 parou Hinchcliffe e na volta 191 parou Dixon. A liderança passou para Newgarden, que tinha pelo menos umas 10 voltas na pista. Marcus Ericsson vinha em 2º, Com Bourdais, Andretti e Power completando os 5 primeiros. Alexander Rossi era o primeiro dos pilotos que estavam na tática normal.

Na volta 198 parou Will Power. Josef Newgarden parou na volta 199 e voltou à frente de Rossi. Ericsson assumiu a liderança por 2 voltas e foi para os boxes no final da volta 201. Bourdais passou a liderar a prova por uma volta, Depois da parada do Francês a liderança foi para as mãos de Josef Newgarden. Com Hunter-Reay em 2º, Dixon em 3º, Rossi em 4º e Hinchcliffe em 5ºlugar.

Newgarden não tinha um carro tão bom nas mãos, Mas compensava com os pneus melhores que os seus adversários. A 34 voltas do final, Dixon arrisca tudo para passar Hunter-Reay e assumir a segunda posição. O piloto da Andretti já não tinha chances de vencer a prova, Ou ele iria fazer uma parada a voltas do final ou então iria se arrastar para completar a prova.

A menos de 30 voltas para o final, Hinchcliffe acabou tocando com a roda traseira no muro e foi direto para o Muro interno. Nova bandeira amarela na pista. A bandeira amarela poderia dar uma chance a Hunter-Reay, Mas o Norte-Americano acabou indo para os boxes juntamente com mais alguns pilotos para completarem o tanque e colocarem novos pneus. Já os líderes continuavam na pista. Uma possiblidade de uma nova parada estava praticamente descartada.

Na volta 227 a corrida recomeça, Newgarden, Dixon, Rossi e Herta nas 4 primeiras posições. Dixon foi para cima de Newgarden, O piloto da Penske foi raçudo e manteve a liderança. Enquanto que Colton Herta passou Rossi e assumiu o terceiro lugar. O piloto da Harding foi para cima de Dixon, O Garoto queria o segundo lugar. Na curva 3, Herta colocou por dentro do Neozelandês que deu uma fechada desnecessária e acabaram ambos rodando e indo para o muro de leve. A 20 voltas do final tivemos a 3ª e última bandeira amarela da prova.

Para o campeonato, Era tudo que Newgarden e Rossi queriam, Eles iriam abrir vantagem nas duas primeiras posições do campeonato.

A 12 voltas do final ocorreu a relargada, A briga pela vitória ficou entre os dois primeiros da corrida e do Campeonato. Rossi tentou passar Newgarden em algumas voltas, Foram voltas de muita pressão até que a 2 voltas do final, Newgarden consegue uma pequena vantagem sobre Rossi e acabou levando seu Penske para a 3ªVitória da temporada em 9 corridas. Uma vitória ganha através da estratégia e da competência do piloto Norte-Americano que continua líder do campeonato.

Alexander Rossi chega em 2ºlugar e se mantem na vice-liderança do campeonato, Agora entre os 2 pilotos passa a ser de 25 pontos a favor do piloto da Penske. O Terceiro lugar ficou com Graham Rahal que completou o pódio. O filho do Bobby Rahal fez uma bela corrida de recuperação depois de ficar a maior parte no grupo Intermediário. Santino Ferrucci em uma bela prova chegou em 4ºlugar. Completando os 5 primeiros colocados ficou o piloto da Andretti Autosport Ryan Hunter-Reay.

Simon Pagenaud acabou ficando em 6ºlugar, Numa corrida dentro do que a Penske poderia fazer no Texas. Completando os 10 primeiros colocados: Marcus Ericsson em mais uma boa atuação pela Schmidt, Sebastien Bourdais, Will Power que ainda salvou uma 9ªposição e Marco Andretti que ficou o tempo inteiro na parte de trás acabou completando a prova em 10ºlugar.

Domingo, Teremos a 10ªetapa do Mundial de Formula Indy em Road America. Em um dos mais belos, Rápidos e desafiadores circuitos dos Estados Unidos.

Fotos:

Resultado Final dos 600 Km do Texas

posPilotoEquipeChassi/MotorVoltasTempo/Diferença
12Josef NewgardenTeam PenskeDallara/Chevrolet2481h55m08.8666s
227Alexander RossiAndretti AutosportDallara/Honda248a 0.8164s
315Graham RahalRahal Letterman LaniganDallara/Honda248a 1.4928s
419Santino FerrucciDale Coyne RacingDallara/Honda248a 1.7266s
528Ryan Hunter-ReayAndretti AutosportDallara/Honda248a 2.2019s
622Simon PagenaudTeam PenskeDallara/Chevrolet248a 2.8789s
77Marcus EricssonSchmidt Peterson MotorsportsDallara/Honda248a 3.9271s
818Sebastien BourdaisDale Coyne RacingDallara/Honda248a 4.3306s
912Will PowerTeam PenskeDallara/Chevrolet247a 1 Volta
1098Marco AndrettiAndretti HertaDallara/Honda247a 1 Volta
1159Conor DalyCarlinDallara/Chevrolet247a 1 Volta
1210Felix RosenqvistChip Ganassi RacingDallara/Honda246a 2 Voltas
1320Ed CarpenterEd Carpenter RacingDallara/Chevrolet246a 2 Voltas
1421Spencer PigotEd Carpenter RacingDallara/Chevrolet246a 2 Voltas
1530Takuma SatoRahal Letterman LaniganDallara/Honda245a 3 Voltas
1614Tony KanaanAJ Foyt EnterprisesDallara/Chevrolet245a 3 Voltas
179Scott DixonChip Ganassi RacingDallara/Honda228Acidente
1888Colton HertaHarding RacingDallara/Honda228Acidente
195James HinchcliffeSchmidt Peterson MotorsportsDallara/Honda218Acidente
2026Zach VeachAndretti AutosportDallara/Honda172Condição
2123Charlie KimballCarlinDallara/Chevrolet86Rolamento da Roda
224Matheus LeistAJ Foyt EnterprisesDallara/Chevrolet73Condição

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: IndyCar

Marquez conquista vitória na Catalunha e dispara na liderança do Mundial

Classificação:

No Q1, Jack Miller um dos favoritos as vagas da repescagem já começou com tudo e marcou 1:40.567. Muito na frente de Karel Abraham e de todos os outros pilotos, Com exceção de Franco Morbidelli que ficou a 0.002 segundos do Australiano.

Se na primeira volta o piloto da Pramac mostrou sua genialidade na volta seguinte mostrou seu lado louco, A 10 minutos do final, Miller acabou caindo e a liderança não iria durar muito tempo. Bastou o piloto da Aprilla Aleix Espargaró passando para a liderança com 1:40.510 e logo atrás Francesco Bagnaia empurrou Miller para fora da zona de classificação. Joan Mir fazer as 3 melhores parciais do treino naquele momento, Mas acabou errando no último setor e acabou fazendo apenas o 7ºlugar.

Takaagi Nakagami passou a liderança, Com Bagnaia na segunda posição e Aleix Espargaró na 3ªposição. A 6 minutos do final, Todo mundo foi para a pista buscar o melhor tempo, Menos O italiano Andrea Iannone que teve sua moto falhando 2 vezes que não permitiu a ele para melhorar.

Jack Miller foi tentar melhorar sua posição no Q1, Mas apesar da melhora do seu tempo acaba ficando na mesma 4ªposição. A 2 minutos e 50 segundos, Franco Morbidelli detonou o tempo de Tagaaki Nakagami, com 1:39.727 assumiu a liderança, Com muita vantagem do 2ºlugar. Que passou a ser Frances Bagnaia que colocou 22 milésimos a frente de Jack Miller, Com uma moto Ducati da temporada de 2018.

Na parte Final, Joan Mir fez uma brilhante volta e marcou 1:40.013 e subiu para o 2ºlugar, Tirando Bagnaia da Classificação. Miller e Mir não conseguiram melhorar suas voltas e Karel Abraham que tinha uma boa volta acabou sendo atrapalhado na sua última volta acabou perdendo a chance de incomodar Mir e Morbidelli, Que acabaram classificando para o Q2. A Pramac acabou ficando de fora, Muito mais decepcionante para Jack Miller que ficou em 4ºlugar, Atrás mesmo de Francesco Bagnaia. Karel Abraham e Tagaaki Nakagami vieram logo a seguir.

Resultado do Q1:

PosPilotoEquipeMotoTempo
121Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamaha1’39.727
236Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’40.012
363Francesco BagnaiaPramac RacingDucati1’40.167
443Jack MillerPramac RacingDucati1’40.271
517Karel AbrahamReale Avintia RacingDucati1’40.349
630Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHonda1’40.362
741Aleix EapargaróAprilia Racing Team GresiniAprilia1’40.400
85Johann ZarcoRed Bull KTM Factory RacingKTM1’40.427
953Tito RabatReale Avintia RacingDucati1’40.682
1088Miguel OliveiraRed Bull KTM Tech 3KTM1’40.752
1155Hafizh SyarhinRed Bull KTM Tech 3KTM1’40.839
1238Bradley SmithAprilia Racing TeamAprilia1’41.232
1350Sylvain GuintoliTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’41.270
1429Andrea IannoneAprilia Racing Team GresiniAprilia1’41.748

No Q2, Viñales e Marquez foram os dois primeiros pilotos a entrarem na pista e buscarem a pole position. Depois vinha Joan Mir. Nessa batalha entre o piloto da Yamaha com o piloto da Honda se deu melhor Viñales com 1:40.001 contra 1:40.271 do Marquez. Depois de 20 segundos, Rins, Quartararo e Morbidelli jogaram o Formiga Atômica para o 5ºlugar.

