indianapolisgp_2016 (31)

Indycar – Round 5 em Indianápolis tem 3ªVitória seguida de Pagenaud

Grid de Largada:

1    Simon Pagenaud        (Team Penske    Dallara/Chevrolet)    1m08.6868s
2    Charlie Kimball        (Chip Ganassi Racing    Dallara/Chevrolet)    0.2948s
3    James Hinchcliffe    (Schmidt Peterson Motorsports    Dallara/Honda)    0.5392s
4    Jack Hawksworth        (AJ Foyt Enterprises    Dallara/Honda)    0.8273s
5    Tony Kanaan        (Chip Ganassi Racing    Dallara/Chevrolet)    0.5643s
6    Juan Pablo Montoya    (Team Penske    Dallara/Chevrolet)    0.5777s
7    Scott Dixon        (Chip Ganassi Racing    Dallara/Chevrolet)    0.7142s
8    Sebastien Bourdais    (KVSH Racing    Dallara/Chevrolet)    0.7568s
9    Mikhail Aleshin        (Schmidt Peterson Motorsports    Dallara/Honda)    0.9903s
10    Will Power        (Team Penske    Dallara/Chevrolet)    1.2429s
11    Max Chilton        (Chip Ganassi Racing    Dallara/Chevrolet)    0.6421s
12    Alexander Rossi        (Andretti Herta    Dallara/Honda)    0.4607s
13    Helio Castroneves    (Team Penske    Dallara/Chevrolet)    0.8079s
14    Matthew Brabham        (Team Murray    Dallara/Chevrolet)    0.6076s
15    Ryan Hunter-Reay    (Andretti Autosport    Dallara/Honda)    0.8408s
16    J.R. Hildebrand        (Ed Carpenter Racing    Dallara/Chevrolet)    0.7509s
17    Carlos Munoz        (Andretti Autosport    Dallara/Honda0    0.9589s
18    Spencer Pigot        (Rahal Letterman Lanigan    Dallara/Honda)    0.7723s
19    Marco Andretti        (Andretti Autosport    Dallara/Honda)    1.0610s
20    Takuma Sato        (AJ Foyt Enterprises    Dallara/Honda)    0.7791s
21    Alex Tagliani        (AJ Foyt Enterprises    Dallara/Honda)    1.7241s
22    Conor Daly        (Dale Coyne Racing    Dallara/Honda)    0.7927s
23    Gabby Chaves        (Dale Coyne Racing    Dallara/Honda)    1.0852s
24    Graham Rahal        (Rahal Letterman Lanigan    Dallara/Honda)    Desclassificado
25    Josef Newgarden        (Ed Carpenter Racing    Dallara/Chevrolet)    Desclassificado

Matthew Brabham corre as duas corridas em Indianápolis
Matthew Brabham corre as duas corridas em Indianápolis

A 5ªEtapa do campeonato da Formula Indy de 2016 em Indianápolis abre a programação da 100ºEdição das 500 milhas de Indianápolis. O belo circuito misto no Indianápolis Motor Speedway teve mais uma vez a pole position do Francês Simon Pagenaud com Charlie Kimball em 2º e James Hinchcliffe em 3ºlugar. Josef Newgarden e Graham Rahal tiveram irregularidades em seus carros

Na largada Pagenaud segurou a liderança com James Hinchcliffe tomando o segundo lugar de Charlie Kimball, Naprimeira curva Tony Kannan ao tentar desviar de Scott Dixon espremeu o francês Sebastian Bourdais e ambos ficaram parados no final da curva 1 provocando a primeira bandeira amarela da corrida. Bourdais voltou para os boxes e Tony Kannan deixou a corrida.

Kannan foi um dos destaques negativos.
Kannan foi um dos destaques negativos.

Graham Rahal e Josef Newgarden foram para os boxes para a primeira parada visando uma tática diferente dos líderes, Na volta 5 a relargada foi dada com Pagenaud mantendo a liderança da prova, Montoya passou o Britânico Jack Hawksworth assumindo o 4ºlugar, Alexander Rossi entrou em duro combate com Will Power pelo 10ºlugar, O Campeão de 2014 não suportou a pressão do piloto da Andretti e acabou rodando indo para as últimas posições.

Dixon foi para cima de Hawksworth em busca do 5ºlugar enquanto que Pagenaud abria vantagem sobre Pagenaud e Kimball, Dixon demorou 6 voltas para conseguir passar o piloto da A.J.Foyt assumindo a 5ªposição na 14ªVolta, 4 Voltas depois Kimball aproveitou os retardatários para passar Hinchcliffe para assumir o segundo lugar.

