2ºTreino Livre – Massacre da Mercedes em cima da concorrência

Hamilton foi o mais rápido do dia em Austin

A Mercedes massacrou a concorrência no dia de hoje em Austin. Isso foi a lógica da temporada de 2014 aonde se tornou uma prática comum da equipe de Nico Rosberg e de Lewis Hamilton que colocaram 1 segundo sobre o terceiro colocado, Uma surra praticamente!

Entre os pilotos da Mercedes acabou o Inglês Lewis Hamilton como o mais rápido a apenas 3 milésimos na frente de seu companheiro de equipe Nico Rosberg e com o detalhe do Alemão ter dado 34 voltas contra apenas 18 do piloto Inglês mostrando o melhor momento de Hamilton na temporada tanto é que venceu as 4 últimas corridas seguidamente (Itália, Cingapura, Japão e Rússia) e Rosberg que tinha uma situação estabilizada na liderança até a prova da Bélgica acabou tendo problemas em Cingapura e nas outras provas em que o Hamilton ganhou ele só chegou em 2ºlugar e se nada mais acontecer com nenhum dos dois a tendência é que Hamilton seja o Campeão.

Fernando Alonso ficou em 3ºlugar tirando tudo que a Ferrari não tem como tirar nessa temporada que para o Espanhol só espera o ano acabar para ir a sua nova equipe na Formula 1 que poderá ser a Mclaren ou poderá o caminho dele ser a Porsche no mundial de Endurance, Daniel Ricciardo em 4º com a Red Bull e em contraste Sebastian Vettel que vai largar dos boxes nessa etapa do campeonato ficou em último lugar devido aos problemas que viveu nesse treino livre.

Felipe Massa acabou o dia em um bom 5ºlugar com Raikkonen em 6º e depois Kvyat, Magnussen, Button e Hulkenberg resumiram bem o confronto entre a Mclaren, Force India e Toro Rosso, Valtteri Bottas ficou em 11º no único treino que ele fez no dia de hoje assim com Jean-Éric Vergne que terminou o dia em um modesto 13ºlugar.

Amanhã Teremos o treino livre e o treino oficial do GP dos Estados Unidos com link de Streaming de 4 países diferentes para todos vocês, Serviço que será oferecido também no dia da Corrida, Isso tudo amanhã a partir do meio-dia!

Opções:

http://www.portalsportszone.com.br/live/aovivo_austin_f1_1.html
http://www.portalsportszone.com.br/live/aovivo_austin_f1_2.html
http://www.portalsportszone.com.br/live/aovivo_austin_f1_3.html
http://www.portalsportszone.com.br/live/aovivo_austin_f1_4.html

Grosjean e seu bico de pato na Lotus

Resultado do Segundo Treino Livre – GP dos Estados Unidos de Formula 1

1     44     Lewis Hamilton     (Mercedes)         1:39.085     – 18  Voltas
2     6     Nico Rosberg     (Mercedes)         1:39.088     – 34 Voltas
3     14     Fernando Alonso     (Ferrari)             1:40.189     – 29 Voltas
4     3     Daniel Ricciardo     (Red Bull Racing-Renault)     1:40.390     – 30 Voltas
5     19     Felipe Massa     (Williams-Mercedes)     1:40.457     – 36 Voltas
6     7     Kimi Räikkönen     (Ferrari)             1:40.543     – 32 Voltas
7     26     Daniil Kvyat     (STR-Renault)         1:40.631     – 34 Voltas
8     20     Kevin Magnussen     (McLaren-Mercedes)     1:40.641     – 38 Voltas
9     22     Jenson Button     (McLaren-Mercedes)     1:40.698     – 36 Voltas
10     27     Nico Hulkenberg     (Force India-Mercedes)     1:40.800     – 25 Voltas
11     77     Valtteri Bottas     (Williams-Mercedes)     1:40.828     – 37 Voltas
12     8     Romain Grosjean     (Lotus-Renault)         1:41.054     – 31 Voltas
13     25     Jean-Eric Vergne     (STR-Renault)         1:41.110     – 36 Voltas
14     11     Sergio Perez     (Force India-Mercedes)     1:41.123     – 35 Voltas
15     13     Pastor Maldonado     (Lotus-Renault)         1:41.158     – 37 Voltas
16     99     Adrian Sutil     (Sauber-Ferrari)         1:41.332     – 33 Voltas
17     21     Esteban Gutierrez     (Sauber-Ferrari)         1:41.420     – 34 Voltas
18     1     Sebastian Vettel     (Red Bull Racing-Renault)     1:43.980     – 19 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Foto: Lotus/Mercedes