Isso motivou Marquez a buscar uma nova volta. Com o sangue dos olhos ele tratou de baixar para a Marca de 1 minuto e 39 segundos, Com 1:39.758 foi o bastante para o piloto da Honda assumir a liderança a 9 minutos e 40 segundos do final. Pena que durou pouco para o Espanhol. Já que Quartararo com 1:39.758 e Morbidelli com 1:39.711 superaram Marquez e colocaram as duas motos da Yamaha Petronas nas 2 primeiras posições. Além disso, Marquez foi superado pelo Petrucci (Vencedor da prova da Itália) e Rins, caindo de novo para o 5ºlugar.

Andrea Dovizioso que vinha em 12ºlugar subiu 4 posições na segunda volta rápida passando para o 8ºlugar na metade da Classificação.

A menos de 6 minutos do final, Viñales, Quartararo foram para a pista em busca da Pole, 1 minuto depois, Marquez em 5ºlugar foi para a segunda tentativa. O piloto da Yamaha a 3 minutos e 40 segundos do final fracassou na tentativa de melhorar seu tempo e se manteve na 7ªposição.

A 2 minutos e 30 segundos, Alex Rins vinha junto de Marevick Viñales com parciais vermelhas, Mas o Espanhol não pode completar sua volta, Ele caiu na curva 10 e acabou deixando a disputa pela pole. A 2 minutos do final, Viñales subiu para a liderança com 1:39.710. Segundos depois, O Francês Fabio Quartararo passou a liderança com 1:39.484 e tomou a ponta de Viñales.

Marquez foi para a volta final a fim de ganhar mais uma pole position. Porém, ficou a 15 milésimos atrás do piloto da Petronas e acabou ficando com o segundo lugar a 1 minuto e 10 segundos do final. Na última volta, Quartararo e Marquez tentaram uma volta final, Mas nenhum deles melhorou seus tempos. Com isso a pole ficou com o piloto da Yamaha Petronas, Pela segunda vez na carreira na MotoGP.

A primeira fila será completada pelos Espanhóis Marc Marquez da Honda e de Marevick Viñales da Yamaha. A Segunda fila largam Franco Morbidelli da Petronas Yamaha, O Ítalo-brasileiro que sofreu um acidente forte no 3ºtreino livre, partindo do Q1 vai largar em uma ótima posição. Valentino Rossi com a Yamaha e Andrea Dovizioso com a Ducati tiveram desempenhos discretos e largam em 5º e 6ºlugares.

Na terceira fila largam Danilo Petrucci com a outra Ducati oficial, O Vencedor da prova passada tentaria emplacar uma segunda vitória seguida. Alex Rins mesmo com a queda ficou classificado em 8ºlugar. Se ele tivesse terminado a volta poderia até mesmo disputar a primeira fila do Grid. Cal Crutchlow larga em 9ºlugar, completando a 3ªfila.

Completando a 4ªFila largam o Espanhol Jorge Lorenzo com a Honda, Joan Mir com a outra Suzuki e de Pol Espargaró da KTM.

Viñales por causa de uma manobra perigosa acabou perdendo 3 posições no Grid de largada, Caindo para o 6ºlugar e deixando Morbidelli na primeira fila.

Fotos:

Grid de Largada:

PosPilotoEquipeMotoTempo
120Fabio QuartararoPetronas Yamaha SRTYamaha1’39.484
293Marc MarquezRepsol Honda TeamHonda1’39.499
321Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamaha1’39.711
446Valentino RossiMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’39.753
54Andrea DoviziosoMission Winnow DucatiDucati1’39.777
612Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamaha1’39.710
79Danilo PetrucciMission Winnow DucatiDucati1’39.844
842Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’39.870
935Cal CrutchlowLCR Honda CASTROLHonda1’40.151
1099Jorge LorenzoRepsol Honda TeamHonda1’40.199
1136Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’40.240
1244Pol EspargaróRed Bull KTM Factory RacingKTM1’40.425
1363Francesco BagnaiaPramac RacingDucati1’40.167
1443Jack MillerPramac RacingDucati1’40.271
1517Karel AbrahamReale Avintia RacingDucati1’40.349
1630Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHonda1’40.362
1741Aleix EapargaróAprilia Racing Team GresiniAprilia1’40.400
185Johann ZarcoRed Bull KTM Factory RacingKTM1’40.427
1953Tito RabatReale Avintia RacingDucati1’40.682
2088Miguel OliveiraRed Bull KTM Tech 3KTM1’40.752
2155Hafizh SyarhinRed Bull KTM Tech 3KTM1’40.839
2238Bradley SmithAprilia Racing TeamAprilia1’41.232
2350Sylvain GuintoliTeam SUZUKI ECSTARSuzuki1’41.270
2429Andrea IannoneAprilia Racing Team GresiniAprilia1’41.748

No Domingo, Marc Marquez mostrou sua competência, Mas acima de tudo muita sorte…

… Na largada, Andrea Dovizioso que veio do Quinto lugar fez uma linda largada e assumiu a liderança, Com Marquez mantendo o segundo lugar, Mas perdeu essa posição para Viñales, que partiu do 6ºlugar para ficar logo atrás do Vice-líder do campeonato. Lorenzo, Petrucci, Rossi e Quartararo completando os 7 primeiros lugares.

Na primeira volta ocorreram dois incidentes, O primeiro foi a queda de Karel Abraham na curva 7 e Bradley Smith na curva 10 acertando o espanhol Aleix Espargaró. O piloto de testes da Aprilla ao invés de ajudar a equipe acabou por se tirar da prova e por tirar o piloto principal da prova.

Marquez recuperou o segundo lugar e partiu para cima de Dovizioso, Na curva 10 da 2ªVolta é que se decidiu a corrida a favor da Formiga Atômica. Ele passa o piloto da Ducati, Lorenzo em 4º tenta ganhar posições, Mas ele caiu e leva com ele, Dovizioso, Viñales e depois Rossi para o Chão. Os 4 pilotos acabaram por deixar a prova e Marquez abriu uma bela vantagem para Petrucci que herdou a segunda posição, Rins em 3º, Quartararo em 4º. Miller, Mir, Pol Espargaró, Nakagami, Morbidelli e Crutchlow.

A partir dai começou o passeio da Formiga Atômica, Enquanto que Petrucci segurava Rins. Era a disputa entre a potência da maquina Italiana e a Ciclística da maquina japonesa, Mas isso não ocorreu de cara, Quartararo na 5ªVolta superou Rins e assumiu o terceiro lugar.

A partir dai o piloto Francês foi para cima de Petrucci. Enquanto que Shayrin pela Tech 3-KTM e Bagnaia da Pramac deixavam a prova. Em poucas voltas só tínhamos 15 pilotos na prova, Uma verdadeira carnificina mecânica na Catalunha. Na entrada da 7ªVolta, Rins deu um passadão em cima de Quartararo e voltou a 3ªposição. Miller e Mir estavam um pouco mais atrás em 5º e 6ºlugares.

Marc Marquez já vinha 3 segundos a frente de Petrucci. O piloto da Ducari ainda resistia aos ataques de Rins. Na 10ªVolta, O espanhol conseguiu passar o piloto da Ducati, Mas na curva 1, Petrucci recuperou a posição em uma bela manobra. Quartararo só estava esperando o momento certo para atacar os dois.

Duas voltas depois, Rins passa de novo Petrucci que acaba dando o X no piloto da Suzuki, Os pneus do italiano eram macios, Já Rins tinha os médios e Quartararo usava macios na frente e Médios atrás. Mais atrás, Cal Crutchlow vinha crescendo na prova, já estava na cola de Joan Mir disputando o 6ºlugar, um pouco mais atrás vinha Pol Espargaró que sofria pressão de Franco Morbidelli e Takaaki Nakagami.

Petrucci resistiu até a 11 voltas do final, Quando o piloto da Ducati perdeu um pouco a curva, Com isso, Rins teve mais velocidade e por fora na curva 5 acabou passando o vencedor da prova passada assumindo o segundo lugar. Na 15ªVolta, Jack Miller passou Quartararo, Mas só segurou a posição por alguns segundos, O Australiano acabou errando a curva e deixou o piloto da Petronas recuperar a 4ªposição.

Enquanto Marquez começou a administrar a sua enorme vantagem de 5.3 segundos, Franco Morbidelli acabou indo ao chão. O Ítalo-brasileiro fez uma corrida ruim e vinha muito longe do Quartararo que vinha em 4ºlugar.