Conor Daly na melhor corrida da temporada até agora.
Conor Daly na melhor corrida da temporada até agora.

Hélio Castroneves, Carlos Muñoz, Conor Daly, Jack Hawksworth, JR Hildebrand, Gabby Chaves, Will Power, Alex Tagliani e Takuma Sato foram para uma tática diferente nos boxes e por isso estavam na mira dos líderes para tomarem volta. Newgarden foi para os boxes pela segunda vez na 20ªVolta. O primeiro dos líderes a pararem nos boxes foram Montoya e Hunter-Reay na 22ªVolta, Pagenaud foi para os boxes para a volta 23 deixando Charlie Kimball na liderança por uma volta, O piloto da Chip Ganassi foi para os boxes na 24 volta e com uma ótima parada Kimball voltou na liderança, Mas Pagenaud com os pneus mais aquecidos foi para cima e ultrapassou o norte-americano para voltar a liderança da corrida.

Graham Rahal foi o último a parar nos boxes para a parada (Ele tinha feito uma parada durante a primeira bandeira amarela). Após as paradas a classificação era a seguinte: Pagenaud, Kimball, Hinchcliffe, Dixon, Hunter-Reay, Rossi, Castroneves, Rahal, Muñoz e Pigot depois de 30 Voltas.

Hélio Castroneves apostou em uma tática diferente e se deu bem
Hélio Castroneves apostou em uma tática diferente e se deu bem

Scott Dixon foi para cima de Hinchcliffe em busca do terceiro lugar, O piloto da Schmidt aumentou o seu ritmo e começou a se aproximar de Kimball. Rossi, Castroneves e principalmente Graham Rahal faziam belas corridas de recuperação em 6º, 7º e 8ºlugares respectivamente. A Segunda Bandeira amarela foi ativada devido ao abandono de Sebastian Bourdais e de JR Hildebrand que pararam seus carros em pontos considerados perigosos na volta 38. Todo mundo junto com o Safety Car e quase todos os pilotos aproveitaram essa bandeira amarela para fazerem uma parada nos boxes aonde a equipe de James Hinchcliffe acabou fazendo um trabalho melhor e pulou do 3º para o 1ºlugar com Pagenaud em 2º e Kimball em 3º dos que pararam já que Hélio Castroneves e Conor Daly não foram para os boxes assumindo as duas primeiras posições com Hinchcliffe, Pagenaud e Kimball logo atrás.

Na Volta 46 tivemos uma nova relargada e o piloto da Dale Coyne Conor Daly não tomou conhecimento do piloto da Penske e ultrapassou assumindo a liderança assim como Pagenaud que tomou a 3ªPosição de Hinchcliffe que acabou perdendo posição para Kimball caindo para o 5ºlugar, Mas na volta seguinte Hinchcliffe deu o troco em cima de Kimball que acabou ao tentar recuperar posição indo para fora do traçado da pista no começo da parte do oval e isso deu a chance de no final da Reta dos boxes de Rahal passar o piloto da Chip Ganassi assumindo o 5ºlugar.

Com o decorrer das voltas os pilotos Conor Daly e Hélio Castroneves que foram para uma tática diferente de corrida poderiam só precisar de uma parada nos boxes o que faria os dois entrarem na disputa pela vitória.

Mas no fim de tudo foi dia mais uma vez de Simon Pagenaud
Mas no fim de tudo foi dia mais uma vez de Simon Pagenaud

Na 60ªVolta Dixon foi o primeiro dos líderes a irem para os boxes para a sua última parada nos boxes, Na Volta 61 parou Conor Daly e James Hinchcliffe, Na Volta 62 parou Graham Rahal e Charlie Kimball, Na Volta 63 foi para os Boxes o Brasileiro Hélio Castroneves e na volta 64 parou Simon Pagenaud que voltou na primeira posição após todas as paradas nos boxes, Hélio Castroneves estava em 2ºlugar ambos estavam tranquilos, Mas Conor Daly estava pressionado pelo piloto da Schmidt Hinchcliffe apertando o piloto da Dale Coyne na luta pelo pódio.

A 13 Voltas do final Hinchcliffe ultrapassou Daly assumindo o 3ºlugar, Voltas depois Hinchcliffe foi para cima de Castroneves enquanto que Daly foi pressionado e ultrapassado por Rahal e Kimball caindo para o 6ºlugar. No final da prova apesar da pressão do piloto da Schmidt o Brasileiro Hélio Castroneves segurou o 2ºlugar somente atrás de Simon Pagenaud que conquistou a sua 3ªVitória seguida na Penske e na Temporada disparando na liderança do campeonato, Castroneves completou a dobradinha em 2ºlugar e Hinchcliffe completou o pódio em 3ºlugar.