Primeiro Treino livre – GP dos Estados Unidos

Observações sobre o 1ºtreino livre:

Triste um cenário com 18 carros no Grid em Austin As Mercedes comandaram o primeiro Treino com Lewis Hamilton que ficou em primeiro lugar sendo o único a entrar na casa do 1:39 contra o 1:40.2 de Rosberg e o 1:40.319 de Jenson Button que mostra uma Mclaren em Evolução no final do campeonato da equipe de Woking tendo também em vista o 5ºlugar de Kevin Magnussen, No meio das duas Mclaren o Russo Danill Kyvat acabou em 4ºlugar com a Toro Rosso, Fernando Alonso e Sebastian Vettel ficaram em 6º e 7ºcolocados.

Felipe Nasr fez o primeiro treino livre no lugar de Valtteri Bottas ficando em 8º na frente de Felipe Massa que ficou em 11ºlugar, Max Verstappen substituiu a Jean-Éric Vergne e ficou em 10ºlugar. O Segundo treino livre acontece daqui a pouco as 5 da Tarde com transmissão por streaming da TV Inglesa: http://www.portalsportszone.com.br/live/aovivo_austin_f1_1.html

Resultado do primeiro Treino livre – GP dos Estados Unidos

1 44 Lewis Hamilton (Mercedes) 1:39.941 – 28 Voltas
2 6 Nico Rosberg (Mercedes) 1:40.233 – 32 Voltas
3 22 Jenson Button (McLaren-Mercedes) 1:40.319 – 27 Voltas
4 26 Daniil Kvyat (STR-Renault) 1:40.887 – 33 Voltas
5 20 Kevin Magnussen (McLaren-Mercedes) 1:40.987 – 29 Voltas
6 14 Fernando Alonso (Ferrari) 1:41.065 – 27 Voltas
7 1 Sebastian Vettel (Red Bull Racing-Renault) 1:41.463 – 20 Voltas
8 40 Felipe Nasr (Williams-Mercedes) 1:41.545 – 19 Voltas
9 27 Nico Hulkenberg (Force India-Mercedes) 1:41.722 – 24 Voltas
10 38 Max Verstappen (STR-Renault) 1:41.785 – 32 Voltas
11 19 Felipe Massa (Williams-Mercedes) 1:41.907 – 21 Voltas
12 7 Kimi Räikkönen (Ferrari) 1:41.965 – 23 Voltas
13 13 Pastor Maldonado (Lotus-Renault) 1:42.329 – 28 Voltas
14 99 Adrian Sutil (Sauber-Ferrari) 1:42.333 – 23 Voltas
15 11 Sergio Perez (Force India-Mercedes) 1:42.359 – 23 Voltas
16 21 Esteban Gutierrez (Sauber-Ferrari) 1:42.516 – 24 Voltas
17 3 Daniel Ricciardo (Red Bull Racing-Renault) 1:42.598 – 5 Voltas
18 8 Romain Grosjean (Lotus-Renault) 1:43.229 – 26 Voltas

Sol em Austin na véspera do inicio das atividades de pista

18 carros em Austin : A Formula 1 esta agonizando pela Ignorância de seus dirigentes