Rins foi com tudo para cima de Petrucci, Mas acabou tocando na curva 1 no piloto da Ducati, passa reto, quase perdeu o controle da Moto. Resultado disso é que Rins acabou caindo para o 7ºlugar. Quartararo nessa história passou Petrucci e assumiu a 2ªposição, Miller em 4º e Crutchlow em 5º. O piloto inglês que crescia na prova sentiu a chance de ir ao pódio. Ele foi para cima de Miller com muito apetite… Mas acabou sendo apetite demais, O Inglês foi com tudo na curva 4 e acabou passando reto na curva e segundos depois acabou caindo segundos depois, Deixando a prova.

A 4 Voltas do final, Rins recupera o 5ºlugar após uma boa briga com seu companheiro de equipe Joan Mir. E partiu para cima de Jack Miller, A Briga durou até a última volta, Quando o piloto da Suzuki superasse Miller e ficar com o 4ºlugar.

Marc Marquez administrou muito bem na liderança até a linha de chegada, Foi a sua 4ªVitória na temporada o que fez disparar na liderança do Mundial, Com 37 pontos a frente de Andrea Dovizioso. A Formiga atômica pode estar dando um passo muito importante para a conquista do seu sexto campeonato na categoria principal.

Fabio Quartararo conquista seu primeiro pódio na MotoGP, Na mesma que ele conquistou sua primeira vitória na moto 2 em 2018. O Francês chega na segunda posição e salvou o dia da Yamaha. Completando o pódio, O Italiano Danilo Petrucci que fez uma boa corrida com sua Ducati também salvando o dia para a equipe oficial Italiana. Alex Rins acabou fazendo uma grande corrida, Mas a saída da pista no terço final de prova tirou as chances dele ir ao pódio e só deu para ele recuperar até a 4ªposição. A Frente de Jack Miller com a Pramac e com Joan Mir com a outra Suzuki. Um bom resultado para o Australiano e para o segundo piloto da Suzuki.

Pol Espargaró levou a KTM a outro bom resultado, Com o 7ºlugar segurando e se distanciando de Takaagi Nakagami da LCR. É sem dúvida o melhor ano do piloto Espanhol desde de quando ele entrou no Mundial de motovelocidade. O Japonês ficou em 8ºlugar em uma exibição regular.

Esteve Rabat teve o seu melhor final de semana do ano, Levando a Avintia Ducati para o 9ºlugar. Chegando na frente de Johann Zarco que chegou em uma decente 10ªposição. Depois deles completaram a prova: Andrea Iannone com a Aprilla, Miguel Oliveira com a Tech 3-KTM e o piloto de testes da Suzuki Sylvain Guintoli em 13ºlugar.

Daqui a duas semanas teremos a prova em Assen na Holanda. A pergunta que vai ser feita até lá será “Como parar a Formiga Atômica?” ou estávamos a ver mais uma conquista de campeonato para o piloto da Honda.

Fotos:

Resultado final do GP da Catalunha
Mundial de motovelocidade – Moto GP

PosPilotoEquipeMotoTempo
193Marc MarquezRepsol Honda TeamHonda40’31.175
220Fabio QuartararoPetronas Yamaha SRTYamahaa 2.660
39Danilo PetrucciMission Winnow DucatiDucatia 4.537
442Alex RinsTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 6.602
543Jack MillerPramac RacingDucatia 6.870
636Joan MirTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 7.040
744Pol EspargaróRed Bull KTM Factory RacingKTMa 16.144
830Takaaki NakagamiLCR Honda IDEMITSUHondaa 17.969
953Tito RabatReale Avintia RacingDucatia 22.661
105Johann ZarcoRed Bull KTM Factory RacingKTMa 26.228
1129Andrea IannoneAprilia Racing Team GresiniApriliaa 32.036
1288Miguel OliveiraRed Bull KTM Tech 3KTMa 44.666
1350Sylvain GuintoliTeam SUZUKI ECSTARSuzukia 51.363
NC35Cal CrutchlowLCR Honda CASTROLHondaa 6 Voltas
NC21Franco MorbidelliPetronas Yamaha SRTYamahaa 8 Voltas
NC63Francesco BagnaiaPramac RacingDucatia 19 Voltas
NC55Hafizh SyahrinRed Bull KTM Tech 3KTMa 21 Voltas
NC46Valentino RossiMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 22 Voltas
NC4Andrea DoviziosoMission Winnow DucatiDucatia 22 Voltas
NC12Maverick ViñalesMonster Energy Yamaha MotoGPYamahaa 23 Voltas
NC99Jorge LorenzoRepsol Honda TeamHondaa 23 Voltas
NC41Aleix EspargaróAprilia Racing Team GresiniApriliaa 23 Voltas
NC17Karel AbrahamReale Avintia RacingDucatia 24 Voltas
NC38Bradley SmithAprilia Racing TeamApriliaa 24 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Moto 2: Marquez vence 3ªCorrida em sequência e passa a liderar o campeonato

Classificação

Mais uma vez a KTM acabou ficando na repescagem com seus dois pilotos principais. Brad Binder e Jorge Martin eram 2 dos favoritos a vaga no Q2, Juntamente com Xavi Vierge da Marc VDS, Nicolo Bulega da VR46 e de Jonas Folger que voltava a moto 2 no Lugar de Mattia Pasini que sofreu um acidente e ficou impedido de correr na Catalunha.

Brad Binder começou o treino na frente, com Lucas Tulovic na segunda posição com sua moto da KTM de 2017 da Kiefer Racing. Na volta seguinte, O Gueopado sul-africano acabou indo para o Chão na curva 5. Seus adversários agradeceram. Principalmente seu companheiro de equipe Jorge Martin, Ele acabou superando Binder  com 1:44.668 e assumindo a liderança a 9 minutos do final. Seguido de Stefano Manzi da MV Agusta e de Somtak Chantra da Honda Asia Team em 3º. Segundos depois vieram Bendsneyder e Bulega tomarem o segundo e terceiro lugares respectivamente.

Na Volta seguinte, Bo Bendsneyder levou sua NTS até a liderança do Q1. Deixando Jorge Martin na segunda posição, Nicolo Bulega em grande volta marcando o terceiro tempo e Dominique Aegerter levando a MV Agusta a classificação em 4ºlugar a 5 minutos do final.

Na parte final apareceu o Espanhol Iker Lecuona, subindo para o 3ºlugar com 1:44.785, Deixando Bulega na bolha e Aegerter de fora dos 4 primeiros e da Classificação. Brad Binder e Xavi Vierge tentavam melhorar suas marcas a fim de não terminarem a classificação deles no Q1, Mas seus tempos não pareciam melhorar a ponto de modificar a ordem final da classificação. Ao zerar o tempo, Lecuona e Chantra conseguiram uma melhora, Mas não modificaram suas posições. Bendseyder levou a vaga ao Q2, juntamente com Martin, Lecuona e Bulega. Binder e Vierge decepcionaram de novo, Um por causa do Chassis em boa parte, Já o Espanhol não tem uma justificativa plausível pela eliminação.

Jonas Folger em sua volta não foi muito bem, Ficou apenas em 9ºlugar no Q1. Atrás dos dois pilotos da MV Agusta (Aegerter e Manzi) e a frente dos pilotos da Honda Asia Team.

Resultado do Q1:

PosPilotoEquipeMotoTempo
164Bo BendsneyderNTS RW Racing GPNTS1’44.662
288Jorge MartinRed Bull KTM AjoKTM1’44.668
327Iker LecuonaAmerican Racing KTMKTM1’44.771
411Nicolo BulegaSKY Racing Team VR46Kalex1’44.849
541Brad BinderRed Bull KTM AjoKTM1’44.913
697Xavi ViergeEG 0,0 Marc VDSKalex1’44.917
777Dominique AegerterMV Agusta Idealavoro ForwardMV Agusta1’45.048
862Stefano ManziMV Agusta Idealavoro ForwardMV Agusta1’45.133
994Jonas FolgerPetronas Sprinta RacingKalex1’45.265
1020Dimas Ekky PratamaIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’45.302
1135Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’45.341
1296Jake DixonSama Qatar Angel Nieto TeamKTM1’45.505
134Steven OdendallNTS RW Racing GPNTS1’45.545
143Lukas TulovicKiefer RacingKTM1’45.605
1516Joe RobertsAmerican Racing KTMKTM1’45.665
1618Xavi CardelusSama Qatar Angel Nieto TeamKTM1’46.972
1772Marco BezzecchiRed Bull KTM Tech 3KTM1’48.061
1865Philipp OettlRed Bull KTM Tech 3KTMSem Tempo

No Q2, A Classificação no primeiros minutos foi devagar, Com Tetsura Nagashima marcando o tempo na casa de 1:45. A classificação só pegando a partir do 5ºminuto quando Luthi e Gardner assumiram as duas primeiras posições, passando para a casa de 1 minuto e 44 segundos. Logo depois, O Espanhol Augusto Fernandez da Pons acabou assumindo o terceiro lugar e Marcel Schrotter veio logo a seguir.