A Se elogiar as provas de Graham Rahal em 4ºlugar após largar dos últimos lugares e de Conor Daly que levou a Dale Coyne das últimas posições a liderar a corrida e chegar em 6ºlugar, Entre eles o Norte-americano Charlie Kimball em 5ºlugar com o melhor carro da Chip Ganassi.

Hinchcliffe conquistando o primeiro pódio da temporada.
Hinchcliffe conquistando o primeiro pódio da temporada.

Domingo que vem teremos as 500 milhas de Indianápolis com cobertura especial do Portalsportszone dessa 100ªEdição desse evento mundial do esporte a motor.

Resultado Final da 5ªEtapa da Formula Indy
GP de Indianápolis – 82 Voltas

1 Simon Pagenaud (Team Penske Dallara/Chevrolet) 1h 50:18.5823
2 Helio Castroneves (Team Penske Dallara/Chevrolet) a 4.4748
3 James Hinchcliffe (Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda) a 5.0807
4 Graham Rahal (Rahal Letterman Lanigan Dallara/Honda) a 7.0715
5 Charlie Kimball (Chip Ganassi Racing Dallara/Chevrolet) a 7.4234
6 Conor Daly (Dale Coyne Racing Dallara/Honda) a 12.1838
7 Scott Dixon (Chip Ganassi Racing Dallara/Chevrolet) a 12.9226
8 Juan Pablo Montoya (Team Penske Dallara/Chevrolet) a 13.6912
9 Ryan Hunter-Reay (Andretti Autosport Dallara/Honda) a 15.1933
10 Alexander Rossi (Andretti Herta Dallara/Honda) a 16.3134
11 Spencer Pigot (Rahal Letterman Lanigan Dallara/Honda) a 20.5172
12 Carlos Munoz (Andretti Autosport Dallara/Honda) a 29.6369
13 Mikhail Aleshin (Schmidt Peterson Motorsports Dallara/Honda) a 43.3094
14 Max Chilton (Chip Ganassi Racing Dallara/Chevrolet) a 43.3785
15 Marco Andretti (Andretti Autosport Dallara/Honda) a 44.6339
16 Matthew Brabham (Team Murray Dallara/Chevrolet) a 45.5107
17 Gabby Chaves (Dale Coyne Racing Dallara/Honda) a 47.0326
18 Takuma Sato (AJ Foyt Enterprises Dallara/Honda) a 56.3389
19 Will Power (Team Penske Dallara/Chevrolet) a 57.4410
20 Jack Hawksworth (AJ Foyt Enterprises Dallara/Honda) a 1:03.7229
21 Josef Newgarden (Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet) a 1:08.6234
22 J.R. Hildebrand (Ed Carpenter Racing Dallara/Chevrolet) a 1 Volta
23 Alex Tagliani (AJ Foyt Enterprises Dallara/Honda) a 1 Volta
24 Sebastien Bourdais (KVSH Racing Dallara/Chevrolet) a 62 Voltas – Mecânico
25 Tony Kanaan (Chip Ganassi Racing Dallara/Chevrolet) a 82 Voltas – acidente

Fotos:

 

View post on imgur.com

Vídeo:

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos e Vídeos: Indycar

MotoGP_Mugello_2016_race (8)

Lorenzo nos metros finais ultrapassa Marquez e conquista vitória, Rossi quebra motor e cala Torcida Italiana em Mugello

Em Mugello Jorge Lorenzo teve 2 duros combates para conquistar a sua 3ªVitória na temporada do Mundial de Motovelocidade, Primeiramente com Valentino Rossi que foi o pole position, Na Largada Lorenzo e Rossi disputaram o primeiro lugar com um piloto da Tech 3 quase tomando o segundo lugar, Na primeira curva tivemos 3 pilotos no chão Loris Baz, Jack Miller e Alvaro Bautista que deixaram a prova. Lorenzo disputavam a liderança com Marquez disputando o 3ºlugar com Aleix Espargaró que largou muito bem. Andrea Dovizioso recuperou muitas posições e já estava entre os primeiros colocados, Ao contraio de Marevick Viñales que largou muito mal e foi lá para trás.

Quedas na primeira curva
Quedas na primeira curva

Nas primeiras voltas a disputa ficou polarizada entre Rossi e Lorenzo pela liderança com Marc Marquez um pouco mais atrás esperando o que poderia acontecer dessa briga entre os pilotos oficiais da Yamaha, Depois vinham Dovizioso e Iannone mostrando força da Ducati, Dani Pedrosa estava um pouco mais atrás tendo de passar Scott Redding que vinha em uma bela atuação.