A Formula 1 precisa ver seus conceitos imediatamente isso já esta claro, Ainda mais com um GP dos Estados Unidos com só 18 carros no Grid, Sim 18 pilotos algo que não acontecia desse do GP dos Estados Unidos de 2005 quando 14 dos 20 pilotos acabaram não largando para a corrida em Indianápolis por causa dos pneus Michelin que não resistiram as características do circuito norte-americano. Mas agora 9 anos depois em um mesmo país agora em uma cidade diferente na Moderna Austin no Tradicional e conservador estado do Texas teremos esse número baixo no Grid de largada por que a Caterham e a Marussia com seríssimos problemas financeiros acabaram afetando de maneira definitiva nas equipes a pontos das duas estarem nas mãos de interventores e não se sabe se alguma dessas equipes vai conseguir um comprador.

O Carro da Caterham de 2013

O Carro da Caterham de 2013

Bernie Ecclestone acabou falando que tanto a Caterham como a Marussia não viriam até Austin como domingo que vem sem ser esse provavelmente não veremos nenhuma das duas no Grid de Interlagos para o GP do Brasil.

O Caso é que ambas as equipes estão com sérios problemas financeiros e podem sim fechar as portas e se pensam que só elas estão com esses problemas esta errado porque a Sauber esta com muitas dificuldades financeiras e pode não disputar o campeonato de 2015, A Lotus também esta com muitos problemas financeiros a ponto do ano passado atrasar os salários do Finlandês Kimi Raikkonen e de precisar contratar o Venezuelano Pastor Maldonado tudo por causa da Grana da PDVSA para amenizar as contas da sua equipe, Por tudo isso eu digo que o Sistema vigente da Formula 1 esta falido, Um Campeonato em que de 11 equipes 4 já mostram sinais de crise financeira e 2 delas faltam a alguns GP é a mostra de que Bernie Ecclestone e seus acercas levam a F1 para uma morte lenta e dolorosa e o pior de tudo as soluções para a Formula 1 ter mais carros no Grid é pouco inteligente.

Jules_Bianchi_9th_monaco20143 carros por equipe vai acabar por enfraquecer quem não tem um grande poder aquisitivo como a Force India e a Toro Rosso. Só que a Toro Rosso é da Red Bull e o Dietrich Mateschitz não vai deixar por agora o time deixar de existir e existe a Audi disposta a comprar a Equipe de Faenza, Agora a Force India que vem se estabilizando na Formula 1 como uma boa equipe pode acabar levando um tiro bem na cara caso tenha que fazer 3 carros no Grid e acabar se enfraquecendo. Por isso que eu falo, A Regra é um tiro no Pé.

A Solução eu já coloquei aqui, Uso de um único tipo de Chassi para todas as equipes, Regras que falam a Formula 1 ficar mais barata, Formas criativas de atrair público, Fãs e novos patrocinadores até mesmo a entrada de times que disputem apenas algumas etapas do campeonato e isso era algo que acontecia no passado, Porque não reviver isso??? Coluna que eu escrevi no passado para salvar a Formula 1

Qual o Problema de temos uma Formula 1 com Características de Formula Indy?

Qual o Problema de temos uma Formula 1 com Características de Formula Indy?

Já esta na Hora do Tio Bernie Sair e voltar para o Sarcófago aonde ele possa descansar em paz, Fato!

Amanhã teremos os treinos livres aqui no Portalsportszone com transmissão de Streaming da TV Britânica para todos vocês link da Transmissão: http://www.portalsportszone.com.br/live/aovivo_austin_f1_1.html

 

Rabat conquista o título da Moto 2 e Viñales conquista mais uma vitória

Esteve Rabat acabou coroando um campeonato todo com a 3ªposição no GP da Malásia que aconteceu no domingo passado e isso acabou levando o piloto da Marc VDS ao campeonato da Moto 2 de 2014, Um título que era esperado que fosse conquistado em Sepang feito a sua enorme diferença para Mika Kallio que era de 41 pontos de frente com 50 pontos em Jogo, Com isso Rabat que largou bem e assumiu a liderança da corrida logo viu que não precisaria forçar tanto o seu ritmo para conquistar os pontos necessários para ser o campeão, Com isso ele permitiu a ultrapassagem de Mika Kallio e de Marevick Viñales que estavam brigando por posições com o próprio Rabat e tratou de administrar o seu resultado e comemorar o título.