Jorge Navarro a 9 minutos e 45 segundos do final acabou superando todos eles e passando a liderança que durou 20 segundos. Primeiro pelo Australiano Remy Gardner que ganhou a ponta com 18 milésimos à frente. Luthi fez uma excelente volta acabou fazendo 1:44.290 passando para a ponta. Com Locatelli em uma ótima segunda posição e Gardner recuando para o 3ºlugar.

A 8 minutos do final, Navarro pegando o vácuo de Fabio di Giannantonio passou para a liderança superando Luthi. O suíço foi com tudo para uma volta voadora, Com 3 melhores parciais, mas na última acabou perdendo tempo e ficou com o 2ºlugar.

A 6 minutos e 35 segundos do final, Augusto Fernandez usou o Vacuo a referência de Lorenzo Baldassarri para passar para a liderança da classificação com 1:44.170. Já Fabio Di Giannantonio se beneficiou do Vácuo de Navarro para se colocar em uma boa quarta posição.

Luthi ficou tentando superar Fernandez, O piloto da Dynavolt fazia as melhores parciais até que no último setor ele perdia a mão e o tempo não vinha de jeito nenhum. A 3 minutos e 30 segundos do final, O suíço consegue 1:44.191 e sobe para o segundo lugar, Mas ainda não conseguiu resolver o problema do último Setor.

A 2 minutos e meio do final, Lorenzo Baldassarri usando do vácuo e da referência de Fernandez fez uma bela volta, passando do 14ª para a 6ªposição. Na curva 9, Remy Gardner foi ao chão. Para o Australiano o treino acabava por ai mesmo.

Marquez e Luthi tentaram uma melhora na última volta, Mas foi Lowes que deu as emoções finais da Classificação. Com 2 das 4 melhores Parciais parecia que o Inglês iria para a pole position, Mas acabou dando uma pequena derrapada na entrada da Reta e acabou certamente acabou por prejudicar sua possibilidade de pole, Ainda assim conseguiu passar para o 3ºlugar e ficar na primeira fila.

Augusto Fernandez conquistou a pole position para a prova da Catalunha. O piloto da Pons acabou segurando o primeiro lugar do Suíço Thomas Luthi e do Inglês Sam Lowes que iriam compor com o Espanhol a primeira fila. Na segunda fila vinham os dois pilotos da Speed UP. Navarro em 4º não era mais uma surpresa, Mas Fabio di Giannantonio em 5º é uma agradável surpresa ver que o vice-campeão da Moto 3 estava se adaptando rápido a categoria intermediária. Alex Marquez, Vencedor das 2 últimas corridas completa a 2ªfila com a Marc VDS.

O líder do Campeonato Lorenzo Baldassarri larga em uma respeitável 7ªposição, Com Nicolo Bulega em 8ºlugar. E a dupla da Italtrans completava os 10 primeiros colocados, Com Andrea Locatelli a frente de Enea Bastianini.

Fotos:

Grid de Largada:

PosPilotoEquipeMotoTempo
140Augusto FernandezFLEXBOX HP 40Kalex1’44.170
212Thomas LuthiDynavolt Intact GPKalex1’44.191
322Sam LowesFederal Oil Gresini Moto2Kalex1’44.199
49Jorge NavarroHDR Heidrun Speed UpSpeed Up1’44.211
521Fabio di GiannantonioHDR Heidrun Speed UpSpeed Up1’44.259
673Alex MarquezEG 0,0 Marc VDSKalex1’44.270
77Lorenzo BaldassarriFLEXBOX HP 40Kalex1’44.437
811Nicolo BulegaSKY Racing Team VR46Kalex1’44.489
95Andrea LocatelliItaltrans Racing TeamKalex1’44.505
1033Enea BastianiniItaltrans Racing TeamKalex1’44.558
1187Remy GardnerONEXOX TKKR SAG TeamKalex1’44.569
1223Marcel SchorotterDynavolt Intact GPKalex1’44.600
1310Luca MariniSKY Racing Team VR46Kalex1’44.640
1464Bo BendsneyderNTS RW Racing GPNTS1’44.808
1527Iker LecuonaAmerican Racing KTMKTM1’44.874
1645Tetsuta NagashimaONEXOX TKKR SAG TeamKalex1’45.131
1788Jorge MartinRed Bull KTM AjoKTM1’45.244
1824Simone CorsiTasca Racing Scuderia Moto2Kalex1’46.962
1941Brad BinderRed Bull KTM AjoKTM1’44.913
2097Xavi ViergeEG 0,0 Marc VDSKalex1’44.917
2177Dominique AegerterMV Agusta Idealavoro ForwardMV Agusta1’45.048
2262Stefano ManziMV Agusta Idealavoro ForwardMV Agusta1’45.133
2394Jonas FolgerPetronas Sprinta RacingKalex1’45.265
2420Dimas Ekky PratamaIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’45.302
2535Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalex1’45.341
2696Jake DixonSama Qatar Angel Nieto TeamKTM1’45.505
274Steven OdendallNTS RW Racing GPNTS1’45.545
283Lukas TulovicKiefer RacingKTM1’45.605
2916Joe RobertsAmerican Racing KTMKTM1’45.665
3018Xavi CardelusSama Qatar Angel Nieto TeamKTM1’46.972
3172Marco BezzecchiRed Bull KTM Tech 3KTM1’48.061
3265Philipp OettlRed Bull KTM Tech 3KTMSem Tempo

Corrida:

Na largada da categoria intermediária, Luthi largou melhor que Fernandez e assumiu a liderança, Sam Lowes continuava na terceira posição seguido de Fabio di Giannantonio, Enea Bastianini e Alex Marquez. Gardner bateu na roda do Baldassarri e acabou indo ao chão na curva 4 e abandona a prova. Quem largou muito bem foi Xavi Vierge, Ganhou 12 posições subindo da 20ª para a 8ªposição.

Fernandez começa a prova pressionando Luthi, A moto da Pons estava se comportando melhor no começo da prova, Lowes vinha segurando o 3ºlugar dos ataques de Di Giannantonio, Bastianini, Marquez e Navarro. Lorenzo Baldassarri partia para a recuperação, Passando Simone Corsi e depois a Brad Binder subindo do 11º para o 9ºlugar.

Augusto Fernandez pressionava Thomas Luthi, Na curva 10 da 4ªVolta, O espanhol tentou atacar o Suíço que se defendeu bem e manteve o primeiro lugar. Na volta seguinte, Fernandez tentou no mesmo ponto e dessa vez conseguiu a ultrapassagem para assumir a liderança. Luthi tentou um contra ataque, Mas Fernandez se defendeu bem e segurou a liderança.

Luthi não desistiu da liderança, Se manteve colado em Fernandez. Duas voltas dois, usando do vácuo o piloto da Dynavolt retomou a liderança da prova. Mas atrás, Alex Marquez já vinha na terceira posição e logo encostou em Luthi e em Fernandez na 7ªVolta. Na curva 10, Marquez passou o Piloto da Pons chegando à segunda posição. Na mesma curva, Lorenzo Baldassarri caiu e abandonou pela terceira vez em 2019. Com os resultados do momento, O Italiano perderia a liderança do campeonato para Luthi e Marquez, com o Suíço assumindo a liderança.

Na entrada da 9ªVolta, Navarro passou Bastianini e assumiu a 5ªposição, Estava muito bem os pilotos da Speed UP, Fabio di Giannatonio vinha em 4º chegou em Fernandez para disputar o terceiro lugar. Na entrada da primeira curva da 10ªVolta ocorreu a ultrapassagem e tomou a terceira posição.

Luthi abriu meio segundo sobre Marquez lá na frente. Os dois pilotos se afastavam dos demais: Di Giannantonio, Fernandez, Navarro, Bastianini, Schrotter, Vierge, Lowes e Marini.

Na curva 10 da 10ªVolta, Di Giannantonio foi ao chão e perdeu a chance de ir para o pódio. Fernandez voltou a 3ªposição, Mas já estava sendo pressionado por Jorge Navarro. Em grande momento buscava o seu 4ºpódio nas últimas 5 corridas. Na frente, Marquez pressionava a Luthi na disputa pela liderança e pela vitória. O Little Marquez tentou o vácuo na volta 13, Mas ainda não dava para tomar a frente do Suíço. Na Volta seguinte a tentativa de Alex Marquez foi um sucesso e o piloto da Marc VDS passou a liderança ao superar Thomas Luthi, que tentou voltar pra cima do Espanhol, Que segurou a 1ªposição. Na mesma reta, Navarro passou Fernandez assumindo a terceira posição. Á 2.6 segundos atrás de Luthi. Depois vinham Bastianini em 5º. Schrotter em 6º era pressionado pelo Vierge. Marini, Lowes e Nagashima completa os 10 primeiros lugares.