Rossi e Lorenzo travaram o primeiro duelo pela vitória
Rossi e Lorenzo travaram o primeiro duelo pela vitória

A disputa entre Lorenzo e Rossi iria durar até a volta 9 quando o piloto Italiano com problemas com o motor da sua moto que foi pelos ares acabou deixando a prova. Na mesma volta Scott Redding que vinha em um sólido 8ºlugar tem problemas de pressão em sua moto obrigando a deixar a corrida, Quando Lorenzo parecia que iria ter vida tranquila para conquistar a vitória eis que surge Marc Marquez e Andrea Dovizioso que chegaram perto do piloto Espanhol da Yamaha, Mas logo Dovizioso que será companheiro de Lorenzo acabou se distanciando dessa disputa deixando a luta pela vitória entre os dois espanhóis.

Sem Sorte para Redding, Já Petrucci teve um bom dia em Mugello
Sem Sorte para Redding, Já Petrucci teve um bom dia em Mugello

Lorenzo e Marquez travaram um duelo mortal nas voltas finais da corrida com um passando o outro a cada curva do circuito, Um pouco mais atrás Dovizioso começava a sentir a pressão de Andrea Iannone e de Dani Pedrosa formando uma bela disputa pelo pódio, A poucas voltas do final na curva 1 Dovizioso acabou escapando e perdendo a trajetória e perdeu a chance do pódio que o piloto da Honda e o piloto da Ducati iriam duelar, Viñales que vai correr na Yamaha em 2017 com Valentino Rossi vinha em 6ºlugar e depois vinham Bradley Smith (Na melhor prova dele na temporada) Aleix Espargaró (Longe de Viñales) e Danilo Petrucci em sua segunda corrida disputando posição no final de prova.

Lorenzo e Marquez chegaram na volta final trocando posições, Marquez conseguiu a ultrapassagem nas curvas finais e quando parecia que ele derrotaria a Yamaha de Lorenzo nos metros finais o Gladiador do Asfalto pegou o vácuo da Formiga Atômica e passou nos metros finais para garantir a vitória e a manutenção da liderança do campeonato por apenas 19 milésimos de segundos sobre Marc Marquez que chegou em segundo lugar e esta agora a 10 pontos de Lorenzo na segunda posição e ambos estão com uma vantagem mais cômoda para Rossi que estacionou com os seus 79 Pontos.

Lorenzo levou a vitória nos últimos metros
Lorenzo levou a vitória nos últimos metros

O 3ºlugar ficou com Andrea Iannone que superou a Dani Pedrosa por menos de 2 décimos de segundo, É o segundo pódio do piloto Italiano que esta de malas prontas para a Suzuki em 2017 para substituir Viñales, Já Andrea Dovizioso conseguiu terminar uma corrida nesse ano depois de tantas quedas e quebras ficando em 5ºlugar em uma corrida apenas boa seguido por Marevick Viñales que recuperou posições depois de uma largada ruim. Bradley Smith segurou Danilo Petrucci e ficou em 7ºlugar ganhando a disputa das motos satélites em cima de Danilo Petrucci que terminou muito bem na 8ºposição com a Pramac Ducati que não quebrou, Aleix Espargaró foi muito mal ficando em 9ºlugar e Michele Pirro em sua participação nessa prova com a 3ªMoto da Ducati ficou apenas em 10ºlugar em uma corrida apagada.

Iannone conquista seu segundo pódio na temporada 2016.
Iannone conquista seu segundo pódio na temporada 2016.

Cal Crutchlow também muito mal com a LCR Honda em 11ºlugar, Hector Barbera e Eugeune Laverty fazendo o que era possível com a Ducati de 2014 em 12ºe 13º, Stefan Bradl salva 2 pontos em um final de semana ruim da Aprilla que não tem moto boa nesse tipo de circuito e Pol Espargaró ficou em 15ºlugar, Yonny Hernandez sendo punido por queimar a largada ficou sem pontuar em 16ºlugar em mais uma exibição esquecível para o piloto colombiano da Aspar Martinez.

Mais um final de semana ruim para Hernandez
Mais um final de semana ruim para Hernandez

Daqui a duas semanas o Mundial de Motovelocidade parte para o Circuito da Catalunha na Espanha para a 7ªEtapa do Campeonato mundial da MotoGP.