Na luta pela vitória Kallio conseguiu abrir de Viñales e parecia que iria vencer a corrida. Só que o Espanhol que será piloto da Suzuki em 2015 eliminou essa vantagem e travou um bom duelo com Kallio pela vitória, Apesar de Kallio resistir acabou não resistindo aos ataques de Viñales que conseguiu a sua terceira vitória na temporada e ainda tem possibilidade de conquistar o vice-campeonato já que ele esta a 15 pontos apenas de Mika Kallio que ficou em 2ºlugar.

Rabat ficou até o final da prova sem arriscar e nem precisava acabou em 3ºlugar passando na linha de chegada de forma bem devagar e já comemorando o título da Moto 2 que por sinal muito merecido pois na parte final de campeonato Rabat fez o diferencial com atuações bem melhores do que as atuações de Mika Kallio e em 2015 ele deve ficar na Moto 2 defendendo o seu título, Uma lição para um certo piloto que esta na moto 3 e que é imaturo demais para correr na MotoGP de que sempre é bom fazer mais uma temporada para subir para a categoria principal preparado.

No final da prova Johann Zarco superou a Dominique Aegerter que ficou o tempo todo em 4ºlugar mas que perdeu rendimento no final da corrida e viu o Francês terminar a corrida na frente, Julian Simon companheiro de equipe de Franco Morbidelli teve um domingo feliz terminando a corrida em 6ºlugar e Sandro Cortese mostrando evolução com a moto da Dynavolt ficou em 7ºlugar.

Thomas Luthi, Jonas Folger e Marcel Schrotter completaram as 10 primeiras posições, A Lamentar a queda de Hafizh Syarhin que fazia uma corrida muito boa e seria quase certamente um dos 5 primeiros colocados na corrida para a alegria dos Mais de 80 mil Malaios que estavam em Sepang.

Dia 9 será realizada a última etapa da Moto 2 em Valencia aonde teremos a disputa pelo vice-campeonato entre Kallio e Viñales com favoritismo para o piloto da Marc VDS em relação ao piloto da Pons.

Resultado final do GP da Malásia da Moto 2:

1 40 Maverick Viñales (Paginas Amarillas HP 40 Kalex) 40’46.754 a 19 Voltas
2 36 Mika Kallio (Marc VDS Racing Team Kalex) a 2.694
3 53 Esteve Rabat (Marc VDS Racing Team Kalex) a 8.054
4 5 Johann Zarco (AirAsia Caterham Caterham Suter) a 10.590
5 77 Dominique Aegerter (Technomag carXpert Suter) a 10.663
6 60 Julian Simon (Italtrans Racing Team Kalex) a 10.769
7 11 Sandro Cortese (Dynavolt Intact GP Kalex) a 15.657
8 12 Thomas Luthi (Interwetten Sitag Suter) a 18.839
9 94 Jonas Folger (AGR Team Kalex) a 19.486
10 23 Marcel Schrotter (Tech 3 Tech 3) a 24.887
11 39 Luis Salom (Paginas Amarillas HP 40 Kalex) a 28.234
12 88 Ricard Cardus (Tech 3 Tech 3) a 30.338
13 54 Mattia Pasini (NGM Forward Racing Kalex) a 30.533
14 44 Roberto Rolfo (Tasca Racing Moto2 Suter) a 30.548
15 81 Jordi Torres (Mapfre Aspar Team Moto2 Suter) a 34.769
16 20 Florian Marino (NGM Forward Racing Kalex) a 36.613
17 7 Lorenzo Baldassarri (Gresini Moto2 Suter) a 38.869
18 95 Anthony West (QMMF Racing Team Speed Up) a 42.201
19 19 Xavier Simeon (Federal Oil Gresini Moto2 Suter) a 47.876
20 25 Azlan Shah (IDEMITSU Honda Team Asia Kalex) a 52.950
21 10 Thitipong Warokorn (APH PTT The Pizza SAG Kalex) a 53.163
22 97 Roman Ramos (QMMF Racing Team Speed Up) a 59.999
23 71 Tomoyoshi Koyama (Teluru Team JiR Webike NTS) a 1’03.331
24 18 Nicolas Terol (Mapfre Aspar Team Moto2 Suter) a 1’08.275
25 46 Decha Kraisart (Singha Eneos Yamaha Tech 3 Tech 3) a 1’16.996
26 4 Randy Krummenacher (Octo IodaRacing Team Suter) a 1 Volta