Luthi não deixou Marquez se afastar muito na liderança, A disputa pela vitória não tinha ainda acabado a 6 voltas do final, Mas a partir dai o suíço perde rendimento e começa a se contentar com o segundo lugar e Marquez abria mais diferença. Mais atrás, Marini tenta passar Xavi Vierge. O piloto da Marc VDS se defende muito bem. Ao invés disso Marini passou Schrotter e foi para cima de Vierge no final da prova passando para o 6ºlugar.

Marquez levou sua moto para a sua 3ªVitória seguida e para a liderança do campeonato. Finalmente o irmão de Marc Marquez esta tendo um desempenho compatível de postulante ao título da Moto 2. Thomas Luthi acabou tendo que segurar o 2ºlugar devido ao desgaste dos seus pneus e Jorge Navarro chegou perto do piloto da Dynavolt e completou o pódio, O 4º pódio em 5 corridas.

Augusto Fernandez acabou mesmo com uma boa corrida ficando de fora do Pódio, O 4ºlugar após a pole position deu a sensação de que o Espanhol poderia ter ido um pouco melhor na Catalunha. Enea Bastianini, vem crescendo muito na moto 2. Conseguiu o 5ºlugar, Seu melhor resultado na temporada e vem entre os primeiros lugares no campeonato. Luca Marini veio mais de trás e numa corrida de recuperação acabou a prova em 6ºlugar. Schrotter levou a melhor sobre Xavi Vierge e acabou ficando na frente no confronto dos 2ºpilotos de equipe da Marc VDS e da Dynavolt.

Completando os 10 primeiros colocados os pilotos Sam Lowes (Que parece ter uma boa moto de treino, Mas na corrida já não tem o mesmo desempenho e ele perdeu posições) e pelo Japonês Tetsura Nagashima da SAG.

Muito triste a situação da KTM, Brad Binder ficou em 11ºlugar e Jorge Martin ficou com o 15ºlugar salvando um ponto. Uma pena ver que o chassi da KTM acabou dando um passo atrás em relação aos 2 últimos anos, Quando o chassi era o único chassi a verdadeiramente disputar corrida a corrida com a poderosa Kalex. Daqui a 2 semanas teremos a etapa na Cadetral da Motovelocidade, Em Assen na Holanda a pergunta que fica no ar: Como vamos para o Little Marquez na Moto 2?

Fotos:

Resultado final do GP da Catalunha
Mundial de Motovelocidade – Moto 2

PosPilotoEquipeMotoTempo
173Alex MarquezEG 0,0 Marc VDSKalex38’25.678
212Thomas LuthiDynavolt Intact GPKalexa 1.989
39Jorge NavarroHDR Heidrun Speed UpSpeed Upa 2.532
440Augusto FernandezFLEXBOX HP 40Kalexa 3.802
533Enea BastianiniItaltrans Racing TeamKalexa 7.472
610Luca MariniSKY Racing Team VR46Kalexa 13.996
723Marcel SchrotterDynavolt Intact GPKalexa 14.565
897Xavi ViergeEG 0,0 Marc VDSKalexa 14.953
922Sam LowesFederal Oil Gresini Moto2Kalexa 15.898
1045Tetsuta NagashimaONEXOX TKKR SAG TeamKalexa 17.947
1141Brad BinderRed Bull KTM AjoKTMa 20.891
125Andrea LocatelliItaltrans Racing TeamKalexa 20.930
1311Nicolo BulegaSKY Racing Team VR46Kalexa 22.352
1424Simone CorsiTasca Racing Scuderia Moto2Kalexa 25.192
1588Jorge MartinRed Bull KTM AjoKTMa 27.132
1677Dominique AegerterMV Agusta Idealavoro ForwardMV Agustaa 30.395
1735Somkiat ChantraIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 32.230
1864Bo BendsneyderNTS RW Racing GPNTSa 33.315
1994Jonas FolgerPetronas Sprinta RacingKalexa 39.441
2016Joe RobertsAmerican Racing KTMKTMa 42.600
2120Dimas Ekky PratamaIDEMITSU Honda Team AsiaKalexa 44.461
224Steven OdendallNTS RW Racing GPNTSa 47.623
2372Marco BezzecchiRed Bull KTM Tech 3KTMa 54.911
243Lukas TulovicKiefer RacingKTMa 59.776
2518Xavi CardelusSama Qatar Angel Nieto TeamKTMa 1’22.064
NC96Jake DixonSama Qatar Angel Nieto TeamKTM1 Volta
NC62Stefano ManziMV Agusta Idealavoro ForwardMV Agusta6 Voltas
NC21Fabio di GiannantonioHDR Heidrun Speed UpSpeed Up9 Voltas
NC7Lorenzo BaldassarriFLEXBOX HP 40Kalex16 Voltas
NC27Iker LecuonaAmerican Racing KTMKTM20 Voltas
NC87Remy GardnerONEXOX TKKR SAG TeamKalex22 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Moto 3 na Catalunha – Várias Quedas e vitória de Marcos Ramirez

No começo do Q1, Muitos pilotos entraram na pista, fizeram uma volta e voltaram para boxes. Quem marcou a melhor volta no começo foi o Japonês Ryusei Yamanaka da Estrella Galícia, Com Suzuki, Oncu e Falac nas 4 primeiras posições, Mas ainda tinha muito piloto que não tinha feito tempo. Essa marca de Yamanaka duraria pouco. Ogura marcou o segundo tempo, O Japonês volta depois de se ausentar do GP da Itália em Mugello.

A 9 minutos do final, Kazuki Masaki tomou a ponta do Q1, Seguido por Ayumu Sasaki, Ai Ogura, Ryusei Yamanaka e Tatsuki Suzuki colocando praticamente todos os japoneses nas primeiras posições.

Um minuto depois, Dennis Foggia e Romano Fenati marcaram o 4º e 5ºlugares e quebraram a sequência Nipônica. Isso durou segundos, Tatsuki Suzuki deu uma volta voadora e restabeleceu a hierarquia Japonesa no Q1.

Romano Fenati foi para uma nova volta e como um caçador implacável acabou fazendo 1:49.735 e tomou a ponta com a sua Moto da Spiners. Albert Arenas aproveitou o vácuo do piloto Italiano subindo para o 3ºlugar a 5 minutos do final.

Meio Minuto depois, Ai Ogura tomou a ponta com 1:49.407, Mazaki que estava 2º acabou superando Fenati, mas superado pelo piloto da Honda Asia Team. Jakub Kornfeil e tentou melhorar sua marca, Mas acabou recuando uma posição, Já que Fenati melhorou seu tempo para o 6ºlugar deixando o tcheco logo atrás.

No final do Q1: Acidente envolvendo Celestino Vietti e Jabku Kornfeil. O Italiano acabou indo para o Chão, mas o piloto da PruestelGP também sofreu com o acidente e não conseguiu mais treinar. Tatsuki Suzuki acabou fazendo uma grande volta final e acabou o Q1 com 1:48.970 e com o primeiro lugar, Superando a Andrea Migno da Bester com 1:49.063 e Albert Arenas da Aspar Martinez com 1:49.090. Ai Ogura acabou fechando a lista de classificados.

Kazuki Masaki apesar do bom desempenho acabou de fora do Q2. Can Oncu, Ryusei Yamanaka e Romano Fenati completaram os 8 primeiros colocados. Mais um desempenho desapontador para Fenati enquanto que Ryusei Yamanaka se destacou com o bom treino que ele fez na sua 3ªprova na Moto 3.

Resultado final do Q1:

PosPilotoEquipeMotoTempo
124Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda1’48.970
216Andrea MignoBester Capital DubaiKTM1’49.063
375Albert ArenasSama Qatar Angel Nieto TeamKTM1’49.090
479Ai OguraHonda Team AsiaHonda1’49.407
522Kazuki MasakiBOE Skull Rider Mugen RaceKTM1’49.625
661Can OncuRed Bull KTM AjoKTM1’49.660
76Ryusei YamanakaEstrella Galicia 0,0Honda1’49.675
855Romano FenatiVNE SnipersHonda1’49.735
971Ayumu SasakiPetronas Sprinta RacingHonda1’49.782
107Dennis FoggiaSKY Racing Team VR46KTM1’49.783
1113Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTM1’49.878
1284Jakub KornfeilRedox PruestelGPKTM1’49.971
1327Kaito TobaHonda Team AsiaHonda1’50.197
1454Riccardo RossiKömmerling Gresini Moto3Honda1’50.600
1577Vicente PerezReale Avintia Arizona 77KTM1’51.032
1612Filip SalacRedox PruestelGPKTM1’51.578
1769Tom Booth-AmosCIP Green PowerKTM1’51.758

Ao começar o Q2, Os dois pilotos da equipe SIC 58 saíram dos boxes para começaram a classificação na decisão da pole position. Na primeira volta, Os pilotos da Estrella Galícia (Lopez e Garcia) ficaram juntos pegando vácuo um do outro para se puxarem para a frente na Classificação. Garcia na primeira volta foi meio segundo melhor que Alonso Lopez. Enquanto isso, Antonelli foi para o Chão.