Resultado final do GP da Itália
Mundial de Motovelocidade – Moto GP – 23 Voltas

1 99 Jorge Lorenzo (Movistar Yamaha MotoGP Yamaha) 41’36.535
2 93 Marc Marquez (Repsol Honda Team Honda) a 0.019
3 29 Andrea Iannone (Ducati Team Ducati) a 4.742
4 26 Dani Pedrosa (Repsol Honda Team Honda) a 4.910
5 4 Andrea Dovizioso (Ducati Team Ducati) a 6.256
6 25 Maverick Viñales (Team SUZUKI ECSTAR Suzuki) a 8.670
7 38 Bradley Smith (Monster Yamaha Tech 3 Yamaha) a 13.340
8 9 Danilo Petrucci (OCTO Pramac Yakhnich Ducati) a 14.598
9 41 Aleix Espargaró (Team SUZUKI ECSTAR Suzuki) a 18.643
10 51 Michele Pirro (Ducati Team Ducati) a 22.298
11 35 Cal Crutchlow (LCR Honda Honda) a 27.936
12 8 Hector Barbera (Avintia Racing Ducati) a 35.712
13 50 Eugene Laverty (Aspar Team MotoGP Ducati) a 38.032
14 6 Stefan Bradl (Aprilia Racing Team Gresini Aprilia) a 40.094
15 44 Pol Espargaró (Monster Yamaha Tech 3 Yamaha) a 59.811
16 68 Yonny Hernandez (Aspar Team MotoGP Ducati) a 1’04.397

Não Terminaram a corrida:

46 Valentino Rossi (Movistar Yamaha MotoGP Yamaha) a 15 Voltas
45 Scott Redding (OCTO Pramac Yakhnich Ducati) a 15 Voltas
43 Jack Miller (Estrella Galicia 0,0 Marc VDS Honda) a 23 Voltas
19 Alvaro Bautista (Aprilia Racing Team Gresini Aprilia) a 23 Voltas
76 Loris Baz (Avintia Racing Ducati) a 23 Voltas

Pódio em Mugello da MotoGP
Pódio em Mugello da MotoGP

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Moto2_mugello_2016_race (3)

Na Moto 2 Johann Zarco trava duelo com Baldassarri e conquista vitória em Mugello

Johann Zarco aproveitou o fato da corrida da moto 2 ter sido encurtada devido a um acidente nas primeiras voltas para vencer e se recuperar no campeonato após o fracasso na França. Na primeira largada o Japonês Takaaki Nakagami se saiu melhor e assumiu a liderança após a 2ªcurva, mas depois Sam Lowes, Thomas Luthi e Lorenzo Baldassarri superaram o japonês que também foi a luta pela ponta da corrida e o líder do campeonato Alex Rins entrou nessa disputa.

Na 5ªVolta o piloto Xavi Vierge sofreu um acidente forte e com isso a corrida foi paralisada e os pilotos voltaram para os boxes em uma longa espera de meia hora. Devido a isso a corrida foi diminuída para 10 voltas apenas para não comprometer a programação da MotoGP. O grid foi definido de acordo com a posição no final da 3ªVolta da primeira parte da prova. Mais ao descumprir uma regra que é discutível de revisão aonde os pilotos tem apenas 1 minuto para sair dos boxes dois pilotos que estavam entre os favoritos Alex Rins e Takaaki Nakagami foram para o fundo do Grid.

Moto2_mugello_2016_race (1)

Na segunda largada Zarco entrou na luta pela vitória e foi ganhando posição a posição até chegar a liderança da prova e travou um duelo com o piloto da casa Lorenzo Baldassarri da Forward Team com os dois trocando ultrapassagens e disputando metro a metro pela liderança da prova, Um pouco mais atrás Luthi estava em 3ºlugar com o Malaio Syarhin segurando a Sam Lowes na disputa pelo 4ºlugar até o finalzinho da prova quando Lowes se livrou do piloto da Petronas e logo depois foi para cima de Luthi para ganhar o 3ºlugar.

Moto2_mugello_2016_race (2)

Apesar da pressão do piloto italiano a vitória ficou mesmo nas mãos de Johann Zarco por apenas 0.030 segundos de vantagem para Baldassarri que conquista seu primeiro pódio na temporada e Sam Lowes completou o pódio e reassumiu a liderança do campeonato da Moto 2, Thomas Luthi ficou em 4ºlugar na frente de Hafizh Syarhin que foi beneficiado pelos pilotos punidos ficando em 5ºlugar que acaba sendo seu segundo melhor resultado na temporada e Alex Pons em seu melhor resultado na Temporada ficou em 6ºlugar. Alex Rins e Takaaki Nakagami tiveram belas recuperações largando dos últimos lugares eles chegarem em 7º e 9ºlugar com Franco Morbidelli da Estrella Galícia Marc VDS separando os dois pilotos, Considero essa a melhor corrida do piloto da IDEMITSU Honda Team Asia.