Não Terminaram a corrida:

21 Franco Morbidelli (Italtrans Racing Team Kalex) 4 Voltas
22 Sam Lowes (Speed Up Speed Up) 5 Voltas
49 Axel Pons (AGR Team Kalex) 7 Voltas
55 Hafizh Syarhin (Petronas Raceline Malaysia Kalex) 9 Voltas
96 Louis Rossi (SAG Team Kalex) 11 Voltas
30 Takaaki Nakagami (IDEMITSU Honda Team Asia Kalex) 13 Voltas
14 Ratthapark Wilairot (AirAsia Caterham Caterham Suter) 13 Voltas
8 Gino Rea (AGT REA Racing Suter) 19 Voltas

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP

Em um duelo Mano a Mano Marquez bate Rossi e conquista 12ªvitória na temporada

Marc Marquez volta e Festejar uma vitória na MotoGP

Após 4 corridas sem vencer o Espanhol Marc Marquez voltou a conquistar uma vitória após um lindo duelo com o piloto Valentino Rossi na madrugada desse domingo.

Marquez como de costume não largou bem e Pedrosa pelo contraio largou muito bem assumindo a liderança com Dovizioso em segundo e Lorenzo em 3º, Dai começou tudo a dar errado para Pedrosa quando ele perdeu a ponta da corrida para Lorenzo depois de abrir demais na última curva do Circuito no final da primeira volta, Enquanto isso Marquez já estava começando a se recuperar na corrida. Na primeira volta aconteceu o acidente envolvendo Alvaro Bautista e Aleix Espargaró.

Lorenzo assumiu a ponta e Pedrosa tentava recuperar o prejuízo, no final da segunda volta o Espanhol exagerou na derrapada na última curva do circuito e acabou caindo de leve e teve de precisar da ajuda do fiscais de pista para voltar a corrida na última posição, Nessa Altura Lorenzo era o líder com Rossi em 2º e Marquez já era o terceiro lugar.

Lorenzo ficou em 3ºlugar

Lorenzo começou a lutar com o Italiano Valentino Rossi pelo primeiro lugar e perto deles vinha Marc Marquez, na metade da corrida o The Doctor no auge dos seus 35 anos ultrapassou Lorenzo e assumiu a liderança com Marquez também ultrapassando a Moto 99 da Yamaha assumindo o 2ºlugar.

A partir dai começava uma batalha dos dois pilotos pela vitória, Era a experiência do 9 vezes campeão Valentino Rossi e o jovem Marc Marquez que já esta com o Bi-Campeonato da Moto GP garantido além da Moto 2 e das 125cc somando 4 títulos na sua carreira, Uma batalha entre Honda e Yamaha, entre um piloto de 35 anos contra um de 21 anos.

O Duelo de Gerações entre Rossi e Marquez na Malásia

Dessa vez a Formiga Atômica acabou levando a melhor e conseguiu a ultrapassagem sobre Rossi e assumiu a liderança e foi até o final para uma vitória que não vinha desde do GP da Inglaterra e essa prova foi a 12ªVitória da temporada e acabou igualando a Mick Doohan em 1997 que venceu 12 corridas como o maior vencedor de corridas em 1 temporada chegando aos 337 pontos. Valentino Rossi em 2ºlugar na corrida conseguiu chegar na frente de Jorge Lorenzo e abriu 12 pontos sobre Lorenzo daqui a 2 semanas para a decisão do Vice-campeonato, O Espanhol Jorge Lorenzo completou o pódio.