Na metade da classificação, Apesar de ter sido atrapalhado em sua volta rápida, O Argentino Gabriel Rodrigo passa a liderar a classificação com 1:48.450. Aron Canet caiu para o segundo lugar. Tony Arbolino da Snipers, Albert Arenas da Aspar Martinez, Lorenzo Dalla Porta da Leopard Racing, Masia da Bester, McPhee da Petronas e Suzuki da SIC58.

A 4 minutos e 30 segundos do final do Treino, Lopez e Garcia da Estrella galícia foram para a suas última tentativas, mas os outros pilotos estavam esperando qual o primeiro que iria para a pista a fim de segui-lo para pegar o vácuo do piloto da Frente. “Isso é sem dúvida a coisa mais chata que a Moto 3 vive hoje em dia, Na minha opinião.”

A 2 minutos e 20 segundos é que todo mundo foi para a pista, Menos o primeiro colocado Gabriel Rodrigo. O piloto da Gresini acabou perdendo tempo demais e acabou não conseguindo abrir sua volta. Sua pole estava ameaçada, Ele teria de torcer para que ninguém baixasse seu tempo.

Apesar das melhoras de tempo de Ogura, Arbolino e Suzuki, A torcida contra deu resultado. Rodrigo conquistou a pole position. O Sábado foi perfeito para o piloto da Gresini, Mas essa pole não era o objetivo do Argentino, mas sim o dia seguinte. O Objetivo era a tão sonhada primeira vitória no Mundial de Motovelocidade. Ai Ogura vindo do Q1 larga em 2º e Tony Arbolino que ganhou a prova passada completa a primeira fila.

Na segunda fila, largam Tatsuki Suzuki da SIC58, Aron Canet, Líder do campeonato e que buscava manter a posição e quem sabe a segunda vitória no Ano e Albert Arenas que acabou sendo uma certa surpresa o seu 6ºlugar e sua ida ao Q2.

Alonso Lopez teve uma boa participação e conseguiu uma boa marca que o leva a abrir a 3ªFila, Que terá o Espanhol Jaume Masia e o Italiano Lorenzo Dalla Porta que caiu no final da classificação. John McPhee fecha os 10 primeiros colocados. Niccolò Antonelli caiu de novo no final e ficou sem tempo, Assim como o Espanhol Carlos Tatay, Que corre como convidado na Catalunha,

Fotos:

Grid de Largada:

PosPilotoEquipeMotoTempo
119Gabriel RodrigoKömmerling Gresini Moto3Honda1’48.450
279Ai OguraHonda Team AsiaHonda1’48.471
314Tony ArbolinoVNE SnipersHonda1’48.764
424Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHonda1’48.782
544Aron CanetSterilgarda Max Racing TeamKTM1’48.796
675Albert ArenasSama Qatar Angel Nieto TeamKTM1’48.809
721Alonso LopezEstrella Galicia 0,0Honda1’49.072
85Jaume MasiaBester Capital DubaiKTM1’49.079
948Lorenzo Dalla PortaLeopard RacingHonda1’49.300
1017John McPheePetronas Sprinta RacingHonda1’49.454
1116Andrea MignoBester Capital DubaiKTM1’49.561
1242Marcos RamirezLeopard RacingHonda1’49.588
1311Sergio GarciaEstrella Galicia 0,0Honda1’49.700
1476Makar YurchenkoBOE Skull Rider Mugen RaceKTM1’49.769
1525Raul FernandezSama Qatar Angel Nieto TeamKTM1’49.830
1640Darryn BinderCIP Green PowerKTM1’51.429
1723Niccolò AntonelliSIC58 Squadra CorseHondaSem Tempo
1899Carlos TatayFundacion Andreas Perez 77KTMSem Tempo
1922Kazuki MasakiBOE Skull Rider Mugen RaceKTM1’49.625
2061Can OncuRed Bull KTM AjoKTM1’49.660
216Ryusei YamanakaEstrella Galicia 0,0Honda1’49.675
2255Romano FenatiVNE SnipersHonda1’49.735
2371Ayumu SasakiPetronas Sprinta RacingHonda1’49.782
247Dennis FoggiaSKY Racing Team VR46KTM1’49.783
2513Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTM1’49.878
2684Jakub KornfeilRedox PruestelGPKTM1’49.971
2727Kaito TobaHonda Team AsiaHonda1’50.197
2854Riccardo RossiKömmerling Gresini Moto3Honda1’50.600
2977Vicente PerezReale Avintia Arizona 77KTM1’51.032
3012Filip SalacRedox PruestelGPKTM1’51.578
3169Tom Booth-AmosCIP Green PowerKTM1’51.758

Dia de Sol na Catalunha para mais uma corrida movimentada e imprevisível da Moto 3.

Rodrigo largou bem na largada, Mas Arbolino foi buscar a liderança da prova e conseguiu a ultrapassagem, Enquanto que Rodrigo e Ogura foram engolidos na largada. Canet assumiu o segundo lugar com Suzuki, Dalla Porta, Arenas e Ramirez nas 6 primeiras posições. Na curva 5, Canet passa a liderar a prova. Ainda na primeira volta, Na curva 10, Suzuki acaba caindo e deixando a prova.

Ao final da primeira volta, Dalla Porta que largou em 8ºlugar assumiu a liderança, Arbolino estava em 2º a frente de Aron Canet. Quem mais perdeu em relação a largada foi Ogura que caiu do 2º para o 12ºlugar, Por outro lado o tcheco Filip Salac ganhou 14 posições, Largando do último lugar para a 17ªposição.

Dalla Porta resistiu na liderança até ao final da 3ªVolta, Quando a moto do piloto italiano falha obrigando a abandonar a prova. A liderança foi para seu companheiro da Leopard, Marcos Ramirez, Com Darryn Binder em 2º seguido de Rodrigo, McPhee, Lopez, Arbolino e Canet que recuou do 2º para o 7ºlugar. Na volta 5, Na grande reta, Alonso Lopez assumiu a liderança para festa da torcida da Catalunha, Curvas depois: Um grande acidente envolvendo Filip Salac, Vicente Perez, Can Oncu, Raul Fernandez, Albert Arenas e Sergio Garcia. O Causador do acidente foi o piloto Turco.

O Argentino Gabriel Rodrigo passou Lopez e assumiu a liderança e conseguiu manter a liderança na reta dos boxes na 6ªvolta. Na mesma volta na mesma curva, Andrea Migno foi para o Chão. Na volta seguinte, Darryn Binder passou Rodrigo e passou a liderança.

Na volta seguinte tudo mudou e Lopez reassumiu a liderança, Com John Mcphee passando a segunda posição. Binder que entrou na 8ªVolta líder acabou caindo para o 10ºlugar. Quem vinha muito bem era Jaume Masia, Que largou do 20ºlugar estava já em 4ºlugar.

O piloto da Bester não parou por ai, Depois ele passou McPhee, Ramirez e depois partiu para cima do Lopez passando em poucos segundos assumiu a liderança. Naquele momento ele seria o líder do campeonato. Tony Arbolino chegou a passar Masia no final da reta usando o vácuo, Mas acabou errando a curva 3 e perdeu muitas posições, Na Volta seguinte ele tem o mesmo problema e acaba por deixar a prova.

A 10 voltas do final, Rodrigo volta a ponta, Mas logo é despejado da 1ªposição pelo Alonso Lopez, Darryn Binder e John McPhee caindo para o 4ºlugar na segunda metade da 11ªVolta.

Na volta seguinte, McPhee assume pela primeira vez a liderança superando Binder, Rodrigo, Lopez e Masia.

Na 14ªVolta, Darryn Binder toca em Masia que vai para o Chão. Fim de prova para o piloto da Bester e Binder continuava na prova. No final da volta, Lopez era o líder, Mas bastou entrarem na reta dos boxes na entrada da 15ªVolta para Rodrigo usar o vácuo e voltar à liderança, Lopez foi engolido e caiu para o 6ºlugar. McPhee, Toba, Ogura e Ramirez estavam à frente do piloto da Estrella Galícia.

Na reta final, Mais pilotos começaram a cair. O primeiro deles foi o Japonês Kazuki Masaki da RBA quando vinha no melhor momento dele na prova. Toba assumiu a liderança seguido de Niccolò Antonelli em 2º após largar do 27ºlugar.

A 4 voltas do final, Alonso Lopez e Gabriel Rodrigo ultrapassaram Toba e assumiram as 2 primeiras posições na curva 4. O Japonês que venceu a prova de Losail não desistiu, tentou voltar a ponta, mas foi superado pelo escocês John McPhee. Com essa briga toda, Alonso Lopez abriu uma boa vantagem e parecia que ele tinha assegurado à liderança na volta 18. Porém, Na reta dos boxes, Toba e Rodrigo passaram Lopez usando o vácuo e tomaram a liderança para eles. Na mesma 1ªCurva, Antonelli passou da reta e caiu para o 14ºlugar.

Na penúltima volta, Gabriel Rodrigo e Darryn Binder caíram na curva 10 e tentaram voltar a prova para salvarem pelo menos um ponto. Toba segurou a liderança com Canet em 2º tentando a vitória.