Dominique Aegerter fechou os 10 primeiros colocados. Simone Corsi que também foi punido também se recuperou e chegou em 12º (Atrás de Sandro Cortese), Os pilotos da Leopard Racing ficaram em 13º e 14ºLugares (Oliveira na frente de Kent) e Jonas Folger que tinha deixado a corrida na primeira corrida teve a sorte de voltar a prova na 2ªLargada e completar o evento na 15ªposição salvando um ponto nesse fim de semana desastroso para o Alemão. Daqui a 2 semanas teremos o GP da Catalunha em Barcelona para a 7ªEtapa do Mundial de Motovelocidade.

Moto2_mugello_2016_race

Resultado final – GP da Itália
Mundial de Motovelocidade – Moto 2 – 10 Voltas

1 5 Johann Zarco (Ajo Motorsport Kalex) 18’59.391
2 7 Lorenzo Baldassarri (Forward Team Kalex) a 0.030
3 22 Sam Lowes (Federal Oil Gresini Moto2 Kalex) a 1.096
4 12 Thomas Luthi (Garage Plus Interwetten Kalex) a 1.215
5 55 Hafizh Syarhin (Petronas Raceline Malaysia Kalex) a 1.653
6 49 Axel Pons (AGR Team Kalex) a 2.110
7 40 Alex Rins (Paginas Amarillas HP 40 Kalex) a 5.649
8 21 Franco Morbidelli (Estrella Galicia 0,0 Marc VDS Kalex) a 6.249
9 30 Takaaki Nakagami (IDEMITSU Honda Team Asia Kalex) a 6.280
10 77 Dominique Aegerter (CarXpert Interwetten Kalex) a 6.322
11 11 Sandro Cortese (Dynavolt Intact GP Kalex) a 6.720
12 24 Simone Corsi (Speed Up Racing Speed Up) a 7.659
13 44 Miguel Oliveira (Leopard Racing Kalex) a 7.718
14 52 Danny Kent (Leopard Racing Kalex) a 7.745
15 94 Jonas Folger (Dynavolt Intact GP Kalex) a 8.046
16 73 Alex Marquez (Estrella Galicia 0,0 Marc VDS Kalex) a 9.300
17 60 Julian Simon (QMMF Racing Team Speed Up) a 10.410
18 23 Marcel Schrotter (AGR Team Kalex) a 11.585
19 88 Ricard Cardus (JPMoto Malaysia Suter 164.0) a 11.654
20 42 Federico Fuligni (Team Ciatti Kalex) a 14.739
21 70 Robin Mulhauser (CarXpert Interwetten Kalex) a 15.089
22 14 Ratthapark Wilairot (IDEMITSU Honda Team Asia Kalex) a 15.098
23 57 Edgar Pons (Paginas Amarillas HP 40 Kalex) a 21.012
24 32 Isaac Viñales (Tech 3 Racing Tech 3) a 21.734
25 33 Alessandro Tonucci (Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex) a 30.005
26 2 Jesko Raffin (Sports-Millions-EMWE-SAG Kalex) a 50.423

Não Completou a prova:

39 Luis Salom (SAG Team Kalex) a 2 Voltas
54 Mattia Pasini (Italtrans Racing Team Kalex) a 9 Voltas
19 Xavier Simeon (QMMF Racing Team Speed Up) a 10 Voltas
10 Luca Marini (Forward Team Kalex) a 10 Voltas
97 Xavi Vierge (Tech 3 Racing Tech 3) a 10 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

brad_binder_wins_mugello16_moto3

Binder conquista vitória em Mugello na chegada mais apertada da história entre os 5 primeiros

O líder do campeonato Brad Binder conquistou a vitória em Mugello e que foi uma vitória das mais suadas pois da primeira a última volta tivemos troca de líderes e tivemos vários pilotos disputando a vitória.

Pawi, Quartararo, Bagnaia, Navarro, Fenati, Binder, Fábio di Giannantonio que foi a revelação da prova foram alguns que lideraram a corrida, Os dois mais próximos perseguidores de Binder na classificação do campeonato acabaram abandonando a prova, Primeiro foi Romano Fenati a 11 voltas do final quando ele liderava a prova e era um dos candidatos a vitória certamente e Duas voltas depois foi a vez de Navarro deixar a corrida após ter ido para o chão.