Stefan Bradl conseguiu fazer uma bela corrida conseguindo levar sua Honda LCR em 4ºlugar tendo que no final da corrida segurado o impeto de Bradley Smith que ficou com o 5ºlugar com a Tech 3 que teve um Heroico Pol Espargaró que com dores na perna que estava quebrada ficando na 6ªposição e superando o seu irmão Aleix Espargaró na classificação do campeonato, Uma corrida digna de aplausos do piloto da Tech 3 segurando a Yonny Hernandez que acabou com o seu melhor resultado na MotoGP com sua Pramac Ducati de 2013 na 7ªposição, Andrea Dovizioso teve problemas na sua Ducati quando vinha em 4ºlugar e acabou perdendo posições chegando na 8ªposição, Mas o seu 5ºlugar no campeonato esta consolidado nesse ano, Hector Barbera em 9ºlugar em mais uma boa corrida com a sua Ducati que acabou fazendo o piloto da Avintia dar um salto de qualidade nos seus desempenhos, Completou os 10 primeiros foi o Inglês Scott Redding com a Honda Option da Gresini.

Stefan Bradl completa a corrida em um Honroso 4ºlugar

 

Já Dani Pedrosa caiu pela segunda vez quando estava em 11ºlugar e podendo marcar alguns pontos, Mas com isso ele perdeu a possibilidade de brigar pelo vice-campeonato já que ele esta apenas com 230 pontos, Daqui a duas semanas teremos a rodada final do campeonato da MotoGP em Valência no Circuito de Ricardo Torno aonde teremos a luta pelo vice-campeonato.

Resultado final do GP da Malásia do mundial de motovelocidade – Moto GP

1 93 Marc Marquez (Repsol Honda Team Honda) 40’45.523 em 20 Voltas
2 46 Valentino Rossi (Movistar Yamaha MotoGP Yamaha) a 2.445
3 99 Jorge Lorenzo (Movistar Yamaha MotoGP Yamaha) a 3.508
4 6 Stefan Bradl (LCR Honda MotoGP Honda) a 21.234
5 38 Bradley Smith (Monster Yamaha Tech 3 Yamaha) a 22.283
6 44 Pol Espargaro (Monster Yamaha Tech 3 Yamaha) a 34.668
7 68 Yonny Hernandez (Energy T.I. Pramac Racing Ducati) a 38.435
8 4 Andrea Dovizioso (Ducati Team Ducati) a 48.839
9 8 Hector Barbera (Avintia Racing Ducati) a 50.792
10 45 Scott Redding (GO&FUN Honda Gresini Honda) a 59.088
11 7 Hiroshi Aoyama (Drive M7 Aspar Honda) a 1’15.949
12 70 Michael Laverty (Paul Bird Motorsport PBM) a 1’17.966
13 63 Mike di Meglio (Avintia Racing Avintia) a 1’27.773
14 23 Broc Parkes (Paul Bird Motorsport PBM) a 1’44.244

Não Terminaram a corridas:

15 Alex de Angelis (NGM Forward Racing Forward Yamaha) 1 Volta
9 Danilo Petrucci (Octo IodaRacing Team ART) 6 Voltas
26 Dani Pedrosa (Repsol Honda Team Honda) 8 Voltas
17 Karel Abraham (Cardion AB Motoracing Honda) 9 Voltas
69 Nicky Hayden (Drive M7 Aspar Honda) 14 Voltas
35 Cal Crutchlow (Ducati Team Ducati) 16 Voltas
41 Aleix Espargaro (NGM Forward Racing Forward Yamaha) 19 Voltas
19 Alvaro Bautista (GO&FUN Honda Gresini Honda) 19 Voltas

Pol Espargaró conseguiu um brilhante 6ºlugar mesmo com a Perna Quebrada

Texto: Deivison da Conceição da Silva
Fotos: MotoGP