O Japonês tinha a vitória nas mãos, Até que na curva 10, Toba caiu e se aproveitando dessa confusão, O Espanhol Marcos Ramirez passou Canet e assumiu a liderança a 3 curvas do final. Canet foi com tudo na curva final, Mas o piloto da Leopard segurou a ponta e conquistou a primeira vitória no Mundial de Motovelocidade.

O Espanhol vindo da Andalusia vinha de resultados frustrantes e agora conquista sua primeira vitória segurando a Aron Canet, que continua líder na segunda posição em uma corrida segura, Só arriscando na última curta uma possibilidade de vitória. O pódio foi completado pelo Italiano Celestino Vietti da VR46, Superando no final a Alonso Lopez da Estrella Galícia que ficou a apenas 89 milésimos do pódio.

Dennis Foggia acabou conquistando a 5ªposição com a outra moto da VR46, Nenhum dos pilotos de Valentino Rossi apareceram na corrida, Mas acabaram se aproveitando das quedas de outros pilotos para obter um bom resultado. O Japonês Al Ogura acabou a prova em 6ºlugar.

Romano Fenati ficou o tempo todo atrás, Mas acabou se recuperando no final e ficou em uma razoável 7ªposição. Completando os 10 primeiros colocados os pilotos Ayumi Sasaki da Petronas, Ryusei Yamanaka (Convidado pela Estrella Galícia) e Jakub Kornfeil da PruestelGP.

Daqui a duas semanas teremos a 8ªEtapa do Campeonato, Em Assen na Holanda. E agora para terminar. A Dorna tem que fazer alguma coisa para impedir que essas corridas sejam disputadas através do Vácuo. É impossível que mais de 20 pilotos disputam a vitória, é impossível que uma categoria tenha 20 pilotos do mesmo Nível. As provas da moto 3 estão ficando horríveis e perigosas.

A Sugestão seria que a Categoria faça alguma coisa, Diminuía a influência do Vácuo para que as corridas sejam mais qualificadas e que as melhores equipes possam se sobressair, Se a categoria tiver corridas com uns 10 pilotos no máximo disputando a vitória em um mesmo Grupo já esta bom, que o piloto que largou lá atrás e que fica a segundos atrás do primeiro grupo possa recuperar o tempo perdido se tiver moto para isso.

Fotos:

Resultado final do GP da Catalunha
Mundial de motovelocidade – Moto 3

PosPilotoEquipeMotoTempo
142Marcos RamirezLeopard RacingHonda38’36.156
244Aron CanetSterilgarda Max Racing TeamKTMa 0.119
313Celestino ViettiSKY Racing Team VR46KTMa 0.146
421Alonso LopezEstrella Galicia 0,0Hondaa 0.235
57Dennis FoggiaSKY Racing Team VR46KTMa 0.947
679Ai OguraHonda Team AsiaHondaa 1.008
755Romano FenatiVNE SnipersHondaa 1.068
871Ayumu SasakiPetronas Sprinta RacingHondaa 1.358
96Ryusei YamanakaEstrella Galicia 0,0Hondaa 1.984
1084Jakub KornfeilRedox PruestelGPKTMa 2.472
1123Niccolò AntonelliSIC58 Squadra CorseHondaa 2.729
1299Carlos TatayFundacion Andreas Perez 77KTMa 2.980
1317John McpheePetronas Sprinta RacingHondaa 3.264
1469Tom Booth-AmosCIP Green PowerKTMa 11.120
1540Darryn BinderCIP Green PowerKTMa 18.467
1622Kazuki MasakiBOE Skull Rider Mugen RaceKTMa 21.845
1754Riccardo RossiKömmerling Gresini Moto3Hondaa 39.997
1877Vicente PerezReale Avintia Arizona 77KTMa 54.306
1924Tatsuki SuzukiSIC58 Squadra CorseHondaa 1’00.726
NC27Kaito TobaHonda Team AsiaHonda1 Volta
NC19Gabriel RodrigoKömmerling Gresini Moto3Honda2 Voltas
NC76Makar YurchenkoBOE Skull Rider Mugen RaceKTM3 Voltas
NC5Jaume MasiaBester Capital DubaiKTM8 Voltas
NC14Tony ArbolinoVNE SnipersHonda9 Voltas
NC12Filip SalacRedox PruestelGPKTM12 Voltas
NC16Andrea MignoBester Capital DubaiKTM16 Voltas
NC61Can OncuRed Bull KTM AjoKTM16 Voltas
NC25Raul FernandezSama Qatar Angel Nieto TeamKTM17 Voltas
NC11Sergio GarciaEstrella Galicia 0,0Honda17 Voltas
NC75Albert ArenasSama Qatar Angel Nieto TeamKTM17 Voltas
NC48Lorenzo Dalla PortaLeopard RacingHonda18 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Super Formula 2019 – Etapa 2 – Sekiguchi passeia em Autopolis e vence com facilidade

Grid de Largada:

posPilotoEquipeMotorTempo
14Yuji KunimotoKONDO RACINGTOYOTA/TRD Biz-01F1’47.602
239Sho TsuboiJMS P.MU/CERUMO・INGINGTOYOTA/TRD Biz-01F1’47.877
35Nirei FukuzumiDOCOMO TEAM DANDELION RACINGHONDA/M-TEC HR-417E1’48.059
436Kazuki NakajimaVANTELIN TEAM TOM’STOYOTA/TRD Biz-01F1’49.331
550Lucus AuerB-Max Racing with motoparkHONDA/M-TEC HR-417E1’49.463
638Hiroaki IshiuraJMS P.MU/CERUMO・INGINGTOYOTA/TRD Biz-01F1’50.036
73Kenta YamashitaKONDO RACINGTOYOTA/TRD Biz-01F1’50.273
818Kamui Kobayashicarrozzeria Team KCMGTOYOTA/TRD Biz-01F1’50.329
917Koudai TsukakoshiREAL RACINGHONDA/M-TEC HR-417E1’50.700
1037Nick CassidyVANTELIN TEAM TOM’STOYOTA/TRD Biz-01F1’51.169
118Kazuya OshimaUOMO SUNOCO TEAM LEMANSTOYOTA/TRD Biz-01F1’53.200
1216Tomoki NojiriTEAM MUGENHONDA/M-TEC HR-417E1’57.301
1365Tadasuke MakinoTCS NAKAJIMA RACINGHONDA/M-TEC HR-417E1’57.618
1415Daniel TicktumTEAM MUGENHONDA/M-TEC HR-417E1’59.909
1564Alex PalouTCS NAKAJIMA RACINGHONDA/M-TEC HR-417E2’00.399
1619Yuhi SekiguchiITOCHU ENEX TEAM IMPULTOYOTA/TRD Biz-01F2’05.208
171Naoki YamamotoDOCOMO TEAM DANDELION RACINGHONDA/M-TEC HR-417ESem Tempo
187Artem MarkelovUOMO SUNOCO TEAM LEMANSTOYOTA/TRD Biz-01FSem Tempo
1920Ryo HirakawaITOCHU ENEX TEAM IMPULTOYOTA/TRD Biz-01FSem Tempo
2051Harrison NeweyB-Max Racing with motoparkHONDA/M-TEC HR-417ESem Tempo

Em Autopolis tivemos uma outra exibição de Gala de Yuki Sekiguchi, Uma brilhante vitória do Japonês da equipe Impul. Uma Vitória que lembra a vitória dele em Sugo em 2016 (Clique aqui para ver como foi essa corrida)

Yuki Sekiguchi, Ao largar do 16ºlugar não tinha muitas esperanças de vencer a prova. A Classificação foi uma bagunça. Com o tempo chuvoso, Muita gente boa largar lá atrás. A Pole Position ficou o Japonês Yuji Kunimoto da Kondo Racing. Ao seu lado larga o jovem Japonês Sho Tsuboi, Campeão da Formula 3 Japonesa e 5ºlugar na prova de Suzuka. Na segunda fila largam Nirei Fukuzumi da Docomo e Kazuki Nakajima da Tom’s. O primeiro piloto estrangeiro foi o Austríaco Lucas Auer e o Campeão da Super Formula Hiroaki Ishiura da Cerumo.

Completando os 10 primeiros colocados: Kenta Yamashita, Kamui Kobayashi, Koudai Tsukakoshi e Nick Cassidy.

Na largada, Kunimoto, Tsuboi e Fukuzuki mantiveram os 3 primeiros colocados. Tomoki Nojiri e Harrison Newey não conseguiram largar e ficaram parados. Ao final da primeira volta, 4 pilotos foram para os boxes. Entre eles os pilotos Naoki Yamamoto, Kenta Yamashita. No final da segunda volta o Safety Car entrou na pista. Todos os outros pilotos foram para os boxes, Com exceção de Kunimoto, Sekiguchi e Makino. Os três ficaram na pista.

O piloto inglês Daniel Ticktum acabou indo para a grama após errar a freada e rodou logo depois da parada deixando a prova.

Problema teve mesmo o Russo Artem Markelov, que não conseguiu largar e quanto saiu dos boxes não conseguiu andar mais do que 100 metros. Fim de semana para se esquecer para ele.