Se a vida de Binder estava boa já no campeonato ficou ótima, No final da prova Binder disputava a vitória principalmente com Fábio Quartararo que fazia a melhor corrida dele na temporada e também com Bagnaia que conseguia leva a Mahindra para disputar vitórias, Di Giannantonio e Antonelli enquanto que Pawi, Canot e Spiranelli foram para chão na volta final.

Binder conquistou a vitória enquanto que Quartararo acabou engolido nos metros finais por Giannantonio, Bagnaia e Antonelli ficando apenas em 5ºlugar, Os outros dois lugares do Pódio foram para Fabio di Giannantonio com a Honda Gresini e Francesco Bagnaia com a Mahindra da Aspar Martinez, Niccolò Antonelli e Fabio Quartararo ficaram sem pódio em 4º e 5ºlugares, A diferença entre o vencedor do 5ºlugar foi de 0.077 segundos sendo a menor diferença de todos os tempos entre os 5 primeiros colocados.

Completaram os 10 primeiros colocados o Japonês Hiroki Ono que fez uma grande exibição chegando a lutar pela vitória, Joan Mir com a Leopard Racing, Nicolo Bulega que acabou sendo o melhor piloto do time de Valentino Rossi, Juanfran Guevara com a RBA Racing e Andrea Migno que foi 2ºlugar do Grid de largada ficou apenas em 10ºlugar a 1.762 segundos do vencedor.

O 15ºlugar Lorenzo Dalla Porta ficou a 2.041 e a Maria Herrera que ficou em 21ºlugar acabou a 4.916 segundos, Qual categoria do esporte a motor pode ter 21 pilotos separados por menos de 5 segundos numa corrida de quase 40 minutos? A Moto 3 é sensacional mesmo que Binder esteja disparado na liderança do campeonato temos sempre disputas maravilhosas. Daqui a duas semanas teremos mais uma grande disputa no GP da Catalunha em Barcelona na Espanha.

Resultado final do Mundial de Motovelocidade
Moto 3 – GP da Itália – 20 Voltas

1 41 Brad Binder (Red Bull KTM Ajo KTM) 39’49.382
2 4 Fabio DI Giannantonio (Gresini Racing Moto3 Honda) a 0.038
3 21 Francesco Bagnaia (ASPAR Mahindra Team Moto3 Mahindra) a 0.069
4 23 Niccolò Antonelli (Ongetta-Rivacold Honda) a 0.075
5 20 Fabio Quartararo (Leopard Racing KTM) a 0.077
6 76 Hiroki Ono (Honda Team Asia Honda) a 1.037
7 36 Joan Mir (Leopard Racing KTM) a 1.532
8 8 Nicolo Bulega (SKY Racing Team VR46 KTM) a 1.538
9 58 Juanfran Guevara (RBA Racing Team KTM) a 1.567
10 16 Andrea Migno (SKY Racing Team VR46 KTM) a 1.762
11 95 Jules Danilo (Ongetta-Rivacold Honda) a 1.791
12 33 Enea Bastianini (Gresini Racing Moto3 Honda) a 1.792
13 19 Gabriel Rodrigo (RBA Racing Team KTM) a 1.933
14 88 Jorge Martin (ASPAR Mahindra Team Moto3 Mahindra) a 2.011
15 48 Lorenzo Dalla Porta (Schedl GP Racing KTM) a 2.041
16 11 Livio Loi (RW Racing GP BV Honda) a 2.391
17 84 Jakub Kornfeil (Drive M7 SIC Racing Team Honda) a 2.434
18 64 Bo Bendsneyder (Red Bull KTM Ajo KTM) a 2.577
19 24 Tatsuki Suzuki (CIP-Unicom Starker Mahindra) a 2.775
20 98 Karel Hanika (Platinum Bay Real Estate Mahindra) a 4.289
21 6 Maria Herrera (MH6 Team KTM) a 4.916
22 7 Adam Norrodin (Drive M7 SIC Racing Team Honda) a 34.654
23 17 John Mcphee (Peugeot MC Saxoprint Peugeot) a 34.692
24 43 Stefano Valtulini (3570 Team Italia Mahindra) a 34.739
25 77 Lorenzo Petrarca (3570 Team Italia Mahindra) a 42.628

Não Completaram a corrida:

44 Aron Canet (Estrella Galicia 0,0 Honda) a 1 Volta
89 Khairul Idham Pawi (Honda Team Asia Honda) a 1 Volta
3 Fabio Spiranelli (CIP-Unicom Starker Mahindra) a 1 Volta
55 Andrea Locatelli (Leopard Racing KTM) a 7 Voltas
9 Jorge Navarro (Estrella Galicia 0,0 Honda) a 9 Voltas
5 Romano Fenati (SKY Racing Team VR46 KTM) a 11 Voltas
40 Darryn Binder (Platinum Bay Real Estate Mahindra) a 13 Voltas
10 Alexis Masbou (Peugeot MC Saxoprint Peugeot) a 17 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Lowes_pole_mugello

Lowes conquista a pole em Mugello na Moto 2

O Inglês Sam Lowes levou a pole position com facilidade no circuito de Mugello nesse sábado, O piloto da Gresini assumiu a liderança do Treino e não perdeu mais o primeiro lugar no Grid de largada, pela forma que Lowes dominou o treino ele é certamente um dos candidatos a vitória Para a corrida de logo mais.