Após a retirada do carro de Ticktum e de Markelov a corrida pode recomeçar na 8ªVolta. A chuva começava a apertar um pouco mais. Os três primeiros colocados (Kunimoto, Sekiguchi e Makino) dispararam na frente. Os dois pilotos da Cerumo vinham em 4º e 5ºlugar, Seguido de Yamashita, Oshima e Yamamoto. A pista estava dramaticamente difícil. Tsuboi e Koudai Tsukakoshi (que corria no lugar de Tristan Charpentier na Real) perderam posições. Na entrada da 10ªVolta, Kazuke Nakajima passou Tsuboi e assumiu o 9ºlugar.

Yuki Sekiguchi partiu para cima de Kunimoto. O Rendimento do piloto do Team Impul era bem melhor do que o desempenho do piloto da Kondo. Na 13ªVolta, Por fora Sekiguchi assumiu a liderança e logo em poucas voltas começou a abrir muita diferença em relação aos seus adversários, Abrindo mais de 5 segundos em apenas 2 voltas. Na parte do miolo, O Espanhol Alex Palou superou Ryo Hirakawa passando ao 11ºlugar.

Kunimoto começava a ficar mais para o piloto da Nakajima Tadasuke Makino, Um dos bons pilotos Japoneses que estão estreando na Super Formula nesse ano. (Ano passado estava na Formula 2) A pista em uma parte estava mais seca, Mas em outra parte, Na segunda parte estava mais melada. O Campeão do Ano passado Naoki Yamamoto que largou em 17ºlugar passou Hiroaki Ishiura subindo para o 4ºlugar. Depois da ultrapassagem ele foi abrindo do piloto da Cerumo e do resto do pelotão.

Na volta 26, Makino passou Kunimoto assumindo o segundo lugar. O piloto da Kondo tentou voltar a frente, Mas Makino já tinha o controle da situação. Já Yuki Sekiguchi tinha 26 segundos sobre Makino e 27.3 segundos sobre Kunimoto. Os 3 iriam para a parada obrigatoriamente até o final da prova. A vantagem que interessava para o piloto da Impul era em relação à Naoki Yamamoto, Essa vantagem para o 4ºcolocado era de 31.2 segundos. Para Sekiguchi eram necessários 40 segundos para fazer a parada e voltar ainda na frente do primeiro piloto que já cumpriu a parada obrigatória.

Quem vinha com a vida bem dificultosa era Sho Tsuboi, Ele que tinha ocupado a 5ªposição, já perderia posição para Lucas Auer e logo sofreria pressão de Nick Cassidy, Vencedor da prova de Suzuka. A ultrapassagem do neozelandês acontece na 28ªVolta. Logo em seguida, Kamui Kobayashi também supera Tsuboi e assume o 12ºlugar.

Naoki Yamamoto foi para cima de Yuji Kunomoto, O piloto da Kondo que precisava parar não tinha um grande rendimento e foi presa fácil para o piloto da Docomo que assumiu o 3ºlugar. O próximo a buscar posição do piloto da Konde era Kazuya Oshima da Team Lemans

Na 33ªVolta, Sekiguchi já tinha mais de 30 segundos para Makino e 40 segundos sobre Yamamoto. Era o bastante para voltar e vencer a corrida, Mesmo se o segundo colocado tivesse na frente, Makino teria de fazer a parada obrigatória.

Já Kunimoto estava totalmente fora da briga, Ele segurava Ishiura, Fukuzumi, Palou, Auer e Cassidy e ainda precisava fazer uma parada nos boxes. Situação complicada para o piloto da Kondo.

Na 38ªVolta, Hiroaki Ishiura passou Kunimoto (antigo companheiro de equipe na Cerumo) passando para a 5ªposição. Na volta 40, Sekiguchi foi para os boxes, Com a sua parada em 13 segundos ele voltou atrás apenas de Makino da Nakajima Racing e na frente de Yamamoto. Como o primeiro colocado ainda precisava parar, Sekiguchi passaria a liderança naturalmente.

Makino começou a anda tudo que ele sabia para abrir o máximo de vantagem possível, A sua briga era para se manter na zona de pontuação.

Na volta 43, Nirei Fukuzumi passou Ishiura e assumiu o 6ºlugar. Nas voltas finais a disputa mais atrás aumentava. Na 47ªVolta, Palou era ameaçado por Kenta Yamashita, Mas segura a posição. Na 48ªVolta, Fukuzumi passou Kunimoto que iria aos boxes na voltas finais.

Makino andou tudo que podia, até que na 51ªVolta ele teve que ir aos boxes. A equipe trabalhou um pouco mais lenta do que a equipe Impul, com 14.7 segundos. O Japonês voltou em 4ºlugar e segurou a pressão de Fukuzumi.

Nas voltas finais, Ishiura perdeu rendimento de seu carro e acabou tomando passagem de Alex Palou, Kenta Yamashita e na entrada da volta final, perdeu o 8ºlugar para Nick Cassidy.

Sekiguchi manteve a liderança até o final, Administrou a sua distância levando com cuidado o carro 19 para a 5ªVitória na Super Formula e os primeiros 10 pontos no campeonato. Naoki Yamamoto pela segunda vez fica em segundo lugar e lidera o campeonato com 16 pontos. O pódio foi completado por Kazuya Oshima da Le Mans.

Tadasuke Makino levou a equipe Nakajima ao 4ºlugar, seguido de Fukuzumi com o outro carro da Docomo (A equipe vem muito bem em relação a pilotos em 2019) Alex Palou acabou em uma boa sexta posição. Depois da estreia frustrante da Nakajima (Fazendo a primeira fila em Suzuka e abandonando a prova com Ambos) Conseguiram colocar os dois carros na Zona de Pontuação.

Kenta Yamashita salvou o dia da Kondo com o 7ºlugar e Nick Cassidy marca 1 ponto com o 8ºlugar. Ishiura e Kobayashi fecharam os 10 primeiros lugares.

Yuji Kunimoto terminou a prova em 16ªlugar, A 1 volta do líder. Realmente não deu para entender do porque seu carro estava tão sem rendimento como teve em Autopolis. Uma pena, Pois ele não pode mostrar seu talento. Ele é campeão da Super Formula em 2016 e não desaprendeu a pilotar de forma nenhuma. Certamente ele teve um problema sério para terminar tão mal a corrida.

Nesse domingo teremos a etapa no Rapidíssimo Circuito de Sugo, A 3ªEtapa da Super Formula Temporada 2019.

Resultado final da 2ªEtapa da Super Formula 2019
Autopolis

posPilotoEquipeMotorTempo
119Yuhi SekiguchiITOCHU ENEX TEAM IMPULTOYOTA/TRD Biz-01F1:30.29.891
21Naoki YamamotoDOCOMO TEAM DANDELION RACINGHONDA/M-TEC HR-417Ea 3.633
38Kazuya OshimaUOMO SUNOCO TEAM LEMANSTOYOTA/TRD Biz-01Fa 7.374
465Tadasuke MakinoTCS NAKAJIMA RACINGHONDA/M-TEC HR-417Ea 17.594
55Nirei FukuzumiDOCOMO TEAM DANDELION RACINGHONDA/M-TEC HR-417Ea 18.739
664Alex PalouTCS NAKAJIMA RACINGHONDA/M-TEC HR-417Ea 29.782
73Kenta YamashitaKONDO RACINGTOYOTA/TRD Biz-01Fa 30.774
837Nick CassidyVANTELIN TEAM TOM’STOYOTA/TRD Biz-01Fa 32.443
938Hiroaki IshiuraJMS P.MU/CERUMO・INGINGTOYOTA/TRD Biz-01Fa 34.058
1018Kamui Kobayashicarrozzeria Team KCMGTOYOTA/TRD Biz-01Fa 34.577
1150Lucus AuerB-Max Racing with motoparkHONDA/M-TEC HR-417Ea 35.479
1239Sho TsuboiJMS P.MU/CERUMO・INGINGTOYOTA/TRD Biz-01Fa 38.130
1336Kazuki NakajimaVANTELIN TEAM TOM’STOYOTA/TRD Biz-01Fa 38.287
1420Ryo HirakawaITOCHU ENEX TEAM IMPULTOYOTA/TRD Biz-01Fa 48.610
1517Koudai TsukakoshiREAL RACINGHONDA/M-TEC HR-417Ea 56.082
164Yuji KunimotoKONDO RACINGTOYOTA/TRD Biz-01Fa 1 Volta
1751Harrison NeweyB-Max Racing with motoparkHONDA/M-TEC HR-417Ea 1 Volta
1816Tomoki NojiriTEAM MUGENHONDA/M-TEC HR-417Ea 1 Volta
x15Daniel TicktumTEAM MUGENHONDA/M-TEC HR-417Ea 52 Voltas – Rodada
x7Artem MarkelovUOMO SUNOCO TEAM LEMANSTOYOTA/TRD Biz-01Fa 54 Voltas – Abandono

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: Super Formula/Twitter/DiarioMotor/HondaJP