Takaaki Nakagami larga em 2ºlugar em um belo final de semana, O Japonês busca sua primeira vitória no Mundial de Motovelocidade e o piloto da casa Lorenzo Baldassarri completa a primeira fila com a moto da Forward e quer transformar a velocidade que ele esta tendo nas corridas em resultados que ele não esta conseguido devido as quedas que ele esta tendo no começo da temporada.

marini_mugello_moto3_16

A Segunda fila temos os dois pilotos da AGR com Axel Pons em 4ºlugar e Marcel Schrotter em 5ºlugar na frente do campeão de 2015 Johann Zarco que larga em 6ºlugar, Completando os 10 primeiros colocados os pilotos Thomas Luthi, Simone Corsi, Alex Rins que é o Líder do campeonato e Luca Marini com a outra moto da Forward. Jonas Folger que vai correr na Tech 3 na MotoGP em 2017 não foi bem e só vai largar em 17ºlugar. A Largada para a Etapa GP da Itália da moto 2 vai ser as 7 e 20 da manhã.

Raffin_moto2mugello_2016

Grid de Largada da Moto 2
GP da Itália – Mundial de Motovelocidade

1 22 Sam Lowes (Federal Oil Gresini Moto2 Kalex) 1’51.965
2 30 Takaaki Nakagami (IDEMITSU Honda Team Asia Kalex) 1’52.012
3 7 Lorenzo Baldassarri (Forward Team Kalex) 1’52.088
4 49 Axel Pons (AGR Team Kalex) 1’52.091
5 23 Marcel Schrotter (AGR Team Kalex) 1’52.134
6 5 Johann Zarco (Ajo Motorsport Kalex) 1’52.198
7 12 Thomas Luthi (Garage Plus Interwetten Kalex) 1’52.265
8 24 Simone Corsi (Speed Up Racing Speed Up) 1’52.321
9 40 Alex Rins (Paginas Amarillas HP 40 Kalex) 1’52.321
10 10 Luca Marini (Forward Team Kalex) 1’52.330
11 11 Sandro Cortese (Dynavolt Intact GP Kalex) 1’52.343
12 77 Dominique Aegerter (CarXpert Interwetten Kalex) 1’52.361
13 21 Franco Morbidelli (Estrella Galicia 0,0 Marc VDS Kalex) 1’52.394
14 73 Alex Marquez (Estrella Galicia 0,0 Marc VDS Kalex) 1’52.399
15 55 Hafizh Syarhin (Petronas Raceline Malaysia Kalex) 1’52.466
16 39 Luis Salom (SAG Team Kalex) 1’52.624
17 94 Jonas Folger (Dynavolt Intact GP Kalex) 1’52.652
18 52 Danny Kent (Leopard Racing Kalex) 1’52.694
19 19 Xavier Simeon (QMMF Racing Team Speed Up) 1’52.743
20 60 Julian Simon (QMMF Racing Team Speed Up) 1’52.754
21 44 Miguel Oliveira (Leopard Racing Kalex) 1’53.170
22 54 Mattia Pasini (Italtrans Racing Team Kalex) 1’53.238
23 14 Ratthapark Wilairot (IDEMITSU Honda Team Asia Kalex) 1’53.318
24 70 Robin Mulhauser (CarXpert Interwetten Kalex) 1’53.623
25 88 Ricard Cardus (JPMoto Malaysia Suter) 1’53.778
26 32 Isaac Viñales (Tech 3 Racing Tech 3) 1’53.806
27 57 Edgar Pons (Paginas Amarillas HP 40 Kalex) 1’53.881
28 42 Federico Fuligni (Team Ciatti Kalex) 1’53.949
29 97 Xavi Vierge (Tech 3 Racing Tech 3) 1’54.288
30 33 Alessandro Tonucci (Tasca Racing Scuderia Moto2 Kalex) 1’54.832
31 2 Jesko Raffin (Sports-Millions-EMWE-SAG Kalex) 1’55.197

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP